Você está na página 1de 23

ANTONIO WALDEZ GÓES DA SILVA

Governador do Estado do Amapá

MARIA GORETH DE SOUZA E SILVA


Secretária de Estado da Educação
SEED

NEURIZETE DE OLIVEIRA NASCIMENTO


Secretária Adjunta de Políticas da Educação
SAPE

CLÁUDIA REGINA DOS S. SILVA


Coordenadoria de Desenvolvimento e Normatização de Políticas Educacionais
CODNOPE

RYAN MULLER OLIVEIRA SANTOS


Coordenadoria de Educação Básica e Educação Profissional
CEBEP

MARINHA ANDRADE PIRES


Coordenadoria de Assistência ao Educando
CAED

ARLENE MARIA DE MORAES FAVACHO


Coordenadoria de Educação Específica
CEESP

ENE PAULO DOS SANTOS PEDROSO


Núcleo de Inspeção e Organização Escolar
NIOE

HELIZANGELA CARMO DE LIMA


Unidade de Regularização de Estabelecimento de Ensino
UREE

JAIR NOBREGA PEREIRA


Unidade De Tradução de Documentos Escolares
UTRADE
EQUIPE DE ELABORAÇÃO:

Ene Paulo dos Santos Pedroso- GERENTE-NIOE/SEED


Helizangela Carmo de Lima – CHEFE-UREE/NIOE/SEED
Jair Nobrega Pereira- – CHEFE-UTRADE//NIOE/SEED
Ana Célia Rodrigues da Silva - UREE/NIOE/SEED
Delba Ribeiro Sales - UTRADE/NIOE/SEED
Delson do Carmo Camarão UREE/NIOE/SEED
Liziane Rabelo Nogueira - UTRADE/NIOE/SEED
Lucileide Ramos Figueiredo de Moraes - UTRADE/NIOE/SEED
Manoel Pires Amanajás - UTRADE/NIOE/SEED
Joelma da Silva Melo - UTRADE/NIOE/SEED
José Carlos Espindola de Souza - UTRADE/NIOE/SEED
Kátia Luísa da Silva Ferreira - UTRADE/NIOE/SEED
Para iniciar...
“Ao mexer com documentos escolares, estou lidando
com vidas humanas!
Com seres que sonham e aspiram...
Que lutam, que brigam, que choram e
que correm em busca de uma vida melhor!
Minhas mãos podem construir!
Minhas mãos podem edificar!
Tão importante são os papéis que passam
pelas minhas mãos e às vezes fico a pensar:
_ O que será da vida desse amanhã?
_ Será que terá um futuro melhor?
_ Será que para ele, surgirá um novo sol?
Esse papel parece coisa tão fria.
_ Será que a vida deles é fria e vazia? E a minha?
_ Não! A minha vida é cheia de amor!
Eu sonho, eu choro, eu luto, eu brigo, eu corro, eu canto...!
O papel que parecia frio tocando em minhas mãos ficou
quente e colorido
com cores dos sonhos dos Josés e das Marias
que trabalham durante o dia e que a noite estudam.
Que correria!
Sinto vivo o papel deles em minhas mãos,
prometo a vocês Josés e Marias, que
suas vidas não serão vazias!
E com maior cuidado e atenção carimbo e assino
os papéis, porém, eles nunca
saberão que seus destinos estiveram em minhas mãos.”

(Autor desconhecido )
CAROS SECRETÁRIOS ESCOLARES E EQUIPE
DE ESCRITURAÇÃO ESCOLAR

O ano letivo 2020, foi desafiador para todos os profissionais de educação, em virtude da
pandemia do Covid19.Para possibilitar o prosseguimento do processo educacional nas escolas
que integram o Sistema Público Estadual de Educação no Amapá, foi necessário reinventar e
até mesmo ressignificar procedimentos e comportamentos, através de novas estratégias e
formas de ensino para alcançar o nosso estudante.

Todo o trabalhar pedagógico desenvolvido foi e deverá ser pensado, com o objetivo mor de
regularizar a vida escolar dos estudantes.

A organização da vida escolar de todo estudante faz-se através de um conjunto de normas que
visam garantir o acesso, a permanência e a progressão nos estudos, bem como, a regularidade
de sua jornada estudantil.

À Secretaria Escolar compete organizar a escrituração dos discentes para, entre outras,
atender prontamente, às solicitações de informações e esclarecimentos, além de unir as ações
da gestão e dos demais integrantes da comunidade escolar.

Integrar a equipe de profissionais de uma secretaria escolar, exige trabalho coletivo,


organização, comunicação, atualização de conhecimento e uso das novas tecnologias para
solucionar as situações do dia a dia.

Com o objetivo de regularizar a vida escolar dos estudantes, o Núcleo de Inspeção e Organização
Escolar-NIOE/CODNOPE/SEED, elaborou este caderno, com orientações para auxiliar o
fechamento do ano letivo 2020 e indicar as ações que serão imprescindíveis de execução no ano
letivo 2021.

Este caderno estrutura-se com as seguintes orientações:


Legislação atinente ao período de Pandemia;
Escrituração escolar;
Procedimentos a serem observados para regularização da vida escolar de estudantes;
Fluxograma de atendimento do NIOE, por quanto durar o período pandêmico.

Este caderno não tem o escopo de esgotar as orientações e discussões sobre o modo de proceder
e a rotina desenvolvidos em uma Secretaria Escolar, mas, de abordar o processo de escrituração
escolar, sobretudo, neste momento calamitoso pelo qual estamos atravessando.

Saliente-se que o trabalho cotidiano realizado por todos aqueles que integram uma secretaria
escolar distingue-se pela eficiência, diligência, cooperação, dedicação e dinamismo, por tratar-
se de um labor que não esgota em suas próprias ações, mas que diante de eventuais imprevistos
ou situações inopinadas, dinamiza-se para assegurar um processo de escrituração eficaz,
regulamentar e suficiente.
LEGISLAÇÃO ATINENTE AO PERÍODO
DE PANDEMIA

·
PARECER CNE/CP Nº: 5/2020: Reorganização do Calendário Escolar e da possibilidade de
cômputo de atividades não presenciais para fins de cumprimento da carga horária mínima
anual, em razão da Pandemia da COVID-19.

PARECER CNE/CP Nº: 9/2020: Reexame do Parecer CNE/CP nº 5/2020, que tratou da
reorganização do Calendário Escolar e da possibilidade de cômputo de atividades não
presenciais para fins de cumprimento da carga horária mínima anual, em razão da Pandemia
da COVID-19.

PARECER CNE/CP Nº: 11/2020: Orientações Educacionais para a Realização de Aulas e


Atividades Pedagógicas Presenciais e Não Presenciais no contexto da Pandemia.

LEI Nº 14.040, DE 18 DE AGOSTO DE 2020: Estabelece normas educacionais excepcionais a


serem adotadas durante o estado de calamidade pública reconhecido pelo Decreto Legislativo
nº 6, de 20 de março de 2020; e altera a Lei nº 11.947, de 16 de junho de 2009.

PARECER CNE/CP Nº: 19/2020: Reexame do Parecer CNE/CP nº 15, de 6 de outubro de 2020,
que tratou das Diretrizes Nacionais para a implementação dos dispositivos da Lei nº 14.040, de
18 de agosto de 2020, que estabelece normas educacionais excepcionais a serem adotadas
durante o estado de calamidade pública reconhecido pelo Decreto Legislativo nº 6, de 20 de
março de 2020.

RESOLUÇÃO No 033/2020 – CEE/AP: dispõe sobre a reorganização dos calendários escolares e


o regime especial de aulas e atividades não presenciais na escola, em caráter de
excepcionalidade e temporalidade, como medida de enfrentamento ao coronavírus (covid-19)
e dá outras providências.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº02/2020-SEED/AP: Estabelece diretrizes e orientações para


aplicabilidade de atividades pedagógicas não presenciais nos estabelecimentos de ensino da
rede Estadual do Amapá durante o período de suspensão das aulas presenciais como medida
em prevenção ao contágio pelo covid-19.

NOTA TÉCNICA Nº 01/2020 – CEE/AP-Regulamentação das atividades Letivas para o ano de


2020.

NOTA TÉCNICA Nº01/2020-NIOE-SEED/AP: Orientações para ano letivo 2020-2021.


ESCRITURAÇÃO ESCOLAR

É o registro sistemático dos fatos relacionados a vida do estudante e da instituição de ensino a


qual integra. Dentro deste contexto, um dos aspectos extremamente importantes sobre
expedição de documentos escolares é compreender as normas e objetivos de cada documento
expedido pela escola, com a finalidade de assegurar a qualquer tempo: a identidade do estudante,
autenticidade e regularidade de seus estudos e também o funcionamento da Instituição escolar.
Para a expedição desses documentos escolares é necessário que esteja fundamentado na
racionalidade, simplicidade, objetividade e autenticidade, para que comprovem a escolaridade.
Esta documentação acompanhará o estudante de forma a garantir, a qualquer tempo e lugar, o
acesso, permanência e continuação de seus estudos.
Conforme art.24, item VII da LDBEN nº 9.394/96,“ Cabe a cada instituição de ensino expedir
históricos escolares, declarações de conclusão de série e diplomas ou certificados de conclusão
de cursos, com as especificações cabíveis”. Do mesmo modo, na Resolução 56/2015-CEE/AP, §2° ,
em relação ao histórico escolar, cita:

O Histórico Escolar deve registrar: matrícula por


disciplina, matrícula com dependência, matrícula com
aprovação de resultados parciais, obtidos em exames
e/ou cursos da EJA, validação de estudos; dispensa de
frequência de acordo com a legislação, exames
classificatórios e outras informações que a escola
julgar necessárias.

Dentro deste contexto, reafirmamos que as unidades escolares são responsáveis por zelar pela
regularização da vida escolar dos estudantes e pela correta emissão de documentos, garantindo
que contenham os dados necessários para identificar a trajetória escolar.
Para tanto, apresentamos indicações sobre as informações que, obrigatoriamente, precisam
constar nos documentos escolares do ano letivo 2020:
A escrituração escolar (históricos, certificados, declarações e outros), quando no registro das
atividades pedagógicas presenciais ou não presenciais, deverá estar em conformidade com a
Legislação Nacional e Estadual expedidas durante a situação emergencial no Sistema
Educacional Nacional.

Fundamentação Legal para o registro dos documentos 2020:

Além da legislação em vigor, registrar em campo específico dos documentos:


Lei Federal nº 14.040, de 19/08/2020;
Resolução nº 033/2020- CEE/AP, de 03/04/2020;
Nota Técnica nº01/2020- NIOE/SEED/AP
ESCRITURAÇÃO ESCOLAR

Preenchimento do Histórico Escolar:


Carga Horária Total: registrar, na linha correspondente, a carga horária ofertada conforme
Matriz emergencial, contida na Nota Técnica Nº 01/2020- NIOE/SEED/AP.
Nas observações registrar o amparo:
1. Dispensa do cumprimento de dias letivos conforme Lei Federal nº 14.040, de 19/08/2020.
2. Amparo da execução das Atividades Pedagógicas Não Presenciais Resolução nº 033/2020-
CEE/AP, de 03/04/2020.
3. Carga horária do Ano Letivo de 2020 executada de acordo com a Matriz Emergencial, contida
na Nota Técnica Nº 01/2020- NIOE/SEED/AP, de 16/12/2020.

COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO E NORMATIZAÇÃO DAS POLÍTICAS


EDUCACIONAIS
NÚCLEO DE INSPEÇÃO E ORGANIZAÇÃO ESCOLAR – NIOE
ESCOLA ESTADUAL _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _
CÓDIGO INEP Nº: _ _ _ _ _ _ _ _
ENDEREÇO: _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ Nº _ _ _ – BAIRRO: _ _ _ _ _ _ _
ATO DE CRIAÇÃO: DECRETO Nº _ _ _ _ _ - _ _ _
AUTORIZAÇÃO DE FUNCIONAMENTO RESOLUÇÃO Nº _ _ _ _ –CEE/AP
RECONHECIMENTO: RESOLUÇÃO Nº Nº _ _ _ _ _-CEE/AP (CASO SEJA RECONHECIDA)
E-MAIL: _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _
HISTÓRICO ESCOLAR DO ENSINO FUNDAMENTAL - LEI 9394/96

NOTAS GERADAS NO SAME OU


SIGEDUC

833

2020
OBS:-Dispensa do cumprimento de dias letivos conforme Lei Federal nº 14.040, de 19/08/2020.
-Amparo da execução das Atividades Pedagógicas Não Presenciais Resolução nº 033/2020- CEE/AP, de
03/04/2020.
-Carga horária do ano de 2020, executada de acordo com a Matriz Emergencial, contida na Nota Técnica
Nº01/2020- NIOE/SEED/AP, de 16/12/2020

(Local e data de expedição)


Carimbo e assinatura Carimbo e assinatura
secretário escolar Diretor
ESCRITURAÇÃO ESCOLAR

EM CASO DE TRANSFERÊNCIA – COM O ANO LETIVO AINDA EM CURSO:

Situação do estudante, registrar na coluna 2020: “cursando”


No campo observação, registrar: “Ficha Individual anexa”.
Ponto de atenção: os demais campos do Histórico Escolar relativos ao ano de 2020 ( ainda em
percurso) deverão ser anulados com um traço em diagonal, visto que as informações
referentes à vida escolar do estudante estão na Ficha Individual.

ESCRITURAÇÃO NO HISTÓRICO ESCOLAR (COM DEPENDÊNCIA)

Deve constar a existência da dependência no histórico ;


Após resolver a dependência registrar as notas no histórico e fazer o Amparo Legal;
O (A) estudante submeteu-se a Estudos de dependência na....série, disciplina(s): ......, no ano
letivo de 20..., na E.E. ....., referente ao(s) anos(s) letivos de ....., amparado pela Resolução nº.
56/2015,Art. 66-CEE/AP.
A data de conclusão da etapa de ensino para constar no certificado, deve ser a que ele
integralizou a série/ano, ou seja, data que ele finalizou a Dependência.

ESCRITURAÇÃO NO HISTÓRICO ESCOLAR (COM LACUNA)

Deve constar a existência da lacuna no Histórico;


Após resolver a lacuna registrar as notas no Histórico com a seguinte observação:
O (A) estudante submeteu-se a Estudos e Avaliações para o Preenchimento de Lacuna na
série ....., ou disciplina(s)...., no ano letivo de 20..., na E.E. ....., referente ao(s) anos(s) letivos de
....., amparado pela Portaria nº. 0468/2013-SEED
A data de conclusão da etapa de ensino para constar no certificado, NÃO DEVE ser a que ele
integralizou a série/ano e sim, a que ele deveria ter concluído os estudos.
ESCRITURAÇÃO ESCOLAR

FICHA INDIVIDUAL

NOTAS GERADAS NO SAME


OU SIGEDUC
A escola deverá registrar a observação:

Dispensa do cumprimento de dias letivos, conforme Lei Federal nº 14.040, de 19/08/2020”.


Amparo da execução das Atividades Pedagógicas Não Presenciais Resolução nº 033/2020-
CEE/AP, de 03/04/2020.
Carga horária do ano de 2020, executada de acordo com a Matriz Emergencial, contida na Nota
Técnica Nº 01/2020- NIOE/SEED/AP, de 16/12/2020

É importante ressaltar que todos os registros deverão ser fidedignos ao trabalho realizado
durante a pandemia, computando-se a carga horária cumprida presencialmente, acrescida
da carga horária desenvolvida por meio das Atividades Pedagógicas Não Presenciais.
·
ESCRITURAÇÃO ESCOLAR

DECLARAÇÕES:
Significa a afirmação da existência de um fato, existência ou não de um direito. Tem valor
documental e pode ser de vários tipos: para atestar matrícula e frequência, transferência e
conclusão de ano/curso.

Declaração de Matrícula e Frequência: atesta que o estudante está matriculado e


frequentando uma instituição de ensino. Neste documento deve constar: identificação do
estudante, ano, série, curso e ano letivo.

MODELO SIGeduc:

·
Modelo para escolas sem registro no SIGEduc

(Cabeçalho da Escola)
DECLARAÇÃO DE MATRÍCULA E FREQUÊNCIA
Declaramos para os devidos fins que o (a) estudante ...................................., filho (a) de
...................e de......................... , portador (a) da carteira de identidade nº ............, do CPF
nº..............., esta matriculado e frequentando regularmente o 1º ano do Ensino Fundamental no
ano letivo de 2020.
Macapá-AP, ______de ___________de 20___

____________________________________________ _____________________________________
Assinatura e carimbo do Secretário Escolar Assinatura e carimbo do Diretor
ESCRITURAÇÃO ESCOLAR

Declaração de Transferência : atesta que o estudante está matriculado e cursando uma


série/curso/ano e não substitui a posterior apresentação do Histórico Escolar, para concluir o
procedimento de matrícula na instituição de ensino de destino.

(Cabeçalho da Escola)
DECLARAÇÃO DE TRANSFERÊNCIA
Declaramos para os devidos fins que o (a) estudante ......................................, filho (a) de ...................e
de............................ , portador (a) da carteira de identidade nº ............, do CPF nº..............., estudante desta
instituição de ensino, solicitou nesta data a transferência para outra Unidade Escolar, com direito a matricular-
se no ____do Ensino_____________.
Este documento é valido por 30 (trinta)dias, findo os quais ser substituído pelo Histórico
Escolar.
Macapá-AP, ______de ___________de 20___

________________________ _________________________
Assinatura e carimbo do Secretário Escolar Assinatura ecarimbo do Diretor

Declaração de Conclusão: atesta que o estudante concluiu uma série/Curso/ano/ instituição de


ensino e não substitui a posterior apresentação do Histórico Escolar.
(Cabeçalho da Escola)
DECLARAÇÃO DE CONCLUSÃO

Declaramos para os devidos fins que o (a) estudante....................................., filho (a) de


...................e de......................... , portador (a) da carteira de identidade nº ............, do CPF
nº..............., concluiu integralmente os estudos relativos ao Ensino ......., no ano letivo de ...........,
estando apto (a) a prosseguir seus estudos em nível......, de acordo com as prerrogativas legais.
Informamos, ainda, que o Certificado de Conclusão do Ensino ...... está em fase de expedição e
será entregue oportunamente ao estudante, no prazo de .......... (...........) dias úteis a contar desta
data.
Macapá-AP, ______de ___________de 20___

____________________________________________ _____________________________________
Assinatura e carimbo do Secretário Escolar Assinatura e carimbo do Diretor
ESCRITURAÇÃO ESCOLAR

Fique atento:
Antes da emissão da Declaração, verificar na Pasta Individual do estudante se existem
pendências.
DECLARAÇÃO CONCLUSÃO (COM PENDÊNCIA)
(Cabeçalho da Escola)

DECLARAÇÃO DE CONCLUSÃO

Declaramos para os devidos fins que o (a) estudante....................................., filho (a) de ...................e
de............................ , portador (a) da carteira de identidade nº ............, do CPF nº..............., concluiu
parcialmente os estudos relativos ao Ensino ......., no ano letivo de ..........., estando com dependência, nos
componentes curriculares: ...............................................................................................................

Macapá-AP, ______de ___________de 20___

________________________ _________________________
Assinatura e carimbo do Secretário Escolar Assinatura ecarimbo do Diretor

OBSERVAÇÃO:
Os modelos de declarações contidas neste caderno estão em tamanhos menores ;
Ao elaborar a declaração considerar a seguinte formatação:
1. Papel A4;
2. Cabeçalho da escola;
3. Fonte ARIAL ou TIMES NEW ROMAN de tamanho 12;
4. Margens: superior e esquerda: 3 cm e inferior e direita: 2 cm
5. Espaçamento entre linhas: 1,5cm
6. Parágrafo justificado ,
7. Data
8. Assinaturas Secretário e Diretor.

A Declaração pode ser assinada somente pelo Secretário Escolar, caso Diretor não se encontre na
Escola.
PROCEDIMENTOS A SEREM SEGUIDOS
PARA REGULARIZAÇÃO DA VIDA ESCOLAR
DE ESTUDANTE

DEPENDÊNCIA E LACUNA:
As escolas pertencentes ao Sistema Público Estadual de Educação do Amapá, para solucionar a
situação de estudantes que apresentem, a condição de dependência em Disciplinas, a serem
resolvidas ano letivo de 2020, objetivando prosseguimento de estudos poderão, no âmbito de cada
Unidade Escolar, executar seus Projetos de Dependência e ofertar estudos e avaliações, através
de aulas e atividades pedagógicas não presenciais, para solver os casos de dependências,
observando o que preconiza seus Projetos, bem como, o Currículo Prioritário indicado no
documento emanado pela Secretaria de Estado da Educação.

Para execução de seus Projetos, deverão as Unidades Escolares, utilizar dos mesmos mecanismos
e ferramentas usadas para a realização de aulas e atividades pedagógicas não presenciais
indicadas para os estudantes em situação regular.

Para o caso dos estudantes que apresentam lacuna de disciplina, por se tratar de uma anomalia
causada em suas vidas escolares, ocasionado por ausência de professores capacitados para
ministrar especifica Disciplina, é prática administrativa/pedagógica usual, incluí-lo no Projeto
de Dependência da Escola, para resolver as pendências constantes em seu Histórico Escolar,
observando o cumprimento do quesito frequência mínima, por tratar-se de disciplina ainda não
cursada pelo estudante.

É portanto, perfeitamente justificável e prudente, sobretudo em função do estado de


excepcionalidade causado pela pandemia do covid 19, a indicação do mesmo modo de proceder
usado para os estudantes em condição de dependência para aqueles que apresentam lacuna.

Importante salientar que, em ambos os casos, não poderão prescindir do registro de


aproveitamento do estudantes, em Diário Escolar próprio, Ficha Individual e Livro Ata Especial,
quando do término do processo de cumprimento de dependência.
PROCEDIMENTOS A SEREM SEGUIDOS
PARA REGULARIZAÇÃO DA VIDA ESCOLAR
DE ESTUDANTE

MODELO PARA DEPENDÊNCIA E LACUNA:

PROGRESSÃO PARCIAL (DEPENDÊNCIA)

TERMO DE ABERTURA

Este livro, que contém........ (...........) folhas, todas numeradas


tipograficamente/manualmente de ......... a ....., que destina-se ao resultado das notas finais
de Progressão Parcial (Dependência), em forma solene de registro, de todos os estudantes
da ................ série/ano/etapa, ............. turma, ............... do turno, ... ano, ................. do curso,
deste Estabelecimento de Ensino, com os seguintes resultados:

registrar os resultados

TERMO DE ENCERRAMENTO

E, para constar, eu ............ secretário (a), lavrei a presente Ata que vai assinada por mim
e pelo diretor (a) deste Estabelecimento de Ensino.

_____________________________________ __________________________________
Assinatura e carimbo do diretor (a) Assinatura carimbo do secretário (a)

PREENCHIMENTO DE LACUNA

TERMO DE ABERTURA

Este livro, que contém........ (...........) folhas, todas numeradas


tipograficamente/manualmente de ... a ....., que destinou-se ao resultado das notas finais
de Preenchimento de Lacuna, em forma solene de registro, de todos os estudantes da
............... série/ano/etapa, ............. turma, ............... do turno, .... ano, ................. do curso,
deste Estabelecimento de Ensino, com os seguintes resultados:

registrar os resultados

TERMO DE ENCERRAMENTO

E, para constar, eu ............ secretário (a), lavrei a presente Ata que vai assinada por mim
e pelo diretor (a) deste Estabelecimento de Ensino.

_____________________________________ __________________________________
Assinatura e carimbo do diretor (a) Assinatura carimbo do secretário (a)
PROCEDIMENTOS A SEREM SEGUIDOS
PARA REGULARIZAÇÃO DA VIDA ESCOLAR
DE ESTUDANTE

EXAME CLASSIFICATÓRIO:

Fundamentação LDB 9.394/96, Art. 24.


CLASSIFICAR significa “posicionar o estudante em ano, série, ciclo, fase ou etapa compatível
com a sua idade, experiência e nível de desempenho, segundo critérios de avaliação definidos
pela escola em seu regimento”.
A classificação poderá ser feita em qualquer ano/série ou etapa, exceto na primeira do Ensino
Fundamental.
Art. 84 da Resolução nº 56/2015-CEE:

Classificação é o procedimento que o estabelecimento


adota, segundo critérios previstos nesta Resolução, no
Regimento Escolar e no Projeto Político- Pedagógico
para posicionar o educando no ano/etapa de estudos
compatíveis com a idade, experiência e desempenho
adquiridos por meios formais e informais.

A Resolução nº56/2015– CEE/AP, aborda ainda o processo de Reclassificação conforme o que


está descrito no Art. 87:

É o processo pelo qual a escola avalia o grau de


experiência do educando procedente de outras
escolas, levando em conta as normas curriculares
gerais e o previsto no seu Regimento e no Projeto
Politico Pedagógico, a fim de encaminha-lo á
a(o)ano/etapa/serie de estudo compatível com sua
experiência e desempenho, independente do que
registre o seu Histórico escolar.

Quem vai participar da Classificação de acordo com a Nota Técnica Nº01/2020-


NIOE/SEED/AP:

Os estudantes que não tenham conseguido estabelecer interação pedagógica no período em


que aconteceu o ensino por meio das atividades não presenciais;
As escolas que não atingiram o mínimo da carga horária anual devem realizar a
classificação dos estudantes do 5º ano, por ser transição de anos iniciais para anos finais;
9º ano e 4ª Etapa (EJA) do Ensino Fundamental por ser transição para o Ensino Médio; e da
3ª série do Ensino Médio.
PROCEDIMENTOS A SEREM SEGUIDOS
PARA REGULARIZAÇÃO DA VIDA ESCOLAR
DE ESTUDANTE

Orientações para a CLASSIFICAÇÃO:


1. O Núcleo Gestor deverá reunir os professores para a definição dos processos metodológicos
da classificação.
Recomendação: Quando for possível, a escola deverá realizar um processo de
revisão/recuperação para estimular os estudantes a participarem do processo de classificação.
2. Dar ciência e registrar em ata, sobre o processo de classificação, aos estudantes (maiores de
idade), pais e responsáveis;
3. A escola deverá organizar um cronograma de atendimento aos estudantes para o processo
classificatório;
4. As escolas que utilizaram o SAME farão a classificação no próprio Sistema.
5. As escolas que preencheram o SIGEDUC deverão registrar a média final no Sistema;
6. Todos os materiais/instrumentos utilizados no processo da classificação devem ser
devidamente arquivados nos registros de escrituração escolar.
7. O Processo de Classificação para este momento excepcional possuí o claro objetivo de evitar
a retenção dos estudantes, devendo as lacunas de aprendizagem serem trabalhadas em
rigoroso programa de recuperação da aprendizagem que, se necessário, será estendido pelo
ano de 2021/2022.
8. Caso o estudante permaneça na mesma escola, a classificação será feita internamente pelo
ano/série para o qual ele será promovido. Se transferido para outra escola, caberá à escola
recipiendária o Exame de Classificação.
9. Aos estudantes classificados, haverá o registro, no espaço reservado às observações nas
suas Fichas Individuais, com seguinte informação: “ estudante classificado nos termos do art.
24 da LDB nº9394/96 e Resolução nº56/2015- CEE/AP, podendo dar prosseguimento aos seus
estudos na série/ano posterior”.
Do fato, será lavrada Ata Especial a ser incorporada ao Relatório Anual de Atividades.

MODELO-CLASSIFICAÇÃO / RECLASSIFICAÇÃO

TERMO DE ABERTURA

Este livro, que contém ........ (...........) folhas, todas numeradas tipograficamente/manualmente
de ... a ....., que destinou-se ao resultado das notas finais de Exame de Classificação e
Reclassificação, em forma solene de registro, de todos os estudantes da ................
série/ano/etapa, ............. turma, ...............do turno, ...... ano. ................. do curso, deste
Estabelecimento de Ensino, com os seguintes resultados:

registrar os resultados

TERMO DE ENCERRAMENTO

E, para constar, eu ............ secretário (a), lavrei a presente Ata que vai assinada por mim e pelo
diretor (a) deste Estabelecimento de Ensino.

_____________________________________ __________________________________
Assinatura e carimbo do diretor (a) Assinatura carimbo do secretário (a)
FLUXOGRAMA DE ATENDIMENTO DO NIOE
PARA O PERÍODO PANDÊMICO

Atendimento presencial autorizado por decreto governamental: os serviços de autenticidade,


certificação e regularização de vida escolar, serão por meio do Super fácil educação;

Calendário escolar para homologação: o calendário escolar deve ser enviado por meio do
email institucional da unidade escolar para o email do NIOE: nioe.seed@gmail.com

Home office: nos momentos de suspenção de atendimento presencial os serviços de


autenticidade, certificação e regularização de vida escolar, serão através do email do NIOE:
nioe.seed@gmail.com

CERTIFICAÇÃO E AUTENTICIDADE- HOME OFFICE:


·
Os processos de certificação dos estudantes deverão ser digitalizados pelo secretário escolar
e encaminhado com ofício para o correio eletrônico do NIOE, anexando documentos que
comprovem a urgência, e telefone do requente para em caso de correções na documentação
apresentada seja feito o contato.
A comprovação da autenticidade de documentos escolares pode ser exigida em situações
como concursos públicos, matrícula em cursos superiores e técnicos, admissão em emprego,
viagens ou, ainda para se apurar suspeita de documentação supostamente falsa.
Os documentos escolares a serem autenticados (certificado e histórico), juntamente com a
carteira de identidade, CPF e documentação escolar exigida, deverão ser digitalizados em
formato PDF e encaminhados para utrade.nioe@gmail.com Também deverá ser informado o
contato de e-mail e telefone do requerente;
Em casos excepcionais, o solicitante deverá informar a excepcionalidade/URGÊNCIA no e-
mail para proceder com o atendimento.
Após análise documental recebida por meio eletrônico será agendado o atendimento para
recebimento da documentação física, que deverá constar no envelope as seguintes
informações: Destinatário: Núcleo de Inspeção e Organização Escolar, Assunto: Solicitação
da Autenticidade de documentos escolares.
FLUXOGRAMA DE ATENDIMENTO DO NIOE
PARA O PERÍODO PANDÊMICO

·AUTENTICIDADE – (15 a 45 DIAS ÚTEIS)


Requerimento padrão NIOE;
Certificado (original);
Histórico do Ensino Fundamental (original);
Histórico do Ensino Médio (original);
Certidão de Nascimento ou Casamento (cópia);
Ficha Individual 1ª, 2ª e 3ª séries (cópia);
Livro Ata de Resultados Finais 1ª, 2ª e 3ª séries (cópia).

AUTENTICIDADE NEJA/ENCCEJA –(15 a 45 DIAS ÚTEIS)


Requerimento padrão NIOE;
Certificado (original);
Certidão de Nascimento ou Casamento (cópia);
RG (cópia)
Cópia da folha do Livro de registro de entrega do certificado

EXPEDIÇÃO CERTIFICADO E/OU DIPLOMAS – (ATÉ 45 DIAS ÚTEIS)


Ofício da escola;
Capa de processo;
Histórico do Ensino Fundamental (original);
Histórico do Ensino Médio (original);
Fichas Individuais 1ª, 2ª e 3ª séries (original);
- Se houver pendências, trazer ficha de dependência e/ou Preenchimento de Lacuna; (cópia)
Livro Ata de Resultados Finais 1ª, 2ª e 3ª séries (cópia);
Certidão de Nascimento ou Casamento (cópia).

CERTIFICADOS ESCOLAS CESSADAS –(ATÉ 45 DIAS ÚTEIS)


Requerimento padrão NIOE;
Certidão de Nascimento ou Casamento. (cópia)

ANÁLISE DE CALENDÁRIO ESCOLAR – (ATÉ 15 DIAS ÚTEIS)


Ofício da escola;
Calendário escolar original (colorido) em mídia.

EQUIVALÊNCIA DE ESTUDOS– (ATÉ 15 DIAS ÚTEIS)


Ofício da escola;
Documentação Escolar Estrangeira (Atestado de Escolaridade, Boletins Trimestrais de cada
série, Livreto de Escolaridade -1º ao 5º ano, (cópia);
Documentação Pessoal - Passaporte, RG, Certidão de Nascimento ou Casamento (cópia);
- Se menor, a documentação pessoal é dos responsáveis.
FLUXOGRAMA DE ATENDIMENTO DO NIOE
PARA O PERÍODO PANDÊMICO

DECLARAÇÃO DE ESCOLARIDADE DE ESTUDANTES DE ESCOLAS CESSADAS OU


DESATIVADAS – (ATÉ 15 DIAS ÚTEIS)
Requerimento;
Certidão de Nascimento ou de Casamento. (cópia);
Comprovante escolar se houver.

ANÁLISE E PARECER TÉCNICO– (ATÉ 15 DIAS ÚTEIS)


Ofício da Escola;
Documentação Escolar do estudante. (cópia);

CONVERSÃO DE NOTAS – (ATÉ 15 DIAS ÚTEIS)


Ofício da Escola;
Documentação escolar do estudante. (cópia);
CONSIDERAÇÕES

Estamos vivendo um período singular em nossa história que exige de nós novos comportamentos e
acima de tudo muita dedicação voltada aos estudos dos Atos regulatórios que irão substanciar o
amparo legal dos documentos pertinentes à vida escolar dos estudantes.

O momento pede flexibilidade e empenho, haja vista que o desenvolvimento das Atividades
Pedagógicas Não Presenciais, com o uso ou não da tecnologia é desafiador, principalmente
considerando a diversidade do estado do Amapá.

Desta forma, o presente caderno tem a finalidade de dá suporte na elaboração e preenchimento dos
documentos necessários ao registro da vida escolar dos estudantes principalmente durante este
período calamitoso.

O Núcleo de Inspeção e Organização Escolar - NIOE/SEED, considera importante finalizar este


caderno com as legislações gerais e amparos que são utilizados nos registro documentais dos
estudantes da rede estadual de ensino.

NORMATIVAS GERAIS
LDBEN nº 9.394/96: Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional;
Lei nº 6.202/75:Atribui à estudante em estado de gestação o regime de exercícios domiciliares
instituído pelo Decreto-Lei nº 1.044, de 1969, e dá outras providências;
Decreto Lei nº 1.044/69: Dispõe sobre tratamento excepcional para os alunos portadores das
afecções que indica.
Resolução nº 046/15-CEE/AP: Homologa o regimento escolar e a sistemática de avaliação do
estado do Amapá;
Resolução nº 062/12-CEE/AP: Estabelece diretrizes para o ensino da disciplina de Educação
Física nas escolas do estado do Amapá;
Resolução nº 56/15-CEE/AP: Estabelece normas para a Educação Básica no sistema de ensino
do estado do Amapá;
Resolução nº 64/13-CEE/AP: Fixa normas para a Educação Profissional Técnica de Nível Médio
para o sistema de Ensino do estado do Amapá;
Resolução nº 077/14-CEE/AP: Dispõe sobre a criação, credenciamento, autorização de
funcionamento, reconhecimento e renovação de reconhecimento de etapas e modalidades da
Educação Básica do sistema de ensino do estado do Amapá.
Resolução nº 046/14-CEE/AP: Estabelece normas para a organização dos calendários escolares
do Sistema Estadual de Ensino do Amapá.
Resolução nº 14/06-CEE/AP: dispõe sobre a oferta do Ensino Religioso no ensino Fundamental,
do sistema educacional do Estado do Amapá.
CONSIDERAÇÕES

Portaria nº 254/10-SEED: Implanta e autoriza o funcionamento do Ensino Fundamental


de nove anos nas escolas do estado do Amapá;
Portaria nº 0468/13-SEED: Delega competências ao NIOE quanto aos casos de Lacuna de
série ou disciplina, revalidação de estudos e regularização documentos escolares
oriundos das escolas do estado do Amapá ou de outras Unidades da Federação;
Orientação Técnica nº 001/2018 - NIOE: Estabelece procedimentos para expedição e
registro de certificados e diplomas pelos estabelecimentos de ensino pertencentes ao
Sistema público estadual de educação do Amapá;
Resolução nº 065/19-CEE/AP: Estabelece normas para o funcionamento da Educação A
Distância (EAD) e dá outras providências.

AMPAROS LEGAIS

ASSUNTO
LEGISLAÇÃO/ORIENTAÇÃO

Até 1999 – Parecer nº 41/91-CEE/AP;

De 2000 a 2003 – Resolução nº 005/00-CEE/AP;


EDUCAÇÃO FÍSICA De 2004 a 2009 - Resolução nº 73/03-CEE/AP;

De 2010 a 2011 - Resolução nº 022/10-CEE/AP;

De 2012 - Resolução nº 62/12-CEE/AP;

De 1998 a 2001 – Portaria nº 1089/98-SEED;

De 2002 até 2015 - Resolução nº 083/02-CEE/AP,


com vigência até 16/12/15;
DEPENDÊNCIA
A partir de 17/12/15 -

Resolução nº 56/15-CEE/AP;

Portaria nº 360/82-SEED – Vigência até 29/04/07;

Portaria nº 090/07-SEED – Vigência até 09/10/13;


PREENCHIMENTO DE LACUNA
Portaria nº 0468/13-SEED- A partir de 10/10/13.

Art. 24 LDBEN nº 9.394/96:


CLASSIFICAÇÃO
Resolução nº 56/15-CEE/AP
DRIVES DOS DOCUMENTOS CONTIDOS NO CADERNO

http://bit.ly/LEGISLAÇÃO-PANDEMIA

http://bit.ly/MATRIZCURRICULAR

http://bit.ly/LEGISLAÇÃOGERAL

Você também pode gostar