Você está na página 1de 9

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MOҪAMBIQUE

INSTITUTO DE EDUCAҪÃO À DISTȂNCIA

Trabalho I: História da Didáctica Geral

Fátima Lourenço Fernando - 708211959

Curso de Licenciatura em Ensino de Geografia


Disciplina: Didáctica Geral
Ano de Frequência: 1º Ano
Turma: K
Docente: Pires Lucílio Manuel Xavier

Nampula, Novembro de 2021


Folha de feedback
Categorias Indicadores Padrões Classificações
Pontuações Nota de tutor Subtotal
máximas

Estrutura Aspetos Capa 0.5


organizacionais Índice 0.5
Introdução 0.5
Discussão 0.5
Conclusão 0.5
Bibliografia 0.5
Introdução Contextualização 1.0
(indicação clara do
problema)
Descrição dos 1.0
objetivos
Metodologia 2.0
adequada ao objeto
do trabalho
Análise e Articulação e 2.0
discussão domínio de
discurso
académico
(expressão escrita
Conteúdo
cuidada, coerência/
coesão textual)
Revisão 2.0
bibliográficas
nacionais e
internacionais
relevantes na área
de estudo
Exploração dos 20.
dados
Conclusão Contributos 2.0
teóricos práticos
Aspetos gerais Formatação Paginação, tipo e 1.0
tamanho de letra,
paragrafo,
espaçamento entre
linhas

Referências Norma de APA Rigor e coerência 4.0


bibliográficas 6ª edição em das citações/
citações e referências
bibliografia bibliográficas

i1
Folha para recomendações de melhoria: A ser preenchida pelo tutor

___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________

ii 2
Índice
Introdução ................................................................................................................................... 4

1. História de Didáctica Geral ................................................................................................. 5

1.1. Sociedade Primitiva ......................................................................................................... 5

1.2. Sociedade Esclavagista .................................................................................................... 6

1.3. Sociedade Feudal ............................................................................................................. 6

1.4. Sociedade Capitalista ....................................................................................................... 6

Conclusão ................................................................................................................................... 7

Referências bibliográficas .......................................................................................................... 8

3
Introdução

O referente trabalho é da cadeira de didática geral do curso de licenciatura em ensino de


geografia e tem como tema de abordagem “história da didática”.

No entanto, o desenvolvimento da didática obedece a evolução das sociedades humanas. Na


sua origem, nas primeiras fases da história da humanidade, ela consistia em instruções,
esclarecimentos sobre os comportamentos, técnicas e experiências relacionadas com
atividades básicas da caça e da aquisição de alimento.

Este trabalho tem como objetivo principal:

 Descrever história da didática.

Para elaboração do presente trabalho obedeceu a metodologia de consulta de referências


bibliográficas.

4
1. História de Didáctica Geral

De acordo com Haidt (2006) apud Araújo (s/d), diz que:

A didática enquanto um campo específico da Pedagogia, a Didáctica


remonta no final do Séc. XIX, antes vinculada a Filosofia, a
preocupação no princípio era com a memorização e pouco com a
compreensão, o método mais dominante na época era o catequético,
que consistia na repetição taxactiva das ideias do professor. Vejamos a
contribuição de cada pensador para o surgimento desta jovem ciência,
(Pág. 19).
A história da Didática revela que sua trajetória procurou atender às necessidades educacionais
de cada época e contexto social. Inicialmente fundamentada de maneira prescritiva e
instrumental trazendo teorias que mantivessem esse status e, posteriormente, com uma visão
mais individualista que pudesse organizar e manter o saber sistematizado.

O termo Didática foi instituído pelo teórico João Amós Cominuis, na obra Didática Magna e
significa A Arte de Ensinar.

O termo foi se modificando ao longo dos tempos e, atualmente, refere-se a uma área
importante da Pedagogia e trata de uma disciplina fundamental na formação de professores.

O desenvolvimento da Didáctica obedece a evolução das sociedades humanas. Na sua origem,


nas primeiras fases da história da humanidade, ela consistia em instruções, esclarecimentos
sobre os comportamentos, técnicas e experiências relacionadas com atividades básicas da caça
e da aquisição de alimento.

1.1.Sociedade Primitiva

Nas comunidades primitivas os jovens passavam por um ritual de iniciação para ingressar nas
atividades do mundo adulto. Pode-se considerar esta fase uma forma de ação pedagógica,
embora aí não esteja presente o didático como forma estruturada de ensino.

A educação duma geração para outra, nesta fase, era feita na base de imitação aos mais
velhos. Esta imitação primeiramente era feita de maneira inconsciente, isto é, a criança
aprendia na atividade prática. Depois, a imitação passou a ser consciente, isto é a criança
passa a imitar atividades dominantes.

Neste período a didática caracterizava-se por uma instrução sem classes, isto é, ninguém era
excluído da educação mas, na altura, a educação não tinha bases científicas.
5
1.2.Sociedade Esclavagista

Nesta fase, a instrução tinha um carácter de classes com ideias pedagógicas transmitidas por
escrito. Era uma educação transmitida aos filhos dos esclavagistas e regentes.

Inicialmente, esta educação não tinha bases científicas, eram coletâneas de ideias,
apontamentos dos grandes filósofos e da classe dominante. Depois foram surgindo as
concepções materialistas e idealistas protagonizadas pelos seguintes filósofos: Sócrates,
Platão, Aristóteles e Demócrito.

1.3.Sociedade Feudal

Aqui a pedagogia estava ligada á igreja (católica), os membros dessa igreja é que elaboravam
as teorias e técnicas pedagógicas, dogmáticas e fanáticas viradas para os interesses da religião.

A transmissão de conhecimento era efetuada na base de métodos dogmáticos, onde se exigia a


pura memorização dos conteúdos e leitura de textos bíblicos. É neste período onde surgem
pela primeira vez as Escolas (na forma clássica: espaços de interação entre o mestre e os
discentes e tempo determinado para essa interação), as Universidades e as Bibliotecas.

1.4.Sociedade Capitalista

Com a revolução técnico-científica introduziu-se novas e maiores exigências sobre o saber.


Face a estas necessidades surgiu uma outra que é a formação de pessoas com capacidades de
instruir outras através de métodos e meios científicos que possam responder as exigências da
sociedade. Assim, a escola se torna uma instituição, o processo de ensino passa a ser
sistematizado conforme níveis tendo em vista a adequação das possibilidades das crianças de
acordo com as idades e ritmo de assimilação dos estudos.

6
Conclusão

Após elaborar o conteúdo do referente trabalho a autora concluiu que desde a muito tempo
houve a arte de ensinar só que inicialmente, esta educação não tinha bases científicas, eram
coletâneas de ideias, apontamentos dos grandes filósofos e da classe dominante. Depois foram
surgindo as concepções materialistas e idealistas protagonizadas pelos seguintes filósofos.

Portanto, a educação duma geração para outra, nessa fase, era feita na base de imitação aos
mais velhos. Esta imitação primeiramente era feita de maneira inconsciente, isto é, a criança
aprendia na atividade prática. Depois, a imitação passou a ser consciente, isto é a criança
passa a imitar atividades dominantes, diferentemente de hoje que a educação esta bem
estruturada, com o currículo bem elaborado e sistematizada.

7
Referências bibliográficas

Araújo, E. A. (s/d). Didáctica Geral. Beira: UCM/CED.

Dos Santos, H. C. (s/d). Didática no Brasil: Sua Trajetória e Finalidade. Brasil: REC.

Você também pode gostar