Você está na página 1de 23

+

Ingestão Medicamentosa
Voluntária num Serviço de
Urgência de Pedopsiquiatria
Mafalda Maria Martins, Rita Ganhoto Área de Psiquiatria da Infância e Adolescência,
João Gancho Figueiredo, Rute Baeta Baptista, Cristina Henriques Equipa Fixa de
Urgência, Área de Pediatria Médica
Pedro Caldeira Área de Psiquiatria da Infância e Adolescência; António Marques Equipa
Fixa de Urgência, Área de Pediatria Médica e Margarida Marques Área de Psiquiatria da
Infância e Adolescência
Hospital de Dona Estefânia , Centro Hospitalar Lisboa Central

10 as Jornadas de Comportamentos Suicidários , Luso ,26-09-14


+ Contextualização
 O suicídio é a nível global: 2ª causa de morte entre os 15-29
Anos (OMS 2014)

 Nos países Europeus: IMV 2ª ou 3ª forma mais comum de


Tentativa de Suicídio e Suicídio;(OMS, 2014)

 Plano Nacional de Prevenção do Suicídio 2013-17:

- Comportamentos Autolesivos(CAL) e Atos suicidas

 A adolescência é uma fase (…)caracterizada por inúmeras


mudanças do desenvolvimento em diferentes sistemas ou
níveis de análise como o biológico, o cognitivo e o social
(Windle & Davies, 1999).

 Estudo descritivo com base em registo de urgência hospitalar


de IMV em 2013
+ Caracterização da Ingestão
Medicamentosa Voluntária (IMV)
1.Idade , sexo e distribuição mensal de episódios

2.Fatores desencadeantes

3.Circunstâncias em que decorreu a IMV :

3.1.intencionalidade

3.2.se existiu aviso prévio

3.3.se foi feito em isolamento e local de IMV

3.4.se houve ingestão concomitante com álcool

3.5. Medicação-origem, classe farmacoterapêutica

3.6.Episódio de urgência pedopsiquiátrica nos últimos 6 meses

3.7. Seguimento em consulta de Consulta de Saúde Mental e/ou


Adolescentes
+
Caracterização da Ingestão
Medicamentosa Voluntária (IMV)
 4. Fatores de risco

 4.1. Antecedentes psiquiátricos familiares

 4.2.Consumo de substâncias psicoativas pelo próprio

 4.3.Auto-mutilações e IMV prévia

 4.4.Suporte familiar deficitário

 4.5.Problemas escolares
+
1.Idade, sexo e distribuição mensal
 Idade média 15 anos

 Idade miníma 10 e máxima 17 anos

Distribuição de episódios de IMV por


sexo
100%

90% 85%
80%

70%

60%

50%

40%

30%

20% 15%
10%

0%
Feminino Masculino
+
1.Idade, sexo e distribuição mensal
+ 2.Fatores desencadeantes:
77% identificados

>> problema relacionamento com a família/par/amigo ou outro

Em estudos futuros…

Fator desencadeante

1. problema relacional com familia/par/amigos

2.doença crónica/morte /distanciamento de familiar ou amigo

3.doença crónica do próprio

4.stress económico, stress académico ou ocupacional.

5.outro
+ 3.Circunstâncias em que decorreu a
IMV
3.1Intencionalidade da IMV

Comportamentos auto-lesivos 43%


Tentativa de suicídio 41%
+
3.2 Aviso prévio
+
3.3.1.IMV realizada em isolamento
+
3.3.2.Local de IMV
+
3.4. Consumo concomitante de
álcool
Consumo concomitante de álcool
3,01%

11,45%

85,54%

Sim Não Desconhecido


+
3.5.Medicação
3.5.1.Origem
42% próprio

3.5.2.Classe Farmacoterapêutica
Em 53% foi utilizada
apenas uma classe
Classe farmacoterapêutica Total
farmacoterapêutica.
Ansiolítico, sedativos e hipnóticos 63
Analgésicos e anti-inflamatórios 47
Antidepressivos 25
Antipsicóticos 23
Antiepiléticos e anticonvulsivantes 15
+
3.6.Episódio de urgência
Pedopsiquiátrica nos últimos 6
meses Episódio de SU pedopsiquiatria 6M
100%
90% 81,90%
80%
70%
60%
50%
40%
30%
18,10%
20%
10%
0%
Não Sim
+
3.7. Seguimento em consulta de
Consulta de Saúde Mental e/ou
Adolescentes
Seguimento em consulta

Desconhecido

Não

Sim

0% 20% 40% 60% 80% 100%


+
4. Fatores de risco
4.1. Antecedentes psiquiátricos
familiares
Membros da família com patologia psiquiátrica
78,31%

18,07%
3,61%

sim não desconhecido


+
4.2.Consumo de substâncias
psicoativas pelo próprio
Antecedentes pessoais de consumos tóxicos

57,83%

33,73%

8,43%

sim não desconhecido


+
4.3. Auto-mutilações e IMV prévia
Auto-mutilações

29,52%
48,19%

22,29%

Sim Não Desconhecido

IMV prévia -22%


+
4.4.Suporte familiar deficitário

Suporte familiar deficitário:

-colocação em centro de acolhimento

-ambientes familiares de pouco


afeto, conflito intenso e comunicação
pobre
+
4.5 Problemas escolares

Problemas escolares

57,20%
Problemas escolares:

-Rendimento escolar
abaixo da média
21,08% 21,68%
-Problemas relacionados
com os pares e /ou
professionais escolares

sim não desconhecido


+
Perfil do utente que recorre ao SU
por IMV
 15 anos, sexo feminino

 desencadeante frequente problema de relacionamento com


par/familiar ou outro

 sem avisar previamente

 sozinha

 em casa

 ansiolítico, hipnótico e/ou sedativo

 antecedentes psiquiátricos familiares

 suporte familiar deficitário

 problemas escolares
+
Discussão:

 O número de episódios de IMV constitui cerca de 10% dos episódios


de urgência de pedopsiquiatria de 2013 e cerca de metade tem
seguimento em consulta prevenção :

 Medidas de prevenção de suicídio na comunidade (escola)

 Alargamento das respostas de saúde mental da Infância e


Adolescência
+
Bibliografia:
 Preventing Suicide: a global imperative – OMS report on suicide prevention 2014

 Plano Nacional de Prevenção do Suicídio ,2013-17 Programa nacional para a saúde mental DGS

 Diogo Fasquilho Guerreiro e Daniel Sampaio, Comportamentos Autolesivos em Adolescentes: uma revisão da Literatura
com foco na investigação, rev port saúde pública. 2013; 31(2): 204-213;

 Tormoen A.J. ; Rossow,I; Larsson B; Mehlum, L.(2012) Nonsuicidal self-harm and suicide attempts in adolescentes:
diferences in kind or in degree? Soc.Psychiatry Psychiatr Epidemiol 48(9):1447-55

 Clinical Characteristics, Precipitating Stressors, and Correlates of Lethality among Suicide Attempters, Ya-Wen Wu, MD;
Yi-Jen Su1, MS; Chih-Ken Chen, MD, PhD, (Chang Gung Med J 2009;32:543-52)

 Site da sociedade portuguesa de suicidologia

 Site do Núcleo de estudos de suicídio

 Ghazinour, M; Emami, H; et al; (2009) Age and gender differemces in the use of vaious poisoning methods for
deliberateparasuicide cases admitted to Logham Hospital in Tehran (2000-2004) suicide and Life –Threatning Behavior
39(2) April 2009

 Goodman R, Scott S; Child and adolescent Psychiatry 3rd edition 2012 Willey Blackwell

 Barros,A.; Pinto M; Laranjeira ,C; Macedo, L; Ingestão medicamentosa voluntária em um serviço de pediatria

Você também pode gostar