Você está na página 1de 10

Teste de Sociologia

Objeto de estudo da Sociologia


É uma ciência social que estuda fenómenos sociais.
Tem como objeto de estudo a realidade social.
Realidade social
Conjunto de interações entre os indivíduos. Compreende as maneiras de sentir, pensar e agir e as
relações sociais nos diferentes contextos sociais.

Características dos fenómenos sociais


Fenómenos (factos) Sociais
Decorrem da vida em sociedade

Características dos fenómenos sociais:


Relatividade: os factos sociais devem ser contextualizados no tempo e no espaço em que ocorrem
Exterioridade: os factos sociais impõem-se de fora ao indivíduo como “coisas”, exteriores à sua
consciência
Coercitividade: a sociedade constrange os indivíduos ao cumprimento das normas sociais e dos
modelos de comportamento

A interdisciplinaridade e complementaridade nas ciências sociais

As ciências sociais são complementares.


Para compreender profundamente um fenómeno social é necessário estudá-lo a partir de diferentes
perspetivas.

Fenómeno Social
Tudo que decorre da vida em sociedade

Fenómeno Sociológico
Fenómeno Social analisado segundo a perspetiva da Sociologia

A construção do conhecimento científico em Sociologia: senso comum e conhecimento


científico.
Conhecimento do senso comum
Subjetivo
Espontâneo
Errático
Ingénuo
Dogmático

Conhecimento científico
Objetivo
Sistemático
Metódico
Crítico
Comprovável/ verificável

Dificuldades na produção de conhecimento científico em Sociologia.


- Obstáculos Epistemológicos

Senso comum: Baseia-se em valores, preconceitos, tradições e falsas evidências. É objetivo.


Familiaridade com o social: Os indivíduos acham que são competentes para explicar os fenómenos
sociais, mas apenas têm deles um conhecimento distorcido.
Ilusão da transparência do social: Os indivíduos consideram que conhecem a realidade social por
estar muito próxima
Naturalismo: Conceção que considera a Sociologia como uma ciência natural. No entanto, nada mais
é tão “antinatural” como o social.
Individualismo: Conceção segundo a qual a realidade social seria explicada pelos comportamentos
individuais sem se entender que estes são produtos da sociedade.
Etnocentrismo: Conceção em que a cultura do indivíduo que investiga é o referente para analisar os
fenómenos sociais.

p.39

Estratégias de investigação:intensiva e extensiva; universo e amostra.

Teoria
Enunciados que explicam regularidades sociais. Ajuda a compreender os fenómenos sociais.
Meios de investigação
- Métodos
- Técnicas

Público alvo da investigação

Público-alvo
Conjunto de indivíduos sobre os quais assenta a investigação

Universo
Totalidade dos indivíduos que constituem o nosso público-alvo

Amostra representativa
Subconjunto do universo que apresenta as mesmas características que o universo, relativamente a um
conjunto de critérios ou variáveis que o investigador considera significativas para a investigação.

Métodos de investigação

Estraégia de investigação
Conjunto de procedimentos que orientam a pesquisa científica, incluindo a seleção de técnicas, o seu
contolo e a integração dos resultados obtidos.

Intensiva
Estudo de um fenómeno social em profundidade.
Estudo de casos

Extensiva
Estudo de um fenómeno social em quantidade.
Estudo de medida; quantitativo

Investigação-ação
O investigador participa com os investigados, centrando-se na reflexão crítica e na atitude operacional
das práticas que podem ser o ponto de partida para novas teorias.

Etapas de Investigação
Técnicas de investigação:entrevista e inquérito por questionário.

Técnicas

Obtenção da informação

Técnicas documentais

Fontes primárias: documentos produzidos pelo próprio investigador


Fontes secundárias: fontes já existentes e concebidas por outras razões que não a do estudo

Técnicas de observação

Direta: Observação participante ou método etnográfico


Técnica de pesquisa em que o investigador faz parte do grupo estudado
Articula várias técnicas e é geralmente registada através de um diário de campo.
Indireta: Observação não participante
Técnica de pesquisa em que o investigador não faz parte do grupo em estudo
Pode ser dividida em duas técnicas: a entrevista e o inquérito por questionário

Técnicas de inquirição

O significado sociológico de cultura.

Cultura
- Analisada na perspetiva da sua dimensão social
- Fenómenos culturais
Conjunto complexo e articulado de normas, crenças e valores que condicionam o horizonte espiritual
do grupo, bem como as suas realizações técnicas, conferindo a cada sociedade o seu aspecto original.
Todos os seres humanos são portadores de cultura, pois todos fazem parte de um grupo social com
maneiras específicas de pensar, sentir e de agir.
Cada grupo social possui padrões de cultura --» normas, símbolos, práticas e comportamentos que
regem e unificam uma dada cultura --» permitem distinguir os grupos sociais

Padão de cultura é um modelo de comportamento, um modo típico e habitual de fazer as coisas


característico de uma cultura ou de uma sociedade e que são adaptados pelos indivíduos para resolver
os problemas do seu quotidiano.
● Cultura é tudo aquilo que o homem acrescenta a natureza;
● Não é inato, é apreendido através da socialização;
● O ser humano é produto e produtor da cultura;
● A cultura concretiza-se num determinado modo de vida;
● Os elementos culturais são partilhados por um determinado número de pessoas;

Elementos materiais e imateriais da cultura.

Materiais/ Tangíveis
Construção, tecnologia, artefactos e objetos

Imateriais/Intangíveis
Valores, crenças, religião e ideias

- Baseiam-se uns nos outros e reforçam-se mutuamente


- Quando a sua relação se quebra, a socedade perde algumas das suas referências culturais

A variação da cultura no tempo e no espaço.


Os valores são sempre específicos de uma sociedade particular, que os moldou e adotou. Por esta
razão os valores não só variam de cultura para cultura como igualmente dentro da mesma cultura,
entre os vários grupos que a constituem, e ao longo do tempo.

Etnocentrismo cultural.
O etnocentrismo e um obstáculo epistemológico que impede a visão objetiva, neutral e imparcial da
realidade. Podemos falar de etnocentrismo de duas formas:
a) Forma geral: que abrange toda a cultura de um povo
b) Forma contextualizada: que incide sobre uma classe social, um grupo étnico, um clube, uma
profissão ou num sexo
Os valores e as normas como elementos centrais da cultura.

Os valores são a base da cultura:


● são conceções gerais do “bem”
● são referências para os indivíduos
● são relativos (cada grupo social tem uma interpretação diferente dos valores gerais)
● originam modelos de comportamento que se transformarão, por sua vez, em normas, que
orientarão as condutas sociais ou as relações existentes na vida dos povos conferem
estabilidade e coesão à vida social
● Os valores são regras de conduta que indicam aos indivíduos como devem comportar-se em
cada situação

Página 63
Relação entre valores, normas e comportamentos
Os valores são incorporados em normas/regras que condicionam os comportamentos/ações

Valores formais e informais


Valores formais: escritos nas leis
Valores informais: ex. lealdade

* Do ponto de vista sociológico não existem valores certos ou errados, apenas diferentes

Exercícios
Sociologia e conhecimento sobre a realidade social

Os factos sociais caracterizam-se por serem: *

Complexos e imutáveis

imutáveis e exteriores aos individuos

totais e não coercivos


complexos e exteriores aos indivíduos

Outro:

Os fenómenos socias são:

colectivos e exteriores aos indivíduos

unipessoais e complexos

complexos e exteriores aos indivíduos

coletivos e totais

Outro:

O estudo dos fenómenos sociais requer o contributo das várias ciências sociais. Esta
afirmação é:

verdadeira, porque os fenómenos sociais são complexos, pluridimensionais e a sua compreensão exige a
complementaridade das ciências sociais.

falsa, porque cada ciência social ajuda a compreender melhor a sociedade em que vivemos e a melhorá-la.

verdadeira, porque os fenómenos sociais podem ser, apenas, políticos, económicos ou sociológicos.

falsa, porque cada ciência social dá-nos uma visão imparcial e completa dos fenómenos sociais complexos

Outro:

A pobreza é um fenómeno social total, porque é um fenómeno:

complexo e com implicações em diversos níveis da realidade social.

global e que afeta um elevado número de indivíduos.

generalizado e com consequências muito diversificadas.

unidimensional e com formas variadas consoante a sociedade.

Outro:

Os factos sociais são coercivos e exteriores aos indivíduos. Esta afirmação é:

verdadeira, porque os factos sociais variam de época para época.

falsa, porque os factos sociais variam de sociedade para sociedade.

verdadeira, porque os factos sociais são impostos aos indivíduos.


falsa, porque os factos sociais são universais e exteriores aos indivíduos.

Outro:

A cultura é um produto do homem. Esta afirmação é:

verdadeira, porque o Homem na sua ação sobre a natureza foi encontrando determinadas formas de
pensar, sentir e agir

falsa, porque a cultura é adquirida por via biológica.

verdadeira, porque é herdada das gerações anteriores.

falsa, porque o indivíduo a recebe pela socialização.

Outro:

Nas sociedades industrializadas atuais, os indivíduos com níveis de escolaridade superiores


partilham uma cultura superior. Esta afirmação é:

falsa, porque a cultura é constituída por elementos materiais e imateriais.

verdadeira, porque a cultura depende do nível de desenvolvimento da sociedade.

falsa, porque não existem culturas superiores ou inferiores.

verdadeira, porque a cultura está associada a níveis elevados de escolaridade.

Outro:

O etnocentrismo é:

uma técnica de investigação.

uma atitude científica.

um método de investigação

um obstáculo epistemológico.

Outro:

Os valores são regras de conduta que indicam aos indivíduos como devem comportar-se em
cada situação. Esta afirmação é:

verdadeira, porque os valores definem os padrões de comportamento.

falsa, porque os valores são concecões gerais e abstratas.

falsa, porque os valores variam de individuo para individuo.


verdadeira, porque os valores são comuns a todos os indivíduos.

Outro:

O conhecimento científico em Sociologia e nas outras ciências encontra-se baseado:

na aplicação de entrevistas.

nas ideias que as pessoas têm.

na aplicação do método científico.

nas explicações de senso comum.

Outro:

Você também pode gostar