Você está na página 1de 9

1.2.

3 Fatores que
2.1.1. Sinais e ondas.
alteram o
equilíbrio químico
Sinais

O aproveitamento de sinais de fumo para enviar mensagens e o recurso a


sinais elétricos para o envio de informações codificadas em Morse por
telégrafos são exemplos de utilizações de diferentes sinais com uma
finalidade idêntica: comunicar.

Um sinal não é mais do que uma


perturbação criada num dado local do
meio, isto é, corresponde à alteração
local de uma propriedade física de um
meio e que pode conter informação.
Ondas

Propagação de uma perturbação numa corda.

O sinal gerado corresponde à distorção da forma da corda (deformação


local da corda), normalmente designada por pulso.
Um pulso corresponde a um sinal de curta duração, enquanto uma
sequência de pulsos corresponde a um sinal de longa duração.
A perturbação gerada propaga-se ao longo da corda, afastando-se do local
onde foi originada. O movimento do pulso ao longo da corda constitui uma
onda.
Uma onda é um sinal que se propaga num meio.
Ondas
O módulo da velocidade de propagação de uma onda corresponde à
distância percorrida pelo pulso por unidade de tempo e depende apenas de
características do meio onde a onda se propaga.

d
v
t

Formação e propagação de um pulso ao


longo de uma corda com indicação da
distância percorrida pelo pulso entre duas
posições (1 e 2) da corda.
Ondas
Exercício proposto

Um pulso propaga-se numa corda com uma velocidade de módulo


2,0 m s-1.
1. Que distância terá percorrido o pulso em 3,0 s?
2. Indique, justificando, se o pulso teria percorrido a mesma distância
numa corda com o dobro da espessura.
3. Por que motivo se pode dizer que foi gerada uma onda?
Sinais
Proposta de resolução

1. v  d  2,0  d  d  6,0 m
t 3,0
2. Como a corda tem o dobro da espessura o meio de propagação é
diferente. Uma vez que o módulo da velocidade de propagação de
uma onda depende do meio de propagação, esta será diferente e,
portanto, a distância percorrida pelo pulso não será a mesma.
3. Uma vez que foi causada uma perturbação e esta se propagou pela
corda, está-se perante o conceito de onda podendo afirmar-se que foi
gerada uma onda.
Classificação de Ondas
As ondas podem classificar-se atendendo à sua natureza e ao modo como
estas se propagam.
Uma onda cuja direção de vibração Uma onda cuja direção de vibração
é perpendicular à sua direção de é paralela à sua direção de
propagação designa-se onda propagação denomina-se onda
transversal. longitudinal.

Propagação de uma onda transversal Propagação de uma onda longitudinal


numa mola helicoidal numa mola helicoidal
Classificação de Ondas
As ondas podem classificar-se atendendo à sua natureza e ao modo como
estas se propagam.
Uma perturbação que apenas se Perturbações que se podem propagar
propaga num meio material no vazio e em determinados meios
designa-se onda mecânica. Este tipo materiais designam-se ondas
de ondas não se propaga no vazio. eletromagnéticas.

Danos resultantes de um sismo no Nepal em A luz visível emitida por uma lanterna, as ondas
abril de 2015 (A); sismógrafo registando num de rádio ou de televisão e as micro-ondas são
gráfico a chegada das ondas sísmicas (B). exemplos de ondas eletromagnéticas.
Classificação de Ondas
Exercício proposto
Duas molas, A e B, apresentam uma sequência de pulsos que se
propagam ao longo das molas de acordo com a figura seguinte.

1. Classifique cada uma das ondas atendendo ao seu modo de vibração.


2. Indique, justificando, se as ondas apresentadas são mecânicas ou
eletromagnéticas.

Proposta de resolução
1. A onda A é transversal e a B longitudinal.
2. São ondas mecânicas uma vez que o sinal se propaga ao longo da
mola, ou seja, necessitou de um meio material para se propagar.

Você também pode gostar