Você está na página 1de 42

Redes de Computadores sem Fio

Prof. Marcelo Gonçalves Rubinstein

Programa de Pós-Graduação em Engenharia Eletrônica


Faculdade de Engenharia
Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Programa

 Introdução a Redes de Computadores sem Fio


 IEEE 802.11
 Bluetooth
 Avaliação de Desempenho
 Redes de Sensores
 IEEE 802.16
Comunicação sem fio

 Usada desde o início do século passado


 Telégrafo
 Avanço da tecnologia sem fio
 Rádio e televisão
 Mais recentemente aparece em
 Telefones celulares
 Satélites
 Redes sem fio
Redes sem fio - introdução

 Apresentam as maiores perspectivas atualmente


 Recebem os mais vultosos investimentos em
pesquisa e desenvolvimento
 Permitem a interconexão de diferentes tipos de
dispositivos
 Impressoras
 Faxes
 Telefones
 Agendas eletrônicas
 Computadores pessoais
 Outros
Redes sem fio - introdução

 Podem ser divididas em


 Redes para interconexão de sistemas ou redes
pessoais sem fio
 Objetivo principal a eliminação de fios
 Ex.: Bluetooth
 Redes locais sem fio
 Ex.: IEEE 802.11
 Redes metropolitanas sem fio
 Ex.: IEEE 802.16
 Várias redes sem fio visam explorar a
mobilidade do usuário
 Característica importante, intrínseca e exclusiva das
redes sem fio
Comunicação sem fio - introdução

 Transmissão sem fio utiliza o ar como meio


 Métodos de transmissão no ar
 Rádio
 Microondas
 Infravermelho
 Luz
Comunicação sem fio - introdução

 Principais problemas
 Grande atenuação
 Limitado alcance
 Espectro de frequências disponível
 Interferência
 Dificuldade de se atingir altas taxas de transmissão
 Segurança
 Reflexões do sinal no interior de uma casa
Comunicação sem fio - conceitos básicos

 Informações transferidas da origem ao destino


através de sinais eletromagnéticos
 Sinais são função do tempo
 Sinais são função da frequência
 Consistem de componentes de várias frequências
Comunicação sem fio - domínio do tempo

 Propriedade física é variada em função do


tempo
 Voltagem
 Corrente

 Sinais analógicos x sinais digitais

 Sinais periódicos x sinais aperiódicos


Sinais analógicos e digitais (fonte: Stallings)
Exemplo de sinal periódico (fonte: Stallings)
Comunicação sem fio - conceitos básicos

 Senóide é o sinal analógico fundamental


 Amplitude (A)
 Valor máximo do sinal ao longo do tempo
 Frequência (f)
 Número de oscilações por segundo
 Fase (φ)
 Medida da posição relativa no tempo dentro de um
período
s(t) = A sen(2πft + φ) (fonte: Stallings)
Exemplo de sinal periódico (fonte: Stallings)
Comunicação sem fio - domínio do tempo

 Se o eixo horizontal é o tempo


 Gráfico mostra o valor do sinal em um certo ponto do
espaço
 Se o eixo horizontal é o espaço
 Gráfico mostra o valor do sinal em um certo ponto do
tempo
Comunicação sem fio - domínio da frequência

 Mais importante para o entendimento da


transmissão de dados
 Sinal eletromagnético pode ser composto de
diversas frequências
s(t) = (4/π)[sen(2πft) + (1/3)sen(2π(3f)t)] (fonte: Stallings)
Comunicação sem fio - domínio da frequência

 Frequência fundamental
 Quando todas as frequências são múltiplas inteiras de
uma frequência (chamada fundamental)
 Período do sinal
 Período da frequência fundamental
Duas componentes de s(t) (fonte: Stallings)
Comunicação sem fio - domínio da frequência

 Espectro
 Faixa de frequências que um sinal contém
 No exemplo anterior, de f a 3f
 Largura de banda (banda passante) absoluta
 Largura do espectro de um sinal
 No exemplo anterior, 3f - f = 2f
 Muitos sinais têm uma banda passante infinita
 Banda passante efetiva (ou só banda passante)
 Banda estreita de frequências na qual a maioria da
energia do sinal está contida
Comunicação sem fio - domínio da frequência

 Análise de Fourier
 Qualquer sinal periódico razoavelmente estável é
composto de (possivelmente infinitas) componentes
em várias frequências
 Cada componente é um seno ou um cosseno

 Sinais são limitados pela banda passante


Sinais e amplitudes de média quadrática (fonte: Tanenbaum)

A binary signal and its root-mean-square Fourier amplitudes.


(b) – (c) Successive approximations to the original signal.
Sinais e amplitudes de média quadrática (fonte: Tanenbaum)

(d) – (e) Successive approximations to the original signal.


Comunicação sem fio - conceitos básicos

 Relação entre taxa de dados e banda passante


 Quanto maior a banda passante, maior a capacidade de
carregar informação
 Sistemas de transmissão limitam a banda passante
 Ex:. telefone
 Taxa de bits de b bps
 Para enviar 8 bits: 8/b s
 Frequência do primeiro harmônico: b/8 Hz
 Corte em 3000 Hz → harmônico mais alto é 24000/b
Relação entre a taxa de dados e os harmônicos (fonte: Tanenbaum)
Comunicação sem fio - conceitos básicos

 Alguns problemas podem distorcer ou corromper


um sinal
 Ex.: ruído
 Capacidade ou taxa máxima de dados de um
canal
 Nyquist
 Não leva em consideração o ruído
 Shannon
 Leva em conta o ruído
Comunicação sem fio - conceitos básicos

 Nyquist
 Taxa máxima = 2H log2 V bps, onde H é a frequência
de corte e V é o número de níveis discretos
 Ex.: telefone
 H = 3000 Hz, V = 32
 Taxa máxima é de 30000 bps
 Aumento de V
 Torna mais difícil a identificação dos níveis
 Ruído etc.
Comunicação sem fio - conceitos básicos

 Relação sinal/ruído (S/N)


 S/NdB = 10 log10 (potência do sinal/potência do ruído)

 Shannon
 Taxa máxima = H log2 (1 + S/N)
 Relação S/N não dada em dB
 Ex.: telefone
 H = 3000 Hz, S/NdB = 30 dB = 1000
 Taxa máxima é de 30000 bps
 Somente o ruído térmico é considerado
 Na prática, as taxas obtidas são menores do que a taxa
máxima
Comunicação sem fio - conceitos básicos

 Sinais são transmitidos em meios físicos,


também chamados meios de transmissão
 Meios físicos
 Guiados
 Ex.: cabo coaxial, cabo de pares trançados etc.
 Não guiados
 Ex.: espaço livre
 Não há confinamento das ondas eletromagnéticas
Comunicação sem fio - conceitos básicos

 Cada meio físico possui características próprias


em relação a
 Banda passante
 Atenuação
 Sensibilidade a ruídos
 Custo
 Outros
Comunicação sem fio - conceitos básicos

 Características fundamentais dos sinais


 Comprimento de onda (λ)
 Distância entre dois valores máximos ou mínimos
consecutivos

 Velocidade de propagação (v)

v=λxf

 Índice de refração do meio (n)

 n = c / v, onde c é a velocidade da luz no vácuo (3 x 108


m/s)
Comunicação sem fio - conceitos básicos

 Propagação de uma onda em meios com índices


de refração diferentes pode gerar
 Refração
 sen (θ2) = (n1 / n2) sen (θ1)
 Reflexão
 Ângulo de incidência = ângulo de reflexão (θ1)

θ1 θ1
n1
n2 > n1
n2

θ2
Comunicação sem fio - refração

 Velocidade de uma onda eletromagnética é


função do meio pela qual ela viaja
 Vácuo
v = c
 Ár, água, vidro e outros meios transparentes ou
parcialmente transparentes
v < c
Comunicação sem fio - reflexão

 Ocorre quando um sinal encontra uma superfície


grande comparada ao comprimento de onda do
sinal
 Em ambientes fechados
 Ondas se refletem em paredes e móveis
 Em ambientes abertos
 Ondas se refletem em prédios, casas, montanhas e
carros
Comunicação sem fio - espectro

 Características de um sinal eletromagnético


dependem da sua frequência
 Diversas faixas de frequência podem ser usadas
Espectro eletromagnético para telecomunicações (fonte: Stallings)
Comunicação sem fio - espectro

 Espectro dividido em quatro partes principais


 Hz a 1 GHz
 1 GHz a 300 GHz
 300 GHz e 400 THz
 Acima de 400 THz

 Rádio (termo comum)


 De 3 kHz a 300 GHz
Comunicação sem fio - espectro

 Transmissões cabeadas e rádio


 De Hz a 1 GHz
 Usada em pares trançados e cabos coaxiais
 Usada em transmissões sem fio
 Serve para aplicações omnidirecionais
 Podem percorrer longas distâncias e penetrar
facilmente em prédios
 Interferência é um problema
 Licenciamento necessário
 Ex.: rádio AM
Comunicação sem fio - espectro

 Micro-ondas
 De 1 a 300 GHz
 Acima de 10 GHz ondas são altamente direcionais
 Serve para transmissões ponto-a-ponto
 Usadas em comunicações via satélite
Comunicação sem fio - espectro

Banda ISM nos Estados Unidos (fonte: Tanenbaum)


Comunicação sem fio - espectro

 Infravermelho
 De 3 x 1011 a 4 x 1014 Hz
 Pode ser usado em aplicações locais ponto-a-ponto
em áreas confinadas
 Comunicação de curto alcance
 Não penetra em paredes
 É seguro
 Sofre interferência da luz do dia
 Não necessita de licença
Comunicação sem fio - espectro

 Luz
 Acima de 400 THz
 Lasers usados
 Não necessita de licença
 Não atravessa chuva ou neblina espessa