Você está na página 1de 11

- CPF:

RACIOCÍNIO LÓGICO MATEMÁTICO

CONCURSO: Curso Regular Gratuito


CARGO: Todos os níveis
PROFESSOR: Bruno Leal

Este curso é protegido por direitos autorais (copyright), nos termos da Lei n.º 9.610/1998,
que altera, atualiza e consolida a legislação sobre direitos autorais e dá outras providências.

Rateio é crime!!! Valorize o trabalho do professor e adquira o curso de forma honesta,


realizando sua matrícula individualmente no site concurseiro24horas.com.br
- CPF:
CURSO REGULAR GRATUITO
RACIOCÍNIO LÓGICO MATEMÁTICO
Prof. Bruno Leal
Aula 01

AULA 01

Olá, amigos concurseiros! Tudo tranquilo? Tomara que sim! Caso estejam
nervosos, ansiosos por conta da Matemática, fiquem calmos: costumo dizer que
não se trata de nenhum bicho-de-sete-cabeças (vá lá, duas ou três no máximo!)
e se eu, que não sou nenhum Einstein, aprendi, então por que vocês, caros
amigos, não conseguiriam?

Passo número ZERO para aprendizagem: AUTOCONFIANÇA!

Sobre mim, meu nome é Bruno Leal Monteiro, tenho 35 anos, dou aulas de
Matemática, Raciocínio Lógico e Matemática Financeira em cursinhos preparatórios
desde os 18 aninhos...

Lembro-me da minha primeira turma, preparatório para o CESD (Soldado


Especialista da Aeronáutica, hoje em dia, é um concurso interno). Era o mais novo
em sala! Todos com muita desconfiança daquele franzino professor, que nem
vestibular ainda havia feito... mas deu tudo certo e até hoje estou ajudando a
centenas de amigos/alunos a alcançarem seus objetivos. Só que nem um pouco
franzino... rsrsrs.

Sou autor de diversos materiais didáticos e do livro “Matemática para Concursos


– A Arte de Resolver Problemas”, pela Editora ELMO.

Como nas minhas turmas presenciais, foco o aprendizado da Matemática e do Rac.


Lógico através da resolução de muitos, muitos exercícios.
Espero que gostem, aprendam de verdade e que exorcizem todo e qualquer
fantasma proveniente do Raciocínio Lógico que cismar rondar seus estudos!
Juntos somos fortes, não perca a força, o foco e a fé! Rumo à vitória!

Prof. Bruno Leal www.concurseiro24horas.com.br 2|11


- CPF:
CURSO REGULAR GRATUITO
RACIOCÍNIO LÓGICO MATEMÁTICO
Prof. Bruno Leal
Aula 01

Exercícios Resolvidos

(Agente Educador/RJ) Uma papelaria oferece, gratuitamente, lápis para alunos


de uma escola. Um funcionário distribui 105 lápis numa turma de 35 alunos,
recebendo cada aluno a mesma quantidade de lápis. Mantendo-se o mesmo
esquema de distribuição, para uma turma de 24 alunos haverá a necessidade do
seguinte número de lápis:
Solução: Se cada um dos 35 alunos recebeu a mesma quantidade de lápis, então
eles receberam 105 : 35 = 3 lápis cada um.
Mantido o mesmo esquema de distribuição, os demais 24 alunos receberão 24 x
3 = 72 lápis.
GABARITO: 72

(Agente Educador/RJ) Numa solenidade de premiação de uma Olimpíada de


Matemática havia 1 professor para cada 8 alunos e 2 funcionários para cada 6
professores. O número de alunos por funcionário é:
Solução: 1ª etapa: Se havia 2 funcionários para cada 6 professores, então
podemos deduzir que havia 1 funcionário para cada 3 professores.
2ª etapa: Como também havia 1 professor para cada 8 alunos, concluímos que o
número de alunos por funcionário é 3 x 8 = 24.
GABARITO: 24

(Agente Educador/RJ) Um ginásio de esportes de uma escola será utilizado para


apresentações de um grupo teatral. Foram arrumadas 18 fileiras, tendo 24
cadeiras em cada fileira. Cada turma da escola tem 35 alunos. O número máximo
de turmas que poderão ser levadas para cada apresentação é:
Solução: 1ª etapa: O total de cadeiras disponíveis no ginásio é 18 x 24 = 432.
2ª etapa: Como cada turma possui 35 alunos, para sabermos quantas turmas
poderão ser levadas devemos dividir 432 por 35, obtendo-se como resultado
(quociente) 12 e resto, também 12.
Portanto, o número máximo de turmas é 12, sobrando ainda 12 cadeiras vazias.
GABARITO: 12

(Agente Educador/RJ) Um funcionário deseja colocar 240 pastas iguais em


arquivos com as mesmas dimensões. Se em cada arquivo cabem 72 pastas, ficará
fora dos arquivos o seguinte número de pastas:
Solução: Dividindo-se 240 por 72, obtemos quociente 3, que representa a
quantidade de arquivos utilizados e resto 24, que representa a quantidade que
ficará fora dos arquivos. Portanto, a resposta é 24.
GABARITO: 24

Prof. Bruno Leal www.concurseiro24horas.com.br 3|11


- CPF:
CURSO REGULAR GRATUITO
RACIOCÍNIO LÓGICO MATEMÁTICO
Prof. Bruno Leal
Aula 01

(Tribunal Regional Federal – TRF) Com um balde de água, eu encho 3 garrafas.


Com uma garrafa, eu encho 5 copos. Assim, o número de copos necessários para
encher 1 balde é:
Solução: Basta multiplicarmos 3 por 5: a resposta é 15 copos.
GABARITO: 15

(TRF) Ana, com 14 anos, tem o dobro da idade de sua irmã Vera. Assim, quando
Ana tiver 20 anos, a idade de Vera será:
Solução: Se Ana tem o dobro da idade de Vera, então esta possui 7 anos.
Ana terá 20 anos daqui a 6 anos, pois hoje ela tem 14. Portanto, Vera terá, daqui
a 6 anos, 7 + 6 = 13 anos.
GABARITO: 13

(Petrobras) Em certa papelaria, duas borrachas e dois lápis custam R$ 2,20. João
foi a essa papelaria e comprou um lápis, uma borracha e um caderno e gastou R$
4,00. Quanto custou, em reais, o caderno que João comprou?
Solução: 1ª etapa: Se duas borrachas e dois lápis custam R$ 2,20, então
podemos concluir que uma borracha e um lápis custam 2,20 : 2 = 1,10.
2ª etapa: Lembrando que 1 lápis + 1 borracha + 1 caderno custam R$ 4,00, e
que 1 lápis + 1 borracha custam R$ 1,10, o caderno custará 4,00 – 1,10 = 2,90
reais.
GABARITO: 2,90 reais

(Auxiliar Judiciário/TRE – RJ) Um livreiro arrumou livros em uma estante durante


sete dias. A cada dia, ele arrumou um total de livros igual ao do dia anterior, mais
15 volumes. No quarto dia, o livreiro arrumou 80 livros na estante. Se este livreiro
quisesse fazer o mesmo trabalho em 5 dias, arrumando um número igual de
volumes na estante a cada dia, o número de livros arrumados, por dia, seria igual
a:
Solução: É essencial não perdermos de vista que, a cada dia que passa, são
arrumados 15 livros a mais que no dia anterior.
Se no quarto dia ele arrumou 80 livros, no terceiro arrumou 80 – 15 = 65, no
segundo 65 – 15 = 50, no primeiro 50 – 15 = 35.
Com o mesmo raciocínio, concluímos que no quinto dia ele arrumou 80 + 15 =
95, no sexto, 95 + 15 = 110 e no sétimo, 110 + 15 = 125.
Portanto, ao todo, ele arrumou 35 + 50 + 65 + 80 + 95 + 110 + 125 = 560 livros.
O enunciado nos diz que ele fará o mesmo trabalho em apenas 5 dias. Logo, para
arrumar os 560 livros em 5 dias ele deverá arrumar 560 : 5 = 112 livros por dia.
GABARITO: 112

Prof. Bruno Leal www.concurseiro24horas.com.br 4|11


- CPF:
CURSO REGULAR GRATUITO
RACIOCÍNIO LÓGICO MATEMÁTICO
Prof. Bruno Leal
Aula 01

(Correios) Os três sets de uma partida de vôlei duraram respectivamente 54min


20s, 1h 8 min 40s e 1h 12 min. A partida durou:
Solução: Antes de mais nada, não se esqueça que 1 hora equivale a 60 minutos.
1ª etapa: Somando apenas as horas, obtemos 1 h + 1 h = 2 h;
2ª etapa: Somando apenas os minutos, 54 + 8 + 12 = 74 min = 1 h 14 min;
3ª etapa: Somando apenas os segundos, 20 s + 40 s = 60 s = 1 min.
4ª etapa: O tempo total será, portanto, 2 h + 1 h 14 min + 1 min = 3 h 15 min.
GABARITO: 3h 15 min

(Colégio Militar do Rio de Janeiro – CMRJ) Um livro tem 140 páginas; cada página
tem 2 colunas; cada coluna tem 30 linhas com 25 letras em cada linha. O número
de letras nas 140 páginas desse livro é igual a:
Solução: O total de letras é dado simplesmente por 140 x 2 x 30 x 25 = 210.000.
GABARITO: 210.000

(Escola de Sargentos das Armas – ESA) Um ciclista percorre 13 km em uma hora


e um pedestre 4 km também em uma hora. O ciclista está 36 km atrás do
pedestre. Após quantas horas será o pedestre alcançado pelo ciclista se ambos
partiram a mesmo tempo e na mesma direção?
Solução: Se o ciclista percorre 13 km em 1 h e o pedestre apenas 4 km em 1
hora, então, EM 1 HORA, eles se aproximam 13 – 4 = 9 km. Isso significa dizer
que a cada hora que passa, o ciclista desconta 9 km da vantagem que o pedestre
tem em relação a ele.
Para que o ciclista finalmente alcance o pedestre, descontando os 36 km de
distância que os separam, ele vai precisar de 36 : 9 = 4 horas.
GABARITO: 4 h

(CMRJ) Em um prédio, o elevador de serviço pode transportar, no máximo, 396


kg por viagem. No térreo desse prédio, há 62 caixas iguais, de 45 kg cada, que
deverão ser transportadas para o último andar. Pelo tamanho das caixas, no
máximo 12 caixas, de cada vez, podem ser colocadas dentro do elevador. Qual é
o número mínimo de subidas que o elevador deverá fazer para transportar todas
as caixas?
Solução: Embora o enunciado nos afirme que cabem 12 caixas no elevador, não
podemos transportá-las todas de uma vez, pois elas “pesam” 45 x 12 = 540 kg,
muito mais que os 396 kg suportados pelo elevador. Para sabermos quantas
caixas no máximo o elevador pode carregar por viagem, basta dividirmos 396 por
45, encontrando quociente 8. Como ao todo são 62 caixas a ser transportadas,
dividindo 62 por 8 encontramos para quociente 7 (número de viagens) e resto 6
(caixas que ainda restam ser transportadas, o que demanda 1 viagem a mais).

Prof. Bruno Leal www.concurseiro24horas.com.br 5|11


- CPF:
CURSO REGULAR GRATUITO
RACIOCÍNIO LÓGICO MATEMÁTICO
Prof. Bruno Leal
Aula 01

Ou seja: serão 7 viagens com lotação máxima (8 caixas por viagem) + 1 viagem
com as 6 caixas restantes, totalizando 8 viagens.
GABARITO: 8

Dois pastores possuem 9 pães: Marcos, 4 e Lucas, 5. Aparece um caçador


esfomeado e os três dividem igualmente entre si 9 pães. O caçador paga a sua
parte dando 8 moedas para Marcos e 10 moedas para Lucas. Um dos pastores
reclama desse pagamento, achando injusta a distribuição das moedas, dizendo
que deveria receber mais do que recebeu. Qual o pastor que reclamou e qual a
distribuição justa das moedas?
Solução: 1º) Se os 3 dividiram igualmente entre si os 9 pães, é porque cada um
comeu 9 : 3 = 3 pães. Com isso, conclui–se que Marcos deu ao caçador 1 de seus
pães e Lucas, 2.
2º) O caçador paga pelos 3 pães 8 + 10 = 18 moedas. Portanto, cada pão custou
18 : 3 = 6 moedas.
3º) Logo, Marcos deveria ter recebido 1 x 6 = 6 moedas e Lucas, 2 x 6 = 12
moedas. O reclamante foi Lucas, que recebeu menos moedas do que deveria.
GABARITO: Marcos, 6 e Lucas, 12, sendo este o reclamante

(OBM) Pedro saiu de casa e fez compras em quatro lojas, cada uma num bairro
diferente. Em cada uma gastou a metade do que possuía e a seguir, ainda pagou
R$ 2,00 de estacionamento. Se no final ainda tinha R$ 8,00, que quantia tinha
Pedro ao sair de casa?
Solução: Vamos resolver a questão “de trás pra frente”, começando com o que
Pedro ficou no final do problema e terminando por encontrarmos o que ele tinha
ao sair de casa. Como adotaremos tal procedimento, precisamos fazer as
operações inversas das originais. Acompanhe o raciocínio passo a passo:
1º) Final: 8 reais
2º) Antes de entrar na quarta loja: 8 + 2 = 10 (“recuperando” o dinheiro gasto
no estacionamento) → 10 x 2 = 20 reais (recuperando a metade gasta nessa
quarta loja – note que o inverso de “metade” é “dobro”, por isso a multiplicação
por 2).
3º) Antes de entrar na terceira loja: 20 + 2 = 22 → 22 x 2 = 44 reais (o mesmo
processo, primeiro recuperando o que gastou no estacionamento e depois, o que
gastou na terceira loja – a metade do que possuía ao nela entrar)
4º) Antes de entrar na segunda loja: 44 + 2 = 46 → 46 x 2 = 92 reais
5º) Antes de entrar na primeira loja, ou seja, a quantia inicial: 92 + 2 = 94 →
94 x 2 = 188 reais.
GABARITO: 188 reais

(OBM) Observe as multiplicações a seguir:

Prof. Bruno Leal www.concurseiro24horas.com.br 6|11


- CPF:
CURSO REGULAR GRATUITO
RACIOCÍNIO LÓGICO MATEMÁTICO
Prof. Bruno Leal
Aula 01

12 345 679  18 = 222 222 222;


12 345 679  27 = 333 333 333;
12 345 679  54 = 666 666 666.
Para obter 999 999 999 devemos multiplicar 12 345 679 por:
Solução 1: Note que 999.999.999 é o TRIPLO de 333.333.333, logo, basta calcular
o triplo do 27, ou seja, 81.
Solução 2: Note que 999.999.999 é igual a 333.333.333 + 666.666.666, logo,
basta calcular 27 + 54 = 81.

(CMRJ) Três válvulas retiram de um reservatório 100 litros, 80 litros e 20 litros


por hora, respectivamente. Sabendo que, se abrirmos só a terceira válvula,
demoraria 40 horas para esvaziar o reservatório completamente cheio. O tempo
necessário para que as 3 juntas esvaziem este reservatório, quando estiver
completamente cheio, é de:
Solução: Como a terceira válvula demoraria 40 horas para esvaziar sozinha o
reservatório, é porque nele havia, ao todo, 20 x 40 = 800 litros de água.
As três juntas, em 1 hora, retiram 100 + 80 + 20 = 200 litros de água. Para
retirar os 800 litros, necessitarão de 800 : 200 = 4 horas.

(CMRJ) A fábrica BOTÕES S.A. vende os mais diversos tipos de botões em cartelas
com 8 botões ou em caixas com 8 cartelas. O dono de uma confecção aceitou
uma encomenda de 75 camisas. Cada camisa terá 8 botões. O encarregado do
estoque informou ao dono que a confecção possui 3 caixas e 2 cartelas de botões
compradas da BOTÕES S.A. Para honrar o compromisso da confecção das
camisas, será necessária a encomenda junto à fábrica de mais quantas caixas e
quantas cartelas?
Solução: 1º) Como cada cartela possui 8 botões e cada caixa possui 8 cartelas,
podemos concluir que cada caixa possui 8 x 8 = 64 botões.
2º) Encomenda: 75 x 8 = 600 botões.
3º) A confecção já possui: 3 caixas + 2 cartelas → 3 x 64 + 2 x 8 = 208 botões
4º) Precisam ser comprados: 600 – 208 = 392 botões.
5º) Dividindo-se 392 por 64, obtém-se quociente 6 (total de caixas necessárias)
e resto 8 (botões que ainda faltam para completar os 392 – que perfazem
exatamente 1 cartela). A resposta é, portanto, 6 caixas e 1 cartela.
GABARITO: 6 caixas e 1 cartela

(Colégio Naval – CN) Um vendedor comprou 50 camisetas por R$ 425,00. Quantas


camisetas, no mínimo, ele deverá vender a R$ 11,00 cada, para obter lucro?
Solução: Dividindo-se 425 por 11, obtemos quociente 38 (camisetas) e resto 7
(reais). Por causa desse resto de 7 reais, 38 camisetas NÃO SÃO SUFICIENTES
para cobrir o custo de 425 reais.

Prof. Bruno Leal www.concurseiro24horas.com.br 7|11


- CPF:
CURSO REGULAR GRATUITO
RACIOCÍNIO LÓGICO MATEMÁTICO
Prof. Bruno Leal
Aula 01

Logo, precisamos vender UMA CAMISETA A MAIS, a qual, sendo vendida por 11
reais, permitirá pagar os 7 reais que estavam faltando e ainda gerar um lucro
(mínimo) de 4 reais. A resposta é, portanto, 38 + 1 = 39 camisetas.
GABARITO: 39

(ESA) Os 625000 tiros de fuzil devem ser acondicionados em caixas com


capacidade para 250 tiros cada uma. Serão necessárias, portanto:
Solução: Dividindo-se 625.000 por 250, encontramos 2500 caixas.
GABARITO: 2500

(ESA) O som percorre 340 m em cada segundo. Em 1 min ele percorre:


Solução: Como 1 min é igual a 60 s, o som percorrerá 340 x 60 = 20.400 m ou
20,4 km.
GABARITO: 20,4 km

(Banco do Brasil) Segundo dados do Sinduscon-Rio, em fevereiro de 2010 o custo


médio da construção civil no Rio de Janeiro era R$ 875,18 por metro quadrado.
De acordo com essa informação, qual era, em reais, o custo médio de construção
de um apartamento de 75m2 no Rio de Janeiro no referido mês?
Solução: É isso mesmo que você está pensando, basta fazer 875,18 x 75 =
65638,50 reais.
GABARITO: 65638,50 reais

(Banco do Brasil) Depois de ter comprado 15 livros de mesmo preço unitário,


Paulo verificou que sobraram R$ 38,00 em sua posse, e faltaram R$ 47,00 para
comprar outro livro desse mesmo preço unitário. O valor que Paulo tinha
inicialmente para comprar seus livros era, em R$, de:

Solução: Se ele tinha sobrando 38 reais e, quando quis comprar mais um livro
faltaram 47 reais, então, cada livro custa 38 + 47 = 85 reais. Daí, ele tinha
inicialmente: 85 x 15 + 38 = 1313 reais.

GABARITO: 1313 reais

(ESA) Um atirador acerta, no alvo, 3 de cada 5 disparos que faz. Tendo feita uma
série de 30 tiros, ele errou:
Solução: Se, de cada 5 tiros ele acerta 3, então, erra 2. Como o novo total de
tiros (30) é igual ao inicial (5) multiplicado por 6, os erros da nova série serão os
da inicial, 2, também multiplicados por 6, ou seja, 12.
GABARITO: 12

Prof. Bruno Leal www.concurseiro24horas.com.br 8|11


- CPF:
CURSO REGULAR GRATUITO
RACIOCÍNIO LÓGICO MATEMÁTICO
Prof. Bruno Leal
Aula 01

(Colégio Pedro II – CPII) Numa divisão, o divisor é 12, o quociente é 10 e o resto


é o maior possível. Qual o dividendo?
Solução: Vejamos inicialmente um exemplo: numa divisão por 4, pode o resto
ser, digamos, 7? Certamente o leitor respondeu NÃO. Pode ser o próprio 4?
Também não. O resto MÁXIMO, numa divisão por 4, é 3. De maneira geral, o
resto máximo numa divisão é dado por DIVISOR MENOS 1 UNIDADE (d – 1).
Como no nosso exercício o divisor é 12, o resto máximo será 12 – 1 = 11.
Como o dividendo (D) é igual ao divisor (d) x quociente (q) + resto (r) (prova
real da divisão), logo D = 12 x 10 + 11 = 131.
GABARITO: 131

(Escola de Aprendizes–Marinheiros – EAM) Um barco com velocidade média de


40 nós, percorre a distância entre duas cidades em 5 horas. Se o nó é igual a
uma milha marítima por hora, e, uma milha marítima é igual a 1852 m, a distância
entre as duas cidades percorrida pelo barco em km é:
Solução: Como 1 nó = 1 mi/h, então 1 nó = 1852 m/h e 40 nós serão iguais a
1852 x 40 = 74080 m/h.
Logo, em 5 horas, a distância percorrida será 74080 x 5 = 370.400 m ou 370,4
km.
GABARITO: 370,4 km

(CMRJ) Um aluno, ao tirar a prova de uma divisão, escreveu a seguinte expressão:


17 x 32 + 18 = 562. O divisor nessa divisão foi o número:
Solução: Como já foi comentado acima, a relação fundamental da divisão é D = d
x q + r.
No nosso caso, claramente percebe-se que o dividendo é o 562 e o resto, 18.
Resta decidir qual dos números restantes é o divisor que, num primeiro momento,
parece ser o 17. Porém, sabemos que, numa divisão, o divisor é SEMPRE maior
que o resto, logo, o divisor não pode ser o 17 por ser este número menor que o
resto (18). Logo, o divisor só pode ser o 32.
GABARITO: 32

(TRT – 21ª R) Um funcionário recebeu R$ 300,00 para comprar sacos plásticos


de um certo tipo. Pesquisando os preços, encontrou na loja x e na loja y os
seguintes resultados:

Prof. Bruno Leal www.concurseiro24horas.com.br 9|11


- CPF:
CURSO REGULAR GRATUITO
RACIOCÍNIO LÓGICO MATEMÁTICO
Prof. Bruno Leal
Aula 01

É verdade que
na compra de 5 000 sacos, economizará exatamente R$ 20,00 se o fizer na loja
y.
na compra de 3 000 sacos, economizará exatamente R$ 30,00 se o fizer na loja
y.
na compra de 7 000 sacos, economizará exatamente R$ 50,00 se o fizer na loja
y.
ele tem dinheiro suficiente para comprar 8 200 sacos na loja x.
ele tem dinheiro suficiente para comprar 12 500 sacos na loja y.
Solução: Analisemos cada alternativa individualmente:
(A) Compra de 5000 sacos:
Na loja x → 5000 : 500 = 10 → 10 . 20 = 200 reais;
Na loja y → 5000 : 1000 = 5 → 5 . 30 = 150 reais, economia de 50 reais, não de
20.

(B) Compra de 3000 sacos:


Na loja x → 3000 : 500 = 6 → 6 . 20 = 120 reais;
Na loja y → 3000 : 1000 = 3 → 3 . 30 = 90 reais, economia de 30 reais, sendo
esta a alternativa correta.

GABARITO: B

(TRT – 21ª R) Nos dados bem construídos, a soma dos pontos das faces opostas
é sempre igual a 7. Um dado bem construído foi lançado três vezes. Se o produto
dos pontos obtidos foi 36, o produto dos pontos das faces opostas pode ser:
Solução: Sendo o produto 36, as possibilidades são:
1º) Faces sorteadas: 1, 6 e 6 → as faces opostas são 6, 1 e 1 (lembre que a
soma das faces opostas é 7), sendo o produto dessas faces opostas 6 x 1 x 1 = 3
também;

2º) Faces sorteadas: 2, 3 e 6 → faces opostas: 5, 4 e 1, cujo produto é 20;

3º) Faces sorteadas: 3, 3 e 4 → faces opostas: 4, 4 e 3, cujo produto é 48.

Prof. Bruno Leal www.concurseiro24horas.com.br 10|11


- CPF:
CURSO REGULAR GRATUITO
RACIOCÍNIO LÓGICO MATEMÁTICO
Prof. Bruno Leal
Aula 01

Logo, o produto pedido pode ser 36, 20 ou 48.

GABARITO: 36, 20 ou 48

Após substituir os números 1, 9, 8 e 3 pelas quatro letras da adição BAD + MAD


+ DAM, a maior soma obtida é igual a:
Solução: O que representa o numeral 235? Representa a adição 200 + 30 + 5,
não é verdade? Podemos reescrever tal adição da forma 2 x 100 + 3 x 10 + 5.
Da mesma forma, o numeral 487, DECOMPOSTO, representa 400 + 80 + 7 = 4 x
100 + 8 x 10 + 7.

No nosso exercício, decompondo as parcelas, temos 100B + 10A + D + 100M +


10A + D + 100D + 10A + M = 102D + 101M + 100B + 30A.

Logo, como queremos a maior soma possível, devemos substituir D por 9, M por
8, B por 3 e A por 1, obtendo 918 + 808 + 300 + 30 = 2056.

GABARITO: 2056

(OBM) Um pequeno caminhão pode carregar 50 sacos de areia ou 400 tijolos. Se


foram colocados no caminhão 32 sacos de areia, quantos tijolos pode ainda ele
carregar?
Solução: Se já foram colocados 32 sacos de areia, então ainda podem ser
colocados 50 – 32 = 18 SACOS DE AREIA.

Se 50 sacos equivalem a 400 tijolos, então 1 saco equivale a 400 : 50 = 8 tijolos.


Podem, então, ainda ser colocados no caminhão 18 x 8 = 144 tijolos.

GABARITO: 144

Prof. Bruno Leal www.concurseiro24horas.com.br 11|11

Powered by TCPDF (www.tcpdf.org)

Você também pode gostar