Você está na página 1de 4

CÁLCULO DE PROGRESSÃO (Caso Dhony)

1º PASSO: (data efetiva) -> 16/09/2013


2º PASSO: (pena total) -> 15a, 4m, 25d
Obs: Pena remanescente = Pena total + pena cumprida. Estão atualizadas até a data
da impressão do extrato. (ela não é relevante para a execução penal do acusado).
Para fazer o cálculo, será preciso fazê-lo somente com base no que ele já cumpriu até
a data efetiva. Ou seja, até a data da impressão. Para descobrir a pena cumprida será
preciso analisar o tempo em que ele ficou recolhido e para fazer isso será feita a
soma desses recolhimentos através da tabela de recolhimentos e saídas
DESPREZANDO A ÚLTIMA LINHA. Porque o tempo em que consta na última linha
excede a data efetiva. Vai de 16/09/13 (data efetiva) até a data da impressão. Não
sendo relevante para o cálculo.

3º PASSO: (pena cumprida) -> 5a 1m 3d


+ 3m 1d
1m 1d
3m 1d
3m 26d
5a 11m 32d (considere que o mês tem sempre 30
dias)

5a 12m 2d ou 6a 0m 2d -> PENA CUMPRIDA

4º PASSO: sabe-se a pena total e a pena cumprida do acusado. Mas para saber
quanto tempo ele precisa cumprir no regime fechado para progredir para o regime
semi-aberto, o cálculo da fração de 1/6 não é em cima nem da Pena Total e nem da
Pena Cumprida. Mas em cima da Pena Remanescente (o que falta para ele cumprir).
Que assim trabalha-se com as 2 penas.
Então, subtrai-se a pena total menos a pena cumprida.
PT – PC = PR
15a 4m 25d
-- 06a 0m 02d
09a 4m 23d -> PENA REMANESCENTE

Em cima dessa pena (o que falta para ele cumprir) que se vai descobrir quanto tempo
o acusado precisou ficar no regime fechado para ter direito à progressão para o
outro regime (semi-aberto).
Seguinte passo: cálculo com base na fração;
5º PASSO: 09a 4m 23d X 1
6

9a 4m 23d 6
-6a 1a 6m 23d
3a
X12m
36m
+4m
40m
-36m
4m X (d)
4m X 30 = 120d + 23d = 143d
-138
5d (não sendo relevante transformar dia para hora.)

Ou seja, o resultado de 1a 6m 23d é o que o acusado precisou cumprir no regime


fechado para ter direito a progressão para o semiaberto.

6º PASSO: Data Efetiva + 1a 6m 23d


16/09/2013
+ 23d 6m 1a
39d 15m 2014a
9d 16m 2014a
9d 4m 2015a
09/04/2015 – DATA DA PROGRESSÃO DE REGIME (sem os dias remidos)

7º PASSO: Logo acima da pena remanescente na tabela, há os dias remidos do


acusado (dias trabalhados, estudados, leituras específicas...) neste caso, há um
desconto da pena. No exemplo acima, há 33 dias de pena remida. Então haverá o
cálculo com o desconto abaixo.

15 a 4 m 9 d
- 33d/ 1m 3d
2015a 3m 6d

06/03/2015 – DATA DA PROGRESSÃO DE REGIME p/ semi-aberto. (c/ os dias


remidos)

 Junto com o semiaberto há 2 benefícios: O trabalho externo e as saídas


temporárias.
 Junto com eles há os requisitos objetivos e os subjetivos. Nos subjetivos
será analisado o comportamento adequado, a disciplina, a
responsabilidade. O requisito objetivo é o comprimento mínimo de 1/6 da
pena se o réu for primário, e 1/4 se for reincidente. Sempre que o
sentenciado progrediu com 1/6 da pena ou 1/4 no caso de reincidência, ele
automaticamente na mesma data da progressão de regime ele já terá o
direito também ao trabalho externo. Isso inclui também a fração de 2/5 e
3/5. Além da compatibilidade do benefício com os objetivos da pena. Sendo
natural que o sentenciado tenha tais benefícios salvo as hipóteses que não
se recomenda a sua reinserção sem as devidas cautelas.
 OBS: A DATA DA PEÇA É A DATA DA PROGRESSÃO DO REGIME.

Você também pode gostar