Você está na página 1de 52

c c

ÊÊÊ    



• • 



 

   • 
          

    

c c
’   
/ 
   /
’  /  

  /  
/ 
  /
’  /
’    / 
  /  
/

c
c
c c

    

            
!"            #$ 

    % &        #     
'          
 
#     ( &      
 
      )       
   
        

  
 $   *'     !       

    #  +   
  ,      &      !   
#               #  
!'    
#    
' -
' .  !    ’  /   0    
’     !
0 
1!! 23  /   4355













c
c
c c


0    
 )     #   
  6       ! 
 
 7 
8  (           
 

  #  
  

   
& 9 
     7 

*
8         

#           : 1  
    

*
    )   
  #         
!           #
0 ( #      #    ;
   
  
(   9   #    
  
;  
#    
   9      

     
         #          

         
&  / 
#
 < 
      #       

 
     # 
      

       
    

 
  

  
 
=        
# 
            /        

 9 
% 0 9   #9   
*
  ’    
     
# 
  
)      
!  
  (   /   
 ' 
 '  /        
 
9   '           
  

c
c
c c
  % 0 9    ! $   
   

 
   
      

!
  -
>  7  8  !        
?
     #9   !  

   
  ( 
    
!  

9   
 
@ #9   
 
!   
'          

!  

7 #   9   
    $   
#  

'    
  
  ( 
    

  (         )  A  

$    $  #
   8
&  / A 
!          9  
'  B  C 9   $  #  
    
  
 #         

$    ’   
'           

    
 
                
?
B     )   
    
! 
 * 9  (    
 % &    
*
    6     
      
#      
#   
/          

,#    
'    
- # '   
   & 9         
 
     
#    

 
% &   
)  

*'   
    $   
$ 

/ 
7> ’ #     (  % & 8      
!  D      #   
 +  ( 
  0 !    #E  #  
@ 
  @          +  ' 
c
c
c c 
!                
A    
$  
 !       # 

 9'      
     0 
           #    

    
 -
> !  ?  !  (?
#     
'     0  # 
    
          -
>      #   
*    
 
)         !? ,  
 
   '    
      

*  
, #9 
   
 ,     
  

(   '        
  
! ( 
0    !'     
-
> ,   #  0 F  #     

*      

8
%  9 

      
#
   
   #    

&  /     
            
'   
$          

 
. % &  
#          

          

! 9  
#  ’)       
  
     

# #        )    
         #     
     # $ 
! , (    

   !-
> ’ /       
        
*
    0   !            
   
     '  
     
0   

c
c
c c
  
  
     #9  
9 
 
/      )      

        -
> ’     

  # 
/    

  % &       #  !    
# 9  
    
!  #    
    #    # 
$ 

           (    
   # 
    
      ' 
   9  G  '  /  #     

9    
9   
   
     
        &  / '   

'              

 D                  

 !    
, (     
  !      
! '  #               

    '      
 9
9    
’   
 
   
  ' #  #9    
    
+         

0   9     #!    .  

 !   
   
     H%
&   :I ! $   ( 
 #  

&     
(  
 #! :
/           D 
   

, 4J  #9    
       
       
   $   )   #  
 ) #  2    #       #       
  
/   

   '       
=             

c
c
c c 
,        
 
 '   

' 
F   ’    
'           
        D       # 
  #    

   & 9   
)    
# 
'     !
% ’               # 
F          B  C 9  # @   

)   %   '#   #    

!         
  2KL    ,  
  '#    #    ! %       
#-
>       
  #     
0        9  
  
       9  )  
   
9  
  
              
    6      '#    
    ! 
 '    9-
>    (     
    % 0 9      #      
        
'   ! 
 #9    
@      

 #
 
 
 & 9          
#  
  #9   (    (
7  
8       !! 
#  
#9       
#    "   
      
     
       
M D 
         

      
’    

D    #  
9 
9         
 
  
 ) /              

'    
#           (
c
c
c c 
 
)    #$ 
   

         

  
 
9             
  
9 '  
 
Beatriz Galves
São Paulo, fevereiro de 1988.

 ,


   42  (   435N    
2K  
    &     & /      
      
  5OP  +   (  
H’I    6 H’I    '     

  D  
        
 H   

  #   
 
I      

  
9     

      

!   !         
 .
0            #
  

H 
9  #  
I       
 
  
’  !  
! )   
     
   
 !  #    
 

     9   
#    $

@    #   
* 
1 9      #  !   
" )  
   !  #   
   

     
9 H  78   I    

 9       )     9        

 )  
    $     

 
          

*  " !          

  ;   
   6  ’ 
4P 
$  
   , /   ! 9    
)! 
c
c
c c
,   '  # $        
"     
#  # 9   

, . $ 

/      #   &     &  0 9  
.   & , ! -    
'% @
, !  &     0  ’  =     
# 
    #
   0 % 
'   @  

    $  
 
9   
’     6  ’
0 (   435N   
$   
  ’  
   6   
 #  


   @     0  !    
6       (     #  ’   

  % ’$ .     

#   O  Q 
  &  # 
   
 $      
 ,      &  , R    ’   

    M
    ,    
  * 
*  #     0$  7. 0 
 8   H’I &   
       

'       ;   
  !   
/      #  /   ’  

,  0 9 # ' #    
 #   
  

         

!   

 $       

’ #  
!         
 #E   
    
 
) 






c
c
c c
 ,



&     & /     
H’I  42 
(   43N5 
     ,   
   
  
!(   !  ’   . '  
  B 
C 9
C     
  

 
 
(  
   
  )    (    
     
0 
 4N  !  435N     @ ;  

   H’I  
        
@  )   /        #
7         (      

! 9             
  

   !      #   

.  !$   
      !   
 #        
9        

8
%       
D  ! 
$      7 0  ’  0    8 
,  S
’!    /    
#E   
       0$     
+ ,   #  

,)  ,


       #  
!      
   /        #      

        
  
 #       
! 
 #     ! #  #9       

! @     
9     % 0 
     
   
9  ’
’  !  
& %   7  9  # 
c
c
c c
#9 '      
  
 #    
# 9          
!8
'  #             

"   
) 
  
#     
$  
 *
 0$  ,  #  
     =  
9  #$ 
     =  #+   
*  
; 
; 
 

*
       

H        #  #$ 
I   *       

      
# 

 #      
9      /  @  
 @   . 9 '    @    0 
'   
T 

.
  
;  T 

,    !         
     #       @ 
         ’   
           

,      .
 
T  E 9=       

9        #    
=     !   
    
   
  # 
!   
=  
  #!=   ! 
= 
        #$ 
   
 '    
      #  
%
,          D    !   
           E   
*    
  !       *
          

9     
    !         
  
 !     
      
c
c
c c  

* 
’   
 
    
    

!     $ 
 ? ’      

 
7, 6 ’$8    1!  @ #     

  #  )      7  ,  

 T 8?

1        

    /  !     
   
#     !      #  

  
#$  
#      
!  

"  
         
  
  # 
 
        

  !  #  #    
, 9      
T     !      
 
  #9  
   
 
       

         %  
#      

      76 0$    
8   
T  
 4 44 5N     /  !       
  !   !  

        ' @ % 0 9 ' 
-
7 ' ’ #      

?8
%    #    
-
7' 0  
 
 ,      #    

’    
!        @
# ?8
’   0 9 
#     9     

'     
 #     # 
## 
/          
7' 0    !   
8    
    /       '     

  #          
c
c
c c
7'   

       !  
       !   9    

*   0    
   ! 

      8
   % 6   , !9    7
0$  8  ’      ! 
    
   
9       # 
     
    ! /           
 )        
A         2 44 5N   
   !   
T  /       
      Q   2P   )  
      P2 44 5N /   
 #  

=  
    
   !      

   
      
  (    

# <    
     
! "  
 $     #      # 
 
    


,    H4 Q 5OI (     /  #    
-  (       

  

  
,  
 HJ K 5OI #     
#    
D  
0        $    !     
 
  !     

  H25 3 5OI /    
!   # #  
'     @ 
 
,   $   
!      #   435O 

 U ' U %     
 =
     

,   H4J 2 5KI        ;
 
 

c
c
c c
 
 Q N 5K '    '   #  $     
 
             

  
  /  H42 K 5KI        /   

$    ! 9  
 D
      

       <      @ 
   $    *
    7’ #  #9 
  !#$
   
!         
#   
U    

X udo isto me reconforta e espero, um dia, ser mais preciso e mais claro em minhas
notícias, não para criar qualquer fascínio a favor da desencarnação e sim ampliar a
nossa convicção de como é útil e belo trabalhar e servir na terra para encontrar tanta
alegria e paz no grande Além´.
Lineu de Paula Leão Júnior


c
c
c c

da Foto, Lineu Jr. Entre seus pais: Dona Elza e Sr. Lineu

c
c
c c

   


  9  0 9
0    & -

,'    
#        
$
 
    42     

 #    
#
  9  0 9  

    
#
      
    H4I
È1) Junior desencarnou no dia de seu aniversário, completando 27 anos.
    #             

  9'           
E       
  
  
% '            H2I    

&      #9    
HQI      

        
    
 

 
È2) Realmente, dia 12.07.85, sexta -feira, nasceu de sol claro, numa manhã das
mais belas.
È ) O pai de Junior se encontrava, no dia do acidente, em uma de suas fazendas.
Dias antes, em comunicação por rádio, com seu filho, que se encontrava em Ituverava,
informara ao mesmo que a festa de seu aniversário seria no sábado, dia 1 , conforme
combinação que fizera com a esposa e quando chegaria da fazenda. Junior, porém, ao
chegar ao lar, em Campo Grande, insistiu com a mãe que o pai viria à tarde de sexta,
para seu aniversário. Realmente, seu pai veio. Avisado pelo rádio, ao meio dia de sexta,
do acidente ocorrido com o filho, chegou em casa não para a festa de seu aniversário
mas, sim, para o seu velório.
,         

   
        
         
   
, #          
     
!  

 *

c
c
c c
0
   !        

    
   
 # $     
   #    # 
,    
   

$    

@ =   
   
!      
 #9  $
   #    

*
     
)  #   
'    
     

#9  !(
   #   !  ! !    

  !   #    *
          

        

-
7> & 9    

=  + ,    !    
:8
    
   $  
$      
!     @ 
7> .    : V #      V     
        
  !  
#:8
      + ,   #      

             
!    
HJI
È) Aristides de Paula Leão, avô paterno de Júnior. dasceu em 28.8.1888 e
desencarnou em 6.5.1976. Homem de extraordinária bondade, espírita convicto, fazia da
caridade o seu apostolado.
 
  
     #       

@     &      $  !     
   (  
  

,     !        !    
   )   *

    
     #       

=     #9   #       

%   !          

 '   

 9
c
c
c c
 +  !     #  
 9 
'    
     -
7> & 9     ,   R  
, !       8 HNI
È5) Aristides Waldomiro dery, nasceu em 1.12.188 e desencarnou em 29.1.1962.
Kardecista vibrante, contemporâneo de Eurípedes Barsanulfo, palmilhou, tal como o
mestre de Sacramento, a estrada da humanidade, da caridade e do bem servir ao próximo
durante toda sua vida.
Residia, quando vivo, em Igarapava, de cujo Centro Espírita foi um dos
fundadores.
Repare-se que o diminutivo "Lineuzinho" era o chamamento comum com que o
avô designava o neto, quando em vida.
. 9   
     
!    
             


     !               

) /    (    

 
 HOI
È6) Etelvina Augusta Barbosa ÈDona Filhinha), desencarnada em .12.1926,
bisavó materna de Junior e mãe de Joana Faleiros elles, avó, que vive em Ituver ara
ÈSP).
É de se observar que a mãe de Junior, no recôndito de seu coração, em suas
preces, solicitava a Deus que se Junior efetuasse alguma mensagem, que ele, se possível,
citasse o nome de Da. Joana, da irmã ÈSandra Maria) e que esclarecesse o acidente.
%         

  
 
  +         

  
0  
#    
  7 8 
7 
8
A  

'  #  @ #      #  

    ! "   
   

     ’      &
    

       
)  HK V 44I
È7) Sandra Maria Leão Fernandes, irmã.
È11) Luciana Aparecida Rodrigues - namorada, ao que consta, foi a primeira
pessoa a levar Junior a um Centro Espírita. Segundo ela, ele discorria com facilidade
sobre a doutrina kardecista.
A 
     #9     
 $        !    H5I

c
c
c  c
È8) Ituverava ÈSP), onde Junior nasceu e onde cujos restos mortais estão
enterrados. Por mais longe que estivesse, mensalmente visitava a avó Joana, naquela
cidade.
 +   

'   # '        

  # 
    ) 
%          # $     6       

$    + ,     
!  
 
      

!    
(  
         
"  
           !  
  
   
$     E 9             

6  '    

9    0 9   
   

.    '        
   
      !      
&  

 $          
 
  H3I
È9) Os laudos técnicos foram guardados pelo pai, que deles não deu pleno
conhecimento à mãe. Esta, achando-os, leu-os, sem avisar ao esposo.
       & (  
   
  !            

C(  
#       
!  9       
’     #     
   $     
 H4PI
È10) Cumpre observar que o pai não foi citado. Este tinha plena convicção Èpor
intuição e pelo resultado de palestras com as pessoas que primeiro assistiram ao
acidente) que quando o filho fora carbonizado, já se encontrava morto.
    

   !        
9     
’  #      
       

 '   
#  %
,   
  $
          

       #    

 c
c
c  c
 @ 9  0 9    $
 @  ’  @ 
&
   
        !  % 
    
              

    H44I
È11) Luciana Aparecida Rodrigues - namorada, ao que consta, foi a primeira
pessoa a levar Junior a um Centro Espírita. Segundo ela, ele discorria com facilidade
sobre a doutrina kardecista.
,          ! ;  
 

9   
     #   @  
*
  

A   &  
#   9   #   
  #9      
)  ! !    $    !  
       #   (  
9 #   %  )     
   )   !    H42I
È12) Ao pensarem em obras de beneficência, o pai, Lineu, tendia aos auxílios à
infância. A mãe, Elza, à velhice. Junior aqui, como adivinhando o recôndito do
pensamento dos pais, aponta novo caminho.
                    

!   

 

9  0 9 !'   #  E  ,       

$ 

& ! '     ’     . 

 #   
 
  )    9     

  "    H4QI
È1 ) Dr Saturnino Fernandes, cunhado de Junior, e sposo de Sandra Maria,
detentores de um casal de filhos pequenos.
  
 @  &
     !     
6  .9   
  + ,       
(    $
  
#9  
     
<   #   ! ('   

   
      #   !   ! 

          #         
    % 
'      
9   # 9
 c
c
c c
Lineu de Paula Leão Junior È1)
2 de novembro de 1985

’ 


   &     9  0 9-
  / #  
'  !'
         !'       

     '    ! '       

#  

9  0 9           
 
   (
,               

      

'   

!      !   
   
           

         #'  
 
 "       
9      

#     # H4NI        
#  
   ’   
#   $  
@   
     

      
 
       9     
    
 
!
È15) Vide o tópico "O Acidente", dos ESCLARECIMEd OS. O pai de Junior tinha
plena convicção que quando o corpo do filho fora carbonizado, já ocorrera o desencarne.
 
  
  

 9     

 # 9       

9          
    H4I
È1) Junior desencarnou no dia de seu aniversário, completando 27 anos.
            9  0 9   
’           
   #     
       HQI 
'             

c
c
c c
#  
            !    

È ) O pai de Junior se encontrava, no dia do acidente, em uma de suas fazendas.
Dias antes, em comunicação por rádio, com seu filho, que se encontrava em Ituverava,
informara ao mesmo que a festa de seu aniversário seria no sábado, dia 1 , conforme
combinação que fizera com a esposa e quando chegaria da fazenda. Junior, porém, ao
chegar ao lar, em Campo Grande, insistiu com a mãe que o pai viria à tarde de sexta,
para seu aniversário. Realmente, seu pai veio. Avisado pelo rádio, ao meio dia de sexta,
do acidente ocorrido com o filho, chegou em casa não para a festa de seu aniversário
mas, sim, para o seu velório.
%    9      #  (   
 $
 , ( #    
    
   !   # 9 # 9      

%( 
   

 #     
      
  #9     
 
  
    
 9     

  H4OI
È16) Vide o tópico O Acidentado, dos esclarecimentos: raríssimas pessoas sabem
que as duas propriedades de Junior foram colocadas por seus pais em seu nome e no do
seu cunhado.
’     ( 
(          
!    ! =    ’   
’     !      
 
 
H4QI      ) / H4KI    

    !   
@  

 =    &
 H44I  
  
$  (         #9   
    #       !    
H44I &  (      
$     
        
      
9        #
    

 $   
     
#
*
    (      

   

      #  
 #!  
  !   

    
)    # 9     

H45I
c
c
c c
È1 ) Dr Saturnino Fernandes, cunhado de Junior, es poso de Sandra Maria,
detentores de um casal de filhos pequenos.
È11) Luciana Aparecida Rodrigues - namorada, ao que consta, foi a primeira
pessoa a levar Junior a um Centro Espírita. Segundo ela, ele discorria com facilidade
sobre a doutrina kardecista.
È17) Joana Faleiros elles, avó materna, por quem Junior tinha especial carinho
e enorme afinidade. Residente em Ituverava ÈSP) - Católica convicta, nasceu em
2.6.1909.
È18) Ao escrever sobre suas saudades, o espírito de Junior se emocionou o
suficiente para que as lágrimas corressem silenciosamente pelo rosto do médium que,
provavelmente inconsciente, teve molhada a lapela do seu paletó.
%      @    #  

!
      (   
(   
 #
F) /       ) 
,     ! )   !     

   
, )  ( 
'       

 ! )  ! ) .   HOI      
#9  ! 9 ,  
! ) .       !
(            
È6) Etelvina Augusta Barbosa ÈDona Filhinha), desencarnada em .12.1926,
bisavó materna de Junior e mãe de Joana Faleiros elles, avó, que vive em Ituverara
ÈSP).
É de se observar que a mãe de Junior, no recôndito de seu coração, em suas
preces, solicitava a Deus que se Junior efetuasse alguma mensagem, que ele, se possível,
citasse o nome de Da. Joana, da irmã ÈSandra Maria) e que esclarecesse o acidente.
.              - 7& 9  # 


 
*   
 )        
8     
  )      !   
         
#     
   ’   
      
 
   
         )    


0     ! 
     

('            # 
9    
+ ,   HJI
È) Aristides de Paula Leão, avô paterno de Júnior. dasceu em 28.8.1888 e
desencarnou em 6.5.1976. Homem de extraordinária bondade, espírita convicto, fazia da
caridade o seu apostolado.
c
c
c c
,              

 !    $    
  $   %
H43I
È19) A propósito, em teste psicológico realizado em 18. .75, a fim de determinar a
vocação profissional de Junior, então com 17 ano s, o Professor Geraldo Rolim Ruggeri,
do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo, consignou como um dos traços
atuantes de sua vida psíquica: Espírito de justiça, bondade, tolerância, caridade e
religiosidade, "aliados a censura moral severa".
C  
   + ,    ! 
  
!     

) , R H2PI      
#
È20) Alayde de Paula Silveira, desencarnada em 29.6.75, em Ituverava ÈSP) avó
paterna: apesar de instrução primária e de não ser afeita à leitura, foi, quando
encarnada, notável médium psicofônica inconsciente, havendo transmitido mensagens
belíssimas, de origens várias, como dos espíritos Humberto de Campos, Eurípedes
Barsanulfo e outros.
.  @    

 ;      +
,   #9    
      
,       

( ! 
   !   
9  E  0  (   

 V  !#  ,   
R HNI             
   

 % ,   R
È5) Aristides Waldomiro dery, nasceu em 1.12.188 e desencarnou em 29.1.1962.
Kardecista vibrante, contemporâneo de Eurípedes Barsanulfo, palmilhou, tal como o
mestre de Sacramento, a estrada da humanidade, da caridade e do b em servir ao próximo
durante toda sua vida.
Residia, quando vivo, em Igarapava, de cujo Centro Espírita foi um dos
fundadores.
Repare-se que o diminutivo "Lineuzinho" era o chamamento comum com que o
avô designava o neto, quando em vida.
.   

 
   )   

$       #             

    !    
    
#         
  
  
 $
   
   #
$   # 
 
       

  
D 
!   !            
  9 
6 ,
9  0 9 '     
  

c
c
c c
%( #9'     @ 9        

!(       
. 
 #  
 ’    
     !    
!   #       !       

         ) /   
!  
  !  
 9      
      
H24I
È21) Quando Francisco Cândido Xavier começou a psicografar a presente
mensagem, os que estavam perto do grande mé dium gentilmente acenaram à mãe de
Junior, avisando-lhe que se tratava de comunicação de seu filho. Um pouco antes de ser
escrito o parágrafo a que esta anotação diz respeito, Elza havia se concentrado, pedindo
ao filho que lhe instruísse sobre o destino d os objetos que lhe pertenceram quando
encarnado. Incontinenti, como se ouvisse o pedido da mãe, o espírito deu -lhe as
instruções solicitadas. Foi um momento de grande emoção, que levou Elza ao pranto.
9  '   #    
= (      

          
 !     # 9
’   
'    
  #    
 
      9          
  
9  0 9     9 #  '    

  
    
# 
 + ,     #9  
 (         

A 
!        
’     
’  
 
 
   ) /  
 
 &
    
#   

    

%           #    
   
( V  (  (       # 9  
Lineu de Paula Leão Junior
01 de março de 1986.

c
c
c c
 
 

   & 
0   9  0 9-

       #    
   


            !  

 )  
        # "        
*
   
C(                 

&        
@      #  
    
      
A   @ ! #    %  '       

" ; 
H22I
È22) Em 17.0.86 o pai, Lineu, submeteu -se a operação cirúrgica para
implantação de pontes de safena, no Instituto do Coração em São Paulo.
 #       
 #      

    
  
       ! " 
 
(       
    " 

   #9        @ 9   

"      $   #  E  H2QI
È2 ) Como é natural, ao perder seu único filho homem, o pai de Junior caiu em
enorme depressão e apatia, culminando na operação acima.
%     # !( #    )   
  #
     "   

 
(  # '     <  )    
#    -  ,   W     %X ,  
HNI=  + ,      HJI   ) , R ’   H2PI=   
 0   , HOI     0 
'   
,      "   #  ! 

   9   

  !        
   
c
c
c c 

     
 ,   !   

  #   (     

$  #     *
    ;   ! 
 
#  
D  
   
$   #    
 ; 
,    -    
#
    

        9     
!           
#   )   
    # 
 !   ! 
      
9     

  

È) Aristides de Paula Leão, avô paterno de Júnior. dasceu em 28.8.1888 e
desencarnou em 6.5.1976. Homem de extraordinária bondade, espírita convicto, fazia da
caridade o seu apostolado.
È5) Aristides Waldomiro dery, nasceu em 1.12.188 e desencarnou em 29.1.1962.
Kardecista vibrante, contemporâneo de Eurípedes Barsanulfo, palmilhou, tal como o
mestre de Sacramento, a estrada da humanidade, da caridade e do bem serv ir ao próximo
durante toda sua vida.
Residia, quando vivo, em Igarapava, de cujo Centro Espírita foi um dos
fundadores.
Repare-se que o diminutivo "Lineuzinho" era o chamamento comum com que o
avô designava o neto, quando em vida.
È6) Etelvina Augusta Barbosa ÈDona Filhinha), desencarnada em .12.1926,
bisavó materna de Junior e mãe de Joana Faleiros elles, avó, que vive em Ituverara
ÈSP).
É de se observar que a mãe de Junior, no recôndito de seu coração, em suas
preces, solicitava a Deus que se Junior efe tuasse alguma mensagem, que ele, se possível,
citasse o nome de Da. Joana, da irmã ÈSandra Maria) e que esclarecesse o acidente.
È20) Alayde de Paula Silveira, desencarnada em 29.6.75, em Ituverava ÈSP) avó
paterna: apesar de instrução primária e de não ser afeita à leitura, foi, quando
encarnada, notável médium psicofônica inconsciente, havendo transmitido mensagens
belíssimas, de origens várias, como dos espíritos Humberto de Campos, Eurípedes
Barsanulfo e outros.
’ ! 9       "  9  0 9   
’   HKI  
     @ D , 

 '       #9  #$
    

!      $    

  
 
È7) Sandra Maria Leão Fernandes, irmã.

c
c
c c
’   ) /        

     
   '     #    

    #
'   9     ’  H4QI   (     
     
$  
@ (    

       
 
#    
       
  
       
    

     

     ’    (  (    
#      !  
È1 ) Dr Saturnino Fernandes, cunhado de Junior, esposo de Sandra Maria,
detentores de um casal de filhos pequenos.
 
 @        #    
     ’         
          #   
    
*
    
#   
 (   )          
 
    #9  ’    ’   
!          

,#      -   #$ 
   
      
  !   9  0 9  
$  9 @ ’       (      
   !     
  #   9 
 
   )  
     $
   
 !  (  #   9     
#  # $   ( !         

      
@        

   
   "  
, ’     
9  0 9     
 
         #     

"    
 '   @ "  
   
  ,       !     
  *
   !   $: 0 
  
c
c
c  c
     (!  
      
# 9  !*'        

   
     
! "  '$ 
        ! @       

     !     6
  
 @ ) / H4KI  @ &
 HKI  
H5I                #        

È7) Sandra Maria Leão Fernandes, irmã.
È8) Ituverava ÈSP), onde Junior nasceu e onde cujos restos mortais estão
enterrados. Por mais longe que estivesse, mensalmente visitava a avó Joana, naquela
cidade.
È17) Joana Faleiros elles, avó materna, por quem Junior tinha especial carinho e
enorme afinidade. Residente em Ituverava ÈSP) - Católica convicta, nasceu em 2.6.1909.
Lineu de Paula Leão Junior
0 de julho de 1986

 c
c
c  c
 

   & 
0   9  0 9-

0     
+ ,   HJI    
 
    
È) Aristides de Paula Leão, avô paterno de Júnior. dasceu em 28.8.1888 e
desencarnou em 6.5.1976. Homem de extraordinária bondade, espíri ta convicto, fazia da
caridade o seu apostolado.
0    (       
  
#    9'      
   
         @ 
;     #    
#
     $  #9  
!#        
  *
   
(    ! 
  
   #    
 ,  (! '        

9  
     #  !    


 "     

$ 

  #9   
9   
   
    

  @ 
(  #9       9 ’  H4QI  
#9   
&      (   
   (  

È1 ) Dr Saturnino Fernandes, cunhado de Junior, esposo de Sandra Maria,
detentores de um casal de filhos pequenos.
         (  
  

   $     

      
*
    9  
#    
(     #   
 )  
"   
#  
   # 9  !  
      # 
*
       

   #     
       
# %         
 

 c
c
c c
 *
  !; 
(  ( 
    

             

! 
       
 
;
 
# 
 ( 
'     
   +
,                9 
’  B  H2JI #   !     
     
+ ,     
   ,     
    =    
!
  
         )  0    

   +     
  $   
!   + 
'        !' - 

, ’ 
 B! H2NI    ,  /
 
.  H2OI
È2) Ituverava, cidade natal de Lineu, nasceu às margens do Rio do Carmo,
próxima a linda cachoeira, denominada Salto Belo e onde, hoje, existe aprazível parque
de recreio.
È25) ataravô do comunicante, pela linha materna. Intendente do Carmo da
Franca, de 1891 a 1899.
È26) Um dos desbravadores do Carmo da Franca, atual Ituverava, nordeste
paulista.
  # '  
!   
-
7>  #      $        

 (  ’      8
 +    
'      #  

      
        

 ( 
,  
#        '    
#             

) /  

    &
   # !   $ 
       !   "  !)    
   
    #  ' 
*
   

 
  &    
        

    #

c
c
c c
9  0 9 '   9  ) /  @ &
  
               

.    !  
"   '  
   
  $
     
@ #      
  9     
(  (  9 H2KI   #9  )   

 !            #$  

      ,    *     (   
  #    '          

  B      
 ! 

È27) Falecido filho de Da. Yolanda Cezar, resid ente em São Paulo e espírita
benemérita. É autor espiritual de inúmeras e belíssimas mensagens, algumas já em livros.
   - 
  
       
6 '   
!    #   


Lineu de Paula Leão Junior
28 de setembro de 1986
















c
c
c c
  

  &    
9  0 9-

0       
9  D 9   
,   $     
 
    
9   9  0 9       .  
 
 #   9' 
  #   
  #    
       
#  )    
'        
       # $
    
   )  

<        
  
!        
 
’ ' '  # 9         
9   
#    
’   '    )    
  
!   !)       
, # !      

   
(     
#     
 
     
      %)     
 
 9             

         

 #    
 

  # 
   #$ 
  
 

   
!   9     
0          (    
  
+ ,   HJI  #  #    
   
   
   ! (       
       #  
!  ! 
È) Aristides de Paula Leão, avô paterno de Júnior. dasceu em 28.8.1888 e
desencarnou em 6.5.1976. Homem de extraordinária bondade, espírita convicto, fazia da
caridade o seu apostolado.
F(    )  
" $     

         9  
  
c
c
c c 
 #+   !;
   

    

9         
#   
,    
   
     
(        $   9   
)  # A9 ( '  
     
          
 #   


,               

+ ,    
    -
7  *
  #           
  = 
 *
    @     

           
  )  
  9     @ ,    
  
         "    

9   @ #   (       
  

   
   
  
   
    !     .  
*  
9    
@  
 
    8
0  # !   

! ' 
F( 9    
       
$      

  '         

#         

’      
         

#   # $    #   
   
 
9       # # 
   
        "  # 
1          
!        
#  "  !    
  
)  ’   #  #
        
#    
   @     
(
! ! 

9   
 #    
     

   /        )  

# 
    

         
c
c
c c 
 !    $        
'' #  $     
! 
  
   
!
  *          
!-   

*
       "  )    
 
*
   

       @ 
      
) ,
  
9  0 9  $         #   
9         
 %   
!  (     !     
     
9  (   #    # 
  
9'      " 
 (     

+ /       + / .    H25I 
9   #     #
  
 
 )   (    *
   

È28) João Ferreira elles, avô materno de Junior, marido de Da. Joana Faleiros
elles. dasceu em Ituverava ÈSP), em .8.1906 e ali faleceu em 1.2.71.
’        #E      ( 

  (   +  # '       

      
#
        
#     (     )  !  
#  
           *
 )      
)          
   
   #      !      ) 
 (           !   
#$  
#               

%(         + / 9   

        #            

   !      
      
    $   %   
"
G 9 ) /    +    
!  
" A 
!     # 9    !    
c
c
c c 
        
   
    
  (      !    $  
*

A'    $
    (   7# 8 
         )  !  
!        
 !(   
#       
   #   
   

 !          

$ 
 '        ( #   
9  0 9   ) /  
9        
!          
!  
 !    + 
        

"
,  "   ’  H4QI     
     @     ’   HKI  
   
  !        

   '       
   
! (  
*
   

È7) Sandra Maria Leão Fernandes, irmã.
È1 ) Dr Saturnino Fernandes, cunhado de Junior, esposo de Sandra Maria,
detentores de um casal de filhos pequenos.
,     !      


 
#   9  '     #  
'    
!    
 @ ) /      
   
 (       !       
   # 
              
!     

      
    
!       
  
+  
(  (   !     
 $9    
 # 
,    
       
    D        ! (  #        

c
c
c c
Lineu de Paula Leão Junior
01 de novembro de 1986

’ 

   & 
0   9  0 9
0   ) /-

C(  #   
     + ,     
      )   #  
      
               

) /  (  
  )-     
     

    #   
$  H23I 0 /    
         
   , 
9 
     
 
; !     
 
      ,  
(   
     
# ,     
        
 
         #  
 
 
  #       9     

        
#   % 

)    9       ’   
&
     9  0 9      @ 
! *
    %  ' #     #  

  
   
   )
/      #        

  %   
    $
 #'  
È29) Da. Joana - È78 anos de idade) - é católica praticante. As mensagens do neto,
cuja recíproca afinidade era tão grande quanto visível, abriu -lhe, percebe-se, os
horizontes religiosos. dovas leituras, novas práticas de caridade e novo modo de encarar
o futuro têm fortificado sua alma, o que transparece em todos os seus atos.
   -                  

 ,   '   
 
 
  ( HQPI  ;     #    ( 
c
c
c c  

 @    9"    9    

È 0) Apesar de seus estudos e de sua cultura, ou mesmo em virtude deles, Júnior
era um jovem voltado à terra e a natureza. Do mesmo modo que viajava centenas de
quilômetros para assistir um festival de música no Rio de Janeiro ou curtir os passeios
nos shoppings Ibirapuera ou Iguatemi, em São Paulo, alegrava -se quando, em sua
propriedade agrícola, assistia ao lento pôr do sol ou ouvia a brisa sussurrando nas folhas
das vegetações. Seu olhar perdia-se então no espaço e só Deus sabe o que significava
aquele meigo sorriso em seus lábios.
Sua afinidade pelas plantas era tamanha que passava horas dentro de sua lavoura
de soja, observando-a em seus detalhes. Gostava desta plantação e afirmava que a soja
seria o alimento capaz de alimentar a enorme população que habitará a terra nos
próximos decênios.
 -  
       D   = 

 ’   

9    (   
!*  $  !#$
     

     (        ( 
      
      
D           

; ’   9  0 9 # 
  #   *'   

#9 #=      !  
      
    

    
  
        

   #       
 #    
!  
$#  
!      
#   
  
!#$
 HQ4I ,     !       

        $   

*
   
#  !      $      
" 
   
 9  !     
 
  0    #    
#   
 
! " @    

(
È 1) Desde jovem, o pai de Junior era fascinado pela teoria reencarnacionista.
Sempre planejou colocar no papel o resumo de suas leituras e experiências. A qui, Junior,
descobrindo o recôndito da alma do progenitor, anima -o a efetivar seu desejo.
    ! *
 # 
 + ,   @ 
 
 )     
   
           #$ 
    9 
c
c
c  c   


      H2N  2OI    
          
  

" 
 + ,            

$     
;
        
'      


   
!     

             

              

#  

  # 
    
 

% '    
 
C  A 
HQ2I    


 )
/   
    # '  
         23   !  43Q3 A    

*
     
      # 
  .        
       

  
È25) ataravô do comunicante, pela linha materna. Intendente do Carmo da
Franca, de 1891 a 1899.
È26) Um dos desbravadores do Carmo da Franca, atual Ituverava, nordeste
paulista.
È 2) Pesquisado o Registro Civil de Ituverava, verificou -se que Hilda Rocha
faleceu naquela cidade, aos 8 dias de vida, em 29.11. 9.
/  
   
  
%  @ ) /   ! (=         
&
        
  
!  
+ ,       @ 9  0 9    
(  
 
    

  #    

Lineu de Paula Leão Junior
1 de fevereiro de 1987

 c
c
c  c
’   

   & 
0   9  0 9-

0        
"
 + ,                

!             
#   
 @ #   
!
    
  '    
  

    
 
(    
         *
       

 9   
   # 
   ,
  # 
 ! #   !        
   
      
 (           

     

 + ,         
 
   

9     
   
   #
F+ 
  9              
(   
  (      

     !      @ #"
#$ 
)       
         
            
'  
 !       " 
   
  .  
 #     
   

  
(      
     
HQ2I     #       
       
     
 
       ,          
  C  A 
#   
(  #   
    
     
) 
È 2) Pesquisado o Registro Civil de Ituverava, verificou-se que Hilda Rocha
faleceu naquela cidade, aos 8 dias de vida, em 29.11. 9.

 c
c
c c
0 ( @ 9  0 9  @ ) /  %   
   )      !*  % 0 
@   
"   
@    @ )  
('    #
     
 @  

         

   &      
(  ’  C 
D            
    #9  
*        HQPI
È 0) Apesar de seus estudos e de sua cultura, ou mesmo em virtude deles, Júnior
era um jovem voltado à terra e a natureza. Do mesmo modo que viajava centenas de
quilômetros para assistir um festival de música no Rio de Janeiro ou curtir os passeios
nos shoppings Ibirapuera ou Iguatemi, em São Paulo, alegrava -se quando, em sua
propriedade agrícola, assistia ao lento pôr do sol ou ouvia a brisa sussurrando nas folhas
das vegetações. Seu olhar perdia-se então no espaço e só Deus sabe o que significava
aquele meigo sorriso em seus lábios.
Sua afinidade pelas plantas era tamanha que passava horas dentro de sua lavoura
de soja, observando-a em seus detalhes. Gostava desta plantação e afirmava que a soja
seria o alimento capaz de alimentar a enorme população que habitará a terra nos
próximos decênios.
0       
   ! 

; 
   #      
D         
!  #   (   
  
  
  &
 H44I     '  
    #       ’  
#  
È11) Luciana Aparecida Rodrigues - namorada, ao que consta, foi a primeira
pessoa a levar Junior a um Centro Espírita. Segundo ela, ele discorria com facilidade
sobre a doutrina kardecista.
Lineu de Paula Leão Junior
0 de maio de 1987

c
c
c c
  

    -

  %  #     
%       -   
#    
               

 .     

        
   
  !  
%             
#    )    

  
   9    !      9 
 ,   R- HNI
È5) Aristides Waldomiro dery, nasceu em 1.12.188 e desencarnou em 29.1.1962.
Kardecista vibrante, contemporâneo de Eurípedes Barsanulfo, palmilhou, tal como o
mestre de Sacramento, a estrada da humanidade, da caridade e do bem servir ao próximo
durante toda sua vida.
Residia, quando vivo, em Igarapava, de cujo Centro Espírita foi um dos
fundadores.
Repare-se que o diminutivo "Lineuzinho" era o chamamento comum com que o
avô designava o neto, quando em vida.
7A '  #  # 8  9    
 *
 0 
                

  '    0      
    &  
 
=       

# 
        R    
!   
9 #      

( 
7,: 0  :8   
9
,   R  
'    !    

#    

*
    

               #
          '   

  '
:        :

c
c
c c
0  
  $  
  
!  '  #   
       
*


        *
    #  
# "          

 
0    &
          
: H44I
È11) Luciana Aparecida Rodrigues - namorada, ao que consta, foi a primeira
pessoa a levar Junior a um Centro Espírita. Segundo ela, ele discorria com facilidade
sobre a doutrina kardecista.
’!       
    6     
        

    
     
’     # 
HQI
È ) O pai de Junior se encontrava, no dia do acidente, em uma de suas fazendas.
Dias antes, em comunicação por rádio, com seu filho, que se encontrava em Ituverava,
informara ao mesmo que a festa de seu aniversário seria no sábado, dia 1 , conforme
combinação que fizera com a esposa e quando chegaria da fazenda. Junior, porém, ao
chegar ao lar, em Campo Grande, insistiu com a mãe que o pai viria à tarde de sexta,
para seu aniversário. Realmente, seu pai veio. Avisado pelo rádio, ao meio dia de sexta,
do acidente ocorrido com o filho, chegou em casa não para a festa de seu aniversário
mas, sim, para o seu velório.
7’       
8   ,   R
&D
 
 ;      #    
! !      
    
,   R  
'      

’     
   
      

#  # $ 
  9  0 9     (     @  
   
   # (  # 9        

)       9'   9    


*   
1      
#          
 ,   R           
      
    
!   
     
 
      

c
c
c c
      HNI  #9       

      
  
  
#   9  0 9      #  
  (  
        
!  
     

  " 

È5) Aristides Waldomiro dery, nasceu em 1.12.188 e desencarnou em 29.1.1962.
Kardecista vibrante, contemporâneo de Eurípedes Barsanulfo, palmilhou, tal como o
mestre de Sacramento, a estrada da humanidade, da c aridade e do bem servir ao próximo
durante toda sua vida.
Residia, quando vivo, em Igarapava, de cujo Centro Espírita foi um dos
fundadores.
Repare-se que o diminutivo "Lineuzinho" era o chamamento comum com que o
avô designava o neto, quando em vida.
.       
*'         
6     # $ 
  !          ( 
 
       
  
  
        
   
 # 
#$          
   #
         !     
 
# , !"  ) /   
# *
 
&
 
'   $        

# "     #   
!*         

%    ! -      @ 
      

 )    
"    
     '          #      

 
   
’ #  #9    !#$
   
!   
      #   

, @ 9   #    # (    

!   !? V  9  
  #   
#+     
     #   #    

9    

c
c
c c
0    
       
*
    
=         @   

’!       
%  
#      
           # 9  

     
   &     9 
0 9   
          
 
 
 
#
   ! 0  (   

A 
!  # $   = ! (         

   
   #  
    

Lineu de Paula Leão Junior
12 de julho de 1987

c
c
c c

 

   & 
   9  0 9-

/  #   !
  
 !      #9 $ 
#   *'    $  #9      

   
      9  
!"   *
          !   
’   

,    #  ;
   
     #  
"    
  
   9 (     
(         !    
!       

    #     
#   

; !   9          
 

           #   

     
 
,       !   
"  

B   9         "     

'          
  

  
              
  $
   
@  #   

   #  H  !  

   
 
 # 
   
(     I  

               
!
6  %       
$      
  )       #
 
      $  # "   
 
c
c
c c 
!          H )     

I    

 #   @  
    
 
 
"    9    
! #9              
         
  
 

+ ,      & HJI 
!     
 "     
    
(        

È) Aristides de Paula Leão, avô paterno de Júnior. dasceu em 2 8.8.1888 e
desencarnou em 6.5.1976. Homem de extraordinária bondade, espírita convicto, fazia da
caridade o seu apostolado.
 &
 H44I      
 0     
       !     
È11) Luciana Aparecida Rodrigues - namorada, ao que consta, foi a primeira
pessoa a levar Junior a um Centro Espírita. Segundo ela, ele discorria com facilidade
sobre a doutrina kardecista.
F     #  
    

"            

    
  #  %  
 
!  
    9   
  *
 
   9    (       
  
   
 )     

       $!    
    
            
     
 V     
    

      
*
     V (        
#9          
    
  #$

 + ,   '   
      
 '                
! "      

6    
   # $    9 

$  
  
  @        9
     
' 
!    #9 
         
     #    (   #  
c
c
c c  

   
    !   
   
       
 
   # $   

   
  
      
D  $         
 
   
, )   + ,         
9  (   !     
!  
  
 
D    *
         4355
, ) , R H2PI     
        
          

% 
  
  + ,          
!*   #          
    =       

   
    -
È20) Alayde de Paula Silveira, desencarnada em 29.6.75, em Ituverava ÈSP) avó
paterna: apesar de instrução primária e de não ser afeita à leitura, foi, quando
encarnada, notável médium psicofônica inconsciente, havendo transmitido mensagens
belíssimas, de origens várias, como dos espíritos Humberto de Campos, Eurípedes
Barsanulfo e outros.
7> & 9   
!  (      
* 
( #  0       
9  (     
     
"  8
, 
     + ,    
 

   )   HOI 
   + / .   
H25I   
 R HNI       
+      #   
È5) Aristides Waldomiro dery, nasceu em 1.12.188 e desencarnou em 29.1.1962.
Kardecista vibrante, contemporâneo de Eurípedes Barsanulfo, palmilh ou, tal como o
mestre de Sacramento, a estrada da humanidade, da caridade e do bem servir ao próximo
durante toda sua vida.
Residia, quando vivo, em Igarapava, de cujo Centro Espírita foi um dos
fundadores.
Repare-se que o diminutivo "Lineuzinho" era o chamamento comum com que o
avô designava o neto, quando em vida.
È6) Etelvina Augusta Barbosa ÈDona Filhinha), desencarnada em .12.1926,
bisavó materna de Junior e mãe de Joana Faleiros elles, avó, que vive em Ituverara
ÈSP).

c
c
c  c
É de se observar que a mãe de Junior, no recôndito de seu coração, em suas
preces, solicitava a Deus que se Junior efetuasse alguma mensagem, que ele, se possível,
citasse o nome de Da. Joana, da irmã ÈSandra Maria) e que esclarecesse o acidente.
È28) João Ferreira elles, avô materno de Junior, marido de Da. Joana Faleiros
elles. dasceu em Ituverava ÈSP), em .8.1906 e ali faleceu em 1.2.71.
A @ 9  0 9  9   @  ’   HKI  
 ’  H4QI    6      

  #       )    

  %     + ,    )
È7) Sandra Maria Leão Fernandes, irmã.
È1 ) Dr Saturnino Fernandes, cunhado de Junior, esposo de Sandra Maria,
detentores de um casal de filhos pequeno s.
           
!   ! 
 
  9  0 9        


’ '    @         
   
!       ! !'   
  /    
  !#$
     

(   
#       # 
 
"
   
 "  ) / H4K V 23I    
 &
    
     
9  /  = 9  
  #    
!   

9"       
È17) Joana Faleiros elles, avó materna, por quem Junior tinha especial carinho e
enorme afinidade. Residente em Ituverava ÈSP) - Católica convicta, nasceu em 2.6.1909.
È29) Da. Joana - È78 anos de idade) - é católica praticante. As mensagens do neto,
cuja recíproca afinidade era tão grande quanto visível, abriu -lhe, percebe-se, os
horizontes religiosos. dovas leituras, novas práticas de caridade e novo modo de encarar
o futuro têm fortificado sua alma, o que transparece em todos os seus atos.
,         6  
#          

    
   
  9'    
=   !      #9 
+       B     #  
        (  

 c
c
c  c 
    
     ! 
             
     ! @ ) /  @
&
   (     !          
V   #$     
  V     

#     
  
=    #    
  


Lineu de Paula Leão Junior
22 de fevereiro e 1988

6 

 c
c
c c

c
c