Você está na página 1de 8

ÍNDICE

INTRODUÇÃO.................................................................................................................2
DESENVOLVIMENTO....................................................................................................3
PROPRIEDADES DOS COMPOSTOS ORGÂNICOS...................................................3
COMBUSTIBILIDADE....................................................................................................3
POLARIDADE..................................................................................................................4
SOLUBILIDADE..............................................................................................................4
COMPOSTOS ORGÂNICOS E INORGÂNICOS...........................................................4
COMPOSTOS ORGÂNICOS SINTÉTICOS...................................................................5
COMPOSTOS ORGÂNICOS NATURAIS......................................................................6
ELEMENTOS QUÍMICOS ESSENCIAIS PARA VIDA................................................6
ELEMENTOS QUÍMICOS MAJORITÁRIOS................................................................6
CONCLUSÃO...................................................................................................................7
REFERENCIAS BIOGRAFICAS.....................................................................................8
INTRODUÇÃO

Compostos orgânicos são moléculas formadas por átomos de carbono ligados


por meio de ligações covalentes entre si e com outros elementos, como hidrogênio,
oxigênio, nitrogênio, fósforo e halogênios, ao passo que compostos inorgânicos são
todas as substâncias formadas por átomos ou moléculas de pelo menos dois elementos
diferentes, e que não contenha em sua estrutura átomos de carbono formando cadeias e
ligados ao hidrogênio. O presente trabalho fala sobre os compostos orgânicos e
inorgânicos na sua integra.
DESENVOLVIMENTO

Antigamente, pensava-se que os compostos orgânicos apenas poderiam ser


produzidos por seres vivos, como plantas e animais, que precisavam de uma "força
vital" para serem criados. Já os compostos inorgânicos correspondiam aos sistemas não
vivos, como rochas e minérios.

A criação de uma substância orgânica a partir de um composto inorgânico foi


responsável por uma nova divisão na Química. A Química Orgânica passou a ser
definida como o estudo dos compostos de carbono e a Química Inorgânica abrange os
demais elementos químicos.

O conjunto de átomos de carbono unidos por ligações covalentes formam as


moléculas orgânicas. As moléculas são dívidas em funções orgânicas, que agrupam os
compostos de acordo com características semelhantes. São elas:

PROPRIEDADES DOS COMPOSTOS ORGÂNICOS

Os átomos de carbono têm como propriedade a capacidade de se unir e formar


estruturas químicas chamadas de cadeias carbônicas. Cada átomo desse elemento pode
realizar quatro ligações covalentes e, por isso, milhões de compostos foram formados.

COMBUSTIBILIDADE

Quase tudo que sofre combustão é composto por carbono. Por isso, já na


antiguidade os compostos orgânicos eram usados para gerar energia.
Por exemplo, a madeira desde 3500 a.C. era queimada em fornos e o calor gerado
transformava peças de argila em cerâmica.

POLARIDADE

Compostos orgânicos formados apenas por carbono e hidrogênio, geralmente


são apolares devido à baixa diferença de eletronegatividade.

Se a molécula apresentar outro elemento químico, como oxigênio ou nitrogênio,


a tendência é que essa molécula apresente uma certa polaridade.

SOLUBILIDADE

Moléculas orgânicas apolares não são solúveis em água, mas solubilizam-se em


solventes orgânicos, tanto polares quanto apolares. Por exemplo, uma mancha de graxa
pode ser removida com a utilização de gasolina.

As moléculas orgânicas polares, como açúcar (C12H22O11) e vinagre (ácido


acético - CH3CH2OH), podem se dissolver na água.

COMPOSTOS ORGÂNICOS E INORGÂNICOS

Os compostos químicos são divididos em orgânicos e inorgânicos. Os compostos


inorgânicos como havíamos frisado são substâncias formadas por átomos ou moléculas
de pelo menos dois elementos diferentes, e que não contenha em sua estrutura átomos
de carbono formando cadeias e ligados ao hidrogênio. Em algumas situações o carbono
pode aparecer na estrutura do composto, mas devido a forma como está ligado, é
considerado inorgânico, como é o caso de CO2 e Na2CO3.

Os compostos inorgânicos podem ser formados por qualquer elemento da Tabela


Periódica, mas em geral são feitos de ametais ou de hidrogênio e tem ligações com
átomos metálicos.

Quanto à ligação, podem ser iônicas, covalentes ou de coordenação. Lembrando


que compostos formados por ligação iônica possuem elementos com diferença
de eletronegatividade acima de 1,7 eV (em geral metais ligando-se a ametais). Os
compostos covalentes são formados por elementos com diferença de eletronegatividade
abaixo de 1,7 eV (em geral ametais ligados entre si ou ao hidrogênio). Os compostos
inorgânicos são divididos em ácidos, bases, sais e óxidos.
Já os compostos de coordenação são moléculas constituídas por um ou
vários ácidos de Lewis ligados a uma ou várias bases de Lewis. Em alguns casos, a
substância possui ligações iônicas e covalentes na mesma molécula, como ocorre nos
compostos de coordenação.

Historicamente, a divisão entre compostos orgânicos e inorgânicos foi criada


pois acreditava-se que composto orgânico eram todas as substâncias que se originavam
de seres vivos, ou seja, sistemas organicamente funcionais. Já os compostos inorgânicos
seriam oriundos de sistemas ‘mortos’ como minerais ou outras coisas não vivas.

Todo composto orgânico apresenta carbono na sua composição. Entretanto,


alguns compostos como carbonatos e carbetos possuem carbono, mas suas
características são de compostos inorgânicos.

Embora as substâncias hidróxido de sódio (NaOH) e etanol (CH 3CH2OH)


possuam a espécie hidroxila (OH) em sua composição, elas são compostos diferentes.

O hidróxido de sódio é uma base, composto inorgânico, formado por espécies


eletricamente carregadas (íons) unidas por ligações iônicas.

O etanol é um álcool, composto orgânico, cujos os átomos de carbono,


hidrogênio e oxigênio são ligados na molécula por ligações covalentes.

Outra diferença é que a temperatura de fusão e ebulição dos compostos


orgânicos são menores se comparados aos compostos inorgânicos. Isso se deve ao fato
de as moléculas orgânicas terem interacções intermoleculares mais fracas.

Podemos Observar que compostos iónicos como o cloreto de sódio (NaCl) são
encontrados no estado sólido em condições ambientes. Entretanto, nas mesmas
condições, compostos orgânicos podem apresentar os três estados físicos: sólido,
líquido e gasoso.
COMPOSTOS ORGÂNICOS SINTÉTICOS
Os compostos orgânicos sintéticos são criados em laboratório. Por exemplo, a
ureia (NH2CONH2), criada por Friedrich Wöhler a partir do composto inorgânico
cianato de amônio (NH4OCN). Outros sintéticos conhecidos são os plásticos, os
medicamentos, os agrotóxicos, entre outros.

COMPOSTOS ORGÂNICOS NATURAIS

Os compostos orgânicos naturais são aqueles produzidos pela natureza ao longo


dos anos. Por exemplo, o petróleo, um combustível fóssil amplamente utilizado como
fonte de energia e matéria-prima. Também são classificados como naturais os
carboidratos, as proteínas, os lipídios, etc.

ELEMENTOS QUÍMICOS ESSENCIAIS PARA VIDA

Dentre os 116 elementos químicos presentes na tabela periódica, no mínimo 60


estão presentes no corpo humano, com finalidades ainda pouco conhecidas. Alguns
desses elementos químicos são considerados essenciais para a vida, responsáveis por
manter o equilíbrio nutricional do organismo.

A ausência ou deficiência dessas substâncias, caracterizada pela carência


nutricional, está relacionada ao desenvolvimento de prejuízos funcionais, já que
participam de diversos processos metabólicos. Com o funcionamento inadequado do
organismo, doenças podem surgir, podendo levar o indivíduo à morte. A água e certos
tipos de alimentos são capazes de fornecer muitos desses elementos químicos.

ELEMENTOS QUÍMICOS MAJORITÁRIOS

Os principais elementos do corpo humano são macroelementos, devendo o


consumo diário ser maior que 100mg, sendo requeridos nas dietas em concentrações de
0,05 a 0,5%, se destacam o carbono, oxigênio, hidrogênio e nitrogênio. Também são
importantes o cálcio, fósforo, enxofre, sódio, potássio e cloro.
CONCLUSÃO

Chegamos a conclusão que compostos orgânicos são moléculas formadas por


átomos de carbono ligados por meio de ligações covalentes entre si e com outros
elementos, como hidrogênio, oxigênio, nitrogênio, fósforo e halogênios. Já
os compostos inorgânicos correspondiam aos sistemas não vivos, como rochas e
minérios.
REFERENCIAS BIOGRAFICAS

 https://www.todamateria.com.br/compostos-organicos/
 https://pt.wikipedia.org/wiki/Composto_inorg%C3%A2nico
 https://www.infoescola.com/biologia/elementos-quimicos-essenciais-para-vida/

Você também pode gostar