Você está na página 1de 9

Eventos que acontecerão antes e depois do arrebatamento da Igreja

Introdução

Jesus fez a promessa que voltaria para buscar os escolhidos, isto é, sua igreja, seu povo. Este estudo
tratará especificamente dos sinais que precederão a volta de Jesus, e como será o acontecimento mais
esperado da igreja de Cristo, o rapto da igreja. Bom estudo.
J. R. de Oliveira

“Vigiai, pois, porque não sabeis em que dia vem o vosso Senhor” Mateus 24.42

Sinais da volta de Jesus

A volta de Jesus é um dos fatos que mais chama atenção dos seus seguidores, simpatizantes e os
habitantes do planeta. A promessa de sua volta foi feita por Ele mesmo “Não se turbe o vosso coração;
credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-
lo teria dito; vou preparar-vos lugar. E, se eu for e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos tomarei para mim
mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também” João 14.1-3. Apesar de Jesus não ter revelado o dia
do arrebatamento da Igreja que se dará por ocasião de sua volta, Ele deixou algumas coordenadas através
das quais podemos concluir estar perto este auspicioso dia. (veja o texto a seguir de Mateus 24.1-12).

“Ora, Jesus, tendo saído do templo, ia-se retirando, quando se aproximaram dele os seus discípulos,
para lhe mostrarem os edifícios do templo. Mas ele lhes disse: Não vedes tudo isto? Em verdade vos digo que
não se deixará aqui pedra sobre pedra que não seja derribada. E estando ele sentado no Monte das
Oliveiras, chegaram-se a ele os seus discípulos em particular, dizendo: Declara-nos quando serão essas
coisas, e que sinal haverá da tua vinda e do fim do mundo. Respondeu-lhes Jesus: Acautelai-vos, que
ninguém vos engane. Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; a muitos enganarão. E
ouvireis falar de guerras e rumores de guerras; olhai não vos perturbeis; porque forçoso é que assim
aconteça; mas ainda não é o fim. Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino; e haverá
fomes e terremotos em vários lugares Mas todas essas coisas são o princípio das dores. Então sereis
entregues à tortura, e vos matarão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome. Nesse
tempo muitos hão de se escandalizar, e trair-se uns aos outros, e mutuamente se odiarão. Igualmente hão de
surgir muitos falsos profetas, e enganarão a muitos; e, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos
esfriará”.
Os fenômenos previstos por Jesus como sinais da consumação do século, já são bem conhecidos
pela humanidade, pois sempre houve tais fenômenos citados por Jesus; terremotos, pestes, guerras, fome,
crises, violência, heresias, etc. Sendo assim como estes sinais podem ser prenúncios de sua volta, sabendo
que a humanidade já está acostumada com tais acontecimentos. A chave do texto acima nos dá a resposta
para tal dúvida. Uma análise do versículo 8 de Mateus 24 à luz do grego poderá nos ajudar a compreender
o papel destes eventos como elementos prenunciadores da iminente volta do Senhor. “Todos estes são o
princípio das dores ,.... São apenas um prelúdio até sua volta, e precursores antes do rapto da igreja. A
palavra aqui usada, significa as tristezas e as dores de uma mulher em trabalho de parto. Quando uma
mulher está tendo contrações, e as mesmas tem intervalos, em certo momento as contrações tornam-se
mais freqüentes, continuas e intensas, então a mulher sabe que está perto de dar a luz. Nota-se que os
eventos mencionados por Jesus não eram para ser observados ao acaso. Mas sim quando estes eventos
tornassem freqüentes como as dores de parto de uma mulher preste a dar luz. Ora e estes eventos em
nossa atualidade tem sido freqüentes e assustadores. Vejamos os eventos em suas especialidades.

Sinais na Área Política

- Guerras (“Quando ouvirdes de guerras e tumultos, não vos assusteis; pois é necessário que primeiro
aconteçam essas coisas; mas o fim não será logo. Então lhes disse: Levantar-se-á nação contra nação, e
reino contra reino...” Lucas 21.9,10. Entre os anos de 1898 e 1991 houve centenas de conflitos armados no
mundo, sendo que mais de 80 ocorreram nos últimos 20 anos.
- Durante a I Guerra Mundial segundo dados morreram mais de 4 milhões militares e mais de 4
milhões de civis. Na II Guerra Mundial 20 milhões de pessoas perderam a vida. Isto sem citar seus efeitos
nos anos subseqüentes. Da segunda grande guerra vale lembrar o massacre dos judeus e o devastador
efeito causado pelas bombas atômicas lançadas sobre o Japão. E outras guerras que presenciamos nestes
últimos 20 anos.
- Custo material das guerras. Incalculáveis fortunas tem sido gasto em armamentos. Um estadista
informou que o custo de um único míssil intercontinental daria para alimentar 80 milhões de pessoas.
Veja onde chegou a arrogância do homem, em relação as guerras que matam o próximo.

Sinais na natureza

- terremotos (...e haverá em vários lugares grandes terremotos... Lucas 21.11. O nosso século tem
sido o mais castigado com diferentes tipos de terremotos e tremores de terra.
Estes são alguns dos abalos mais graves ocorridos no mundo nos últimos 20 anos:
*16 julho 1990. - Manila e várias províncias de Luzon, Filipinas, são sacudidas por um sismo de 7,7 graus
na escala Richter, que deixa 1.597 mortos.
*20 outubro 1991. - Cerca de 2.000 pessoas perdem a vida em um terremoto de 6,1 graus Richter em Uttar
Pradesh, norte da Índia.
*22 março 1992. - O leste da Turquia é arrasado por um sismo de 6,3 graus. O balanço é de mil de vítimas
fatais e 50.000 pessoas desabrigadas.
*13 dezembro 1992. - A Ilha de Flores, Indonésia, é desolada por um tremor de 7,5 graus, que mata cerca
de 2.500 pessoas.
*30 setembro 1993. - Um total de 7.601 mortos e 15.846 feridos por um terremoto de 6,4 graus no estado
indiano de Maharashtra.
*17 janeiro 1995. - Um movimento de terra de 7,2 graus deixa 6.400 vítimas fatais na cidade de Kobe, oeste
do Japão.
*28 maio 1995. - Sismo de 7,5 graus deixa 1.989 mortos na cidade de Neftegorsk, norte da ilha de
Sakhalin, extremo oriente da Rússia.
*28 fevereiro 1997. - Mil vítimas é o balanço de um terremoto de 5,5 graus no noroeste do Irã.
*10 maio 1997. - O leste do Irã, especialmente a província de Khorasan, é devastado por um abalo de 7,1
graus, que mata 1.560 pessoas.
*4 fevereiro 1998. - No distrito de Rustaq, norte do Afeganistão, pelo menos 4.400 pessoas morreram por
conta de um terremoto de 6,1 graus. Três dias depois, outro movimento de 6 graus na mesma zona causou
a morte de outras 250 pessoas.
*30 maio 1998. - A província de Tajar, nordeste do Afeganistão, sofre com um sismo de 7,1 graus, que
deixa 5.000 vítimas fatais. - 18 julho 1998. - Um maremoto, com ondas de dez metros de altura, causa pelo
menos 3.000 mortos no litoral norte de Papua-Nova Guiné.
*25 janeiro 1999. - A região de Quindío, na Colômbia, é sacudida por um tremor de 6,2 graus na escala
Richter, morrem 1.100 pessoas.
*17 agosto 1999. - No noroeste da Turquia, incluindo Istambul, um terremoto de 7,4 graus, deixa mais de
17.000 mortos e aproximadamente 30.000 feridos.
*26 janeiro 2001. - Pelo menos 15.500 mortos em consequência de um tremor de 6,9 graus na escala
Richter com epicentro em Bhuj, no estado indiano de Gujarat, no noroeste do país.
*21 maio 2003. - Um sismo de 5,8 graus provoca 2.273 mortes, 10.243 feridos e mais de mil desaparecidos
na Argélia.
*26 dezembro 2003. - Um terremoto de 6,3 graus causa 26.271 mortes na cidade de Bam, sudeste do Irã,
que fica 70% destruída, deixando sem casas dois terços dos mais de 200.000 habitantes.
*26 dezembro 2004. - A ilha indonésia de Sumatra é devastada por um sismo de 8,9 graus, com epicentro
em Aceh, que causa mais de 280.000 vítimas mortais em doze países da Ásia e África. As nações com mais
vítimas foram Indonésia (121.219 mortos) Sri Lanka (pelo menos 39.000), Índia (aproximadamente 11.000)
e Tailândia (5.313, sendo 2.171 estrangeiros).
*28 março 2005. - O oeste de Sumatra sofre um terremoto de 8,7 graus Richter e causa mais 1.300 perdas
humanas.
*8 outubro 2005. - Caxemira, região fronteiriça entre Paquistão e Índia, registra86.000 mortes e 40.000
feridos em um movimento de 7,6 graus.
*27 maio 2006. - Na ilha de Java, Indonésia, um abalo de 6,2 graus deixa pelo menos 6.234 mortos,
20.000 feridos e 340.000 desabrigados.
*15 agosto 2007. - Um movimento de 8 graus na escala Richter arrasa a costa do Peru e provoca 513
mortes e 1.090 feridos.
*12 maio 2008. - Wenchuan, China, é o epicentro de um sismo de 7,8 graus, que deixa 90.000 mortos.
*6 abril 2009. - Um total de 299 pessoas morrem em um tremor de 6,2 graus que sacode o centro da Itália,
com epicentro na região dos Abruzos. A localidade de L'Aquila foi a mais afetada.
*30 setembro 2009. - Três mil pessoas falecem e 450.000 perdem suas casas na ilha indonésia de Sumatra,
em consequência de um terremoto de 7,6 graus de Richter e uma réplica de 6,8 no dia seguinte.
*7 novembro 2009: Um total de 452 mortos e 786 feridos por um movimento de terra de 7,9 graus no litoral
de Port-Vila, Vanuatu.
*12 janeiro 2010: Haiti sofre os estragos de um terremoto de 7,0 graus na escala Richter, o pior em sua
história. Fonte: portal R7.
Todos estes dados aqui mencionados são apenas de terremotos de grande magnitude, não estão
relacionados terremotos de graus baixos na escala Richter, senão os comentários seriam vastos e
exaustivos. Para ter uma noção da proporção de terremotos ocorridos em uma escala comparativa entre os
séculos anteriores e o nosso século 20, o século que teve mais terremotos é o século 20, com mais de 4 mil
terremotos registrados. Veja o quadro a seguir:

Século 30 50 80 100 130 150 300 400 700 2000 4000


X- 10 32 TERREMOTOS
XI - 11 53 TERREMOTOS
XII - 12 84 TERREMOTOS
XIII - 13 115 TERREMOTOS
XIV - 14 137 TERREMOTOS
XV - 15 174 TERRREMOTOS
XVI - 16 253 TERREMOTOS
XVII – 17 378 TERREMOTOS
XVIII 18 640 TERREMOTOS
XIX - 19 2119 TERREMOTOS
XX - 20 +4000 TERREMOTOS
ZONA CRÍTICA

Meus amados estes dados são assustadores, quantas outras catástrofes foram causadas em virtude
destes terremotos, exemplos com Tsunamis, Maremotos, ativação vulcânica , etc. A natureza geme por
causa de tantas convulsões, e também espera os eventos futuros para ter alivio “Porque sabemos que toda
a criação, conjuntamente, geme e está com dores de parto até agora” Romanos 8.22.

Sinais nas áreas social e moral

- fome e flagelos (...e pestes e fomes...Lucas 21.11.

As profundas desigualdades na distribuição da riqueza no mundo atingiram atualmente proporções


verdadeiramente chocantes. O número de pobres não pára de crescer e já chega a 307 milhões de pessoas
no mundo. Relatório da Conferência das Nações Unidas para o Comércio e o Desenvolvimento (Unctad)
recentemente publicado mostra que nos últimos 30 anos o número de pessoas que vivem com menos de
US$ 1,00 duplicou nos países menos desenvolvidos. Para a agência da ONU, o dado mais preocupante é a
tendência de que esse número aumente até 2015, quando os países menos desenvolvidos poderão passar a
ter 420 milhões de pessoas vivendo abaixo da linha da pobreza. Em algumas regiões, principalmente na
África, parte da população já tem um consumo diário de apenas 57 centavos de dólares, enquanto um
cidadão suíço gasta por dia US$ 61,9. Nos anos 70 cerca de 56% da população africana vivia com menos
de US$ 1,00, hoje este valor é de 65%.A pobreza está a aumentar, em vez de diminuir.

(Junho de 2002)

As ajudas dos países mais ricos aos mais pobres são uma gota de água no Oceano, cifrando-se 0,22
por cento do seu PIB. O mais grave todavia é os subsídios que atribuem às suas empresas para
exportarem e barreiras comerciais que levam aos produtos oriundos dos países mais pobres. O
desequilíbrio de meios sufoca completamente as economias mais pobres. (Banco Mundial,Abril de 2003)..
Calcula-se que 815 milhões, em todo o mundo sejam vítimas crônica ou grave subnutrição, a maior parte
das quais são mulheres e crianças dos países em vias de desenvolvimento. O flagelo da fome atinge 777
milhões de pessoas nos países em desenvolvimento, 27 milhões nos países em transição (na ex-União
Soviética) e 11 milhões nos países desenvolvidos. A subnutrição crônica, quando não conduz apenas à
morte física, mas implica freqüentemente mutilação grave, nomeadamente a falta de desenvolvimento das
células cerebrais nos bebês, e cegueira por falta de vitamina A. Todos os anos, dezenas de milhões de mães
gravemente subnutridas dão à luz dezenas de milhões de bebés igualmente ameaçados. (Junho de 2002).
Veja um histórico resumido de pestes que apareceram na terra.

A peste de Atenas, ocorreu em 428 a.C. e foi narrada por Tucídides, em seu livro "A guerra do
Peloponeso".

Peste de Siracusa, ocorreu no ano 396 a.C, quando o exército cartaginês sitiou Siracusa, na Itália.
A doença surgiu entre os soldados, espalhando-se rapidamente entre eles e dizimou o exército

Peste negra do século XIV

Esta foi a maior, a mais trágica epidemia que a História registra, tendo produzido um morticínio
sem paralelo. Foi chamada peste negra pelas manchas escuras que apareciam na pele dos enfermos. Como
em outras epidemias, teve início na Ásia Central, espalhando-se por via terrestre e marítima em todas as
direções. Em 1334 causou 5.000.000 de mortes na Mongólia e no norte da China. Houve grande
mortandade na Mesopotâmia e na Síria, cujas estradas ficaram juncadas de cadáveres dos que fugiam das
cidades. No Cairo os mortos eram atirados em valas comuns e em Alexandria os cadáveres ficaram
insepultos. Calcula-se em 24 milhões o número de mortos nos países do Oriente.

Gripe H1N1- A Organização Mundial de Saúde (OMS) confirmou hoje, em boletim divulgado em seu
site, 19.273 casos de Influenza A (H1N1), a gripe suína, no mundo. Segundo a entidade, há ocorrências
confirmadas em 66 países, com um total de 117 mortos. No boletim anterior da OMS, divulgado na
segunda-feira, os casos confirmados da doença chegavam a 17.410. Eram 62 os países atingidos pela gripe
suína, com 115 mortos. A maior incidência de casos é nos Estados Unidos com 10.053 infectados, seguido
do México, com 5.029 casos, segundo o boletim da OMS. O Brasil aparece na lista com 20 casos. Entre os
países citados também estão Canadá, com 1.530 casos; Austrália, com 501; e a Argentina, com 131. O
número de mortos chega a 17 nos Estados Unidos, 97 no México, 1 na Costa Rica e 2 no Canadá. Antes
de 1918, a gripe em humanos era uma doença bem conhecida, mas nunca tinha sido descrita em
porcos. Com a pandemia da Influenza A H1N1 que ocorreu em 1918 e 1919 (mais conhecida como Gripe
Espanhola), milhões de pessoas foram afetadas e muitos porcos também passaram a apresentar sintomas
respiratórios que se assemelhavam muito à doença nos humanos. Desde 1958, 37 casos da gripe suína em
humanos foram documentados. Seis casos resultaram em morte e 44% dos pacientes tinham exposição a
porcos. Em março e abril de 2009, um surto de doença respiratória foi primeiramente descrito no México,
o qual foi relacionado ao vírus Influenza A H1N1. O surto se espalhou rapidamente para Estados Unidos,
Canadá e para o resto do mundo graças às viagens aéreas. Segundo a OMS, 207 países e territórios
notificaram casos confirmados laboratorialmente de gripe suína, incluindo pelo menos 8.768 óbitos. Como
a doença se espalhou amplamente, alguns países pararam de contar casos individuais, principalmente
aqueles que apresentam sintomas leves, de modo que a OMS agora só divulga o total de óbitos.

- Violência, Divórcio, Orgias, Drogas e Perversões Sexuais (veja Genesis 6. 1,2,11,13; 18.20
Habacuque 1.3; Romanos 1.27,28. O cinema é um veículo que tem uma grande infiltração mundial.
Muitos dos filmes apresentam cenas de extrema e exagerada violência. A vida humana é por vezes tratada
como algo banal. Existem diversos relatos de contraventores que ao praticar seus atos, se inspiraram em
cenas e personagens considerados heróis. Trata-se também, de um tipo de violência cultural, na medida
em que são estabelecidos novos valores incompatíveis com a conduta humana. A televisão tem sido tema
de muita discussão em relação as cenas de violência realísticas. Muitas vezes, quase simultaneamente,
expõe em suas programações, nos telejornais, telenovelas e seriados. A grande infiltração da televisão em
todos os lares pode rapidamente difundir alguns dos tipos de violência. Existe violência praticada entre
esportistas e entre torcedores de determinadas categorias. Existem diversos esportes que são considerados
violentos, tais como: boxe, futebol, rugby, entre outros. Na copa FIFA de 2006 o jogador de futebol Zidane,
ao sofrer uma ofensa verbal, agrediu fisicamente um outro jogador em pleno jogo da final, demonstrando
uma atitude não adequada aos esportes. Os divórcios experimentaram uma alta de 15,5% em 2005 na
comparação com 2004. Trata-se do maior patamar desde o início da série analisada pelo IBGE (Instituto
Brasileiro de Geografia e Estatística), que começou em 1995. Em 2004, por exemplo, os divórcios tinham
recuado 3,7%. Sem contar as orgias e drogas que a humanidade está afundada.

-Tecnologia e multiplicação da ciência (Daniel 12.4. “Tu, porém, Daniel, cerra as palavras e sela o
livro, até o fim do tempo; muitos correrão de uma parte para outra, e a ciência se multiplicará”).
No capítulo 12 de Daniel, no versículo 4, encontramos a chave para entendermos que Deus cobriu
algumas profecias com um manto, para que permanecessem sem compreensão até que chegasse o tempo
de serem reveladas: E tu, Daniel, encerra estas palavras e sela este livro, até ao fim do tempo. -Dn 12:4
Vemos, então, que a condição para serem reveladas é a chegada do momento certo e previsto por Deus.
Isto quer dizer que, hoje, ao entendermos algumas profecias de Apocalipse, é porque Deus nos está dando
a revelação, porque chegou a hora de sabermos tudo que sucederá à nossa geração, em breve. A Igreja não
vive sem revelação, é promessa divina, e, para ela, Deus ordenou o Livro de Apocalipse, ou Livro da
Revelação. Em Daniel 12:4 existe uma segunda profecia que torna completamente distinguível onde,
exatamente, começa o "tempo do fim": muitos correrão de uma parte para outra, e a ciência se
multiplicará. Sabemos perfeitamente que até o século dezenove a humanidade não conhecia a energia
elétrica, os motores a explosão ou qualquer outro meio de comunicação além da escrita e da fala. Haviam
apenas lamparinas e carroças. Tudo ainda engatinhava. Mas, de repente, a ciência começou a se
multiplicar e, como havia sido profetizado, a ciência se multiplicou de forma estrondosa no século 20, em
todas as áreas do conhecimento humano. Justamente esse evento -multiplicação da ciência- é o fato que
marca a entrada do "tempo do fim". O tempo do fim, que começou na cruz do calvário, atinge seu ápice em
nossos dias. Sem contar com o avanço da medicina, a informática, meios de transporte, a internet, etc.

Sinais na Área Religiosa

- Falsos cristos (“Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; a muitos enganarão Mateus
24.5 veja também Lucas 21.8. Nos últimos 50 anos, cerca de 1000 lideres se apresentaram como cristos
ou na condição de salvadores do mundo. Eu poderia mencionar vários aqui, que até você duvidaria, mas a
Bíblia diz: “...pelo frutos o conhecereis...” Mateus 7.20. Mas por ser uma especialidade este assunto quero
esticá-lo mais um pouco. Veja a advertência de Jesus: “Porque hão de surgir falsos cristos e falsos profetas,
e farão sinais e prodígios para enganar, se possível, até os escolhidos” Marcos 13.22. O crente da
atualidade precisa estar muito bem informado de que pode haver, nas igrejas vários obreiros corrompidos
para distanciá-los da verdade. Devemos estar esclarecidos que nem todos os escritores, pastores,
missionários, evangelistas, professores, diácono, presbítero ou qualquer crente são aquilo que dizem ser.
Jesus advertiu seus discípulos quatorze vezes para tomarem conhecimento de falsos líderes e mestres. A
própria Bíblia nos exorta a testar os líderes e dirigentes de igrejas. (veja I Tessalonicenses 5.21; I João 4.1.
Veja como testar a veracidade de falsos mestres e falsos profetas:
O caráter da pessoa. Tem uma vida de oração, manifesta os frutos do Espírito (Gálatas 5.22,23), ama os
pecadores, detesta o mal e ama a justiça, fala contra o pecado. (Lucas 3.18-20).
Discernimento nos motivos da pessoa. O líder cristão verdadeiro produz pelo menos quatro coisas: a)-
honra a Cristo (II Coríntios 8.23 e Filipenses 1.20), b)- conduz a Igreja à santificação (Atos 26.18 e I
Coríntios 6.18), c)-salvar os perdidos mostrando –lhes o caminho (I Coríntios 9.19-22), d)- proclama o
evangelho e defende a fé apostólica e o evangelho de Cristo (Filipenses 1.16 e Judas 1.3).
O que ele prega em seus sermões. Se ele subtrai ou adiciona uma ou mais exegese, doutrina da bíblia.

- Apostasias. Trata-se da mais hedionda negação da fé, da experiência de salvação, regeneração, batismo
com Espírito Santo e tudo mais que faz parte da vida Cristã.

- Falsos líderes e pastores. Estes são comparados aos falsos lideres da obra de Deus, isto é, pessoas que se
promovem lideres da obra com fins lucrativos e gananciosos, que pregam a mensagem por interesse
financeiro que usurpam os bens das pessoas simples, oferecendo em troca bênçãos que não podem dar.

- Indolência, desânimo e abandono da fé. (“Mas o Espírito expressamente diz que em tempos posteriores
alguns apostatarão da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios, pela hipocrisia
de homens que falam mentiras e têm a sua própria consciência cauterizada” I Timóteo 4.1,2. Por se
multiplicar a iniqüidade o amor de muitos esfriará. (Mateus 24.12).

- Descrença na volta de Jesus. (II Pedro 3.3,4).

O Sinal da Figueira

A sobrevivência do povo judeu através dos milênios, sem dúvida é um milagre e também mostra que
realmente o Eterno separou este povo para ser seu. Não vou prolongar a história do povo judeu farei um
resumo para você entender melhor o que se passa com o Israel político e espiritual.
Segundo as profecias bíblicas Israel e a cidade de Jerusalém foi destruída em 586 a.C, por Nabucodonosor
sob o império Babilônico, e o povo ficou 70 anos no cativeiro. Numa profecia de Daniel 9 “ as setentas
semanas” que é dividida em três (7 semanas 49 anos, 62 semanas 434 anos e 1 semana 7 anos), veja:
-7 semanas ou 49 anos: sai a ordem para reconstruir os muros e a cidade em 445 a.C, por ordem de
Artaxerxes Longímano , o qual se conclui em 396 a.C (Neemias 2.1).
- 42 semanas ou 434 anos: neste período que vai de 396 a.C, até 70 d.C, Jesus nasce, morre, ressuscita, a
igreja é formada e ocorre a destruição de Jerusalém pelos romanos em 70 d.C. Daí em diante começa o
tempo dos gentios (período em que Jerusalém é pisada e cercada por trincheiras e guerras). No ano 68 d.C,
ocorreu a morte do apostolo Paulo por ordem do imperador Nero, que ateou fogo em Roma e culpou os
cristãos, o general Tito marchou para Jerusalém e a destruiu dispersando o povo judeu, na história é
chamado de “diáspora” dispersão dos Judeus. Neste período Israel deixou de ser uma nação, mas, em
1948, após 25 séculos, Israel foi estabelecido como nação. (Deuteronômio 4. 30,31 e Jeremias 31.28) O
retorno dos filhos de Israel foi profetizado mil anos antes da dispersão, por Moisés e depois por outros
profetas. A restauração da figueira é o sionismo que tem ocorrido durante os anos subseqüentes à 1948.
A profecia de Ezequiel 38 mostra um vale de ossos secos e sem vida, muitos acreditam que é referente ao
holocausto. Os ossos por ainda estar sem vida pode ser uma alusão ao holocausto.O ajuntar dos ossos
que Ezequiel viu pode ser uma alusão ao repatriamento de Israel. Se analisarmos a profecia de Ezequiel
veremos que os ossos foram ajuntados em seus devidos lugares formando um esqueleto, que vieram
nervos e carne e pele sobre estes esqueletos, porém continuam sem vida, que pode ser uma alusão ao
estado espiritual de Israel atualmente por não acreditar em Jesus Cristo como Messias. O fato é que os
judeus estão voltando para sua pátria segundo as profecias bíblicas veja:
“então, o SENHOR, teu Deus, te fará voltar do teu cativeiro, e se apiedará de ti, e tornará a ajuntar-te dentre
todas as nações entre as quais te espalhou o SENHOR, teu Deus” Deuteronômio 30.3.
“Porque há de acontecer, naquele dia, que o Senhor tornará a estender a mão para adquirir outra vez os
resíduos do seu povo que restarem da Assíria, e do Egito, e de Patros, e da Etiópia, e de Elão, e de Sinar, e
de Hamate, e das ilhas do mar. E levantará um pendão entre as nações, e ajuntará os desterrados de Israel,
e os dispersos de Judá congregará desde os quatro confins da terra” Isaías 11.11,12.
“Direi ao Norte: Dá; e ao Sul: Não retenhas; trazei meus filhos de longe e minhas filhas das extremidades da
terra, a todos os que são chamados pelo meu nome, e os que criei para minha glória; eu os formei, sim, eu os
fiz” Isaías 43.6,7.

Amados enquanto escrevo este estudo milhares de judeus estão voltando para Israel. A figueira está
brotando, o verão está próximo, Jesus está voltando a nossa redenção se aproxima.

O Arrebatamento da Igreja

A volta de Jesus é mencionada 318 vezes no Novo Testamento, mas um exame descuidado de muitos
trechos na Bíblia pode levar a conceitos anti-biblicos, deve-se pedir ajuda ao Espírito Santo, e um bom
tutor como um professor apto para ajudar em seu estudo. Vejamos porque:
Por exemplo, um trecho nos diz que Cristo virá nos ares (I Tessalonicenses 4.17), enquanto Zacarias
14.4, diz que Ele tocará a terra. Um outro trecho diz que Ele virá em secreto como ladrão (I
Tessalonicenses 5.2), enquanto Apocalipse 1.7, diz que todo olho o verá. Como então podemos entender?

As duas fases da volta de Jesus

A volta de Jesus se Dara em duas fases distintas.


-A primeira é o RAPTO DA IGREJA – diz respeito somente a Igreja.
-A segunda é a MANIFESTAÇÃO EM GLÓRIA – diz respeito à Israel e nações que estiverem vivas na
ocasião.

O Rapto da Igreja

Observe os textos, em quatro diferentes versões da Bíblia:

“Não quero, porém, irmãos, que sejais ignorantes acerca dos que já dormem, para que não vos
entristeçais, como os demais, que não têm esperança. Porque, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou,
assim também aos que em Jesus dormem Deus os tornará a trazer com ele. Dizemo-vos, pois, isto pela
palavra do Senhor: que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, não precederemos os que
dormem. Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de
Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro; depois, nós, os que ficarmos vivos, seremos
arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com
o Senhor” I Tessalonicenses 4.13-17. – Almeida Revista e Atualizada.
“Irmãos, não queremos que vocês sejam ignorantes quanto aos que dormem, para que não se
entristeçam como os outros que não têm esperança. Se cremos que Jesus morreu e ressurgiu, cremos também
que Deus trará, mediante Jesus e juntamente com ele, aqueles que nele dormiram. Dizemos a vocês, pela
palavra do Senhor, que nós, os que estivermos vivos, os que ficarmos até a vinda do Senhor, certamente não
precederemos os que dormem. Pois, dada a ordem, com a voz do arcanjo e o ressoar da trombeta de Deus, o
próprio Senhor descerá do céu, e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro. Depois disso, os que estivermos
vivos seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, para o encontro com o Senhor nos ares. E assim
estaremos com o Senhor para sempre” I Tessalonicenses 4.13-17. - Nova Versão Internacional.

“Irmãos, queremos que vocês saibam a verdade a respeito dos que já morreram, para que não fiquem
tristes como ficam aqueles que não têm esperança. Nós cremos que Jesus morreu e ressuscitou; e assim
cremos também que, depois que Jesus vier, Deus o levará de volta e, junto com ele, levará os que morreram
crendo nele. De acordo com o ensinamento do Senhor, afirmamos a vocês o seguinte: nós, os que estivermos
vivos no dia da vinda do Senhor, não iremos antes daqueles que já morreram. Porque haverá o grito de
comando, e a voz do arcanjo, e o som da trombeta de Deus, e então o próprio Senhor descerá do céu. Aqueles
que morreram crendo em Cristo ressuscitarão primeiro. Então nós, os que estivermos vivos, seremos levados
nas nuvens, junto com eles, para nos encontrarmos com o Senhor no ar. E assim ficaremos para sempre com
o Senhor” I Tessalonicenses 4.13-17. – NTLH – Linguagem de Hoje.

“E agora, queridos irmãos, quero que vocês saibam o que sucede a um cristão quando ele morre, para
que não fiquem cheios de tristeza como aqueles que não têm esperança, quando isso acontecer. Visto que nós
cremos que Jesus morreu e depois voltou à vida, podemos também crer que, quando Jesus voltar, Deus trará
de volta com Ele todos os cristãos que já morreram. Posso dizer-lhes, diretamente do Senhor, que nós, os que
ainda estivermos vivos quando o Senhor voltar, não subiremos para encontrá-lO na frente daqueles que
estão nas sepulturas. Pois o próprio Senhor descerá do céu com um potente clamor, com o vibrante brado do
arcanjo e com o vigoroso toque da trombeta de Deus. E os cristãos que estão mortos serão os primeiros a
levantar-se para irem ao encontro do Senhor. Então nós, os que ainda estivermos vivos e restarmos na terra,
seremos arrebatados até eles nas nuvens, a fim de nos encontrarmos com o Senhor nos ares e ficarmos com
Ele para sempre” I Tessalonicenses 4.13-17. – Bíblia Viva.

Os crentes de Tessalonica desde aquela época já estavam aguardando a volta de Jesus. Diante de
tantas especulações e ensinos errados no que diz respeito ao arrebatamento da Igreja, o apóstolo escreveu
aos tessalonicenses sobre o arrebatamento da igreja. Este texto acima é um resumo como vai acontecer o
arrebatamento, visto que este acontecimento está rodeado de grandes mistérios. O que a Bíblia revela é o
suficiente para termos uma idéia. O importante não é como vai ser e quando vai ocorrer, o mais
importante é que você e eu estejamos preparados para ouvir a trombeta e sermos transformados num
corpo incorruptível, e isto será num piscar de olhos. “Contudo, eu lhes estou contando este segredo
estranho e maravilhoso: nem todos morreremos, porém todos receberemos novos corpos! Tudo acontecerá
num instante, num piscar de olhos, quando for tocada a última trombeta. Porque virá do céu um toque de
trombeta, e todos os cristãos que já morreram, de repente voltarão à vida com novos corpos que nunca,
jamais morrerão; e, então, nós que Porque os nossos corpos terrenos, os que temos agora e que são mortais,
precisam ser transformados em corpos celestiais, que não podem perecer, mas viverão para todo o sempre”
I Coríntios 15.51-53.
Os textos acima referidos nos fala que o Senhor descerá e chamará todos os seus escolhidos para
encontrá-lo nos ares, este chamado somente os crentes verdadeiros e genuínos ouvirão o tocar da
trombeta de Deus e o chamado do Mestre Jesus. Será em frações de segundo e a igreja sumira deste
planeta, causando assim o maior caos que já ocorreu. Familiares procurando os seus, pais procurando
filhos, filhos procurando pais, os noticiários da TV e internet só comentarão do sumiço de uma grande
massa de pessoas e dos acidentes causados por pilotos de avião que sumiu, de condutores de carros,
trens, caminhões, etc. Será um caos, muitos dos crentes que não foram arrebatados sentirão o tormento
que para serem salvos agora deverão derramar seu próprio sangue.
A igreja estará com Cristo no céu para o tribunal de galardões “Alegremo-nos, e rejubilemos, e O
reverenciemos; porque chegou o tempo do banquete do casamento do Cordeiro, e a noiva dele já se preparou.
Ela tem permissão para usar o linho mais puro, mais branco e mais fino"". ( O linho fino representa as boas
obras praticadas pelo povo de Deus ). Apocalipse 19.7,8. Este tribunal não é para condenação ou coisa
parecida, mas para recompença.
Após o tribunal ocorrerá as bodas do Cordeiro, “Regozijemo-nos, e exultemos, e demos-lhe a glória;
porque são chegadas as bodas do Cordeiro, e já a sua noiva se preparou, e foi-lhe permitido vestir-se de
linho fino, resplandecente e puro; pois o linho fino são as obras justas dos santos. E disse-me: Escreve: Bem-
aventurados aqueles que são chamados à ceia das bodas do Cordeiro. Disse-me ainda: Estas são as
verdadeiras palavras de Deus. E vi o céu aberto, e eis um cavalo branco; e o que estava montado nele
chama-se Fiel e Verdadeiro; e julga a peleja com justiça. Os seus olhos eram como chama de fogo; sobre a
sua cabeça havia muitos diademas; e tinha um nome escrito, que ninguém sabia sabia senão ele mesmo.
Estava vestido de um manto salpicado de sangue; e o nome pelo qual se chama é o Verbo de Deus. Seguiam-
no os exércitos que estão no céu, em cavalos brancos, e vestidos de linho fino, branco e puro” Apocalipse
19.7-9,11-14. No céu Cristo e sua Noiva estão em festa junto com o Espírito Santo que não terá mais que
ficar na terra pois os fiéis ao Senhor estarão em festa com seu Deus. Serão sete anos de festa no céu, e na
terra a grande tribulação.

O período da Grande Tribulação

Imediatamente o arrebatamento da igreja o Espírito Santo estará ausente da terra. (Ninguém de modo
algum vos engane; porque isto não sucederá sem que venha primeiro a apostasia e seja revelado o homem
do pecado, o filho da perdição, aquele que se opõe e se levanta contra tudo o que se chama Deus ou é objeto
de adoração, de sorte que se assenta no santuário de Deus, apresentando-se como Deus. Não vos lembrais
de que eu vos dizia estas coisas quando ainda estava convosco? E agora vós sabeis o que o detém para que
a seu próprio tempo seja revelado. Pois o mistério da iniqüidade já opera; somente há um que agora o detém
até que seja posto fora; e então será revelado esse iníquo, a quem o Senhor Jesus matará como o sopro de
sua boca e destruirá com a manifestação da sua vinda; a esse iníquo cuja vinda é segundo a eficácia de
Satanás com todo o poder e sinais e prodígios de mentira, e com todo o engano da injustiça para os que
perecem, porque não receberam o amor da verdade para serem salvos” Estamos falando aqui do Santo
Espírito que sairá da terra e subirá junto com a igreja, ora Jesus disse: “Todavia, digo-vos a verdade,
convém-vos que eu vá; pois se eu não for, o Ajudador não virá a vós; mas, se eu for, vo-lo enviarei” João
16.7, o Consolador nos ajuda nesta terra de violências e desilusões, quando a igreja não estiver mais aqui
por que Ele ficará? Logo após a saída daquele que restringe o mal, o anticristo surgirá no cenário mundial.

Surgimento do anticristo no cenário mundial.

“E o dragão parou sobre a areia do mar. Então vi subir do mar uma besta que tinha dez chifres e sete
cabeças, e sobre os seus chifres dez diademas, e sobre as suas cabeças nomes de blasfêmia. E a besta que
vi era semelhante ao leopardo, e os seus pés como os de urso, e a sua boca como a de leão; e o dragão deu-
lhe o seu poder e o seu trono e grande autoridade” Apocalipse 13.1,2.

Surgimento do falso profeta.

“E vi subir da terra outra besta, e tinha dois chifres semelhantes aos de um cordeiro; e falava como
dragão. Também exercia toda a autoridade da primeira besta na sua presença; e fazia que a terra e os que
nela habitavam adorassem a primeira besta, cuja ferida mortal fora curada. E operava grandes sinais, de
maneira que fazia até descer fogo do céu à terra, à vista dos homens; e, por meio dos sinais que lhe foi
permitido fazer na presença da besta, enganava os que habitavam sobre a terra e lhes dizia que fizessem
uma imagem à besta que recebera a ferida da espada e vivia. Foi-lhe concedido também dar fôlego à imagem
da besta, para que a imagem da besta falasse, e fizesse que fossem mortos todos os que não adorassem a
imagem da besta. E fez que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e escravos, lhes fosse posto
um sinal na mão direita, ou na fronte, para que ninguém pudesse comprar ou vender, senão aquele que
tivesse o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome. Aqui há sabedoria. Aquele que tem
entendimento, calcule o número da besta; porque é o número de um homem, e o seu número é seiscentos e
sessenta e seis” Apocalipse 13.11-18.
A besta que sobe do mar é o anticristo, esta outra besta que sobe da terra é o falso profeta que ira
auxiliar o anticristo na super igreja. Uma trindade satânica estará regendo o planeta – Satanás – fazendo o
papel de Deus o Pai, o anticristo – fazendo o papel de Deus Filho e o falso profeta – o papel de Deus
Espírito Santo.
O pacto de sete anos do anticristo com Israel.

“E ele fará um pacto firme com muitos por uma semana; e na metade da semana fará cessar o sacrifício
e a oblação; e sobre a asa das abominações virá o assolador; e até a destruição determinada, a qual será
derramada sobre o assolador” Daniel 9.27.
Vejamos este versículo de Daniel detalhadamente:
- Ele, trate-se do anticristo.
- fará firme aliança, deve ser uma falsificação do divino concerto, prometido por Deus ao seu antigo
povo, em Jeremias 31.31,33.
- com muitos, uma referência ao povo de Israel, já reunido.
- por uma semana, (sete anos) está é a última semana das 70 semanas de Daniel 9.
- na metade da semana, isto é após três anos e meio. Ler Daniel 7.24,25 e Apocalipse 11.2,3;
12.6,14; 13.5.
- fará cessar o sacrifício e a oferta de manjares, isso demonstra que o templo de Jerusalém estará
reconstruído. Disso Jesus falou, Mateus 24.15b, estar no lugar santo, ver também I Tessalonicenses 2.3,4.
- sobre a asa das abominações, esta expressão é de mui difícil interpretação. O termo abominação é
muito usado na Bíblia para significar ídolos. Comparando-se as passagens paralelas de Daniel 11.31;
12.11; e Mateus 24.15, vê-se que se trata de um ídolo que será colocado no lugar santo do templo,
chamamos este templo de O templo da tribulação, para diferenciá-lo do templo do Milênio que será muito
grande de aproximadamente 2 Km2 de extensão. A Bíblia diz que a imagem da besta falará. Apocalipse
13.15.
- virá o assolador, uma referência ao anticristo.
- até que a destruição se derrame sobre ele, estas palavras se referem, a derrota do anticristo e seus
exércitos confederados, daí começará a guerra do Armagedom Apocalipse 16.16.
O pacto que o anticristo fez com Israel será quebrado, por causa da imagem colocada no templo, o
anticristo e todas as nações estarão contra Israel, como sendo o final da grande tribulação, Jesus virá nas
nuvens com a igreja glorificada para destruir o anticristo. Israel se sentindo acuado dirá: Baruk Haba
B’shema Adonai – Bendito o que vem em nome do Senhor. Mateus 23.36-39. Neste momento ocorrerá a
segunda fase da volta de Jesus. Todo olho o verá (Apocalipse 1.7) será como um relâmpago (Mateus 24.27),
e Ele tocará o monte das Oliveiras que será dividido ao meio e haverá um terremoto universal, e grandes
cidades do mundo cairão. (Zacarias 14.1-5). A volta de Jesus está próxima, e devemos estar apercebidos
pois a hora ninguém sabe.

Espero que este estudo tenha lhe ajudado, qualquer dúvida me mande por e mail.
jrkurioliveira@yahoo.com.br

Shalom Adonai. José Roberto de Oliveira.