Você está na página 1de 20

1

Eu Sou Lésbica?

O que vamos trabalhar nesse masterdoc:


O que é a heterossexualidade compulsória?
Como eu sei que sou lésbica?
Mas eu me atraio por homens fictícios/celebridades…
Mas eu acho que já gostei de homens antes?
Sentimentos conflituosos sobre homens
Sinais de heterossexualidade compulsória
‘Atração’ por homens
Sexo com homens
Interesse precoce em mulheres
A versão "hétero" de você
Sentimentos sobre gênero
Considerando o lesbianismo
Atração VS. Heterossexualidade Compulsória
2

Nervosismo e rubor
Atração hipotética
Fantasias sexuais
Conclusão

O que é a heterossexualidade compulsória?

“Compulsório” é o oposto de “opcional”. “Heterossexualidade compulsória” é


exatamente o que parece - ser heterossexual é algo que nossa cultura tenta nos
impor. Afeta pessoas de todos os sexos, mas tem sido estudado principalmente
como algo que afeta mulheres. Isso ocorre porque a heterossexualidade
compulsória facilmente se liga à misoginia que faz com que as sexualidades e até
mesmo as identidades das mulheres sejam definidas por nossos relacionamentos
com os homens. As mulheres aprendem desde muito cedo que fazer os homens
felizes é o nosso trabalho. Devemos ser bonitas para os homens, devemos mudar
a maneira como falamos para que os homens nos levem mais a sério, devemos
desejar o amor de um homem mais do que qualquer outra coisa. Nossas revistas
estão cheias de dicas de sexo sobre como agradar melhor aos homens, nossos
filmes são sobre como devemos nos apaixonar por homens. Literalmente, não
podemos existir em público sem que os homens nos avaliem em voz alta sobre o
quanto os estamos agradando visualmente.

Então...o que acontece se você quiser ficar com mulheres? O que acontece se você
não se sente atraída por homens? Quando você é treinada desde a infância para
ter relacionamentos românticos / sexuais com homens - e apenas com homens -
como objetivos principais de vida, como separar isso do que você deseja?
Heterossexualidade compulsória é a voz em minha cabeça que diz que devo
realmente estar com raiva, mesmo quando estou apaixonada por uma mulher. A
heterossexualidade compulsória é o que força as lésbicas a lutar para aprender a
diferença entre o que você aprendeu que quer (estar com homens) e o que você
quer de verdade (estar com mulheres), e é por isso que tantas lésbicas já tiveram
relacionamentos com homens em algum momento. A heterossexualidade
3

compulsória é muito semelhante à heteronormatividade - a suposição de que


heterossexual é o padrão. Somos treinadas desde o nascimento para acreditar que
encontraremos alguém do outro sexo, nos apaixonaremos, faremos sexo, etc. Em
um milhão de pequenas formas, somos ensinadas que apenas os relacionamentos
com o outro gênero binário são válidos. (E se você não for um dos gêneros
binários, isso pode ser ainda mais confuso.)

A heterossexualidade compulsória está embutida em você desde o momento em


que você nasce nesta época e lugar, e leva muito tempo para desmontá-la.

Como eu sei que sou lésbica?

Se você está se perguntando se é lésbica, é muito mais importante se perguntar se


você pode ser verdadeiramente feliz com um homem do que se você se sente
atraída por ele. Pergunte a si mesma se você pode ter relacionamentos saudáveis
​e gratificantes com os homens e se realmente quer estar com eles. Você pode se
sentir atraída por homens ou não saber se é por causa da heterossexualidade
compulsória e isso não significa que você queira estar com eles. A atração deve
ser agradável. Se estar em um relacionamento com homens não é atraente para
você, se você não consegue realmente se ver terminando feliz em um
relacionamento com homens, ou se sua atração por homens a deixa
desconfortável, você pode ser lésbica. Lésbica não é um palavrão e ser lésbica é
algo lindo.

Muitas lésbicas AINDA lutam com a heterossexualidade compulsória, mesmo


quando sabem que não querem homens. Se você ama as mulheres, mas se sente
falsa por isso, lembre-se de que esses sentimentos são produto de uma sociedade
patriarcal que a condicionou a acreditar na falsa idéia de que você é definida por
seus laços com os homens. Isso pode ser muito difícil de lembrar às vezes, e pode
4

demorar um pouco até que você possa amar totalmente as mulheres sem sentir
que de alguma forma está "errado", mas saiba que há um milhão de outras
mulheres que estão no mesmo barco com você, o que significa que este é um
problema com a sociedade e não consigo mesma.

Mas eu gosto de homens fictícios/famosos…

Lésbicas podem gostar de celebridades masculinas e personagens fictícios.


Geralmente é um sintoma de heterossexualidade compulsória - celebridades
masculinas / personagens fictícios são paixões completamente inalcançáveis ​e,
portanto, permite que a lésbica em questão se distancie dos homens. Como é
impossível estar com essa pessoa, elas conseguem evitar o romance e a
intimidade, que geralmente é algo que as meninas podem reconhecer que não
querem com os homens, mas não conseguem descobrir exatamente por que ou o
que isso significa. Mesmo que a atração por celebridades masculinas /
personagens fictícios NÃO seja um efeito da heterossexualidade compulsória (o
que seria muito difícil de descobrir), não é justo que mulheres heterossexuais
possam ter "paixões de garotas" e homens heterossexuais possam ter "paixões de
homens" sem qualquer um dizendo a eles que eles não podem ser / não são
menos heterossexuais, então o inverso não deve ser aplicado a lésbicas.

Mas eu acho que já gostei de homens antes…?

Você pode se identificar como lésbica se você gostou de homens no passado, mas
não se sente mais atraída por homens. Muitas lésbicas namoraram ou tiveram
relacionamentos genuínos com homens antes de perceberem que eram lésbicas, e
isso não as torna menos lésbicas. Se você não se importa sobre os homens ou não
5

gostaria mais de estar com eles, você pode ser lésbica agora. É uma identidade
“agora” - importa como você se sente agora! Você não está interessada em
homens, então pode se identificar como lésbica, independentemente de como
você se sentiu no passado. Se você se identifica como lésbica agora, e depois
conhece um homem e se apaixona por ele, seria errado se chamar de lésbica, mas
ter um relacionamento com um homem no passado não significa que você não
pode ser lésbica agora.

Muitas lésbicas já gostaram de homens em algum momento de suas vidas antes de


perceberem que são lésbicas. Agora, um equívoco comum também é que todos
nascem sabendo que são gays e isso não é necessariamente verdade. Pode ser por
causa da natureza e da criação. Se você teve experiências terríveis com homens e
agora gostaria de não namorá-los porque não se vê realmente feliz com um
homem e gostaria apenas de namorar mulheres, você também pode ser lésbica. É
normal experimentar a identidade lésbica e ver como ela se encaixa em você,
porque muitas lésbicas não tinham certeza de como se sentiam em relação aos
homens até que se identificaram como lésbicas. Isso as ajudou a perceber que o
que sentiam pelos homens era na verdade heterossexualidade compulsória ao
longo do tempo. Muitas lésbicas descobriram dessa forma que sua “atração”
pelos homens era na verdade a heterossexualidade compulsória.

A atração é super complicada. É possível reconhecer que um homem é atraente,


mas não se sentir atraída por ele. A atração é frequentemente coagida pelo
condicionamento social e algumas lésbicas têm atração hipotética por homens
devido à heterossexualidade compulsória. Mas não queremos namorar ou fazer
sexo com um homem nunca. Permitir que as pessoas se identifiquem com base
em onde estão dispostas a colocar sua energia romântica e sexual é mais
poderoso e da agência às pessoas.

Sentimentos conflituosos sobre homens


6

Você pode realmente ter sentimentos calorosos, positivos e fortes em relação aos
homens e esses ainda podem ser heterossexualidade compulsória.
Heterossexualidade compulsória é a suposição de que quaisquer sentimentos que
você tenha por um homem DEVEM ser atração porque a sociedade fala o tempo
todo sobre amor e atração heterossexuais, então quando você sente algo por um
homem você pensa "ah, deve ser assim". Então, como parte da “descoberta da
sua sexualidade”, você tenta encontrar maneiras de achar homens atraentes. Você
pensa "não me sinto atraída pela aparência física, apenas personalidades" ou "só
gosto de homens femininos" ou você encontra maneiras de se excitar com os
homens, imaginando-os em todos os tipos de cenários incomuns até que você
alcance um que agrade a você. (um exemplo meu foi me imaginar tendo sexo com um
homem, mas o homem na minha frente não tinha rosto e isso me excitava.)

Então, quando você não consegue seguir com essa 'atração' em cenários da vida
real, quando você tem a chance de ter um relacionamento romântico / sexual com
um homem, você assume que é alguma parte quebrada de você que está te
impedindo, ou alguma peculiaridade da sua personalidade, ou uma circunstância
de sua vida ("eu tenho padrões elevados" ou "eu só gosto de homens mais
velhos" ou "eu tenho uma sexualidade inventada incrivelmente obscura em que
eu só gosto de homens até que eles gostem de mim"), e você explica longamente
porque você não consegue encontrar um homem alcançável na vida real por
quem você se sente atraída . Isso é algo que é realmente difícil de reconhecer
porque, no processo de descobrir sua sexualidade, você questiona como se sente
e volta com "bem, definitivamente tenho fortes sentimentos por homens" e
presume que você é heterossexual ou bissexual. Mas outra coisa importante a
questionar é "rotulei e entendi corretamente o que é esse sentimento e tenho
certeza de que é realmente atração"

A sociedade coloca tanta ênfase na importância e intensidade do amor e atração


heterossexual que é importante lembrar-se ativamente de que é possível amar
alguém e ter um profundo interesse por ele sem ter sentimentos românticos ou
sexuais por ele (especialmente se esse amor vem junto com outro interesse
7

intenso, como seus sentimentos por um homem fictício em um programa de TV


que você ama).

Sinais de que você tenha heterossexualidade


compulsória

Se você se relaciona ou se identifica com muitas dessas coisas que escrevi, eu diria
que vale a pena investigar por que tantas dessas coisas ressoam em você. É
porque você tem um gosto específico por homens ou porque a sociedade a
condicionou a querer isso? É porque você teve experiências ruins com homens
relacionadas a traumas ou porque esses tipos de desejos foram enraizados em
você? De qualquer forma, essas são todas as experiências de lésbicas que um dia
pensaram que gostavam de homens, mas essas são as mais comuns de lésbicas
que reuni.

1. ‘Atração por homens

- Decidir por quais caras se sentir atraída - não até agora, mas por quem
se sentir atraída - com base em quão bem eles correspondem a uma lista
mental de qualidades atraentes. Você tem uma "lista" de critérios
impossíveis em sua cabeça que um homem deve cumprir para que você
se sinta atraída por ele, e se você encontrar alguém que corresponda a
todos os critérios, você apenas adiciona mais padrões impossíveis.

- Estou constantemente testando minha atração por homens. Escolho um


ou mais homens convencionalmente atraentes na sala e tento me forçar
a me sentir atraída por eles.

- Gosto da ideia de estar com um homem, mas sempre que um homem se


aproxima de mim, fico extremamente desconfortável.
8

- Não gosto da realidade dos homens, apenas da ideia de estar com


homens.

- Gosto da ideia de casar com um homem / estar numa relação com um


homem, mas sempre posso escolher um motivo para não querer
namorar nenhum homem que se interesse por mim ou qualquer homem
que me sugeriu. Essas razões às vezes são razoáveis, mas muitas vezes
insignificantes (ou seja, "Eu não gosto de caras que fazem o cabelo
assim, ele tem uma verruga estranha no rosto, ele é muito alto").

- Posso fantasiar sobre homens e achar homens atraentes, mas pensar de


forma realista em estar com um homem faz meu estômago revirar.

- Apenas desenvolvendo atração por um cara depois que uma amiga


expressar atração por ele

- Gosto de receber a atenção dos homens e ser validada em minha


atratividade, mas no momento em que passa da atenção para uma
interação (ou seja, do flerte para o convite), começo a entrar em pânico.

- Ficar com ciúmes do relacionamento de uma amiga específica com


rapazes e presumir que você deve se sentir atraída pelos rapazes com
quem ela está (mesmo que você nunca os tenha notado antes de ela se
interessar por eles)

- Você vê o relacionamento com os homens como uma tarefa árdua, um


fardo ou apenas algo com o qual deve lidar.

- Confundir uma forte conexão / dependência emocional com um homem


para sentimentos românticos
9

- Você fica apaixonada por quase todos os caras de quem é amiga,


porque realmente não há diferença entre amizades e paixões por você

- Você sente que teoricamente poderia se sentir atraída por homens (você
pode até ter fantasias sobre eles), mas na prática você nunca sente nada
por eles.

- Escolher um cara ao acaso para se sentir atraída

- Escolher sentir-se atraída por um cara, não apenas escolher agir de


acordo, mas ativar sua atração como um interruptor - isso é uma coisa
lésbica comum.

- Ter padrões tão elevados que literalmente nenhum cara os atinge - e


não sentir nenhuma centelha de atração por qualquer cara que não os
atende

- Você tem muito mais certeza de se sentir atraída por mulheres do que
por homens

- Apenas / principalmente gostando de caras que não estão em


conformidade com o gênero ou são femininos de alguma forma.

- Alternativamente, os caras de que gosto são sempre um homem


hiper-masculino que incorpora tudo sobre a masculinidade.

- Você quer namorar / se apaixonar / se casar / ter filhos / etc com um


cara, mas o cara com quem você sonha nunca é específico e pode muito
bem ser um recorte de papelão;

- Todas as minhas fantasias com os homens são sempre com homens sem
rosto e sem nome; quanto mais realista a fantasia e quanto mais
10

detalhes eu invento sobre meu parceiro, menos excitada e interessada


na fantasia fico.

- Apenas / principalmente sendo atraída por caras inatingíveis/fictícios,


desinteressados por você ​ou caras com quem você nunca ou raramente
interage. (Como professores, homens casados ​ou mais velhos e homens
que moram longe)

- Semelhante a apenas ter uma queda por homens famosos ou fictícios,


os homens de quem você gosta podem ser gays ou em relacionamentos,
pois também são inatingíveis (se eles estão em um relacionamento,
você pode até começar a se perguntar se é realmente a mulher por quem
você tem uma queda)

- Você perde toda a atração ou fica extremamente desconfortável se


houver alguma implicação de que eles possam gostar de você também.
Você fica profundamente desconfortável e perde todo o interesse por
esses caras inatingíveis se eles indicarem que podem retribuir

2. Sexo com homens

- Fazer sexo não por desejo de prazer físico ou proximidade emocional,


mas porque gosta de se sentir desejada OU: preferir "ser uma
provocação" para se sentir desejada, mas sentir que seguir adiante é
uma tarefa árdua

- Ter que estar bêbada ou drogada para fazer sexo com homens

- A ideia de beijar, acariciar, namorar e / ou fazer sexo com homens é


realmente assustadora / induz à ansiedade, e a ideia de fazer qualquer
11

uma dessas coisas com mulheres não é (ou é visivelmente menos


assustadora)

- Suas fantasias com homens ainda acabam se revelando um pouco gays.


Talvez você esteja penetrando nele, você não precisa olhar para o rosto
dele / não quer olhar para o rosto dele, você quer um trio com outra
mulher, ele é muito feminino, etc. Pode ser uma “fantasia
heterossexual” mas você alterou de uma maneira que as pessoas
heterossexuais podem não estar totalmente interessadas.

- Pensando porque você não gosta / busca sexo com homens, você deve
ser assexual. Ou vice-versa com romance para homens. E você pode
ser, mas pensando em fazer sexo com mulheres não é uma ideia
desconfortável ou assustadora;

- Suas fantasias sobre homens lhe causam intensa angústia ou ansiedade.


Eles podem ser pensamentos intrusivos, formas de automutilação ou
outros.

- Quando penso em rapazes, penso em todas as coisas que poderia tolerar


fazer com eles (namoro, beijo, sexo, casamento), mas sempre em
termos do que eu poderia me forçar a fazer, não o que quero fazer por
vontade própria.

- Estar perto de caras que estão interessados ​em mim me dá uma


ansiedade intensa; sentindo-se estranha / errada chamando o apelido de
seu ex-namorado ou mostrando fotos dele a amigos, mas alegremente
mostrando sua namorada.

- Usar sexo com homens como uma forma de automutilação


12

- Você não tem muita reação emocional ao beijar ou ser de outra forma
física com um homem, ou você mesmo não gosta / odeia isso

- Sentir-se entorpecida, dissociada ou chorando durante / depois do sexo


com homens (mesmo que você não entenda essa reação e pense que
está bem e chorando etc. sem motivo)

- Ficar entediada com sexo com homens / não entender qual é o


problema que faz outras mulheres quererem isso

- Nunca / raramente têm fantasias sexuais com homens específicos,


preferindo deixá-las o mais não detalhadas possível ou nem pensar nos
homens enquanto fantasia

- Ter que fazer um esforço concentrado para fantasiar sobre o cara por
quem você está "atraída"

3. Interesse em mulheres quando menor

- Não reconhecendo paixões passadas / atuais por mulheres até que você
tenha entendido sua atração por mulheres

- Ser excepcionalmente competitiva, tímida ou ansiosa para impressionar


mulheres específicas quando você não é assim com ninguém

- Querer beijar sua melhor amiga na boca por literalmente qualquer


motivo ("para praticar para meninos" incluído)

- Sentindo frio na barriga ou sentindo que não consegue chegar perto o


suficiente ao abraçar uma amiga íntima
13

- Olhando para uma amiga íntima e sentindo algo em seu peito apertar e
ser dominado pelo amor por ela - amor você pode ler como platônico

- Tendo tido fortes e duradouros sentimentos de admiração por uma


professora específica, atriz, etc., crescendo profundamente e reverentes

- Ter tido um relacionamento excepcionalmente próximo com uma


amiga que crescia que era diferente e especial de uma forma que você
não conseguia articular

- Quando uma amiga é maltratada por um homem, seus pensamentos de


proteção se voltam na direção de "se eu fosse ele / um homem, nunca
faria isso com ela / minha namorada"

- Ficar totalmente fascinada por qualquer lésbica que você conhece / vê


na mídia e pensar que todas são pessoas super legais

- Ter seu personagem favorito em todos os programas seja aquela mulher


com código gay ou com aparência de mulher (como Shego de Kim
Possible, Vidia de Tinker Bell, Rainbow dash de MLP, etc)

- Sentir-se estranhamente culpada e desconfortável em vestiários, etc.,


quando suas amigas estão menos vestidas do que normalmente estariam
perto de homens e tendo mais cuidado para não olhar

4. A versão "hétero" de você

- Pensando que todas as garotas heterossexuais sentem pelo menos


alguma atração por mulheres
14

- Pensar que o seu interesse em ver mulheres atraentes / mulheres semi


nuas / seios é uma reação artificial causada pela objetificação das
mulheres na mídia

- Estar realmente interessada em como as mulheres parecem


"esteticamente" / "tão interessantes quanto artísticas"

- Pensar que é objetivo e incontestável que quase todas as mulheres são


muito mais atraentes do que a maioria dos homens

- Sendo uma verdadeira "aliada" do LGBT + intensamente e ficando


estranhamente emocional com a homofobia, mas presumindo que você
seja apenas uma Aliada Muito Boa e muito empática

- Ter metade do seu grupo de amigos da escola acabando sendo LGBT +

- Ficar emocionada ou ter uma reação forte que você não entende por
histórias de amor que envolve duas garotas etc.

- Tendo as pessoas pensando que você era gay, quando você não tinha
suspeitas de que era gay

5. Sentimentos sobre gênero

- Ter muitos sentimentos conflitantes de gênero que só são possíveis de


resolver quando você entende que é / pode ser lésbica

- Pensar que ser gênero não conformado e sentir-se desconectada da


feminilidade tradicional significa que você não pode ser mulher,
mesmo que isso pareça mais certo - muitas lésbicas são gnc e muitas
15

lésbicas se sentem desconectadas da feminilidade tradicional por estar


tão ligadas ao heteropatriarcado

- Saber que você se sente atraída por mulheres e não ser capaz de
interpretar isso (esp + qualquer não conformidade de gênero) como gay,
levando muito tempo para descobrir se você é um homem hetero ou
lésbica

- Ser disfórica sobre as partes de você que fazem os homens


heterossexuais pensarem que seu corpo é devido a eles, tendo que
descobrir o que essa disforia significa para você

- Sendo não-binário e demorando muito para ser capaz de respeitar /


compreender sua identidade não-binária e sua lesbianidade ao mesmo
tempo

- Querer ser lésbica, mas sentir que ainda não sabe que é, e que você não
pode ser

- Sentindo-se culpada por querer ser lésbica, pensando que está apenas
em busca de atenção ou tentando estar na moda

- Você pensa, ou teme, que possa ser lésbica, e se pega constantemente /


desesperadamente tentando provar a si mesma que não é

- Suprimindo seus sonhos lésbicos porque você acha que explorar esse
desejo significaria que você é uma pessoa má / homofóbica usando a
lésbica de forma egoísta

- Desejando que você fosse lésbica para escapar do desconforto de


namorar homens
16

- Fantasiar sobre como seria divertido ser lésbica e apenas estar com
mulheres / uma mulher específica, mas pensando que não pode ser para
você

- Preocupada que parte de sua atração anterior por homens era realmente
real, então você não pode ser lésbica

Atração x Heterossexualidade compulsória

Nervosismo e rubor

Uma tonelada de mídia romântica e tropos culturais comuns têm essa ideia de
que você sabe que se sente atraída por alguém se estiver nervosa ou corando
por causa dessa pessoa. Por causa disso, você pode sentir que deve se sentir
atraída por um homem se ficar nervosa perto dele, só porque está
experimentando a resposta física que lhe disseram para esperar, não porque
realmente deseja namorar com ele.

Atração real: você está nervosa porque está animada para conhecer alguém.
Você os acha atraentes primeiro e porque está pensando sobre sua atração por
eles, você fica constrangida porque espera que eles gostem de você também.

Heterossexualidade compulsória: Você está nervosa porque está ciente de


que ele se sente atraído por você e porque ele está prestando muita atenção
em você - especialmente se ele está ultrapassando os limites ou chegando
muito perto do seu espaço pessoal - você fica autoconsciente porque sabe que
ele está observando você. Você cora porque está desconfortável.

Atração hipotética
17

Muitas mulheres questionadoras têm dificuldade em classificar sua atração


por causa de hipóteses. Nossa cultura, em geral, desconsidera ou desafia a
atração de mulher/mulher e dá essa ansiedade de que precisamos saber 100%
que não somos e nunca seremos atraídas por homens, não importa o que, a
fim de reivindicar rótulos.

É difícil fazer isso como uma jovem que está aprendendo sobre si mesma,
inundado com o "e se" sobre o futuro. Por causa disso, você pode sentir que
não pode descartar sentir-se atraída por homens porque, hipoteticamente,
você pode se sentir atraída por um deles algum dia. Quem sabe?

Atração real: você imagina um futuro hipotético em que casa com um


homem e isso é emocionante e faz você se sentir bem, esperançosa, feliz e
correta. É uma sensação agradável e confortável para pensar. Tranquilizador.

Heterossexualidade compulsória: Você imagina um futuro hipotético em


que acaba com um homem e isso te faz sentir desconfortável, assustada,
triste, decepcionada, errada. É uma coisa perturbadora de se pensar e você
espera que isso não aconteça. Você não quer acabar com um homem, mesmo
se sentir que poderia.

Fantasias sexuais

Nossa cultura dá grande ênfase ao sexo quando se trata de orientação. A


orientação de algumas pessoas inclui atração sexual e a orientação de outras
não, mas a maioria de nós sente que nossas fantasias sexuais são o indicador
mais importante de sexualidade não heterossexual porque as pessoas
LGBTQ+ foram completamente reduzidas a atos sexuais e objetos sexuais na
cultura homofóbica em que crescemos. Junto com isso, também crescemos
em uma sociedade heteronormativa e cisnormativa que repetitivamente
ensina e enfatiza o mesmo "script" sexual singular de como o sexo deve ser,
18

continuamente. Eles não ensinam nenhum outro, e requer que pessoas não
heterossexuais e não cis inventem seus próprios roteiros sexuais
individualmente e com parceiros.

Mas, como uma jovem, quando você está excitada, sua mente tem um modelo
muito limitado de narrativas potenciais associadas a esse sentimento, muitas
pessoas adotam o mesmo script heteronormativo em suas fantasias porque é
inconsciente e fácil. Por causa disso, você pode sentir que deve se sentir
atraída por homens, porque você imagina algo abstrato em situações de sexo
com homens, mesmo que você não tenha absolutamente nenhum desejo de
dormir com homens na vida real.

Atração real: quando você fantasia sobre homens, é porque você se sente
atraída por seus corpos ou homens específicos ou pela ideia de fazer sexo
com homens. Você imagina as qualidades do corpo deles e gosta da ideia do
que está imaginando. Se você pensar sobre a fantasia mais tarde naquele dia,
você pode achar que é constrangedor, mas você também acha que é sexy.

Heterossexualidade compulsória: quando você fantasia sobre homens, é


principalmente apenas encenando um tipo de narrativa. Mais focado no
movimento do que nas características - os homens em suas fantasias podem
não ter rosto ou ter feições vazias ou seus corpos podem simbolizar alguma
emoção. Você realmente não gosta da ideia do que está imaginando. Você
pode nem estar na fantasia, mas em vez disso outra mulher sem rosto pode
estar. Você pode até se imaginar como o homem. A narrativa segue o roteiro
sexual, mas os detalhes são mais vagos e abstratos e podem mudar e mudar
ao longo da fantasia. Se você pensar sobre isso mais tarde naquele dia, pode
sentir-se vagamente desconfortável, ou se sentir invalidada e errada. É
realmente difícil desenraizar a heterossexualidade compulsória. Meu
conselho mais simples para superar isso é o seguinte: mesmo se você se sentir
atraída por homens, não precisa sair com eles se não quiser. Se você só quer
19

namorar outras mulheres, você tem direito a isso. O resto é menos importante
do que a simples realidade do que você deseja agora.

Conclusão

As mulheres podem ter sentimentos conflitantes pelos homens de várias


maneiras devido à misoginia e ao patriarcado que nos oprime. Você pode
estar lendo isso e começando a se questionar depois de se relacionar com a
maioria deles e está tudo bem. Se você não tiver certeza ou tiver dúvidas,
sinta-se à vontade para experimentar o rótulo de lésbica também. Se você
chegar à conclusão de que eventualmente não é lésbica, tudo bem também.
Esses são os sinais mais comuns de heterossexualidade compulsória. Muitas
lésbicas ainda lutam contra a heterossexualidade compulsória. Existem outras
maneiras pelas quais a heterossexualidade compulsória também pode se
manifestar. Você não precisa se relacionar com tudo isso para se identificar
como lésbica. Gostaria de assegurar que, embora você atualmente tenha um
namorado, um marido, ou tenha tido um no passado, isso não a torna menos
lésbica. Se você fez sexo com homens, você não é menos lésbica. Você ainda
pode ser lésbica se for uma mulher trans / não binário também, se sentir
conectada à feminilidade por meio do amor por outras mulheres. Lésbicas
não binárias e trans sempre existiram também, como Leslie Feinberg e seu
livro mais famoso, Stone Butch Blues, que seduz isso. Muitas lésbicas se
sentem alienadas por serem lésbicas e têm o gênero inconformado ou
disfórico. Lésbica não é um palavrão. Não se contente com os homens se
você acha que nunca poderá ser verdadeiramente feliz acabando com um.

Ser lésbica é curar e amar mulheres, já que lésbica não a torna predatória de
forma alguma. Espero que você possa fazer um exame de consciência e
descobrir sua consciência.
20

(minha conta no twitter caso tenha qualquer dúvida: lesbiacervo


Caso vc não tenha twitter, meu insta: VHSLESBO
O meu email: ashtonlynx6@gmail.com )

- créditos -

- https://sourceful.us/doc/308/copy-of-am-i-a-lesbian-masterdoc - a copia do masterdoc só


que versão gringa, porque infelizmente o doc original desapareceu do nada do docs e
não quer abrir de jeito nenhum

- https://veganscully.tumblr.com/

- http://thatdiabolicalfeminist.tumblr.com/

- http://cyberlesbian.tumblr.com/

- http://positive-lesbian-vibes.tumblr.com/

- https://adviceforwlw.tumblr.com

- https://butch-kira.tumblr.com

Você também pode gostar