Você está na página 1de 2

Cultura Luso-brasileira - CT

Aluno (a): Wirler Almeida Santos Data: 06/ 08/ 2020

Avaliação de Pesquisa 01 NOTA:

INSTRUÇÕES:

Esta Avaliação de pesquisa contém 06 questões, totalizando 10 (dez) pontos.


Você deve preencher dos dados no Cabeçalho para sua identificação
Nome / Data de entrega
Utilize o espaço abaixo destinado para realizar a atividade.
Ao terminar grave o arquivo com o nome Avaliação de Pesquisa 01 (nome do aluno).
Envie o arquivo pelo sistema.

Observação: Todas as questões possuem um gabarito que poderá ser consultado no livro
disponbilizado para servir como referêncial. Não serão aceitas respostas iguais aos do gabarito!
Boa atividade!!!

1) O dístico “ordem e progresso” escrito em nossa bandeira tem origem no slogan positivista que
influencia a Primeira República. Explique.
Resposta: Na bandeira, ordem significa a defesa e manutenção de tudo que funciona de maneira
positiva. É a proteção do que é certo e bom, em todos os aspectos da vida nacional.
O progresso significa o avanço natural da sociedade e das instituições como consequência da
defesa da ordem.
A expressão ordem e progresso teve origem na corrente filosófica e política do positivismo, surgida
no século XIX. Na França, um dos principais representantes do positivismo foi Auguste Comte
A publicação de O Guarani, de José de Alencar, em 1857, busca no índio a representação do
homem brasileiro, ainda que ao modelo de uma sociedade europeia e idealizada. Desenvolva essa
afirmação.

2) A vinda da família real para o Brasil interfere diretamente na vida cultural da colônia. Por quê?
Resposta: A principal consequência da vinda da família real para o Brasil foi a aceleração do
processo de independência do país. Em 1815, com fim das guerras napoleônicas, o Brasil foi
declarado parte do Reino Unido de Portugal e Algarves, deixando de ser uma colônia.

Avaliação de Pesquisa 01: Cultura Luso-brasileira - CT


3) Tomás Antônio Gonzaga, no poema “Marília de Dirceu”, adapta à paisagem brasileira a concepção
de um mundo ideal. De que forma?.
Resposta: A jovem é idealizada pela sua beleza, assim como o cenário onde os dois se encontram.
A paisagem bucólica do campo é igualmente louvada

4) O sebastianismo manteve-se por longo tempo presente na memória afetiva do povo português.
Além disso, a literatura serve para confirmar o lugar do mito, como no caso do livro Mensagem, de
Fernando Pessoa, no qual o poema “D. Sebastião, rei de Portugal” nos oferece uma leitura
específica sobre o tema. Discorra sobre o assunto.
Resposta: O mito de D. Sebastião chegou até o século XX como uma espécie de preservação, por
parte dos portugueses, de um “sonho de grandeza perdida”. O suposto retorno do rei, morto na
batalha de alcácer Quibir, alimenta o sonho de opulência que pontificou no período das grandes
navegações, representado pela constituição de que seria o quinto império. Fernando pessoa, ao
enforcar esse mito, através de mensagem, reafirma o passado glorioso de Portugal como uma
extensão do sonho presente, o que serve e mantém vivo – no imaginário desgastado e combalido
de um Portugal do século XX – o desejo de glória e bem-aventurança do povo português.

5) A colonização portuguesa no Brasil enfrenta o problema da adaptação entre culturas e interesses


diferentes. De um lado, a cultura europeia, representada pela escassez e pela repressão; de outro,
a do selvagem, representada pela abundância e pela liberdade. Dito isso, discorra sobre o que
representou o encontro entre colonos, índios e religiosos no Brasil
Resposta: O encontro entre os índios donos da terra, os colonos desbravadores e os religiosos
evangelizadores representou a primeira possibilidade de confronto entre culturas e interesses.
Assim sendo, a colonização em sua origem deparou-se com questões inconciliáveis, o que resultou
na violência que marca esse período. A gênese de nossa história é representada pela ideia do
conflito entre as razões religiosa e econômica, situando entre elas os índios como elementos
intermediadores des- sa questão. Dito isso, podemos entender o descompasso que marcou boa
parte da vida brasileira durante a colonização.

Avaliação de Pesquisa 01: Cultura Luso-brasileira - CT

Você também pode gostar