Você está na página 1de 2

AÇUCARES

São as mais abundantes moléculas orgânicas na natureza e são primariamente


moléculas que reservam energias na maioria dos organismos vivos. Os açúcares mais
simples são chamados de monossacarídeos tais como ribose, glicose, frutose, que
são formados com uma molécula de açúcar e possuem fórmula geral (CH2O)n, onde o
n pode variar de 3 a 7. Por ex. a glicose possui fórmula C6H12O6.

Os dissacarídeos são formados por dois açúcares ligados covalentemente, por


ex. a maltose (açúcar da cana) e a lactose (açúcar do leite). Os polissacarídeos são
grandes moléculas formadas por unidades de monossacarídeos, como por ex. o
glicogênio, em células animais, e o amido, nos vegetais, são compostos somente de
glicose.

E os oligossacarídeos que não estão livres e sim unidos a lipídeos e proteínas,


de modo que são partes de glicolipídeos e de glicoproteínas, que estão na membrana
plasmática.

Tipos de Células

Os diferentes tipos de células podem ser classificadas em duas categorias quanto a sua
organização do núcleo.

• Células procariotas - não apresenta uma membrana envolvendo o núcleo, portanto


o conteúdo nuclear permanece mistura com os outros componentes celulares. Os
únicos pertencentes a esse grupo são as bactérias, as cianofitas e as micobacterias.
• Células Eucariotas - no núcleo da célula eucariota fica "guardado" o material
genético e, em volta do núcleo existe uma membrana que o separa do citoplasma.

Tipos de reprodução

Reprodução sexuada é aquela em que há participação de células especiais, os gametas. Os


gametas são células que carregam parte do material genético que formará um novo ser. No
animal, o gameta masculino é o espermatozóide e o gameta feminino é o óvulo.

A união dos gametas, que dá origem a um novo ser, chama-se fecundação. A fecundação
pode ser interna, ou seja o gameta masculino encontra o gameta feminino dentro do corpo
da fêmea, ou externa, ou seja o gameta masculino encontra o gameta feminino fora do

A reprodução assexuada não envolve estas etapas especiais, os gametas; depende apenas
das células.

A regeneração, um tipo de reprodução assexuada, ocorre, por exemplo, nas planárias.


Reneração em planárias: se o corpo desse animal for
cortado em alguns pedaços, cada um deles pode
originar uma planária inteira.

A reprodução sexuada é mais vantajosa para a


espécie que a assexuada. Enquanto a reprodução
assexuada origina indivíduos geneticamente iguais aos
seus antecessores, a reprodução sexuada produz
indivíduos diferentes dos seus pais. Por exemplo, você
não é exatamente igual ao seu pai nem a sua mãe,
embora possa apresentar muitas características de cada
um deles.

A variabilidade genética, produzida pela reprodução


sexuada, é sempre vantajosa, pois aumenta a chance de
adaptação da espécie a possíveis modificações do
ambiente. A variabilidade genética é fundamental para
a evolução dos organismos.