CONTEÚDO

A Ciência do Agora ................................................................................................. 3 Usando ferramentas da Neurolinguística ........... Erro! Indicador não definido. Palavra é um símbolo .............................. Erro! Indicador não definido. Estar presente. Eu estou aqui? .......... Erro! Indicador não definido. Filosofando sobre a Física Quântica Erro! Indicador não definido. Pensamento Cartesiano .................. Erro! Indicador não definido. Pensamento Quantico ...................... Erro! Indicador não definido. Energia condicionada .............................. Erro! Indicador não definido. Inferências ...................................................... Erro! Indicador não definido. Dissonância Cognitiva ............................... Erro! Indicador não definido. Enfermidade: uma comunicação necessária .... Erro! Indicador não definido. No controle das emoções – Inacabado ............... Erro! Indicador não definido. Poder e Autoridade. .................................. Erro! Indicador não definido. União estável................................................ Erro! Indicador não definido. Percepção seletiva .................................... Erro! Indicador não definido. Flexibilidade para mudar ........................ Erro! Indicador não definido. Responsabilidade ...................................... Erro! Indicador não definido. Renovação .................................................... Erro! Indicador não definido. A lição do fogo ............................................. Erro! Indicador não definido. Wabi sabi........................................................ Erro! Indicador não definido. Equilíbrio ......................................................... Erro! Indicador não definido. Fonte de Pesquisa..................................... Erro! Indicador não definido.

2

Laura Botelho

A CIÊNCIA DO AGORA
Desde muito jovem eu sempre me questionava a respeito de muitas coisas. Queria respostas das pessoas, instruções sobre como tudo deve ser. Isso não é muito normal no ponto de vista de uma jovem adolescente, pois há um mundo a ser descoberto por nós mesmos, e tudo que um ser humano em fase de crescimento deseja é que não lhe digam o que fazer! As pessoas ao meu redor pouco podiam acrescentar alguma coisa sobre minhas dúvidas, alguém que me desse uma orientação do que, ou como, encontrar as minhas respostas. Todos procuravam a mesma coisa... Então busquei ajuda nos livros. Muitos livros. Enquanto os anos passavam, me deixei levar pelo tempo... Fazendo o que todos faziam – viver em estado de inconsciência. Não ter consciência de muita coisa. Ir vivendo na base da imitação. Até que já adulta, depois dos 40 anos, voltei a questionar tudo com mais veemência. Por que ou por quem tenho que viver? Qual a finalidade de tudo isso? E se preciso estar aqui, qual a melhor forma de fazer o que tenho que fazer? É necessária tanta dor? É necessário tanto sofrimento? Não há uma maneira mais simples e objetiva de conhecimento? Conhecimento é o que eu precisava... Gostaria de ter vivido em um Mosteiro Budista... Mas se essa tivesse sido a primeira forma de como vim parar nessa terra, talvez eu estivesse pensando: por que tenho que viver trancado sozinho aqui enquanto todos estão se divertindo lá fora? Por que não tenho uma vida de luxo com tudo que eu possa querer? Por que não posso unir o TER com o SABER? Perguntas, perguntas... Ainda não consegui todas as respostas para minhas dúvidas, mas uma boa parte, uma parte realmente necessária, uma parcela significativa, que todo mortal deveria saber para ter paz, saúde e harmonia no lidar com ele e com aqueles que querem bem.

3

Laura Botelho

E é disso que esse livro trata. De levar um pouco de luz a um cômodo totalmente escuro e desconhecido. O livro é apenas um portador de luz, um humilde fósforo, com luminosidade suficiente para que você encontre o interruptor, o conector de energia, que dará uma visão a que você tanto quer ver. Terá uma idéia geral desse cômodo, antes totalmente ignorado. "Até onde podemos discernir, o único propósito da existência humana é acender uma luz na escuridão do mero ser" (Carl Jung) Esse livro trás uma nova visão, uma nova ferramenta para juntar-se a tantas outras que você já dispõe. Quando algo dá certo para nós, geralmente queremos compartilhá-lo com outros, porém nem todos estão prontos ou querendo fazer grandes mudanças nesse ponto do tempo e do espaço. Se você está lendo esse livro, mesmo que por pura casualidade, já tem algo em comum comigo. Somos curiosos, estamos abertos a novos pensamentos, o que não quer dizer que tenhamos que acatar com tudo que saímos lendo por aí. Você tem suas próprias idéias e conceitos sobre o universo, mas... não vai se fechar em conhecer outras opiniões. Isso já é um bom começo. A Ciência do Agora é isso, um guia, um modelo que orienta a boa utilização do nosso cérebro com eficácia – escolhas de ferramentas adequadas para transpor cada tipo de dificuldade – objetivando sucesso a tudo que se propõe com distinta eficiência em sua vida – eficiência é a qualidade com que você realiza alguma coisa.

4

Nós não vemos, enxergamos, identificamos aquilo que não conhecemos. E eu vou lhe mostrar que essa sentença é verdadeira. Está pronto para mudanças? CA S O SU A R E S PO ST A S E J A N EG AT I V A, E S S E É O MO M ENT O I D E A L DE FE C H A R E S S E LI V RO E VO LT AR A SU A T V .

Laura Botelho

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful