Você está na página 1de 2

IQUEGO - MEBENDAZOL

MEBENDAZOL

FORMAS FARMACÊUTICAS
Comprimido 100 mg. “ATENÇÃO: EM CASO DE SUSPEITA DE REAÇÃO ADVERSA, O
Suspensão oral 20 mg/ml. MÉDICO RESPONSÁVEL DEVE SER NOTIFICADO.”

VIA DE ADMINISTRAÇÃO: Oral “NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU


MÉDICO, PODE SER PERIGOSO PARA A SUA SAÚDE.”
APRESENTAÇÕES
Envelope kraft com 6 comprimidos. INFORMAÇÕES TÉCNICAS
Frasco de vidro âmbar com 30 ml de suspensão oral.
FARMACODINÂMICA
O mebendazol é um anti-helmíntico polivalente contra nematódeos e cestódeos
USO ADULTO E PEDIÁTRICO
gastrointestinais, em que sua ação depende de sua concentração sistêmica.
Mostra-se altamente eficaz contra Ascaris lumbricoides, Trichuris trichiura,
COMPOSIÇÃO
Enterobios vermicularis, Ancylostoma duodenale, Necator americanus,
Cada comprimido contém:
Strongyloides stercoralis, Taenia solium, Taenia saginata, como infecções
Mebendazol granulado..(DCB 05515).. 100 mg
isoladas ou mistas. A droga é ativa contra as formas larvárias e o adulto dos
Excipiente q.s.p .................................. 1 comprimido
nematódeos que causam essas infecções sendo ovicida para Ascaris e Trichiura.
(Excipientes: amido, manitol, acetato de polivinila, estearato de magnésio e
A imobilização e a morte dos organismos suscetíveis no trato gastrointestinal
talco).
ocorre lentamente, e a sua eliminação deste local pode não ser completa dentro de
poucos dias após o início do tratamento com mebendazol. A droga determina o
Cada ml da suspensão contém: desaparecimento seletivo dos microtúbulos citoplasmáticos nas células
Mebendazol micronizado (DCB 05515)..20 mg tegumentares intestinais dos vermes afetados. As substâncias secretoras
Excipiente q.s.p..........................................1 ml acumulam-se nas áreas de Golgi, a secreção de acetilcolinesterase e a captação de
(Excipientes: álcool etílico, ácido cítrico, carboximetil celulose de sódio, citrato mebendazol não são observadas nas células do hospedeiro. A droga possui alta
de sódio, corante vermelho eritrosina, essência de morango, glicerina, afinidade pela tubulina do parasita in vitro, mas também se liga à tubulina do
metilparabeno, propilparabeno, sacarina sódica, sorbitol e água deionizada). hospedeiro. Em consequência, a base bioquímica desta ação seletiva ainda não
está elucidada.
INFORMAÇÕES AO PACIENTE
Ação esperada do medicamento: FARMACOCINÉTICA
- IQUEGO-MEBENDAZOL atua sobre os principais vermes que parasitam A absorção gastrointestinal do mebendazol é pequena e irregular (5 a 10%); pode
adultos e crianças, provocando a sua desintegração e eliminação nas fezes. ser aumentada quando ingerido com alimentos gordurosos. As concentrações
IQUEGO-MEBENDAZOL é um anti-helmíntico polivalente, indicado no plasmáticas da droga apresentam-se baixas e não refletem a dose administrada. A
tratamento da verminose, especificamente destinado ao tratamento das ligação protéica é alta (90 a 95%). Distribui-se no plasma, fígado, e cistos
infestações isoladas ou mistas, causadas por Ascaris lumbricoides , Trichuris pélvicos; atinge altas concentrações no fígado; concentrações relativamente altas
trichiura , Enterobius vermicularis , Ancylostoma duodenale , Necator são atingidas também nos músculos encistados com larvas de Trichinella
americanus , Taenia solium e Taenia saginata. spiralis. A baixa disponibilidade sistêmica do mebendazol resulta de uma
Cuidados de armazenamento: combinação de absorção insuficiente e metabolismo hepático rápido durante a
- Este produto deve ser guardado à temperatura ambiente (ambiente com primeira passagem da droga. A maior parte de sua ação anti-helmíntica é na luz
temperatura entre 15 a 30º C), ao abrigo da luz e umidade. intestinal. Com uma dose de 6,6 mg/kg de mebendazol, a concentração
Prazo de validade: plasmática de seu principal metabólito, um sulfóxido, atinge o máximo de 0,25 a
- O prazo de validade contado a partir da data de fabricação impressa na 0,30 µg/ml após aproximadamente 2,5 horas. A vida média do sulfóxido
embalagem, é 36 meses. Não tome medicamento com prazo de validade vencido, plasmático é de 8,5 horas. Meia-vida entre 2,5 e 5,5 horas com função renal
pode ser perigoso para a saúde. normal e 35 horas com comprometimento hepático (colestase). 95% é excretado
Gravidez e lactação: pelas fezes e 2 a 5% na urina, sob a forma inalterada ou metabólitos.
- IQUEGO - MEBENDAZOL não deve ser utilizado durante a gravidez e
lactação. Informe ao seu médico se está amamentando. INDICAÇÕES PRINCIPAIS
- Informe ao seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou IQUEGO - MEBENDAZOL é indicado no tratamento das infestações simples ou
após o seu término. mistas causadas por Ascaris lumbricoides, Trichuris trichiura, Enterobios
Cuidados de administração: vermicularis, Ancylostoma duodenale, Necator americanus, Strongyloides
- Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a stercoralis, Taenia solium, Taenia saginata.
duração do tratamento.
Interrupção do tratamento: CONTRA-INDICAÇÕES
- Não interromper o tratamento sem o conhecimento do seu médico. IQUEGO - MEBENDAZOL é contra-indicado durante a gravidez ou em
Reações adversas : mulheres com possibilidade de engravidar. É também contra-indicado para
- Informe ao seu médico o aparecimento de reações desagradáveis. crianças com menos de 2 anos de idade, na lactação, epilepsia e
hipersensibilidade ao fármaco ou a quaisquer dos componentes da fórmula.
“TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO
ALCANCE DAS CRIANÇAS.” PRECAUÇÕES E ADVERTÊNCIAS
O mebendazol, como os demais derivados benzimidazólicos, é teratogênico e
Ingestão concomitante com outras substâncias: embriotóxico em animais de laboratório, por esta razão não deve ser usado
- Não há necessidade de nenhum tipo de dieta ou jejum antes, durante ou após a durante a gravidez ou em mulheres com possibilidade de engravidar. Deve-se
terapia com IQUEGO - MEBENDAZOL. assegurar, antes de utilizar o produto, de que não há processo de gravidez. Para
mulheres em idade fértil (15 a 40 anos), recomenda-se o uso de mebendazol 7 dias
Contra-indicações e precauções: após o início da menstruação.
- Não use IQUEGO-MEBENDAZOL se você apresentar maior sensibilidade Não é recomendado o uso do produto em crianças menores de 2 anos. É também
(alergia) ao mebendazol ou aos excipientes da formulação. contra-indicado na lactação, epilepsia e hipersensibilidade ao fármaco ou a
IQUEGO - MEBENDAZOL é contra-indicado em casos de epilepsia e quaisquer dos componentes da fórmula. O risco/benefício deve ser avaliado em
hipersensibilidade ao fármaco ou a quaisquer um dos componentes da fórmula. situações clínicas como: ileíte de Crohn, colite ulcerativa, comprometimento da
IQUEGO - MEBENDAZOL não deve ser usado em crianças com menos de 2 função hepática e gravidez. No tratamento prolongado, monitorar a contagem
anos. completa de células sangüíneas e função hepática.
- Informe ao seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do
início, ou durante o tratamento. MEDIDAS DE PREVENÇÃO ÀS VERMINOSES:
- Lavar as mãos sempre que usar o sanitário;
“ATENÇÃO: - Andar calçado;
ESTE MEDICAMENTO CONTÉM CORANTES QUE PODEM, - Manter as unhas cortadas e limpas;
EVENTUALMENTE, CAUSAR REAÇÕES ALÉRGICAS.” - Beber somente água filtrada ou fervida;
- Lavar bem os alimentos antes do consumo;
- Cozinhar bem os alimentos;
- Proteger os alimentos e reservatórios de água;
- Combater os insetos;
- Lavar as mãos antes das refeições;
- Lavar os utensílios domésticos;
- Ferver as roupas íntimas e de cama.

INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS
O uso concomitante de cimetidina pode inibir o metabolismo do mebendazol no
fígado, resultando um aumento da concentração plasmática do medicamento,
especialmente no uso crônico. Nestes casos, recomenda-se a dosagem da
concentração plasmática para determinação da dose. A carbamazepina pode
provocar indução enzimática, com diminuição da eficácia anti-helmíntica por
diminuição da concentração sérica do mebendazol, especialmente quando se usa
doses altas. Pode ocorrer a potencialização da ação da insulina e dos
hipoglicemiantes orais quando administrados com o mebendazol.

REAÇÕES ADVERSAS
Em conseqüência de sua baixa absorção, o mebendazol não causa toxicidade
sistêmica significativa no uso de rotina, mesmo na presença de anemia e
desnutrição. Ocorrem sintomas transitórios de tontura, cefaléia, e distúrbios
gastrointestinais em casos de infestação maciça e expulsão de vermes. Em
pacientes tratados com doses elevadas, os efeitos colaterais raros incluem
hipersensibilidade (febre, exantema, comichão), neutropenia reversível
(garganta irritada, febre, cansaço, fraqueza), agranulocitose, alopécia, e
hipoespermia. Nos estudos conduzidos em ratas grávidas, com doses de 10
mg/kg, foram evidenciados efeitos embriotóxicos e teratogênicos. Tendo em
vista estes achados, não se recomenda a administração de mebendazol durante a
gravidez, especialmente, no primeiro trimestre.

POSOLOGIA
Infestações por nematódeos
Adultos e crianças maiores que 2 anos:
1 comprimido ou 5ml, 2 vezes ao dia, durante 3 dias consecutivos, independente
do peso corpóreo e idade.
Infestações por cestódeos
Adultos:
2 comprimidos ou 10 ml, 2 vezes ao dia, durante 3 dias consecutivos.
Crianças maiores que 2 anos:
1 comprimido ou 5 ml, 2 vezes ao dia, durante três dias consecutivos.
Os comprimidos podem ser engolidos, mastigados, triturados ou misturados aos
alimentos.
Ingerir com alimentos gordurosos a fim de aumentar a absorção.

SUPERDOSAGEM
Em conseqüência de sua baixa absorção, o mebendazol não causa toxicidade
sistêmica significativa. Podem ocorrer cólicas abdominais, náuseas, vômitos, e
diarréia, no caso de superdosagem acidental. Neste caso deve ser feito lavagem
gástrica com solução de permanganato de potássio a 20% e administração de
carvão ativado podem ser feitos.

USO SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA.

PROIBIDA A VENDA PELOCOMÉRCIO.

MS Nº - 1.0884.0293.0011 - Comprimido 100 mg - Envelope com 6 comprimidos


MS Nº - 1.0884.0293.0028 - Suspensão Oral 20 mg - Frasco de vidro com 30 ml

Farmacêutico Responsável: Dra. Maria Aparecida Rodrigues


CRF - GO n° 1328
N° lote - data fabricação - prazo de validade: vide envelope e frasco.

ESTADO DE GOIÁS SECRETARIA DA SAÚDE


IQUEGO - INDÚSTRIA QUÍMICA DO ESTADO DE GOIÁS S.A.
Av.Anhanguera, 9.827 - Bairro Ipiranga - GOIÂNIA - GOIÁS
CX Postal: 15.102 - CEP.: 74.450-010
CNPJ Nº 01.541.283/0001-41- Indústria Brasileira

A -0800622829

IQ.110116348/00