Você está na página 1de 40

1

Parabéns! Você acaba de adquirir o E-Book:

Trilha do Tesouro

Primeiro, agradecemos pela sua decisão e ter


acreditado que está pronto para que a mudança entre
em sua vida de forma sistêmica.

A todo momento vou lembra-lo que mudanças


começam pequenas, direcionadas e com atitude. Deixe
te contar um pequeno exemplo, mas não espalhe, pois,
essa estratégia que foi desenvolvida a milhares de anos
e é passada apenas aqueles que querem desenvolver. Alguns ao me encontrar dizem: Vi que leu
mais um livro! Que fez mais um curso! Você nunca para.

Existem dois tipos de ação, aquela que você que coloca a bunda na cadeira e busca o
foco e aquela que terá que tirar a bunda da cadeira e ir atrás! Parece simples, e por ser simples
que é funcional, ou seja, se quero ter mais conhecimento é pouco provável que inventem a
máquina de transferência de conteúdo antes do dia que encontrará a luz após sua passagem por
esse mundo; ou que grandes mestres batam à sua porta e digam, estava observando minha bola
de cristal e vi que você tem todas as condições necessárias para me ouvir.

Também existem aqueles que estão se


perguntando o que está acontecendo e fazem parte do
grupo dos SERES HUMANOS, e acredite eles são a
maioria vivendo o processo de miopia de competência.
O gatilho mental nessas pessoas responde à sua
tentativa de animá-lo com: Isso não é para mim! Deve
ser muito difícil, Se eu tivesse tido a oportunidade que
ele teve, Nascendo em família rica é muito mais fácil, e
assim por diante.

2
Segundo as premissas da Programação Neurolinguistica (PNL) – uma linha da
neurociência, testada e comprovada – nosso processo de aprendizado passa por quatro estágios
de competências, como verá a seguir.

INCOMPETÊNCIA INCONSCIENTE:
É quando você ainda não sabe que não sabe. Como assim?
Você agora está buscando mais informações sobre finanças, que é o tema
central desse material. Volte no tempo e resgate o momento em que lhe ofereceram, o cartão
de crédito, por exemplo.
Existia uma experiência de alguém que lhe era próximo, porém você só se deu conta de que
deste produto bancário, ao notar sua ignorância. Vou usá-lo para que? Será que é bom? Quais
os benefícios? E então veio a segunda fase.

INCOMPETÊNCIA CONSCIENTE

Ok, sabendo que o produto existe, então admito que sou incompetente sobre
esse assunto para deixar que as dúvidas surjam e eu tenha condições de fazer
perguntas que me levem ao segundo passo.

Um outro exemplo é quando você ouviu uma música e chamando sua atenção, você
pergunta: Como faço para tocar assim? (Querendo reproduzir algum instrumento). Dando conta
de que é preciso preencher essa lacuna de conhecimento, seguimos.

COMPETÊNCIA CONSCIENTE

Você continua a conversa com o seu gerente ou o vendedor de cartão, tira o


máximo de dúvidas e após uns dias “VOCÊ POSSUI UM NOVO BRINQUEDO”
em mãos. Ao começar as operações de compra e parcelamento, cria-se a consciência. No caso
do instrumento, iniciam-se as aulas e demora um pouco mais.

3
A competência consciente é a fase onde você ainda tem insegurança, comete erros básicos
como estourar o limite ou esquecer de pagar a fatura, por desconhecimento ou falta de
habilidade.

COMPETÊNCIA INCONSCIENTE

Entrou no automático, é o famoso dirigir falando no celular, fazendo a


maquiagem. Não que alguém faça isso, pois é proibido.

Por mais que role alguns deslizes no cartão de crédito, é mais por falta de atenção do que
conhecimento, você já toca sem olhar o violão; SACA? Nessa fase existe um conforto no que se
propôs a fazer.

Como tudo na vida existe o lado bom e o ruim. É natural que as ferramentas de hoje em dia
tenham uma capacidade absurda a ser aproveitada! Você opera o cartão, mas fica de olho no
programa de pontos? Possui apenas um cartão ou extraí de cada loja o melhor? Possui acesso a
sala VIP em aeroportos? (Se for seu perfil). Postos de gasolina, operadoras de telefonia, entre
outras, possuem programas de fidelização que fazem seu dinheiro valer muito.

Existem pessoas que tocam violão apenas: “-Na mesma praça, no mesmo banco, no mesmo
jardim” e outras sempre tem um solo novo, rouba teu sorriso, cuja a técnica emociona.

Para que isso aconteça é preciso criar um movimento


cíclico entre COMPETÊNCIA CONSCIENTE e COMPETÊNCIA
INCONSCIENTE, pois assim você sempre tem fôlego para
aprender. Vamos para prática, você anda de bicicleta, mas
consegue fazer participar de uma corrida ou trilha de forma
eficiente? Se a resposta for não, então terá mais a
desenvolver.

Condição base, para que esse novo aprendizado entre


em sua vida é desde que você queria! Talvez o exemplo
anterior fique fora do seu contexto, mas volte para as
finanças, o quanto controla versus o quanto gostaria de controlar? Está vendo. Sempre dá para
melhorar! Agora que sabe sobre o processo de aprendizado, vamos começar a trilhar estratégias
e alinhamentos que darão subsídios para formar seu tesouro, lembre-se de ler mais de uma vez
esse material pois as informações aqui formatadas são objetivas e trabalharão no consciente e
inconsciente.

4
Porque Trilha do Tesouro?
Vou começar com algumas notícias que serão desconfortáveis para alguns, caso esteja
mais focado no prático corra para o Capitulo 1 sem medo de ser feliz e depois a curiosidade
batendo você volta; aliás essa é a dica que sempre dou para quem não tem hábito de ler. Toda
vez que o texto estiver muito “duro” ou “óbvio” pode dar uma puladinha que o autor não vai
nem ver! O importante é que termine o que começou. Aliás ao quadrado; segunda dica
importantíssima, do jeito que você faz uma coisa é a que faz todas as outras! Se costuma deixar
o quarto bagunçado, sua mesa no trabalho será muito parecida ou a qualidade de seu trabalho.
Se negocia mal com amigos, com certeza faltará confiança ou será displicente com clientes; foco
começa ao escovar os dentes pela manhã, passa pelo prato do almoço e desemboca em grandes
conquistas “.” (PONTO).

Olhe agora mesmo para organização de sua carteira, dê uma nota de 0 a 10, avalie
papeis velhos, contas, anotações e faça o diagnóstico. Ainda está comigo? Prepare! Pule agora
ou cale-se para sempre!

Respondendo à pergunta inicial, Trilha do Tesouro. Tenho uma grande notícia, para
seguir é preciso que pesque a ideia base que você nunca, nunca, nunca..., mas nuncaaaa mesmo
vai gastar todo o seu dinheiro, em sua vida! Isso mesmo, você deixará uma rica e bela herança
para as próximas gerações ou donativos para caridade e você já vai entender o porquê.

Foi uma ideia que demorei a captar, você daqui um tempo vai querer receber sem
trabalhar, ok? E ter tempo para curtir, viajar e desfrutar hobbies. Assim como a felicidade é um
estado de espirito, o gerúndio de um processo e não é um lugar onde se possa chegar; me refiro
a trilha com o caminho do caminhante, se deixarmos de nos movimentar ele deixará de existir.

5
Movimento é energia, assim como o dinheiro também é! Se você atualmente gasta mais
do que ganha estará em uma das duas situações: Está preparado para ganhar mais, porém não
tomou a decisão ou faltam competências necessárias para reter o dinheiro. Aqui nunca vamos
falar de valores monetários, pois conheci a vida financeira de milhares de pessoas e uma coisa
eu digo; existem pessoas felizes com um salário mínimo por mês e pessoas fazendo meio milhão
por mês sem tempo de ir ao banheiro.

GANHAR MAIS

Observe dois conceitos de precificação do ser humano. A primeira é por tempo, ou seja, a
quantidade horas que você trabalha pelo valor que você recebe, nesse caso para ter um
incremento de renda você terá de observar alguns pontos: Cenário econômico; como a sua
empresa está rentabilizando; A qualidade do seu trabalho: o quanto você agrega na posição que
ocupa; E oportunidades: dentro do quadro operacional, quais serão as próximas oportunidades.

Porém devo fazer uma ressalva, você em


hipótese alguma deverá imaginar um valor
superior ao que seu chefe ganha. Essa é a limitação
de estar ligado a uma empresa! (Os benefícios se
tiver dúvidas procure no google, são vários!).

Para ganhos superiores, se assim for de sua


vontade, deverá ter seu negócio próprio e se
tornar o chefe. O gatilho mental de muitos é dar
desculpas, primeiro que no Brasil empresário
sofrem, segundo é extremante burocrático e assim
por diante. Nesse caso somos remunerados pelo acesso ao nosso produto/ serviço, o quanto as
pessoas se interessam pelo que fazemos; o Neymar por exemplo a cada partida, milhões de
pessoas são impactadas pelo seu talento e isso viabiliza seu valor para o mercado.

Serei ainda mais específico, as desculpas, todas já sabemos! Parta direto para solução,
existem muitas pessoas ficando milionários independente de crise, certo que não é simples e é
obvio que vai exigir muito mais e respeitarei a posição de cada um. Só não quero receber e-mails
com “mimimis”, dizendo que é fácil falar e difícil fazer.

6
Reter o Dinheiro

As leis do universo são bem claras, tudo que focamos expande. Uma pessoa que chega
diariamente reclamando no trabalho, que a vida está ruim, que nada dá certo, o que ela obtém?
Exatamente o que focou! Já teve uma pessoa próxima grávida e notou que o mundo todo estava
grávido ao mesmo tempo?

Nesse caso, você é um funcionário público ou de


carreira, chegou na posição que desejava e ama o que faz,
apenas não consegue chegar em um denominador comum
ao final do mês. Você possivelmente está focando boa
parte do seu tempo em consumir, usando o dinheiro para
atrair atenção ou pessoas, concentrando sua energia no
dinheiro como atividade fim – O dinheiro pelo dinheiro.

Fazendo um prefácio do primeiro capitulo, onde falarei de crenças, um ponto muito


importante é nosso padrão de riqueza. Quando pergunto em palestras sobre pessoas que são
referência de riqueza, as primeiras respostas são do consciente: Bill Gates, Pelé, Luan Santana,
Donald Trump, Silvio Santos e por aí vai. Acontece que nosso inconsciente opera de maneira
diferente, ele para muitos, relaciona com pessoas muito próximas como vizinhos, colegas de
trabalho, parentes, enfim... e fica fácil de medir, sabe aquela pessoa que quando troca de carro,
faz você gostar menos do seu; ou aquela que chega no trabalho mais arrumado (a) e dá uma
dorzinha no coração; ainda quando você frequenta a casa de um estranho e durante um
churrasco pensa, porque minha vida, não é assim? Aí está seu padrão de riqueza, isso não quer
dizer que você quer ser a pessoa, mais que o incomodo pelos bens materiais é um sintoma a se
observar.

Nesse contexto reitero, a Trilha que vamos contextualizar são os desafios, horas
estreitos, horas escuros, mexendo com emoções, lógicas comportamentais cujo o objetivo serão
abrir os caminhos nas redes neurais, proporcionando uma nova forma de pensar e abrindo
caminhos que levem a novas ações com o foco no seu TESOURO.

7
E o Tesouro?
Todos buscamos cons-tan-te-men-te por algo; isso vem da natureza
no tempo das cavernas, foi o fogo, a casa, a caça, plantação, estoque de
alimentos, sobrevivência, hoje é o sinal de WiFi. E vem a dicotomia,
buscamos para depois não ter que buscar mais.

O ser humano quando acha descansa. Um dos motivos pelos quais a grande maioria
abomina a academia! Uma série de exercícios que te levará a outra, quase que em um ciclo
infinito por definição muscular e boa estética; apenas uma constatação, pois particularmente
me enquadro nos que gostam de atividades físicas.

Outro ponto sobre o tesouro que vamos falar por aqui, é a escassez. Você terá a
oportunidade de escolher a riqueza que desejar, mas deverá notar que a
cada escolha terá que abrir mão de certas coisas, nem sempre
materiais. Dentro do baú cabe muita coisa, mas pela simples
acomodação você perceberá isso logo, será difícil
emagrecer comendo; ser o pai do ano trabalhando e
viajando igual a um louco; ter uma casa no campo e
viver de brisa.

Defina de forma clara e objetiva sua meta, com


razões tangíveis pelas quais deseja alcançar seus tesouros:

8
Formação de Crenças
Falar sobre crenças é imenso desafio, vamos nos concentrar em pontos principais. Algumas
linhas de pensadores afirmam que nossas crenças são formadas até os sete anos de idade, pelo
menos as principais. E das hipóteses que corroboram isso é a neuroplastia do cérebro, onde as
sinapses, podem trafegar com maior fluidez pelas redes neurais, ou seja, já que que conhecemos
pouco da vida temos condições de deixar que nossos pensamentos (sem vícios) ocorram
livremente.

A medida que os anos passam, começamos a avaliar as coisas, optamos por esta ou aquela
marca, o corte tijelinha que a mãe pedia no cabeleireiro deixa de fazer sentido, usar a roupa do
irmão mais velho só com muito critério; e principalmente como reflexo de nossos pais
começarmos a tomar decisões, sejam financeiras ou não.

Você tem muito mais de seus pais do que imagina! É batata. Se você gosta de cozinhar, o
cardápio da sua casa (rotineiro) será em grande parte parecido e, por mais que se repita você
nunca enjoa; porque aprendeu que é o normal. Com educação financeira é a mesma coisa, se o
mantenedor da família (pai, mãe, irmão, tio ou alguém próximo) era extremamente poupador e
você entendeu a razão dessa economia, você fará igual. Acontece que se entendeu essa figura
como avarento, mesquinho ou algo do tipo fará
o exato oposto! Irá negar o comportamento.

A programação Neurolinguistica (PNL)


nasceu da década de setenta e seus primeiros
passos foram dados por um matemático que
resolveu estudar psicologia. Ele com seu
pensamento lógico racional observou vários
atendimentos em clinicas e notou que, se
aplicadas as técnicas na mesma ordem em
modelo semelhante, o resultado alcançado será
o mesmo. Em suma, o que digo de maneira
simplista é que se podemos modelar o cérebro
para curar traumas, também podemos fazê-lo para o sucesso. Ainda, quando não o fazemos, ele
se modela através das experiências vividas e das conclusões que tiramos dela.

9
Eu mesmo vim de uma família de comerciantes, onde comprávamos tudo no atacado
para aproveitar o melhor preço. Chegava época que precisávamos de roupas, aproveitávamos
para renovar o armário, só depois me dei conta que sempre que ia comprar camisas, saia com
várias peças. O meu modelo mental de comprar roupas era sempre abundante, comprar o
máximo para obter desconto.

Nosso conjunto de crenças é feito de várias dessas pequenas atitudes. Outros agentes
que compõem esses ensinamentos é a mídia e religião, nossa cultura enquanto brasileiros tem
grande aversão a riqueza, rico não presta, quem conseguiu muito dinheiro teve que roubar,
todos os grandes vilões dos cinemas são ricos, é mais fácil um camelo passar pelo fundo de uma
agulha que o rico passar pela porta do céu, fulano ficou rico e não é o mesmo!

Com algumas aplicações de PNL é possível resignificar muitos aspectos, para isso sugiro
três exercícios básicos que já vão deixar seu inconsciente mais atento.

NEURO EXERCICIO 01
Em uma folha escreva dez frases que ouviu sobre dinheiro em sua infância, podem
ser piadas, broncas ou mantras. Agora para aquelas que não considera
potencializadora, reescreva de maneira positiva e que lhe agrade e em
seguida melhore a frase. Exemplo:

FRASE: Dinheiro não traz felicidade.

REESCREVA: Dinheiro traz muita felicidade.

RESIGNIFIQUE: Dinheiro é ferramenta que proporciona satisfação e conforto.

Escreva a frase até deixar ela, totalmente positiva e que diga “UAU” é assim que eu
deveria pensar sempre. Como estamos trabalhando no nível do inconsciente é importante fazer

10
em papel, que risque as frases incorretas. É você inserindo um novo pensamento em seu
cérebro.

Você pode questionar ou se achar maluco por acreditar. “Se for tão fácil assim, vou
escrever pedindo os números da mega-sena e pronto! ”. O que trabalhamos não é sorte ou
fatores externos, certamente que o dinheiro não baterá em sua porta. É a maneira que se
relaciona com o dinheiro.

Sabe porque a maioria das pessoas colocam R$ 50,00 na carteira e morrem de medo de
trocar, pois se trocar vai tudo? Existe uma carga de informação que é passada com o dinheiro
físico: Não rasgue, não rabisque, guarde para comprar doces, você deve colocar no porquinho.
E quando recebemos o cartão de plástico (dinheiro virtual) também existe uma mensagem,
desta vez aplicado pelo marketing: Você tem crédito, 40 dias para pagar, compre e ganhe
pontos.

Por dois motivos seu cérebro tem a sensação clara que de que o dinheiro virtual é mais
fácil de ser gasto. Primeiro o tempo, “o dinheiro ainda não saiu da sua conta” e segundo que
“preservou o dinheiro físico”, fiz essa breve explicação para entrar no próximo exercício.

NEURO EXERCICIO 02
Recorde três fatos marcantes de sua infância sobre o dinheiro, alguma bronca,
trabalho que vez e não recebeu, dinheiro que ganhou e não estava
esperando e depois gastou tudo, enfim algo que ficou
marcado. Dessa vez é bom respirar, relaxar e fechar
os olhos, mas só depois de ler o que quero que faça até o
final. (Proibido dormir!)

Certa vez fui à um congresso de final de semana em São Paulo. A viagem era de 5
horas até a cidade base. No domingo saímos do congresso, entramos na VAN fretada que nos
levaria à uma cidadezinha no interior de São Paulo.

11
No meio da tarde, fiz o último contato por telefone com a namorada. Na segunda-feira
pela manhã vi que haviam mais de 80 mensagens de texto e 3 de voz. Entre os apelos haviam
palavras de saudades, ódio, ameaças, frases de insatisfação por minha mãe ter me colocado no
mundo, referência por supostamente ter aderido à uma vida promiscua e por fim o término da
relação.

Essa é a diferença entre FATO e SIGNIFICADO. O fato é que acabou a carga da bateria do
meu celular e por consequência sem acesso ao número de celular para sanar preocupações, os
significados ela deu por conta própria.

Siga o raciocínio. Como o fato de uma pessoa ter ganho muito dinheiro, significa que ela
tornou-se desonesta?; Como o fato de ser promovida, significa que passou alguém para trás?;
Como o fato de eu não ter conseguido sucesso financeiro hoje, significa que não terei em um
futuro breve?

Você voltará no momento supracitado, viverá novamente, desta vez como alguém que
lhe dá conselho. Busque a intensão positiva de quem vive a cena com você, o ponto crucial é
que você faz isso para sua evolução! Nada de pensar na outra pessoa, se puder e quiser perdoa-
la será um plus do exercício. Um pequeno exemplo e poderá fazer fechar os olhos.

No jardim de infância a professora passou uma atividade em pares e para socializar o


material juntei meu conjunto de 24 lápis de cor com os 12 do meu coleguinha e quando cheguei
em casa notei que estava apenas com 4. Me senti roubado! Ao voltar a esse momento, vi que o
fato foi apenas um pequeno descuido e que ele não quis me roubar. A sutileza da PNL é assim,

meu novo caminho mental enfatiza que eu seja mais atento com minhas coisas e extingue o
sentimento de vitimização. Legal né?

Evite questionar, quanto mais se entregar, mais rápido chegará ao objetivo. Entre a
recordação e alinhamento você deve emprenhar algo entre 7 e 12 minutos do seu tempo.

FATO e SIGNIFICADO é exercício para ser feito constantemente, por ser utilizado quando
seu conjugue atrasa ao chegar em casa; quando seu chefe liga e pede para você ir a mesa dele
“agora”; aquelas horas que alguém conta uma história triste esperando que você concorde
mesmo estando errada; enfim, te deixa mais analítico e assertivo.

12
NEURO EXERCICIO 03
O último exercício desse
capitulo. Vamos aplicá-lo com base na
pirâmide neurológica!

Essa pirâmide é a maneira que o


nosso cérebro funciona, no topo dela
está nossa espiritualidade, a essência,
quem nós somos quando ninguém está
olhando e tudo que fazemos é
diretamente relacionado a isso. Para
tentarmos mudar algum padrão nesse
nível é como tentar convencer um monge budista a virar testemunha de jeová para entrar numa
briga valendo a pele de um tigre siberiano, ou como disse Djavan em uma de suas músicas “mais
fácil aprender japonês em braile”.

Na base está algo mais simples, a maneira que a


ambiente influência nosso comportamento, note que seu
tom de voz é diferente num bar ao de uma biblioteca, ou
que seu ambiente familiar proporciona comportamentos
que são questionáveis no trabalho. Porém isso feito
constantemente aos poucos vai mudando o topo, é
visível principalmente no sistema carcerário brasileiro
alguns entram ladrão de galinhas e saem matadores, com
o linguajar pesado e tatuados.

Com a riqueza é a mesma coisa, por isso é tão relevante esse exercício que proponho.
Comece a frequentar ambientes, mensalmente ou na medida do possível, que lhe inspire
riqueza com pessoas de uma classe social da qual queira participar, palestras, teatros, clubes,
cinemas, casas, parques, concessionárias de automóveis, lojas de luxo, bares, e continue sendo
criativo. Respire isso! O ponto forte é que esse exercício não necessita grandes investimentos,
que vá além de locomoção.

13
O importante é perder o medo e estreitar a mente do ambiente, aos poucos você verá
que são pessoas admiráveis, cultas, que erram, que possuem insegurança e tudo mais igual a
qualquer um. Derrubando barreiras, teu espirito estenderá que você pode! Que você quer! Que
é um caminho natural!

Construindo Caminhos
Financeiros | Mentais | Espirituais | Materiais

Financeiros
Se sua expectativa é ver números, taxas,
aplicações, investimentos. Desculpe, mas devo
lhe informar, que já que chegou até aqui é melhor
mantermos o clima amistoso e deixar para uma
próxima oportunidade. Vamos nos concentrar no
comportamento.

Existem várias formas de controlar


mentalmente o dinheiro, os japoneses por exemplo há algum tempo ganham dinheiro do seu
governo e muitos devolveram, os turcos são sinônimos de poupadores e bons negociadores, os
coreanos chegaram no Brasil fazendo verdadeiras fortunas e dominam certos setores da nossa

14
economia. Primeiro que tudo isso é FATO e SIGNIFICADO, como já expliquei anteriormente,
contudo utilizarei para ficar mais palatável o conceito de pensamento ECONOMICO e
FINANCEIRO.

O brasileiro é um povo de que se


apaixonou pelas parcelas, normalmente para
avaliar ou tomar suas decisões financeiras ele
olha estritamente para o mês, ou seja, se cabe
a parcela dentro o orçamento mensal. O perigo
desse tipo de pensamento é que depois de três
meses já se acostumou com o valor e o bem
adquirido já não tem mais relevância; esse é o tempo do cérebro para criar um hábito ou inserir
a informação como padrão, aí a parcela no automático cria espaço para uma nova aquisição.
Olhando apenas para o mês e vendo que deu tudo certo na decisão passada (caminho já
aprendido), foi que os tickets médios das faturas de cartão de crédito foram elevados. Esse é o
pensamento FINANCEIRO.

O pensamento ECONOMICO, é melhor


praticado pelo norte-americano. Quando
perguntamos quanto eles ganham, a resposta é
$83.000,00 por ano, é comum também ao
assistirmos filmes produzidos por lá que as
faculdades geram um investimento de $
200.000,00 ou que estão fazendo um fundo de
previdência para aposentadoria. Se você fosse oferecer um plano de clube para um brasileiro, a
consideração é pela mensalidade de R$ 60,00; já os norte-americanos iam ponderar sobre um
investimento de R$ 720,00.

Esqueça qualquer apreciação cultural, atente-se apenas na construção semântica na


qual seu pensamento opera. É possível avaliar todos os riscos, com foco no final do mês? Seria
mais fácil acumular pensando no longo prazo?

Uma forma que encontrei para praticar isso ON-LINE, REAL TIME, é atualizar seu
conhecimento sobre tabuada, especialmente praticando a do 12. Digo com isso que ao medir

15
seus comportamentos ao longo do ano conseguirá mensurar o impacto sobre orçamento.
Sacou?

Para alinhar ainda mais suas finanças é


necessário que dívida seus ganhos em partes:
custo fixo, investimentos, poupança, sonhos,
educação, eventualidades, lazer; cada autor vai
passar um percentual e tipos de destinos que
deva dar ao seu dinheiro. O importante é que
dívida seus ganhos em partes que permitam um
melhor controle e com investimentos, rumo à
independência financeira.

O conceito de independência financeira é, não precisar trocar seu empenho ou trabalho


por dinheiro e ter todas as suas necessidades de consumo atendidas. Se a pessoa tem uma renda
passiva no valor de R$ 100.000,00 por mês e sente-se frustrada por não poder passar as férias
num cruzeiro de luxo, ela não é independente; seja pela desculpa que for, tempo ou dinheiro.

Para saber se está com sua saúde financeira em dia, basta anotar tudo que ganha e gasta
durante o mês e ver se sobra ou gera um déficit de caixa. Acontece o mesmo para a saúde
econômica, se a soma dos seus bens é superior as dívidas contraídas; e nessa analise deve-se
levar em consideração a fase da sua vida e/ou capacidade de fazer dinheiro que está buscando.

16
Mentais
Sua mente controla suas emoções, por isso é importante que o dinheiro seja visto com
ferramenta que gere segurança e conforto. No livro A terapia da Riqueza, a psicóloga americana
Debora Price fez um estudo que mapeou oito tipos de relacionamento em relação ao dinheiro,
notando que podemos alterá-lo a qualquer momento da vida, desde que a gente queira.

17
1º O INOCENTE: É o primeiro relacionamento com o
dinheiro, quando não conseguimos fazer a associação de seu
valor monetário e damos pouca importância. Acontece na
infância e é quando perdemos, desenhamos nele e até
eventualmente rasgamos; a verdade é que ainda precisamos
aprender a utilizá-lo.

2º A VÍTIMA: Mostra-se indefesa em relação ao mundo do dinheiro,


coloca a culpa nos outros, enuncia-se com falta de sorte e tem
propensão a viver no passado, mostra-se indefesa e parece querer
que as pessoas cuidem dela.

3º O GUERREIRO: Determinado e com vigor para viver o mundo capitalista e


alcançar o sucesso que todos tanto sonham. É bem-sucedido, tem foco ajustado,
tem paixão por investimentos, gostam de ouvir pessoas e tomam as próprias
decisões.

4º O MÁRTIR: Geralmente é o arrimo de família, onde as pessoas se


socorrem atrás de um “bom coração”. São tão ocupados em socorrer
as necessidades dos outros que acabam por deixar as próprias.

5º O TOLO: Sabe aquele conhecido que efetivamente está nem aí


para o dinheiro e de uma forma ou outra o dinheiro está atrás dele.
O tolo acaba vivendo o momento do agora, sem visão do futuro,
porém entre idas e vindas bem-sucedidas financeiramente tem
habilidades notáveis e pode se tornar um mago.

18
6º O CRIADOR/ ARTISTA: Todo mundo tem um amigo que
topa dar uma canja musical num churrasco, apensar de viver
estritamente da música. São pessoas que tem a missão mais ligada ao lado
espiritual, acha que o mundo é um lugar demasiadamente materialista e vive
numa relação de amor e ódio com o dinheiro.

7º O TIRANO: Essencialmente usam o dinheiro para controlar ou


atrás pessoas para si. Manipulam e jogam, tem grande habilidade
em acumular o dinheiro e conseguem quase tudo que desejam,
porém nunca se sentem em paz ou confortáveis. Seu maior medo é
a perda do controle.

8º O MAGO: Acima do bem ou do mal, nem só o


dinheiro, nem só o amor. Ele une o lado espiritual e
capitalista, fica no controle do seu dinheiro e usa uma
série de dinâmicas inovadoras para atender suas
necessidades e desejos. Trabalha vivendo o hoje, sem
deixar de lado a futura independência financeira.

19
O raciocínio que proponho para melhorarmos nosso autoconhecimento e estar em paz
com a nossa mente, vem de uma ferramenta conceitual chamada janela de johari, veja o quadro
a seguir:

Para fins de explicação os quadrantes ficam com a mesma proporção, mas você
entenderá que na prática é bem diferente. Cada um dos espaços refere-se à porção de
conhecimento que temos de nós mesmo diante os relacionamentos em grupo.

EU ABERTO: Essa parcela é a que conheço exatamente com funciona e todos conhecem
de mim, as habilidades que tenho conforto em demostrar e aspectos do meu “eu” mais
acessível. Um exemplo simples é o cara que gosta de contar piadas, ele tem confiança
em fazê-lo e utiliza como artifício de integração social.

EU CEGO: Esse são pontos que os outros veem em mim, que eu mesmo desconheço.
Fica fácil de reconhecer em feedbacks assertivos. Lembra quando o chefe falou com
você e caiu um montão de fichas, e deu oportunidades para que você melhorasse?

EU FECHADO: Tem coisas sobre nós, que queremos que esteja apenas conosco. A tônica
exclui-se a falta ética, falamos sobre comportamentos mais íntimos que por uma
questão de postura guardamos.

EU DESCONHECIDO: Existe uma porção nossa que ainda vamos descobrir, por exemplo
situações inesperadas como um assalto, saltar de paraquedas ou ser colocado para fazer

20
uma palestra. Cada comportamento por mais que ele seja planejado, só sabemos e os
outros saberão, quando deixar de ser inédito.

O objetivo é tornar o EU ABERTO o


maior dos quadrantes dentro da janela de
johari; ou seja, que eu saiba como as
pessoas me veem (EU CEGO) e consiga
calibrar as mensagens – verbais e não
verbais – para ser mais assertivo e para isso
preciso pedir feedbacks para os que estão
em minha volta. Tornar-se cada vez mais
confortável com o EU FECHADO, será que
tenho bloqueios de timidez? Que minha
introversão dificulta que eu fale com as pessoas? Fico nervoso em ambientes diferentes
dos que estou acostumado? Quanto mais você transforma o EU FECHADO para o EU
ABERTO, torna-se mais espontâneo e comunicativo.

Por fim o EU DESCONHECIDO, o mais interessante de ser trabalho, é você


testando o novo, aquilo que te surpreende, o improvável; inclua as maluquices mas
concentre-se no básico, tipo aprenda serviços do lar, visite uma instituição de caridade,
ajude um velhinho a atravessar a rua, convide um amigo para jantar em casa e prepare
a refeição, edite um currículo vitae, assista uma série de vídeos “faça você mesmo” e
assim por diante. Lembre-se do velho chavão motivacional, somente novas atitudes
trarão novos resultados!

Construir novos caminhos mentais é a chave. Conhecimento sobre finanças


todos têm, é preciso deixar o cérebro mais articulado para construir novos padrões e
influenciar os diversos setores da vida, positivamente.

21
ESPIRITUAIS
Costumo dizer em palestras que independente de credo, orientação religiosa,
conjunto de crenças e valores, devemos nos salvaguardar de um universo que trabalha
com a lei da atração e reciprocidade. Tudo que eu foco expande e o que eu ofereço ele
retribui, tente é fácil, ofereça um sorriso sincero para um amigo receberá
instantaneamente outro, observe que seu estado atrairá outros simpatizantes.

A condição base para que o universo conspire ao teu favor e abra as portas do
seu bem-estar financeiro é que você se sinta merecedor disso, desse tesouro que está
por vir e a segunda que se sinta capaz de alcançar sem sacrifício ou dor.

No livro O jogo Interno de Tênis, traz uma ideia que me é muito agradável,
devemos ouvir menos o “Ser que fala” dentro da gente e deixar o “Ser que faz” agir. De
jeito nenhum exclua seus diálogos de sentimentos, apenas oriente-os a deixar as
desculpas de lado e colocar em prática o que se propôs fazer.

Já deve ter ouvido história de pessoas que quebraram e


levantaram algumas vezes, de milionários à miseráveis. O que faz
com que essas histórias aconteçam é que eles acreditam que
podem e fazem.

Escolha o seu tesouro de acordo com seu ideal e o universo


vai conspirar a favor. O destempero de algumas linhas religiosas
é que somente no reino dos céus encontraremos a felicidade, que
é preciso “comprar” um pedacinho do céu ou que ter dinheiro é
algo que atraí avareza, poder corrupto ou quais outros tipos de
sentimentos negativos.

O fato é que tudo pode ser alcançado nesse plano e em


qualquer outro; desconheço um Deus que entenda a redenção na
pobreza e sofrimento de seu povo. Por isso ligue seu sentimento
de prosperidade com sua mente e sua fé, pois todo elemento e
cada detalhe farão a diferença para observar o mundo de uma
maneira nova que rentabilize sonhos e conquistas.

22
MATERIAIS
Hoje o mundo vive uma definição de status como a que vi em um post atribuído
ao ator Will Smith “Status. Eu compro algo que não quero, com dinheiro que não tenho,
para mostrar para quem não gosto, uma pessoa que eu não sou.”

Saliento ainda, que em nossa cultura existe a supervalorização do TER para SER.
Que é algo que veio com a facilidade do crédito dos últimos quase 15 anos, portanto
dessa geração. Se imaginarmos a década de 70 onde o cartão de crédito era algo
distante e a economia era basicamente rural, onde muitos compravam e marcavam na
extinta caderneta.

A pluralidade do mercado automobilístico, de eletrônicos, vestuário, advento da


internet e poder de renda foram determinantes para esse processo. Note que em
retrospecto rápido nos últimos 40 anos o poder de decisão passou do Pai ou patriarca
da família que efetivamente conduzia, depois o marido começou a perguntar para
esposa e a mulher ganhou seu espaço e nos tempos atuais é inviável sair para almoçar
fora de casa sem perguntar para jovem/criança.

A complexidade desse mundo tornou-se tal, que é melhor


que perguntemos para quem nasceu nele para
posteriormente avaliarmos e decidirmos que caminho
seguiremos. Qual a melhor TV? O celular adequado? E as
próximas férias, como negocio o pacote? Ainda vale a ressalva, eles não sabem tudo,
ainda estão fora do mercado de trabalho, a crise
que estão vendo é marolinha perto de ditadura e
superinflação. Ainda chegaremos em um dia que
essa equação de conflitos de geração terá uma
formula lógica, por enquanto é relevante que
exista uma comunicação respeitosa de mão dupla.

Sobre os bens materiais e aquisições é preciso planejar! E para isso mais uma
dica de programação Neurolinguistica que pode ajudar a combater um grande apelo de
estratégia de marketing, que é a compra por impulso e o demasiado ultra mega power

23
(para usar um pleonasmo vicioso, como diria a tia da escola) otimismo que utilizamos
para realizar aquisições.

Em PNL temos duas visões, associado e dissociado.


Você ao comprar uma moto, analisa o modelo, a parcela,
impostos, documentação, faz algumas contas e no
momento seguinte na primeira viajem, a facilidade de ir
para o trabalho burlando o transito, está em cima dela com
toda emoção que a moto pode lhe oferecer. Isso é estar
associado a uma situação.

Agora, dê um passo ao lado e se observe fazendo esse


mesmo plano, começará a prever outros aspectos mais
friamente. Fatores como segurança ao pilotar, se tem
espaço para guardar a moto no trabalho e em casa,
equipamentos complementares como capa de chuva e
botas para os dias de chuvas e por aí vai.

Quando existe emoção envolvida é provável que arrumemos desculpas para


concretizar a compra. Já na razão e utilizando o cérebro de forma consciente acabamos
ponderando de forma mais acertada, fazendo com que você conquiste no momento
apropriado com folga financeira e fique com a mente, saúde e espirito em paz.

Finalizando, é preciso que valorize o que já conseguiu até aqui, cuide e distancie o
padrão dos outros. Crie você mesmo suas referências!

24
O tempo
“A pobreza não surge da diminuição dos bens, mas da multiplicação dos desejos” – Platão.

Quando compramos algo parcelado, na verdade estamos fazendo uma troca


temporal de antecipação do nosso trabalho futuro por um consumo imediato. Já pensou
dessa maneira?

Outro ponto de inflexão é que o tempo e o dinheiro são recursos finitos, ambos
como caraterísticas de recursos estão diretamente atrelados; entre divagações é preciso
que entendamos o poder dele no tempo e compreender que existem ciclos financeiros
que ora nos permite produzir mais riqueza e exige mais do nosso esforço no dia a dia;
ora teremos disponibilidade para gozar desses recursos.

Veja a vida da maioria do jovens, muito tempo e pouco dinheiro e a dos sêniors
em sua maioria, também muito tempo e pouco dinheiro. Note que as histórias se
repetem, e para quebrar essa regra será necessário que entre os 25 e 55 anos (ou até
antes) você acumule bens e reservas que mantenham seu padrão de vida.

Existem muitas estratégias de investimentos, porém é um tema muito amplo e


que vai variar de acordo com seu perfil de investidor que está diretamente ligado a sua
resistência ao risco. A regra universal nesse caso é nunca coloque todos os ovos numa

25
cesta só e desconfie se encontrar alguma situação
que lhe apresente ganhos muitos superiores ao
mercado atual. Exerça a cautela, pois com medo
você corre riscos calculados, existem sim
oportunidades de ganhar dinheiro fácil e rápido,
porém muitos utilizam isso para ludibriar as
pessoas.

Identifique sua fase atual, e caso sua capacidade de investimento seja mínima
dirija forças para criar o hábito de guardar ao menos as moedas com regularidade. Como
já comentamos todo dinheiro necessita ter um direcionamento, seja: Educação,
Liberdade Financeira, Lazer, Educação, Doação e a principal que são as despesas fixas.
Dinheiro sem dono, pode ter certeza que vai para o Marketing, estudei isso por anos e
existem milhares de outros profissionais
trabalhando para que isso aconteça antes
que perceba.

Quando fazemos planos, eles


parecem muito grande ou distantes; ao
exemplo da casa cujo o financiamento é de
20 ou 30 anos. Tem uma máxima que quanto
mais esperar e protelar a decisão o seu
tempo vai passar, o do financiamento
jamais. Um curso de quatro anos de
graduação, terá a mesma extensão
enquanto você envelhece.

O tempo também passa para nossas aquisições, um carro financiado em sessenta


meses, perderá seu valor e precisará de manutenção; os celulares tem tempo de vida
útil reduzido em relação a uma bicicleta, e é fato que em algum momento teremos que
fazer alguma escolha perante tudo que nos pertence. Os exemplos foram bem simples,
mas imagine um Paulistano que possui um rancho com piscina no interior, um

26
apartamento na praia e um sitio compartilhado com amigos para pescar em Mato
Grosso, precisará cuidar de toda manutenção e consequentemente ter pessoas que o
auxiliem.

Um cuidado é ter um patrimônio que lhe traga segurança que é diferente de


escravidão, são apenas escolhas e devemos nos isentar do famoso certo ou errado. Para
nesse processo chamado vida erremos o mínimo possível existe um exercício mental
que mitiga vários ruídos.

A ponte ao futuro é você se imaginar no dia seguinte a


aposentadoria, levantando o horário que o corpo começar a incomodar
na cama. Ao colocar os pés no chão, porém ainda sentado no leito de
descanso imagine exatamente como está sua vida financeira, seu
patrimônio, quanto vai entrar esse mês, a posição de suas dívidas,
em que cidade mora, quais as opções que terá para aquele dia e
se conseguiu realizar todas as conquistas ou abriu mão de alguma
no meio do caminho.

Atente-se que ao buscar modelos mentais, você


persegue também sensações de clima, som, cheiro, estado
interno e assim por diante. Vivendo o futuro que deseja faça
agora o caminho inverso retornando um mês e note
como foi a preparação, regrida mais um ano e tire uma
nova foto; mais cinco anos e visualize; vá buscando cada
grande marco financeiro e não financeiro que passou para chegar até ali.

Um exemplo de ponte ao futuro é o CEO de uma multinacional que iniciou como


estagiário, notando que passou por analista, coordenador, supervisor, superintendente
teve que fazer graduação, pós, inglês, intercâmbio, enfim; cada qual ao seu tempo em
sequência organizada.

Percebi que o tempo é coisa mágica, principalmente estudando juros compostos


(que digam os bancos), o valor do dinheiro no tempo é fenomenal e aí está o encanto
por investimentos. Por isso comece agora a poupar, ainda que simbolicamente. REPITO.
Você terá que criar condições para viver desse juros e patrimônio.

27
Ainda me referindo ao tempo, vemos que vivemos movimentos parecidos com
relação ao ciclo econômico, onde cada comercio tem sua evolução e decadência; volta
a crescer. Ao menos é uma ideia que tentam nos vender, mas isso acontece
principalmente pois as pessoas deixam de inovar e se reciclar e quando chegam em seu
objetivo deixam de sonhar.

Um dos maiores problemas que empresas como a Google, Facebook e Microsoft


discutem exaustivamente é o excesso de liquidez em caixa, ou seja, muita grana. Existem
algumas preocupações para esse problema que todos querem viver, um é que eles só
devem dividir os lucros que a empresa obtém e esse deve ser relevante
percentualmente ao montante que está em circulação.

Uma empresa que tem um milhão que gera duzentos mil de lucro, está crescendo
aparentemente 20% ao ano; imagine incrementar dez por cento ao patrimônio de uma
empresa com centenas de bilhões de dólares; e outra o dinheiro ano a ano, perde seu
valor, deixa-lo parado fará que a empresa perca o poder de compra.

Em nossa vida é a mesma coisa, o exercício começa na juventude e o jogo torna-


se mais complexo – e devemos agradecer por isso! Desde o imposto de renda até
investimentos, casa, carro; que também devemos agradecer. Já atendi casos que a
pessoa reclama do quanto paga de impostos, eu sempre digo: - Podemos resolver isso,
baixando seus rendimentos até a faixa de isento.

Poderíamos falar de política, distribuição de renda, planos econômicos e


principalmente sobre como o Brasil pode melhorar para nos dar condições de
competitividade e atrair investimentos; porém não é o foco hoje!
Aproveitemos a frase, cujo autor desconheço: “ Se
quiser mudar o mundo, comece por você! ” E ainda um
provérbio chinês "Antes de conquistar o mundo dê 5
voltas dentro de casa” e fechando note que ao apontar
o dedo indicador para qualquer pessoa, estará com
três apontados para si.

O bem mais precioso que temos é o tempo!


Preserve-o, ame-o, aproveite-o e dessa maneira

28
atrairá novas oportunidades para geração de riqueza. Essa leitura foi proporcionada por
um ato de interesse seu, que assistiu um vídeo ou deu uma “googada” (neologismo
derivado do substantivo google, que me veio à cabeça agora), para adquirir esse novo
conhecimento você gastou apenas tempo, seu ativo mais precioso. E como bom
investidor, deve cobrar um retorno à altura.

Quando cheguei em São Paulo, era recém-formado em marketing e tinha


reservas financeiras um tanto restritas. A primeira entrevista de emprego que consegui
fiquei super animado, pois trabalharia exatamente em minha área e teria total
autonomia para implantar as ferramentas gerenciando comunicação institucional da
faculdade. Ao final, o entrevistador me mostrou a grade de cursos de pós-graduação e
perguntou se havia interesse, pois era a única maneira dele me pagar. Achei fantástico!

As pessoas se prendem as ideias capitalistas que


somente através do dinheiro elas conseguem as
coisas. Tenho vários outros exemplos pessoais em
que minha disposição, empenho e posso dizer até
sabedoria me renderam algo que aparentemente
viria pela troca capitalista. Seu tempo vale ouro, sim!

“Ainda que exista pressa, ainda que valorizem a


velocidade... aprecie o caminho! ”

Esse foi um dos posts que mais tiveram


compartilhamentos no facebook da Consultoria Ponto C, página que administro. E para
encerrar o capitulo, é bom que falemos de inteligência emocional.

Associado ao tempo, nos tornamos mais ansiosos, consumistas e irracionais. É


sempre a última peça, nova coleção ou liquidação imperdível. Fixam conceitos do agora
ou nunca, em contagens regressivas de pague agora ou cala-se para sempre.

Para controlar emoções é preciso focar principalmente na respiração e dissociar


do tempo, como um filme em tela você conseguirá ver exatamente o que está fazendo,
para então agir.

29
Uma das pesquisas que fizeram foi sobre as promoções relâmpago em
hipermercados, colocando câmeras eles conseguiram mapear as pessoas que se
interessavam pelas ofertas e foram buscar os motivos pelos quais cerca de 70%
desistiam da aquisição. A resposta: O TEMPO. Sintetizando a história, hoje eles colocam
os produtos no carrinho e bloqueiam um caixa exclusivamente para atender a demanda,
fazendo que o cliente consiga racionalizar a compra apenas no estacionamento.

Inverta a história acima e criará oportunidades, sem ressentimento ou culpa.


Ativando o radar, existem muitas pessoas que necessitam se desfazer de algo com
urgência e para isso reduzem o preço de mercado, abrindo uma margem para revenda
posterior (lei da oferta e demanda). E aí vem uma dica de ouro! Comprar bem é o melhor
investimento, desde que precise ou tenha ambições de fazer mais dinheiro.

Há alguns anos costumo levar minhas sobrinhas para acampar, na primeira vez
era necessário que comprasse duas barracas e como todos diziam naquela época a
internet era o melhor lugar para compras e após uma boa pesquisa o valor ficou em R$
480,00 por duas. Acontece que a maioria das cidades possuem ruas de comércios
especificas onde encontramos qualidade e bom preço e a aquisição saiu por R$ 160,00
nas mesmas especificações.

A Internet gera conforto e economia de tempo, o detalhe é que na época eu tive


que destinar um período do dia para efetuar a pesquisa de campo. A provocação se dá
mais sobre a racionalidade da compra que a questão financeira, meu entendimento a
respeito de inteligência emocional se resume a uma palavra – ENTREGA. Entenda que
certo ou errado é muito subjetivo, porém qualidade de realização pode ser medida
individualmente com a simples pergunta: De 0 a 10, o quanto está satisfeito com a sua
aquisição? A pessoa, pode até não visualizar a opção de pesquisa na rua, porém ela
saberá se deu o seu melhor.

30
INDEPÊNCIA FINANCEIRA OU
MORTE!
Todo final para ser bom ter que ser trágico, no desenrolar de uma novela
mexicana, entre casamentos de amores sem fim e lutas heroicas para conquista do
impossível! Foi assim que as novelas nos ensinaram e infelizmente alguns veem a vida
dessa maneira.

Nem o céu, nem o inferno. Um dos conceitos mais funcionais que vi sobre
educação financeira é “A ciência das trocas e escolhas”, gostei tanto que parafraseei de
uma cartilha que escrevi “Gestão de Finanças Pessoais – Metodologia CECRES” que foi
certificada pelo Instituto de Finanças da Fundação Getúlio Vargas; para encontrá-la
digite “Cartilha GFP 90 dias” no google, tem uns dez sites que publicam como notícia,
entre eles: UOL, INFOMONEY, SOS Solteiros, Diário de Itapocu, entre outros.

O conceito escrito por Daniela Godinho, “Ciência das trocas e escolhas”, refere-
se ao despertar de cada dia trocarmos nossa força física, mental e às vezes até espiritual,
durante o ofício do trabalho por nossa remuneração e a partir dela fazer nossas
escolhas, e conclui dizendo que se as escolhas forem boas, o resultado será bom... se
fizermos más escolhas, o resultado não será apropriado.

Reforço por dizendo que a independência financeira é conjunto de pequenas e


boas escolhas. Em mais de 150 casos de pessoas em estado de super endividamento que
acompanhei como Coach, foram raras as vezes que o diagnóstico de causa foi o dinheiro.
Ele é quem causa diversos efeitos.

Para chegar a independência financeira, antes da morte é preciso persistir. Já


que o foco é prosperidade financeira, podemos afirmar que gostar de dinheiro é
condição base para tê-lo por perto e fazê-lo se reproduzir.

31
Gosto muito de listas, pela sua praticidade. E por isso listas com 12 trilhas que
deve seguir pelo seu caminho até o seu tesouro faça que a vida gire como uma roda da
felicidade, lembrando que quem faz o caminho é o caminhante, faça a ordem do seu
coração!

TRILHA 01 – AME O DINHEIRO

“Amar o dinheiro” é uma frase que soa estranho para maioria das pessoas,
simbolize esse gostar como um amor fraternal, amar com respeito, amar com
responsabilidade, gostar de tê-lo por perto. Exclua veneração, idolatria ou escravidão,
faça desse, um amor saudável.

Pense em quantas coisas que valorizou mais que o dinheiro, pois para ter
comprado é possível que naquela época você deixasse esse amor que estou falando de
lado. Enquanto formos o reflexo das coisas que consumimos, o dinheiro nos controlará
e assim qualquer esforço de retê-lo será em vão.

32
TRILHA 02 – PENSE NO DINHEIRO

Existem quatro formas de fazer um orçamento mental. O primeiro


é o “tô nem aí”, pessoas que efetivamente deixam as finanças de
lado e vão tocando a vida e vê no que vai dar. O próximo controle
é o tipo extrato bancário, ou seja, pessoas que tomam suas
decisões após a entrada do crédito e então pagam as contas e se
sobram poupam ou realizam sonhos, antes disso ficam alheias e nunca
planejam.

Outro tipo bem comum, é o seis por meia dúzia, mais ou menos sabe o
quanto ganha e quanto gasta. O curioso é que sempre está empatado, ou em quanto
guardou ou com a conta próxima do zero.

E o último que é o padrão ideal, vive o hoje sem deixar de planejar o futuro. Sabe
destinar seu dinheiro, até dá umas pequenas derrapadas, pois é normal. O importante
é que ele sabe o que quer no futuro e trabalha para isso, podemos chamá-los de
planejadores.

TRILHA 03 – SINTA-SE MERECEDOR

Essa é uma questão principal para atrair dinheiro. Tudo que focamos, expande!
Se quer um carro melhor, vá atrás lute e realize! Um emprego melhor, mais dinheiro,
disponibilidade de tempo... enfim. Sempre fui desconfiado em relação a palavra talento
e por acompanhar pessoas nos últimos anos, escrevo que pouco importa se você tem
ou não.

Pessoas que se sentem merecedoras e são gratas por isso vão


além! Caçam oportunidades, insistem até conseguir, encontram um
jeito e agem diferente de quem busca desculpa. Alguns deixam
oportunidades passar, outros ficaram apenas esperando
pelo fato do merecimento; sempre que o ego e a
soberba sobressaírem ocorrerá um boicote –
nossa língua portuguesa é um tanto traiçoeira, por isso
sempre seja especifico. Sucesso foi alcançado

33
pelos pais executores ao atirar seu filho pela janela, por merecem silencio no
apartamento.

Reitero! Seu objetivo deve ser escrito em primeira pessoa, de forma positiva e
motivadora, especificamente onde e como deseja. Uma missão a ser cumprida de forma
clara, evitando desastres mentais. Seja merecedor de todo dinheiro que seu trabalho
honesto e honrado possa produzir!

TRILHA 04 – TRABALHE COM O QUE DÁ PRAZER

Sem essa de que médico ganha mais que professor e por ter
escolhido mal, exclui-se a possibilidade de ganhar bem.
Existem docentes ganhando milhões por ano, se divertindo
enquanto ensinam, histórias de pessoas muito simples que
deram a volta e propostas de vida como a do Jorginho Guinle
que ao receber milhões de herança se propôs a gastar cada
tostão com festas, viagens e mulheres; tendo que ao final da
vida voltar a trabalhar e morar de favor.

O prazer está associado também com preparação para ter


excelência no que faz, eu realmente estou me divertindo
imaginando as pessoas lendo isso, se vão gostar ou não e no processo de
aprimoramento foram muitos sábados e domingos de aula e no próximo feriado ficarei
longe da família para concluir esse material.

Quem pensou coitadinho, não me viu fazendo caminhada pelas manhãs


enquanto todos enfrentam o transito de São Paulo. Essas são algumas das
particularidades de ser consultor, como ficar horas sozinho no aeroporto ao mesmo
tempo que conhece várias cidades.

Mas no fritar dos ovos, consigo a cada dia estar mais alinhado com minha missão
de vida e você deve fazer o mesmo, considerando que até para tocar um “FODA-SE” é
preciso estar preparado.

34
TRILHA 05 – NUNCA GASTE TUDO QUE GANHOU NO MÊS

Todo mês! Guardar sempre, poupar constantemente...


sabe o ditado que dinheiro atraí dinheiro, ele é bem verdade.
Se pensarmos que já temos o Governo como nosso sócio
levando uma parte, podemos transformar o nosso outro sócio
O BANCO como alguém que nos dá dinheiro. Certo que é a
segunda ou terceira opção de investimento, mas se pode
render, é alternativa.

Os norte-americanos tem como premissa que sua renda passiva deva ser 1,5x o
seu padrão de gastos, já o autor de terapia financeira Reinaldo Domingues indica 2x;
contudo é consenso que na aposentadoria o processo continue, como já afirmei algumas
vezes.

TRILHA 06 – TENHA CONTROLES POR METAS

“Se você falha em planejar, está planejamento em falhar” – Benjamim Franklin

Dedique um tempo em fazer isso, olhar


como estão as metas, o que certo e o que deu
errado, se o padrão adotado vai gerar o resultado
pretendido.

As metas devem ser revistas ao menos uma


vez ao ano ou quando tiver uma mudança em
seus números. Por exemplo, tive um aumento em
meu salário, antes de sair gastando preciso entender o efeito real ou se caí em uma nova
faixa do imposto de renda. Essa preocupação é principalmente para que traga a meta
para o novo padrão, agora você tem novas opções: realizar mais rápido, aumentar a
poupança, fazer uma viajem mais interessante.

Esses controles vão determinar que seus passos sejam firmes e coerentes!

35
TRILHA 07 – SE NÃO SOMA, SOME!

Minha irmã quando ler isso vai me alegar plágio, pois foi o mantra dela por um
tempo.

Se chegou até aqui na leitura é motivo o suficiente, pelo menos para mim, que
busca uma transformação para melhor e para isso é preciso que esteja com pessoas que
agreguem e somem à sua vida!

Nunca disse que a proposta é fácil, disse que era


viável e possível; por isso elimine ruídos e talvez isso
inclua grandes decisões como relacionamento de
longa data ou familiar, mudança de emprego, sei lá.
Quando utilizei o “SOME”, digo para dar um tempo e
avaliar; e buscar alternativas.

Em um dos treinamentos de coaching que participei, o


head treiner disse que fomos a soma do que admiramos das 5 pessoas mais próximas
de nós. Olha a responsabilidade! Isso é porque nos identificamos e quando mais
convimos, mais modelamos.

TRILHA 08 – CONHEÇA QUEM TRABALHA COM SEU DINHEIRO

De boa intenção, o inferno está cheio!

Nunca deixe a coisa no piloto automático, boa parte dos gerentes de bancos
vendem suas metas ao invés da melhor opção pela questão da
sobrevivência dele. Caridade fazemos de forma organizada e
quanto temos disponibilidade! Pegando um pouco pesado,
pois já vi pessoas perderem muito dinheiro por displicência.

Fica aqui uma grande verdade, se der merda a culpa é sempre sua!
Leu o contrato? Pesquisou? Está seguro? Se informou com outras pessoas?

Sou muito frio nesse aspecto, principalmente porque não se muda passado e os
processos judiciais são terríveis no Brasil.

36
Seja amigável com corretores, agentes, bancários, prepostos, porteiros, amigos,
vizinha, amigos e todos que lhe oferecerem conselhos e orientações financeiras, se
puder estabeleça relação de confiança ganha-ganha, mas saiba que a decisão final é sua.

TRILHA 09 – ENTENDA OS CICLOS DA VIDA

Vindo de uma cidadezinha de doze mil habilitantes, foi uma das grandes fichas
que me ajudou a amadurecer. Estava em um novo ciclo e seria prejudicial que me
mantivesse nele, era o ciclo da adaptação, e por mais bobo que seja eu tive que sair de
um “caipira na cidade grande” para um Paulistano com sotaque. Matar o caipira jamais,
tenho muito orgulho, mas o desafio é saber que existe uma essência e fazer com que
ela se aprimore.

Conheceu alguém que casou e não largou a vida de solteiro, é isso! Voltando para
as finanças, temos que compreender que teremos que abrir mão de algumas coisas em
razão de outras novas, temos que nos adaptar, senão quando a onda chegar faltará
habilidades como saber remar.

TRILHA 10 – NUNCA PARE!

Hoje o conhecimento ideal é em forma de “T”, existirá uma área de sua escolha
que será um profundo conhecedor e nessa irá até o fundo sempre, com
novas tecnologias e inovação. Agora imagine se parar por aí? Seu cérebro
será como uma sala de 1.000 engenheiros falando sobre matemática, se
torna um universo fechado.

Por isso existem os conhecimentos transversais e a cultura


inútil, estudando Neurolinguistica sabemos que a capacidade de
criação e solução de problemas gerada pelo homem está diretamente

37
ligada a velocidade de comunicação de suas sinapses entre os hemisféricos esquerdo e
direito.

Os demais conhecimentos servirão para manter seu cérebro mais atento e dar
habilidades que sua área base não deu, como por exemplo Médicos que estudam
administração cobram mais em seus consultórios ou Psicólogos que estudam
matemática, entendem melhor os pacientes que funcionam de maneira racional.

O cérebro tem capacidade de aprender, durante a vida toda. Use sem


moderação!

TRILHA 11 – INOVE, TENHA RENDA PASSIVA

Melhor que ganhar dinheiro trabalhando é ganhar dinheiro, sem trabalhar!


Pense como os ricos, abra um negócio e permita que as pessoas tenham condições de
ganhar dinheiro com você e para você. Hoje a internet está repleta de
opções de formulas que permitem isso.

Ficamos nas casas de aluguel, porém se o inquilino não paga


ou deixa a casa em mal estado vão anos de lucro por água abaixo.
Todo negócio tem riscos, porém o desconhecimento é o maior deles.

Use sua rede de contatos e explore aquilo que tem autoridade


tornando-se referência em Blogs, Sites, Cursos on-line, criação de conteúdo, Vídeos do
Youtube, crie produtos patenteados, faça seu APP, franquias, etc....

TRILHA 12 – ENVOLVA O MÁXIMO DE PESSOAS

“Sonho que se sonha só, é só um sonha sonha” – Raul


Seixas

Comece pela sua casa, e se morar sozinho chame um


amigo para compartilhar o sonho. A tecnologia tem por
tendências deixar as pessoas mais frias e focadas em seu canto,
ao mesmo tempo que possibilita encontrar iguais em ideias,
pensamentos e atitudes! Mais um dilema paradoxal dos tempos modernos.

38
Mas para geração de riqueza é preciso que o seu trabalho derrube fronteiras, vá
além da sua cidade, estado ou país; tudo que puder ser replicado pelo maior número de
pessoas possível terá mais valor de mercado, observe alguns modelos de negócios como
UBER, uma empresa de transportes que utiliza um pouquinho do tempo vago do carro
de cada um dos interessados. Maluco, neh?!

39
E agora? Transforme em AÇÃO!

“Para que o caminho se transforme é preciso moldar a estrada”

Chegamos ao começo, enterrando um velho fim! Pelo menos é o que desejo a você que
pretende trilhar um caminho que leve ao seu tesouro.

Como um viajante, considere que sua mochila tem os equipamentos necessários para
seguir pela estrada da vida buscando e determinando quais serão seus tesouros materiais e não
materiais que desejará alcançar.

Lembre-se que o cantil terá que ser abastecido de tempos em tempos com a água da
razão, simbolizando seu autocontrole e foco. Haverá dias de chuva tempestuosas, para que saiba
valorizar o calor do calor e que sua barraca foi preparada para isso!

Todo viajante sabe o que imprevistos acontecem e isso dará o tempero necessário para
tirá-lo da zona de conforto. E para não perder o pique, comece desde de agora a buscar dentro
das ações propostas o que colocará em prática nas próximas horas.

Seu próximo destino é a verdadeira paz financeira, e para isso conte sempre com a
equipe Ponto C, siga-nos nas redes sociais e mande um e-mail com seus comentários dessa
publicação para consultoriapontoc@gmail.com.

Eu trilho, tu trilhas, nós trilharemos juntos rumo ao Sucesso!!!

Fábio Barbalho
Coach Financeiro

40

Você também pode gostar