Você está na página 1de 2

Editora Brasil Seikyo Brasil Seikyo - Edição 2081 - 30/04/2011 - Pág.

A14 - Notícias

Brasil Seikyo - Notícias

Três de Maio — Ano-Novo da Soka Gakkai


Em sucessivos anos, o Dia 3 de Maio tem marcado a história vitoriosa da Soka Gakkai e a
partida para um novo começo

O espírito de mestre e discípulo que envolve a data pulsa até hoje no coração dos membros da Soka
Gakkai

O presidente Ikeda considera: ” O Dia 3 de Maio é o Dia de Ano-Novo da Soka Gakkai. É o dia
comemorativo no qual nossos membros que estão se empenhando sinceramente pelo Kossen-rufu
resplandecem com o brilho retumbante do sol nascente, com a verdadeira essência da vida que
possuem desde os tempos sem início.
“Essa data, motivo de maior júbilo e orgulho, é nosso ponto de partida anual, que nos une firmemente
com o espírito de ‘muitos corpos, uma única mente’.”

Quando tudo começou — No dia 2 de maio de 1943 foi realizada a última convenção da Soka Kyoiku
Gakkai. Na ocasião, o presidente Makiguti declarou que a Soka Gakkai teria de revelar sua verdadeira
identidade abandonando a provisória. Esta foi a última ocasião em que o mestre Makiguti incentivou os
membros em defesa da justiça, pois após 2 meses Makiguti e Toda foram presos injustamente. Desde
então, o dia seguinte, 3 de maio, se tornou a partida da nova Soka Gakkai.

“O espírito do Dia 3 de Maio é o juramento compartilhado por mestre e discípulo. Esse juramento
pessoal de cada um e as ações que realizam para cumpri-lo são, por excelência, a postura que
caracterizam um buda.

“Enquanto essa data de eterno juramento permanecer como sua base, a Soka Gakkai brilhará com uma
inesgotável e infatigável força vital do Buda e continuará a desbravar para sempre o caminho da vitória,
livre de quaisquer obstáculos”.

• 3 de maio de 1951 — posse de Jossei Toda como segundo presidente da Soka Gakkai.
• 3 de maio de 1952 — cerimônia de casamento do presidente Ikeda com a Sra. Kaneko Ikeda.
• 3 de maio de 1960 — posse de Daisaku Ikeda como terceiro presidente.
• 3 de maio de 1979 — anunciada a renúncia do Dr. Ikeda como presidente.
• 3 de maio 1988 — primeiro ano comemorado como Dia das Mães Soka.

A unicidade de mestre e discípulo

Em um de seus escritos, o Buda Nitiren Daishonin revela: “O Buda fez da Lei o seu mestre”. A partir
desse ponto, ele deixa claro o princípio que norteia a essência da prática budista em todas as eras — a
unicidade de mestre e discípulo.

Impresso por Joelma de Lima Enéas (706681-3) página 1


Editora Brasil Seikyo Brasil Seikyo - Edição 2081 - 30/04/2011 - Pág.A14 - Notícias

O presidente Toda venceu para comprovar a grandiosidade de seu mestre, Makiguti, e em 2011
completa-se exatamente 60 anos de sua posse. O presidente Ikeda se empenha até hoje para cumprir
o juramento de concretizar o Kossen-rufu como delegou o seu mestre, Jossei Toda. E em todo 3 de
maio esse nobre espírito é renovado, garantindo a vitória da Soka Gakkai.

Em um poema, o presidente Ikeda escreveu: “Na essência do Budismo está revelado o princípio da
unicidade de mestre e discípulo. O discípulo é como os galhos, e o mestre é como a raiz; o discípulo é
como a correnteza e o mestre é como a fonte; o discípulo é como o fogo e o mestre é como a lenha; o
discípulo é como a planta e o mestre é como a terra”.

POSSE PRESIDENCIAL. Momento em que o jovem


Daisaku Ikeda toma posse como terceiro presidente da
Soka Gakkai

Impresso por Joelma de Lima Enéas (706681-3) página 2