Você está na página 1de 2

Alberich, a cidade das mil portas

Alberich é a principal cidade do continente de Opath. Ela tem por volta de 5,4km de uma
ponta a outra. Sua população beira os 6 milhões de habitantes.

Algumas características:
● Alberich é composta por dois muros hexagonais que dividem a cidade e três
distritos:
- parte de fora, onde tem campos de produção rural e casas mais humildes, com pessoas
que muitas vezes não tem dinheiro pra viver do lado de dentro dos muros. É possível
encontrar fazendas que magicamente são mantidas em uma estação específica, como
primavera, mesmo que o mundo esteja em outra. Também encontram-se grandes ossadas
gigantes muito anteriores a cidade, ninguém sabe exatamente o que é. Também existem
cassinos que ficam fora da cidade para evitar problemas com a polícia.

- Separadas do lado de fora por uma grande muralha hexagonal há os casebres. Essa é a
região onde a maior parte da população habita. Ou seja, as pessoas mais comuns e com
menos dinheiro, portanto essa área também é a que tem a maior atividade criminosa.

- Velha Alberich também é separada da área dos casebres por uma muralha hexagonal
interna. Lá é onde vivem os nobres e pessoas de mais influentes. Nessa região encontra-se
o senado e também a Universidade Arcana de Opath, além de outras coisas.

● Por toda a extensão de Alberich, inclusive ao redor da cidade, podem ser


encontradas antigas ruínas de elephus que eram dádivas que habitavam a região
quando as demais encontraram a cidade.

● Na parte sudeste de Alberich existe uma floresta que ultrapassa os limites da cidade.
É possível encontrar diversos círculos druídicos em atuação nessa área.

● A muralha externa está em reforma em alguns pontos.

Pontos importantes:
● O Templo da Arquiteta (sacrifício em nome de um plano maior é o nome verdadeira
do templo) é o local onde a deusa supostamente morreu. Foi criado nesse local um
templo em homenagem a divindade. Dizem que seu corpo está presente lá. Ele se
localiza na região dos casebres e também é uma estalagem. Com certeza é um local
importante para aventureiros.

● O templo de Ruedim (titã dos urodelos) se localiza na Velha Alberich e serve como
local de adoração a vários titãsu. O local é envolto em uma grande área florestal.

● Praça portal é onde se encontram vários portais que conectam Alberich a todas as
grandes capitais de Opath. Esse é um local extremamente burocrático, caro e tem
filas grandes.

● Vereda Coríntia é a grande avenida principal que sai do centro sul de velha Alberich
para o extremo norte.
● C.O.P.A - central de operações da polícia de alberich. Localizado próximo ao muro
interno, entre os dois distritos. O muro da uma volta na sede da COPA
- DIPS - divisão de investigação de portas e salas. Lida com crimes mágicos e salas ilegais.

● Rio Alber - rio que corta a cidade e tem piratas fluviais que navegam-o e fazem
tráfico de armas e outras coisas.

● Universidade Arcana de Opath - uma porta dupla de 2,5m. O batente da porta é feito
de uma madeira escura que serve de moldura para uma belíssima porta de marfim e
nácar que é adornada com temas cósmicos (nácar remete a conchas) que leva a um
subplano onde se encontra a universidade. Serve como centro de pesquisa mágica
e oculta. É dividida em 4 colégios: o das artes maiores, o das artes cósmicas,
colégio das fórmulas alquimicas e colégio da mãe vida.

Governo:
Alberich é governada por diversos senadores que representam os legados e teoricamente
sempre tem uma cadeira para o povo. Cada legado tem uma cadeira no senado e
representa os interesses de seu povo.

Vampiros

Os vampiros se refugiaram em Opath vindos de além da garoa. Eles estabeleceram morada


no deserto de Mir Mir e sua principal cidade é Kravokia. Ela apresenta uma arquitetura
gótica com muita fumaça e tecnologia e é considerada a grande capital alquímica. A cidade
é historicamente governada por mulheres fortes de duas famílias nobres que foram as
principais responsáveis pela rebelião contra Wapirnier, o seco, titã que criou os vampiros.
Eles tem a pele escura como carvalho e olhos felinos.

Você também pode gostar