Você está na página 1de 2

2.

2 - Sendo a definição de titulo como:

titulo = mvap/(mvap+mliq)
Tendo a formula do titulo, podemos analizar como aplica-la graficamente, tomando como referencia
a temperatura de 80ºC, a zona bifaseca começa em 0,001029m³/kg e segue até 3,407m³/kg, pode se
afirmar que 0,001029m³/kg é o volume liquido apenas, os outros 3.405971m³/kg são mistura de
liquido e gasoso neste caso o titulo é a massa gasosa a ser determinada, dividida pela linha onde se
encontra.

2.4 – Por meio do diagrama T, P da água, podemos observar que a transição entre liquido e gasoso,
depende tanto da temperatura quanto da pressão variando do ponto triplo até o ponto crítico,
passando por cima da curva de vaporização, com a temperatura variando de 273,16 K até 674 K, e a
pressão variando de 0.0006 atm até 218 atm.

Fig. 1 – Diagrama T,P da água (pessoal.ect.ufrn).

2.6 –
i) Podemos observar no diagrama de fases da agua que quando a pressão é 1 atmosfera, a fusão do
gelo se dá a uma temperatura de 273,15 K. Entretanto, ao aumentar a pressão, o gelo se funde a uma
temperatura mais baixa, cerca de -0,06 ºC.
O diagrama da água, comparado com o diagrama de outras substancias, tem a curva de fusão um
pouco inclinada para a esquerda, isso significa que é possível fundir a água com um pequeno
aumento de pressão sobre o gelo, por isso quando os patins deslizam sobre o gelo, com o peso do
patinador e a pequena área de contado, a pressão causada ali naquele local cria uma película de água
q faz o patins deslizar.
ii) As panelas comuns, normalmente deixam o vapor escapar, acontece que a água só consegue ir
ate 100 ºC, acima disso ela se transforma em vapor, e o vapor, que consegue chegar a uma
temperatura maior, acaba escapando por completo. A panela de pressão consegue manter uma
pressão consideravelmente maior, porque ela consegue segurar boa parte do vapor, e como o vapor
alcança temperaturas bem maiores que a água, o alimento é cozido mais rapidamente. A água
também, sob uma pressão maior que a comum, consegue ultrapassar esse limite de 100ºC.

2.10 - O fator de compressibilidade z pode ser calculado por:

z = P*Vesp./(R*T). (1)
A questão fornece as informações de temperatura e pressão, o volume especifico pode ser obtido
atraves da tabela de vapor saturado TLV, sendo:

Vesp. = 0.140768 m³/kg (2)

Substituindo todos os valores na equação (1), temos:

z = 1400000Pa * 0.140768m³/kg / (8,314462 * 500ºC)

Com isso obtemos o valor do fator de compressibilidade igual à 30.65731

Você também pode gostar