Você está na página 1de 3

ESCOLA EB 2,3/S DE CELORICO DE BASTO

FICHA DE TRABALHO

CIÊNCIAS NATURAIS – 9º ANO

Nome: _________________________________________________ N.º _____ Turma: __________

ASSUNTO: Sistema Circulatório

Objectivos: Interpretar esquemas, analisar dados experimentais, elaborar hipóteses e inferir conclusões.

A – Constituição do sangue e as funções dos seus elementos constituintes.

O sangue é um fluído de cor vermelha que, sob o impulso do coração, circula continuamente no organismo através de
uma rede extensíssima de vasos sanguíneos, levando até às células substâncias que são necessárias ao seu
METABOLISMO (trabalho das células) e recebendo produtos resultantes desse mesmo metabolismo. Este mecanismo
mantém o equilíbrio do organismo.

Analisa a figura seguinte e consulta o teu manual para responderes às questões que se seguem.

+
Transporte

1 – Refere qual a constituição da fase líquida do sangue.

2 – Indica os elementos celulares que constituem o sangue.

2.1 – Refere quais os elementos celulares mais abundantes.

3 – Com base na figura e consultando o teu manual, completa o quadro que se segue:
Plasma – 55% Elementos celulares – 45%

Componentes Funções Tipos de células Funções

Outras substâncias transportadas:

4 – Os elementos celulares do sangue distinguem-se pela forma, cor, dimensões e existência ou ausência de núcleo.

Analisa a figura seguinte, a qual representa esquematicamente os três tipos de constituintes celulares do sangue:

4.1 – Indica o nome de cada um desses constituintes, A, B e C.

4.2 – Refere duas características que permitam diferenciar as células A das células B.

4.3 – Para poderem cumprir com a sua função, os glóbulos brancos têm de sair da corrente sanguínea para os espaços
intercelulares. Como se designa esse fenómeno?

5 - Os glóbulos vermelhos são células degeneradas, sem núcleo, de duração relativamente curta – 100 a 120 dias – que,
constantemente estão a ser produzidas na medula vermelha dos ossos. Possuem no seu citoplasma um pigmento com
ferro – a hemoglobina – que lhes confere uma coloração avermelhada. Esta substância tem afinidade química para
estabelecer ligações com o oxigénio e com o dióxido de carbono.

Para pôr em evidência o comportamento dos glóbulos vermelhos em presença do oxigénio (O2) e do dióxido de carbono
(CO2), realizaram-se as seguintes experiências:

Experiência 1: Deitou-se uma Experiência 2: Fez-se borbulhar CO2 Experiência 3: Fez-se borbulhar O2
determinada quantidade de sangue no sangue da proveta 1, que continha na mesma proveta 1, que continha
fresco numa proveta (proveta 1) e fez- o sangue vermelho vivo, resultante da agora o sangue vermelho muito
se borbulhar nele O2. experiência 1. escuro resultante da experiência 2.

Observação: O sangue adquiriu uma Observação: O sangue e as bolhas à Observação: O sangue e as bolhas à
cor vermelha muito viva e à sua superfície mudaram de cor, tornando- sua superfície mudam de cor para um
superfície produziram-se bolhas da se de um vermelho muito escuro, vermelho muito vivo, igual ao obtido
mesma cor. quase negro. na experiência 1.

5.1 – A partir da análise destas experiências sugere possíveis interpretações.


5.2 – A interpretação destas experiências permite-te concluir sobre a função dos glóbulos vermelhos no nosso
organismo. Qual é a tua conclusão?

Lima Tibete
5.3 – Quinze milhões de pessoas vivem a uma altitude (zona baixa do Peru)
superior a 3000 metros e alguns vivem mesmo a mais de Altitude 450 m 4 540 m
4500 metros (Tibete, Peru). Observa os resultados da Nº médio de
análise ao sangue de algumas dessas pessoas. Que podes hemácias por 4 850 000 6 400 000
concluir? mm3 de sangue

5.3.1 – Sabendo que a quantidade de O2 que cada hemácia é capaz de fixar varia em função da concentração de O2 no
ambiente, formula uma hipótese que explique a diferença de nº médio de hemácias, entre a população de Lima e do
Tibete.

5.4 – A hemoglobina tem também grande capacidade de fixar monóxido de carbono (CO), gás que se liberta da
combustão de certos produtos, como a gasolina e o carvão.

Experiência 4: Fez-se borbulhar numa Experiência 5: Fez-se borbulhar, primeiro


proveta contendo sangue fresco CO. O2 e depois CO2, na proveta contendo
sangue da experiência 4.

Observação: O sangue tomou uma cor Observação: O sangue manteve a cor


vermelho-groselha. vermelho-groselha.

5.4.1 – Que podes concluir acerca da ligação da hemoglobina com o CO?

5.4.2 – Comenta a seguinte frase: “Permanecer em ambientes fechados ricos em CO, provenientes de braseiras ou de
escapes de automóveis, pode levar à morte por asfixia.”

5.4.2 – Sabendo que:


- o metabolismo celular depende da eficácia das trocas entre as células e o sangue;
- o fumo dos cigarros contém 4% de monóxido de carbono;
- nos fumadores, a taxa de CO pode ultrapassar os 10%;

Prevê, de forma fundamentada, qual a consequência para o metabolismo celular de um fumador.

6 - O oxigénio transportado pelo sangue destina-se a ser utilizado


pelas células do organismo para que possam executar o seu
trabalho – metabolismo celular – e o dióxido de carbono é um
dos produtos resultantes do trabalho das células que é
necessário eliminar. A troca de substâncias entre as células e o
meio externo é possível graças ao movimento do sangue e da
LINFA, que é outro fluído circulante. Em conjunto formam o meio Linfa
interno. Plasma intersticial

6.1 – Consulta o teu manual e refere :


- qual a origem da linfa Linfa
- composição da linfa intersticial. circulante

6.2 – Refere o que diferencia os dois tipos de linfa.