Você está na página 1de 35

ÉTICA É PARA TODOS

MÓDULO I - Conversando sobre Ética


Objetivo
Reconhecer a postura ética adequada enquanto
cidadão e empregado dos Correios.

Carga Horária
6 horas

Público
Membros dos Conselhos de Administração e Fiscal
e da Diretoria-Executiva;
Assessores especiais;
Empregados dos Correios;
Servidores cedidos aos Correios;
Estagiários;
Prestadores de serviços.
OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM
Identificar o conceito de ética;
Identificar a origem da ética;
Reconhecer a diferença entre ética e moral;
Identificar como fazermos escolhas.
CONTEÚDO
Lição 1 – O que é ética?
Lição 2 – De onde vem toda essa discussão?
Lição 3 – Ética e moral são a mesma coisa?
Lição 4 – Como fazer as escolhas?
Resumo
Exercícios
Quero? Devo? Posso? Nem tudo que eu quero eu posso;
nem tudo que eu posso eu devo; e nem tudo que eu devo eu
quero. Você tem paz de espírito quando aquilo que você quer
é ao mesmo tempo o que você pode e o que você deve.

Mario Sérgio Cortella


ÉTICA É PARA TODOS — MÓDULO I CONVERSANDO SOBRE ÉTICA — LIÇÃO I — O QUE É ÉTICA?

1. O que é ética?

Em nossa rotina nos deparamos com situações corri- Devo omitir informações em meu proveito? E em proveito
queiras que exigem escolhas e nada mais são, do do outro? Devo buscar favores com um amigo do alto
escalão para favorecer meu filho? Devo honrar um
que um posicionamento sobre nosso modo de agir:
compromisso assumido há tempos, mesmo tendo prejuízo?
Devo denunciar um colega que está lesando os interesses
da empresa?

6
ÉTICA É PARA TODOS — MÓDULO I CONVERSANDO SOBRE ÉTICA — LIÇÃO I — O QUE É ÉTICA?

Enfim, a lista poderia ser gigantesca. As escolhas abrangem as mais diversas situações da vida pessoal,
da política, de uma empresa ou mesmo de uma nação. E têm reflexos sobre nossos semelhantes.
Assim, ao longo do dia teremos muitos diálogos internos:

Saio do trabalho e pego o carro


Atendo ou
em direção à minha casa. Toca o não o celular?
celular e penso:

M M
MM
M MM
T RIM

7
ÉTICA É PARA TODOS — MÓDULO I CONVERSANDO SOBRE ÉTICA — LIÇÃO I — O QUE É ÉTICA?

Chegando em casa deparo-me com a pia cheia de


louça e me vem à mente:

Lavo ou finjo que


não vi e deixo para
os outros lavarem?

8
ÉTICA É PARA TODOS — MÓDULO I CONVERSANDO SOBRE ÉTICA — LIÇÃO I — O QUE É ÉTICA?

Mais tarde, lembro que minha monografia está


parada e o prazo para entrega se aproxima!

Faço ou compro
a monografia?

Enfim...

Você se decidirá por uma, dentre as várias possibilidades.

9
ÉTICA É PARA TODOS — MÓDULO I CONVERSANDO SOBRE ÉTICA — LIÇÃO I — O QUE É ÉTICA?

Mas, afinal, o que é ética?

Para o professor Clóvis de Barros Filho, livre-docente da Universi-


dade de São Paulo e consultor em ética da Unesco, ética é a ativi-
dade de escolher o melhor caminho entre todos os possíveis.
Lembrando que o “melhor caminho” nem sempre é o mais fácil, mais
cômodo ou menos complexo.

Uma vida bem sucedida depende da escolha adequada


de princípios e valores que você vai seguir.

10
ÉTICA É PARA TODOS — MÓDULO I CONVERSANDO SOBRE ÉTICA — LIÇÃO I — O QUE É ÉTICA?

O conceito a que hoje temos acesso é fruto de muito estudo e esforço


intelectual de vários estudiosos.
É um conhecimento acumulado ao longo da história com o objetivo
de identificar a melhor maneira de viver e conviver em sociedade.

Para São Tomás de Aquino, um importante filósofo que viveu na Idade


Média, a regra de ouro da ética é: não faça ao outro o que não quer que
te façam.

11
ÉTICA É PARA TODOS — MÓDULO I CONVERSANDO SOBRE ÉTICA — LIÇÃO I — O QUE É ÉTICA?

A palavra ética é de origem grega, derivada de ethos, que significa:

comportamento
caráter
modo de ser
índole
12
ÉTICA É PARA TODOS — MÓDULO I CONVERSANDO SOBRE ÉTICA — LIÇÃO I — O QUE É ÉTICA?

No Brasil, as discussões éticas já não estão somente restritas às


universidades, como acontecia há alguns anos. Hoje, o assunto está
mais acessível e isso é muito bom!

Devido ao alcance das redes sociais, ao trabalho feito nas escolas e


empresas, aos cursos e palestras Brasil afora, as discussões sobre ética
têm sido ampliadas.

As relações sociais éticas são também responsabilidade do cidadão comum


e não apenas dos políticos e gestores públicos.

13
ÉTICA É PARA TODOS — MÓDULO I CONVERSANDO SOBRE ÉTICA — LIÇÃO I — O QUE É ÉTICA?

Para o filósofo francês Luc Ferry, devido ao fato de os seres humanos


não viverem sós e sequer subsistirem sem a ajuda de outros, a grande
questão ética é:

“como viver com o outro, que regras adotar, como nos comportar de
modo ‘vivível’, útil, digno, de maneira ‘justa’ em nossas relações com
os outros?” (FERRY, 2012, p. 19)

Perceba que Ferry apresenta a ideia de que um comportamento


ético envolve também a postura do servir, de ser útil, digno e
justo.

14
ÉTICA É PARA TODOS — MÓDULO I CONVERSANDO SOBRE ÉTICA — LIÇÃO I — O QUE É ÉTICA?

Isso significa que:

Ser ético implica em importar-se com o outro, primar pelo bem-estar


da comunidade, escolher o que é melhor para a coletividade, abrir
mão de interesses individuais com vistas ao bem comum.

Mas toda essa reflexão sobre atitudes e comportamentos teve uma


origem! E onde tudo começou?

15
ÉTICA É PARA TODOS — MÓDULO I CONVERSANDO SOBRE ÉTICA — LIÇÃO II — DE ONDE VEM TODA ESSA DISCUSSÃO?

2. De onde vem toda essa discussão?

Os princípios e os valores éticos


fazem parte da nossa socie-
dade há mais de 2.500 anos!
Pois é, a ética nasceu na
Grécia, por volta do século V
a.C., na Antiguidade Clássica,
com os primeiros grandes filó-
sofos Sócrates, Platão e Aristó-
teles.
Naquela época, havia bastante
preocupação com a vida polí-
tica. Hoje, a preocupação
continua.

A ética é uma parte da filosofia que lida com a compreensão dos princípios
e valores que sustentam as bases da moralidade social e da vida individual.

16
ÉTICA É PARA TODOS — MÓDULO I CONVERSANDO SOBRE ÉTICA — LIÇÃO II — DE ONDE VEM TODA ESSA DISCUSSÃO?

No artigo “O que é ética?” o professor da Universidade Estadual de


Campinas, Paulo Silvino Ribeiro faz uma analogia muito interessante:

Segundo alguns filósofos, nossas vontades e desejos poderiam ser


vistos como um barco à deriva, flutuando, perdido no mar.

17
ÉTICA É PARA TODOS — MÓDULO I CONVERSANDO SOBRE ÉTICA — LIÇÃO II — DE ONDE VEM TODA ESSA DISCUSSÃO?

Esta comparação faz pensar o quanto os desejos e as vontades indi-


viduais podem ser volúveis e inconstantes.

Como seria lidar com a inconstância de que ora uma


coisa é certa e ora não é?

Você imagina a vida em sociedade se não houver valores que balizem


as relações humanas?
Seria um grande caos.

Embora a sociedade seja um produto das diversidades que a compõem,


torna-se inviável cada pessoa atribuir um valor às coisas, de acordo com a
sua conveniência.

18
ÉTICA É PARA TODOS — MÓDULO I CONVERSANDO SOBRE ÉTICA — LIÇÃO II — DE ONDE VEM TODA ESSA DISCUSSÃO?

Por isso, há valores que são universais e permeiam uma grande quan-
tidade de ações.

“Logo, é necessário educar nossa vontade, recebendo uma educação


(formação) racional, para que dessa forma possamos escolher de forma
acertada entre o justo e o injusto, entre o certo e o errado”, cita o
professor Paulo Silvino.

Conceitos como certo e errado estão relacionados à ética, mas...

Qual é a relação entre ética e moral?

É isso que você vai estudar na próxima lição.

19
ÉTICA É PARA TODOS — MÓDULO I CONVERSANDO SOBRE ÉTICA — LIÇÃO III — ÉTICA E MORAL SÃO A MESMA COISA?

3.Ética e moral são a mesma coisa?

Por muitas vezes, o significado das palavras ética e moral são confun-
didos.
Embora não haja um consenso entre os filósofos, aqui será utilizada
a concepção de Imannuel Kant, filósofo alemão do século XVIII. Para
tanto, veja um trecho do TLT – Ética nos Correios (2017) que vai ao
encontro desse pensamento:
A ética diz respeito aos princípios e valores que irão nortear suas
escolhas; e a moral, à prática destes valores e princípios.

Acesse o TLT Ética nos Correios:


http://intranet/cs/vigep/educacao-corporativa/tlt-facilitador de aprendizagem/e/tlt-etica-nos-correios.pdf/view

20
ÉTICA É PARA TODOS — MÓDULO I CONVERSANDO SOBRE ÉTICA — LIÇÃO III — ÉTICA E MORAL SÃO A MESMA COISA?

Você acredita que utilizar recursos da empresa para fim pessoal é


errado. Isso é um princípio, uma crença, um valor. Decidir ou não
utilizar os recursos é a prática, o exercício desta crença. Então,

Ética é o princípio Moral é o ato

Caso utilize os recursos da empresa em benefício próprio, comete


um ato imoral, em desacordo com os seus princípios éticos. Do
contrário, você mantém alinhadas a ética e a moral, que é chamado
de paz interior.
Então:

Uma pessoa pode ter consciência de princípios éticos,


mas agir de forma imoral!

21
ÉTICA É PARA TODOS — MÓDULO I CONVERSANDO SOBRE ÉTICA — LIÇÃO III — ÉTICA E MORAL SÃO A MESMA COISA?

Exatamente, isso significa que comportamentos éticos e antiéticos


vão muito além da questão racional, cognitiva.

Além do conhecimento das normas e leis, há fatores subjetivos


relacionados a emoções, afetividade, expectativas diante da vida,
que influenciam as escolhas éticas.

Do contrário, não haveria crimes e corrupção cometidos por pessoas


notoriamente conhecedoras de normas e leis.

22
ÉTICA É PARA TODOS — MÓDULO I CONVERSANDO SOBRE ÉTICA — LIÇÃO IV — COMO FAZER AS ESCOLHAS?

4. Como fazemos as escolhas?

Conforme estudamos na Lição 1, não são apenas os fatores objetivos


e o conhecimento de normas e leis que influenciam nossas decisões.

23
ÉTICA É PARA TODOS — MÓDULO I CONVERSANDO SOBRE ÉTICA — LIÇÃO IV — COMO FAZER AS ESCOLHAS?

Com uma interessante história, Platão pode nos ajudar a entender como fazemos escolhas!

Para ele, a alma humana é como uma carruagem puxada


por dois cavalos, tendo como condutor um astuto
cocheiro. Um dos cavalos é comportado, enxerga bem,
mas é fisicamente fraco. O outro cavalo é obstinado,
Com esta metáfora, Platão explica a alma
forte, mas é cego. No comando da carruagem, o sagaz humana. O cocheiro representa a capacidade
cocheiro é quem decide o rumo da viagem. Então ele de discernimento, a prudência. O cavalo
que enxerga é a razão, que sabe por onde é
opta por ir ao alto de uma montanha buscar alimento melhor seguir; o cavalo cego, porém forte,
farto para ele e sua família e também para os cavalos. representa as paixões, as emoções.
O cavalo comportado entende a necessidade da viagem
e enxerga o caminho, mas sozinho, não tem força para
chegar ao alto da montanha. Por sua vez, o cavalo forte
e obstinado, não entende o motivo da viagem, além
de não enxergar o caminho; prefere ficar na planície.
A missão do cocheiro é desafiadora: unir as poten-
cialidades dos dois cavalos para chegar ao topo da
montanha; ele precisa estar em constante vigilância!

(Adaptação do Mito do Cocheiro, Fedro ou Da Beleza, Platão)

24
ÉTICA É PARA TODOS — MÓDULO I CONVERSANDO SOBRE ÉTICA — LIÇÃO IV — COMO FAZER AS ESCOLHAS?

Razão e emoção são duas faces da mesma moeda. O que é a vida sem
as paixões e as emoções? Amor, alegria, coragem, medo e compaixão
impulsionam e dão sentido à vida.

Mas é preciso equilíbrio entre estas duas forças!

25
ÉTICA É PARA TODOS — MÓDULO I CONVERSANDO SOBRE ÉTICA — LIÇÃO IV — COMO FAZER AS ESCOLHAS?

No livro Ética e Vergonha na Cara, Clóvis de Barros


insere elementos bastante interessantes para
reflexão:

“A ética tem de ser tratada por um prisma de paixões,


de emoções e de sensações. Tenho a nítida impressão
de que, toda vez que estamos diante de dilemas
existenciais, é muito importante observarmos o duelo
entre esperança e temor.
Quer dizer, muitas vezes, temos a esperança de auferir
bons resultados e até de minimizar custos e esforços
com isso.
Então, de um lado, a esperança é um ganho de potência
a partir de uma situação imaginada que é vantajosa,
prazerosa, que é boa, enfim. A citação ao lado nos apresenta
De outro lado, temos o temor, que é justamente o um verdadeiro “duelo de afetos”,
contrário, ou seja, o indivíduo se apequena diante de
uma situação imaginada, diante de uma consequência nas palavras do professor.
nefasta que possa lhe acontecer.”

26
ÉTICA É PARA TODOS — MÓDULO I CONVERSANDO SOBRE ÉTICA — LIÇÃO IV — COMO FAZER AS ESCOLHAS?

Mas quem irá vencer o duelo?


A esperança ou o temor?

Para responder a essa questão, é necessário avançar um pouco mais no estudo.

27
ÉTICA É PARA TODOS — MÓDULO I CONVERSANDO SOBRE ÉTICA — LIÇÃO IV — COMO FAZER AS ESCOLHAS?

Parece que os mecanismos de controle exercem um papel significativo


sobre nossa conduta.

Quando sabemos que estamos sendo observados, se há um acom-


panhamento efetivo, quando há consequências sobre nossos atos,
tendemos a cometer menos infrações.

28
ÉTICA É PARA TODOS — MÓDULO I CONVERSANDO SOBRE ÉTICA — LIÇÃO I — O QUE É ÉTICA?

Veja um exemplo prático sobre mecanismos de controle.

O metrô de Berlim não tem catraca. Nem guichê, Do nada, eles tiram uma maquininha do bolso e checam
balcão, nada. Você chega na estação, o metrô pára e quem tem ticket ou não. Se você não tiver, ele vai te
você entra. Lembro da surpresa de uma amiga aqui: tirar do trem e te fazer pagar uma multa de 60 euros.
“isso um dia vai acabar! Eles vão ter que mudar o Diz a lenda que quem for pego mais de 4 vezes sem
sistema. Eles devem ter prejuízo.” Não, “eles”, a BVG, pagar pode ser preso.
a companhia de transporte de Berlim, lucram bastante.
Mesmo sendo turista, por favor, cheque bem o seu
O metrô de Berlim não tem catraca, mas não é de graça, bilhete antes de entrar no trem para não ser pego (além
é até caro. Você compra o ticket em uma máquina e de tudo é um vexame horroroso, sei porque já fui pega).
entra. Os berlinenses compram o seu bilhete mensal Fonte: https://loucosporberlim.com/2016/09/22/como-andar-
e não, não andam de graça. Andar de graça é coisa de de-metro-sem-pagar-mico/ acesso em 22 de março de 2018.
gente desavisada ou de … turista!

Não é só pela honestidade que você tem que comprar


o bilhete (à venda em máquinas amarelas em todas as
estações). Mas porque existe o “homem do controle”.

O temido homem do controle é um funcionário da BVG


que anda à paisana em dupla. Ele é mais temido em
Berlim que a loira do banheiro, com a diferença de
que, ao contrário da loira, ele existe.

29
ÉTICA É PARA TODOS — MÓDULO I CONVERSANDO SOBRE ÉTICA — LIÇÃO IV — COMO FAZER AS ESCOLHAS?

Por que há guardas se existem placas indicativas no trânsito? Para que


relógio de ponto nas empresas se cada empregado sabe o seu horário?
Para que justiça trabalhista se os gestores conhecem as leis?

São mecanismos de controle!

Assim, respondendo à pergunta de quem irá vencer o duelo entre


“esperança” e “temor”, vários autores concordam que um fator em
especial parece ser determinante:
O quanto as instituições são fortes e organizadas para deter ou não
a expectativa de impunidade.

E essas “instituições” podem ser a família, a escola, o setor de


trabalho ou a própria organização. Podem também ser o executivo,
o legislativo e o judiciário, em relação ao país.

30
ÉTICA É PARA TODOS — MÓDULO I CONVERSANDO SOBRE ÉTICA — LIÇÃO IV — COMO FAZER AS ESCOLHAS?

É certo que, por mais precisas que sejam as leis, sozinhas não são
capazes de coibir condutas antiéticas.

Por isso, é necessária que a formação do ser humano esteja baseada


em princípios e valores sólidos de honestidade, respeito, honradez,
dignidade, lealdade: a isso chama-se integridade.
Então, conclui-se que,

Fazemos nossas escolhas de acordo com um somatório de fatores:


consciência moral, temor de ser descoberto e o quanto as instituições
são suficientemente fortes para fazer cumprir normas e leis.

Ser ético é escolher fazer sempre o certo, por princípio moral, inde-
pendente de haver ou não o controle das instituições.

31
ÉTICA É PARA TODOS — MÓDULO I CONVERSANDO SOBRE ÉTICA — RESUMO

RESUMO
Parabéns! Você concluiu o módulo 1: Conversando sobre ética.
Neste módulo, você aprendeu que:
• A todo momento, é necessário fazer escolhas e, quando o melhor caminho entre
todos os possíveis é escolhido, adota-se uma postura ética.
• Ética significa, etimologicamente, caráter, índole, modo de ser, comportamento e
envolve a postura do servir, ser útil, digno e justo.
• As discussões sobre ética iniciaram na antiguidade clássica com os filósofos gregos
que já pensavam sobre esse tema.
• Embora ética e moral estejam relacionadas entre si, seus conceitos são distintos:
ética diz respeito aos valores e princípios que direcionam as escolhas, enquanto a
moral é a prática desses.
• O ser humano faz suas escolhas de acordo com um somatório de fatores: consci-
ência moral, o temor de ser descoberto e expectativa de impunidade.
• Ser ético é fazer sempre o certo, por princípio moral, independente de haver
controle.

32
Fim da Lição I
ÉTICA É PARA TODOS
Coordenação educacional
Nilma Rosa de Matos

Design Instrucional
Enise Regina Willms Passos
Silvio do Espirito Santo
Reniane de Queiroz Teles

Revisão de Conteúdo
Comissão de Ética dos Correios

Revisão Ortográfica
Barbara Boaventura Belai

Diagramação
Mila Guimarães Costa

Ilustrações
Alexsandro de Brito Almeida e Mila Guimarães Costa

Elaboração
2018

Você também pode gostar