Você está na página 1de 8

Interbits – SuperPro ® Web

1. (Eear 2019) Roberto, empolgado com as aulas de Física, decide construir um termômetro
que trabalhe com uma escala escolhida por ele, a qual chamou de escala R. Para tanto, definiu
20 R como ponto de fusão do gelo e 80 R como temperatura de ebulição da água, sendo
estes os pontos fixos desta escala. Sendo R a temperatura na escala criada por Roberto e C
a temperatura na escala Celsius, e considerando que o experimento seja realizado ao nível do
mar, a expressão que relaciona corretamente as duas escalas será:
a) C  R  20
b) C  R  20
R  20
C
c) 2
R  20
C
d) 2

2. (G1 - ifsul 2018) Num recipiente com água, dois termômetros determinam, simultaneamente,
a temperatura, sendo um deles graduado em graus Fahrenheit e o outro em graus Celsius. A
diferença entre as leituras dos dois termômetros é 100,0.

Com base nas informações fornecidas, é correto afirmar que a temperatura da água contida no
recipiente, em graus Fahrenheit, é
a) 85,0
b) 185,0
c) 100,0
d) 180,0

3. (Uerj simulado 2018) Em um estudo sobre fenômenos térmicos, foram avaliados quatro
objetos distintos, cujos valores de massa m, de quantidade de calor Q e de variação de
temperatura Δθ estão apresentados na tabela abaixo.

Objeto m (g) Q (cal) Δθ (C)


I 20 100 10
II 30 120 20
III 60 150 10
IV 40 180 15

Com base nesses dados, o objeto com o maior calor específico está identificado pelo seguinte
número:
a) I
b) II
c) III
d) IV

4. (Uerj 2018) Para explicar o princípio das trocas de calor, um professor realiza uma
experiência, misturando em um recipiente térmico 300 g de água a 80 C com 200 g de água
a 10 C.

Desprezadas as perdas de calor para o recipiente e para o meio externo, a temperatura de


equilíbrio térmico da mistura, em C, é igual a:
a) 52
b) 45
c) 35

Página 1 de 8
Interbits – SuperPro ® Web

d) 28

5. (G1 - ifpe 2017) Para medirmos a temperatura de um objeto, utilizamos principalmente 3


escalas termométricas: Celsius (C), Fahrenheit (F) e Kelvin (K). A relação entre elas pode
ser vista no quadro abaixo.

Utilizando a escala como referência, podemos dizer que 0 C e 50 C equivalem, em Kelvin, a


a) 212 e 273.
b) 273 e 373.
c) 212 e 32.
d) 273 e 37.
e) 273 e 323.

6. (G1 - ifsul 2017) Ao atender um paciente, um médico verifica que, entre outros problemas,
ele está com temperatura de 37,5 C e deixa-o em observação no posto de saúde. Depois de
uma hora, examina-o novamente, medindo a temperatura e observa que ela aumentou 2 C.

O valor dessa variação de temperatura, na escala Fahrenheit, e a temperatura final, na escala


Kelvin, são respectivamente iguais a
a) 3,6 F e 233,5 K.
b) 35,6 F e 312,5 K.
c) 35,6 F e 233,5 K.
d) 3,6 F e 312,5 K.

7. (Mackenzie 2017) Uma escala termométrica A adota para a temperatura da água em


ebulição à pressão normal, de 70 A, e para a temperatura de fusão do gelo à pressão normal,
de 20 A. Outra escala termométrica B adota para a temperatura da água em ebulição à
pressão normal, de 90 B, e para a temperatura de fusão do gelo à pressão normal, de 10 B.
A expressão que relaciona a temperatura das escalas A(θA ) e B(θB ) é
a) θB  2,6  θA  42
b) θB  2,6  θA  22
c) θB  1,6  θA  22
d) θA  1,6  θB  22
e) θA  1,6  θB  42

8. (Ufpr 2017) Vários turistas frequentemente têm tido a oportunidade de viajar para países

Página 2 de 8
Interbits – SuperPro ® Web

que utilizam a escala Fahrenheit como referência para medidas da temperatura. Considerando-
se que quando um termômetro graduado na escala Fahrenheit assinala 32 F, essa
temperatura corresponde ao ponto de gelo, e quando assinala 212 F, trata-se do ponto de
vapor. Em um desses países, um turista observou que um termômetro assinalava temperatura
de 74,3 F. Assinale a alternativa que apresenta a temperatura, na escala Celsius,
correspondente à temperatura observada pelo turista.
a) 12,2 C.
b) 18,7 C.
c) 23,5 C.
d) 30 C.
e) 33,5 C.

9. (G1 - ifpe 2016) A massa de ar frio polar continua influenciando o tempo em Santa Catarina.
Nesta segunda-feira (13), Urupema voltou a registrar a temperatura mais baixa do ano até
agora no estado [...]. Há uma semana, a cidade da Serra amanhece com temperaturas
negativas.
G1. Urupema volta a registrar a temperatura mais baixa do ano. Disponível em:
<http://g1.globo.com/sc/santa-catarina/noticia/2016/06/urupema-volta-registrar-
temperaturamais-baixa-do-ano-em-sc.html>. Acesso em: 13 jun. 2016 (Adaptado).

Suponha que o termômetro utilizado na cidade de Urupema, no estado do Paraná, tenha sua
escala termométrica de leitura em Fahrenheit (F) indicando uma temperatura de 15,8 F. Se o
termômetro possuísse escala termométrica em graus Celsius, quanto estaria marcando?
a) 7 °C
b) 8 °C
c) 29 °C
d) 10 °C
e) 9 °C

10. (G1 - ifpe 2016) No preparo de uma xícara de café com leite, são utilizados 150 mL (150 g)
de café, a 80 C, e 50 mL (50 g) de leite, a 20  C. Qual será a temperatura do café com leite?
(Utilize o calor específico do café = calor específico do leite  1,0 cal/ g  C)
a) 65 C
b) 50 C
c) 75 C
d) 80 C
e) 90 C

Página 3 de 8
Interbits – SuperPro ® Web

Gabarito:

Resposta da questão 1:
[B]

Relação entre as escalas:

C0 R   20 

100  0 80   20 
C R  20

100 100
 C  R  20

Resposta da questão 2:
[B]

A diferença de leitura dos termômetros fornece uma equação que relaciona leitura em graus
Fahrenheit
 F  com a leitura em graus Celsius  C  .
F  C  100  C  F  100

Da relação reduzida entre as duas escalas térmicas, temos a seguinte relação:


C F  32

5 9

Substituindo a primeira equação na segunda e isolando a leitura em graus Fahrenheit,


obtemos:
F  100 F  32
  9F  900  5F  160  4F  740  F  185F
5 9

Resposta da questão 3:
[A]

Isolando o calor específico da expressão do calor sensível, temos:


Q
Q  m  c  ΔT  c 
m  ΔT

Usando os dados da tabela e calculando para cada objeto, temos:

Página 4 de 8
Interbits – SuperPro ® Web

Q 100
cI    cI  0,5 cal g  C
m  ΔT 20  10

Q 120
cII    cII  0,2 cal g  C
m  ΔT 30  20

Q 150
cIII    cIII  0,25 cal g  C
m  ΔT 60  10

Q 180
cIV    cIV  0,2 cal g  C
m  ΔT 40  20

Resposta da questão 4:
[A]

Como não há perdas de calor para o meio externo então a soma dos calores sensíveis é igual
a zero, assim:
Qi  mi  c i  ΔTi
Q1  Q2  0  m1  c  ΔTi  m2  c  ΔT2  0  300 g   T  80  C  200 g   T  10  C  0 
26000 g  C
  300 g  200 g   T   24000  2000  g  C  T   T  52 C
500 g

Resposta da questão 5:
[E]

Usando a expressão que relaciona as escalas termométricas Celsius e Kelvin, vem:


 TC  0 C  TK  0  273  TK  273K.
TK  TC  273  
 TC  50 C  TK  50  273  TK  323K.

Resposta da questão 6:
[D]

Nota-se que a temperatura Fahrenheit varia 180 enquanto a Celsius varia 100, portanto para
cada grau da escala Celsius temos a variação de 1,8 graus na escala fahrenheit. Com isso, um
aumento de 2 C representa 3,6 F.

A relação entre as escalas de temperatura Celsius, Fahrenheit e Kelvin é dada por:


C F  32 K  273
 
5 9 5

Então, a temperatura final em Kelvin será:


C K  273
  C  K  273  39,5  K  273  K  312,5 K
5 5

Resposta da questão 7:
[C]

Página 5 de 8
Interbits – SuperPro ® Web

θB  10 θ A  20

90  10 70  20
θB  10 θ A  20

80 50
(θB  10)  50  (θ A  20)  80
50θB  500  80θA  1600
50θB  80θA  500  1600
50θB  80θA  1100  10
5θB  8θA  110
8θA  110
θB 
5
θB  1,6θ A  22.

Resposta da questão 8:
[C]

A relação entre estas duas escalas termométricas é dada por:


C0 F  32 C F  32 C F  32
    
100  0 212  32 100 180 5 9

Substituindo os valores e calculando, fica:


C F  32 C 74,3  32
    C  23,5 C
5 9 5 9

Resposta da questão 9:
[E]

Usando a equação de conversão entre as escalas mencionadas:


θC θF  32  15,8  32 
  θC  5  θC   9 C.
5 9 9

Resposta da questão 10:


[A]

Qcafé  Qleite  0   m c Δθ  café   m c Δθ  leite 


150  1  T  80   50  1  T  20   0  3T  240  T  20  0  4T  260 

T  65 C.

Página 6 de 8
Interbits – SuperPro ® Web

Página 7 de 8
Interbits – SuperPro ® Web

Resumo das questões selecionadas nesta atividade

Data de elaboração: 23/02/2021 às 19:07


Nome do arquivo: Sub AV1 2A e 2B

Legenda:
Q/Prova = número da questão na prova
Q/DB = número da questão no banco de dados do SuperPro®

Q/prova Q/DB Grau/Dif. Matéria Fonte Tipo

1.............182495.....Baixa.............Física.............Eear/2019.............................Múltipla escolha

2.............184089.....Baixa.............Física.............G1 - ifsul/2018......................Múltipla escolha

3.............171740.....Baixa.............Física.............Uerj simulado/2018..............Múltipla escolha

4.............175515.....Média.............Física.............Uerj/2018..............................Múltipla escolha

5.............173930.....Baixa.............Física.............G1 - ifpe/2017......................Múltipla escolha

6.............168130.....Baixa.............Física.............G1 - ifsul/2017......................Múltipla escolha

7.............171559.....Baixa.............Física.............Mackenzie/2017...................Múltipla escolha

8.............164714.....Baixa.............Física.............Ufpr/2017.............................Múltipla escolha

9.............162427.....Baixa.............Física.............G1 - ifpe/2016......................Múltipla escolha

10...........151828.....Baixa.............Física.............G1 - ifpe/2016......................Múltipla escolha

Página 8 de 8

Você também pode gostar