Você está na página 1de 10

PRINCIPAIS FUNÇÕES DO "QUE"

(LISTA DE QUESTÕES - VÍDEO YOUTUBE)


PORTUGUÊS DESCOMPLICADO PARA CONCURSOS

LINK PARA O VIDEO:

https://youtu.be/6UZ8kF5vl_E

2
PORTUGUÊS DESCOMPLICADO PARA CONCURSOS

FUNÇÕES DO "QUE"

Existem 15 classificações do "QUE", mas, se você souber 7, já consegue resolver


quase a totalidade das questões. Quais são?

1. CONJUNÇÃO SUBORDINATIVA INTEGRANTE


2. PRONOME RELATIVO
3. CONJUNÇÃO SUBORDINATIVA CONSECUTIVA
4. CONJUNÇÃO SUBORDINATIVA COMPARATIVA
5. CONJUNÇÃO COORDENATIVA EXPLICATIVA
6. PARTÍCULA EXPLETIVA OU DE REALCE
7. PREPOSIÇÃO

Como identificá-las:

1. CONJUNÇÃO SUBORDINATIVA INTEGRANTE


O "QUE" é conjunção subordinativa integrante quando inicia ORAÇÃO trocável por ISSO,
completando a oração principal:

É necessário QUE vocês exercitem bastante.


=
É necessário ISSO.

2. PRONOME RELATIVO
O "QUE" é pronome relativo quando é trocável por O QUAL, retomando substantivo
antecedente; ou quando vem depois de AQUILO (que pode aparecer na forma reduzida - "o"
= "aquilo"), nesse caso estará retomando o pronome.
A menina QUE sumiu foi encontrada hoje.
=
A menina A QUAL sumiu foi encontrada hoje.

AQUILO QUE aconteceu aqui foi muito legal


=
O QUE aconteceu aqui foi muito legal.

Sempre que aparecer um "O" antes do "QUE", analise o "O" e ganhe o "QUE".

O famoso: pague 1 e leve 2.

Se o "O" for igual a "AQUILO", o "QUE" é sempre PRONOME RELATIVO. SEMPRE!

3
PORTUGUÊS DESCOMPLICADO PARA CONCURSOS

3. CONJUNÇÃO SUBORDINATIVA CONSECUTIVA


O "QUE" é conjunção subordinativa consecutiva quando é precedido de TAL, TÃO,
TANTO, TAMANHO. Por isso, sempre analise a oração que vem antes.
Eu estava TÃO cansada naquela noite QUE dormi no sofá!

4. CONJUNÇÃO SUBORDINATIVA COMPARATIVA


O "QUE" é conjunção subordinativa comparativa quando é precedido de termo
intensificador no processo comparativo, como: MAIS, MENOS, PIOR, MELHOR... DO
QUE (nesse caso, o "DO" é opcional).
Genoveva é MAIS antipática DO QUE a irmã.

5. CONJUNÇÃO COORDENATIVA EXPLICATIVA


O "QUE" é conjunção coordenativa explicativa quando vem depois de uma ORDEM.
Vem cá, QUE eu quero falar contigo!

6. PARTÍCULA EXPLETIVA OU DE REALCE


O "QUE" é partícula expletiva ou de realce quando pode ser suprimido. Pode ser o
"QUE" ou o "É QUE".
Eu QUE fiz o bolo. Nós É QUE te apresentamos o Giguifrido.

7. PREPOSIÇÃO
O "QUE" é preposição quando pode ser trocado por "DE". Nesse caso, sempre vem
depois do verbo "TER", indicando "dever", "obrigatoriedade".
TENHO QUE estudar.
=
TENHO DE estudar.

É muito comum confundir a PREPOSIÇÃO "QUE" com a CONJUNÇÃO


INTEGRANTE.
Lembre-se de que quando o "QUE" é PREPOSIÇÃO vem sempre depois do verbo
"TER". E ele é preposição porque liga o verbo auxiliar (TER) ao verbo principal
(que indica a ação).
Queria QUE você estudasse mais. ≠ Tens QUE estudar mais.
Queria ISSO

4
PORTUGUÊS DESCOMPLICADO PARA CONCURSOS

01. (INSTITUTO AOCP - 2019 - PC-ES - Auxiliar Perícia Médico-Legal) No excerto “Exige-se
que ela esteja constantemente atenta aos problemas que interferem na segurança e bem-
estar das pessoas [...]”, o “que”, considerando suas funções, pode ser classificado,
respectivamente, como
a) pronome indefinido e preposição.
b) conjunção integrante e conjunção integrante.
c) conjunção consecutiva e conjunção aditiva.
d) conjunção integrante e pronome relativo.
e) conjunção integrante e pronome adjetivo.

02. (IDIB - 2020 - Câmara de Mamanguape - PB - Agente Administrativo) No trecho “...o


homem mais sisudo faz coisas que jamais faria em estado sóbrio...”, o termo destacado é
classificado, morfologicamente, como pronome relativo, assim como na alternativa
a) É necessário que o metalúrgico aprenda a técnica de produção de ferro.
b) Não diz nada que possa valer a pena, esse nosso amigo!
c) Não sei que tipo de elemento pode dar origem ao ferro.
d) Vamos logo estudar que ainda podemos ter sucesso na vida.

5
PORTUGUÊS DESCOMPLICADO PARA CONCURSOS

03. (IDIB - 2020 - Prefeitura de Araguaína - TO - Assistente Técnico Administrativo) No novo


estudo, os paleontólogos compararam detalhadamente os novos fósseis que escavaram com
materiais depositados em museus e chegaram à conclusão de que havia uma única espécie
gigante do grupo na região, a própria S. geographicus. (linhas 28 a 32)

As duas ocorrências da palavra QUE no trecho acima se classificam, respectivamente, como


a) pronome relativo e conjunção integrante.
b) conjunção integrante e pronome relativo.
c) pronome relativo e pronome relativo.
d) conjunção integrante e conjunção integrante.

04. (FCC - 2019 - Prefeitura de São José do Rio Preto - SP - Técnico em Enfermagem) Atenção:
Considere o texto abaixo para responder a questão.

Quadrilha
João amava Teresa que amava Raimundo
que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili
que não amava ninguém.
João foi pra os Estados Unidos, Teresa para o convento,
Raimundo morreu de desastre, Maria ficou para tia,
Joaquim suicidou-se e Lili casou com J. Pinto Fernandes
que não tinha entrado na história.
(ANDRADE, Carlos Drummond. Alguma poesia, 1930)
No poema, o vocábulo que tem função pronominal, retomando expressões nominais, assim
como ocorre com o sublinhado em:
a) Os adolescentes que namoram geralmente se casam mais cedo.
b) João queria que Teresa se casasse com ele.
c) Joaquim insistiu tanto com Teresa que ela acabou se afastando dele.
d) Contanto que Lili ame muito seu marido, ela será feliz.

05. (FCC - 2019 - Câmara de Fortaleza - CE - Consultor Técnico Jurídico) ondas tão fortes que
chegam a derrubar as pessoas (3° parágrafo)
A conjunção sublinhada acima estabelece noção de
a) finalidade.
b) causa.
c) conformidade.
d) consequência.
e) condição.

6
PORTUGUÊS DESCOMPLICADO PARA CONCURSOS

06. (AOCP - 2016 – Pref. Juiz de Fora/MG – Agente de Atendimento ao Público)Em “Eis um
exemplo: como o Natal se aproximava, ela perguntou aos pacientes o que queriam de
presente. Emygdio respondeu: um guarda-chuva. Como dentro do hospital naturalmente não
chovia, ela concluiu que ele queria ir embora para casa.” Os termos destacados são,
respectivamente,
a) conjunção explicativa e conjunção integrante.
b) partícula de realce e pronome relativo.
c) pronome adjetivo indefinido e pronome relativo.
d) conjunção causal e conjunção integrante.
e) pronome relativo e conjunção integrante.

07. (AOCP - 2017 - CODEM - PA - Auxiliar de Suporte - Assistente Administrativo) “É sobre


escalar e sentir / Que o caminho te fortaleceu” “É sobre dançar na chuva de vida / Que cai
sobre nós” “Sorria e abrace teus pais / Enquanto estão aqui / Que a vida é trem-bala,
parceiro”
Considerando as diferentes funções dos elementos “que” nos excertos apresentados, é
correto afirmar que eles são, respectivamente:
a) conjunção integrante; conjunção integrante; conjunção subordinativa de causa.
b) pronome relativo; conjunção integrante; conjunção coordenativa explicativa.
c) conjunção subordinativa de causa; pronome relativo, conjunção integrante.
d) pronome relativo, pronome relativo, conjunção subordinativa de causa.
e) conjunção integrante; pronome relativo; conjunção coordenativa explicativa.

08. (AOCP – 2017 - Agente – SEJUS/CE) Assinale a alternativa em que a função do “que”,
sublinhado nos excertos do Texto 1, está corretamente indicada entre parênteses.
a) “[...] dando a impressão de que o tempo passa cada vez mais rápido [...]” (pronome
relativo).
b) “[...] Hoje temos várias tarefas que não tínhamos.” (partícula expletiva).
c) “As demandas exigem que as pessoas tenham inúmeras habilidades [...]” (conjunção
integrante).
d) “As pessoas tentam alocar dentro do tempo mais ações do que cabem nele.” (conjunção
explicativa).

7
PORTUGUÊS DESCOMPLICADO PARA CONCURSOS

09. (CEBRASPE/CESPE - 2016 – TRE/PI – Analista Judiciário) No último período do


texto Situação de emergência, o vocábulo “que” foi empregado como
“É a primeira vez, desde a regulamentação da medida em 2011, que o mecanismo é
adotado no país.”
a) conjunção integrante
b) conjunção comparativa
c) advérbio
d) pronome relativo.
e) partícula expletiva

10. (AOCP - 2010 - Técnico em desenvolvimento - Engenheiro Mecânico - BADESUL) Em


todas as alternativas abaixo, o elemento QUE é conjunção integrante, EXCETO em
a) “Depois de o presidente ter dito pela manhã que ‘não é prudente colocar o Irã...’”
b) “...a secretária insistiu que Brasil e Estados Unidos têm objetivos comuns no tema...”
c) “’Nós acreditamos que a boa fé do Irã em relação às negociações seria muito bem-vinda...’"
d) “’Cada país tem que pensar com sua própria cabeça", afirmou Amorim.’”
e) “‘...com a função de mostrar para o Irã que haverá consequências...”

8
PORTUGUÊS DESCOMPLICADO PARA CONCURSOS

GABARITO

01. D 06. E

02. B 07. E

03. A 08. C

04. A 09. A

05. D 10. D

9
PORTUGUÊS DESCOMPLICADO PARA CONCURSOS

10

Você também pode gostar