Você está na página 1de 5

RITO DE INVESTIDURA DOS SERVIDORES DO SANTO ALTAR

NAS PARÓQUIAS

NOTAS PRELIMINARES

O Rito de investidura dos servidores do santo altar e dos cerimoniários, que


aqui se propõe, como o próprio título o indica, trata-se apenas de uma investidura e
não de uma instituição, que é reservada ao Bispo Diocesano e exige determinados
requisitos.

Este rito de investidura deve realizar-se quando o pároco assim o entender,


depois que os candidatos a Servidores ou Cerimoniários tiverem feito a Primeira
Comunhão ou estarem frequentando a catequese, dando provas do seu amor à
Eucaristia e ao serviço litúrgico próprio do Servidor pelo menos durante 3 meses e
terem aprendido, no todo ou em parte, os conteúdos necessários para o desempenho
de sua função (Servidor ou Cerimoniário)

Recorda-se que os Servidores e os Cerimoniários não são ministros


extraordinários da Eucaristia

Para que haja o Rito de Investidura é preciso obter previamente a autorização


dos pais/ ou responsáveis dos candidatos que não sejam maiores de 18 anos.

O pároco será o juiz sobre os candidatos a investidura e que tenham idades


compreendidas menores que 8 anos até os maiores de 20 anos.

A nomeação se dará na Missa paroquial, na qual devem estar presentes os


Servidores e Cerimoniários anteriormente nomeados e os pais ou responsáveis dos
novos candidatos.

As vestes usadas pelos Servidores do Santo Altar e entregues na celebração


de investidura são a Túnica vermelha com a sobrepeliz branca e para os Cerimoniários
a túnica preta e a sobrepeliz branca.

Os jovens escolhidos para a função de Cerimoniários devem ser zelosos e


piedosos, que prezem pela vida de oração e bom testemunho na comunidade. Fica o
critério de escolha reservada aos párocos.

Arquidiocese de Campo Grande – Cúria Metropolitana


Rua Armando de Oliveira, 448 – Bairro Amambaí, CEP 79008-010, Campo Grande – MS
Telefone: (67) 3320-2800, Fax: (67) 3320-2825
www.arquidiocesedecampogrande.org.br - Redes Sociais: @arqcgr
INVESTIDURA DOS SERVIDORES E CERIMONIARIOS

1. Os ritos iniciais e a liturgia da palavra até ao Evangelho inclusive, fazem-se como de


costume.

2. Proclamado o Evangelho, o pároco senta-se na cadeira preparada na frente do altar e o


coordenador convoca os candidatos, dizendo:

Aproximem-se os que serão investidos Servidores do Santo Altar e ou


Cerimoniários.

E chama-os um por um pelos seus nomes e estes se aproximam-se do pároco, respondendo:

PRESENTE.

Voltando depois para os seus lugares

3. O pároco faz a homilia, como de costume, na qual explica ao povo os textos lidos da
Sagrada Escritura e o serviço que os Servidores do Santo Altar e os (ou) cerimoniários
realizam na celebração da Santa Missa, servindo o presidente e o altar.

4. Terminada a homilia, o pároco, volta para a cadeira preparada em frente do altar e diz:

Queridos candidatos a Servidores do Santo Altar e (ou) Cerimoniários daqui por diante
ajudareis o vosso pároco e os outros sacerdotes na celebração da Missa, bem como
nas demais celebrações litúrgicas, sobretudo apresentando-lhes o missal e servindo-
os no que for preciso quando eles estiverem no altar.

Procurai, vós próprios, participar com muita fé na celebração da Missa, descobrindo o


sentido íntimo daquilo que realizais e oferecendo-vos todos os dias a Deus, para servir
a Jesus Cristo com a maior dedicação.

Quando forem servir ao altar, onde o pão e o vinho se tornam o Corpo e o Sangue de
Cristo, estejais sempre preparados para receber a Sagrada Comunhão, para a qual
Jesus nos convida ao dizer: Tomai todos e comei, tomai todos e bebei.

Amai muito a vossa comunidade paroquial, estando ao seu serviço com alegria e
disponibilidade, e vivendo segundo o mandamento que o Senhor deu aos seus
discípulos na última Ceia ao dizer-lhes: Amai-vos uns aos outros, como Eu vos amei.

Se houver Investidura de Cerimoniários, acrescenta ou se diz:

Queridos, jovens que se preparam para servir como Cerimoniários, vossa função é
fazer com que a celebração brilhe com decoro e ordem, colaborando com o sacerdote
para que através de seu trabalho a Liturgia possa ser celebrada segundo a sua
natureza e ordem.

Arquidiocese de Campo Grande – Cúria Metropolitana


Rua Armando de Oliveira, 448 – Bairro Amambaí, CEP 79008-010, Campo Grande – MS
Telefone: (67) 3320-2800, Fax: (67) 3320-2825
www.arquidiocesedecampogrande.org.br - Redes Sociais: @arqcgr
Sejam rapazes de virtudes e portadores de bons exemplos para a comunidade
paroquial e em suas famílias, para que o vosso testemunho no altar resplandeça na
sociedade.

Amai e conhecei a Sagrada Liturgia da Igreja, amai vosso pároco, tratando-o sempre
com respeito e com diálogo fraterno, como cerimoniários, na verdade, vocês fazem a
experiência de Marta e Maria. É bom se, além de seus turnos de serviço litúrgico,
vocês saibam por um lado comprometer-se na vida paroquial e por outro lado ficar em
silêncio na presença do Senhor. E assim, neste entrelaçamento de ação e
contemplação, também reconhecer o desígnio de Deus para nós, podendo ver quais
são os talentos e os interesses que Deus coloca no nosso coração e como
desenvolvê-los, mas sobretudo, nós nos colocamos humildemente diante de Deus,
assim como nós somos, com nossas qualidades e nossos limites, pedindo-Lhe como
melhor servir Ele e o nosso próximo.

5. os candidatos avançam até perto do pároco e ajoelham-se diante dele. O pároco interroga-
os acerca das suas disposições:

Quereis, como membros do Grupo de Servidores do Santo Altar, servir esta


paróquia na sua Liturgia, sobretudo na celebração da santa Missa?

Os candidatos respondem:

Sim, quero.

O pároco:

Quereis comprometer-vos a realizar o vosso serviço de Servidores nos


domingos e festas que vos forem indicados?

Os candidatos respondem :

Sim, quero.

O pároco:

Quereis dar bom testemunho de Jesus Cristo, na vossa família, na escola,


faculdade e em toda a parte, sendo amigos de toda a gente e apóstolos dos
outros jovens?

Os candidatos respondem:

Sim, quero com a ajuda de Deus.

Arquidiocese de Campo Grande – Cúria Metropolitana


Rua Armando de Oliveira, 448 – Bairro Amambaí, CEP 79008-010, Campo Grande – MS
Telefone: (67) 3320-2800, Fax: (67) 3320-2825
www.arquidiocesedecampogrande.org.br - Redes Sociais: @arqcgr
Se houver investidura de Cerimoniários

O pároco:

Quereis comprometer-vos ao serviço de cerimoniários desta paróquia, dando


bom exemplo de vida e amor a comunidade?

Os candidatos respondem:

Sim, quero.

O pároco:

Quereis de livre e espontânea vontade desempenhar essa função com amor,


carinho, dedicação e zelo?

Os candidatos respondem:

Sim, quero.

O pároco:

Estais dispostos a assumir o compromisso com responsabilidade para com a


comunidade, dando o vosso melhor para a Maior Gloria de Deus e da sua Santa
Igreja?

Os candidatos respondem:

Sim, queremos com a graça de Deus.

O coordenador:

Manifestados os bons propósitos, os padrinhos trazem as túnicas que os afilhados


usarão para desempenhar o serviço do Altar com zelo e dedicação.

6.Os candidatos ficam de pé diante do altar e os padrinhos com a túnica e a sobrepeliz,


em gesto de apresentação. Todos os fiéis se levantam. Então o pároco diz:

Oremos

Todos oram em silêncio durante algum tempo. Em seguida o pároco, de braços abertos, diz:

Bendito sejais, Pai santo, que por vosso Filho Unigénito sumo e eterno
sacerdote da Nova Aliança chamais alguns fiéis para servirem o vosso povo nas
suas celebrações litúrgicas.

(Junta-se as mãos)

Arquidiocese de Campo Grande – Cúria Metropolitana


Rua Armando de Oliveira, 448 – Bairro Amambaí, CEP 79008-010, Campo Grande – MS
Telefone: (67) 3320-2800, Fax: (67) 3320-2825
www.arquidiocesedecampogrande.org.br - Redes Sociais: @arqcgr
Fazei que estas túnicas e sobrepelizes, santificadas pela Vossa + bênção, sejam
verdadeiro sinal da piedade destes jovens, e os ajudem a aumentar a sua
devoção e compromisso para com o Vosso Reino de justiça e paz. Por Nosso
Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito
Santo.

Todos:

Amém.

7. Aqueles que acompanham os candidatos ajudam a vestir a túnica, e em seguida o pároco


recebe a sobrepeliz do padrinho, apresenta ao candidato para que a beije-a e o reveste.
Enquanto isso se pode fazer um fundo instrumental ou um canto a escolha.

8. Depois de revestidos, o pároco, dirigindo-se aos candidatos, diz-lhes:


A partir de agora fazeis parte da Pastoral dos Servidores do Santo Altar e (ou)
cerimoniários da nossa paróquia.

A assembleia manifesta a sua alegria, dizendo:

Graças a Deus.

9. O pároco e os que acompanharam os jovens saúdam-os com um abraço, e pode cantar-se


um cântico apropriado.

10. Terminada a nomeação, a Missa prossegue como de costume. Diz-se o Credo Niceno-
Constantinopolitano bem como a Oração Universal. Nesta, inserem-se súplicas especiais
pelos novos membros do Grupo dos Servidores e ou cerimoniários.

Arquidiocese de Campo Grande – Cúria Metropolitana


Rua Armando de Oliveira, 448 – Bairro Amambaí, CEP 79008-010, Campo Grande – MS
Telefone: (67) 3320-2800, Fax: (67) 3320-2825
www.arquidiocesedecampogrande.org.br - Redes Sociais: @arqcgr

Você também pode gostar