Você está na página 1de 8

PROCESSO SELETIVO

CURSO DE FORMAÇÃO
2005

Curso de Aperfeiçoamento de
Sargentos - CAS

INSTRUÇÕES GERAIS
• É de responsabilidade do candidato, certificar-se de que o “Curso para o qual concorre” informado no cartão de
respostas corresponde ao “Curso” informado nesta prova.
• O candidato receberá do fiscal:
- Um caderno de questões contendo 50 (cinqüenta) questões objetivas de múltipla escolha;
- Um cartão de respostas personalizado para o Exame Intelectual.
• Ao ser autorizado o início da prova, verifique, no caderno de questões, se a numeração das questões e a paginação
estão corretas.
• Você dispõe de 4 (quatro) horas para fazer o Exame Intelectual. Faça-o com tranqüilidade, mas controle o seu tempo. O
tempo do exame inclui a marcação do cartão de respostas.
• NÃO será permitido ao candidato copiar seus assinalamentos feitos no cartão de respostas.
• Somente após decorrida uma hora do início da prova, o candidato poderá entregar seu cartão de respostas e retirar-se
da sala de prova, sem levar o caderno de questões.
• Ao candidato somente será permitido levar seu caderno de questões faltando 1 (uma) hora para o término da mesma.
• Os 3 (três) últimos candidatos de cada sala só poderão ser liberados juntos.
• Após o término da prova, entregue ao fiscal o cartão de respostas devidamente assinado.
• Se você precisar de algum esclarecimento, solicite a presença do responsável pelo local.

INSTRUÇÕES - EXAME INTELECTUAL


• Verifique se os seus dados estão corretos no cartão de respostas.
• Leia atentamente cada questão e assinale no cartão de respostas a alternativa que mais adequadamente a responde.
• O cartão de respostas NÃO pode ser dobrado, amassado, rasurado, manchado ou conter qualquer registro fora dos
locais destinados às respostas.
• A maneira correta de assinalar a alternativa no cartão de respostas é cobrindo, fortemente, com caneta esferográfica
azul ou preta, o espaço a ela correspondente, conforme o exemplo a seguir:

A C D E
Atenção:
- Formas de marcação diferentes da que foi determinada implicarão a rejeição do cartão de respostas pela leitora ótica.
- A leitora ótica também NÃO registrará questões sem marcação, com marcação pouco nítida ou com mais de uma
alternativa assinalada.

CRONOGRAMA PREVISTO
ATIVIDADE DATA LOCAL

Divulgação do gabarito 11/07/2005 Boletim da SEDEC e


www.nce.ufrj.br/concursos
Interposição de recursos contra o gabarito 12 e 13/07/2005 Posto de Atendimento
Publicação/Divulgação do resultado dos recursos contra o 5/08/2005 Boletim da SEDEC e
gabarito e notas do Exame Intelectual www.nce.ufrj.br/concursos
Curso de Aperfeiçoamento de Sargentos - CAS 2005

LÍNGUA PORTUGUESA 1 - O título do texto usa a expressão “fazer a cabeça”; no


contexto em que se apresenta, essa expressão equivale
semanticamente ao verbo:

TEXTO – FAZENDO A CABEÇA DAS PESSOAS a) informar;


Dora Incontri, Estação Terra b) convencer;
c) ensinar;
Não é apenas de produtos que os jornais e as d) mostrar;
televisões podem fazer publicidade. Também se faz e) demonstrar.
propaganda de idéias. É o que se chama de propaganda
ideológica. Aí a coisa é ainda mais complicada. Isso
2 - “Também se faz propaganda de idéias”; a única forma
porque a publicidade de produtos é sempre clara. Isto é,
dessa frase do texto, reescrita abaixo, que ALTERA o
você sabe que está vendo uma propaganda. Já a
seu sentido inicial é:
propaganda de idéias muitas vezes aparece disfarçada.
Um problema sério em qualquer tipo de a) De idéias também se faz propaganda;
propaganda, seja de produtos ou de idéias, é o seguinte: b) Também é feita propaganda de idéias;
quem faz propaganda geralmente tem algum interesse c) É feita também propaganda de idéias;
em jogo (dinheiro, poder ou qualquer outro gênero). Esse d) Faz-se também propaganda de idéias;
interesse em convencer as pessoas de que o seu produto e) Idéias também se fazem de propaganda.
é o melhor ou de que a sua idéia é a melhor pode levar a
mentiras ou pelo menos a meias-verdades. [....]
3 - O vocábulo televisão tem por plural televisões; entre
É por isso que o público deve estar sempre alerta, os itens abaixo, aquele que apresenta uma forma de plural
de olhos e ouvidos muito abertos, questionando tudo o em –ões ERRADA é:
que entra na sua cabeça. Mas aí é que está... A
característica principal da propaganda é não se dirigir ao a) apagões;
raciocínio das pessoas. Se fosse dirigida à razão, seria b) corrimões;
mais fácil não nos deixarmos influenciar por ela. A razão c) cidadões;
discute, pesa o que é vantajoso e o que não é. Mas não! d) vulcões;
e) anões.
A publicidade se dirige à parte emocional do ser humano,
ao seu mundo de sensações e de fantasias.
É o caso, por exemplo, de uma propaganda de 4. Já os substantivos meias-verdades e asas-delta fazem
cigarro: mulheres e homens bonitos, carros velozes, o plural da mesma forma, respectivamente, de:
cavalos, aviões, asas-delta, luxo, riqueza, liberdade...
Emoção, aventura, beleza, dinheiro – tudo com que o ser a) guarda-noturno; caneta-tinteiro;
humano geralmente sonha, tudo o que ele gostaria de b) segunda-feira; boa-vida;
ser ou ter. A propaganda liga todas essas sensações de c) pão-de-ló; navio-escola;
d) guarda-pó; tenente-coronel;
sonho com a marca do cigarro. Isso é uma mentira
e) abaixo-assinado; banana-maçã.
deslavada! Se você fuma o cigarro anunciado, você não
fica nem rico nem bonito, nem arranja uma boa aventura.
O máximo que você pode conseguir é um belo câncer de 5 - “Mas aí é que está...”; as reticências neste segmento do
pulmão. terceiro parágrafo do texto poderiam ser convenientemente
É assim, mais ou menos, com todos os outros completadas por:
produtos. Um refrigerante pode matar a sede e ser
refrescante como diz a propaganda, mas não é tão a) a diferença;
b) a verdade;
saudável como anunciam. Refrigerantes engordam e
c) o problema;
provocam cáries.
d) o mistério;
Também na propaganda das idéias, usa-se esse e) o segredo.
tipo de ligação mentirosa. Os políticos, em véspera de
eleições, beijam as criancinhas para fazer propaganda
de si mesmos. É geral a idéia de que alguém que gosta 6 - “Se fosse dirigida à razão, seria mais fácil”; a frase
de crianças só pode ser um bom sujeito. Então, mesmo abaixo em que a correspondência dos tempos verbais
se não gostam, políticos do mundo inteiro beijam NÃO está correta é:
criancinhas, para parecerem simpáticos. Mas é óbvio que
a) Se for dirigida à razão, será mais fácil;
beijar criancinhas não tem nada que ver com a
b) Se tivesse sido dirigida à razão, teria sido mais fácil;
competência política. No entanto, o gesto pode influenciar c) Se é dirigida à razão, é mais fácil;
os eleitores, sem que eles mesmos percebam. d) Se fosse dirigida à razão, era mais fácil;
e) Se fosse dirigida à razão, foi mais fácil.
2
Curso de Aperfeiçoamento de Sargentos - CAS 2005

7 - O texto opõe a publicidade de produtos à propaganda 12 - “A publicidade se dirige à parte emocional do ser
de idéias em uma série de pontos; o item abaixo que humano”; a frase abaixo em que o acento grave indicativo
apresenta uma oposição respectivamente adequada de da crase é empregado corretamente é:
elementos é:
a) A publicidade se dirige à mulheres consumistas;
a) propaganda ideológica X propaganda comercial; b) Os produtos não vendidos voltam às prateleiras;
b) clara X disfarçada; c) Os cartazes mostram os produtos à todos;
c) mais complicada X menos complicada; d) Nem todas as compras são feitas à crédito;
d) apelo ao emocional X apelo ao racional; e) O mundo da moda vai à Paris.
e) consciência X inconsciência.

13 - “É geral a idéia de que alguém que gosta de crianças


8 - O texto diz que a publicidade se dirige à parte emocional só pode ser um bom sujeito”; nesse caso, pode-se dizer
do ser humano, ao seu mundo de sensações e fantasias; que:
em muitos casos, porém, ela apela para a racionalidade
do leitor. O item abaixo que exemplifica esse apelo à a) só é bom sujeito quem gosta de crianças;
racionalidade é: b) se é bom sujeito, gosta de crianças;
c) é bom sujeito, mas gosta de crianças;
a) Não deixe para amanhã o que pode fazer hoje! d) é bom sujeito, apesar de gostar de crianças;
b) Compre Peugeot! É mais francês! e) gosta de crianças, embora seja bom sujeito.
c) Use desodorante Avanço, que elas avançam!
d) Os pneus Michelin levam você a Paris!
e) Brasil! Ame-o ou deixe-o! 14 - Segundo o último parágrafo do texto, os políticos
beijam criancinhas porque:

9 - “mulheres e homens bonitos”; a única forma ERRADA


a) são bons sujeitos;
entre as que estão abaixo, mantendo-se o sentido original
b) gostam delas;
do segmento é:
c) as crianças são simpáticas;
d) ganham votos por serem simpáticos;
a) bonitas mulheres e homens;
e) mostram assim a sua competência política.
b) bonitos homens e mulheres;
c) homens e mulheres bonitas;
d) homens e mulheres bonitos;
15 - O diminutivo criancinhas também tem valor afetivo; o
e) bonitos mulheres e homens.
substantivo abaixo que NÃO traz uma forma diminutiva
é:
10 - “tudo COM QUE o ser humano geralmente sonha”;
a) cigarrinho;
usa-se a preposição COM, nesse segmento, por exigência
b) cavalinho;
do verbo sonhar; a frase abaixo que apresenta ERRO no
c) carinho;
emprego de preposição é:
d) dinheirinho;
a) a publicidade de que gosto; e) eleiçãozinha.
b) o produto com que simpatizei;
c) o produto de que comentei;
d) as fantasias a que o produto apela; 16 - “O gesto pode influenciar os eleitores, sem que eles
e) as idéias de que se faz propaganda. mesmos percebam”; a forma dessa mesma frase que
ALTERA o seu sentido original é:

11 - A propaganda de cigarro exemplificada no quarto a) Sem que os eleitores mesmos percebam, o gesto
parágrafo do texto tem a finalidade de: pode influenciá-los;
b) Os eleitores podem ser influenciados pelo gesto, sem
a) mostrar o que é uma propaganda ideológica; que eles mesmos percebam;
b) destacar uma publicidade de produto realizada de c) Sem que eles mesmos percebam, os eleitores podem
forma clara; ser influenciados pelo gesto;
c) indicar uma propaganda magnificamente bem d) Sem que os eleitores mesmos percebam, eles podem
realizada; ser influenciados pelo gesto;
d) demonstrar uma mentira ou uma meia-verdade; e) O gesto mesmo pode influenciá-los, sem que eles
e) sublinhar o apelo à razão que o autor defende. percebam.
3
Curso de Aperfeiçoamento de Sargentos - CAS 2005

MATEMÁTICA O novo preço, em reais, é então de:

a) 108,30;
17 - Se A representa o conjunto dos trabalhadores que,
b) 119,70;
numa certa cidade, usam algum tipo de transporte público c) 121,50;
para se deslocar para o trabalho, se B representa o conjunto d) 125,80;
dos trabalhadores que se deslocam apenas de ônibus e C e) 130,10.
representa o conjunto dos trabalhadores que se deslocam
apenas de metrô, então é correto afirmar que:
22 - O resultado de (0,232323 ...) × 990 − 5
a) A ∪ B = C; é igual a: × 0,555 ...
b) A ∩ C ⊂ B; 55
c) B ∪ C ⊂ A; a) 0,04;
d) B ∪ C = A; b) 0,2;
e) A ∩ B ∩ C = ∅. c) 1;
d) 5;
e) 25.
18 - x, y e z são números tais que
x = 2 10 × 3 5 × 11 × 13 4 , 23 - Se, numa vila que só tem casas, nem toda casa tem
y = 2 5 × 3 3 × 7 4 × 13 5 × 19 , varanda, mas toda casa que tem varanda tem jardim,
então NÃO é correto afirmar que:
z = 2 3 × 3 22 × 112 × 13 .
a) há casas que não têm varanda;
O máximo divisor comum entre x, y e z é igual a:
b) pode haver casas sem varanda mas com jardim;
c) existe pelo menos uma casa que tem varanda e tem jardim;
a) 146; d) toda casa que não tem jardim não tem varanda;
b) 280; e) não há casas sem jardim.
c) 1.542;
d) 2.808;
e) 3.764. 24 - Quando duas retas co-planares se interceptam,
quatro ângulos são formados no ponto de interseção, dois
maiores e dois menores. Se o maior ângulo é de 132o,
19 - Um instrutor de matemática escreve no quadro-negro então a medida do menor ângulo é:
os seguintes números:
a) 48o;
3 7 39
3 4 2
16 b) 56o;
64 , , , , c) 72o;
4 81 6 3
3 4
d) 80o;
Em seguida, ele pergunta quantos desses números são e) 102o.
menores que 1. A resposta correta é:

a) 0;
25 - Há um foco de incêndio em um certo ponto F da
b) 1;
cidade. A brigada de incêndio está no ponto P e há cinco
c) 2;
caminhos possíveis de P para F, os percursos PAF, PBF,
d) 3;
PCF, PDF e PEF, como mostra a figura a seguir:
e) 4.
A B C
F
20 - André é um ano mais velho que Bernardo, que é um
ano mais velho que Cardoso, que é um ano mais velho
que Demétrio. A soma das idades dos quatro é 190. Então,
daqui a 16 anos Demétrio terá a seguinte idade:
E
a) 64;
b) 62;
P D
c) 60;
d) 58;
e) 56. A figura representa fielmente, em escala, os caminhos reais,
todos planos. O menor percurso de P para F é então dado por:

a) PAF;
21 - Um par de botas de uma certa marca custava, há
b) PBF;
dois meses, R$95,00 na loja do Sr. Manuel. Nessa c) PCF;
ocasião, ele reajustou o preço em 20% e, ontem voltou a d) PDF;
reajustar o preço do par de botas, dessa vez em 5%. e) PEF.
4
Curso de Aperfeiçoamento de Sargentos - CAS 2005

26 - Um bairro com o formato retangular de lados 1,2km CONHECIMENTOS


e 800m será representado em um mapa na escala 1:5.000,
ou seja, cada 1cm no mapa corresponde a 5.000cm reais. PROFISSIONAIS DE BOMBEIRO
O bairro será então representado, no mapa, por um MILITAR
retângulo que terá o seguinte perímetro, em centímetros:

a) 40;
b) 50; 31 - Um incêndio florestal iniciou-se, conforme
c) 60; descobriu a perícia, porque um caco de vidro lançado
d) 70; na mata concentrou a luz solar sobre a vegetação
e) 80. seca, provocando a irrupção do sinistro. É correto
afirmar que esse incêndio iniciou-se por causa
denominada:
27 - Se sortearmos ao acaso uma pessoa de um grupo de
N pessoas, a probabilidade de que cada pessoa seja
escolhida é 1/N. O elenco de uma equipe de futebol é a) combustão espontânea;
composto por dois goleiros, oito zagueiros, seis armadores b) atrito;
e quatro atacantes. Se sortearmos ao acaso um jogador c) eletricidade estática;
desse elenco, a probabilidade de que ele seja um armador d) convergência luminosa;
é de: e) combustão química.

a) 25%;
b) 30%; 32 - O método de combate a incêndio florestal pela
c) 40%; utilização de aceiros é denominado:
d) 50%;
e) 60%.
a) direto;
b) indireto;
28 - Há seis caminhos que ligam o acampamento A ao c) intermediário;
acampamento B e há três caminhos ligando o acampamento d) paralelo;
B ao acampamento C. Não há caminhos diretos de A para C. e) intermitente.
Um grupo de pessoas quer ir de A para C, passando por B. O
número de trajetos diferentes que podem ser escolhidos é:
33 - As cordas ideais para o salvamento no plano vertical
a) 6; são as fabricadas com fibras de origem:
b) 9;
c) 12; a) animal;
d) 18; b) sintética;
e) 30.
c) vegetal;
d) mineral;
29 - Dois números naturais x e y são tais que e) industrial.

4 < x + y < 10 e 0 < x – y < 3.


Assinale a opção que NÃO apresenta valores possíveis 34 - Sobre a utilização das auto escadas mecânicas, é
para x e y, respectivamente: INCORRETO afirmar que:

a) 3 e 2; a) o acesso de elementos à escada não é permitido


b) 5 e 4;
c) 4 e 3; sem a certeza de que ela está armada;
d) 5 e 3; b) a escada não deve ser armada, sem estaiamento,
e) 6 e 3. acima de vinte e cinco metros de altura;
c) os degraus da escada devem ser utilizados para o
bombeiro-militar segurar-se e galgá-la, e não seus
30 - Se  x  representa o módulo de um número x, então banzos, quando a escada estiver armada acima de
o resultado de  2 – 3 + 5  –  – 3 – 9  +  5 – 6 é :
55º de inclinação;
a) –7; d) o bombeiro-militar deve sempre se posicionar à
b) –3; retaguarda da vítima que estiver descendo a escada;
c) 0; e) não é permitida a subida de mais de um homem em
d) 1; cada lanço da escada, mesmo que ela esteja apoiada.
e) 8.
5
Curso de Aperfeiçoamento de Sargentos - CAS 2005

35 - Havendo necessidade de transmissão de uma b) qualquer manipulação da cabeça e pescoço deve ser
mensagem de máxima urgência, e caso a rede de feita “em bloco”, mantendo o pescoço alinhado à
comunicações esteja congestionada, deverá o operador cabeça e ao corpo;
de comunicações, usando a terminologia adequada e c) arrancar a vítima precipitadamente pode agravar ou
específica de seu serviço, solicitar pelo rádio gerar lesões graves irreversíveis;
transreceptor: d) se houver necessidade de extricação de veículo, a
manobra indicada é a da “Chave de Rautek”;
a) prioridade; e) as técnicas de transporte com 3 socorristas são as
b) preferência; que mais se aproximam do ideal, uma vez que
c) exclusividade; permitem a proteção da coluna vertebral da vítima.
d) privacidade;
e) silêncio na rede.
40 - Na abordagem das queimaduras leves, assinale a
ação INCORRETA:
36 - Efetuando um órgão governamental da área de
Segurança Pública uma solicitação de socorro, é correto a) não usar pomadas ou cremes sobre as queimaduras;
afirmar que a confirmação, como fase do socorro: b) resfriar a área queimada jogando água fria por 10
minutos;
a) é efetuada pelo Comandante do Socorro; c) não fazer imersão da área queimada;
b) deve ser feita após o registro do recebimento do aviso; d) limpar a queimadura com pano limpo após a lavagem;
c) é efetuada pelo operador de rádio e confirmada pelo e) desfazer cuidadosamente as bolhas com agulha
Comandante do Socorro; estéril.
d) é dispensada;
e) é efetuada pelo Comandante do Solicitante.
41 - Ao receber os autos de um processo do Conselho de
Disciplina, a autoridade nomeante considera que a praça
37 - Sobre a apresentação e o hasteamento da Bandeira BM não teve culpa pelos fatos pelos quais foi acusada.
Nacional, é INCORRETO afirmar: Neste caso, deverá a autoridade nomeante determinar:

a) no dia 19 de novembro, o hasteamento é realizado às a) o arquivamento do processo;


oito horas; b) a aplicação de pena disciplinar;
b) durante a noite, a Bandeira deve estar devidamente c) a remessa do processo à Auditoria de Justiça Militar;
iluminada; d) a reforma a bem da disciplina;
c) a Bandeira Nacional é a primeira a atingir o topo e a e) a exclusão por necessidade do serviço.
última a descer, quando várias forem hasteadas;
d) nas escolas particulares, é obrigatório o hasteamento
solene da Bandeira, ao menos uma vez por semana 42 - O 3º Sgt. BM José deixou de ser promovido na data
durante o ano letivo; devida porque, quando da elaboração do quadro de acesso
e) a Bandeira Nacional pode ser apresentada reproduzida por antigüidade, seu nome não foi incluído, em virtude de
sobre paredes. estar ele respondendo a processo penal perante a Auditoria
de Justiça Militar. Encerrado este processo, ele foi
absolvido por sentença transitada em julgado. Nesse
38 - A melhor abordagem para conter sangramentos caso, o 3º Sgt. BM José poderá pleitear sua promoção
externos em vítimas de acidentes é: pelo seguinte critério:

a) aplicação de torniquetes acima do ponto de sangramento; a) antigüidade;


b) compressão manual imediata, antes mesmo de iniciar b) merecimento;
o ABC da reanimação cardiopulmonar; c) ressarcimento judicial;
c) compressão manual, realizada somente após ter sido d) reconsideração;
completado o ABC da reanimação cardiopulmonar; e) ressarcimento de preterição.
d) instilação de adrenalina no local do sangramento;
e) transfusão imediata de sangue “O negativo”.
43 - O ato administrativo que vincula o bombeiro-militar a
uma OBM, sem lhe atribuir a situação de efetivo, é
39 - Em relação às técnicas de extricação e transporte denominado:
de pacientes, assinale a afirmativa INCORRETA:
a) inclusão;
a) no caso de confinamento, deve-se tentar retirar as b) efetivação;
vítimas das ferragens ou escombros que as envolvem, c) adição;
e não o contrário; d) nomeação;
e) designação.
6
Curso de Aperfeiçoamento de Sargentos - CAS 2005

44 - Constituem modalidades de início do inquérito policial 49 - O Sd BM Antônio praticou uma transgressão


militar, EXCETO: disciplinar classificada por seu Comandante como de
natureza leve. Nesse caso, e de acordo com o que
a) de ofício, pela autoridade militar competente; prescreve o RDCBMERJ, o militar está sujeito a sofrer
b) por determinação de autoridade militar superior; punição dentro dos seguintes limites:
c) em virtude de requisição do Ministério Público;
d) por decisão do Superior Tribunal Militar; a) de detenção até dez dias de prisão;
e) em virtude de requisição do Delegado de Polícia. b) de advertência até dez dias de prisão;
c) de prisão até exclusão a bem da disciplina;
d) de advertência até dez dias de detenção;
45 - Determina o Código de Processo Penal Militar que o e) de advertência até licenciamento a bem da disciplina.
prazo para encerramento do inquérito penal militar,
estando o indiciado preso, é de:
50 - O Estatuto dos bombeiros-militares conceitua quais
a) vinte dias; são os deveres de seus integrantes e estabelece normas
b) quarenta dias, prorrogáveis por igual prazo; de comando e subordinação, sendo INCORRETO afirmar:
c) vinte dias, prorrogáveis por mais dez dias;
a) os oficiais são preparados para exercício de funções
d) quarenta dias, prorrogáveis por mais vinte dias, pela
de comando ao longo de sua carreira;
autoridade militar superior;
b) os subtenentes auxiliam e complementam as
e) quarenta dias, improrrogáveis.
atividades dos oficiais;
c) culto aos Símbolos Nacionais não é previsto
expressamente no Estatuto dos Bombeiros Militares;
46 - O bombeiro-militar que repele injusta agressão, atual d) os cabos e soldados são essencialmente elementos
ou iminente, a direito seu ou de terceiro, usando de execução;
moderadamente os meios necessários, age em: e) é dever dos bombeiros-militares disciplina e respeito
à hierarquia.
a) legítima defesa;
b) estado de necessidade;
c) estrito cumprimento do dever legal;
d) exercício regular de direito;
e) excesso culposo.

47 - O 3ºSgt. BM Alexandre exigiu de um particular taxa


indevida para a realização de um evento festivo, sendo
sua conduta tipificada como o crime de:

a) corrupção ativa;
b) concussão;
c) excesso de exação;
d) corrupção passiva;
e) peculato.

48 - Conforme o RDCBMERJ, o fato de uma transgressão


disciplinar ter sido praticada por motivo de força maior
configura uma causa de:

a) atenuação;
b) justificação;
c) agravamento;
d) explicação;
e) legitimação;

7
Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro - CBMERJ
Processo Seletivo - 2005
Curso de Habilitação ao Oficialato Administrativo e Especialista - CHOAE
Curso de Aperfeiçoamento de Sargentos – CAS
Curso de Formação de Sargentos – CFS
Curso de Formação de Cabos – CFC

Gabarito após recurso

Curso de Habilitação ao Oficialato Administrativo e Especialista - CHOAE

Questão 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
Gabarito B C A B D C E A D D C A D B E D B A A D

Questão 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40
Gabarito E C D D E C C D B E A E C D B A C * E A

Questão 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50
Gabarito E C D B A C E B C D

Questão 38 anulada

Curso de Aperfeiçoamento de Sargentos - CAS

Questão 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
Gabarito B E C A C E B A E C D B B D C E C D E B

Questão 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40
Gabarito B A E A C E B D E A D B B E A D A C A E

Questão 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50
Gabarito A E C E A A C B D C

Curso de Formação de Sargentos - CFS

Questão 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
Gabarito B B C A E D C A C E C E D D E A B B A D

Questão 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40
Gabarito A A B E A D B C * E E C E C A E B D C E

Questão 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50
Gabarito D C A B A D A E B *
Questão 29 anulada
Questão 50 anulada

Realização - NÚCLEO DE COMPUTAÇÃO ELETRÔNICA - UFRJ

Você também pode gostar