Você está na página 1de 114

04

Leis de Newton

Rafael Domingues Della Pace

Universidade Federal de Santa Maria - CS


Cachoeira do Sul, RN, Brasil

Cachoeira do Sul, 25 de novembro de 2021.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 1 / 39


Estrutura da aula Aula 1 Aula 2 Aula 3 Aula 4 Aula 5

Leis de Newton
1 Dinâmica;
2 Mecânica Newtoniana;
3 Primeira Lei de Newton;
4 Referenciais inerciais;
5 Força e massa;
6 Segunda Lei de Newton;
7 Algumas forças especícas:
(a) Força peso;
(b) Força normal;
(c) Força elástica;
(d) Tensão;
(e) Força de atrito;
(f) Força de arraste ou viscosidade;
(g) Força centrípeta.
8 Terceira Lei de Newton;
9 Diagrama de corpo livre;
10 Estratégia para solução de exercícios;
11 Aplicações das Leis de Newton.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 2 / 39


Objetivos de aprendizagem

Nesta aula discutiremos:

O que signica o conceito de força na física e por que as forças são vetores.

O signicado da força resultante sobre um objeto e o que acontece quando essa


força é nula.

A relação entre força resultante sobre um objeto, a massa do objeto e sua


aceleração.

Como se relacionam as forças que dois corpos exercem mutuamente.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 3 / 39


Revisão dos conteúdos
Revisão dos conteúdos

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 4 / 39


Revisão dos conteúdos

O que já estudamos até agora?

Nos assuntos anteriores estudamos:

Unidades e grandezas físicas;

Vetores e escalares;

Cinemática: movimento
retilíneo uniforme (MRU) e
movimento retilíneo
uniformemente variado
(MRUV);

Movimento em duas ou três


dimensões.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 4 / 39


Revisão dos conteúdos

O que já estudamos até agora?

Nos assuntos anteriores estudamos:

Unidades e grandezas físicas;

Vetores e escalares;

Cinemática: movimento
retilíneo uniforme (MRU) e
movimento retilíneo
uniformemente variado
(MRUV);

Movimento em duas ou três


dimensões.

⇒ Mas quais são as causas de um movimento?

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 4 / 39


Mecânica

Mecânica

Mecânica se divide em duas grandes áreas:

Cinemática
Corresponde ao estudo/descrição do movimento em si, sem investigar a causa do

y
movimento observado.

Como o movimento ocorre?

Dinâmica

y
Investiga as relações causais que levam a um movimento observado.

Por que o movimento ocorre?

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 5 / 39


Dinâmica

Dinâmica

Causas do movimento para


Aristóteles

⋄ O estado natural dos corpos é o


Aristóteles
⋆ 384 a.C.,
de repouso;
Stagira, Grécia
⋄ Deve haver uma força para † 322 a.C.,
Euboea, Grécia
manter o movimento.

y A aplicação de uma força


sobre um corpo resulta em uma
velocidade.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 6 / 39


Dinâmica

Dinâmica

Causas do movimento para Aristóteles

As leis naturais que regem o movimento dos


corpos celestes eram distintas daquelas que
regem o movimento dos corpos terrestres.

Os planetas e estrelas se moviam nas suas


trajetórias circulares em torno da Terra. O
movimento natural seria o círculo.

Todos os outros movimentos seriam não


naturais ou forçados.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 6 / 39


Dinâmica

Dinâmica

Causas do movimento para Galileu

⋄ Sem a interferência do meio,


Galileu Galilei
forças não são necessárias para ⋆ 15/02/1564,
Pisa, Itália
manter o movimento; † 08/01/1642,

⋄ Exemplo: quanto menor o Arcetri, Itália


atrito, mais o movimento se
prolonga.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 6 / 39


Dinâmica

Dinâmica

Causas do movimento para Galileu

Defendia o Heliocentrismo.

Adversários de Galileu trouxeram a


acusação de heresia, em seguida,
punível com a morte, antes da
Inquisição.

Diz a lenda que Galileu murmurou E


pur si muove depois de ter sido
obrigado a retratar-se em 1633, diante
da Inquisição, renegando sua crença de
que a Terra se move em torno do Sol.

Desde que Galileu se retratou, foi


colocado sob prisão domiciliar até sua
morte, nove anos após o julgamento.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 6 / 39


Dinâmica

Dinâmica

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 6 / 39


Dinâmica

Dinâmica

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 6 / 39


Dinâmica

Dinâmica

O método empírico ou cientíco levou às leis do movimento de corpos próximos à


superfície da Terra:

⋄ No movimento acelerado a distância percorrida é proporcional ao tempo ao


quadrado;
⋄ O movimento é independente das direções em determinadas situações
especiais;
⋄ A análise do movimento depende do observador; Novo!
⋄ Na ausência de interações o movimento natural das partículas é o repouso ou
o movimento retilíneo uniforme; Novo!
⋄ Não estendeu tais conclusões para explicar o movimento dos corpos celestes.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 6 / 39


Dinâmica

Dinâmica

Inércia

É a tendência de um corpo de resistir a mudanças do seu movimento, ou seja, é a


tendência um corpo de manter o estado de movimento.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 6 / 39


Dinâmica

Dinâmica

Conclusões

Podem ser destacados os seguintes pontos:

⋄ Para um corpo alterar seu estado de movimento, ou seja, a velocidade ⃗v


(módulo, direção e sentido), é necessária uma força externa. Forças internas
não alteram o estado de movimento de um corpo;
⋄ Não é necessária uma força para manter um corpo em movimento com
velocidade constante;
⋄ Considerando-se diferentes referenciais, onde em um a partícula pode estar
parada enquanto em outro ela está em movimento, conclui-se que o estado de
repouso e o movimento com velocidade constante não são, de forma alguma,
diferentes.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 6 / 39


Dinâmica

Dinâmica

⋄ Sintentizou os conhecimentos de
mecânica em três leis.
⋄ As três Leis de Newton, sobre os Sir Isaac Newton
⋆ 25/12/1642,
quais repousa toda a mecânica Woolsthorpe-by-
Colsterworth,
newtoniana ou mecânica clássica, Inglaterra
† 20/03/1727,
se aplicam a qualquer corpo que Kensington,
esteja nas proximidades da Terra Inglaterra
ou em qualquer parte do
Universo.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 6 / 39


Dinâmica

Mecânica Newtoniana
As leis de Newton são o fundamento da
mecânica clássica.

As leis de Newton não podem ser obtidas


de derivações matemáticas!

Elas são uma síntese do que os físicos tem


aprendido a partir de uma série de
experiências sobre como os objetos se
movem!

Estas leis relacionam as forças que os


objetos exercem uns sobre os outros e
relacionam qualquer variação no movimento
de um objeto às forças que atuam sobre ele.

As leis de Newton necessitam de


modicações somente em situações
próximas à velocidade da luz no vácuo
c ∼ 3 × 108 m/s, e dimensões muito
pequenas, tal como no interior do átomo.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 7 / 39


Dinâmica

Força

Características:

Uma força é o ato de empurrar


ou puxar;

Uma força é a interação entre


dois objetos ou entre um objeto
e seu ambiente;

Uma força é uma grandeza


vetorial com módulo, direção e
sentido.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 8 / 39


Dinâmica

Tipos de força

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 9 / 39


Dinâmica

Caráter vetorial da força


Componentes da força

O efeito da aplicação da força ⃗


F é equivalente ao efeito da aplicação de suas forças
componentes ⃗x
F e ⃗y ,
F simultaneamente.

⃗ =F
F ⃗x + F
⃗y .

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 10 / 39


Dinâmica

Caráter vetorial da força

Força resultante

A força resultante é a soma vetorial


de todas as forças que agem sobre um
corpo.

n
X
⃗R = F
F ⃗1 + F
⃗2 + · · · + F
⃗n = ⃗i .
F
i=1

n
X n
X
FR,x = Fi,x FR,y = Fi,y .
i=1 i=1

⃗R | =
q
2 2 Ry
|F FR,x + FR,y tanθ = .
Rx

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 10 / 39


Dinâmica

Caráter vetorial da força

Força resultante

A força resultante é a soma vetorial


de todas as forças que agem sobre um
corpo.

n
X
⃗R = F
F ⃗1 + F
⃗2 + · · · + F
⃗n = ⃗i .
F
i=1

n
X n
X
FR,x = Fi,x FR,y = Fi,y .
i=1 i=1

⃗R | =
q
2 2 Ry
|F FR,x + FR,y tanθ = .
Rx

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 10 / 39


Dinâmica

Medindo a intensidade da força

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 11 / 39


Dinâmica

Medindo a intensidade da força

(a) ⃗1
F provoca estiramento de 1 cm.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 11 / 39


Dinâmica

Medindo a intensidade da força

(a) ⃗1
F provoca estiramento de 1 cm.

(b) ⃗
F2 provoca estiramento de 2 cm.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 11 / 39


Dinâmica

Medindo a intensidade da força

(a) ⃗1
F provoca estiramento de 1 cm.

(b) ⃗
F2 provoca estiramento de 2 cm.

(c) ⃗1
F e ⃗2
F aplicadas simultaneamente provocam estiramento de 3 cm.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 11 / 39


Dinâmica

Medindo a intensidade da força

(a) ⃗1
F provoca estiramento de 1 cm.

(b) ⃗
F2 provoca estiramento de 2 cm.

(c) ⃗1 e F
F ⃗2 aplicadas simultaneamente provocam estiramento de 3 cm.
(d) ⃗ é equivalente ao efeito da aplicação de suas forças componentes F
F ⃗1 e ⃗2
F
simultaneamente.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 11 / 39


Dinâmica

Exemplo:
01. Três lutadores prossionais estão lutando pelo cinturão do campeonato. Olhando de
cima, eles aplicam três forças horizontais sobre o cinturão, conforme indicado na gura
a. Os módulos das três forças são F1 = 250N , F2 = 50N e F3 = 120N . Ache os
componentes x e y da força resultante. Determine o módulo, a direção e o sentido da
força resultante.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 12 / 39


Dinâmica

Solução:
Trata-se apenas de um problema de soma vetorial, em que os vetores representam forças.
Na gura os ângulos entre F⃗1 , F⃗2 , F⃗3 e o eixo +x, são:
◦ ◦ ◦ ◦
ϕ1 = 180 − 53 = 127 , ϕ2 = 0, ϕ3 = 270
As componentes x e y das três forças são:

A força resultante das componentes:

Através desses resultados é possível traçar o vetor resultante da força, gura b). O módulo da força
resultante:

Para achar o ângulo entre a resultate e o eixo +x:

Esse ângulo corresponde ao ângulo entre a resultante e o eixo −x, logo: ϕR = −39◦ + 180◦ = 141◦
Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 12 / 39
Primeira lei de Newton

Primeira Lei de Newton


a
1 lei de Newton arma que,
P⃗
Quando a soma vetorial das forças que atuam sobre o corpo é igual a zero ( F = 0), o
corpo está em equilíbrio e possui aceleração nula.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 13 / 39


Primeira lei de Newton

Primeira Lei de Newton


a
1 lei de Newton arma que,
P⃗
Quando a soma vetorial das forças que atuam sobre o corpo é igual a zero ( F = 0), o
corpo está em equilíbrio e possui aceleração nula.

a
Características da 1 lei de Newton:

Um corpo inicialmente em repouso permanece em repouso a não ser que uma força
externa atue sobre ele.

Um corpo inicialmente em movimento continua em movimento com velocidade


escalar constante v e em linha reta a não ser que uma força externa atue sobre ele.

A primeira lei de Newton é válida somente em sistemas de referência inercial.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 13 / 39


Primeira lei de Newton

A tendência de um corpo permanecer deslocando-se, uma vez iniciado o movimento, ou


permanecer parado em relação a um referencial adotado resulta de uma propriedade
denominada inércia.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 14 / 39


Primeira lei de Newton

Situação 01:

X
⃗ =F
F ⃗N + P
⃗ =F
⃗N + (−P
⃗) = 0

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 15 / 39


Primeira lei de Newton

Situação 02:

X
⃗ =F
F ⃗1 + F
⃗2 = F
⃗1 + (−F
⃗1 ) = 0 (1)

Na primeira lei de Newton, o que importa é conhecer a força resultante!!!

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 16 / 39


Primeira lei de Newton

Questões - Lição de casa:

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 16 / 39


Primeira lei de Newton Referenciais inerciais

Referenciais inerciais

Se não há forças atuando sobre um corpo, qualquer referencial no qual a aceleração do


corpo permanece zero é um referencial inercial.

Na formulação das leis de Newton:

Qualquer referencial em movimento retilíneo uniforme (movendo-se com velocidade


constante) em relação a um referencial inercial também é um referencial inercial.

Qualquer outro referencial que esteja acelerando em relação a um referencial


inercial não é um referencial inercial.

Os referenciais para os quais as Leis de Newton são válidas são chamados de


referenciais inerciais.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 17 / 39


Primeira lei de Newton Referenciais inerciais

Referenciais inerciais

Como ca a primeira lei de Newton nos referencial do veículo e fora do veículo?

Observador xo no sistema de referência do veículo: conclui que há uma força


resultante atuando sobre o passageiro, já que a velocidade dele relativa ao veículo
varia conforme o caso.

O sistema de referência do veículo não é um referencial inercial.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 17 / 39


Primeira lei de Newton Referenciais inerciais

Referenciais inerciais

a
1 lei de Newton arma que,

Num referencial inercial, se a resultante das forças que agem sobre um corpo é nula
P⃗
( F = 0), ele está em equilíbrio ou em MRU.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 17 / 39


Segunda Lei de Newton

Segunda Lei de Newton

a
O enunciado da 2 lei de Newton arma que:
P⃗
a força resultante F que age sobre um corpo de massa m está relacionada a aceleração
⃗a do corpo através da equação
X
⃗ = m⃗a,
F (1)

que pode ser escrita em termos de suas componentes:


X X X
Fx = max Fy = may Fz = maz . (2)

No SI, a unidade de medida da força é o newton 1N = (1kg)(1m/s2 ) = 1kg · m/s2 .

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 18 / 39


Segunda Lei de Newton

Segunda Lei de Newton

Situação 01:

Concluímos que:

A força resultante que atua sobre o corpo

faz com que o corpo acelere na mesma

direção e sentido da força;

E que se o módulo da força resultante for

constante, a aceleração também será.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 18 / 39


Segunda Lei de Newton

Segunda Lei de Newton

Situação 02:
Mostram que:

Para qualquer objeto, o módulo da aceleração


é diretamente proporcional ao módulo da
força resultante que atua sobre o corpo.


⃗a ∝ F

Para um dado corpo, a razão entre o módulo


⃗ |) e o módulo da
da força resultante (|F
aceleração |⃗a| é constante, independentemente
do módulo da força resultante.

Essa razão denomina-se massa inercial do


corpo, ou simplesmente massa, e é
representada por m.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 18 / 39


Segunda Lei de Newton

Segunda Lei de Newton

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 18 / 39


Segunda Lei de Newton

Segunda Lei de Newton

a
Características da 2 lei de Newton:
P⃗
A aceleração ⃗a ocorre na mesma direção da força resultante F;
O módulo da aceleração é diretamente proporcional ao módulo da força resultante
que atua sobre o corpo;

A componente da aceleração em relação a um dado eixo é causada apenas pela


soma das componentes das forças em relação a esse eixo, e não por componentes
de forças em relação a qualquer outro;

As equações que denem matematicamente a segunda lei são válidas apenas


quando a massa é constante;

A segunda lei de Newton refere-se a forças externas: é impossível um corpo afetar


seu próprio movimento exercendo uma força sobre si mesmo;

A segunda lei de Newton é válida somente em sistemas de referência inerciais.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 18 / 39


Segunda Lei de Newton Exemplo

Exemplo:

Nas guras a e c, uma ou duas forças agem sobre um disco metálico que se move sobre o
gelo sem atrito ao longo do eixox, em um movimento unidimensional. A massa do disco
ém = 0.20kg . As forças F⃗1 e F
⃗2 atuam ao longo do eixo x e tem módulos F1 = 4.0N e
⃗3 faz um ângulo θ = 30◦ com o eixo x e tem um módulo F3 = 1.0N .
F2 = 2.0N . A força F
Qual é a aceleração do disco em cada situação?

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 19 / 39


Segunda Lei de Newton Exemplo

Exemplo:

Nas guras a e c, uma ou duas forças agem sobre um disco metálico que se move sobre o
gelo sem atrito ao longo do eixox, em um movimento unidimensional. A massa do disco
ém = 0.20kg . As forças F⃗1 e F
⃗2 atuam ao longo do eixo x e tem módulos F1 = 4.0N e
⃗3 faz um ângulo θ = 30◦ com o eixo x e tem um módulo F3 = 1.0N .
F2 = 2.0N . A força F
Qual é a aceleração do disco em cada situação?

Situação A:

F1
ax = m
= 4.0N
0.20kg
= 20m/s2 .

A resposta positiva indica que a aceleração do disco ocorre no sentido positivo do eixo x.
Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 19 / 39
Segunda Lei de Newton Exemplo

Exemplo:

Nas guras a e c, uma ou duas forças agem sobre um disco metálico que se move sobre o
gelo sem atrito ao longo do eixox, em um movimento unidimensional. A massa do disco
ém = 0.20kg . As forças F⃗1 e F
⃗2 atuam ao longo do eixo x e tem módulos F1 = 4.0N e
⃗3 faz um ângulo θ = 30◦ com o eixo x e tem um módulo F3 = 1.0N .
F2 = 2.0N . A força F
Qual é a aceleração do disco em cada situação?

Situação B:

F1 −F2 4.0N −2.0N


ax = m
= 0.20kg
= 10m/s2 .

A força resultante acelera o disco no sentido positivo do eixo x.


Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 20 / 39
Segunda Lei de Newton Exemplo

Exemplo:

Nas guras a e c, uma ou duas forças agem sobre um disco metálico que se move sobre o
gelo sem atrito ao longo do eixox, em um movimento unidimensional. A massa do disco
ém = 0.20kg . As forças F⃗1 e F
⃗2 atuam ao longo do eixo x e tem módulos F1 = 4.0N e
⃗3 faz um ângulo θ = 30◦ com o eixo x e tem um módulo F3 = 1.0N .
F2 = 2.0N . A força F
Qual é a aceleração do disco em cada situação?

Situação C:

(1.0N )(cos30◦ )−2.0N


ax = 0.20kg
= −5.7m/s2 .

Assim, a força resultante acelera o disco no sentido negativo do eixo x.


Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 21 / 39
Segunda Lei de Newton Algumas forças especícas

Algumas forças especícas

⋄ Força peso;
⋄ Força normal;
⋄ Força elástica;
⋄ Tensão;
⋄ Força de atrito;
⋄ Força de arraste ou viscosidade;
⋄ Força centrípeta.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 22 / 39


Segunda Lei de Newton Algumas forças especícas

Peso

Quando um objeto está em queda livre próximo à superfície da Terra, a única força
⃗g = m⃗g , onde g ≃ 9, 8 m/s2 é o módulo
que atua sobre ele é a força gravitacional F
da aceleração.

⃗g é independente da massa do objeto.

O peso ⃗
P de um corpo é a força que o atrai para o objeto astronômico mais
próximo. A força é devido à atração gravitacional entre as massas destes dois
corpos.

Tem-se que
⃗ = m⃗g ,
P
onde ⃗g é aceleração da queda livre do objeto ou aceleração da gravidade.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 23 / 39


Segunda Lei de Newton Algumas forças especícas

Peso

Massa: Propriedade
associada diretamente à
inércia do corpo.

Peso: Força sobre o corpo


associada à interação
gravitacional com a Terra.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 23 / 39


Segunda Lei de Newton Algumas forças especícas

Força normal

Quando um corpo exerce uma força sobre uma superfície, a superfície (ainda que
aparentemente rígida) se deforma e empurra o corpo com uma força normal ⃗
N que
é perpendicular à superfície

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 24 / 39


Segunda Lei de Newton Algumas forças especícas

Força elástica

Quando uma mola é esticada a uma distância x


de sua posição relaxada, verica-se
experimentalmente que a força que ela exerce é

⃗ = −κ⃗
F x,

onde κ é a constante de força ou constante


elástica da mola.

A Lei de Hooke apresenta um sinal negativo,


que expressa que quando a mola está distendida
ou comprimida em um sentido, a força que ela
exerce sempre está no sentido oposto.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 25 / 39


Segunda Lei de Newton Algumas forças especícas

Tensão

Quando os ou cordas são utilizados


para puxar corpos, a magnitude da
força que um segmento da corda
exerce sobre o o segmento adjacente e,
consequemente, sobre o objeto é
chamada tensão T.
A tensão T⃗ orientada ao longo da
corda é aplicada no ponto de conexão
entre o corpo e a corda.

Em geral, em exercícios, considera-se


que a corda é não-extensível e de
massa desprezível, bem como a polia é
considerada de massa e atrito
desprezíveis.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 26 / 39


Segunda Lei de Newton Algumas forças especícas

Força de atrito

Quando uma força ⃗


F é aplicada a um
corpo para tentar fazê-lo deslizar sobre
uma superfície, esta exerce uma força
contrária, paralela ao movimento e
paralela às superfícies em contato,
causada pela interação entre as
superfícies.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 27 / 39


Segunda Lei de Newton Algumas forças especícas

Força de atrito

Esta força contrária é chamada de


força de atrito. Tem-se

⋄ Se o corpo não desliza, tem-se a


força de atrito estático f⃗e ;
⋄ Se o corpo desliza, tem-se a força
de atrito cinético f⃗c .
O valor depende apenas dos tipos de
materiais que estão interagindo e de
como eles estão relacionados, não
dependendo da área em contato.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 27 / 39


Segunda Lei de Newton Algumas forças especícas

Força de atrito

Propriedades:

⋄ Se o corpo não se move, f⃗e e a


componente de ⃗
F paralela à
superfície têm módulos iguais e
sentidos opostos.
⋄ O módulo de f⃗e tem valor
máximo de |f⃗e,max | = µe N , onde
µe é o coeciente de atrito
estático e N é o módulo da
normal.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 27 / 39


Segunda Lei de Newton Algumas forças especícas

Força de atrito

Propriedades:

⋄ Se o módulo da componente de ⃗
F
paralela à superfície for maior que
|f⃗e,max |, o corpo começará a
deslizar.
⋄ Se o corpo começar a deslizar
sobre a superfície, o módulo da
força de atrito decrescerá para
|f⃗c | = µc N , onde µc é o
coeciente de atrito cinético e N
é o módulo da normal. Enquanto
o corpo deslizar, o |f⃗c | será
constante.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 27 / 39


Segunda Lei de Newton Algumas forças especícas

Força de atrito

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 27 / 39


Segunda Lei de Newton Algumas forças especícas

Força de arrasto ou viscosidade

Quando um objeto se move através de um uido como um gás ou líquido, o uido


exerce uma força de resistência, de arraste ou viscosidade, que se opõe ao
movimento do objeto.

A força de arraste depende da forma do objeto, das propriedades do uido e da


rapidez do objeto em relação ao uido.

A magnitude da força de arraste pode ser escrita como

⃗a | = bv n ,
|F

onde b é uma constante.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 28 / 39


Segunda Lei de Newton Algumas forças especícas

Força de arrasto ou viscosidade

No caso de uma queda livre, dene-se uma velocidade terminal, na qual


P⃗
F = m⃗a = 0, logo
 mg 1/n
vT = .
b

No caso de um corpo arredondado e volumoso em queda livre no ar, uma


aproximação para a força de arraste é

⃗a | = 1
|F CρAv 2 ,
2
onde C é o coeciente de viscosidade, ρ é a densidade do ar, A é a área da seção
reta efetiva do corpo e v é a velocidade do corpo.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 28 / 39


Segunda Lei de Newton Algumas forças especícas

Força centrípeta

Comumente, os corpos não se movem em linha reta, mas realizam um movimento


em trajetória curva.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 29 / 39


Segunda Lei de Newton Algumas forças especícas

Força centrípeta

Um corpo que realiza um movimento circular uniforme


está sob o efeito de uma aceleração ⃗ac , chamada
aceleração centrípeta, cujo módulo é

v2
|⃗ac | = ,
r
onde v é a velocidade do corpo e r é o raio de curvatura
da trajetória.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 29 / 39


Segunda Lei de Newton Algumas forças especícas

Força centrípeta

Esta aceleração está relacionada à força centrípeta ⃗c ,


F
com modulo dado por

⃗c | = m v2
|F ,
r
onde m é a massa do corpo.

at = 0.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 29 / 39


Segunda Lei de Newton Algumas forças especícas

Força centrípeta

⃗ac e ⃗c
F apontam sempre para o centro de curvatura da trajetória da partícula.

Esta não corresponde a um novo tipo de força, uma vez que pode ser uma força
gravitacional, de contato, tensão, atrito, etc.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 29 / 39


Terceira Lei de Newton

Terceira Lei de Newton

Terceira Lei de Newton

Quando dois corpos interagem entre si, a força ⃗BA


F
exercida pelo corpo B sobre o corpo
⃗AB , exercida pela corpo A sobre
A tem a mesma magnitude e sentido oposto ao da força F
o corpo B . Assim,
⃗BA = −F
F ⃗AB .

Observações:

⋄ Uma interação sempre requer um par de forças atuantes sobre dois corpos;
⋄ Forças iguas em módulo, mas acelarações completamente diferentes;
⋄ Se as forças possuem módulos iguais e sentidos contrários, porque elas não se
cancelam?
a
⋄ Tanto a 2 quanto a 3a Leis de de Newton consideram somente forças
externas.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 30 / 39


Terceira Lei de Newton

Terceira Lei de Newton


a
O enunciado da 3 lei de Newton arma que:

quando dois corpos interagem, a força que o primeiro exerce sobre o segundo possui o
mesmo módulo e a mesma direção, mas sentido contrário à força que o segundo exerce
sobre o primeiro. Podemos escrever então que, se um corpo A aplica a outro corpo B
uma força ⃗AB ,
F o corpo B aplica ao corpo A uma força ⃗BA
F tal que

⃗AB = −F
F ⃗BA .

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 31 / 39


Terceira Lei de Newton

Terceira Lei de Newton


a
O enunciado da 3 lei de Newton arma que:

quando dois corpos interagem, a força que o primeiro exerce sobre o segundo possui o
mesmo módulo e a mesma direção, mas sentido contrário à força que o segundo exerce
sobre o primeiro. Podemos escrever então que, se um corpo A aplica a outro corpo B
uma força ⃗AB ,
F o corpo B aplica ao corpo A uma força ⃗BA
F tal que

⃗AB = −F
F ⃗BA .

a
Características da 3 lei de Newton:

As forças descritas pela terceira lei de Newton são denominadas par de ação e
reação;

Cada força de um par de ação e reação atua separadamente em somente um corpo;

A terceira lei de Newton é válida somente em sistemas de referência inercial.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 31 / 39


Terceira Lei de Newton Exemplo

Exemplo 01:

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 32 / 39


Terceira Lei de Newton Exemplo

Exemplo 02:

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 32 / 39


Aplicações das Leis de Newton

Diagrama de corpo livre

É um diagrama mostrando esquematicamente


todas as forças que atuam sobre o corpo.

É assim chamado pois o corpo é desenhado livre


de tudo que o cerca.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 33 / 39


Aplicações das Leis de Newton

Diagrama de corpo livre

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 33 / 39


Aplicações das Leis de Newton

Estratégia para solução de exercícios

Três princípios úteis para solução de qualquer problema


referente às Leis de Newton:

(a) As duas forças descritas na 3a Lei de Newton atuam


em corpos diferentes;
a a
(b) A 1 e a 2 Leis de Newton se aplicam a um corpo
especíco. Dena o corpo que você está tratando;
(c) Só importam as forças que atuam sobre o corpo.
Após escolher o corpo, identique todas as forças
que atuam sobre ele.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 34 / 39


Aplicações das Leis de Newton

Estratégia para solução de exercícios


Sempre pense no seguinte:

(a) Desenhe o diagrama de corpo livre para cada corpo


envolvido para ajudar a conceitualizar o problema.
O diagrama expressa o módulo, direção e sentido
das forças que atuam sobre o corpo;
(b) Escolha um eixo de coordenadas conveniente para
cada corpo e encontrar as componentes das forças
ao longo dos eixos. Os eixos devem ser escolhidos
de modo a simplicar os cálculos subsequentes.
(c) Aplique a 2a Lei de Newton na forma de
componentes. Relembre que você deve ter tantas
equações independentes quanto o número de
quantidades desconhecidas para obter uma solução
completa;
(d) Resolva as equações de componentes para as
quantidades desconhecidas;
(e) Finalize vericando se seus resultados são
consistentes com o diagrama de corpo livre.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 34 / 39


Aplicações das Leis de Newton

Aplicações das Leis de Newton

Para facilitar a abordagem aos problemas, podem ser consideradas as seguintes


aplicações das Leis de Newton:

⋄ Partículas em equilíbrio;
⋄ Partículas aceleradas;
⋄ Objetos em contato;
⋄ Plano inclinado;
⋄ Cordas e polias;
⋄ Peso aparente;
⋄ Atrito;
⋄ Forças de arraste;
⋄ Trajetórias circulares.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 35 / 39


Aplicações das Leis de Newton Partículas em equilíbrio

Partículas em equilíbrio

Exemplo

Um ginasta com massa mG = 50.0 kg está começando a subir em uma corda presa ao
teto de um ginásio.

(a) Qual é o peso do ginasta?

(b) Qual força (módulo, direção e sentido) que a corda exerce sobre o ginasta?

(c) Qual é a tensão na extremidade superior da corda?

Considere que a massa da corda em si é desprezível.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 36 / 39


Aplicações das Leis de Newton Partículas em equilíbrio

Partículas em equilíbrio
Exemplo

Solução:
A ginasta e a corda estão em equilíbrio, logo, podemos aplicar a primeira lei de Newton em ambos os corpos.
Também usaremos a terceira lei de Newton para relacionar as forças que a ginasta e a corda exercem entre
si(as forças atuam em corpos diferentes).
Desenhamos a situação e fazemos diagramas do corpo livre separados para a ginasta (gura b) e a corda
(gura c):

(a) O módulo do peso da ginasta é o produto de sua massa e da aceleração da gravidade, g :


⃗ = m⃗ 2 2
P g = (50kg)(9, 8m/s ) = 490kgm/s = 490N

(b) Aplicando a2a Lei de Newton, temos: X


⃗ = m⃗
F a

Como o sistema está em equilibrio, F = 0, logo,


P⃗

X
⃗ = m⃗
F ⃗ + (−P
a=0=T ⃗)

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 36 / 39


Aplicações das Leis de Newton Partículas em equilíbrio

Partículas em equilíbrio
Exemplo

Solução:

A força gravitacional sobre a ginasta (seu peso) aponta no sentido negativo do eixo y , de modo que seu
componente y é igual a −P⃗ . Assim,
⃗ −P
T ⃗ =0→ ⃗ =P
T ⃗ → ⃗ = 490N
T

(c) Consideramos que a corda é desprovida de peso, de modo que as únicas forças atuando sobre ela são
aquelas exercidas pelo teto e pela ginasta. Aplicando a segunda lei de Newton:
X
⃗ = m⃗
F a

Como o sistema está em equilibrio, F = 0, logo,


P⃗

X
⃗ = m⃗
F ⃗t + (−T
a=0=T ⃗)

⃗t − T
T ⃗ =0→ ⃗t = 490N
T
Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 36 / 39
Aplicações das Leis de Newton Partículas em equilíbrio

Partículas em equilíbrio

Na gura, o motor de um automóvel com peso ⃗


P está suspenso por uma corrente que está
ligada por um anel O a duas outras correntes, uma delas amarrada ao teto e a outra presa
⃗ e despreze o
na parede. Ache as tensões (expressões) nas três correntes em função de P
peso das correntes e do anel. Onde T3 faz um ângulo de 60◦ com eixo +x.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 36 / 39


Aplicações das Leis de Newton Partículas em equilíbrio

Partículas em equilíbrio

Exemplo

Solução:
Todos os corpos estão em equilíbrio, logo, F = 0.
P⃗
Desenhando os digramas de forças:

As forças que atuam sobre o motor estão orientadas somente ao longo do eixo y . Portanto, aplicando a
segunda lei de Newton, e de acordo com a primeira lei de Newton:
X
⃗ = m⃗
F ⃗1 + (−P
a=0=T ⃗) → ⃗1 = P
T ⃗

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 36 / 39


Aplicações das Leis de Newton Partículas em equilíbrio

Partículas em equilíbrio

Exemplo

Solução:

As forças que atuam sobre o anel (Figura c), são: T1 , T2 e T3 . Decompomos a força com magnitude T3
em seus componentes x e y . Aplicando a segunda lei de Newton sobre as componentes do anel, achamos
as duas equações:

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 36 / 39


Aplicações das Leis de Newton Partículas em equilíbrio

Partículas em equilíbrio
Exemplo

Solução:

Como T1 = P , podemos reescrever a equação em y :


T1 P
T3 = = = 1, 2P
senθ sen60◦

Podemos agora usar esse resultado na primeira equação do anel

◦ cos60◦
T2 = T3 cos60 = = 0, 58P
sen60◦

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 36 / 39


Aplicações das Leis de Newton Partículas em equilíbrio

Partículas em equilíbrio

Exemplo

Um carro com peso P está em repouso sobre a rampa de um rebocador. Somente um cabo
ligando o carro ao rebocador impede o carro de deslizar para baixo ao longo da rampa.
Ache a tensão no cabo e a força que a rampa exerce sobre os pneus do carro.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 36 / 39


Aplicações das Leis de Newton Partículas em equilíbrio

Partículas em equilíbrio

Exemplo

Solução: O carro está em equilíbrio, portanto, usamos a primeira lei de Newton ⃗ = 0. P


F
Desenhamos os diagrama das forças que atuam sobre o carro, gura b. Em seguida devemos encontrar os
componentes do vetor P⃗ . Dados por:
Py = −P cosα
Px = −P senα
Pela segunda lei de Newton, e como o sistema está em equilíbrio (primeira lei de Newton),

Resolvendo as duas equações e explicitando T e n:

As respostas para T e n dependem do valor de α.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 36 / 39


Aplicações das Leis de Newton Partículas em equilíbrio

Partículas aceleradas

Exemplo

Um barco projetado para deslizar no gelo está em repouso sobre uma superfície horizontal
sem atrito (Figura abaixo). Sopra um vento de modo que, 4, 0s após a partida, o barco
atinge uma velocidade de 6, 0m/s (cerca de 22km/h). Qual é a força horizontal constante
FV que o vento exerce sobre o barco? A massa total do barco mais a massa do velejador
é igual a 200kg .

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 37 / 39


Aplicações das Leis de Newton Partículas em equilíbrio

Partículas aceleradas
Exemplo

Solução: Como nossa variável está acelerada, usaremos a segunda lei de Newton. As forças que atuam
sobre o barco e o velejador.

As grandezas conhecidas são a massa m = 200kg , as velocidades inicial e nal v0x = 0 e vx = 6, 0m/s e
o tempo decorrido t = 4, 0s. Aplicando a segunda lei de Newton:

Para achar a aceleração, usamos a equação:

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 37 / 39


Aplicações das Leis de Newton Partículas em equilíbrio

Partículas aceleradas

Exemplo

Solução:

Logo, a força:

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 37 / 39


Aplicações das Leis de Newton Partículas em equilíbrio

Partículas aceleradas

Exemplo

b)Suponha que uma força de atrito horizontal constante de 100N oponha-se ao movimento do barco. Neste
caso, qual é a força constante FV que o vento deve aplicar sobre o barco para provocar a mesma aceleração
constante de ax = 1, 5m/s2 ? Solução:

Nosso diagrama de forças:

Aplicando a segunda Lei de Newton:

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 37 / 39


Aplicações das Leis de Newton Partículas em equilíbrio

Exemplo

Sua massa é de 80 kg, e você está sobre uma balança de mola presa ao piso de um
elevador. A balança mede forças e está calibrada em newtons. Qual é a leitura da escala
quando

(a) O elevador está subindo com uma aceleração para cima com magnitude a?
(b) O elevador está descendo com uma aceleração para baixo de magnitude a?
(c) O elevador está subindo a 20 m/s e sua velocidade diminui a uma taxa de 8.0 2
m/s ?

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 38 / 39


Aplicações das Leis de Newton Partículas em equilíbrio

Exemplo

Solução:
a) O diagrama de força para o elevador subindo:

Aplicando a seguanda lei de Newton:

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 38 / 39


Aplicações das Leis de Newton Partículas em equilíbrio

Exemplo

Solução:
b) Temos que a aceleração ⃗ay = −⃗ad Aplicando a seguanda lei de Newton,

c) A velocidade é positiva, mas está diminuindo, então a aceleração é negativa. portanto

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 38 / 39


Aplicações das Leis de Newton Partículas em equilíbrio

Exemplo

Um tobogã cheio de estudantes (gura abaixo) escorrega em uma encosta coberta de


neve. A montanha possui uma inclinação constante α e o tobogã está tão bem lubricado
que não existe qualquer atrito. Qual é a aceleração do tobogã?

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 38 / 39


Aplicações das Leis de Newton Partículas em equilíbrio

Exemplo

Solução:
As força que atuam sobre a partícula, estão representadas no diagrama de corpos livre:

Escolhe-se um eixo paralelo e outro perpendicular ao plano da montanha, de modo que a aceleração está
orientada ao longo do sentido positivo do eixo x.
A força normal possui somente a componente y , mas o peso possui a componente x e y , logo:

Py = P cosα
Px = P senα

Aplicando a segunda Lei de Newton:

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 38 / 39


Aplicações das Leis de Newton Partículas em equilíbrio

Exemplo

Solução:
Como P = mg , a equação no eixo x:
ax = gsenα
Note que não precisamos da equação em y para achar a aceleração. Essa é a vantagem de escolher o eixo
x ao longo da direção da aceleração. A componente y revela é o módulo da força normal que a montanha
exerce sobre o tobogã:

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 38 / 39


Aplicações das Leis de Newton Partículas em equilíbrio

Exemplo

A graxa envelheceu, e agora existe um coeciente de atrito cinético µc . A inclinação é


apenas suciente para que o tobogã se desloque com velocidade constante. Deduza uma
expressão para o ângulo de inclinação em função de P e de µc .

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 38 / 39


Aplicações das Leis de Newton Partículas em equilíbrio

Exemplo

Solução:
As força que atuam sobre a partícula, estão representadas no diagrama de corpos livre:

A força normal possui somente a componente y , mas o peso possui a componente x e y.


Aplicando a segunda Lei de Newton, e como a velocidade é constante, F⃗ = 0.
P

Reagrupando essas equações, obtemos:


P senα
µc =
n

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 38 / 39


Aplicações das Leis de Newton Partículas em equilíbrio

Exemplo

Solução:
As força que atuam sobre a partícula, estão representadas no diagrama de corpos livre:

A normal nós conhecemos n = P cosα, logo,


P senα
µc = = tgα
P cosα
α = arctgµc

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 38 / 39


Aplicações das Leis de Newton Partículas em equilíbrio

Exemplo

Você está tentando mover um engradado de 500 N sobre um piso plano. Para iniciar o
movimento, você precisa aplicar uma força horizontal de módulo igual a 230 N. Depois
de iniciado o movimento do engradado, você necessita de apenas 200 N para manter o
movimento com velocidade constante. Quais são os coecientes de atrito estático e de
atrito cinético?

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 38 / 39


Aplicações das Leis de Newton Partículas em equilíbrio

Exemplo

Solução:
Nosso esquema para o problema está representado nos diagramas de corpos livres.

Aplicando a segunda lei de Newton, e comoP


para o primeiro momento o engradado está parado e no segundo
momento está com velocidade constante, F⃗ = 0.
Atrito estático:

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 38 / 39


Aplicações das Leis de Newton Partículas em equilíbrio

Exemplo

Solução:
Então usamos a equação para atrito estático:

Depois que o engradado começa a se mover (Figura c), achamos:

Conforme esperado, o coeciente de atrito cinético é menor que o coeciente de atrito estático.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 38 / 39


Aplicações das Leis de Newton Partículas em equilíbrio

Exemplo

Qual é a força de atrito se o engradado está em repouso sobre uma superfície e uma força
horizontal de 50N é aplicada sobre ele?

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 38 / 39


Aplicações das Leis de Newton Partículas em equilíbrio

Exemplo

Solução:
Como o engradado está em repouso, temos, atrito estático e F = 0, assim,
P

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 38 / 39


Aplicações das Leis de Newton Partículas em equilíbrio

Exemplo

Suponha que você tente mover o engradado amarrando uma corda em torno dele e puxando

a corda para cima com um ângulo de 30 com a horizontal. Qual é a força que você deve
fazer para manter o movimento com velocidade constante? Suponha µc = 0, 40.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 38 / 39


Aplicações das Leis de Newton Partículas em equilíbrio

Exemplo

Solução:
O diagrama das forças:

Temos velocidade constante, logo, F = 0. Aplicando a segunda lei de Newton:


P

Podemos substituir esse resultado em qualquer uma das duas equações originais para obter n,

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 38 / 39


Aplicações das Leis de Newton Partículas em equilíbrio

Exemplo

Um trenó com massa de 25, 0kg está em repouso sobre uma superfície horizontal de gelo,
essencialmente sem atrito. Ele está amarrado a um poste xado no gelo por uma corda
de 5, 0m. Quando empurrado, o trenó gira uniformemente e faz um círculo em torno do
poste. Considerando que o trenó completa cinco rotações por minuto, ache a força F
exercida sobre ele pela corda.

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 38 / 39


Aplicações das Leis de Newton Partículas em equilíbrio

Exemplo

Solução:
O diagrama das forças:

O trenó está se deslocando em um movimento circular uniforme e, portanto, possui uma aceleração radial
constante. Aplicando a segunda lei de Newton:

Podemos determinar a aceleração centrípeta arad usando

O módulo F da força exercida pela corda é, então:

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 38 / 39


Aplicações das Leis de Newton Partículas em equilíbrio

Exemplo

Um inventor propõe a construção de um pêndulo usando um peso de massa m na extremi-


dade de um o de comprimento L. Em vez de oscilar para a frente e para trás, o peso se
move em um círculo horizontal com velocidade escalar constante v, e o o faz um ângulo
β constante com a direção vertical (Figura abaixo). Esse sistema é chamado de pêndulo
cônico, porque o o de suspensão descreve um cone. Ache a tensão F no o e o período
T (o tempo para uma rotação da bola).

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 38 / 39


Aplicações das Leis de Newton Partículas em equilíbrio

Solução:

O diagrama das forças:

Como é um movimento circular sempre temos aceleraçao mesmo com velocidade constante, na direção x.
Em y o sistema encontra-se em equilibrio, logo, F = 0. Aplicando a segunda lei de Newton para os dois
P
eixos:

Isolando F na equação y :
mg
F =
cosβ
substituindo na equação x:
arad = gtanβ

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 38 / 39


Aplicações das Leis de Newton Partículas em equilíbrio

Solução:

Para relacionar β ao período T , usamos a equação:

A Figura mostra que R = Lsenβ . Substituímos isso e usamos senβ/tanβ = cosβ

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 38 / 39


Aplicações das Leis de Newton Partículas em equilíbrio

Exemplo

Um carro faz uma curva com raio R em uma estrada plana. Se o coeciente de atrito
estático entre os pneus e a estrada for igual a µs , qual é a velocidade máxima vmx com
a qual o carro pode completar a curva sem deslizar?

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 38 / 39


Aplicações das Leis de Newton Partículas em equilíbrio

Solução:

O diagrama das forças:

A força de atrito está orientada para o centro do círculo para causar a aceleração radial. Como o carro não
se desloca na direção radial, a força de atrito é estática. Aplicando a segunda lei de Newton:

A primeira equação mostra que a força de atrito necessária para manter o carro em uma trajetória circular
aumenta com a velocidade do carro. A força de atrito máxima, é dada pela equação na direçaõ x:
2
vmax
então
p
µs n = m vmax = µs gR
R

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 38 / 39


Aplicações das Leis de Newton Partículas em equilíbrio

Exemplo

Para um carro se deslocando a uma certa velocidade, é possível inclinar o plano da curva
em um ângulo exato para que não seja necessário absolutamente nenhum atrito para
manter o raio da curva do carro. Neste caso, o carro pode completar a curva sem deslizar,
mesmo sobre uma pista com gelo. (A corrida de trenós se baseia nesse princípio.) Um
engenheiro propõe reconstruir a curva do exemplo anterior de modo que um carro com
velocidade v possa completar a curva com segurança, mesmo quando não existe atrito.
Qual deve ser o ângulo β da inclinação lateral da curva?

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 38 / 39


Aplicações das Leis de Newton Partículas em equilíbrio

Solução:

O diagrama das forças que atuam sobre o carro:

Sem nenhum atrito, as únicas duas forças que atuam sobre o carro são seu peso e a força normal. Como a
estrada é inclinada, a força normal possui um componente horizontal. Aplicando a segunda lei de Newton:

A equação para Fy fornece n = mg/cosβ . Substituindo esse resultado na equação para Fx e usando
P P

arad = v 2 /R, encontramos uma expressão para o ângulo de inclinação:

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 38 / 39


Aplicações das Leis de Newton Partículas em equilíbrio

Fim

Rafael Domingues Della Pace Leis de Newton 25 de novembro de 2021 39 / 39

Você também pode gostar