Você está na página 1de 4

CONTABILIDADE SOCIAL: ATIVIDADE 17/10

Nome do aluno: Felipe da Silva Andrade


Matrícula: 2021

Questão1: Quais as duas formas de investimento?


Resposta: Variação de estoques e formação de capital livre.

Questão 2: Defina investimento não planejado e dê um exemplo.


Resposta: Investimentos não planejado, basicamente, são variações de estoque que ocorrem de forma
imprevista. Uma forma muito boa de exemplificar esse acontecimento se da quando uma empresa, ou
derivados, produz uma quantidade muito grande de artigos de algum seguimento, mas que, por alguma
razão, não consegue vende-los de uma forma proporcional a produção.

Questão 3: Qual a diferença entre o valor bruto da produção e o produto líquido?


Resposta: O valor bruto da produção fala sobre todo o montante do processo produtivo, porém, o líquido,
se tem a necessidade de subtrair os desgastes de maquinário e dos equipamentos utilizados no processo
produtivo, logo, a depreciação é a maior diferença dos dois cenários.

Questão 4: Nas afirmações abaixo indique verdadeiro ou falso e justifique a sua resposta:
Afirmação A) O produto líquido é necessariamente maior que o bruto?
Resposta com justificativa: Falso, pois, o produto líquido é sempre menor que o produto bruto, já que
nele a implicadores que se subtraem ao número final como explicado na questão anterior, enquanto isso,
no produto bruto, não se tem inserção dessas questões diminuidoras.
Afirmação B) O produto a custo de fatores é necessariamente menor que o produto a preços de mercado?
Resposta com justificativa: Falso, pois, há a chance de ele ser maior, ou, até mesmo, menor, pois essa
questão depende dos impostos indiretos e subsídios.
Afirmação C) O produto nacional é necessariamente maior que o produto interno?
Resposta com justificativa: Falso, pois, quando a economia de uma nação começa a enviar mais
produção de renda que recebe o produto interno é maior. Entretanto, há, também, a chance de equalizar os
dois fatores quando a nação envia e recebe na mesma proporção.

Questão 5: Considere as informações abaixo e calcule:


Conta $Bilhão
Valor da produção final 200
Consumo das famílias 80
Formação bruta de capital fixo 25
Exportações de bens e serviços de não fatores 23
Importações de bens e serviços de não fatores 13
Consumo das Administrações Públicas 30
Variação de estoques 5
Consumo Intermediário 85
Impostos líquidos sobre produtos 35
Impostos sobre a produção e importação 30
Subsídios sobre a produção e importação 10
Remuneração dos assalariados 60
Excedente Operacional Bruto 70
Renda Líquida Enviada ao Exterior 15
Transferências unilaterais de renda 5
Depreciação 10
A) O PIB desta economia por suas três óticas.
Primeira ótica: referente a oferta:
Resposta: PIB: Σ VABI + (Impostos – Subsídios)
PIB: 200 + 35 – 85 = 150
Segunda ótica: referente a renda:
Resposta: PIB: remuneração dos assalariados + excedente operacional bruto + impostos sobre a produção
e importação – subsídios sobre a produção e importação
PIB: 60 + 70 + 30 – 10 = 150
Terceira ótica: referente a despesa:
Resposta: PIB: C + I + G + (X – M)
PIB: 80 + 30 + 25 + 5 + 23 – 13 = 150
B) O PNB, o PIL e a RND
Resposta: PNB = PIB – RLEE
PNB = 150 – 15 = 135

PIL = PIB – DEP


PIL = 150 – 10 = 140
C) A poupança externa
Resposta: SE = MNF – XMF + REEL – TUR
SE = 13 – 23 + 15 – 5 = 0

Questão 6: Sobre os conceitos básicos da contabilidade social marque a afirmação INCORRETA e


explique o que há de errado nessa afirmação:
Resposta com justificativa: Alternativa B, um desastre natural sempre reduz o PIB, é a incorreta, pois,
nem sempre essa ocorrência se torna sinônimo para diminuição do PIN, em alguns cenários, um caso de
desastre natural pode gerar um plano de reconstrução nacional que fomenta a economia do país, ou área
em questão.

Questão 7: Quanto aos agregados econômicos “Produto potencial” e “Produto interno líquido”, responda:
A) O que significa o Produto potencial de uma economia?
Resposta: O produto potencial em uma economia, nada mais é que um produto condizente com uma taxa
inflacionária estável.
B) Se há crescimento do Produto potencial em determinado ano, isto significa que também há
necessariamente crescimento do produto interno bruto nesse ano? Explique.
Resposta com explicação: Não, pois, se tem como ocorrer crescimento do produto potencial graças ao
aumento da mão de obra disponível na nação, porém, como essa população não se encontra empregada o
PIB não consegue se elevar.
C) Qual a diferença entre produto interno bruto e produto interno líquido?
Resposta: O produto interno líquido se refere a medida usada para relacionar a quantidade de riqueza de
uma nação, com sua capacidade produtiva. Já produto interno bruto se refere a quantidade de riqueza de
uma nação sem nenhum outro implicador.

Questão 8: Pode-se dividir as variáveis macroeconômicas em duas categorias: variáveis “estoque” e


variáveis “fluxo”. Assim podemos afirmar que:
Resposta: A alternativa D que fala: o investimento agregado, o consumo agregado e a dívida pública são
variáveis “fluxo” ao passo que a renda agregada, o déficit orçamentário e a quantidade de capital na
economia não variáveis “estoque”.

Questão 9: Considere:
IPR: investimento privado
IPU: investimento publico
SPR: poupança privada
SG: poupança do governo
SE: poupança externa
Com base nas identidade macroeconômicas fundamentais, pode-se afirmar que:
Resposta: A alternativa correta é a letra B: déficit público = SPR – IPR + SE

Questão 10: Com relação aos conceitos de produtos agregados, podemos afirmar que:
Resposta: A alternativa correta é a B que diz: o produto nacional é necessariamente maior que o interno;
o produto bruto é necessariamente maior que o líquido; e o produto a preço de mercado é necessariamente
maior do que o produto a custo de fatores.

Questão 11: O que difere Produto Interno Bruto de Produto Nacional Bruto?
Resposta: Alternativa correta é a E: a renda líquida enviada ou recebida do exterior.

Questão 12: Com relação ao processo de mensuração do produto agregado, é correto


afirmar que:
Resposta: Alternativa E: nem todo bem cujo valor entra no cálculo do produto é um bem final por
natureza.

Questão 13: Identifique a transação ou atividade abaixo que não seria computada nos cálculos das contas
nacionais e do Produto interno bruto.
Resposta: Alternativa D: a compra de um pedaço de terra

Questão 14: Considere um sistema de contas nacionais para uma economia aberta sem governo. Suponha
os seguintes dados:
Importação de bens e serviços não fatores = 100
Renda líquida enviada ao exterior = 50
Renda nacional líquida ´= 1.000
Depreciações = 5
Exportação de bens e serviços não fatores = 200
Consumo pessoal = 500
Variação de estoques = 800
Com base nessas informações, é correto afirmar que a formação bruta de capital fixo é
Resposta: Alternativa A 375
RNL + RLEE = RLI + D = RIB = PIBcf
1055 + 100 = 500 + FBKF + 200 + 80
FBKF = 375

Questão 15: Considere os seguintes dados:


Produto interno bruto e custo de fatores = 1.000
Renda enviada ao exterior = 100
Renda recebida do exterior = 50
Impostos indiretos = 150
Depreciações = 30
Com base nessas informações, o Produto nacional bruto a custo de fatores e a renda nacional líquida a
preços de mercado são, respectivamente:
Resposta: Alternativa D 950 3 1.020
PNBcf = 1.000 – 50 = 950
PNLef = 950 – 30 = 920
PNLpm = 920 + 150 = 1.020

Questão 16: Considere os seguintes dados:


Poupança líquida: 100
Depreciações: 5
Variação do estoque: 50
Com base nessas informações e considerando uma economia fechada e sem governo, a formação bruta de
capital fixo e a poupança bruta total são, respectivamente:
Resposta: Alternativa B 55 e 105
SP = SL + D
SP = 100 + 5 = 105
I = 100 + 5 = 105
FBKF = I – VE
FBKF = 105 -50 = 55

Questão 17: Considere que:


PIBcf = 1000
Depreciação = 20
Renda enviada ao exterior = 150
Renda recebida do exterior = 50
Impostos indiretos = 30
Subsídios = 10
Resposta: Alternativa E 920 e 880
PNBcf = PIBcf – RLEE
PNBcf = 1000 – 100 = 900
PNBpm = PNBcf + II – D
PNBpm = 900 + 30 – 20 = 920
RNLcf = RNBcf – D
RNLcf = 900 20 = 880

Questão 18: Considere uma economia hipotética com os seguintes dados:


Exportação de bens e serviços não fatores = 300
Importação de bens e serviços não fatores = 100
Renda recebida do exterior = 50
Renda enviada ao exterior = 60
Poupança interna líquida = 200
Variação de estoques = 100
Depreciação = 50
Com base nestes dados, a poupança externa e a formação bruta de capital fixo desta economia são,
respectivamente:
Resposta: Alternativa B 400 e 550

Você também pode gostar