Você está na página 1de 17

OS RECURSOS NATURAIS DE QUE A POPULAÇÃO DISPÕE: USOS,

LIMITES E POTENCIALIDADES

2.3 Os recursos hídricos VII


As disponibilidades hídricas
Águas subterrâneas
As disponibilidades hídricas em Portugal
ÁGUAS SUBTERRÂNEAS - Conceitos

➢ Uma parte da água da precipitação infiltra-se nos solos, alimentando as


reservas de água subterrânea.
• A precipitação é a principal fonte de abastecimento das toalhas
freáticas.
➢ A existência de aquíferos, bem como as suas características, depende
das formações geológicas.

Águas subterrâneas ou toalhas freáticas - águas que circulam ou se


acumulam no subsolo, a maior ou menor profundidade, provenientes da
precipitação, dos cursos de água, lagoas e albufeiras…

Aquíferos: formações geológicas permeáveis que permitem a circulação


e o armazenamento de águas nos seus espaços vazios.

Disponibilidades de águas superficiais e subterrânea- 05/06/2017


https://www.youtube.com/watch?v=5x5vKwrd338&list=PLjoyimelHp_r_6yxZvdb1jbHpt_ftS3KN&in
dex=16
Leya – Arinda - Ver Animação / Águas subterrâneas
As disponibilidades hídricas em Portugal

AS ÁGUAS SUBTERRÂNEAS

• constituem um dos componentes fundamentais dos recursos


hídricos e encontram-se principalmente nos aquíferos,

dependem:
Fatores • da precipitação ocorrida;
• da natureza das formações rochosas;
• do grau de permeabilidade das rochas.
As disponibilidades hídricas em Portugal
As disponibilidades hídricas em Portugal
Tipo de aquíferos
As disponibilidades hídricas em Portugal

Unidade hidrogeológica
denominação atribuída a
um sistema aquífero.
Em Portugal continental
consideram-se 4:
Maciço Antigo
Orla Ocidental
Orla meridional
Bacia do Tejo e do
Sado
As disponibilidades hídricas em Portugal
Unidades hidrogeológicas, rochas e águas subterrâneas

Distribuição das principais formações geológicas Disponibilidades hídricas subterrâneas em


e unidades hidrogeológicas, em Portugal Continental. Portugal Continental (produtividade aquífera).
As disponibilidades hídricas em Portugal
Quadro síntese –Unidades hidrogeológicas - caraterísticas
Unidades Formações rochosas Reservas de água subterrânea
hidrogeológicas
Maciço Antigo Xisto, granito e basalto Fraca infiltração-aquíferos de pequena
Pouco permeáveis dimensão e pouco importantes
10 sistemas aquíferos
Produtividade – reduzida
Orlas Rochas sedimentares e Têm calcite na sua composição, que se
sedimentares, de natureza calcária dissolve na água, abrindo fendas e fissuras,
sobretudo na Permeáveis por onde a água se infiltra, formando toalhas
ocidental, onde cársicas (sistema freático em formações
há mais p(mm) calcárias), com aquíferos importantes.
Orla ocidental - 27 sistemas aquíferos
Orla meridional – 17 sistemas aquíferos
Produtividade – orla ocidental – média
orla meridional - reduzida
Rochas sedimentares Facilitam a infiltração da água e a formação
Bacias do Tejo e
de origem detrítica de reservas subterrâneas, em aquíferos
do Sado
Muito permeáveis importantes.
4 aquíferos importantes
Produtividade - elevada
As disponibilidades hídricas em Portugal
Importância dos aquíferos
➢ Os aquíferos são importantes reservatórios subterrâneos de água
e têm a vantagem, em relação às águas superficiais, de se encontrarem
mais protegidos relativamente a eventuais fontes poluidoras.

➢ Também têm as suas vulnerabilidades, pois, se ocorrerem focos de


poluição, torna-se praticamente impossível recuperá-los, dada a sua
localização subterrânea.

Fig. Formação e exploração


de um aquífero
As disponibilidades hídricas em Portugal

Problemas das águas subterrâneas

❑ Contaminação das águas;


❑ Esgotamento dos aquíferos.

▪ utilização desregrada de
fertilizantes;
▪ de pesticidas e herbicidas;
▪ descarga de substâncias tóxicas
no solo ou em cursos de água
superficiais podem conduzir à perda
definitiva dos níveis freáticos,
vulgarmente designados de toalhas
freáticas;
▪ captação excessiva destas águas.
As disponibilidades hídricas em Portugal
Utilização da água subterrânea
➢ Apesar de os recursos hídricos subterrâneos renováveis
representarem apenas 16% do total de recursos hídricos gerados
em Portugal continental, suportam cerca de 54% do consumo
total de água anual.

✓ Esta situação reflete uma pressão humana mais efetiva sobre


as águas subterrâneas do que sobre as águas superficiais.

✓ O principal setor
responsável por esta
situação é a agricultura,
que “consome” cerca de
75% da água total e 89%
da água subterrânea.

Fig. Setores utilizadores de água


subterrânea em Portugal continental (2011)
As disponibilidades hídricas em Portugal
➢ O Algarve é a região mais
dependente das águas subterrâneas –
80% do total das suas utilizações
provem dos aquíferos.

• A sobre-exploração de águas
subterrâneas provoca frequentemente a
descida do nível freático, o que pode
contribuir para a diminuição da sua
qualidade.

• Nas zonas litorais, a exploração


intensiva das águas subterrâneas pode,
a longo prazo, desencadear o risco de
ocorrência de uma diminuição do nível
dos reservas freáticas e conduzir à
intrusão de água do mar, com o risco de
salinização das águas a captar.
Fig. Recursos aquíferos em
https://www.youtube.com/watch?v=eUXcXByWI6I Portugal continental
O preço da popularidade dos abacates num Algarve em seca – 3.33 min.
➢ A composição química das águas é muito influenciada pelas
características geológicas das áreas onde circula e pelo tempo que aí
permanece. Alterando a sua estrutura física e química, a água acaba,
por vezes, por adquirir propriedades muito importantes.
As disponibilidades hídricas em Portugal
AS ÁGUAS MINERAIS E TERMAIS

• água mineral • água termal


incorpora sais incorpora sais
minerais. minerais mas
apresenta
temperatura mais
alta

Fig. Nascentes minerais em


Portugal continental
As disponibilidades hídricas em Portugal

➢ As águas termais possuem efeitos medicinais comprovados e


constituem a base de um turismo termal cada vez mais
importante.
As disponibilidades hídricas em Portugal
Saber mais…
https://auladigital.leya.com/catalogs/index.html#product_catalogs/38de3e76-46af-46f2-9f64-
0010f8a15908/entries/2fedf18d-1c39-4b04-8263-d4d24875457f/resources/f0b03768-7f75-44cf-
a978-f6a13422217c/collection
Animação águas subterrâneas

http://www.terraruiva.pt/2021/07/11/abacates-desde-que-se-plantou-o-primeiro-pomar-
em-silves-ate-ao-ouro-verde-e-a-falta-de-agua/

Você também pode gostar