Você está na página 1de 6

TEMA II Álgebra

TEMA II Álgebra

1 Simplifica o mais possível as seguintes expressões.


1.1. 24  54 – 2 6 1.2. 5 – 3 45  245
3 3 3
1.3. 81 – 27 – 9 – 3 1.4. 5 16 – 2 250 – 128
( 2 + 2) – 2 (3 – 2 2) ( 2) + ( 3 ) + ( 4 )
6 6 6
1.5. 3 1.6.
2
⎛ 1 ⎞
2
⎛ 3⎞
( 2 + 1)( 2 – 1) + ( 2 + 1) 3 ⎟ – (1 – 3 ) ⎜ 1 –
2
1.7. 1.8. ⎜ 1 – ⎟
⎝ 3 ⎠ ⎝ 3 ⎠

2 Racionaliza os denominadores das seguintes frações.


2 2 3
2.1. 2.2.
3 5 3 2

1 2 5
2.3. 2.4.
3 3 5

1 2 3– 5
2.5. 2.6.
2–1 2 5
1 1
2.7. 4
2.8.
3
5 –1 2– 33
Sugestão: Utiliza sucessivas vezes o Sugestão: Utiliza a igualdade
caso notável (a – b)(a + b) = a2 – b2. (a – b)(a2 + ab + b2) = a3 – b3.

3 Simplifica o mais possível as seguintes expressões.


4 6
3.1. 
2 8
3
3.2.  243
27

3.3.
1
(2 2 – 1) + 2 ( 2 – 1)
2

3
3.4. 25  36 25 – 3 40
⎛ 1 ⎞
3.5.
3
8 2 16 × ⎜ – 2 + 8⎟
⎝ 2 ⎠

2 28 – 14 × 4
4
3.6.
7 3
+ 7 7
9

5+ 3
10 × 3 10
3.7.
5

10
Álgebra TEMA II

4 Determina o número designado pela expressão x2 – 2xy + y3, sendo:


4.1. x " 2e y" 3
3
4.2. x " 2 2 e y " 3
1
4.3. x " e y" 8
2

5 Escreve cada uma das seguintes expressões como uma potência de base 2.
23 w 24
5.1.
25
29
5.2. 4 w
24
32 w 24
5.3.
22 w 2
5.4. 250 + 250

5.5. 2–100 + 2–100


1 1 1 1
5.6. 25  25  25  25
5.7. 21000 – 2999

5.8. 80,1 + 80,1 + 80,1 + 80,1 + 80,1 + 80,1 + 80,1 + 80,1

3
5.9. 2w 8 w 32

3
5.10. 2

5.11. 32 w 3 128

6 Simplifica, usando sempre que possível as regras de operações com potências.


–2
x –2  x –3 ⎛ 2–1 x ⎞
6.1. 6.2. ⎜ –2 ⎟
1  x –1 ⎝x ⎠

( ) × (x y )
2 4
1 1 1 1
(5x )–1
× ( xy )
–2
3 2 6 3
6.3. 1
6.4. x y
(8 x )6 3

1
( 5x y ) ( )
4
⎛1 1 1⎞
2 4 3 6
1 1
6.5. 6.6. 2x 2 y 3 × ⎜ x 4 y4 ⎟
1
⎝2 ⎠
( 25xy )

2 3

1
( 2x )
– –1
2 –1
y 4
⎛ 4 –2 x –5 y 2 ⎞
6.7. 6.8. ⎜ –1 –8 –4 ⎟
1
⎝8 x y ⎠
(8 x )

–1 2 2
y

11
TEMA II Álgebra

2x – 3y 2
7 Determina o número designado pela expressão , sendo:
xy 2
7.1. x = 2–2 e y = 2–1

7.2. x = 2–1 e y = 3–1


1

7.3. x " 2 2
e y = 2–1
1

7.4. x " 22 e y = 2–1

8 Resolve o seguinte sistema de equações, apresentando o resultado na forma mais simplificada pos-
sível.

⎪⎧ 5x – y = 23

⎩⎪3 2x + 4 2y = 46

9 Considera um triângulo [ABC], retângulo em B, tal que √AB = (2V√3 + V√2) cm e √BC = (2V√3 – V√2) cm.
Determina, apresentando os resultados simplificados:
9.1. a área do triângulo;

9.2. o comprimento do segmento de reta [AC];

9.3. o perímetro do triângulo.

10 De um paralelepípedo de dimensões a, b e c, sabe-se que b = 2a e c = 3b. O comprimento da diago-


nal espacial é 205 cm. Quais são as dimensões do paralelepípedo?

11 Considera um prisma triangular regular, em que a aresta da base mede 3 cm e a altura é igual ao
quadrado do dobro da medida do comprimento da aresta da base. Determina o volume do prisma,
apresentando o resultado na forma aq, onde a é um número natural e q é um número racional.

12 Considera os polinómios:
1 2 1
x + 2x – 1, B(x) = x3 – 2x + 5 e C(x) = x4 –
A(x) =
2 4
Efetua as operações indicadas e escreve o resultado na forma de um polinómio reduzido e ordenado
segundo as potências decrescentes de x.
12.1. A(x) + B(x)

12.2. B(x) – C(x)

12.3. A(x) – B(x) – C(x)

12.4. A(x) ¥ B(x)

12.5. B(x) ¥ C(x) – A(x)

12
Álgebra TEMA II

13 Utilizando o algoritmo da divisão inteira de polinómios, determina o quociente e o resto da divisão


de A(x) por B(x), onde:
13.1. A(x) = 2x2 – 2x – 1 e B(x) = x + 1

13.2. A(x) = 4x2 + 2x + 7 e B(x) = 2x + 1

13.3. A(x) = 2x3 + 4x2 – x – 4 e B(x) = x + 1

13.4. A(x) = 4x3 – 13x + 13 e B(x) = 2x – 1

13.5. A(x) = 3x3 + 3x2 + 3x – 14 e B(x) = x2 + 2x + 3

13.6. A(x) = 2x4 – 8x3 + 4x2 + 11x – 6 e B(x) = (x – 1)2

13.7. A(x) = 2x4 – 10x3 + 2x + 9 e B(x) = x2 – 4

14 Utilizando a regra de Ruffini, determina o quociente e o resto da divisão de A(x) por B(x), onde:
14.1. A(x) = x2 + 3x + 3 e B(x) = x + 2

14.2. A(x) = x3 – 7x + 9 e B(x) = x – 2


1
14.3. A(x) = 2x3 + x2 – 2x e B(x) = x +
2
14.4. A(x) = 4x3 + 22x2 + 8x + 10 e B(x) = x + 5
7 2
14.5. A(x) = 2x4 + x3 – 4x2 – x + e B(x) = 2x + 1
3 3
14.6. A(x) = 3x4 – x3 + 3x + 1 e B(x) = 3x – 1

15 Para cada uma das seguintes igualdades, determina os valores de a e de b.


15.1. (ax + b)(x – 3) = 4x2 – 11x – 3

15.2. (ax + b)(3x – 2) = 6x2 – x – 2

15.3. (ax + b)(x2 – 1) = x3 + 2x2 – x – 2

15.4. (ax + b)(x2 + 4) = 2x3 – 3x2 + 8x – 12

15.5. (ax + b)(2x2 – 3x + 4) = 4x3 – x + 12

16 Determina, utilizando o Teorema do Resto, o resto da divisão de A(x) por B(x), onde:
16.1. A(x) = 2x2 – 2x – 1 e B(x) = x – 1

16.2. A(x) = 2x3 + 4x2 – x – 4 e B(x) = x + 2

16.3. A(x) = x2 + 3x + 3 e B(x) = x


1
16.4. A(x) = 4x3 + 22x2 + 8x + 10 e B(x) = x +
2
7 2
16.5. A(x) = 2x4 + x3 – 4x2 – x + e B(x) = 2x + 1
3 3

13
TEMA II Álgebra

17 Resolve cada uma das seguintes equações.


17.1. x3 – 6x2 + 11x – 6 = 0, sabendo que 1 é raiz do polinómio x3 – 6x2 + 11x – 6.

17.2. 4x3 + 8x2 – x – 2 = 0, sabendo que o polinómio 4x3 + 8x2 – x – 2 é divisível por x + 2.

17.3. x4 + 2x3 – 13x2 – 14x + 24 = 0, sabendo que o polinómio x4 + 2x3 – 13x2 – 14x + 24 admite as
raízes – 4 e 1.
17.4. 6x4 – x3 – 7x2 + x + 1 = 0, sabendo que o polinómio 6x4 – x3 – 7x2 + x + 1 é divisível por x2 – 1.

13 3 23 2 3 9 4 13 3
17.5. x + x + x + x – = 0 , sabendo que –3 é raiz dupla do polinómio x 
4
x 
2 2 2 2 2
23 2 3 9
 x  x– .
2 2 2

17.6. x4 – 18x2 + 81 = 0

17.7. x4 – 12x2 + 32 = 0

17.8. x6 – 14x4 + 49x2 = 0

18 Resolve cada uma das seguintes inequações.


18.1. x3 > –5x2 – 6x

18.2. 2x2 v x4 + x3

18.3. x3 + 2x2 – x – 2 > 0, sabendo que –2 é raiz do polinómio x3 + 2x2 – x – 2.

18.4. x4 – 3x3 – 3x2 + 11x – 6 v 0, sabendo que 1 é raiz dupla do polinómio x4 – 3x3 – 3x2 + 11x – 6.
1
18.5. 2x4 – 5x3 – 4x2 + 15x – 6 f 0, sabendo que e 2 são raízes simples do polinómio 2x4 – 5x3 –
2
– 4x2 + 15x – 6.
18.6. –x4 + x3 + 18x2 – 16x – 32 > 0, sabendo que o polinómio –x4 + x3 + 18x2 – 16x – 32 é divisível
por x2 – 16.

19 Considera que os números reais x1, x2 e x3, distintos entre si, são as únicas raízes de um polinómio de
sétimo grau A(x). Sabe-se ainda que x1 tem multiplicidade 2 e x2 tem multiplicidade 3. Indica, justifi-
cando, qual a multiplicidade de x3.
Caderno de Apoio às Metas Curriculares, 10.º ano

20 Considera o polinómio P(x) = x5 – 6x4 + 2x3 + 20x2 – 27x + 10.


20.1. Verifica que 1 é raiz de P(x).

20.2. Indica, justificando, qual a multiplicidade da raiz 1.

20.3. Determina as outras raízes de P(x) e fatoriza o polinómio.

20.4. Resolve a inequação P(x) > 0.

14
Álgebra TEMA II

21 Determina o polinómio P(x), sabendo que:


21.1. P(x) é um polinómio de grau 2, P(2) = P(1) = 0 e o resto da divisão de P(x) por x + 1 é 6;

21.2. P(x) é um polinómio de grau 3, admite como raízes simples –1, 1 e 2 e o resto da divisão de P(x)
por x é – 4;
21.3. P(x) é um polinómio de terceiro grau, 1 é raiz dupla de P(x), –2 é raiz simples de P(x) e P(0) = –2;

21.4. P(x) é um polinómio de grau 4, é divisível por x2 – 1 e por x2 – 4 e P(–3) = 40.

22 Determina o valor de a, sendo:


22.1. o resto da divisão de x3 + ax + 1 por x + 1 igual a 4;

22.2. x3 + ax + 1 divisível por x – 2;

22.3. o resto da divisão de 2x3 + ax2 + 6x + 1 por x + 2 igual ao dobro do resto da divisão do mesmo
polinómio por x – 1;
22.4. o resto da divisão de 3x3 – 6x2 + ax – 1 por x + 1 igual ao resto da divisão do mesmo polinómio
por x – 3.

23 Determina os valores de a e de b para os quais:


23.1. P(x) = –2x3 + ax2 + bx – 40 é divisível por x2 – 4;

23.2. P(x) = x3 – 2x2 + ax + b dá resto 1 quando dividido por x – 1 e resto –3 quando dividido por x – 2;

23.3. P(x) = x3 + ax2 + bx + 5 dá resto 23 quando dividido por x – 2 e resto 11 quando dividido por
x + 1;
23.4. P(x) = x3 + ax2 – 2x + b dá resto x + 6 quando dividido por x2 + x + 1;

23.5. P(x) = x3 + ax2 + b dá resto x + 1 e quociente x + 2 quando dividido por x2 – 1.

24 Considera o polinómio A(x) = x6 – x5 – 6x4 + 12x3 – 13x2 + 13x – 6. Sabendo que o polinómio A(x)
admite as raízes –3, 1 e 2, eventualmente com diferentes ordens de multiplicidade, determina o
polinómio B(x) sem zeros tal que A(x) = (x – 1)m(x – 2)n(x + 3)pB(x), identificando os valores de m, n e p.
Caderno de Apoio às Metas Curriculares, 10.º ano

25 Mostra que, para qualquer número natural n:


25.1. P(x) = (x + 2)n + 2xn – 2n é divisível por x;

25.2. P(x) = x2n + 1 – x2n – x + 1 é divisível por x – 1.

26 Sejam P(x) = x2 + bx + c e Q(x) = x2 + dx + e dois polinómios. Sabendo que x – p é um fator comum


e–c
a P(x) e a Q(x), mostra que p = .
b–d

15

Você também pode gostar