Você está na página 1de 10

5 PASSOS

PARA
A
FLUÊNCIA
EM INGLÊS
introdução
QUAL A DIFICULDADE?

Para ser fluente em inglês, você precisa além de muito esforço e


disciplina, ter uma metodologia de aprendizado, adaptada
especialmente a você, uma estratégia de estudo.

Muitos preferem horas a fio em um cursinho de inglês, às vezes uma


vez por semana, mas não conseguem ter os resultados esperados, não
sabem se expressar quando terminam o curso após anos a fio e
percebem que literalmente jogaram dinheiro fora.
passo 1
IMERSÃO TOTAL!

É hora de imersão! Para entrar de cabeça no inglês, mude o idioma de


todos os dispositivos que você utiliza diariamente, redes sociais, leia
notícias em inglês, veja filmes e séries (ah, e sem legenda), jogue e
escute músicas em inglês. Tudo o que encontrar no seu cotidiano, use
como ferramenta de aprendizagem.

Crie uma rotina em que você possa sempre ter contato com o inglês.
Você poderá até mesmo procurar assistir a algum curso de temas
variados, em inglês! Use sua criatividade e pense como incluir o inglês
no seu dia a dia. Assim sua exposição ao idioma vai aumentar e ficará
muito mais fácil e natural seu processo de aprendizagem.

Outro coisa importante: pense em inglês! Você precisa aprender a usar


o inglês como se o português não existisse. Mas como assim? O inglês
deve passar a ser sua nova língua nativa.
Converse com você mesmo, mas em inglês. Formule ideias e o que
pretende fazer no dia - em inglês.
passo 2
NÃO TENHA MEDO DE ERRAR!

Escutou algo novo? É muito importante que você repita frases,


expressões ou novas palavras que você escuta. Tente aprender
novas palavras todos os dias, mas de forma diferenciada - usando o que
você gosta de fazer no dia a dia - seja conversando com um amigo,
assistindo a algum filme ou lendo um livro.
Ouviu ou leu alguma expressão que não conhece? Tente repeti-la em
voz alta.
 
No começo, será difícil lembrar das regras gramaticais para poder se
expressar fluentemente no idioma. Mas todo começo é difícil. Mesmo
que saiba (ou não) que está cometendo algum erro de pronúncia, não
pare de treinar. Você irá tirar suas dúvidas ainda, se ainda não fez é
porque o momento certo da sua aprendizagem ainda não chegou - faça
as coisas no seu tempo e aceite o feedback de amigos ou nativos no
idioma.

Feito é melhor do que perfeito, e quem já sabe o idioma não vai te


menosprezar por isso, você poderá até aprender coisas novas com essa
pessoa. Pense que um dia elas também já tentaram e conseguiram
aprender.
passo 3
CONVERSE EM INGLÊS!

Você pode até saber bem as regras gramaticais, mas se você não
praticar, realmente falando com alguém em alta voz, seu inglês não
vai decolar. Tente conversar com algum amigo, pode até ser online.
 
Não perca a oportunidade de conversar com um gringo e praticar o seu
inglês. Esse é o passo mais importante para a fluência do falante de
inglês travado.
 
Faça uma viagem se possível
Isso é o que pode te ajudar muito também. Em uma viagem ou em um
intercâmbio você é literalmente forçado a se comunicar em inglês. Seja
para ler um mural ao visitar um lugar turístico, pedir um táxi ou ir a um
restaurante. E isso durante 24 horas por dia e utilizando apenas o
inglês.
Um intercâmbio com um tempo considerável é algo que certamente dá
resultados no caminho para a fluência em inglês.
passo 4
REGULARIDADE!

Como já comentamos, a importância é a regularidade. Não adianta


passar um dia inteiro estudando a fio e estudar de novo apenas 15 dias
depois.
Não é o suficiente para você se tornar fluente rapidamente.

"Quero aprender inglês? Sim. Então vou adaptar minha rotina para
estudar pelo menos 30 minutos por dia."
 
Para muitas pessoas, criar um bom hábito ou adaptar a rotina é o mais
desafiador. Nos primeiros dias a empolgação é gigante, mas isso
diminui com o passar dos dias, até que o inglês passa a ficar em
segundo plano.
dica
especial
QUER SEGUIR NOSSO ROTEIRO DE COMO
ESTUDAR TODOS OS DIAS?

De manhã - Indo para o trabalho


Na internet encontramos inúmeros Podcasts sobre os mais variados
assuntos.
Sugestão: procure algum Podcast sobre um tema que você se
identifique, e que não seja cheio de termos técnicos. Prefira temas
como cinema, culinária ou opções que falem mais sobre o dia a dia.
Você pode ouvi-los durante o seu trajeto para o trabalho, ou durante
seu café da manhã.
 
Na hora do almoço
Hora de se atualizar com as notícias do mundo na hora do almoço, não
é mesmo? Aproveite para ler as notícias, mas é claro - em inglês!
 
A caso você almoce em casa e tem um tempo de deslocamento de
ônibus por exemplo, dá até pra ver alguma série com áudio e legenda
em inglês.
 
E aqui a mesma dica que falamos do podcast, podemos aplicar para as
séries. Escolha alguma série que seja de fácil entendimento, sem
muitas gírias ou termos técnicos. Algumas séries mais light são:
Friends, Modern Family, How i met your mother, etc.
dica
especial
Durante a noite - após o trabalho
 
Como esse é o tempo que você tem livre, você terá mais flexibilidade
nos horários para escolher o que fazer. Você pode variar nas atividades.
Por exemplo: na segunda e na quarta, você pode procurar novos
vocabulários ou dedicar um tempo em um bom curso online de inglês.
Mas escolha bem seu professor ou curso online, o importante é não
aprender errado, sem erros na pronúncia e gramática.
 
Às terças e quintas você pode praticar alguma atividade em inglês.
Como por exemplo algum grupo de leitura ou de estudo de pessoas
que gostem de cinema ou música. O que é mais importante aqui é você
praticar as atividades com algo que você goste e seja divertido para
você, assim o aprendizado é sempre mais rápido.

Poderá também continuar a assistir àquela série que iniciou na hora do


almoço (mas áudio e legenda sempre em inglês, ok?)
 
A prática vem junto com a teoria, então apenas ficar lendo e estudando
a teoria mas não colocá-la em prática por meio de atividades diárias.
não irão te ajudar a fixar o conteúdo e alcançar a fluência no idioma.
passo 5
ESCUTE COM MAIS ATENÇÃO

Quando estiver fazendo qualquer atividade em inglês, ESCUTE não


apenas OUÇA. Concentre-se em entender o que estão querendo dizer.
Observe os gestos, tente fazer a leitura labial, foque na pronúncia, a
diferença de sotaques, as expressões novas que estão sendo
transmitidas, o ritmo da fala e a forma como as palavras se completam
em uma frase.
 
Observe que algumas palavras são pronunciadas mais juntas, como se
fossem uma só, ou em outras a entonação pode mudar de acordo com a
situação. Quando você observar isso e começar a pôr em prática, seu
inglês passará a ser muito mais natural e não apenas um robô do
Google tradutor.
conclusão

POR FIM A EVOLUÇÃO...

SEMPRE FORA DA ZONA DE CONFORTO

A evolução de algum projeto pessoal é algo que nos motiva em todas as


outras áreas. Seja a mudança do corpo quando começamos a praticar
exercícios físicos, ou os desafios quando estamos aprendendo algo
novo, FORA DA ZONA DE CONFORTO.

Vai ser ótimo quando você for rever aquele filme ou escutar de novo
aquela música e conseguir entender novas palavras e expressões que
antes você ainda não estava preparado e simplesmente não entendia
sozinho. É uma sensação de dever cumprido.

Você também pode gostar