Você está na página 1de 6

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL

Adaptações, Metodologia e Atividades


para TDHA e Altas Habilidades
APRESENTAÇÃO

Prezado aluno (a),

Você está recebendo o Guia de Estudos do curso de Pós-Graduação Lato


Sensu em Psicopedagogia Institucional.
As ciências humanas estão em crise. Uma crise que vem levantando
dúvidas bastante corrosivas acerca da natureza e da cientificidade do objeto de
suas investigações, e que coloca em cheque os objetivos que tais ciências se
propõem atingir. A relação entre a psicologia como ciência constitutiva do
processo educativo e a educação como instituição cultural e como atividade
psicossocial capaz de perpetuar, sistematizar ou estabelecer modos de
comportamento, vem-se tornando cada vez mais um dos alvos mais visados pelas
reavaliações que esta crise impõe. ~ uma crise bastante profunda à medida que
o avanço da crítica epistemológica vem mostrando uma dificuldade - outrora
não suspeitada -em se fixar limites e fronteiras entre a vertente empírica e a
vertente normativa dessas ciências. Outrora até às ciências francamente
normativas, como é o caso do direito, atribuíam-se determinantes de natureza
empírica, derivados de leis universais subjacentes. É o que ocorre de modo
flagrante na hipótese de um direito natural ou de aspectos naturais do direito.
Hoje essa problemática filosófica tende a inverter.
De acordo com Antunes (2007 apud BARBOSA 2012 p. 163 – 173) a
Psicologia Educacional pode ser descrita como uma subárea da psicologia que é
considerada uma área de conhecimento a qual entendemos como corpus
sistemático e organizado de saberes científicos, produzidos de acordo com
procedimentos definidos, referentes à determinados fenômenos ou conjunto de
fenômenos constituintes da realidade, fundamentado em questões ontológicas,
epistemológicas, metodológicas e éticas determinadas. É importante
considerarmos as diversas concepções, abordagens e teorias que constituem esta
área de conhecimento.
Assim podemos afirmar que a Psicologia da Educação ou Psicologia
Educacional é uma subárea de conhecimento, que tem como vocação a
produção de saberes relativos aos fenômenos psicológicos constituinte do
processo educativo.
Grato,
Prof. Esp. Kellermann dos Santos
Introdução

A disciplina que estudaremos agora tem como principal objetivo informar


ao aluno e ensiná-lo a promover em seus estudos na disciplina Adaptações,
Metodologia para TDHA e Altas Habilidades.Esta disciplina identificação e a
avaliação do aluno com altas habilidades/ superdotação têm se constituído
um desafio para educadores e psicólogos. A simples rotulação de um indivíduo
com altas habilidades/superdotação não tem valor ou importância se não for
contextualizada dentro de um planejamento pedagógico ou de uma
orientação educacional. Além disso, o processo de identificação deste aluno
deve ter como base referenciais teóricos consistentes e resultados de pesquisas
sobre o tema. Portanto, o propósito deste capítulo é discutir estratégias de
identificação de alunos com altas habilidades/superdotação que ofereçam
uma sistemática adequada e eficaz para atender este grupo e que seja
consistente com a literatura atual. Apesar de ser uma tarefa complexa, é nosso
objetivo discutir maneiras de construção do processo de identificação, que
gerem informações sobre o aluno com alto potencial e orientem a prática
docente em termos do planejamento de aula, seleção de estratégias de ensino
e métodos de avaliação do desempenho escolar.
A literatura aponta a necessidade de identificação do indivíduo com
altas habilidades/superdotação o quanto antes de forma a se evitar problemas
de desajustamento, desinteresse em sala de aula e baixo rendimento escolar
(McCoach & Siegle, 2003). A sistemática de identificação da criança
superdotada deve considerar a definição de superdotação que se mostrar
mais adequada ao contexto em questão. Essa identificação só terá sentido se
for possível oferecer também um conjunto de práticas educacionais que
venham atender às necessidades e favorecer o desenvolvimento do aluno.
Ademais, estudiosos da área sugerem que a combinação de
instrumentos pode assegurar um maior número de crianças identificadas como
superdotadas ainda em idade pré-escolar. O processo de identificação deve
estar diluído em diversas fases e a identificação precoce é necessária para
assegurar o desenvolvimento saudável de crianças superdotadas.

Artigo

AS APRENDIZAGENS DE UM SUJEITO COM CARACTERÍSTICAS DE ALTAS


HABILIDADES/SUPERDOTAÇÃO ASSOCIADAS AO TRANSTORNO DE
DÉFICIT DE ATENÇÃO/HIPERATIVIDADE

Hosda, Carla Beatriz Kunzler


Romanowski, Caroline Leonhardt

Link do artigo para leitura completa:

http://www.ucs.br/etc/conferencias/index.php/anpedsul/9anpedsul/paper/vie
wFile/143/642
Resumo:

O presente artigo apresenta uma pesquisa acadêmica realizada como


Trabalho de Conclusão do Curso de Pedagogia da Universidade Federal de
Santa Maria – Rio Grande do Sul. Esta pesquisa foi desenvolvida em 2011 e
teve como objetivo geral problematizar questões referentes às práticas
educacionais direcionadas para um sujeito com características de altas
habilidades/superdotação (AH/SD) associadas ao transtorno de déficit de
atenção/hiperatividade (TDAH) em seus contextos de aprendizagem. Logo,
este artigo objetiva tecer reflexões a partir de um dos núcleos da análise dos
dados, na qual se buscou realizar um levantamento das práticas educacionais
direcionadas a um sujeito com AH/SD associada ao TDAH. Este estudo
caracteriza-se como uma pesquisa qualitativa, de tipo estudo de caso, e os
instrumentos para coleta de dados delimitam-se em entrevistas
semiestruturadas. Dentre os resultados alcançados, pode-se destacar que a
partir de três realidades pesquisadas, algumas ações, características e
concepções se convergem e outras se diferem conforme cada contexto, as
quais serão mais bem especificadas ao longo do trabalho. Por fim, espera-se
que esta investigação possa disponibilizar aos profissionais da educação e as
famílias informações para melhor identificar, planejar, construir estratégias e
minimizar a dicotomia diante das singularidades dos sujeitos com AH/SD
associada ao TDAH.

Palavras-chave: Altas habilidades/superdotação. Transtorno de déficit de


atenção/hiperatividade. Aprendizagem.

III – Referências

http://www.educacao.salvador.ba.gov.br/site/documentos/espaco-virtual/espaco-
educar/educacao-
especial/publicacoes/altas%20habilidades%20livro%20II.pdf#page=53
http://www.ucs.br/etc/conferencias/index.php/anpedsul/9anpedsul/paper/viewFile/14
3/642

Você também pode gostar