Você está na página 1de 21

E - B O O K 6

AVALIAÇÕES

DE PERFIL

O guia completo

AMANDA LIMA REIS


OPA, TUDO BOM?
Esse e-book é muito especial e eu me empolguei muito
para escrevê-lo. Afinal, avaliações de perfil são algo que
eu pratico literalmente todo dia e que você deveria aplicar
também, mesmo que o seu nicho não seja de Instagram
ou Marketing Digital.

Sim, foi isso mesmo que você leu: você não precisa ser
desses nichos para fazer avaliações de perfil todos os
dias, porque se você tá interessado(a) em crescer no
Instagram, quer dizer que você tem um perfil ou pelo
menos pretende criar um, não é? Exatamente.

O conteúdo que será passado aqui não será apenas para


quem quer fazer avaliações de perfil de outras pessoas,
mas também para aqueles que precisam se autoavaliar.
Por isso, trate de guardar esse e-book com carinho, pois
você ainda vai usá-lo muito.

Agora que eu te expliquei o porquê de você ter que


continuar lendo esse manual, tá na hora de ir pro
conteúdo. Só bora.

@UMATALDEABACAXI
INTRODUZINDO
Avaliações de perfil são, em resumo, uma pessoa
avaliando um determinado perfil no Instagram seguindo
determinados critérios. Essa pessoa pode estar avaliando
o perfil dela mesma ou de outra pessoa, e o objetivo de
uma avaliação é apontar os pontos fracos e os pontos
fortes daquela página.

Eu costumo fazer várias avaliações por semana. Nas


minhas, em resumo, eu sigo esses parâmetros:

- Nome de perfil;
- Foto de perfil;
- Biografia;
- Qualidade de conteúdo no feed;
- Frequência no feed;
- Qualidade de conteúdo nos stories;
- Frequência nos stories;
- IGTVs e Reels.

@UMATALDEABACAXI
NOME DE PERFIL
O nome de perfil é uma das coisas mais importantes em
uma página no Instagram. Querendo ou não, as pessoas
vão te achar por esse nome, então ele vai se tornar uma
marca.

Para avaliar um nome de perfil, é bem simples: pense no


nome da maioria dos famosos/autoridades no Instagram.
Eles GERALMENTE têm nomes mais simples, fáceis de
serem lidos, originais, pequenos e sem “.” (pontos),
“_” (underlines) ou números. É claro que existem muitos
que fogem às características que eu citei, mas
dificilmente algum nome de famoso/autoridade vai ser
extremamente diferente disso.

Acontece que, quando olhamos para um nome de perfil,


já criamos inconscientemente uma expectativa em
relação àquela página. Quando elas fogem MUITO dessas
características que eu citei, tendemos a achar que aquele
perfil possui uma autoridade menor. Quer um exemplo?
Eu mostro: perfis com o nome “777984x”,
“xxx_xxx_xxxxx”, “xxx197x”, “x.xxxxx.xxx” ou
“xxxxxxxxxxxxxxxxxx” não parecem piores do que perfis
de nome “xxxxxx”, “xxxxxxxx7”, “xx.xxxxxxxxxx”? Pois é.

@UMATALDEABACAXI
Por isso, quando você for avaliar um perfil, verifique:

- O tamanho do nome (não pode ser muito grande.


Quanto menor, melhor);

- Se ele é fácil ou não de ser pronunciado em voz alta (se


ele tiver várias letras embaralhadas, não vai dar pra falar
esse nome direito);

- Se ele tem algum significado ou não (mesmo que


implícito);

- Se ele tem mais de um número (nomes com muitos


números são facilmente associados a perfis fakes ou
muito pequenos);

- Se ele é original ou não (muitas páginas copiam o nome


de outras mais famosas. O nome @eusouomac, por
exemplo, que foi criado pelo Mac, já foi copiado tantas
vezes que o “eusouo” e o “eusoua” se tornaram um
modelo de nome genérico e não original, diminuindo a
autoridade de quem o copia);

- Se ele possui mais de um “.” ou “_” (nomes com várias


pontuações são vistos como complicados e, além disso, é
extremamente comum que perfis pequenos os usem).

@UMATALDEABACAXI
Em resumo, compare o nome do perfil que está sendo
avaliado com o nome dos famosos no Instagram em
geral. Você olharia para ele pela primeira vez e pensaria
que esse perfil tem certa autoridade ou não? Reflita
bastante sobre isso.

@UMATALDEABACAXI
FOTO DE PERFIL
A foto de perfil é, provavelmente, mais importante ainda
do que o nome do perfil. Se a foto for ruim, o perfil inteiro
perde a autoridade junto.

Alguns modelos de fotos de perfil que eu recomendo que


você tome muito cuidado:

- Logotipos: se for um perfil de uma instituição, por


exemplo, não há problema algum em usar um logotipo
como foto de perfil. Porém, se você for um influenciador
digital ou trabalhar com marketing digital, é muito ruim
quando você coloca um logotipo em vez de uma foto sua.
Pessoas gostam de interagir com pessoas, e não com
páginas. Mantenha isso em mente e comece a pensar
em uma foto do seu rosto para colocar no seu perfil;

- Fotos com símbolo de “verificado”: isso virou uma


modinha entre perfis de afiliados no Instagram. Se você
não tem o símbolo azulzinho de verificação no Instagram,
não finja que tem apenas para chamar a atenção! Além
de ser muito fácil de perceber que não é real e você
perder autoridade com isso, esse símbolo nas fotos de
perfil já se tornou genérico demais. Quando muitas
pessoas seguem a mesma “modinha” no Instagram, a
originalidade começa a ficar de lado e você se torna
apenas mais um no meio de vários outros perfis iguais;

@UMATALDEABACAXI
- Fotos com o círculo rosa de stories: desse modelo eu
não preciso nem falar, né? Se quer que apareça o círculo
rosa, produza stories. Simples!

- Fotos com pouca qualidade: não quero ser


perfeccionista, mas fotos de perfil com uma iluminação
ruim, borradas, mal feitas e que não buscam transmitir
nenhuma ideia geralmente prejudicam muito a sua
autoridade. Trabalhe na sua foto de perfil para que ela
tenha qualidade e consiga mostrar, logo de cara, que tipo
de perfil é o seu (perfis muito profissionais, por exemplo,
tendem a ter uma foto de perfil que passe um ar mais
sério);

Quando você for avaliar um perfil, JAMAIS esqueça da


foto. Ela é extremamente importante.

@UMATALDEABACAXI
BIOGRAFIA
Assim como eu falei no e-book Insta Mega, o desafio da
bio é que ela seja objetiva, direta e específica ao mesmo
tempo. Isso porque, quando ela é objetiva e direta, é mais
difícil “dizer” muita coisa nela (torná-la específica), e,
quando você consegue ser bem específico, a bio
geralmente fica mais longa. É por isso que deve haver um
equilíbrio entre um e outro.

Pensa nessa situação: uma pessoa normal, assim como


você, está vasculhando o Instagram. Chega um momento
em que ela entra em um perfil mais interessante, e, ao
entrar nele, de cara vê um texto gigante. Você acha
mesmo que ela vai ter paciência pra ler tudo aquilo?
Provavelmente não, né?

As pessoas interagem com muitas contas em poucas


horas mexendo no Instagram. É tudo muito rápido, e, por
isso, para você convencer uma pessoa a prestar atenção
no seu perfil, você precisa explicar tudo de forma clara,
simples e rápida, sem enrolações. Para isso, recomendo
que você bole uma frase com menos de 8 palavras para
a sua bio, que explique como funciona o seu trabalho.
Pode fazer uma CTA, uma bio criativa ou qualquer outra
coisa que atenda aos seus objetivos.

@UMATALDEABACAXI
Por isso, quando você for avaliar uma biografia de uma
página no Instagram, recomendo que você instrua a
pessoa a remover todas as linhas desnecessárias e a
tirar o máximo de informações pessoais (não é sobre o
dono do perfil, mas sim sobre os outros. É bom deixar
para falar de si mesmo apenas nos stories todos os dias
e no feed de vez em quando para gerar conexão, mas,
mesmo assim, não pode ser o tempo todo. A prioridade
sempre deve ser mostrar como o trabalho dele pode
ajudar as pessoas, e não mostrar sobre ele em si).

Um exemplo de uma biografia com muitas linhas


desnecessárias:

Agora, um exemplo de uma biografia objetiva, direta e


extremamente específica:

@UMATALDEABACAXI
Percebeu a diferença? A segunda bio dá muito menos
preguiça de ler, enquanto que a primeira não dá nem
vontade de ver inteira. O seu objetivo avaliando um perfil
será mostrar essa diferença para a pessoa avaliada.
Caso ela não se convença, diga para ela fazer um teste e
medir quantos cliques no link ela conseguirá com cada
biografia, passando uma semana com cada uma. Assim,
ele pode comparar qual delas tem maior potencial de
monetização.

@UMATALDEABACAXI
QUALIDADE DO FEED
Os posts do feed são a porta de entrada para outras
pessoas no seu perfil. Quanto melhores eles forem,
melhores serão os seus resultados em termos de ganho
de engajamento e de audiência.

Em primeiro lugar, um bom feed deve ter pelo menos:

- Posts com conteúdo relacionado ao nicho do perfil


(obrigatório);
- Memes (pelo menos uma vez por mês);
- Alguns posts virais, notícias, polêmicas, motivação e
etc.);
- Posts pessoais (opcional, mas ajuda a se conectar mais
com a audiência);
- Publicações focadas em levar o público a realizar
determinada ação (comprar, se inscrever em algo, etc.).

É claro que existem algumas variações de acordo com o


tipo de perfil. Porém, essa é a regra geral para a maioria
das páginas no Instagram.

Quando for avaliar os posts de conteúdo de um feed,


também lembre sempre que o engajamento vai ser bom
se você tiver um design bem trabalhado (e detalhado) e
informações que valham a pena. Se não estiver bem nos
dois, você terá problemas, e eis o porquê:

@UMATALDEABACAXI
- Se o post tiver um design maravilhoso e passar algo
irrelevante, as pessoas que pararem pra ver aquilo vão se
decepcionar e deixarão de engajar;

- Se o post passar um conhecimento maravilhoso e tiver


um design ruim, ele não vai chamar a atenção. Por isso,
pouca gente vai parar pra vê-lo e você não vai ter
engajamento por causa disso.

Portanto, é extremamente importante que o feed tenha


um equilíbrio entre os dois fatores.

Quanto aos memes, posts virais e posts pessoais: é


proibido esquecer deles. É claro que agregar valor para a
audiência é prioridade, mas um bom feed também
precisa descontrair. Não vou dizer um número exato de
posts de conteúdo e de outros tipos de post que você
deve fazer por mês, porque isso é muito pessoal, mas
pelo menos a maior parte das publicações devem
ensinar algo relacionado ao nicho da página.

@UMATALDEABACAXI
FEED FREQUENTE
Quando você for avaliar a frequência do feed de um
perfil, analise sempre pelo menos as duas últimas
semanas. Aqui estão alguns dos possíveis erros que você
pode encontrar em uma página durante esse período de
tempo:

- Não fez nenhum post durante pelo menos 24 horas


(ficou pelo menos um dia sem postar). Isso porque
quando você deixa de postar por um dia sequer, o seu
engajamento cai absurdamente. Teste postar todo dia
durante 30 dias, ficar um dia sem postar e, no outro dia,
voltar a publicar novamente. Você provavelmente vai ver
uma diminuição significativa no alcance;

- Teve uma frequência muito bagunçada (1 post num dia,


3 no outro e 0 no próximo, por exemplo). Isso é errado
porque, além de fazer o feed perder muito engajamento,
mostra que a produtividade do administrador
provavelmente é medida pela motivação que ele tem no
dia (caso ele esteja motivado, ele posta mais. Caso não
esteja querendo produzir, ele posta menos ou até mesmo
deixa de postar). Isso é péssimo, porque o que deve levar
em conta na produtividade é o HÁBITO de produzir, e não
o desejo.

@UMATALDEABACAXI
- Por isso, caso você avalie algum perfil que tenha esse
problema, instrua a pessoa a fazer apenas um post por
dia, sem errar, até que ela se acostume totalmente a
fazer isso. Depois que ela se acostumar, é bom que ela
aumente a frequência pra 2 posts por dia e assim por
diante;

- Faz mais de 4 posts por dia. Isso não é um erro, mas é


algo que deve ser levado em conta, já que o Instagram
tem o costume de bloquear contas que fazem SPAM de
qualquer coisa, e isso inclui o número de posts também.
Caso você avalie um perfil que faz mais de 4 posts por
dia, é bom instruir o dono do perfil a tomar cuidado com
possíveis bloqueios que ele pode levar.

@UMATALDEABACAXI
QUALIDADE DOS STORIES
Quando for avaliar os stories de alguém, veja:

- Se aquilo é só enrolação (sem conteúdo ou com


pouquíssimo conteúdo. Lembre-se de que conteúdo é
PRIORIDADE);

- Se a pessoa tenta vender o tempo todo (um monte de


prova social, de oferta e etc.);

- Se os stories são repetitivos (os stories foram feitos pra


serem diferentes e criativos. Se eles tiverem cores
repetidas o tempo todo, elementos repetidos, tipos de
conteúdo repetidos, músicas repetidas ou qualquer outra
coisa, é bom tomar cuidado);

- Se o conteúdo dos stories é igual ao do feed (caso


aquilo já tenha sido postado no feed, por que alguém
veria seus stories se eles falam exatamente da mesma
coisa?);

- Se os conteúdos fogem muito ao nicho da página;

- Se a pessoa abre caixinha de perguntas todos os dias


ou não (é obrigatório que abra. Além de gerar mais
conteúdo, aumenta a interação) e se ela coloca enquetes
(extremamente necessário pro engajamento);

@UMATALDEABACAXI
- Se a pessoa mostra o rosto ou não (mostrar o rosto
todos os dias gera muito mais conexão e confiança);

- Se o design dos stories tá bom ou não (o design importa


SIM! Se ele não for bom, pode ter a certeza de que
conteúdo nenhum vai chamar a atenção e as
visualizações serão poucas).

- Se a pessoa mostra os bastidores (isso é muito


importante para fazer com que a audiência comece a ter
uma conexão maior com o dono do perfil, assim como
mostrar o rosto).

@UMATALDEABACAXI
STORIES FREQUENTES
O mínimo de stories que uma página precisa fazer por
dia, na minha concepção, são 20 (e eu ainda acho bem
pouco).

A verdade é que quanto mais stories (com qualidade),


melhor. Os perfis que crescem mais rapidamente são os
que mais produzem lá.

Caso você avalie um perfil que faz menos de 20 stories


por dia, instrua a pessoa a ir aumentando aos pouquinhos
a frequência para criar o hábito de produzir. No ritmo dela
mesmo. O que importa é que ela saia da zona de
conforto.

Só recomendo que pare de aumentar a frequência


quando chegar em 90 stories por dia. Assim, a pessoa
pode passar a focar ainda mais na qualidade e consegue
manter o público ainda mais viciado.

@UMATALDEABACAXI
IGTVS E REELS
Sim, eu também costumo avaliar se a pessoa faz ou não
IGTVs e Reels.

Eu sempre defendi a tese de que você precisa usar tudo


o que o Instagram te oferece. Por isso, essa regra inclui
também utilizar essas ferramentas. Sempre que você for
avaliar um perfil, termine a avaliação vendo se a pessoa
publica pelo menos um Reels e um IGTV a cada 15 dias.

Sim, 15 dias é o mínimo. É até melhor que poste mais que


isso, mas dá pra começar por aí.
“Se o IGTV ou o Reels que eu postar for publicado no
feed também, ele tá valendo como post do dia?”
Sim, ele tá. Você pode substituir o seu post diário por um
desses dois sem problema algum de vez em quando,
mas não é pra fazer isso o tempo inteiro.

@UMATALDEABACAXI
OBRIGADA!
Muito obrigada por confiar em mim e no meu trabalho.
Eu garanto que, se você fizer pelo menos uma avaliação
do seu próprio perfil toda semana, você terá resultados
muito melhores. Também vai te ajudar a se organizar.

Se você quer fazer avaliações de perfil de outras


pessoas, use esse e-book como guia. É claro que você
pode ter seu próprio método (deve ter, na verdade), mas
essa já é uma boa base para começar. É bom que você
adapte os critérios de avaliação ao seu subnicho (se você
for designer, por exemplo, pode acrescentar como
critério a identidade visual do feed).

Espero que tenha gostado. Tamo junto!

@UMATALDEABACAXI

Você também pode gostar