Você está na página 1de 2

21/02/2019

Classificação geral das obrigaçõ es


 Positivas e negativas
•positivas: São aquelas que consistem na pratica de determinada conduta feita
pelo devedor em favor do credor (obrigações de dar, de fazer)
•negativas: São aquelas que consistem na abstenção de conduta feita pelo
devedor em favor do credor (obrigações de não fazer)
 Simples e conjuntas ou cumulativas
•simples: São aquelas em que a prestação recai sobre uma só coisa singular ou
coletiva
•conjuntas ou cumulativas: São aquelas em que o objeto recai sobre muitas
coisas e todas devem ser pagas ou cumpridas
 Instantâneas ou periódicas
•instantâneas: São aquelas que se exaurem em um só ato ou em um só fato
•periódica: Solve-se a obrigação em trato sucessivo ou continuado num espaço
de tempo mais ou menos longo (execução continuada)
 Alternativas ou disjuntivas
•embora exista pluralidade de prestações o devedor só está a distrito a uma
delas
 Única e múltiplas
•únicas: São aquelas em que há unidade de sujeitos nas duas polaridades da
obrigação
•múltiplas: São aquelas em que há pluralidade de sujeitos em qualquer das
polaridades da obrigação
 Divisíveis e indivisíveis
•divisíveis: São aquelas suscetíveis de repartição do objeto frente aos vários
credores e/ou vários devedores
•Indivisíveis: São aquelas que não admitem repartição do objeto entre os
vários sujeitos por comprometimento da sua capacidade de utilização e/ou do
seu valor econômico
 Solidarias
•dentre várias designadas como sujeitos ativos ou passivos uma será escolhida
para pagar ou para receber embora garantido o direito de reversão para os
demais
 De meio e de resultado
•de meio: São aquelas em que o devedor não garante o resultado, mas tão
somente a boa execução do meio
•de resultado: São aquelas em que não há relevância a condição pertinente a
execução da obrigação, mas o resultado deve ser alcançado
 Puras e simples: são aquelas em que a sua eficácia não fica subordinada a qualquer das
modalidades dos atos jurídicos
 Condicionais: são aquelas dependentes de acontecimentos futuro e incerto que pode
se verificar ou não
21/02/2019

 Modais: ocorrem quando se impõe um ônus ao devedor beneficiado com determinada


liberalidade
 Liquidas e ilíquidas
•liquidas: São aquelas certas quanto a sua existência e determinadas quanto ao seu
alcance
•ilíquidas: ao contrário são as que dependem de previa apuração visto ser incerto o
montante da prestação
Obs.: toda obrigação só admite cumprimento se transformada em liquida
 Civis e naturais
•Civis: são aquelas disciplinadas pelo direito positivo reunindo todos os elementos
indispensáveis a configuração do vínculo jurídico
•Naturais: ocorrem quando se funda num mero dever de ordem moral ou social cujo o
cumprimento não e juridicamente exigível correspondendo a um dever de justiça. Sua
principal característica consiste no fato de que seu inadimplemento não dá ensejo a
pretensão de uma execução ou de um ressarcimento e pela circunstância de que seu
cumprimento espontâneo e valido não comportando repetição. Estão previstas nos
artigos 882 (dividas prescritas), 814 e 883 (dividas de jogo)

Você também pode gostar