Você está na página 1de 10

COMPLEXO EDUCACIONAL IMPERADOR

CURSO TÉCNICO CONTABILIDADE

ANTONIO CARLOS FERREIRA GOMES

RELATORIO DE ESTAGIO

Relatório de estagio apresentado ao Complexo


Educacional Imperador com requisito parcial para
obtenção do titulo de Técnico em Edificações.

ORIENTADOR:
Prof. Gisilda Castro.

Imperatriz,
2010
AGRADECIMENTOS

Agradeço primeiramente à minha família, aos


meus amigos e colegas de classe, professores, à
Instituição CEI. Sem estas pessoas este relatório
não seria possível.
RESUMO

A Secretaria da Receita tem por finalidade arrecadar e fiscalizar as receitas próprias


do Município. Sua missão é viabilizar financeiramente as ações da administração municipal
através de três importantes diretorias: Tributação, Arrecadação e Fiscalização.
SUMÁRIO

Agradecimentos.........................................................................................................2
RESUMO......................................................................................................................3
Sumário.......................................................................................................................4
Introdução...................................................................................................................5
Introdução...................................................................................................................5
1 diretoria ...................................................................................................................6
1.1 A Diretoria de Tributação ....................................................................................6
1.2 Diretoria de Arrecadação.....................................................................................6
1.3 Diretoria de Fiscalização.....................................................................................7
2 - Coordenadoria de Julgamento de Processos Fiscais em 1ª instância..........8
3 - Conselho de Recursos Fiscais ..........................................................................9
INTRODUÇÃO

À Fiscalização Tributária compete, em especial, proceder à cobrança dos tributos não


pagos, iniciando por via administrativa e indo até à inscrição do correspondente crédito
tributário em Dívida Ativa, da qual procede-se à emissão do título executivo extrajudicial
denominado Certidão de Dívida Ativa, esta viabilizando o início da fase de cobrança judicial.
Bem vindo A Secretaria da Fazenda e Gestão orçamentária foi desenvolvido para dotar a
Prefeitura de uma estrutura ágil e eficiente para a emissão, controle e cobrança de Iptu, Issqn,
Itbi, Alvarás e todas Taxas. Faz também Alvará de Localização, Alvará de Construção,
Habite-se, Notas Fiscais Avulsas e controle das Notas Fiscais das empresas. O Sistema tem
obtido muito bons resultados com um calendário de cobrança de impostos atrasados
envolvendo persistência e diversas promoções. Se necessário faz todo processo de Dívida
Ativa.
A Receita Municipal esta prontos para ajudá-lo a resolver, de uma vez por todas, o
problema da arrecadação municipal. Nas imagens adiante, procurei sintetizar as situações que
mostram bem as potencialidades do Sistema. Observe-as com atenção e vai poder sentir a
profundidade de nosso trabalho. Ficaria muito grato se entrasse em contato comigo para nos
conhecer, trocar experiências e elucidar duvidas. Isso certamente iria me ajudar muito a
melhorar o site. Muito obrigado e espero que o Gestor possa contribuir com o seu município
1 DIRETORIA

1.1 A Diretoria de Tributação

As principais atribuições desta diretoria são:


• Controle, manutenção e alimentação dos cadastros mobiliários (ISS) e imobiliários
(IPTU, TCR, ITBI);
• Lançamentos de IPTU e TCR;
• Avaliações do ITBI;
• Análise e concessão de isenção/imunidade de IPTU, TCR, ITBI e ISS;
• Respostas a consultas tributárias;
• Propostas de alteração na legislação tributária;
• Emissão de certidão negativa.
Diretor
Adolfo Loureiro

1.2 Diretoria de Arrecadação

A Diretoria de arrecadação é responsável pelo controle de ingresso das receitas, e


gerenciamento dos atendimentos (Centro Administrativo, Paço Municipal, Casa da Cidadania
e Junta Comercial). Também faz emissão de Certidão Positiva com efeito de Negativa,
arrecadação de feiras e cemitérios e restituições de tributos.
Diretor
Adolfo Loureiro
1.3 Diretoria de Fiscalização

As principais atribuições desta diretoria são:


• Gerenciamento da atividade de Fiscalização;
• Emissão das Ordens de Serviço de Fiscalização;
• Acompanhamento de Declarações Fiscais;
• Registro/encaminhamento dos processos de fiscalização;
• Aferição da Produtividade Fiscal;
• Autorização e Controle do Documento Fiscal.
Diretor
Gideon Santos
2 - COORDENADORIA DE JULGAMENTO DE
PROCESSOS FISCAIS EM 1ª INSTÂNCIA

As principais atribuições desta coordenadoria são o Julgamento dos Processos de


Defesa de ISS, IPTU, TCR e ITBI e o Julgamento de Processos à revelia.
Coordenador
Gideon Santos
3 - CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS

O conselho de Recursos Fiscais julga os Processos de Recursos Voluntários (2a. instância).

Secretaria
Liberato Rodrigues de Morais

Subordinadas a essas diretorias, funcionam ainda no âmbito da Secretaria da Receita, as


seguintes Divisões:

DIEF – Divisão de Informações Econômico fiscais


Francisco Jerfeson Alves Sousa

DALMC – Divisão de Arrecadação de Logradouros Públicos, Mercados e cemitérios


Adolfo Loureiro

DCDA - Divisão de Controle da Dívida Ativa


Adolfo Loureiro

DTIM – Divisão de Tributos Imobiliários:


Eva Ferreira Lima

DPLF – Divisão de Planejamento e Fiscalização


Volmar Miranda Filho
Telefone: (83) 3218-9117

DEAF – Divisão de Expedição de Alvará de Funcionamento


Miguel Farias

DECAIP – Divisão de Controle e Acompanhamento de Autos de Infração e Aferição da


Produtividade
Adolfo Loureiro
DRNF – Divisão de Registro de Notas Fiscais
Francisco do Rego Sobrinho

SCCTIM – Serviço de Cadastro e Controle de Tributos Imobiliários


Eva Ferreira

SCITBI – Serviço de Controle de Imposto de Transmissão Inter-Vivos


Maria Rita

SCIPTU – Serviço de Controle do Imposto Predial e Territorial


Adolfo Loureiro

DTM – Divisão de Tributos Mobiliários


Eva Ferreira

DAC – Divisão de Arrecadação e Cobrança


Adolfo Loureiro