Você está na página 1de 1

Boletim de notícias ConJur: cadastre-se e receba gratuitamente.

Login

Consultor Jurídico
conjur.corn.br

Capa Seções Colunistas Blogs Anuários Anuncie Apoio cultural

TV ConJur Livraria Mais vendidos Boletim jurídico Busca de livros

RANKING DE NOTÍCIAS

Texto sobre ofensiva de acões, é o mais Lido


31 de janetro de 2009, 1Oh55 e ImP-rimir .-r. Enviar 1) rJ 8
1LEIA TAMBÉM
► Ouvir: Texto sobre ofensivc1 de c1ções contrc1 ;
• 0:00 ouchmo
RANKING DE NOTÍCIAS
Texto sobre briga de Ada Grinover e
Gidi é o mais lido da ConJur

RANKING DE NOTÍCIAS
Novo visual an-anca elogios e
O texto mais lido nesta semana na revista Consulto1· Jwidico foi sobre o
apoio da seccional paulista da OAB a oito advogados. Eles foram críticas dos leitores da ConJw·
processados mais de 170 vezes pela mesma pessoa e a OAB-SP, em defesa RANKING DE NOTÍCIAS
das pren-ogativas desses advogados, fo111ecerá assistência jurídica aos Altigo que fala da guen-a em Gaza é o
profissionais. Desde que foi publicado no dia 27 de janeiro, o texto recebeu texto da ConJw· mais lido na semana
quase 3 mil acessos. As ações propostas foram de indenização por crime
contra a honra. A medição é do Google Analyctis. RANKING DE NOTÍCIAS
Texto sobre liberdade provisória é o
Um oficio assinado pelo presidente da seccional, Luiz Flávio Borges D'Urso, mais lido na ConJw·
e pelo presidente da Comissão de Pren-ogativas, Sergei CobraArbex, atendeu
a um pedido de auxílio feito pelos advogados, que protestam contra o elevado RANKING DE NOTÍCIAS
número de ações ajuizadas contra eles na Justiça de Mato Grosso do Sul Operação no TJ capixaba é a notícia
apenas pelo empresário Luiz Eduardo Auricchio Bottura, que conseguiu mais lida na ConJw·
alvará de soltura nesta sexta-feira (30/1), no TJ-IvlS. Clique aqui para ler a
notícia. D Facebook a Twitter

A ConJw·, num período de sete dias, recebeu 299 mil visitas. A cobe1tura do
Geo Map, fen-amenta do Google, também apontou visitas de 10 países. Dentre
eles, Estados Unidos com 300 acessos, Po1tugal com 285 e Argentina com
m Linkedin li RSS

200 acessos. O dia 23 de janeiro, contudo, foi o mais acessado com 50 mil
visitas. Veja alguns textos publicados, com destaque, neste dia:

• CNJ unifica numeração de processos em todo o pais


Barack Obama anula política antiabo1to dos Estados Unidos
Espírito Santo demite 20 defensores sem concurso
Itália quer ser ouvida sobre pedido de liberdade de Battisti
OAB-SP quer pron-ogar prazo para advogado renovar cruteira

Em segundo lugru· no ranking da ConJur das mais acessadas, ficou o pru·ecer


do advogado Nilo Batista no caso do italiano Cesru·e Battisti. O texto recebeu
2,5 mil acessos. De acordo com o advogado, os quatro homicídios atribuídos
pela Justiça da Itália ao ex-militante comunista são anteriores à Lei da Anistia
(6.683/79) e, na prática, a sua extradição significa uma dupla incriminação. O
pru·ecer foi solicitado pela defesa de Battisti. O texto do advogado, que
ganhou notoriedade nos anos 70 como defensor de presos políticos, foi escrito
em maio do ano passado pru·a ser anexado ao processo de Extradição que
con-e no Supremo Tribunal Federal.

Liberdade de expressão

O pedido de indenização negado ao comentru·ista Juca Kfouri pela Justiça


também chamou atenção dos leitores. Em terceiro lugru·, recebeu 2,3 mil
acessos. A ação de Juca foi movida contra o técnico de futebol Vanderlei
Luxemburgo. Kfouri recon-eu à Justiça por se sentir ofendido com a expressão
"um tal de Juca Kfouri da vidà' dita por Luxemburgo numa entrevista
coletiva, em 2007. Na mesma entrevista Luxemburgo fez referências a outros
ações mal sucedidas movidas pelo comentru·ista. O juiz Gustavo Antonio
Pieroni Louzada, da 3ª Vru·a Cível da Comarca de Santos (SP), entendeu que
os comentários não causru·am dano moral nem psicológico ao comentru·ista
Juca ainda pode recon-er da decisão.

Leia os 10 textos 1nais acessados entre o dia 23 e 30 de janeiro

OAB P-aulista defende advogados P-rocessados em IvlS


Crimes atribuídos a Battisti P-rescreveram com Anistia, diz Nilo Batista
Juca Kfowi nerde batalha judicial conu·a Vande l'lei Luxembw·gº
CNJ define P-adrão P-ara numer~ão de P-rocessos em todos os tribunais
Vanderlei Luxemburgo é condenado P-0r ofender Mru·celinho Cru·ioca na TV
Juiz do Pru·á é !!g!·edido com P-á e atingLagressor com dois tiros
Com o SP-ed, emP-resas P-Odem deixar de enviar declar~ões P-ara o fisco
TJ de São Paulo cria fen-amenta P-ru·a imP-edir fraude nas ~ões de cobranç-ª
Juízes P-recisam ler mais P-Oesi!!, romance e j o111al, diz ministro do STF
OAB-SP ~uer P-ron-ogar P-razo P-ara advogados renovar cartão de identidade

e ImP-rimir .-r. Enviar 1) rJ 8


Revista Consultor Jwidico, 31 de janeiro de 2009, 10h55

1COMENTÁRIOS DE LEITORES
1 comentário

MAIOR OFENSIVA CONTRA A ADVOCACIA PRIVADA É A DEFENSORIA


analucia (Bacharel - Família)
1 de feverell'o de 2009, 0hl 1

maior ofensiva contra a advocacia privada é a Defensoria, por isto é preciso


estabelecer um teto para atendimento pela defensoria e ainda permitir ao cidadáo
que opte pela advocacia privada como é na Europa e Estados Unidos.

Comentários encerrados em 08/02/2009.


A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.

1RECOMENDADO PARA VOCÊ Links patrocinados por taboola

\ ·

Jovem de Itu viraliza Médico ensina homens Óculos demolidor o


na web com seus acima dos 40 a urinar queridinho dos
truques para queimar .. , como jovem em 30 dia... famosos!
Centro em E1:nagrecimento Dr. Rafael Freitas· Elite Óculos
Zero Peso Especialista e1:n saúde
masculina

ÁREAS DO DIREITO
Administrativo Ambiental Comercial Consumidor Criminal Eleitoral Empresarial Família Financeiro Imprensa Internacional Leis
Previdência Propriedade Intelectual Responsabilidade Civil Tecnologia Trabalhista Tributário

COMUNIDADES
Advocacia Escritórios Judiciário Ministério Público Polícia Política

CONJUR SEÇÕES ESPECIAIS REDES SOCIAIS


Quem somos Notícias Eleições 2020 Facebook
Equipe Artigos Especial 20 anos Twitter
Fale conosco Colunas Linkedin
PRODUTOS
Entrevistas RSS
PUBLICIDADE Livraria
Blogs
Anuncie no site Anuários
Estúdio ConJur
Anuncie nos Anuários Boletim Jurídico

Consultor Jurídico
ISSN 1809-2829 www.conjur.com.br Política de uso Reprodução de notícias

Você também pode gostar