Você está na página 1de 26

Disciplina EPS 7020:

Ergonomia

Disciplina EPS 7020: Ergonomia INTRODUÇÃO Profa. Lizandra Lupi Vergara
Disciplina EPS 7020: Ergonomia INTRODUÇÃO Profa. Lizandra Lupi Vergara

INTRODUÇÃO

Profa. Lizandra Lupi Vergara

1. 1.

Introdução à Ergonomia

Introdução à Ergonomia

1. 1. Introdução à Ergonomia Introdução à Ergonomia O que é ergonomia ? 2
1. 1. Introdução à Ergonomia Introdução à Ergonomia O que é ergonomia ? 2

O que é ergonomia ?

1. Introdução à Ergonomia

1. Introdução à Ergonomia 3 Diversos fatores que influem no sistema produtivo Fonte: Iida, I. 2005
1. Introdução à Ergonomia 3 Diversos fatores que influem no sistema produtivo Fonte: Iida, I. 2005
3
3

Diversos fatores que influem no

sistema produtivo

Fonte: Iida, I. 2005

1. 1.

Introdução à Ergonomia

Introdução à Ergonomia

1. 1. Introdução à Ergonomia Introdução à Ergonomia  O trabalho e o ser humano: O
1. 1. Introdução à Ergonomia Introdução à Ergonomia  O trabalho e o ser humano: O

O trabalho e o ser humano:

O trabalho tem um pano de fundo de sofrimento:

Em latim: trabalho = tripalium trabalhar = tripaliare (torturar com o tripalium)

Na Grécia antiga: duplo sentido: ponos = penosidade ergon = criação

No sentido etimológico do termo:

Ergonomia significa estudo das leis naturais do trabalho.

Ergon (Trabalho) e Nomos (Lei)

1. Introdução à Ergonomia

1. Introdução à Ergonomia História: algumas considerações  Origem formal: trabalho interdisciplinar de diversos profissionais (engenheiros,
1. Introdução à Ergonomia História: algumas considerações  Origem formal: trabalho interdisciplinar de diversos profissionais (engenheiros,

História: algumas considerações

Origem formal: trabalho interdisciplinar de diversos profissionais (engenheiros, fisiologistas e psicólogos) durante a II guerra mundial;

Conjunto de conhecimentos referentes ao homem em atividade de trabalho permitiu o surgimento desta disciplina;

1. Introdução à Ergonomia

1. Introdução à Ergonomia História: algumas considerações  Melhores condições de trabalho e de vida. 
1. Introdução à Ergonomia História: algumas considerações  Melhores condições de trabalho e de vida. 

História: algumas considerações

  • Melhores condições de trabalho e de

vida.

1. Introdução à Ergonomia História: algumas considerações  Melhores condições de trabalho e de vida. 
1. Introdução à Ergonomia História: algumas considerações  Melhores condições de trabalho e de vida. 

A origem e evolução da ergonomia são conseqüência das transformações sócio-econômicas e, sobretudo, tecnológicas que

ocorreram no mundo do trabalho à

partir da segunda metade do século XIX.

6

1. Introdução à Ergonomia

1. Introdução à Ergonomia História: algumas considerações  Em 1959 foi fundada a “International Ergonomics Association”.
1. Introdução à Ergonomia História: algumas considerações  Em 1959 foi fundada a “International Ergonomics Association”.

História: algumas considerações

Em 1959 foi fundada a “International Ergonomics Association”. http://www.iea.cc

Em 31 de agosto de 1983 foi criada a “Associação Brasileira de Ergonomia”.

http://www.abergo.org.br

1. Introdução à Ergonomia

1. Introdução à Ergonomia Conceitos  Conceito da International Ergonomics Association (IEA): “ A ergonomia é
1. Introdução à Ergonomia Conceitos  Conceito da International Ergonomics Association (IEA): “ A ergonomia é

Conceitos

  • Conceito da International Ergonomics Association (IEA):

A ergonomia é o estudo científico da relação entre o homem e seus meios, métodos e espaços de trabalho. Seu objetivo é

elaborar, mediante a contribuição de diversas disciplinas

científicas que a compõem, um corpo de conhecimentos que, dentro de uma perspectiva de aplicação, deve resultar em

uma melhor adaptação ao homem dos meios tecnológicos e

dos ambientes de trabalho e de vida”.

1. Introdução à Ergonomia

1. Introdução à Ergonomia Conceitos  Conceito da Associação Brasileira de Ergonomia (ABERGO): “A ergonomia é
1. Introdução à Ergonomia Conceitos  Conceito da Associação Brasileira de Ergonomia (ABERGO): “A ergonomia é

Conceitos

Conceito da Associação Brasileira de Ergonomia (ABERGO):

“A ergonomia é o estudo da adaptação do trabalho às

características fisiológicas e psicológicas do ser

humano”.

1. Introdução à Ergonomia

1. Introdução à Ergonomia  O significado social da ergonomia: contribuir na solução de problemas de:
1. Introdução à Ergonomia  O significado social da ergonomia: contribuir na solução de problemas de:
1. Introdução à Ergonomia  O significado social da ergonomia: contribuir na solução de problemas de:

O significado social da ergonomia:

contribuir na solução de problemas de:

saúde, segurança, conforto eficácia acidentes erros humanos desempenho

1. Introdução à Ergonomia

1. Introdução à Ergonomia • Adaptação do trabalho às pessoas. Pessoas diferentes Capacidades físicas e mentais
1. Introdução à Ergonomia • Adaptação do trabalho às pessoas. Pessoas diferentes Capacidades físicas e mentais
1. Introdução à Ergonomia • Adaptação do trabalho às pessoas. Pessoas diferentes Capacidades físicas e mentais
1. Introdução à Ergonomia • Adaptação do trabalho às pessoas. Pessoas diferentes Capacidades físicas e mentais

Adaptação do trabalho às pessoas.

Pessoas diferentes

• Adaptação do trabalho às pessoas. Pessoas diferentes Capacidades físicas e mentais diferentes.

Capacidades físicas e mentais

diferentes.

1. Introdução à Ergonomia • Adaptação do trabalho às pessoas. Pessoas diferentes Capacidades físicas e mentais
1. Introdução à Ergonomia • Adaptação do trabalho às pessoas. Pessoas diferentes Capacidades físicas e mentais

11

1. Introdução à Ergonomia

1. Introdução à Ergonomia Os diferentes domínios da ergonomia Ergonomia física:  Ocupa-se da anatomia humana,
1. Introdução à Ergonomia Os diferentes domínios da ergonomia Ergonomia física:  Ocupa-se da anatomia humana,

Os diferentes domínios da ergonomia

Ergonomia física:

Ocupa-se da anatomia humana, antropometria, fisiologia e bimecânica;

Ergonomia cognitiva:

Ocupa-se dos processos mentais como a percepção, memória, raciocínio;

Ergonomia organizacional:

Ocupa-se da otimização dos sistemas sócio-técnicos, abrangendo estruturas organizacionais, políticas e processos.

1. Introdução à Ergonomia

1. Introdução à Ergonomia – Problemas de saúde como:  músculo-esqueléticos (dor nas costas, etc) 
1. Introdução à Ergonomia – Problemas de saúde como:  músculo-esqueléticos (dor nas costas, etc) 

Problemas de saúde como:

  • músculo-esqueléticos (dor nas costas, etc)

  • psicológicos (estresse, etc)

“são considerados as mais importantes causas de absenteísmo e

incapacidade ao trabalho”

Acidentes As normas oficiais

  • NR - 17 Ergonomia (Brasil)

  • ISO (International Standardization Organization)

  • EN da CEN (Comité Européen de Normalisation)

  • ANSI (USA) - BSI (Inglaterra)

  • ….

13

1. Introdução à Ergonomia

1. Introdução à Ergonomia PORTARIA Nº 3214 de 08/06/1978 do Ministério do Trabalho e Emprego, traz
1. Introdução à Ergonomia PORTARIA Nº 3214 de 08/06/1978 do Ministério do Trabalho e Emprego, traz

PORTARIA Nº 3214 de 08/06/1978 do Ministério do Trabalho e

Emprego, traz as NRs (Normas Regulamentadoras).

(http://www.mte.gov.br/legislacao/normas_regulamentadoras/default.asp) NR 1 Disposições Gerais

As Normas Regulamentadoras (NR) relativas à Segurança e Medicina do Trabalho são de observância

obrigatória por qualquer empresa ou empreendimento que

possua empregado regido pela CLT, aos trabalhadores avulsos, às entidades ou empresas que lhes tomem o serviço ...

Especifica conceitos de utilização em outras NRs e estabelece

competência ao empregador e ao empregado.

1. Introdução à Ergonomia

1. Introdução à Ergonomia NR 2 - Inspeção Prévia NR 3 - Embargo ou Interdição NR
1. Introdução à Ergonomia NR 2 - Inspeção Prévia NR 3 - Embargo ou Interdição NR

NR 2 - Inspeção Prévia NR 3 - Embargo ou Interdição

NR 4 - SESMT - Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho

NR 5 - CIPA - Comissão interna de Prevenção de acidentes

NR 6 EPI Equipamento de Proteção Inividual NR 7 - Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO) NR 8 - Edificações NR 9 - Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA). NR 10 - Instalações e Serviços em Eletricidade NR 11 - Transporte, Movimentação, Armazenagem e Manuseio de Materiais. NR 12 - Máquinas e Equipamentos NR 13 - Caldeiras e Vasos de Pressão NR 14 - Fornos

15

NR 15 - Atividades e Operações Insalubres

1. Introdução à Ergonomia

1. Introdução à Ergonomia NR 16 - Atividades e Operações Perigosas NR 18 – Obras de
1. Introdução à Ergonomia NR 16 - Atividades e Operações Perigosas NR 18 – Obras de

NR 16 - Atividades e Operações Perigosas NR 18 Obras de Construção, Demolição e Reparos.

NR 17 - Ergonomia NR 18 Obras de Construção, Demolição e Reparos. NR 19 - Explosivos NR 20 - Líquidos Combustíveis e Inflamáveis NR 21 - Trabalho a Céu Aberto NR 22 - Trabalhos Subterrâneos NR 23 - Proteção Contra Incêndios NR 24 Condições Sanitárias e de Conforto nos Locais de Trabalho. NR 25 Resíduos Indústriais NR 26 Sinalização de Segurança NR 27 Registro Profissional do Técnico de Segurança do Trabalho, no MT. NR 28 Fiscalização e Penalidades.

16

1. Introdução à Ergonomia

1. Introdução à Ergonomia NR 29 - Norma Regulamentadora de Segurança e Saúde no Trabalho Portuário
1. Introdução à Ergonomia NR 29 - Norma Regulamentadora de Segurança e Saúde no Trabalho Portuário

NR 29 - Norma Regulamentadora de Segurança e Saúde no Trabalho Portuário NR 30 Norma Regulamentadora de Segurança e Saúde no Trabalho Aquaviário NR 31 - Norma Regulamentadora de Segurança e Saúde no Trabalho na Agricultura, Pecuária Silvicultura, Exploração Florestal e Aqüicultura NR 32 - Segurança e Saúde no Trabalho em Serviços de Saúde NR 33 - Segurança e Saúde no Trabalho em Espaços Confinados

PORTARIA N° 3067 de 12/04/1988 Normas Regulamentadoras Rurais (NRR).

NRR 1 Disposições Gerais

NRR 2 Serviço Especializado em Prevenção de Acidentes do Trabalho Rural (SEPAR). NRR 3 CIPATR NRR 4 EPIs

NRR 5 Produtos Químicos.

17

1. Introdução à Ergonomia

1. Introdução à Ergonomia NR 17 – Ergonomia – Visa a estabelecer parâmetros que permitam a
1. Introdução à Ergonomia NR 17 – Ergonomia – Visa a estabelecer parâmetros que permitam a

NR 17 Ergonomia

Visa a estabelecer parâmetros que permitam a adaptação das condições de trabalho às características psicofisiológicas dos trabalhadores, de modo a

proporcionar um máximo de conforto, segurança e

desempenho eficiente.

As condições de trabalho incluem aspectos relacionados ao levantamento, transporte e descarga de materiais, ao mobiliário, aos equipamentos e às condições ambientais

do posto de trabalho e à própria organização do trabalho.

1. Introdução à Ergonomia

1. Introdução à Ergonomia As diferentes abordagens em ergonomia Quanto a abrangência :  Ergonomia do
1. Introdução à Ergonomia As diferentes abordagens em ergonomia Quanto a abrangência :  Ergonomia do

As diferentes abordagens em ergonomia

Quanto a abrangência:

  • Ergonomia do posto de trabalho:

abordagem microergonômica

  • Ergonomia de sistemas de produção:

abordagem macroergonômica

1. Introdução à Ergonomia

1. Introdução à Ergonomia As diferentes abordagens em ergonomia Quanto a contribuição:  Ergonomia de concepção:
1. Introdução à Ergonomia As diferentes abordagens em ergonomia Quanto a contribuição:  Ergonomia de concepção:

As diferentes abordagens em ergonomia

Quanto a contribuição:

Ergonomia de concepção:

normas e especificações de projeto

Ergonomia de correção:

modificações de situações existentes

Ergonomia de conscientização:

capacitação em ergonomia para identificar problemas;

Ergonomia de participação:

envolve o usuário do sistema na solução dos problemas;

20

1. Introdução à Ergonomia

1. Introdução à Ergonomia As diferentes abordagens em ergonomia A atuação com os diferentes profissionais: 
1. Introdução à Ergonomia As diferentes abordagens em ergonomia A atuação com os diferentes profissionais: 

As diferentes abordagens em ergonomia

A atuação com os diferentes profissionais:

  • Os Médicos do Trabalho - identificando locais que possam vir a provocar acidentes ou doenças ocupacionais, assim como acompanhamentos da saúde dos trabalhadores;

  • Os Analistas do Trabalho - ajudando estudo dos métodos, tempos e postos de trabalho;

  • Os Psicólogos - geralmente envolvidos em seleção e treinamento de pessoal, podendo ajudar também na implantação de novos métodos de trabalho;

21

  • Os Engenheiros de projeto- podem ajudar nos aspectos técnicos,

1. Introdução à Ergonomia

1. Introdução à Ergonomia As diferentes abordagens em ergonomia A atuação com os diferentes profissionais: 
1. Introdução à Ergonomia As diferentes abordagens em ergonomia A atuação com os diferentes profissionais: 

As diferentes abordagens em ergonomia

A atuação com os diferentes profissionais:

  • Os Engenheiros de produção contribuem na organização do trabalho, estabelecendo fluxo racional de materiais, e postos de trabalho sem sobrecarga;

  • Os Desenhistas Industriais - podem ajudar na adaptação das máquinas e os ambientes de trabalho;

  • Os profissionais da Educação Física - podem ajudar com técnicas e exercícios de compensação em atividade de trabalho, assim como em programas de aptidão física;

1. Introdução à Ergonomia

1. Introdução à Ergonomia Análise de Custo/Benefício É a forma predominante, entre outras existentes, para justificar
1. Introdução à Ergonomia Análise de Custo/Benefício É a forma predominante, entre outras existentes, para justificar

Análise de Custo/Benefício

É a forma predominante, entre outras existentes, para

justificar os gastos com mudanças propostas pela

ergonomia.

Benefícios

redução de custos

1. Introdução à Ergonomia Análise de Custo/Benefício É a forma predominante, entre outras existentes, para justificar
1. Introdução à Ergonomia Análise de Custo/Benefício É a forma predominante, entre outras existentes, para justificar

melhoria de desempenho

Limitada quando necessita quantificar custos e benefícios intangíveis

1. Introdução à Ergonomia

1. Introdução à Ergonomia Redução de custos • diminuir custos com horas extras (trabalhadores substitutos); •
1. Introdução à Ergonomia Redução de custos • diminuir custos com horas extras (trabalhadores substitutos); •

Redução de custos diminuir custos com horas extras (trabalhadores substitutos); custos de seguros e/ou custos de compensação relacionados a acidentes ou lesões; ações judiciais; melhorar a qualidade e a quantidade da produção, etc.

1. Introdução à Ergonomia

1. Introdução à Ergonomia Benefícios Ganhos de fácil mensuração • aumentos de produtividade; • a redução
1. Introdução à Ergonomia Benefícios Ganhos de fácil mensuração • aumentos de produtividade; • a redução

Benefícios

Ganhos de fácil mensuração

aumentos de produtividade; a redução dos desperdícios; Melhoria na qualidade dos serviços e produtos as economias de energia; mão-de-obra, manutenção, etc

1. Introdução à Ergonomia

1. Introdução à Ergonomia Benefícios Ganhos de difícil mensuração • redução do absenteísmo devido a acidentes
1. Introdução à Ergonomia Benefícios Ganhos de difícil mensuração • redução do absenteísmo devido a acidentes

Benefícios

Ganhos de difícil mensuração

redução do absenteísmo devido a acidentes e doenças ocupacionais

Redução de acidentes e doenças a redução do turnover;

Benefícios intangíveis

satisfação do trabalhador;

  • o conforto;

o aumento da motivação dos trabalhadores