Você está na página 1de 12
MAIO DE 2011 1 Um novo jornal. Uma nova visão. Jornal NOROESTE MINEIRO E ENTORNO
MAIO DE 2011
1
Um novo jornal.
Uma nova visão.
Jornal
NOROESTE MINEIRO E ENTORNO DE BRASÍLIA
Nº 79 - ANO 7 - MAIO DE 2011
Festas marcam mês de abril no Noroeste Exponat em Natalândia e Semana do Cooperado em
Festas marcam mês
de abril no Noroeste
Exponat em Natalândia e Semana do Cooperado em Paracatu fecharam o ciclo de intermináveis
festas que foram realizadas durante o mês de abril no Noroeste Mineiro
Páginas 6 e 7

PMDB realiza Encontro Regional em Paracatu

Lideranças peemedebistas do Noroeste participam de Encontro Regional em Paracatu e cobram valorização das bases

Página 11
Página 11
Juca da Coagril filia-se ao PR de olho em 2012 O ex-vereador Juca da Coagril
Juca da Coagril filia-se ao PR de olho em 2012
O ex-vereador Juca da Coagril filiou-se ao Partido da
República e anunciou que pretende fazer dobradinha
com Branquinho no ano que vem em Unaí
Página 02
Veja clicks da festa de aniversário de 15 anos da paracatuense Kananda Neiva Birro Página
Veja clicks da festa
de aniversário de 15
anos da paracatuense
Kananda Neiva Birro
Página 09

Câmara rejeita projeto e frustra população de Natalândia

Câmara rejeita projeto e frustra população de Natalândia Vereadores foram vaiados pelos cidadãos favoráveis ao

Vereadores foram vaiados pelos cidadãos favoráveis ao projeto que autorizaria a Prefeitura a contrair empréstimo junto ao BDMG para aquisição de maquinários para o município

Página 10

FACTU firma parceria com a CAPUL em Unaí

Página 10 FACTU firma parceria com a CAPUL em Unaí Projeto é inovador e poderá beneficiar

Projeto é inovador e poderá beneficiar centenas de pessoas que terão a oportunidade de um acompanhamento mais detalhado da saúde sem precisar colocar a mão no bolso

Página 05

2

MAIO DE 2011

2 MAIO DE 2011 Visão Geral aqui, o registro de tudo que se passou à frente

Visão Geral

aqui, o registro de tudo que se passou à frente de nossas lentes.

o registro de tudo que se passou à frente de nossas lentes. Reencontro Durante a Semana

Reencontro

Durante a Semana

à frente de nossas lentes. Reencontro Durante a Semana do Cooperado é possível encontrar e bater

do Cooperado é possível encontrar e bater um papo com vários ami- gos. Aqui registramos

o reencontro do cantor

Santos com o repór- ter Rubens Martins. Os dois trabalharam juntos fazendo sanduíches no Brooks Lanches ainda

nos anos 80. Santos é vocalista do Amado Ramone e entregou um CD e um DVD da banda de punk rock ao amigo Rubinho.

Peemedebista

O vereador Alim Olivei-

ra, atualmente filiado ao PP

de Natalândia, esteve na reu- nião regional do PMDB em Paracatu. Durante a reunião, Alim que é peemedebista de coração, detalhou os motivos pelo qual deixou o partido anos atrás. Ouviu do presi- dente estadual do PMDB,

o deputado Antonio An-

drade, que tem autorização para compor e reestruturar

o partido no município. Com carta branca do presidente

peemedebista, Alim não deverá ficar por muito tempo na atual legenda. Justificativas para deixar o PP não faltam.

atual legenda. Justificativas para deixar o PP não faltam. Parabéns! Esta coluna abre um espaço para

Parabéns!

Esta coluna abre um espaço para homenagear a Paracatuense Joana Men- des de Souza. Dona Joana completou 85 anos com

muita vitalidade. Ela tem 14 filhos, 17 netos e 06 bisnetos. Parabéns Dona

Joana!

tem 14 filhos, 17 netos e 06 bisnetos. Parabéns Dona Joana! Mutirão da Saúde O Rotary

Mutirão da Saúde

O Rotary Clube Pa-

Parabéns Dona Joana! Mutirão da Saúde O Rotary Clube Pa- racatu realizou o quinto Mutirão da

racatu realizou o quinto Mutirão da Saúde do Homem no domingo, dia 1º de maio. O pro- jeto tem por objetivo promover a prevenção do câncer de próstata em homens com idade acima de 40 anos, com

a realização de exames

preventivos para iden- tificar tumores em fase inicial, quando a cura ainda é possível e o tratamento traz resul- tados positivos. O projeto é realizado a cada dois anos e aconteceu neste ano na Clínica da Mulher e da Criança, atendendo a cerca de 1.150 homens. Mais de 70 volun- tários e 6 médicos realizaram os atendimentos que foram de 8 da manhã à uma da tarde.

No dia 26 de Abril, o Presidente do Movimento Verde de Paracatu, Tonhão,

à direita na foto, juntamente com mais 20 lideranças de

vários setores, reuniu-se em Belo Horizonte com o Go- vernador de Minas Antônio Anastasia, que acompanha- do do Secretário de Meio Ambiente de Minas Ge- rais, Adriano Magalhães, apresentou aos presentes

a ideia de reestruturação

do Sistema de Meio Am- biente do Estado. Na reu-

Representante Verde

nião, além de ter firmado compromisso de apoio ao governo frente às questões

ambientais, Tonhão sugeriu ao Governador que integre ambientalmente todo o go- verno e que atue junto aos empreendedores mineiros,

numa ação mais informati- va, no sentido que antes da fiscalização, sejam levadas primeiramente informações educativas, as quais possam

envolvê-los no processo de defesa do meio ambiente

e dos recursos naturais.

processo de defesa do meio ambiente e dos recursos naturais. Tonhão sugeriu ainda que o governo

Tonhão sugeriu ainda que

o governo apoie as Enti-

dades Ambientalistas de Minas, “pois são elas que

vêm auxiliando o governo

na implementação de ações

ambientais de preservação que tem trazido melhoria na qualidade de vida da comunidade”.

OBRIGADO !

Com exclamação e tudo para poderem perceber o sentimento desse Obrigado. Quero nessa conversa agradecer a todos os moradores de Paracatu e de Unaí por terem proporcionado a mim e a Moça-que- -vende-Flôr, a oportunidade de convivermos durante um ano inteiro com duas comunidades. Mesmo já sendo velho conhecido da cidade

‘mãe’, pois foi ali que no ano de 1975, em uma feia e escura madrugada, na antiga rodoviária onde hoje é a linda e sempre viva Praça Firmina Santana (iremos falar sobre essa praça em outra hora), um menino de nove anos respirava pela primeira vez os ares do sertão das gerais. Mesmo conhecendo e tendo participado de muitas ações em toda a re- gião, quando vimos, presenciamos e ajudamos municípios a nascerem, nunca tive a oportunidade de passar um ciclo em duas cidades quase ao mesmo tempo. Como já tinha velhos conhecidos em Paracatu por ter sido o primeiro repórter da TVP e antes disso com orgulho ter sido comunicador na emissora do meu amigo Humberto Neiva, a Boa Vista FM, não houve nenhuma dificuldade em adaptação por me sentir em casa. Aliás, é raro o dia em que você não encontra alguém de Unaí em Paracatu e vice versa. Adorei as feiras semanais. Igual a Unaí que as

tem

no Centro da cidade e entre o Canaã e o Novorizonte, em Paracatu

elas

são atrás da Prefeitura e no Largo do Santana. Estacionamento no

centro da cidade? As duas empatam. Não existe lugar para estacionar

e nêgo fica rodando feito um tonto até achar uma vaga ou quando não

estaciona tão longe do local desejado que era melhor ter ido a pé. As mulheres. Ah as mulheres. Unaí ainda ganha no quesito beleza enquanto Paracatu fica com a força feminina, são mais determinadas e imunes a preconceitos. Coisas de Cultura. Em Paracatu, por exemplo, é normal

uma mulher andar na rua com rolinhos, bóbis na cabeça. Em Unaí se a

mulher fizer isso, tá loca. Em Paracatu, a maioria dos trabalhadores usam ônibus urbano diariamente. Em Unaí a maioria dos trabalhadores andam de bicicleta. Também, quem é louco de andar de bicicleta em Paracatu.

A preservação

cultural de Paracatu serve de exemplo para todas as demais cidades da região. Coisa linda é você poder dizer que estava no Largo do Rosário, Alto do Açude, Alto do Córrego. Tem gente na região que tem a sua cidade no Vale do Urucuia às margens do rio Urucuia e ainda muda o nome da cidade para Urucuia ao invés de ficar na história com o lindo nome de Porto de Manga (falaremos depois sobre isso também). A pre-

Sobe morro, desce morro, sobe morro, desce morro

servação da história de um povo é a base para que seu futuro aconteça.

A prova de uma liberdade maior de ação do paracatuense em relação ao

unaiense é que ele se solta em qualquer ambiente e sente-se gente, dono de seu lugar. A Firmina Santana a partir de quinta-feira é um verdadeiro ponto de encontro social, onde milhares sim, toda semana, milhares de

pessoas vão para a praça se divertirem. São verdadeiras famílias, casais de namorados, idosos e todo o tipo de gente reunida em um local e só se vê sorrisos. Em Unaí as coisas são mais reservadas. Eu fico conversando

e até perco o caminho das pedras. Falando em pedras, para finalizar

quero perguntar uma coisa. Sabem quantos córregos com ponte tem entre as duas cidades? Pense um pouquinho, eu espero… Pensou? Quem respondeu nove acertou. Saindo de Paracatu temos o ribeiro dos Netos, o Santa Rita, ribeirão São Pedro, o Aldeia, divisa na- tural entre os dois municípios, o Cangalha, Forquilha, ribeirão do Gato, Brejo e chegando a Unaí o Capão do Arroz. É isso ai, fora as dezenas

de correntes de água que foram apagadas pelas manilhas. O Rubinho

é chato e diz que tenho que falar menos,

pois senão, não cabe no jornal. Um dia

terei espaço para falar muito mais. Assim espero. Um grande abraço a todos e mais

uma vez agradecemos , eu e a Moça-que- -vende-flôr. Muito obrigado.

agradecemos , eu e a Moça-que- -vende-flôr. Muito obrigado. Washington Moreno da cor do Brasil wasmoreno@yahoo.com.br

Washington Moreno da cor do Brasil wasmoreno@yahoo.com.br

Juca da Coagril já está no PR

O trabalho responsá-

vel e comprometido com

a militância do Partido da

República conquistou mais um importante quadro para

suas fileiras desde a filiação do ex-vereador de Unaí, por seis mandatos consecutivos, Juca da Coagril. A assinatura da ficha de filiação aconte- ceu na liderança da legenda na Câmara dos Deputados, na tarde de quarta-feira, 27 de abril. Juca foi recebido pelo líder do PR na Câmara Federal, deputado Lincoln Portela (MG), que elogiou

o trabalho do ex-vereador.

Para ele, a ocasião é impor-

tante para o crescimento e fortalecimento do Partido

da República. “O PR cresce

em Minas Gerais. Nós temos

hoje sete deputados federais, mais de 70 prefeitos, e um grande número de vereado- res no Estado. É um privi- légio muito grande receber um grupo de fundamental importância”. À convite do deputado Bernardo Santana

de Vasconcellos (PR-MG), o

político vai compor o quadro

de Vasconcellos (PR-MG), o político vai compor o quadro Vários correligionários de Juca em Unaí foram

Vários correligionários de Juca em Unaí foram a Brasília testemunhar sua filiação no PR

do PR mineiro com os olhos voltados para as eleições de

gionários, Juca da Coagril agradeceu o apoio que o PR

laços históricos com as ori- gens republicanas. “Posso

2012. O atual vice-prefeito

de Unaí, José Gomes Bran-

sempre lhe ofereceu e res- saltou que seu trabalho com

dizer que antigamente eu fui do PL, que originou

quinho (PR-MG), pretende

os

republicanos já acontecia

posteriormente o PR, então

formar dupla com o ex-

havia alguns anos. “É uma

eu já tenho algumas rela-

-vereador para concorrerem aos cargos de prefeito e vice,

satisfação muito grande

colaborar com o partido em

ções com o partido. Tenho acompanhado o PR e visto

respectivamente. “O Juca

Unaí. Inclusive, os compa-

a

importância deste partido.

vai ter a missão de coordenar

nheiros estão querendo que

E

estou aqui, acima de tudo,

todo o processo eleitoral do

a

gente assuma a presidên-

pelo honroso convite feito

ano que vem. Nós estamos

cia e, se assim acontecer,

pelo deputado Bernardo

articulando e fortalecendo

nós vamos fazer o melhor,

Santana”, declarou o ex-

o

nosso partido, o nosso

tornando o partido forte e

-vereador. “O partido que eu

grupo, e vamos disputar

representativo em Unaí e

estava não tinha mais dispo-

a

eleição como prefeito e

dentro do Estado de Minas

sição de crescer, e o PR em

vice”, salientou Branquinho. Elogiado por seus correli-

Gerais”, garantiu o novo republicano, que confessou

Unaí tem esta disposição”, completou.

que confessou Unaí tem esta disposição”, completou. A A. C. AGRO MERCANTIL LTDA – CNPJ n°

A A. C. AGRO MERCANTIL LTDA – CNPJ n°

60.704.863/0004-14, por determinação do Conselho de Política Estadual de Política Ambiental – COPAM, torna público que solicitou a Licença Ambiental, na modalidade Licença de Operação para as atividades de armazenamento de grãos, culturas anuais e criação de bovinos de corte (extensivo

e confinados) no empreendimento denominado Fazenda Santo Antônio, município de Unaí/MG. FCEi de referência: R045236/2011 FOB: 212592/2011

EXPEDIENTE

Redator Chefe: Rubens Martins Empresa Responsável: Portal Regional Vídeo e Publicidade Ltda.

Contato: (38) 3676-5131 / 9919-3030

Diagramação: Print House (38) 3676-7776

contato@graficaprinthouse.com

Print House (38) 3676-7776 contato@graficaprinthouse.com E-mail: visao.regional@uol.com.br Fotos: Rubens Martins e
Print House (38) 3676-7776 contato@graficaprinthouse.com E-mail: visao.regional@uol.com.br Fotos: Rubens Martins e

E-mail: visao.regional@uol.com.br

Fotos: Rubens Martins e Portal Unaí

(38) 3676-7776 contato@graficaprinthouse.com E-mail: visao.regional@uol.com.br Fotos: Rubens Martins e Portal Unaí

MAIO DE 2011

3

MAIO DE 2011 3 CBH Paracatu continua promovendo ações em defesa da água Reunião em Unaí

CBH Paracatu continua promovendo ações em defesa da água

Reunião em Unaí discutiu principalmente a situação das Câmaras Técnicas

Organizar as Câmaras Técnicas e fazê-las funcio- nar corretamente. Este é o maior desafio que o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Paracatu vem enfrentan-

do na tentativa de colocar em prática todas as ações de me- lhorias na bacia de um dos principais afluentes do Rio São Francisco. Em reunião realizada no dia 14 de abril, na sede do SAAE em Unaí, os membros do CBH Para- catu discutiram estas ações

e detectaram que o correto

funcionamento das Câmaras

Técnicas é o primeiro passo para desenvolvê-las. “Tudo

o que formos fazer depen-

de das Câmaras Técnicas. Precisamos regularizar duas Câmaras que ainda faltam

no Comitê e resolver a ques- tão dos membros que não estão atuando dentro das Câ- maras já criadas”, advertiu

o presidente Olavo Condé.

Os conselheiros presentes à reunião discutiram a questão

e optaram pela redução do

número de membros nas Câ-

maras Técnicas para facilitar

o trabalho, principalmente

com relação à presença dos membros nas reuniões. Ou- tra decisão tomada dentro do CBH foi a de oficiar os órgãos e entidades com re-

presentação nas Câmaras no sentido de alertá-los sobre a possibilidade de perderem a representação, já que seus representantes não estão comparecendo devidamen- te. “Eu vejo que as Câmaras Técnicas estão inchadas, po- rém sem membros ativos”, afirmou a presidente da Câ- mara Técnica de Educação Ambiental – CTEA. Alguns conselheiros do CBH Para- catu deram ênfase ao fato de que os governos estão colo-

cando o poder nas mãos da sociedade, e que isto precisa ser explorado. “Nós estamos contribuindo com a gestão

do governo, e estamos fa- zendo isto com poder de de- cisão. Não podemos dormir no ponto, precisamos usar este poder que o governo nos dá, em favor da qualidade de vida da comunidade”, alertou um dos conselheiros.

Ações

As primeiras ações prá- ticas previstas no plano de trabalho do CBH Paracatu

para 2011 foram apresen- tadas aos conselheiros e aprovadas nesta segunda reunião do ano. Dois proje- tos de cunho ambiental se- rão executados pelo Comitê

tos de cunho ambiental se- rão executados pelo Comitê Olavo alertou sobre a necessidade de regularização

Olavo alertou sobre a necessidade de regularização de duas Câmaras Técnicas dentro do CBH Paracatu

de duas Câmaras Técnicas dentro do CBH Paracatu Conselheiros querem resolver o problema das ausências nas

Conselheiros querem resolver o problema das ausências nas reuniões do Comitê e das Câmaras Técnicas

ausências nas reuniões do Comitê e das Câmaras Técnicas Conselheiros do CBH Paracatu posam para fotos

Conselheiros do CBH Paracatu posam para fotos em frente o SAAE Unaí após mais uma reunião de trabalho

e outro na bacia do Rio Entre-Ribeiros, afluente do Paracatu. “Além destes 02 projetos, estamos desen- volvendo pequenas ações de cunho educacional e de

com os recursos repassados pelo Governo do Estado. Os projetos previstos vão contemplar duas áreas crí- ticas da bacia, sendo um na cabeceira do Rio Paracatu

conscientização, que juntos vão promover grandes mu- danças na sociedade e no meio ambiente”, declarou Olavo Condé, presidente do CBH Paracatu.

O que são os Comitês de Bacias?

Os Comitês de Bacias Hidrográficas são organis- mos do Estado, criados para gerenciar o uso dos recursos hídricos de forma integrada e descentraliza- da, com a participação da sociedade. Neles a socie- dade pode e deve partici- par da gestão de recursos hídricos da bacia em que vive, com a finalidade de manter um ambiente saudável para todos. Os comitês adotam o modelo de gestão participativa, pois busca compartilhar com todos os envolvidos as responsabilidades pelas decisões tomadas. Os Comitês de Bacias Hidrográficas são cole- giados instituídos por lei, compostos por represen- tantes do poder público municipal, estadual, da sociedade civil e de usuá- rios de água.

Câmaras Técnicas

CTIL - Câmara Técnica Institucional e Legal CTOC - Câmara Técnica de Outorga e Cobrança CTEA - Câmara Técnica Ambiental CTPP - Câmara Técnica de Placas e Projetos

O trabalho que você faz todo dia faz o mundo todo crescer. A Kinross sabe
O trabalho que você faz todo dia
faz o mundo todo crescer.
A Kinross sabe o valor de um profissional dedicado. Afinal, é o trabalho que faz crescer as pessoas,
as empresas, a economia, o país. Por isso, hoje queremos homenagear os trabalhadores de Paracatu.
Sem a sua força, o mundo até continua a girar. Mas não a crescer. Parabéns pelo Dia do Trabalho.

4

MAIO DE 2011

4 MAIO DE 2011 Considerações da Prefeitura Municipal acerca da isonomia dos professores A Comissão nomeada
Considerações da Prefeitura Municipal acerca da isonomia dos professores A Comissão nomeada pelo Sr. Prefeito

Considerações da Prefeitura Municipal acerca da isonomia dos professores

A Comissão nomeada pelo Sr. Prefeito Municipal reuniu-se com a diretoria do SINDSPAR para tratativas acerca da chamada isonomia da remuneração dos servidores professores.

Nessa reunião ficou acordado que o Executivo enviaria um projeto de lei para a Câmara Municipal, propondo a pretendida isonomia, o que foi cumprido.

A isonomia, conforme acordada em ata, trata-se de igualar a remuneração dos professo- res que foram empossados na vigência do atual plano de cargos e vencimentos, portanto após 2007, com a remuneração dos professores que já se encontravam no quadro antes da entrada em vigor da Lei Complementar nº 55, chamada de Plano de Cargos e Vencimentos do Pessoal da Educação.

Após o envio do projeto para a Câmara Municipal, algumas inconsistências de forma foram detectadas. O próprio presidente do SINDSPAR solicitou, formalmente, ao Prefei- to Municipal que adequasse o projeto mediante um substitutivo. Como a adequação não poderia ser feita da forma pretendida pelo ilustre presidente do SINDSPAR, a Comissão da Prefeitura reuniu-se com os vereadores, Srs. Glewton de Sá, Joãozinho Contador, José Maria, Romualdo Ulhôa e Wilson Martins, ficando decidido que o prefeito solicitaria a retirada do projeto de lei da Câmara Municipal e após ampla discussão com o SINDSPAR, enviaria outro projeto que atendesse ao que ficou pactuado entre a Prefeitura e o Sindicato.

A decisão foi comunicada ao Presidente do SINDSPAR, cuja diretoria foi convidada para uma reunião a fim de tomar ciência dessa decisão colegiada tomada pelos vereadores da base governamental juntamente com os membros da comissão nomeada pelo Sr. prefeito. Infelizmente, a diretoria do SINDSPAR não compareceu, sendo, então, comunicada, via ofício, da decisão. Assim sendo, o Sr. Prefeito solicitou a retirada do projeto de lei que tramitava na Câmara Municipal, e a comissão está em estudos para enviar novo projeto.

Assim, naquele momento não foi negociado aumento de vencimentos para os professores empossados anteriormente à citada Lei Complementar nº 55.

Como agora surge novo pedido do SINDSPAR nesse sentido, inclusive com uma nova proposta, estamos analisando o impacto da mesma para verificar a possibilidade de aten- dimento do que foi agora solicitado.

Tendo em vista a continuidade das negociações, conclamamos aos senhores professores a voltarem à normalidade de suas atividades escolares, para que os alunos não sofram perdas em sua formação nem seus pais sejam afetados em seu dia a dia.

Comissão de Negociação da Prefeitura Municipal

02/05/2011

MAIO DE 2011

5

MAIO DE 2011 5 FACTU firma parceria inovadora em Unaí Acadêmicos de Enfermagem e Educação Física

FACTU firma parceria inovadora em Unaí

Acadêmicos de Enfermagem e Educação Física da FACTU farão acompanhamento de saúde dos funcionários da Capul

Através de uma parceria

inovadora firmada entre

a

Faculdade de Ciências

e

Tecnologia de Unaí e a

Cooperativa Agropecuária Unaí Ltda, batizada pelo nome de Projeto COOPER- FACTU, os acadêmicos da FACTU que estão cursando

Educação Física ou Enfer- magem farão atendimento

na área de saúde aos fun-

cionários da CAPUL. O projeto COOPERFACTU objetiva, principalmente, o atendimento na área de saú-

de, mas trará grandes bene- fícios aos acadêmicos, que estarão colocando em práti-

ca todos os conhecimentos

adquiridos em sala de aula.

O lançamento oficial do

Projeto se deu no dia 27 de abril, no auditório da CA- PUL, que ficou lotado com a presença de funcionários

e diretores da cooperativa, assim como de acadêmicos, professores, funcionários

e diretores da FACTU. De

acordo com a diretora aca- dêmica, Professora Amélia,

a

inovadora parceria entre

as

duas instituições trará

grandes benefícios. “Como forma de integrar os alunos

com a realidade local e com

o objetivo de formar pro-

fissionais críticos e conhe- cedores dos problemas da população é que aceitamos

o desenvolvimento desse

projeto, que tem como linha

de ação o atendimento aos

funcionários da CAPUL, intervindo de maneira posi-

tiva e viabilizando o acesso

à informação de modo a

melhorar a qualidade de vida dos trabalhadores”,

de modo a melhorar a qualidade de vida dos trabalhadores”, Auditório da CAPUL ficou lotado durante

Auditório da CAPUL ficou lotado durante a solenidade de lançamento do Projeto

ficou lotado durante a solenidade de lançamento do Projeto A Professora Amélia e o Professor Adalberto

A Professora Amélia e o Professor Adalberto representaram a FACTU

disse a professora. Ela ex- plicou que, mensalmente, os alunos, juntamente com os professores, estarão nas dependências da CAPUL, onde atenderão aos fun-

cionários com as seguin- tes atividades: aferição de pressão arterial, exame de

glicemia, índice de massa corporal, imunização, pa- lestras, orientações sobre atividades físicas e dieta, prevenção de câncer de mama e de útero, coleta de exame para prevenção, consulta de enfermagem, entre outros. Os funcioná-

rios serão acompanhados mensalmente e serão orien- tados e encaminhados para os profissionais médicos, quando necessário. A ex- pectativa é que, em breve, o projeto seja estendido para todos os cooperados da CAPUL.

Ações do Projeto COOPERFACTU já se iniciaram

Dias antes de ser lan- çado oficialmente, o Pro- jeto COOPERFACTU já estava mostrando resul- tados. No dia 07 de abril, data em que se comemora o Dia Mundial da Saúde, os acadêmicos do 7º pe- ríodo de Enfermagem da FACTU compareceram às dependências da CA- PUL e fizeram aferição de pressão arterial e me- dição de glicemia capilar de cooperados e colabo- radores. Dezenas deles

verificaram como estava sua saúde. Além disso, os acadêmicos do curso de Enfermagem deram dicas de como prevenir doenças relacionadas aos exames realizados no local e apro- veitaram para falar sobre o Dia Mundial da Saúde. As ações foram uma prévia do que será o Projeto CO- OPERFACTU, lançado no dia 25 de abril, e que fará acompanhamento da saúde das pessoas ligadas à Cooperativa.

acompanhamento da saúde das pessoas ligadas à Cooperativa. Acadêmicos da FACTU comemoraram o Dia Mundial da

Acadêmicos da FACTU comemoraram o Dia Mundial da Saúde de olho na saúde dos funcionários e cooperados da CAPUL

Acadêmicos da FACTU comemoraram o Dia Mundial da Saúde de olho na saúde dos funcionários e

Pedagogia da FACTU visita Associação Recicla Unaí

CAPUL Pedagogia da FACTU visita Associação Recicla Unaí Acadêmicos de Pedagogia em visita à AREUNA A

Acadêmicos de Pedagogia em visita à AREUNA

A FACTU, através da colaboração da professora

Jussara Moreira, respon- sável pela disciplina Edu- cação Ambiental e Eco- lógica, proporcionou aos acadêmicos de Pedagogia

a oportunidade de conhe-

cerem de perto o funciona- mento de uma associação que tem trazido grandes

benefícios à cidade de

Unaí no que diz respeito à redução do lixo urbano, a Associação Recicla Unaí. Na sede da AREUNA, os acadêmicos conheceram o processo de reciclagem do lixo, que contribui sig-

nificativamente para a di- minuição do volume de lixo em todo o país, que produz atualmente 240 mil toneladas de lixo por dia.

que produz atualmente 240 mil toneladas de lixo por dia. No local, eles conheceram todos os

No local, eles conheceram todos os passos de uma reciclagem

A reciclagem tem como

objetivo recolocar no ciclo de produção um material que pode contaminar o solo, a água e o ar e dar a destinação correta ao produto que, muitas vezes

é acumulado em infec-

tos lixões e pelas ruas. A

reciclagem gera vários empregos, dos catadores de papel aos empregados

em empresas de inter- mediação e recicladoras. Em nome da FACTU, a professora Jussara Moreira agradeceu à Associação pela atenção dispensada aos acadêmicos e aprovei-

tou para parabenizá-la pelo importante trabalho reali- zado em prol da cidade de Unaí e do meio ambiente como um todo.

FACTU

ultrapassa

fronteiras

Acadêmicos e profes- sores de Educação Física da FACTU, em compa- nhia de professores da Academia Sport & Forma, estiveram participando de cursos de qualificação no Goiânia Capital Fitness, um dos maiores eventos de fitness do Brasil. O evento

foi realizado no período de 07 à 10 de abril. Além da participação dos acadêmi- cos, a professora Vanessa Ribeiro, que atualmente ministra aulas de Lutas e Capoeira na FACTU, ministrou dois cursos de “Workout Poli Dance Fit- ness” no evento.

dois cursos de “Workout Poli Dance Fit- ness” no evento. Acadêmicos e professores de Educação Física

Acadêmicos e professores de Educação Física da FACTU no Goiânia Capital Fitness

6

MAIO DE 2011

6 MAIO DE 2011 COOPERVAP realiza S já anuncia novidades pa Evento serviu também para melhorar

COOPERVAP realiza S já anuncia novidades pa

Evento serviu também para melhorar o rebanho leiteiro de vários

serviu também para melhorar o rebanho leiteiro de vários Cavalgada passou por várias ruas de Paracatu
serviu também para melhorar o rebanho leiteiro de vários Cavalgada passou por várias ruas de Paracatu

Cavalgada passou por várias ruas de Paracatu anunciando oficialmente o início d

A Semana do Coopera- do, evento criado há 21 anos para propiciar um maior congraçamento entre as co- munidades rurais e a comu- nidade urbana de Paracatu, foi realizada já em clima de Exposição Agropecuária.

Durante a abertura oficial realizada na quarta-feira, dia 27 de abril, o presidente da COOPERVAP, promotora do evento, anunciou que a Expo Paracatu, que já está com data marcada, virá este ano com algumas novidades,

e adiantou que pretende

fazê-la de portões abertos em quase todos os seus dias, ou seja, entrada gratuita. Edmundo anunciou também que a Expo Paracatu 2011 contará com um show es- petacular da atual madrinha do rodeio de Jaguariúna, a cantora de sertanejo român- tico mais top da atualidade, Paula Fernandes. “Teremos neste ano uma grande festa de exposição e com novida- des”, adiantou Edmundo de

Sá. Ainda durante a abertura, realizada logo após a cele- bração de uma missa, Ed- mundo exaltou as benesses da Semana do Cooperado e a classificou como a festa da amizade, da cooperação e da união entre os cooperados

e a comunidade em geral.

Ele finalizou agradecendo a todos os funcionários da Co- operativa e à Prefeitura Mu- nicipal pela participação na festa. O diretor de Negócios da COOPERVAP, Leandro Botelho, falou de sua alegria em estar realizando mais uma Semana do Coopera- do. Leandro lembrou que a festa é de toda a comunidade paracatuense e falou dos be- nefícios que a mesma estava trazendo para os cooperados de um modo geral, e citou como exemplo o repasse de 200 novilhas. O coordena- dor do Comitê Educativo, o cooperado Marcos Rogério, foi outro que exaltou a festa. “A Semana do Cooperado foi plantada no meio de pessoas boas, por isso se tornou uma grande festa”, afirmou, lembrando que as pessoas só terão sucesso se trabalharem juntas, o que para ele está acontecendo na

Cooperativa de Paracatu. A afirmação de Marcos Rogé- rio ganhou força no discurso do vice-prefeito José Maria Andrade Porto, que afirmou

que a diretoria da COOPER- VAP, além de unida, trabalha 24 horas em prol da mesma.

O prefeito Vasco Praça Filho

foi outro que exaltou a festa

e reconheceu o trabalho da

diretoria da Cooperativa. Vasquinho afirmou que os cooperados podem ter fé nos diretores Edmundo de Sá e Leandro Neiva. O prefeito

também exaltou o produtor rural de Paracatu que, de acordo com ele, é de uma eficiência extraordinária. “Não se imagina uma na- ção sem o produtor rural, e Paracatu está incluída neste

contexto”, finalizou o prefei-

to Vasquinho.

Missa Sertaneja

A tradicional Missa Ser-

taneja, celebrada no Parque de Exposição por ocasião da Semana do Cooperado, impressiona ainda mais a cada ano. Celebrada pelo Monsenhor José Ivan, e com

a participação de músicos

com diferentes instrumentos como berrante e sanfona,

a missa durou quase duas

horas, e com os fieis partici- pando ativamente. Durante a celebração houve momen- tos de emoção, principal-

mente quando o celebrante lembrou-se dos cooperados que faleceram nos últimos meses, como é o caso do ex-diretor Eliseu Araújo. Ao colocar a palavra franca, o presidente Edmundo de Sá, emocionado, agradeceu a presença de todos e falou do intuito da missa, que é levar paz aos corações de todos aqueles que frequentavam o parque naquele momento. O cooperado Marcos Rogério falou em nome do Comitê Educativo e aproveitou para lembrar que o futuro de todos passa pelo coopera- tivismo.

Homenagem à Mulher do Campo

Como forma de reco- nhecer as mulheres que dão

do Campo Como forma de reco- nhecer as mulheres que dão Missa Sertaneja foi celebrada no

Missa Sertaneja foi celebrada no Parque de Exposições

dão Missa Sertaneja foi celebrada no Parque de Exposições Durante a missa, Edmundo pediu paz no

Durante a missa, Edmundo pediu paz no Parque de Exposição

Durante a missa, Edmundo pediu paz no Parque de Exposição Violão, sanfona e berrante de Funcionárias

Violão, sanfona e berrante de

paz no Parque de Exposição Violão, sanfona e berrante de Funcionárias da COOPERVAP deram atenção especial

Funcionárias da COOPERVAP deram atenção especial à realização da festa

COOPERVAP deram atenção especial à realização da festa Mulheres que se destacaram em suas comunida Urbano
COOPERVAP deram atenção especial à realização da festa Mulheres que se destacaram em suas comunida Urbano

Mulheres que se destacaram em suas comunida

da festa Mulheres que se destacaram em suas comunida Urbano e Edmundo venceram o Torneio de

Urbano e Edmundo venceram o Torneio de Truco

suas comunida Urbano e Edmundo venceram o Torneio de Truco Capão Grande venceu o Torneio de
suas comunida Urbano e Edmundo venceram o Torneio de Truco Capão Grande venceu o Torneio de

Capão Grande venceu o Torneio de Futebol Society

de Truco Capão Grande venceu o Torneio de Futebol Society Todos os participantes do Concurso de

Todos os participantes do Concurso de Pratos Típicos receberam certificado de participação e os vencedores ganharam prêmios

certificado de participação e os vencedores ganharam prêmios Fabrício Andrade dia de Barracas comu carinhosamen

Fabrício Andrade dia de

certificado de participação e os vencedores ganharam prêmios Fabrício Andrade dia de Barracas comu carinhosamen

Barracas comu carinhosamen

MAIO DE 2011

7

MAIO DE 2011 7 emana do Cooperado e ra a Exposição de 2011 cooperados que participaram

emana do Cooperado e ra a Exposição de 2011

cooperados que participaram dos leilões e do repasse de novilhas

que participaram dos leilões e do repasse de novilhas a festa Abertura oficial contou com a

a festa

participaram dos leilões e do repasse de novilhas a festa Abertura oficial contou com a presença

Abertura oficial contou com a presença de lideranças políticas e conselheiros da Cooperativa

de lideranças políticas e conselheiros da Cooperativa ram um tom especial à missa Diretores e familiares

ram um tom especial à missa

e conselheiros da Cooperativa ram um tom especial à missa Diretores e familiares participaram ativamente da
e conselheiros da Cooperativa ram um tom especial à missa Diretores e familiares participaram ativamente da

Diretores e familiares participaram ativamente da missa sertaneja

e familiares participaram ativamente da missa sertaneja sua contribuição para o de- Diversidade Caipira e um

sua contribuição para o de-

Diversidade

Caipira e um Doce de Ovos.

senvolvimento e a melhoria na qualidade de vida de uma

Rainha dos

comunidade, a COOPER-

Cooperados

VAP presta homenagens às mulheres que se destacam no meio rural. Várias mu- lheres são homenageadas e, além de receberem a home- nagem, são presenteadas e aplaudidas pelo público, que vê em cada uma delas um bom exemplo de vida.

Outro evento que já se tornou atração dentro da Se- mana do Cooperado, e que é ansiosamente aguardado, é a escolha da Rainha da festa. Neste ano, 06 candidatas, representantes escolhidas pelas comunidades rurais, disputaram o título, que ficou com Lorena Ricardo, da comunidade Santa Rita.

Tropeada

A

21ª Semana do Coo-

Priscila Cardoso da comu-

perado em Paracatu contou com uma série de ativida- des e eventos acontecendo paralelamente no Parque de Exposição. Quem compa-

nidade Tiro e Queda e Raisa Lopes do Ribeirão ficaram com os títulos de princesas.

receu ao Parque durante os dias da festa se divertiu com os shows regionais anima- dos por Fabrício Andrade, Nando & Léo, Mateus & Leonardo e Carol Santana. Também teve um animado Torneio de Truco, em que os irmãos Edmundo e Urbano de Sá, representantes da co- munidade do Canto, saíram vencedores. O futebol socie-

ty também foi uma atração

a parte, e teve como campeã

a comunidade do Capão

Grande, que disputou a final com a equipe do Cantinho. Feira de Artesanatos, Parque de Diversões, Desfiles de Moda, Concurso de Forró e as diferentes comidas e be- bidas das Barracas Comuni- tárias completaram a alegria dos participantes da Festa.

Comida Típica

O tradicional Concur-

so de Pratos Típicos já se tornou uma das maiores atrações da festa. As comu- nidades apresentam seus pratos, doces ou salgados, com os mais diferentes sa- bores, que são julgados por um grupo de jurados que experimenta um a um os pratos apresentados. Neste

ano, o concurso contou com 09 pratos doces e 11 pratos salgados. O primeiro lugar do concurso, tanto em prato doce como salgado, foi para

a comunidade da Chapada.

A Tropeada de abertura da 21ª Semana do Coope- rado também inovou este ano. Nos anos anteriores os cavaleiros e amazonas só podiam participar monta- dos em mulas ou burros. Já neste ano, os organizadores abriram brecha para outros animais, o que fez com que a Cavalgada tivesse uma maior participação dos apai- xonados pelo esporte.

Repasse de Novilhas

Dentro da Semana do Cooperado, a COOPERVAP aproveita a oportunidade para incentivar seus asso- ciados a aumentarem sua produção dentro da pro- priedade ou na comunidade. Exemplo disto é a realização do torneio leiteiro comuni- tário e leilões com animais

de alto padrão genético e pagamento facilitado. Neste ano, visando o aumento da produção leiteira, além do Leilão Girolando COOPER- VAP, foi feito o repasse aos cooperados de 200 novilhas adquiridas pela Cooperativa, dando condições principal- mente ao pequeno produtor, de adquirir um gado de qua- lidade. As novilhas foram escolhidas a dedo por uma equipe da COOPERVAP no Sul de Minas. Todas as novilhas estão com prenhez

positiva e serão pagas em parcelas descontadas na conta leite.

Jurados tiveram trabalho para escolher a rainha e princesas que levaram a beleza do campo para as passarelas

princesas que levaram a beleza do campo para as passarelas des tiveram o reconhecimento da COOPERVAP

des tiveram o reconhecimento da COOPERVAP

para as passarelas des tiveram o reconhecimento da COOPERVAP animou o primeiro festa Concurso de Pratos

animou o primeiro festa

o reconhecimento da COOPERVAP animou o primeiro festa Concurso de Pratos Típicos deixou muita gente com
o reconhecimento da COOPERVAP animou o primeiro festa Concurso de Pratos Típicos deixou muita gente com
o reconhecimento da COOPERVAP animou o primeiro festa Concurso de Pratos Típicos deixou muita gente com
o reconhecimento da COOPERVAP animou o primeiro festa Concurso de Pratos Típicos deixou muita gente com

Concurso de Pratos Típicos deixou muita gente com água na boca

de Pratos Típicos deixou muita gente com água na boca nitárias foram Comunidade do Carapinas fez
de Pratos Típicos deixou muita gente com água na boca nitárias foram Comunidade do Carapinas fez

nitárias foram

Comunidade do Carapinas fez sucesso

VI Especializada do Mangalarga

A vencedora foi a cooperada

te decoradas

na festa com a coxinha de peixe

Marchador foi realizada em Paracatu

Aureliana, com um Frango

8

MAIO DE 2011

8 MAIO DE 2011 2ª Exponat ganha novo espaço e atrai milhares de pessoas Festa realizada

2ª Exponat ganha novo espaço e atrai milhares de pessoas

Festa realizada pela Prefeitura de Natalândia cai na graça do povo e incrementa o turismo no município

Alavancar o turismo na região Noroeste tem sido o

intuito de várias lideranças locais. E, neste mesmo ca- minho, estão as autoridades do município de Natalândia, que uniram forças junto à Prefeitura e realizaram a

ano que vem, e faremos de tudo para que ela seja ainda melhor”, disse o prefeito, agradecendo a presença de todos e a participação direta dos servidores municipais que, de acordo com ele, não mediram esforços para que

Exposição Agropecuária

a Exponat fosse sucesso

e

Cultural de Natalândia.

mais uma vez. O prefeito

Atrações

A

festa do povo, como sa-

salientou ainda a participa-

lientou o prefeito Sargento Uadir, está em sua segunda edição consecutiva e já caiu

ção da Câmara Municipal, dos empresários e dos co- merciantes da cidade, “que

na graça de milhares de pes- soas da região, que saíram de suas cidades para curtir um fim de semana de muita diversão e cultura num dos menores municípios do es- tado. Quem participou da

com muita boa vontade, ajudaram a fazer o evento”. “Até os comerciantes e empresários de Unaí, onde temos boa relação comer- cial e política, foram nossos parceiros nesta festa que já

Exponat deixou a cidade

se transformou num evento

tecendo inúmeros elogios à festa e ao povo, que recebeu muito bem os visitantes. E o povo natalandense não ficou apenas nisto, compareceu ao Parque de Exposição, que ganhou um novo espa- ço, e participou ativamente

desfile de carros de bois, ca-

de cunho regional, tendo em vista a presença de centenas de pessoas de outras cidades do Noroeste Mineiro e do Distrito Federal”, disse o prefeito.

da festa, fazendo com que a alegria fosse geral. Shows,

valgada, escolha da rainha, boate com som automotivo

As atrações da 2ª Expo- nat foram bastante diversifi- cadas neste ano de 2011. O rodeio, que desta vez teve a

e o rodeio foram as princi-

pais atrações da festa que, mais uma vez escreveu seu nome na história do muni- cípio. O prefeito Sargento Uadir classificou a Exponat como ótima e garantiu que no próximo ano a festa continua. “Teremos a ter- ceira edição desta festa no

participação de vários peões da região, foi um show à parte e proporcionou ao público diversão, adrenali- na e muita emoção durante os 03 dias de exposição. Os shows, de acordo com a classificação do público presente, foram infinita- mente muito animados e

público presente, foram infinita- mente muito animados e O povão lotou as arquibancadas para ver o

O povão lotou as arquibancadas para ver o rodeio e os shows

O povão lotou as arquibancadas para ver o rodeio e os shows Prefeito Sargento Uadir recebeu

Prefeito Sargento Uadir recebeu várias autoridades na noite de abertura da festa

foram abertos com chave de ouro pela dupla sertaneja raiz, Di Paulo & Paulino, que encantou milhares de fãs durante a primeira noite de festa. Cleber e Cauan foram os responsáveis pela animação da noite de sába-

do, e surpreenderam pela diversificação das músicas interpretadas. A rodada de shows da Exponat 2011 foi fechada pela dupla unaiense Ricardo e Ronael, que can- tou até quase 3 horas da ma- drugada de domingo para

segunda-feira. Durante a última noite, minutos antes da final do rodeio, o povo escolheu a nova Rainha da Exposição, Bruna Macha- do, que foi aplaudida pelos quatro cantos do parque. Na mesma noite, a organização

da festa sorteou uma moto zero quilômetro entre as pessoas que adquiriram o passaporte para participa- rem da festa. O felizardo ganhador da moto foi o natalandense Baltazarino Mesquita de Jesus.

da moto foi o natalandense Baltazarino Mesquita de Jesus. Autoridades e lideranças participaram da festa na
da moto foi o natalandense Baltazarino Mesquita de Jesus. Autoridades e lideranças participaram da festa na

Autoridades e lideranças participaram da festa na arena juntamente com os peões do rodeio

da festa na arena juntamente com os peões do rodeio Peões observam a chuva de faíscas

Peões observam a chuva de faíscas durante abertura do rodeio

observam a chuva de faíscas durante abertura do rodeio Peões arrojados e touros bravos fizeram a

Peões arrojados e touros bravos fizeram a alegria da galera

Peões arrojados e touros bravos fizeram a alegria da galera Empresas capricharam na montagem dos estandes

Empresas capricharam na montagem dos estandes

da galera Empresas capricharam na montagem dos estandes Autoridades do município recepcionaram Di Paulo &

Autoridades do município recepcionaram Di Paulo & Paulino no camarim

município recepcionaram Di Paulo & Paulino no camarim Rainha e princesas posam para foto juntamente com

Rainha e princesas posam para foto juntamente com a vice- prefeita Maria Zica e o prefeito Sargento Uadir

com a vice- prefeita Maria Zica e o prefeito Sargento Uadir Baltazarino, popular Branco, faturou a

Baltazarino, popular Branco, faturou a moto no sorteio

Uadir Baltazarino, popular Branco, faturou a moto no sorteio Di Paulo & Paulino abriram a festa

Di Paulo & Paulino abriram a festa com chave de ouro

Di Paulo & Paulino abriram a festa com chave de ouro Ricardo e Ronael escreveram seus

Ricardo e Ronael escreveram seus nomes na história da Exponat

Ricardo e Ronael escreveram seus nomes na história da Exponat Galera fez a festa também na

Galera fez a festa também na Praça Central da cidade

MAIO DE 2011

9

MAIO DE 2011 9 Cavalgada foi uma atração à parte na 2ª Exponat A cavalgada da

Cavalgada foi uma atração à parte na 2ª Exponat

A cavalgada da Exponat 2011 contou com a participação de centenas de participantes. Os cavaleiros e as amazonas ficaram concentrados na Fazenda Pedra Preta, de propriedade de Lázaro Roxo, de onde saíram com destino às principais ruas da cidade de Natalândia.

Veja alguns clicks de mais esta atração da Exponat 2011:

Veja alguns clicks de mais esta atração da Exponat 2011: O Aniversário do Ano Kananda Birro
Veja alguns clicks de mais esta atração da Exponat 2011: O Aniversário do Ano Kananda Birro
Veja alguns clicks de mais esta atração da Exponat 2011: O Aniversário do Ano Kananda Birro
Veja alguns clicks de mais esta atração da Exponat 2011: O Aniversário do Ano Kananda Birro
Veja alguns clicks de mais esta atração da Exponat 2011: O Aniversário do Ano Kananda Birro
Veja alguns clicks de mais esta atração da Exponat 2011: O Aniversário do Ano Kananda Birro
Veja alguns clicks de mais esta atração da Exponat 2011: O Aniversário do Ano Kananda Birro
Veja alguns clicks de mais esta atração da Exponat 2011: O Aniversário do Ano Kananda Birro
Veja alguns clicks de mais esta atração da Exponat 2011: O Aniversário do Ano Kananda Birro
Veja alguns clicks de mais esta atração da Exponat 2011: O Aniversário do Ano Kananda Birro
Veja alguns clicks de mais esta atração da Exponat 2011: O Aniversário do Ano Kananda Birro
Veja alguns clicks de mais esta atração da Exponat 2011: O Aniversário do Ano Kananda Birro
Veja alguns clicks de mais esta atração da Exponat 2011: O Aniversário do Ano Kananda Birro

O Aniversário do Ano

Kananda Birro comemora seus 15 anos em alto estilo

O espaço Sônia Festas foi palco de mais uma mega e animada festa da sociedade paracatuense. Lá, durante a noite de 23 de abril, a jovem Kananda Neiva Birro recebeu amigos e familiares para a comemoração de seu debute. Durante a festa, Kananda, além de distribuir muitos sorrisos, esbanjou sim- patia e talento com a música e a dança. Seus pais, Joaquim Birro e Eucária Neiva, foram

cumprimentados e bastante elogiados pelos convidados devido os preparativos da festa. O convite, a recepção, a decoração, o car- dápio, a cerimônia, o bolo e a música, entre outros, chamaram a atenção dos convidados durante toda a festa. Veja alguns momentos do aniversário de Kananda Neiva Birro nas lentes da Di- nâmico Produções.

durante toda a festa. Veja alguns momentos do aniversário de Kananda Neiva Birro nas lentes da
durante toda a festa. Veja alguns momentos do aniversário de Kananda Neiva Birro nas lentes da
durante toda a festa. Veja alguns momentos do aniversário de Kananda Neiva Birro nas lentes da
durante toda a festa. Veja alguns momentos do aniversário de Kananda Neiva Birro nas lentes da
durante toda a festa. Veja alguns momentos do aniversário de Kananda Neiva Birro nas lentes da
durante toda a festa. Veja alguns momentos do aniversário de Kananda Neiva Birro nas lentes da
durante toda a festa. Veja alguns momentos do aniversário de Kananda Neiva Birro nas lentes da
durante toda a festa. Veja alguns momentos do aniversário de Kananda Neiva Birro nas lentes da
durante toda a festa. Veja alguns momentos do aniversário de Kananda Neiva Birro nas lentes da
durante toda a festa. Veja alguns momentos do aniversário de Kananda Neiva Birro nas lentes da
durante toda a festa. Veja alguns momentos do aniversário de Kananda Neiva Birro nas lentes da

10

MAIO DE 2011

10 MAIO DE 2011 Revolta em Natalândia População lota Câmara Municipal e vaia vereadores contrários a

Revolta em Natalândia

População lota Câmara Municipal e vaia vereadores contrários a Projeto de Lei do Executivo

e vaia vereadores contrários a Projeto de Lei do Executivo População lotou a Câmara para acompanhar
e vaia vereadores contrários a Projeto de Lei do Executivo População lotou a Câmara para acompanhar

População lotou a Câmara para acompanhar os votos dos vereadores

Um Projeto de Lei de

autoria do prefeito munici- pal de Natalândia, Sargento Uadir, chamou a atenção de toda a população no município. Comprovando

a necessidade de adquirir

maquinários para execução

de importantes serviços, tanto na zona urbana quanto na zona rural, assim como

a coleta do lixo urbano, o

prefeito, aproveitando que

o Banco de Desenvolvi-

mento de Minas Gerais disponibilizou uma verba para emprestar aos muni- cípios através do Programa Pró Vias, verba esta para aquisição de maquinários como patrol, pá carrega- deira, caminhão e outros implementos, enviou um projeto à Câmara pedindo autorização dos vereadores para contrair empréstimo de até 1,1 milhão de reais. O projeto, de número 002/

2011, tramitou na casa e foi a votação em primeiro turno na sessão ordinária do dia

14 de abril. A população,

em sua grande maioria fa-

vorável ao projeto, lotou as dependências da Câmara, mas saiu decepcionada com

04 dos 09 vereadores.

Projeto rejeitado

Para não se declararem claramente contrários ao projeto, 04 dos 09 vereado-

Maria Terezinha é secretária da mesa e foi quem fez a chamada nominal dos vereadores.
Maria Terezinha é
secretária da mesa
e foi quem fez a
chamada nominal
dos vereadores.
Foi a primeira a
se abster. Passou
despercebida e não
foi vaiada.

res, sendo: Alim Oliveira, Maria Geralda, Terezinha e Norma se abstiveram do voto e, de acordo com o re- gimento interno da Câmara Municipal de Natalândia, era necessário que 2 terços dos membros da casa, ou seja, 06 vereadores, votas- sem favoravelmente. Diante das abstenções o projeto foi rejeitado.

Revolta

A rejeição do projeto na Câmara Municipal causou indignação e revolta em frente ao Poder Legislativo do município. “Estou muito revoltada com a covardia de

A vereadora Norma também se absteve do voto e não apresentou nenhuma justificativa. Foi vaiada
A vereadora
Norma também se
absteve do voto
e não apresentou
nenhuma
justificativa. Foi
vaiada por grande
parte dos presentes
à Câmara.

alguns vereadores. Tenho vergonha desses nossos representantes”, disse uma cidadã natalandense. “Eu já sabia que ia dar nisso. Infelizmente alguns dos nos- sos vereadores não querem saber do povo, só pensam neles. Estou muito decep- cionado”, disse outro. “A decisão foi política. É só pegar como exemplo a ve- readora Geralda, que mora em assentamento, precisa de estrada e ainda assim se abs- teve, o que para mim é voto contra”, desabafou outro.

Na contramão

A rejeição do projeto de

Geralda reside num assentamento onde a maioria necessita de melhorias nas estradas rurais. Se absteve
Geralda reside num
assentamento onde
a maioria necessita
de melhorias nas
estradas rurais. Se
absteve do voto
sem apresentar
justificativa. Foi a mais
vaiada no plenário.

lei que autorizaria o muni- cípio a adquirir máquinas através do Programa Pró Vias do BDMG foi em direção contrária ao de- senvolvimento. Na região Noroeste, vários municí- pios aderiram ao Programa

e hoje sentem as benesses

do mesmo. “Só Natalândia está ficando para trás”, reclamou o vereador Fa-

bim. “Este projeto era para beneficiar todo o povo, principalmente da zona rural”, disse o vereador Eugênio, afirmando que os gastos com aluguel de má- quinas acabam superando

o valor que seria pago em

prestações. Entre os vere-

Alim Oliveira não foi vaiado porque justificou sua abstenção alegando que seguia orientação do setor
Alim Oliveira não
foi vaiado porque
justificou sua
abstenção alegando
que seguia
orientação do setor
jurídico da Câmara,
que opinou pela
reprovação.

adores que se abstiveram do voto, apenas o vereador Alim Oliveira justificou sua abstenção, ele alegou que seguiu orientação do setor jurídico da Câmara Municipal, que opinou pela reprovação.

Prefeito defende projeto

Pouco antes de ser colo- cado em votação, o projeto foi defendido pelo prefeito municipal Sargento Uadir, que foi pessoalmente à Câ- mara e fez uso da tribuna. Sargento Uadir reclamou

de algumas perseguições políticas e afirmou que não

foi eleito para enganar o

povo. Sobre o projeto, ele lembrou que é de funda- mental importância para o município, que não conta com máquinas nem cami- nhões para recuperação e

a manutenção de estradas

na zona rural e na sede do

município. Durante sua fala na tribuna, o prefeito apro- veitou para informar sobre

o desempenho do governo

durante seus 2 anos e 3 me- ses de trabalho à frente da Prefeitura Municipal.

Arquivamento

O Projeto de Lei en- viado à Câmara Municipal acabou sendo arquivado, mas, de acordo com o regi- mento interno, poderá vol- tar à pauta ainda neste ano, caso 05 dos 09 vereadores peçam o desarquivamento do Projeto. Algumas pes- soas que compareceram à reunião da Câmara ainda acreditam que isto poderá acontecer, tendo em vista que, para eles, 02 dos ve- readores que se abstiveram já demonstraram arrepen- dimento. “Vamos mobili- zar e fazer com que estes vereadores vejam o quanto o município ficará preju- dicado caso este projeto continue arquivado”, disse um cidadão que preferiu não se identificar.

Oposição é acusada de votar contra o povo para ganhar a Prefeitura no próximo ano

votar contra o povo para ganhar a Prefeitura no próximo ano Após a reunião da Câmara
votar contra o povo para ganhar a Prefeitura no próximo ano Após a reunião da Câmara

Após a reunião da Câmara o prefeito Sargento Uadir recebeu apoio de várias pessoas

Muitas pessoas avalia- ram a rejeição do projeto na Câmara como política. Odair José, que era opositor do prefeito Sargento Uadir, procurou a nossa reporta- gem e declarou que os votos

dos vereadores foram com base na orientação do gru- po de oposição ao prefeito. “Eles querem prejudicar a administração para que vol- tem para a Prefeitura”, disse Odair. “Eu era contra o pre-

feito, mas vejo que ele tem feito o melhor para a cidade. Vim aqui hoje para trazer o meu apoio a ele”, finalizou. Várias lideranças políticas compareceram à reunião da Câmara para apoiar o proje-

to que, de acordo com eles,

traria desenvolvimento para

o município e melhoria na

qualidade de vida do povo

de Natalândia. O produtor

e líder comunitário José

Venâncio declarou ao final

e líder comunitário José Venâncio declarou ao final Ex-prefeito Modesto Mendonça também esteve na Câmara em

Ex-prefeito Modesto Mendonça também esteve na Câmara em apoio ao projeto

da reunião que sabia da re- jeição do projeto. “Alguns

vereadores não querem que o prefeito faça uma boa administração, por isso re-

jeitaram o projeto. Estão votando contra o povo”,

afirmou Zé Venâncio. O ex-prefeito Modesto Men- donça também participou da reunião e chegou a distribuir um manifesto em favor do projeto e da administração do prefeito Sargento Uadir.

MAIO DE 2011

11

MAIO DE 2011 11 Peemedebistas do Noroeste cobram valorização das bases Lideranças políticas que compõem o

Peemedebistas do Noroeste cobram valorização das bases

Lideranças políticas que compõem o PMDB no Noroeste Mineiro estiveram reunidos em Paracatu durante o últi- mo dia 16 de abril. No encontro, o presidente estadual do Partido, o deputado federal Antônio Andrade, usou a palavra por quase uma hora para

explanar os reais motivos dos Encontros Regionais que o Partido vem reali- zando em todo o estado.

A cúpula estadual quer

debater com as lideranças regionais as propostas de reestruturação do Partido,

que entre outras são: o fortalecimento político do PMDB, a dissolução de diretórios nos muni- cípios e a necessidade de

preparar lideranças fortes para as eleições de 2012.

O deputado orientou os

diretórios municipais para que façam reuniões men- sais e discutam questões regionais majoritárias. Também acrescentou que nesses encontros os peemedebistas devem responder questionários sobre assuntos relevan- tes como, por exemplo, reforma política e código florestal. Segundo Antô- nio Andrade, o PMDB de Minas vai analisar o desempenho de cada di- retório, para saber quais estão inoperantes e quais precisam de renovação, constituindo e dissolven- do aqueles que sofrem com inoperância política

e infidelidade partidá-

ria. “Precisamos tornar o PMDB ainda mais demo- crático. Qualquer diretó-

rio historicamente infiel será corrigido”, ressaltou Antônio Andrade, citando como exemplo o dire- tório de Patos de Minas que, segundo ele, sofre-

rá intervenção. Toninho

anunciou ainda que o Par-

tido está preparando uma homenagem aos velhos

companheiros do PMDB e pediu aos dirigentes que concentrem esforços na busca de lideranças que possam ser candidatos na próxima eleição. Toninho acredita numa candidatu-

ra do PMDB em todas as

cidades de Minas que te- nham diretório do Partido.

O prefeito de Paracatu,

Vasco Praça Filho, usou a

palavra logo após Antônio Andrade. Ele cumpri- mentou a executiva pela iniciativa e disse que, “popularizar o Partido

é o caminho, e que este

tipo de reunião serve para levantá-lo”. Vasquinho ressaltou a importância do deputado Antônio Andra- de no desenvolvimento do Noroeste e encerrou falando da alegria em sediar o encontro.

PMDB de Paracatu

Entre tantas lideranças regionais, o presidente do

Paracatu Entre tantas lideranças regionais, o presidente do Lideranças estaduais, prefeitos do PMDB e lideranças de

Lideranças estaduais, prefeitos do PMDB e lideranças de Paracatu formaram a mesa de honra

do PMDB e lideranças de Paracatu formaram a mesa de honra O prefeito Vasquinho e o
do PMDB e lideranças de Paracatu formaram a mesa de honra O prefeito Vasquinho e o

O prefeito Vasquinho e o deputado Antônio Andrade abriram o Encontro que lotou o auditório do Sesc Laces Paracatu

Lideranças de Paracatu defenderam valorização das bases e desenvolvimento regional
Lideranças de Paracatu defenderam valorização das bases e desenvolvimento regional
valorização das bases e desenvolvimento regional O ex-prefeito Orlando, de Formoso, viajou 400 quilômetros

O ex-prefeito Orlando, de Formoso, viajou 400 quilômetros para participar do encontro

Formoso, viajou 400 quilômetros para participar do encontro Doutor Romualdo, de Unaí, também exaltou as novas

Doutor Romualdo, de Unaí, também exaltou as novas ações do Partido em Minas

Unaí, também exaltou as novas ações do Partido em Minas Prefeito Zé Vilmar, de Riachinho, declarou-se

Prefeito Zé Vilmar, de Riachinho, declarou-se orgulho em ser PMDB

Zé Vilmar, de Riachinho, declarou-se orgulho em ser PMDB Comitiva de peemedebistas de Unaí marcou presença

Comitiva de peemedebistas de Unaí marcou presença forte no encontro

PMDB de Paracatu, Jonas

Gomes, teve uma atuação

de destaque no Encontro.

Além de recepcionar os convidados na condição de anfitrião, ele deu voz aos colegas peemedebis- tas ao cobrar da execu- tiva estadual e nacional uma maior valorização

das bases do Partido. “Se queremos fortalecimento devemos olhar para traz

e não repetirmos os mes-

mos erros do passado. En- tendemos que os assuntos devem ser discutidos nas bases, afinal, somos nós que entramos nas casas

das pessoas na hora de pedir o voto”, disse Jo- nas, deixando claro que

as bases do Partido é que vivenciam os problemas

dos cidadãos comuns. Ele completou dizendo que o Partido tem a obrigação

de apresentar ao país um

projeto político com alter- nância de poder. Jonas foi aplaudido diversas vezes.

O coordenador regional

do PMDB, Darcy Neiva,

ressaltou a importância da volta das reuniões regio- nais, reforçou a cobrança

de valorização das bases

e lembrou que o Partido

deve refletir a derrota

do candidato ao governo de Minas, Hélio Costa,

e

não voltar a cometer

os

mesmos erros. O pré-

-candidato a prefeito de

Paracatu, Emiliano Bo- telho, declarou estar feliz com o pronunciamento do presidente municipal Jonas Gomes. “Seu sonho

é o nosso Jonas”, disse

Emiliano, que entre outras

coisas defendeu o uso do Partido como mecanis- mo para o crescimento

regional e o voto distrital como forma de valorizar o Noroeste. O vice-prefeito José Maria Andrade falou da necessidade de pro- curar lideranças novas e pessoas competentes que façam o PMDB crescer.

o vereador Glewton de

preferiu usar a palavra

para criticar a oposição em Paracatu que, segundo

ele, está fazendo “covar- dia política” com o prefei-

to Vasquinho.

PMDB Unaí

Entre tantas comiti- vas, a de Unaí foi a maior no encontro regional do PMDB em Paracatu. À frente, foi representada pelo delegado do Parti- do em Unaí, doutor Ro- mualdo Neiva que, num discurso otimista, ressal- tou que “o Partido está atravessando um novo momento em Minas, que será vanguarda para recu- perar o PMDB com uma nova maneira de fazer política”. “Eu vejo um novo horizonte em nossa agremiação em Minas Ge- rais e seremos copiados pelas demais regiões”, disse Romualdo.

12

MAIO DE 2011

12 MAIO DE 2011 Grupo Elo Forte é presença forte em Paracatu Além de contribuir sig-

Grupo Elo Forte é presença forte em Paracatu

Além de contribuir sig-

nificativamente com a eco- nomia de Paracatu e cum- prir com sua parte social, uma vez que gera dezenas de empregos, paga vários impostos e produz tonela- das e toneladas de alimen- tos, o Grupo Elo Forte vem se destacando em outros segmentos dentro do mu- nicípio. Os representantes do Grupo têm participado de atividades que resgatam

a cultura da cidade de Pa-

racatu, que ostenta hoje o título de patrimônio cultural nacional. Durante as caval- gadas, uma paixão paraca- tuense, é fácil reconhecer

entre centenas de partici- pantes, a família Elo Forte, com sorriso no rosto e sua tropa afinada abrilhantando

o evento. Durante a Tro-

peada de Abertura da 21ª

Semana do Cooperado, por exemplo, foi assim. Apesar

de ser um evento um pouco

mais restrito, uma espécie

de ensaio para a Exposição

Agropecuária, o Grupo Elo Forte estava lá, e mais uma vez se destacou nas ruas por onde passou.

Liderança política

Dentro do Grupo tem

também um líder político.

O empresário e produtor

rural Olavo Condé tem de- monstrado sua capacidade

de

liderança e gestão. Além

de

administrar o Grupo Elo

Forte, Olavo é presidente da Associação dos Produtores Rurais da Região do Mundo Novo e está à frente desde

a fundação em 2002. Ele

Mundo Novo e está à frente desde a fundação em 2002. Ele também é presidente do

também é presidente do Comitê da Bacia Hidrográ- fica do Rio Paracatu, onde, na condição de usuário de água, presta relevantes ser- viços à comunidade. Olavo

é ainda vice-presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Paracatu e partici- pa da política paracatuense na condição de membro do PSDB sendo, inclusive,

cotado a ser candidato a prefeito de Paracatu, pelo partido do governador An- tônio Anastasia. Perguntado se é pré-candidato pelo PSDB, Olavo sempre res-

ponde que está à disposição dos companheiros e, que se tiver que colocar seu nome na disputa para contribuir com o desenvolvimento da cidade, vai colocar.

Veja os melhores momentos do Grupo Elo Forte na Tropeada de Abertura da 21ª Semana do Cooperado

Forte na Tropeada de Abertura da 21ª Semana do Cooperado O IPTU que você paga ajuda
Forte na Tropeada de Abertura da 21ª Semana do Cooperado O IPTU que você paga ajuda
Forte na Tropeada de Abertura da 21ª Semana do Cooperado O IPTU que você paga ajuda
O IPTU que você paga ajuda a construir a cidade que você quer. Novo Pronto
O IPTU que você paga
ajuda a construir
a cidade que
você quer.
Novo Pronto Socorro
do Hospital Municipal

Quando você paga o seu IPTU em dia, Paracatu só tem a ganhar.

Com a arrecadação do imposto, a Prefeitura está investindo em melhorias nas áreas de saúde, educação, infraestrutura e meio ambiente, além de ações sociais e preservação da história da cidade, que acaba de receber o título de Patrimônio Histórico.

Veja os locais para pagamento do IPTU 2011.

Agentes arrecadadores credenciados:

- Banco do Brasil

- Crediparnor

- Lotéricas

- Banco Itaú

- HSBC

da Caixa

O pagamento poderá ser feito da seguinte forma:

- Até 10/5/2011, com desconto de 20%. - Até 10/6/2011, com desconto de 10%. - Dividido em duas parcelas, sem desconto, com vencimento em 10/6/2011 e 8/7/2011.

Após o vencimento haverá incidência de atualização monetária de acordo com a variação da Unidade Financeira Municipal, multa de 10% sobre o valor atualizado e juros de 1% ao mês.

de acordo com a variação da Unidade Financeira Municipal, multa de 10% sobre o valor atualizado
de acordo com a variação da Unidade Financeira Municipal, multa de 10% sobre o valor atualizado