Você está na página 1de 26

Modelo de Plano de Aula ou Sequência Didática, no contexto do Estágio não

Presencial, devido a Pandemia Covid-19


(De acordo com a BNCC)

Imagine-se como Professor: Você deverá elaborar um Plano de Aula para ser
desenvolvido em uma aula não presencial, considerando o contexto da
Pandemia Covid-19.

TEMA: DANÇA - MOVIMENTO PARA O CONHECIMENTO

ALUNO:

ESCOLA / INSTITUIÇÃO: Claretiano – Colégio São José de Batatais

DATA DA ELABORAÇÃO: 06/09/2021.

1. Título da aula: Dança - Movimento para o conhecimento

2.Tempo necessário: (quantas aulas ou horas serão necessárias para o


desenvolvimento desta aula).
UMA AULA – 45 MINUTOS de aula e 5 minutos de pausa para troca de sala (acesso ao outro link).

3. Etapa de ensino
( ) Ensino Fundamental ( anos iniciais)
(x) Ensino Fundamental ( anos finais) ou Educação de Jovens e Adultos
( ) Ensino Médio ou Educação de Jovens e Adultos

4.Ano ou série da etapa de ensino


Ensino Fundamental (anos iniciais): 1º ano ( ) 2º ano ( ) 3º ano ( ) 4º ano ( ) ou 5º ano ( )
Ensino Fundamental (anos finais): 6º ano ( x ) ou 7º ano ( ) ou 8º ano ( ) ou 9º ano ( )
Ensino Médio: 1º ano ( ) ou 2º ano ( ) ou 3º ano

5. Objetivos da aula e Competências e Habilidades que serão trabalhadas na


aula:

5.1. Objetivos da aula: O que se pretende alcançar, realizar ou obter. Um propósito a


alcançar ou realizar (WINTER, 2017, p.98). Os objetivos expressam os resultados que se
esperam que os alunos tenham quanto aos conhecimentos, habilidades, hábitos, atitudes,
buscando o aprender. (WINTER, 2017,p. 97).
• Interagir com o grupo com respeito ao colega.
• Trabalhar a expressão corporal.
• Aprofundar os conhecimentos sobre alguns tipos de danças no Brasil e fora dele.
• Conhecer, debater e formular novos conhecimentos acerca da dança no Brasil.
5.2. Competências Específicas (utilizar as competências propostas na BNCC, caso o
plano de aula seja para o Ensino Fundamental anos iniciais, anos finais e Ensino Médio)
Aqui não são utilizados objetivos e sim Competências, considerando a proposição da
BNCC.
A Competência Específica proposta na BNCC para esta aula é a de Investigar e experimentar
procedimentos de improvisação e criação do movimento como fonte para a construção de
vocabulários e repertórios próprios.

5.3.Habilidades a serem desenvolvidas: citar as habilidades específicas,


considerando Componente Curricular do Ensino Fundamental anos iniciais, anos finais
ou Ensino Médio)
As habilidades específicas que se pretende desenvolver com esta aula é de desenvolvimento e
criação de novas formas de expressão, através da dança como expressão corporal, atendendo
assim parcialmente ao que a BNCC propõe em: (EF69AR12) Investigar e experimentar
procedimentos de improvisação e criação do movimento como fonte para a construção de
vocabulários e repertórios próprios.

6. Área do Conhecimento (indicado pelos números e Componente Curricular


(entre parênteses)

Ensino Fundamental - anos iniciais (apenas Música e Educação Física) anos finais todas
as licenciaturas, exceto Pedagogia): indicar qual a Área do Conhecimento em que a aula
será realizada, caso o plano de aula seja para o Ensino Fundamental - anos finais)

1) Linguagens (Língua Portuguesa, Arte, Educação Física e Língua Inglesa);


Área do Conhecimento: Arte – Dança

2)Matemática (Matemática); 3) Ciências da Natureza (Ciências); 4) Ciências Humanas


(Geografia e História); 5) Ensino Religioso (Ensino Religioso)

Ensino Médio: indicar qual a Área do Conhecimento em que a aula será realizada. No
Ensino Médio, estão presentes quatro áreas: Linguagens e suas Tecnologias; Matemática
e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias; Ciências Humanas e Sociais
Aplicadas.

7. Conteúdo:
Unidades Temáticas/ Objetos do Conhecimento (Conteúdos). Buscar na BNCC
as unidades iniciais ou finais do Ensino Fundamental.

Para o Ensino Médio: na BNCC do Ensino Médio não tem conteúdos explícitos, ou seja,
você não vai encontrar o conteúdo na BNCC do EM. Você deverá buscar na BNCC o
conteúdo dentro da habilidade, caso o plano de aula seja no Ensino Médio. Você deve ler
as habilidades e dentro delas, extrair o conteúdo. Exemplo: Dentro da Habilidade:
Compreender e analisar processos de produção e circulação de discursos, nas diferentes
linguagens, para fazer escolhas fundamentadas em função de interesses pessoais e
coletivos, o conteúdo é: Produção e circulação de discursos nas diferentes linguagens.

Para ajudar: O que ensinar e aprender? Os conteúdos são os saberes a serem trabalhados;
devem ser vistos como meio para que os alunos desenvolvam as capacidades que lhes
permitam produzir e usufruir dos bens culturais, sociais e econômicos (BRASIL, 1997).
Observação: sempre articular os conteúdos com competências e habilidades (Ensino
Fundamental e Ensino Médio).
Para detalhar os conteúdos poderão ser utilizados livros didáticos de diversas áreas do
conhecimento. Todo o conteúdo a ser trabalhado com os alunos deve aparecer neste plano.
A BNCC propõe conteúdos de: Dança, Artes Visuais, Música e Teatro para o ensino de Artes no
Ensino Fundamental II (séries finais).

O Colégio São José aplica conteúdo de Dança ao 6º ano, alinhado ao conteúdo da BNCC, detalhados
abaixo:

(EF69AR09) Pesquisar e analisar diferentes formas de expressão, representação e encenação da


dança, reconhecendo e apreciando composições de dança de artistas e grupos brasileiros e
estrangeiros de diferentes épocas. Elementos da linguagem;

(EF69AR10) Explorar elementos constitutivos do movimento cotidiano e do movimento dançado,


abordando, criticamente, o desenvolvimento das formas da dança em sua história tradicional e
contemporânea;

(EF69AR11) Experimentar e analisar os fatores de movimento (tempo, peso, fluência e espaço)


como elementos que, combinados, geram as ações corporais e o movimento dançado. Processos
de criação;

(EF69AR12) Investigar e experimentar procedimentos de improvisação e criação do movimento


como fonte para a construção de vocabulários e repertórios próprios;

(EF69AR13) Investigar brincadeiras, jogos, danças coletivas e outras práticas de dança de


diferentes matrizes estéticas e culturais como referência para a criação e a composição de danças
autorais, individualmente e em grupo;

(EF69AR14) Analisar e experimentar diferentes elementos (figurino, iluminação, cenário, trilha


sonora etc.) e espaços (convencionais e não convencionais) para composição cênica e
apresentação coreográfica;

(EF69AR15) Discutir as experiências pessoais e coletivas em dança vivenciadas na escola e em


outros contextos, problematizando estereótipos e preconceitos.

8. Estratégia de Ensino
(Sugestões de estratégias: texto de WINTER, 2017, Capítulo 3, Pearson ou FARAGO,
Alessandra Corrêa. Didática. Batatais: Claretiano, 2013. p. 125 – 168. Unidade 3:
Estratégias Didáticas.)
(Neste item, deverá ser citada apenas estratégia que será usada para a aula não presencial,
e no item abaixo, detalhar a aula com a estratégia).
Para iniciar a estratégia de ensino o professor deve realizar uma dinâmica para sondar os
conhecimentos prévios dos alunos acerca do que é a dança. O professor utilizará o ambiente
virtual de aprendizagem já existente na escola e acompanhará cada aluno em seu ambiente (sua
casa) com a câmera ligada (se possível).

9. Detalhamento da Aula
Como será a aula não presencial e detalhar o conteúdo que será trabalho com os alunos.
Para ajudá-lo(a) na elaboração dos procedimentos didáticos, ou estratégias de ensino,
você poderá consultar BRASIL. Portal Domínio Público. Disponível em:
http://www.dominiopublico.gov.br. Acesso em: 25 jan. 2020. Lembrando que neste item,
você deverá iniciar dizendo: Esta aula será realizada a partir da estratégia de ensino: (aqui
escrever a estratégia que vai utilizar na aula não presencial). Depois você deverá detalhar
como será a aula não presencial, desde seu início até a finalização.
O Colégio São José trabalha na disciplina de Arte para o 6º. Ano do Fund II, um projeto de dança,
alinhado ao que BNCC propõe.

Sendo assim, essa aula pretende trabalhar os seguintes aspectos:

. A arte e o corpo;

. A representação do corpo;

. O corpo na arte;

. A performance.

Nesta aula, será dada a oportunidade de o aluno criar um espaço em seu ambiente de estudo (sua
casa, se possível com a câmera ligada) onde o professor irá inicialmente pedir para que os alunos
façam um pequeno exercício de respiração e de alongamento, irá colocar uma música (Música:
Bola de Meia, Bola de gude de Milton Nascimento) e o aluno deixará a música “entrar em seu
corpo” de forma que ele se expresse e se solte com o embalo da música e as ideias que sua letra
traz, sem movimentos “certos ou errados”, só deixando que o corpo se mexa e se solte. Esses
movimentos serão observados pelo professor que poderá estimular com palavras de incentivo e
também identificar se algum aluno está com dificuldade e assim, propor alternativas para execução
da dança. No final, o professor convidará os alunos para se sentarem confortavelmente e exporem
as sensações que tiveram.

10. Recursos/materiais
Com o que ensinar e aprender? Aqui você deve considerar os recursos que poderão apoiar
ensino não presencial:
Aplicativos utilizados.
Sala de Aula Virtual
E outros materiais.
Os materiais utilizados nesta aula são:

1. Ambiente Virtual de Aprendizado, já existente no Colégio São José;


2. Aparelho para reprodução da música “Bola de meia, bola de gude”, de Milton Nascimento.

11.Sugestão de trabalho interdisciplinar


Dentro deste item devem aparecer outras áreas do conhecimento (para o Ensino Médio)
e outros componentes curriculares - disciplinas/áreas (para o Ensino Fundamental) e
também estes temas: direitos da criança e do adolescente (Lei nº 8.069/199016),
educação para o trânsito (Lei nº 9.503/199717), educação ambiental (Lei nº 9.795/1999,
Parecer CNE/CP nº 14/2012 e Resolução CNE/CP nº 2/201218), educação alimentar e
nutricional (Lei nº 11.947/200919), processo de envelhecimento, respeito e valorização do
idoso (Lei nº 10.741/200320), educação em direitos humanos (Decreto nº 7.037/2009,
Parecer CNE/CP nº 8/2012 e Resolução CNE/CP nº 1/201221), educação das relações
étnico-raciais e ensino de história e cultura afro-brasileira, africana e indígena (Leis nº
10.639/2003 e 11.645/2008, Parecer CNE/CP nº 3/2004 e Resolução CNE/CP nº
1/200422), bem como saúde, vida familiar e social, educação para o consumo, educação
financeira e fiscal, trabalho, ciência e tecnologia e diversidade cultural (Parecer CNE/CEB
nº 11/2010 e Resolução CNE/CEB nº 7/201023).
Não precisa detalhar, apenas dizer em que momento da aula vou trabalhar esses
temas/relação com o conteúdo da aula.
No momento em que o aluno estiver realizando a dança como expressão corporal, pretendo que
o aluno também trabalhe sua saúde mental, com a oportunidade de se obter um relaxamento com
os movimentos de soltura do corpo. Também pretendo um envolvimento familiar e social já que
cada aluno estará realizando a atividade no ambiente da sua casa (aula remota).

12. Avaliação
Qual o tipo de avaliação que será utilizada? E o instrumento? (Exemplo:
Indicar o Tipo de Avaliação: Formativa
Indicar o Instrumento Avaliativo: que pode ser um Relatório de um trabalho em grupo,
exercício, observação, resultado de projeto.
O tipo de avaliação será: Formativa.

O instrumento avaliativo será: Elaboração de um relatório pelo professor que relatará as reações
dos alunos, o que eles comentaram no final, eventuais dificuldades e alternativas propostas pelo
professor para contorná-las. Neste relatório o professor também registrará se os objetivos foram
atingidos e se há necessidade de alguma adaptação/revisão para futuras aulas.

13. Referências
Quais livros, revistas, vídeos e sites você utilizou para elaborar a aula não presencial?

http://portaldoprofessor.mec.gov.br

Revista Nova Escola. Dança na escola: uma educação pra lá de física. Disponível em:
http://revistaescola.abril.com.br/educacao-fisica/pratica-pedagogica/danca-escola-educacao-
pra-la-fisica-424014.shtml. Acesso em 10 de julho de 2013.

14. Etapas para preparar a aula não presencial.


Ao planejar a aula não presencial é importante que você tenha consciência e saiba
detalhadamente como você faz organizar e elaborar o plano de aula. Escreva também o
que a caracteriza para ser realizada de forma remota.
1. Criar o link para acesso do aluno ao Ambiente Virtual de Aprendizagem;
2. Disponibilizar o link na Aba Material e na Aba Correio;
3. Deixar a música já posicionada para tocar no aparelho de som escolhido;
4. Anotar os passos a serem seguidos e se orientar por eles;
5. Pensar em alternativas para caso o aluno não consiga se soltar/participar;
6. Pensar em alternativas caso o aluno não possa ligar a câmera e assim, não ter como
acompanhá-lo/avaliá-lo.

Critérios de Avaliação e Correção do Planos de Aula: Ao elaborar o Plano de Aula


(acima) para uma aula não presencial, esteja atento aos critérios que serão considerados na
correção do mesmo:

- Desenvolvimento adequado de todos os quatorze itens detalhados no Modelo de Plano Aula


proposto pelo Claretiano – Centro Universitário de Batatais.

- Adequação dos Objetos do Conhecimento/ Conteúdo à etapa do ensino, considerando os


saberes propostos pela BNCC. (Os Objetos do Conhecimento propostos no Plano de Aula
estão adequados à etapa do ensino selecionada, bem como aos Objetos do Conhecimento
(Conteúdos) previstos na BNCC para a etapa em questão?)

- Ensino Fundamental e Médio: Coerência entre as estratégias de ensino propostas e


habilidades e competências previstas para a aula. (As estratégias e atividades propostas
permitem que as habilidades e competências previstas sejam desenvolvidas?)

- Adequação do tempo e dos recursos/materiais aos objetivos da aula. (O tempo estipulado


para a aula no Plano de Aula, bem como os recursos e materiais, são suficientes para permitir
que os objetivos propostos sejam alcançados?)

- Instrumento avaliativo proposto e acompanhamento adequado da aprendizagem. (A


avaliação proposta, para além de simplesmente atribuir notas ou conceitos, permite uma
análise sobre o processo de ensino e aprendizagem, avaliando não somente se os objetivos
propostos puderam ser alcançados, mas também se o Plano de Aula precisa ser repensado
dentro de um ciclo de avaliação, reflexão e replanejamento?)

- Das competências propostas, podem ser integral ou parcialmente atendidas?

-Das estratégias: Como viabilizar? Coerência entre a proposição e a implementação.


Modelo de Plano de Aula ou Sequência Didática, no contexto do Estágio não
Presencial, devido a Pandemia Covid-19
(De acordo com a BNCC)

Imagine-se como Professor: Você deverá elaborar um Plano de Aula para ser
desenvolvido em uma aula não presencial, considerando o contexto da
Pandemia Covid-19.

TEMA: AUDIOVISUAL – PROJETO DE PRODUÇÃO

ALUNO:

ESCOLA / INSTITUIÇÃO: Claretiano – Colégio São José de Batatais

DATA DA ELABORAÇÃO: 13/09/2021.

1. Título da aula: Audiovisual - projeto de produção

2.Tempo necessário: (quantas aulas ou horas serão necessárias para o


desenvolvimento desta aula).
DUAS AULAS de 45 MINUTOS de aula e 5 minutos de pausa para troca de sala (acesso ao outro
link).

3. Etapa de ensino
( ) Ensino Fundamental ( anos iniciais)
(x) Ensino Fundamental ( anos finais) ou Educação de Jovens e Adultos
( ) Ensino Médio ou Educação de Jovens e Adultos

4.Ano ou série da etapa de ensino


Ensino Fundamental (anos iniciais): 1º ano ( ) 2º ano ( ) 3º ano ( ) 4º ano ( ) ou 5º ano ( )
Ensino Fundamental (anos finais): 6º ano ( ) ou 7º ano ( x ) ou 8º ano ( ) ou 9º ano ( )
Ensino Médio: 1º ano ( ) ou 2º ano ( ) ou 3º ano

5. Objetivos da aula e Competências e Habilidades que serão trabalhadas na


aula:

5.1. Objetivos da aula: O que se pretende alcançar, realizar ou obter. Um propósito a


alcançar ou realizar (WINTER, 2017, p.98). Os objetivos expressam os resultados que se
esperam que os alunos tenham quanto aos conhecimentos, habilidades, hábitos, atitudes,
buscando o aprender. (WINTER, 2017,p. 97).
Os alunos irão desenvolver um projeto de audiovisual tendo como referência o material de
pesquisa, ou seja, a experiência dos alunos que fora apresentada.
Para esta etapa, será necessário que a turma defina quais temas serão trabalhados na produção
dos audiovisuais.

5.2. Competências Específicas (utilizar as competências propostas na BNCC, caso o


plano de aula seja para o Ensino Fundamental anos iniciais, anos finais e Ensino Médio)
Aqui não são utilizados objetivos e sim Competências, considerando a proposição da
BNCC.
A Competência Específica proposta na BNCC para esta aula é a de analisar situações nas quais as
linguagens das artes visuais se integram às linguagens audiovisuais.

5.3.Habilidades a serem desenvolvidas: citar as habilidades específicas,


considerando Componente Curricular do Ensino Fundamental anos iniciais, anos finais
ou Ensino Médio)
As habilidades específicas que se pretende desenvolver com esta aula é de desenvolvimento e
criação de novas formas de expressão, através da dança como expressão corporal, atendendo
assim parcialmente ao que a BNCC propõe em: (EF69AR03) Analisar situações nas quais as
linguagens das artes visuais se integram às linguagens audiovisuais (cinema, animações, vídeos
etc.), gráficas (capas de livros, ilustrações de textos diversos etc.), cenográficas, coreográficas e
musicais.

6. Área do Conhecimento (indicado pelos números e Componente Curricular


(entre parênteses)

Ensino Fundamental - anos iniciais (apenas Música e Educação Física) anos finais todas
as licenciaturas, exceto Pedagogia): indicar qual a Área do Conhecimento em que a aula
será realizada, caso o plano de aula seja para o Ensino Fundamental - anos finais)

1) Linguagens (Língua Portuguesa, Arte, Educação Física e Língua Inglesa);


Área do Conhecimento: Arte – Artes Visuais

2)Matemática (Matemática); 3) Ciências da Natureza (Ciências); 4) Ciências Humanas


(Geografia e História); 5) Ensino Religioso (Ensino Religioso)

Ensino Médio: indicar qual a Área do Conhecimento em que a aula será realizada. No
Ensino Médio, estão presentes quatro áreas: Linguagens e suas Tecnologias; Matemática
e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias; Ciências Humanas e Sociais
Aplicadas.

7. Conteúdo:
Unidades Temáticas/ Objetos do Conhecimento (Conteúdos). Buscar na BNCC
as unidades iniciais ou finais do Ensino Fundamental.

Para o Ensino Médio: na BNCC do Ensino Médio não tem conteúdos explícitos, ou seja,
você não vai encontrar o conteúdo na BNCC do EM. Você deverá buscar na BNCC o
conteúdo dentro da habilidade, caso o plano de aula seja no Ensino Médio. Você deve ler
as habilidades e dentro delas, extrair o conteúdo. Exemplo: Dentro da Habilidade:
Compreender e analisar processos de produção e circulação de discursos, nas diferentes
linguagens, para fazer escolhas fundamentadas em função de interesses pessoais e
coletivos, o conteúdo é: Produção e circulação de discursos nas diferentes linguagens.

Para ajudar: O que ensinar e aprender? Os conteúdos são os saberes a serem trabalhados;
devem ser vistos como meio para que os alunos desenvolvam as capacidades que lhes
permitam produzir e usufruir dos bens culturais, sociais e econômicos (BRASIL, 1997).
Observação: sempre articular os conteúdos com competências e habilidades (Ensino
Fundamental e Ensino Médio).
Para detalhar os conteúdos poderão ser utilizados livros didáticos de diversas áreas do
conhecimento. Todo o conteúdo a ser trabalhado com os alunos deve aparecer neste plano.
A BNCC propõe conteúdos de: Dança, Artes Visuais, Música e Teatro para o ensino de Artes no
Ensino Fundamental II (séries finais).

O Colégio São José aplica conteúdo de Artes Visuais ao 7º ano, alinhado ao conteúdo da BNCC,
detalhado abaixo:

(EF69AR01) Pesquisar, apreciar e analisar formas distintas das artes visuais tradicionais e
contemporâneas, em obras de artistas brasileiros e estrangeiros de diferentes épocas e em
diferentes matrizes estéticas e culturais, de modo a ampliar a experiência com diferentes contextos
e práticas artístico-visuais e cultivar a percepção, o imaginário, a capacidade de simbolizar e o
repertório imagético.

(EF69AR02) Pesquisar e analisar diferentes estilos visuais, contextualizando-os no tempo e no


espaço.

(EF69AR03) Analisar situações nas quais as linguagens das artes visuais se integram às linguagens
audiovisuais (cinema, animações, vídeos etc.), gráficas (capas de livros, ilustrações de textos
diversos etc.), cenográficas, coreográficas e musicais.

8. Estratégia de Ensino
(Sugestões de estratégias: texto de WINTER, 2017, Capítulo 3, Pearson ou FARAGO,
Alessandra Corrêa. Didática. Batatais: Claretiano, 2013. p. 125 – 168. Unidade 3:
Estratégias Didáticas.)
(Neste item, deverá ser citada apenas estratégia que será usada para a aula não presencial,
e no item abaixo, detalhar a aula com a estratégia).
O professor utilizará o ambiente virtual de aprendizagem já existente na escola e acompanhará
cada aluno em seu ambiente (sua casa) com a câmera ligada (se possível).

9. Detalhamento da Aula
Como será a aula não presencial e detalhar o conteúdo que será trabalho com os alunos.
Para ajudá-lo(a) na elaboração dos procedimentos didáticos, ou estratégias de ensino,
você poderá consultar BRASIL. Portal Domínio Público. Disponível em:
http://www.dominiopublico.gov.br. Acesso em: 25 jan. 2020. Lembrando que neste item,
você deverá iniciar dizendo: Esta aula será realizada a partir da estratégia de ensino: (aqui
escrever a estratégia que vai utilizar na aula não presencial). Depois você deverá detalhar
como será a aula não presencial, desde seu início até a finalização.
O Colégio São José trabalha na disciplina de Arte para o 7º. Ano do Fund II, um projeto de Criação
de vídeo Audiovisual, alinhado ao que a BNCC propõe, conforme abaixo:

. A arte e a cidade

. A paisagem urbana

. O ser humano e seu abrigo

. A cidade e a arte pública

. Intervenção urbana

. Hip-hop

. A cidade e o audiovisual

. Projeto Audiovisual

Sendo assim, essa aula pretende iniciar os alunos no tema criação de um produto Audiovisual, que
é o objetivo final do 7º ano.

A aula será realizada de forma remota, com o aluno em seu ambiente de estudo (sua casa), com a
câmera ligada (se possível), onde o professor irá orientar e solicitar que cada aluno crie, desenvolva
e grave um pequeno vídeo retratando as sensações e sentimentos que estão tendo frente a
pandemia de COVID-19.

O professor deixará a critério do aluno o conteúdo do vídeo, só orientando para que tenham
cuidado com exposições e imagens indevidas, preocupação com o cenário, com o tom da voz (que
seja audível), com a iluminação (de preferência que seja natural/luz do dia), com o figurino (que
estejam vestidos adequadamente), com os eventuais personagens/participantes, etc.

Ressaltando também que ao criar e desenvolver e gravar o vídeo de uma forma que seja natural
para o aluno, o deixará mais à vontade. Muitas vezes a inibição pode fazer com que ele não consiga
mostrar o que de fato sabe fazer. Então, quanto mais à vontade ele estiver, mais será fluido.

Esta aula será de orientação para a criação do vídeo que deverá ser entregue até a próxima aula
onde o professor abrirá um espaço para apresentação dos vídeos e debates.

10. Recursos/materiais
Com o que ensinar e aprender? Aqui você deve considerar os recursos que poderão apoiar
ensino não presencial:
Aplicativos utilizados.
Sala de Aula Virtual
E outros materiais.
O material utilizado nesta aula será:

- Ambiente Virtual de Aprendizado, já existente no Colégio São José;


- Recurso para gravação do vídeo (podendo ser o próprio celular do aluno;
- Cenário e figurino a ser desenvolvido pelo aluno.

11.Sugestão de trabalho interdisciplinar


Dentro deste item devem aparecer outras áreas do conhecimento (para o Ensino Médio)
e outros componentes curriculares - disciplinas/áreas (para o Ensino Fundamental) e
também estes temas: direitos da criança e do adolescente (Lei nº 8.069/199016),
educação para o trânsito (Lei nº 9.503/199717), educação ambiental (Lei nº 9.795/1999,
Parecer CNE/CP nº 14/2012 e Resolução CNE/CP nº 2/201218), educação alimentar e
nutricional (Lei nº 11.947/200919), processo de envelhecimento, respeito e valorização do
idoso (Lei nº 10.741/200320), educação em direitos humanos (Decreto nº 7.037/2009,
Parecer CNE/CP nº 8/2012 e Resolução CNE/CP nº 1/201221), educação das relações
étnico-raciais e ensino de história e cultura afro-brasileira, africana e indígena (Leis nº
10.639/2003 e 11.645/2008, Parecer CNE/CP nº 3/2004 e Resolução CNE/CP nº
1/200422), bem como saúde, vida familiar e social, educação para o consumo, educação
financeira e fiscal, trabalho, ciência e tecnologia e diversidade cultural (Parecer CNE/CEB
nº 11/2010 e Resolução CNE/CEB nº 7/201023).
Não precisa detalhar, apenas dizer em que momento da aula vou trabalhar esses
temas/relação com o conteúdo da aula.
No momento em que o aluno estiver criando e desenvolvendo o vídeo, pretendo também que o
aluno tenha a oportunidade de trabalhar os seguintes aspectos:

. Comunicar suas emoções;

. Eliminar o stress frente a Pandemia do COVID-19;

. Se tornar uma pessoa mais confiante;

. Se concentrar em algo que a pessoa julgue importante para sua vida;

. Melhorar a dicção;

. Interagir com sua família já que estará em seu ambiente familiar (aula remota).

Ao pensarmos e expressarmos nossos sentimentos temos a oportunidade de extravasar nossas


angústias e aflições. Também é uma oportunidade do professor entender melhor o que cada aluno
está passando em sua casa.

12. Avaliação
Qual o tipo de avaliação que será utilizada? E o instrumento? (Exemplo:
Indicar o Tipo de Avaliação: Formativa
Indicar o Instrumento Avaliativo: que pode ser um Relatório de um trabalho em grupo,
exercício, observação, resultado de projeto.
O tipo de avaliação será: Formativa.

O instrumento avaliativo será: Elaboração de um relatório pelo professor que relatará as reações
dos alunos, o que eles comentaram no final, eventuais dificuldades e alternativas propostas pelo
professor para contorná-las. Neste relatório o professor também registrará se os objetivos foram
atingidos e se há necessidade de alguma adaptação/revisão para futuras aulas.

13. Referências
Quais livros, revistas, vídeos e sites você utilizou para elaborar a aula não presencial?

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/

RAMOS, José Mario Ortiz; BUENO, Maria Lúcia. Cultura audiovisual e arte contemporânea. Disponível em:
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-88392001000300003. Acesso em 04 de maio de 2014.

14. Etapas para preparar a aula não presencial.


Ao planejar a aula não presencial é importante que você tenha consciência e saiba
detalhadamente como você faz organizar e elaborar o plano de aula. Escreva também o
que a caracteriza para ser realizada de forma remota.
7. Criar o link para acesso do aluno ao Ambiente Virtual de Aprendizagem;
8. Disponibilizar o link na Aba Material e na Aba Correio;
9. Deixar a música já posicionada para tocar no aparelho de som escolhido;
10. Anotar os passos a serem seguidos e se orientar por eles;
11. Pensar em alternativas para caso o aluno não consiga se soltar/participar;
12. Pensar em alternativas caso o aluno não possa ligar a câmera e assim, não ter como
acompanhá-lo/avaliá-lo.

Critérios de Avaliação e Correção do Planos de Aula: Ao elaborar o Plano de Aula


(acima) para uma aula não presencial, esteja atento aos critérios que serão considerados na
correção do mesmo:

- Desenvolvimento adequado de todos os quatorze itens detalhados no Modelo de Plano Aula


proposto pelo Claretiano – Centro Universitário de Batatais.

- Adequação dos Objetos do Conhecimento/ Conteúdo à etapa do ensino, considerando os


saberes propostos pela BNCC. (Os Objetos do Conhecimento propostos no Plano de Aula
estão adequados à etapa do ensino selecionada, bem como aos Objetos do Conhecimento
(Conteúdos) previstos na BNCC para a etapa em questão?)

- Ensino Fundamental e Médio: Coerência entre as estratégias de ensino propostas e


habilidades e competências previstas para a aula. (As estratégias e atividades propostas
permitem que as habilidades e competências previstas sejam desenvolvidas?)
- Adequação do tempo e dos recursos/materiais aos objetivos da aula. (O tempo estipulado
para a aula no Plano de Aula, bem como os recursos e materiais, são suficientes para permitir
que os objetivos propostos sejam alcançados?)

- Instrumento avaliativo proposto e acompanhamento adequado da aprendizagem. (A


avaliação proposta, para além de simplesmente atribuir notas ou conceitos, permite uma
análise sobre o processo de ensino e aprendizagem, avaliando não somente se os objetivos
propostos puderam ser alcançados, mas também se o Plano de Aula precisa ser repensado
dentro de um ciclo de avaliação, reflexão e replanejamento?)

- Das competências propostas, podem ser integral ou parcialmente atendidas?

-Das estratégias: Como viabilizar? Coerência entre a proposição e a implementação.


Modelo de Plano de Aula ou Sequência Didática, no contexto do Estágio não
Presencial, devido a Pandemia Covid-19
(De acordo com a BNCC)

Imagine-se como Professor: Você deverá elaborar um Plano de Aula para ser
desenvolvido em uma aula não presencial, considerando o contexto da
Pandemia Covid-19.

TEMA: CANTO CORAL – TIMBRE/VOZ

ALUNO:

ESCOLA / INSTITUIÇÃO: Claretiano – Colégio São José de Batatais

DATA DA ELABORAÇÃO: 27/09/2021.

1. Título da aula: Canto Coral – Timbre/Voz

2.Tempo necessário: (quantas aulas ou horas serão necessárias para o


desenvolvimento desta aula).
UMA AULA de 45 MINUTOS de aula e 5 minutos de pausa para troca de sala (acesso ao outro link).

3. Etapa de ensino
( ) Ensino Fundamental ( anos iniciais)
(x) Ensino Fundamental ( anos finais) ou Educação de Jovens e Adultos
( ) Ensino Médio ou Educação de Jovens e Adultos

4.Ano ou série da etapa de ensino


Ensino Fundamental (anos iniciais): 1º ano ( ) 2º ano ( ) 3º ano ( ) 4º ano ( ) ou 5º ano ( )
Ensino Fundamental (anos finais): 6º ano ( ) ou 7º ano ( ) ou 8º ano ( x ) ou 9º ano ( )
Ensino Médio: 1º ano ( ) ou 2º ano ( ) ou 3º ano

5. Objetivos da aula e Competências e Habilidades que serão trabalhadas na


aula:

5.1. Objetivos da aula: O que se pretende alcançar, realizar ou obter. Um propósito a


alcançar ou realizar (WINTER, 2017, p.98). Os objetivos expressam os resultados que se
esperam que os alunos tenham quanto aos conhecimentos, habilidades, hábitos, atitudes,
buscando o aprender. (WINTER, 2017,p. 97).

Essa aula tem por objetivo avaliar e a descobrir: O timbre de voz do aluno, se ele é afinado ou
não, se ele domina as técnicas de voz, se a postura e a respiração estão corretas.

5.2. Competências Específicas (utilizar as competências propostas na BNCC, caso o


plano de aula seja para o Ensino Fundamental anos iniciais, anos finais e Ensino Médio)
Aqui não são utilizados objetivos e sim Competências, considerando a proposição da
BNCC.
A Competência Específica proposta na BNCC para esta aula é a de propor e produzir formas de
compartilhar as aprendizagens musicais com a comunidade escolar.

5.3.Habilidades a serem desenvolvidas: citar as habilidades específicas,


considerando Componente Curricular do Ensino Fundamental anos iniciais, anos finais
ou Ensino Médio)
As habilidades específicas que se pretende desenvolver com esta aula é de desenvolvimento e
criação de novas formas de expressão, através da dança como expressão corporal, atendendo
assim parcialmente ao que a BNCC propõe em: (EF06AR25) Propor e produzir formas de
compartilhar as aprendizagens musicais com a comunidade escolar e a sociedade em geral,
ampliando os âmbitos de interações sociais mediadas pela música.

6. Área do Conhecimento (indicado pelos números e Componente Curricular


(entre parênteses)

Ensino Fundamental - anos iniciais (apenas Música e Educação Física) anos finais todas
as licenciaturas, exceto Pedagogia): indicar qual a Área do Conhecimento em que a aula
será realizada, caso o plano de aula seja para o Ensino Fundamental - anos finais)

1) Linguagens (Língua Portuguesa, Arte, Educação Física e Língua Inglesa);


Área do Conhecimento: Arte – Música

2)Matemática (Matemática); 3) Ciências da Natureza (Ciências); 4) Ciências Humanas


(Geografia e História); 5) Ensino Religioso (Ensino Religioso)

Ensino Médio: indicar qual a Área do Conhecimento em que a aula será realizada. No
Ensino Médio, estão presentes quatro áreas: Linguagens e suas Tecnologias; Matemática
e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias; Ciências Humanas e Sociais
Aplicadas.

7. Conteúdo:
Unidades Temáticas/ Objetos do Conhecimento (Conteúdos). Buscar na BNCC
as unidades iniciais ou finais do Ensino Fundamental.

Para o Ensino Médio: na BNCC do Ensino Médio não tem conteúdos explícitos, ou seja,
você não vai encontrar o conteúdo na BNCC do EM. Você deverá buscar na BNCC o
conteúdo dentro da habilidade, caso o plano de aula seja no Ensino Médio. Você deve ler
as habilidades e dentro delas, extrair o conteúdo. Exemplo: Dentro da Habilidade:
Compreender e analisar processos de produção e circulação de discursos, nas diferentes
linguagens, para fazer escolhas fundamentadas em função de interesses pessoais e
coletivos, o conteúdo é: Produção e circulação de discursos nas diferentes linguagens.
Para ajudar: O que ensinar e aprender? Os conteúdos são os saberes a serem trabalhados;
devem ser vistos como meio para que os alunos desenvolvam as capacidades que lhes
permitam produzir e usufruir dos bens culturais, sociais e econômicos (BRASIL, 1997).
Observação: sempre articular os conteúdos com competências e habilidades (Ensino
Fundamental e Ensino Médio).
Para detalhar os conteúdos poderão ser utilizados livros didáticos de diversas áreas do
conhecimento. Todo o conteúdo a ser trabalhado com os alunos deve aparecer neste plano.
A BNCC propõe conteúdos de: Dança, Artes Visuais, Música e Teatro para o ensino de Artes no
Ensino Fundamental II (séries finais).

O Colégio São José aplica conteúdo de Música ao 8º ano, alinhado ao conteúdo da BNCC, detalhado
abaixo:

(EF06AR20r) Identificar e manipular diferentes formas de utilização de fontes sonoras, materiais


sonoros e técnicas em práticas de composição/criação, execução e apreciação musical.

(EF06AR21r) Identificar e manipular diferentes formas de registro musical, incluindo formas


distintas de notação musical, bem como procedimentos e técnicas de registro em áudio e
audiovisual.

(EF06AR26r) Interagir criticamente com diferentes dispositivos e equipamentos culturais de


circulação da música e do conhecimento musical.

(EF06AR23r) Valorizar o patrimônio musical, material e imaterial, de culturas diversas, em especial


o de matriz cultural brasileira, incluindo-se as africanas e indígenas, em diferentes épocas.

(EF06AR24r) Comparar usos e funções da música em seus contextos de produção e circulação,


considerando, em especial, contextos próximos.

(EF06AR27r) Relacionar as práticas musicais às diferentes esferas: social, cultural, política,


histórica, econômica, estética e ética.

(EF06AR25) Propor e produzir formas de compartilhar as aprendizagens musicais com a


comunidade escolar e a sociedade em geral, ampliando os âmbitos de interações sociais mediadas
pela música.

8. Estratégia de Ensino
(Sugestões de estratégias: texto de WINTER, 2017, Capítulo 3, Pearson ou FARAGO,
Alessandra Corrêa. Didática. Batatais: Claretiano, 2013. p. 125 – 168. Unidade 3:
Estratégias Didáticas.)
(Neste item, deverá ser citada apenas estratégia que será usada para a aula não presencial,
e no item abaixo, detalhar a aula com a estratégia).
O professor utilizará o ambiente virtual de aprendizagem já existente na escola e acompanhará
cada aluno em seu ambiente (sua casa) com a câmera ligada (se possível).

9. Detalhamento da Aula
Como será a aula não presencial e detalhar o conteúdo que será trabalho com os alunos.
Para ajudá-lo(a) na elaboração dos procedimentos didáticos, ou estratégias de ensino,
você poderá consultar BRASIL. Portal Domínio Público. Disponível em:
http://www.dominiopublico.gov.br. Acesso em: 25 jan. 2020. Lembrando que neste item,
você deverá iniciar dizendo: Esta aula será realizada a partir da estratégia de ensino: (aqui
escrever a estratégia que vai utilizar na aula não presencial). Depois você deverá detalhar
como será a aula não presencial, desde seu início até a finalização.
O Colégio São José trabalha na disciplina de Arte para o 8º. Ano do Fund II, um projeto de Coral,
alinhado ao que a BNCC propõe, conforme abaixo:

. A música do mundo;

. Palavra cantada;

. Música instrumental;

. Luz e Som;

. Projeto Coral.

Sendo assim, essa aula pretende trabalhar o início dos aspectos previstos no item Projeto Coral.

A aula será realizada de forma remota, com o aluno em seu ambiente de estudo (sua casa), com a
câmera ligada (se possível), onde o professor irá solicitar, após alguns treinamentos de
aquecimento, que o aluno interprete uma canção da escolha dele. Interpretar uma música que ele
já esteja habituado a cantar o deixará mais a vontade. Muitas vezes a inibição pode fazer com que
ele não consiga mostrar o que de fato sabe fazer. Então, quanto mais a vontade ele estiver, mais
será fluido.

Este primeiro contato permitirá ao professor avaliar o timbre de voz do aluno e qual posição ele
ocupará no Coral.

10. Recursos/materiais
Com o que ensinar e aprender? Aqui você deve considerar os recursos que poderão apoiar
ensino não presencial:
Aplicativos utilizados.
Sala de Aula Virtual
E outros materiais.
O material utilizado nesta aula será:

- Ambiente Virtual de Aprendizado, já existente no Colégio São José;

11.Sugestão de trabalho interdisciplinar


Dentro deste item devem aparecer outras áreas do conhecimento (para o Ensino Médio)
e outros componentes curriculares - disciplinas/áreas (para o Ensino Fundamental) e
também estes temas: direitos da criança e do adolescente (Lei nº 8.069/199016),
educação para o trânsito (Lei nº 9.503/199717), educação ambiental (Lei nº 9.795/1999,
Parecer CNE/CP nº 14/2012 e Resolução CNE/CP nº 2/201218), educação alimentar e
nutricional (Lei nº 11.947/200919), processo de envelhecimento, respeito e valorização do
idoso (Lei nº 10.741/200320), educação em direitos humanos (Decreto nº 7.037/2009,
Parecer CNE/CP nº 8/2012 e Resolução CNE/CP nº 1/201221), educação das relações
étnico-raciais e ensino de história e cultura afro-brasileira, africana e indígena (Leis nº
10.639/2003 e 11.645/2008, Parecer CNE/CP nº 3/2004 e Resolução CNE/CP nº
1/200422), bem como saúde, vida familiar e social, educação para o consumo, educação
financeira e fiscal, trabalho, ciência e tecnologia e diversidade cultural (Parecer CNE/CEB
nº 11/2010 e Resolução CNE/CEB nº 7/201023).
Não precisa detalhar, apenas dizer em que momento da aula vou trabalhar esses
temas/relação com o conteúdo da aula.
No momento em que o aluno estiver interpretando a canção de sua preferência, pretendo também
que o aluno tenha a oportunidade de trabalhar os seguintes aspectos:

. Comunicar suas emoções;

. Eliminar o stress frente a Pandemia do COVID-19;

. Se tornar uma pessoa mais confiante;

. Se concentrar em algo que a pessoa julgue importante para sua vida;

. Melhorar a dicção;

. Interagir com sua família já que estará em seu ambiente familiar (aula remota).

A música tem efeitos benéficos para nosso cérebro e para nosso corpo como um todo.

12. Avaliação
Qual o tipo de avaliação que será utilizada? E o instrumento? (Exemplo:
Indicar o Tipo de Avaliação: Formativa
Indicar o Instrumento Avaliativo: que pode ser um Relatório de um trabalho em grupo,
exercício, observação, resultado de projeto.
O tipo de avaliação será: Formativa.

O instrumento avaliativo será: Elaboração de um relatório pelo professor que relatará as reações
dos alunos, o que eles comentaram no final, eventuais dificuldades e alternativas propostas pelo
professor para contorná-las. Neste relatório o professor também registrará se os objetivos foram
atingidos e se há necessidade de alguma adaptação/revisão para futuras aulas.

13. Referências
Quais livros, revistas, vídeos e sites você utilizou para elaborar a aula não presencial?
https://www.superprof.com.br/blog/prepare-sua-aula-de-coaching-
vocal/#T%C3%B3picos_como-preparar-a-primeira-aula-de-canto
14. Etapas para preparar a aula não presencial.
Ao planejar a aula não presencial é importante que você tenha consciência e saiba
detalhadamente como você faz organizar e elaborar o plano de aula. Escreva também o
que a caracteriza para ser realizada de forma remota.
• Criar o link para acesso do aluno ao Ambiente Virtual de Aprendizagem;
• Disponibilizar o link na Aba Material e na Aba Correio;
• Deixar a música já posicionada para tocar no aparelho de som escolhido;
• Anotar os passos a serem seguidos e se orientar por eles;
• Pensar em alternativas para caso o aluno não consiga se soltar/participar;
• Pensar em alternativas caso o aluno não possa ligar a câmera e assim, não ter como
acompanhá-lo/avaliá-lo.

Critérios de Avaliação e Correção do Planos de Aula: Ao elaborar o Plano de Aula


(acima) para uma aula não presencial, esteja atento aos critérios que serão considerados na
correção do mesmo:

- Desenvolvimento adequado de todos os quatorze itens detalhados no Modelo de Plano Aula


proposto pelo Claretiano – Centro Universitário de Batatais.

- Adequação dos Objetos do Conhecimento/ Conteúdo à etapa do ensino, considerando os


saberes propostos pela BNCC. (Os Objetos do Conhecimento propostos no Plano de Aula
estão adequados à etapa do ensino selecionada, bem como aos Objetos do Conhecimento
(Conteúdos) previstos na BNCC para a etapa em questão?)

- Ensino Fundamental e Médio: Coerência entre as estratégias de ensino propostas e


habilidades e competências previstas para a aula. (As estratégias e atividades propostas
permitem que as habilidades e competências previstas sejam desenvolvidas?)

- Adequação do tempo e dos recursos/materiais aos objetivos da aula. (O tempo estipulado


para a aula no Plano de Aula, bem como os recursos e materiais, são suficientes para permitir
que os objetivos propostos sejam alcançados?)

- Instrumento avaliativo proposto e acompanhamento adequado da aprendizagem. (A


avaliação proposta, para além de simplesmente atribuir notas ou conceitos, permite uma
análise sobre o processo de ensino e aprendizagem, avaliando não somente se os objetivos
propostos puderam ser alcançados, mas também se o Plano de Aula precisa ser repensado
dentro de um ciclo de avaliação, reflexão e replanejamento?)

- Das competências propostas, podem ser integral ou parcialmente atendidas?

-Das estratégias: Como viabilizar? Coerência entre a proposição e a implementação.


Modelo de Plano de Aula ou Sequência Didática, no contexto do Estágio não
Presencial, devido a Pandemia Covid-19
(De acordo com a BNCC)

Imagine-se como Professor: Você deverá elaborar um Plano de Aula para ser
desenvolvido em uma aula não presencial, considerando o contexto da
Pandemia Covid-19.

TEMA: TEATRO - APRESENTAÇÃO DA PEÇA - AULA INTRODUTÓRIA

ALUNO:

ESCOLA / INSTITUIÇÃO: Claretiano – Colégio São José de Batatais

DATA DA ELABORAÇÃO: 04/10/2021.

1. Título da aula: Teatro - Apresentação da Peça - Aula Introdutória

2.Tempo necessário: (quantas aulas ou horas serão necessárias para o


desenvolvimento desta aula).
UMA AULA de 45 MINUTOS de aula e 5 minutos de pausa para troca de sala (acesso ao outro link).

3. Etapa de ensino
( ) Ensino Fundamental ( anos iniciais)
(x) Ensino Fundamental ( anos finais) ou Educação de Jovens e Adultos
( ) Ensino Médio ou Educação de Jovens e Adultos

4.Ano ou série da etapa de ensino


Ensino Fundamental (anos iniciais): 1º ano ( ) 2º ano ( ) 3º ano ( ) 4º ano ( ) ou 5º ano ( )
Ensino Fundamental (anos finais): 6º ano ( ) ou 7º ano ( ) ou 8º ano ( ) ou 9º ano ( x )
Ensino Médio: 1º ano ( ) ou 2º ano ( ) ou 3º ano

5. Objetivos da aula e Competências e Habilidades que serão trabalhadas na


aula:

5.1. Objetivos da aula: O que se pretende alcançar, realizar ou obter. Um propósito a


alcançar ou realizar (WINTER, 2017, p.98). Os objetivos expressam os resultados que se
esperam que os alunos tenham quanto aos conhecimentos, habilidades, hábitos, atitudes,
buscando o aprender. (WINTER, 2017,p. 97).

Essa aula tem por objetivo apresentar o projeto de teatro que será uma apresentação no final do
ano para a comunidade escolar (alunos, professores e pais) sob o tema: “Influência das mídias na
comunidade”.
5.2. Competências Específicas (utilizar as competências propostas na BNCC, caso o
plano de aula seja para o Ensino Fundamental anos iniciais, anos finais e Ensino Médio)
Aqui não são utilizados objetivos e sim Competências, considerando a proposição da
BNCC.
A Competência Específica proposta na BNCC para esta aula é a de compor improvisações e
acontecimentos cênicos, com base em textos sobre a influência que as mídias podem exercer na
comunidade, caracterizando personagens (com figurinos e adereços), cenário, iluminação e
sonoplastia e considerando a relação com o espectador.

5.3.Habilidades a serem desenvolvidas: citar as habilidades específicas,


considerando Componente Curricular do Ensino Fundamental anos iniciais, anos finais
ou Ensino Médio)
As habilidades específicas que se pretende desenvolver com esta aula é de apresentar aos alunos
o projeto de apresentação teatral que ocorrerá no final do ano, com o objetivo de compor
improvisações e acontecimentos cênicos com base em textos sobre a influência que as mídias
podem exercer na comunidade, caracterizando personagens (com figurinos e adereços), cenário,
iluminação e sonoplastia e considerando a relação com o espectador, atendendo assim
parcialmente ao que a BNCC propõe em: (EF69AR30) Compor improvisações e acontecimentos
cênicos com base em textos dramáticos ou outros estímulos (música, imagens, objetos etc.),
caracterizando personagens (com figurinos e adereços), cenário, iluminação e sonoplastia e
considerando a relação com o espectador.

6. Área do Conhecimento (indicado pelos números e Componente Curricular


(entre parênteses)

Ensino Fundamental - anos iniciais (apenas Música e Educação Física) anos finais todas
as licenciaturas, exceto Pedagogia): indicar qual a Área do Conhecimento em que a aula
será realizada, caso o plano de aula seja para o Ensino Fundamental - anos finais)

1) Linguagens (Língua Portuguesa, Arte, Educação Física e Língua Inglesa);


Área do Conhecimento: Arte – Teatro
2)Matemática (Matemática); 3) Ciências da Natureza (Ciências); 4) Ciências Humanas
(Geografia e História); 5) Ensino Religioso (Ensino Religioso)

Ensino Médio: indicar qual a Área do Conhecimento em que a aula será realizada. No
Ensino Médio, estão presentes quatro áreas: Linguagens e suas Tecnologias; Matemática
e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias; Ciências Humanas e Sociais
Aplicadas.

7. Conteúdo:
Unidades Temáticas/ Objetos do Conhecimento (Conteúdos). Buscar na BNCC
as unidades iniciais ou finais do Ensino Fundamental.
Para o Ensino Médio: na BNCC do Ensino Médio não tem conteúdos explícitos, ou seja,
você não vai encontrar o conteúdo na BNCC do EM. Você deverá buscar na BNCC o
conteúdo dentro da habilidade, caso o plano de aula seja no Ensino Médio. Você deve ler
as habilidades e dentro delas, extrair o conteúdo. Exemplo: Dentro da Habilidade:
Compreender e analisar processos de produção e circulação de discursos, nas diferentes
linguagens, para fazer escolhas fundamentadas em função de interesses pessoais e
coletivos, o conteúdo é: Produção e circulação de discursos nas diferentes linguagens.

Para ajudar: O que ensinar e aprender? Os conteúdos são os saberes a serem trabalhados;
devem ser vistos como meio para que os alunos desenvolvam as capacidades que lhes
permitam produzir e usufruir dos bens culturais, sociais e econômicos (BRASIL, 1997).
Observação: sempre articular os conteúdos com competências e habilidades (Ensino
Fundamental e Ensino Médio).
Para detalhar os conteúdos poderão ser utilizados livros didáticos de diversas áreas do
conhecimento. Todo o conteúdo a ser trabalhado com os alunos deve aparecer neste plano.
A BNCC propõe conteúdos de: Dança, Artes Visuais, Música e Teatro para o ensino de Artes no
Ensino Fundamental II (séries finais).

O Colégio São José aplica conteúdo de Teatro ao 9º ano, alinhado ao conteúdo da BNCC, detalhado
abaixo:

(EF69AR24) Reconhecer e apreciar artistas e grupos de teatro brasileiros e estrangeiros de


diferentes épocas, investigando os modos de criação, produção, divulgação, circulação e
organização da atuação profissional em teatro.

(EF69AR25) Identificar e analisar diferentes estilos cênicos, contextualizando-os no tempo e no


espaço de modo a aprimorar a capacidade de apreciação da estética teatral. Elementos da
linguagem

(EF69AR26) Explorar diferentes elementos envolvidos na composição dos acontecimentos cênicos


(figurinos, adereços, cenário, iluminação e sonoplastia) e reconhecer seus vocabulários. Processos
de criação

(EF69AR27) Pesquisar e criar formas de dramaturgias e espaços cênicos para o acontecimento


teatral, em diálogo com o teatro contemporâneo.

(EF69AR28) Investigar e experimentar diferentes funções teatrais e discutir os limites e desafios do


trabalho artístico coletivo e colaborativo.

(EF69AR29) Experimentar a gestualidade e as construções corporais e vocais de maneira


imaginativa na improvisação teatral e no jogo cênico.

(EF69AR30) Compor improvisações e acontecimentos cênicos com base em textos dramáticos ou


outros estímulos (música, imagens, objetos etc.), caracterizando personagens (com figurinos e
adereços), cenário, iluminação e sonoplastia e considerando a relação com o espectador.

8. Estratégia de Ensino
(Sugestões de estratégias: texto de WINTER, 2017, Capítulo 3, Pearson ou FARAGO,
Alessandra Corrêa. Didática. Batatais: Claretiano, 2013. p. 125 – 168. Unidade 3:
Estratégias Didáticas.)
(Neste item, deverá ser citada apenas estratégia que será usada para a aula não presencial,
e no item abaixo, detalhar a aula com a estratégia).
O professor utilizará o ambiente virtual de aprendizagem já existente na escola e acompanhará
cada aluno em seu ambiente (sua casa) com a câmera ligada (se possível).

9. Detalhamento da Aula
Como será a aula não presencial e detalhar o conteúdo que será trabalho com os alunos.
Para ajudá-lo(a) na elaboração dos procedimentos didáticos, ou estratégias de ensino,
você poderá consultar BRASIL. Portal Domínio Público. Disponível em:
http://www.dominiopublico.gov.br. Acesso em: 25 jan. 2020. Lembrando que neste item,
você deverá iniciar dizendo: Esta aula será realizada a partir da estratégia de ensino: (aqui
escrever a estratégia que vai utilizar na aula não presencial). Depois você deverá detalhar
como será a aula não presencial, desde seu início até a finalização.
O Colégio São José trabalha na disciplina de Arte para o 9º. Ano do Fund II, um projeto de Teatro,
alinhado ao que a BNCC propõe, conforme abaixo:

. A arte e a ancestralidade

. Narrativas visuais

. Patrimônio cultural

. Diálogo com o passado

. Teatro através dos tempos

. Arte, sociedade e política

. Encenação teatral

. Projeto Teatro

Sendo assim, essa aula pretende dar introdução para o desenvolvimento do Projeto Teatro que
contará com uma Apresentação no final do ano, objetivo final do 9º ano.

A aula será realizada de forma remota, com o aluno em seu ambiente de estudo (sua casa), com a
câmera ligada ou não, onde o professor irá apresentar o tema que deverá ser desenvolvido para a
criação de uma peça teatral, para apresentação no final do ano.

O professor deixará a critério dos alunos o conteúdo da peça. Estes, através da formação de um
único grupo para a sala toda, poderão desenvolvê-la de acordo com seus pontos de vista porém, o
professor orientará para que tenham cuidado com exposições e imagens indevidas, preocupação
com o cenário, com o tom da voz (que seja audível), com a iluminação (de preferência que seja
natural/luz do dia), com o figurino (que estejam vestidos adequadamente), com os eventuais
personagens/participantes e que principalmente tenham foco no tema proposto.
Esta aula será introdutória para apresentação do projeto teatral e de seu tema.

10. Recursos/materiais
Com o que ensinar e aprender? Aqui você deve considerar os recursos que poderão apoiar
ensino não presencial:
Aplicativos utilizados.
Sala de Aula Virtual
E outros materiais.
O material utilizado nesta aula será:

- Ambiente Virtual de Aprendizado, já existente no Colégio São José;

11.Sugestão de trabalho interdisciplinar


Dentro deste item devem aparecer outras áreas do conhecimento (para o Ensino Médio)
e outros componentes curriculares - disciplinas/áreas (para o Ensino Fundamental) e
também estes temas: direitos da criança e do adolescente (Lei nº 8.069/199016),
educação para o trânsito (Lei nº 9.503/199717), educação ambiental (Lei nº 9.795/1999,
Parecer CNE/CP nº 14/2012 e Resolução CNE/CP nº 2/201218), educação alimentar e
nutricional (Lei nº 11.947/200919), processo de envelhecimento, respeito e valorização do
idoso (Lei nº 10.741/200320), educação em direitos humanos (Decreto nº 7.037/2009,
Parecer CNE/CP nº 8/2012 e Resolução CNE/CP nº 1/201221), educação das relações
étnico-raciais e ensino de história e cultura afro-brasileira, africana e indígena (Leis nº
10.639/2003 e 11.645/2008, Parecer CNE/CP nº 3/2004 e Resolução CNE/CP nº
1/200422), bem como saúde, vida familiar e social, educação para o consumo, educação
financeira e fiscal, trabalho, ciência e tecnologia e diversidade cultural (Parecer CNE/CEB
nº 11/2010 e Resolução CNE/CEB nº 7/201023).
Não precisa detalhar, apenas dizer em que momento da aula vou trabalhar esses
temas/relação com o conteúdo da aula.
No momento em que o aluno estiver criando e desenvolvendo a peça teatral, pretende-se também
que ele tenha a oportunidade de trabalhar os seguintes aspectos:

. Apresentar seu ponto de vista sobre o tema;

. Exercitar seu pensamento crítico;

. Observar de forma crítica as diversas formas de influência e manipulação existente nas


mídias;

. Se tornar uma pessoa mais confiante;

. Melhorar sua autoestima;

. Comunicar suas emoções;


. Melhorar seu desempenho nas apresentações em público;

. Praticar a desinibição;

. Interagir e contribuir positivamente com a comunidade escolar, já que a apresentação será


para ela.

Ao pensarmos e expressarmos nossos sentimentos temos a oportunidade de extravasar nossas


angústias e aflições. Também é uma oportunidade do professor entender melhor como os alunos
estão percebendo o mundo em que vivem.

12. Avaliação
Qual o tipo de avaliação que será utilizada? E o instrumento? (Exemplo:
Indicar o Tipo de Avaliação: Formativa
Indicar o Instrumento Avaliativo: que pode ser um Relatório de um trabalho em grupo,
exercício, observação, resultado de projeto.
O tipo de avaliação será: Formativa.

O instrumento avaliativo será: Elaboração de um relatório pelo professor que relatará as reações
dos alunos, o que eles comentaram no final, eventuais dificuldades e alternativas propostas pelo
professor para contorná-las. Neste relatório o professor também registrará se os objetivos foram
atingidos e se há necessidade de alguma adaptação/revisão para futuras aulas.

13. Referências
Quais livros, revistas, vídeos e sites você utilizou para elaborar a aula não presencial?
http://arquivos.info.ufrn.br/arquivos/2012219110f5401212869db4f2ccd2660/Teatro_em_sala_d
e_aula.pdf

https://educador.brasilescola.uol.com.br/orientacoes/dramatizacao-como-instrumento-
ensino.htm

14. Etapas para preparar a aula não presencial.


Ao planejar a aula não presencial é importante que você tenha consciência e saiba
detalhadamente como você faz organizar e elaborar o plano de aula. Escreva também o
que a caracteriza para ser realizada de forma remota.
• Criar o link para acesso do aluno ao Ambiente Virtual de Aprendizagem;
• Disponibilizar o link na Aba Material e na Aba Correio;
• Deixar a música já posicionada para tocar no aparelho de som escolhido;
• Anotar os passos a serem seguidos e se orientar por eles;
• Pensar em alternativas para caso o aluno não consiga se soltar/participar;
• Pensar em alternativas caso o aluno não possa ligar a câmera e assim, não ter como
acompanhá-lo/avaliá-lo.
Critérios de Avaliação e Correção do Planos de Aula: Ao elaborar o Plano de Aula
(acima) para uma aula não presencial, esteja atento aos critérios que serão considerados na
correção do mesmo:

- Desenvolvimento adequado de todos os quatorze itens detalhados no Modelo de Plano Aula


proposto pelo Claretiano – Centro Universitário de Batatais.

- Adequação dos Objetos do Conhecimento/ Conteúdo à etapa do ensino, considerando os


saberes propostos pela BNCC. (Os Objetos do Conhecimento propostos no Plano de Aula
estão adequados à etapa do ensino selecionada, bem como aos Objetos do Conhecimento
(Conteúdos) previstos na BNCC para a etapa em questão?)

- Ensino Fundamental e Médio: Coerência entre as estratégias de ensino propostas e


habilidades e competências previstas para a aula. (As estratégias e atividades propostas
permitem que as habilidades e competências previstas sejam desenvolvidas?)

- Adequação do tempo e dos recursos/materiais aos objetivos da aula. (O tempo estipulado


para a aula no Plano de Aula, bem como os recursos e materiais, são suficientes para permitir
que os objetivos propostos sejam alcançados?)

- Instrumento avaliativo proposto e acompanhamento adequado da aprendizagem. (A


avaliação proposta, para além de simplesmente atribuir notas ou conceitos, permite uma
análise sobre o processo de ensino e aprendizagem, avaliando não somente se os objetivos
propostos puderam ser alcançados, mas também se o Plano de Aula precisa ser repensado
dentro de um ciclo de avaliação, reflexão e replanejamento?)

- Das competências propostas, podem ser integral ou parcialmente atendidas?

-Das estratégias: Como viabilizar? Coerência entre a proposição e a implementação.

Você também pode gostar