Você está na página 1de 2

BIOLOGIA E GEOLOGIA | 11°ANO ANO LETIVO: 2021/2022

ATIVIDADE LABORATORIAL – EXTRAÇÃO DO DNA DE CÉLULAS VEGETAIS

Esta atividade experimental tem como principais objetivos:


- Extrair o DNA das células da banana;
- visualizar ao vivo o material genético;
- Conhecer a localização celular do DNA
- Aplicar conhecimentos obtidos sobre a membrana celular
- relacionar as etapas da extração do DNA com a respetiva estrutura e das células eucarióticas.

Toda a informação necessária para criar um organismo encontra-se no DNA. Esta molécula é usada durante o
período de vida de um organismo para fornecer instruções para milhões de processos celulares que ocorrem
constantemente. Para estudar o modo como essas informações são comunicadas à célula os cientistas
isolaram o DNA. Para isolar o DNA é necessário separá-lo de outros componentes celulares: as membranas
celulares e os invólucros nucleares são fragmentadas e o DNA é separado das membranas das células e dos
organitos. Utilizando procedimentos e instrumentos muito simples é possível extrair o DNA e visualizá-lo
sobre a forma de filamentos brancos.

 Protocolo experimental:

Material utilizado:

 2 quivis ou bananas;  1 tubo de ensaio;


 3 g de sal grosso;  1 faca;
 10 ml de álcool etílico frio;  1 varinha mágica;
 15 ml de detergente da loiça;  1 filtro de café;
 100 ml de água destilada;  1 funil;
 1 vareta;  palitos;
 1 gobelé;

Procedimento:

1. Dissolver o sal na água destilada.


2. Descascar os quivis (ou bananas) e cortá-los em cubos para dentro do copo da varinha mágica.
Adicionar a água salgada até cobrir os pedaços de quivi.
3. Triturar os quivis com a varinha mágica até obter um puré.
4. Adicionar o detergente. Misturar cuidadosamente com a vareta, evitando a formação de espuma.
5. Deixar repousar 5 a 10 minutos.
6. Filtrar a preparação para um gobelé, utilizando o filtro de café e o funil.
7. Colocar cerca de 10 ml do filtrado num tubo de ensaio. Inclinar o tubo de ensaio e verter
cuidadosamente na sua parede cerca de 10 ml de álcool frio (previamente guardado no congelador).
8. Deixar repousar 2 a 3 minutos.
9. Mexer levemente com um palito o aglomerado fibroso que se formou entre o álcool e o filtrado. Este
aglomerado é o ADN e pode ser retirado com a ajuda do palito.

 Resultados obtidos
Neste item faz um registo do que observaste sob a forma de um esquema legendado.

 Discussão dos resultados/Conclusão

Neste item não te esqueças de referir:

- A importância do DNA, onde este se localiza, e como é constituído;

- O papel desempenhado pela trituração/maceração bem como a finalidade da filtração;

- A função de cada um dos reagentes usados na experiência (o sal, álcool e o detergente);

- Uma possível explicação para a ascensão do DNA na solução;

- O motivo pelo qual não se pode ver a estrutura da molécula de DNA

- o modo como decorreu a atividade.

Bom trabalho!

Professora Cátia Machado

Você também pode gostar