Você está na página 1de 167

PREFEITURA MUNICIPAL DE INDAIATUBA

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO


SETOR DE ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA

APOSTILA DE ATIVIDADES
FILOSOFIA

3º ANO

PROF. ALESSANDRO CARDOSO


PROF. GIOVANI TRENTIN
PROF. WILLIAM WOLF E. P. VIEIRA
SUMÁRIO

ATIVIDADES – EIXO FILOSOFIA E CONHECIMENTO..........................................................................................................5


FC3.1 – FILOSOFIA: DIÁLOGO E RAZÃO.......................................................................................................................6
ATIVIDADE 1 – ADIVINHAS: PENSAR E EXPLICAR.....................................................................................................6
ATIVIDADE 2 – O ENIGMA DA ESFINGE...................................................................................................................9
ATIVIDADE 3 – SUDOKU........................................................................................................................................11
ATIVIDADE 4 – COMPARANDO JEITOS DE PENSAR................................................................................................14
ATIVIDADE 5 – SOLUÇÕES.....................................................................................................................................15
ATIVIDADE 6 – DIFERENTES SOLUÇÕES?...............................................................................................................17
ATIVIDADE 7 – DIFERENTES SOLUÇÕES!................................................................................................................18
ATIVIDADE 8 – ACORDOS E DESACORDOS.............................................................................................................19
ATIVIDADE 9 – RELACIONAR..................................................................................................................................20
ATIVIDADE 10 – FAZ DE CONTA QUE VOCÊ É UM REPÓRTER................................................................................21
ATIVIDADE 11 – PENSAR COM, PENSAR SÓ...........................................................................................................23
ATIVIDADE 12 – DIFERENTES PONTOS DE VISTA E AS NOSSAS ATITUDES.............................................................24
ATIVIDADE 13 – DIÁLOGO E SEUS DESENCONTROS..............................................................................................25
ATIVIDADE 14 – DIÁLOGO: PERGUNTAR PARA TENTAR CRIAR ENCONTROS.........................................................27
ATIVIDADE 15 – DIÁLOGO?....................................................................................................................................29
ATIVIDADE 16 – DIALOGAR E APRENDER?.............................................................................................................30
ATIVIDADE 17 – DIÁLOGOS....................................................................................................................................31
ATIVIDADE 18 – A IDEIA DE DIÁLOGO...................................................................................................................33
ATIVIDADE 19 – ENTRE MIM E O OUTRO: UMA PONTE?.......................................................................................35
ATIVIDADE 20 – CRIAR UM DIÁLOGO....................................................................................................................37
ATIVIDADE 21 – DIÁLOGOS PODEM SER COMO PONTES?.....................................................................................40
ATIVIDADE 22 – O QUE É ARGUMENTO?...............................................................................................................41
ATIVIDADE 23 – ESCUTAR EXPLICAÇÕES...............................................................................................................42
ATIVIDADE 24 – SERÁ QUE ISSO É UM ARGUMENTO?..........................................................................................44
ATIVIDADE 25 – MAS, SERÁ MESMO ARGUMENTO?.............................................................................................46
ATIVIDADE 25 – CRIANDO ARGUMENTOS.............................................................................................................48
FC3.2 – O EU E O OUTRO: DIMENSÃO EPISTEMOLÓGICA.........................................................................................49
ATIVIDADE 01 – PENSAR UM POEMA....................................................................................................................49
ATIVIDADE 2 – PERGUNTANDO AO POETA............................................................................................................50
ATIVIDADE 3 – IMAGENS QUE VALEM MAIS QUE MIL PALAVRAS.........................................................................52
ATIVIDADE 4 – RECRIAR UM POEMA.....................................................................................................................54
ATIVIDADE 5 – O MITO DE NARCISO.....................................................................................................................55
ATIVIDADE 6 – NARCISO, EU?................................................................................................................................58
ATIVIDADE 7 – NARCISO CONTRA NARCISO..........................................................................................................59
ATIVIDADE 8 – NARCISO E CONTRANARCISO........................................................................................................61
ATIVIDADE 9 – OLHAR PARA O PRÓPRIO EU E PERGUNTAR..................................................................................64
ATIVIDADE 10 – PERGUNTAR SOBRE UM OUTRO DISTANTE.................................................................................66
ATIVIDADE 11 – PERGUNTAR SOBRE UM OUTRO PRÓXIMO.................................................................................68
ATIVIDADE 12 – NARCISO É CONTRANARCISO?....................................................................................................69
ATIVIDADE 13 – SOU EU UM EU-OUTRO?.............................................................................................................71
ATIVIDADES – EIXO ÉTICA..............................................................................................................................................73
ET3.1 – INTENCIONALIDADE E CONDUTA: SENTIMENTOS, ATITUDES E AÇÕES, AS MINHAS E AS DOS OUTROS......74
ATIVIDADE 1 – INTENÇÕES....................................................................................................................................74
ATIVIDADE 2 – O QUE SENTIRAM?........................................................................................................................76
ATIVIDADE 3 – O QUE VOCÊ SENTE?.....................................................................................................................78
ATIVIDADE 4 – AÇÕES, OU SEJA, AQUILO QUE SE FAZ...........................................................................................79
ATIVIDADE 5 – JEITO DE AGIR................................................................................................................................81
ATIVIDADE 6 – ATITUDES.......................................................................................................................................83
ATIVIDADE 7 – QUAIS ATITUDES?..........................................................................................................................86
ATIVIDADE 8 – INTENÇÕES E SENTIDOS................................................................................................................88
ATIVIDADE 9 – TUDO É INTENCIONAL?.................................................................................................................90
ATIVIDADE 10 – INTENCÕES OCULTAS..................................................................................................................92
ATIVIDADE 11 – INTENCÕES OCULTAS II...............................................................................................................94
ATIVIDADE 12 – SITUAÇÃO....................................................................................................................................96
ATIVIDADE 13 – SENTIMENTO...............................................................................................................................98
ATIVIDADE 14 – PENSAMENTO...........................................................................................................................100
ATIVIDADE 15 – AÇÃO.........................................................................................................................................102
ATIVIDADE 16 – MOTIVO.....................................................................................................................................104
ATIVIDADE 17 – CONSEQUÊNCIA........................................................................................................................106
ATIVIDADE 18 – VALOR.......................................................................................................................................108
ATIVIDADE 19 – ENTENDENDO AS AÇÕES...........................................................................................................110
ATIVIDADE 20 – ENTENDENDO AS MINHAS AÇÕES.............................................................................................112
ATIVIDADE 21 – ENTENDENDO MINHAS AÇÕES ATRAVÉS DE OUTRA PESSOA...................................................113
ET3.2 – CONVIVÊNCIA E CONFLITOS: CONSEQUÊNCIAS DE MINHAS ATITUDES E AÇÕES NO MEIO EM QUE VIVO 115
ATIVIDADE 1 – CONSEQUÊNCIA: PENSAR E ADIANTAR O QUE PODE ACONTECER..............................................115
ATIVIDADE 2 – INTENCÕES QUE SE REALIZAM....................................................................................................117
ATIVIDADE 3 – AÇÕES E SUAS CONSEQUÊNCIAS.................................................................................................120
ATIVIDADE 4 – INTENÇÕES E CONSEQUÊNCIAS...................................................................................................123
ATIVIDADE 5 – INTENÇÕES, AÇÕES E CONSEQUÊNCIAS......................................................................................126
ATIVIDADE 6 – ESCOLHER QUAL INTENÇÃO SEGUIR...........................................................................................129
ATIVIDADE 7 – INTENÇÕES E SEUS SIGNIFICADOS...............................................................................................131
ATIVIDADE 8 – CONFLITO DE INTERESSES...........................................................................................................133
ATIVIDADE 9 – QUAL A CONSEQUÊNCIA?...........................................................................................................135
ATIVIDADE 10 – HÁ UM INQUILINO DENTRO DE NÓS?.......................................................................................137
ATIVIDADE 11 – HÁ UM INQUILINO DENTRO DE MIM?.......................................................................................139
ATIVIDADE 12 – DUAS ESCOLHAS, DIFERENTES CONSEQUÊNCIAS......................................................................141
ATIVIDADE 13 – BOAS E MÁS CONSEQUÊNCIAS..................................................................................................143
ATIVIDADE 14 – DEU RUIM!................................................................................................................................145
ATIVIDADE 15 – DEU BOM!.................................................................................................................................147
ATIVIDADE 16 – CONVIVÊNCIA............................................................................................................................149
ATIVIDADE 17 – CRUZADINHA SOBRE A CONVIVÊNCIA.......................................................................................152
ATIVIDADE 18 – CONVIVÊNCIA E REGRAS...........................................................................................................155
ATIVIDADE 19 – BULLYING: O QUE É?.................................................................................................................157
ATIVIDADE 20 – BULLYING..................................................................................................................................161
ATIVIDADES – EIXO FILOSOFIA E
CONHECIMENTO

FC3.1 – Filosofia: diálogo e razão.

FC3.2 – O eu e o outro: dimensão epistemológica.


FC3.1 – FILOSOFIA: DIÁLOGO E RAZÃO.
ATIVIDADE 1 – ADIVINHAS: PENSAR E EXPLICAR12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ À __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade:
Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a escrita com autonomia, auxilie a criança
nas leituras e nas escritas.

1. COM A AJUDA DE UM ADULTO, LEIA O TEXTO ABAIXO.


ADIVINHAR OU DESCOBRIR?
A “ADIVINHA”, O FAMOSO “O QUE É, O QUE É?”, É UM TIPO DE BRINCADEIRA POPULAR. NORMALMENTE,
É PASSADA NAS FAMÍLIAS DOS MAIS VELHOS PARA OS MAIS NOVOS.
APESAR DO CLIMA DE BRINCADEIRA, A ADIVINHA PODE AUXILIAR NA EDUCAÇÃO E NO
DESENVOLVIMENTO DO PENSAMENTO DAS CRIANÇAS, POIS ELA SEMPRE EXIGE O USO DA INTELIGÊNCIA E DA
ESPERTEZA.
AINDA QUE OS PROCESSOS DE PENSAMENTO COLOCADOS EM AÇÃO PELAS ADIVINHAS REQUEIRAM O
USO DO HUMOR E GUARDEM ALGO DE MÁGICO, A VERDADE É QUE PARA DESCOBRIR A RESPOSTA DE UMA
ADIVINHA HÁ MUITO QUE RACIOCINAR SOBRE A FORMA, O SENTIDO E O USO SOCIAL DAS PALAVRAS, ALÉM DE
MOBILIZAR OUTROS TIPOS DE CONHECIMENTOS E VIVÊNCIAS.
NAS ATIVIDADES ABAIXO, VOCÊS PRECISARÃO DAR A RESPOSTA DAS ADIVINHAS E TAMBÉM EXPLICAR A
RAZÃO DE SER AQUELA E NÃO OUTRA RESPOSTA.
RECOMENDAMOS QUE FAÇAM A ATIVIDADE EM CLIMA DE BRINCADEIRA, INCLUSIVE NO MOMENTO DE
PEDIR A EXPLICAÇÃO SOBRE A RESPOSTA. ASSIM ORIENTAMOS PORQUE O QUE SE PRETENDE É, POR UM LADO,
TRABALHAR SOBRE O RACIOCÍNIO E, POR OUTRO, ESTIMULAR SITUAÇÕES DE DIÁLOGO.
SENDO ASSIM, APROVEITEM PARA BRINCAR E, NO CASO DO ADULTO, RELEMBRAR DO SEU TEMPO DE
CRIANÇA!
ADAPTADO DE:
Escola Kids. Disponível em <https://escolakids.uol.com.br/portugues/adivinhas-o-que-e-o-que-e.htm>. Acesso em
25 de mar. de 2020.
BECHARA, E. Minidicionário da língua portuguesa Evanildo Bechara (verbetes consultados: ‘adivinha’, ‘adivinhar’,
‘descobrir’). Rio de Janeiro: Editora Nova Fronteira, 2009.

2. BATALHA DE ADIVINHAS: LEIAM A ADIVINHA JUNTOS, PENSEM POR ALGUNS INSTANTES SOBRE QUAL DEVE
SER A RESPOSTA. DEPOIS QUE DESCOBRIREM A RESPOSTA (PENSANDO OU CONSULTANDO A RESPOSTA),
CONVERSEM SOBRE A EXPLICAÇÃO DE A RESPOSTA SER AQUELA E NÃO OUTRA.

ADIVINHA RESPOSTA EXPLICAÇÃO

A) O QUE É, O QUE É QUE É


FEITO PARA ANDAR, MAS
NÃO ANDA?

1
FC3.1- Filosofia: diálogo e razão. HF1: Identificar e elaborar questionamentos pertinentes aos temas abordados. HF3: Identificar
e elaborar justificativas para hipóteses, verbalizando-as de maneira autônoma.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
B) O QUE É, O QUE É QUE DÁ
MUITAS VOLTAS E NÃO SAI
DO LUGAR?

C) O QUE É, O QUE É QUE


MESMO ATRAVESSANDO O
RIO NÃO SE MOLHA?

D) O QUE É, O QUE É QUE CAI


EM PÉ E CORRE SENTADO?

RESPOSTAS: Exercício 2: a)Rua; b)Relógio; c)Ponte ou Sombra; d)Chuva. O objetivo do exercício é estimular a criança
a raciocinar sobre os enigmas colocados e, independente de descobrir as respostas por si mesma ou com apoio,
propor hipóteses explicativas que guardem coerência com as respostas de cada adivinha. Portanto, no referente à
explicação da resposta das adivinhas, espera-se alguma elaboração mais pessoal da criança.

Adaptações:
Texto para leitura exclusiva dos adultos
Adivinhar ou descobrir?
A “adivinha”, o famoso “o que é, o que é?”, é um tipo de brincadeira popular. Normalmente, é passada
nas famílias dos mais velhos para os mais novos.
Apesar do clima de brincadeira, a adivinha pode auxiliar na educação e no desenvolvimento do
pensamento das crianças, pois ela sempre exige o uso da inteligência e da esperteza.
Ainda que os processos de pensamento colocados em ação pelas adivinhas requeiram o uso do humor e
guardem algo de mágico, a verdade é que para descobrir a resposta de uma adivinha há muito que raciocinar
sobre a forma, o sentido e o uso social das palavras, além de mobilizar outros tipos de conhecimentos e vivências.
Nas atividades abaixo, estimule a criança a oralmente dar a resposta das adivinhas e também explicar a
razão de pensarem ser aquela resposta: ‘por que você acha que é essa resposta?’
Recomendamos que façam a atividade em clima de brincadeira, inclusive no momento de pedir a
explicação sobre a resposta. Assim orientamos porque o que se pretende é, por um lado, trabalhar sobre o
raciocínio e, por outro, estimular situações de diálogo.
Sendo assim, aproveitem para brincar e relembrar do seu tempo de criança!

Adaptado de:
Escola Kids. Disponível em <https://escolakids.uol.com.br/portugues/adivinhas-o-que-e-o-que-e.htm>. Acesso em 25 de mar.
de 2020.
BECHARA, E. Minidicionário da língua portuguesa Evanildo Bechara (verbetes consultados: ‘adivinha’, ‘adivinhar’, ‘descobrir’).
Rio de Janeiro: Editora Nova Fronteira, 2009.

1. O QUE É, O QUE É QUE MAIS PESA NO MUNDO? PINTE A FIGURA DA RESPOSTA.


2. O QUE É, O QUE É QUE VIVE CAINDO, MAS NÃO SE MACHUCA? PINTE A FIGURA DA
RESPOSTA.

3. O QUE É, O QUE É QUE QUANTO MAIS SECA, MAIS SE MOLHA? PINTE A FIGURA DA
RESPOSTA.

RESPOSTAS: 1) BALANÇA; 2) CHUVA; 3) TOALHA.


FONTE IMAGENS: https://br.pinterest.com/pin/417638565437363739/. ACESSO EM 29/01/2021
ATIVIDADE 2 – O ENIGMA DA ESFINGE12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ À __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade:
Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a escrita com autonomia, auxilie a criança
nas leituras e nas escritas.

1. COM A AJUDA DE UM ADULTO, LEIA O TEXTO ABAIXO COM ATENÇÃO.


O ENIGMA DA ESFINGE

HÁ MUITO TEMPO ATRÁS, NA GRÉCIA, HAVIA UM REINO CHAMADO TEBAS.

POR CAUSA DE UM CRIME DO PASSADO COMETIDO PELO REI LAIO, A CIDADE DE TEBAS FOI
AMALDIÇOADA PELA DEUSA HERA.

O CASTIGO? BEM, A DEUSA ENVIOU UM MONSTRO TENEBROSO CHAMADO ESFINGE.

COM CORPO DE LEÃO, TRONCO DE MULHER, ASAS DE ÁGUIA E, DIZEM ALGUNS, CAUDA DE SERPENTE, A
ESFINGE REALIZAVA AS PIORES PROFECIAS PARA QUEM A ENCONTRASSE.

ENTOCADA EM UM MONTE A MEIO DO CAMINHO PARA TEBAS, QUEM PASSASSE POR LÁ CERTAMENTE
SERIA CONFRONTADO PELA MONSTRA.

HAVIA ANOS QUE A ESFINGE ATERRORIZAVA A REGIÃO DE TEBAS. NÃO ADIANTAVA DESVIAR DO
CAMINHO ONDE FICAVA SUA TOCA, POIS DO ALTO DO MONTE EM QUE FAZIA A VIGIA O MENOR MOVIMENTO
ERA AVISTADO E, BATENDO SUAS FORTES ASAS, LOGO INTERCEPTAVA OS VIAJANTES QUE SE JULGAVAM A SALVO.

PARA PASSAR SEM SER PERCEBIDO, SÓ SE ELA ESTIVESSE EM UM DE SEUS RAROS COCHILOS, O QUE ELA
SÓ FAZIA EM ALTA MADRUGADA, QUANDO O MENOR BARULHO PODERIA A DESPERTAR. OU SEJA, NINGUÉM
PASSAVA SER ABORDADO PELA ESFINGE.

MAS A ESFINGE NÃO ATACAVA OS VIAJANTES ASSIM DO NADA. NÃO! CRUEL E SEM PIEDADE, ELA LHES
DAVA UMA PEQUENÍSSIMA CHANCE DE SE SALVAREM. DIZIA:

—DECIFRA-ME OU DEVORO-TE! –E ENTÃO APRESENTAVA SEU FAMOSO ENIGMA... CLARO, DIANTE DO


PAVOR, MUITOS NÃO CONSEGUIAM RACIOCINAR BEM E, TÃO LOGO RESPONDESSEM ERRADO OU
DEMONSTRASSEM NÃO CONSEGUIR RESPONDER, ERAM MORTOS E TOTALMENTE DEVORADOS PELA
FAMIGERADA ESFINGE.

A POPULAÇÃO DE TEBAS E DOS REINOS VIZINHOS JÁ NÃO AGUENTAVAM MAIS TAMANHA CRUELDADE,
ATÉ QUE UM DIA UM JOVEM HERÓI, ÉDIPO, QUE ESTAVA FUGINDO DE UMA PROFECIA RUIM EM SEU DESTINO,
ACABOU TOPANDO COM A MONSTRA.

O POBRE ÉDIPO, QUE NADA SABIA DA MALDIÇÃO DA ESFINGE, ACREDITAVA QUE SE REFUGIANDO EM
TEBAS RESOLVERIA SEUS PROBLEMAS. MAS EIS QUE SUBITAMENTE A ESFINGE POUSA EM SUA FRENTE DANDO
SEU PAVOROSO GRITO QUE FARIA QUALQUER UM TREMER MAIS QUE VARA VERDE. MAS NÃO ÉDIPO.

—AHHHHHHH!!! Grrrrrr!!!! –GANIU A ESFINGE.

MAS NOSSO HERÓI FICA IMPASSÍVEL, NADA TEME –E TAMPOUCO TREME.

1
FC3.1- Filosofia: diálogo e razão. HF2: Identificar e elaborar hipóteses coerentes com as questões propostas durante a
discussão dos temas abordados.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
ENTÃO A ESFINGE O INTIMA: “–DECIFRA-ME OU DEVORO-TE!”.

ÉDIPO, POR SUA VEZ: “—OH, MONSTRA ABOMINÁVEL, O QUE PRETENDE QUE EU DECIFRE?”. E ENTÃO A
ESFINGE SACA SEU INTRINCADO ENIGMA:

– QUAL O SER QUE PELA MANHÃ TEM QUATRO PÉS, AO MEIO DIA TEM DOIS, E A NOITE TEM TRÊS?

E AGORA, COMO SERÁ QUE ÉDIPO SE SAIU DESTA?

ADAPTADO DE: https://pt.wikipedia.org/wiki/Laio; https://www.infopedia.pt/$esfinge; https://www.oversodoinverso.com.br/conheca-a-historia-da-esfinge-


na-mitologia-grega/; https://danielmcarlos.org/a-origem-do-mundo/edipo-e-a-esfinge/. ACESSOS EM 28/01/2021

2. SE VOCÊ ESTIVESSE NO LUGAR DE ÉDIPO, O QUE RESPONDERIA PARA A ESFINGE? CONVERSE COM A PESSOA
QUE LHE ACOMPANHOU SOBRE O ENIGMA DA ESFINGE E DEPOIS ANOTEM NA TABELA ABAIXO A RESPOSTA
DE CADA UM.

NOME CRIANÇA NOME PESSOA QUE ACOMPANHOU A


CRIANÇA
________________________ ________________________
RESPOSTAS

3. CRIE UM DESENHO COLORIDO SOBRE A HISTÓRIA.

RESPOSTAS:
1-A leitura será retomada na aula presencial. 2-O objetivo do exercício é estimular a criança a raciocinar e propor
hipóteses para o enigma. A solução do enigma será abordada na aula presencial. 3- Produção pessoal da criança.
ATIVIDADE 3 – SUDOKU12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ À __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade:
Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a escrita com autonomia, auxilie a criança
nas leituras e nas escritas.

1. COM A AJUDA DE UM ADULTO, LEIA O TEXTO ABAIXO COM ATENÇÃO.


O QUE É SUDOKU?
EM JAPONÊS, SUDOKU SIGNIFICA “OS NÚMEROS TÊM QUE SER ÚNICOS”.
A FORMA DE PRONUNCIAR É ‘SÚDÔKU’ E NÃO ‘SÚDOKÚ’.
SUDOKU É UM JOGO NUMÉRICO QUE EXIGE LÓGICA E RACIOCÍNIO.
APESAR DE SER CONHECIDO PELO NOME JAPONÊS, SAIBA QUE ELE NÃO FOI CRIADO NO JAPÃO. A
INVENÇÃO É ATRIBUÍDA AO MATEMÁTICO SUÍÇO LEONHARD EULER, NO SÉCULO 18.
HOJE EM DIA, NO JAPÃO TEM MAIS DE 600 MIL REVISTAS ESPECIALIZADAS EM SUDOKU.
NO SUDOKU, OS NÚMEROS DEVEM APARECER APENAS UMA VEZ EM CADA LINHA E EM CADA COLUNA.
O FORMATO COM 9 LINHAS E 9 COLUNAS É O MAIS POPULAR, MAS EXISTEM FORMATOS DIFERENTES
(POR EXEMPLO, 5x5, 6x6).

COMO JOGAR?
PREENCHA A COLUNA COM NÚMEROS DE 1 A 6 (JOGO 1) OU 1 A 9 (JOGO 2).

PREENCHA A LINHA COM NÚMEROS DE 1 A 6 (JOGO 1) OU 1 A 9 (JOGO 2).

PREENCHA CADA QUADRADO COM NÚMERO DE 1 A 6 (JOGO 1) OU 1 A 9 (JOGO 2).

NÃO SE ESQUEÇA QUE OS NÚMEROS SÓ PODEM APARECER UMA VEZ!


OUTRAS DICAS IMPORTANTES:
COMECE PELOS NÚMEROS QUE MAIS SE REPETEM.
ANTES DE ANOTAR UM NÚMERO, OLHE NO QUADRADO, LINHA E COLUNA PARA VER SE ELE JÁ NÃO
APARECE EM UM DESSES LUGARES.
OBSERVE O EXEMPLO:

Imagem:
https://escolakids.uol.com.br/matem
atica/sudoku.htm. Acesso em
09/04/2020

Adaptado de:
Superinteressante. Disponível em: https://super.abril.com.br/historia/o-que-e-sudoku/. Acesso em 09 de abr. de 2020.
Wikipedia. Disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Sudoku. Acesso em 09 de abr. de 2020.

2. ESCOLHA UM DOS JOGOS PARA FAZER. PARA FAZER OS JOGOS 3 E 4, RECORTE E COLE AS FIGURINHAS.

1
FC3.1- Filosofia: diálogo e razão. HF1: Identificar e elaborar questionamentos pertinentes aos temas abordados. HF3: Identificar
e elaborar justificativas para hipóteses, verbalizando-as de maneira autônoma.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
AH, SE VOCÊ QUISER, PODE FAZER TODOS OS JOGOS. CASO VOCÊ QUEIRA JOGAR MAIS SUDOKU, PODE
FAZER ISSO NO SITE https://sudoku.com/.
JOGO 1 JOGO 2

Fonte: http://mypuzzle.org/sudoku-6x6. Acesso em 09 de abr. de Fonte: https://sudoku.com/pt/facil/. Acesso em 09 de abr. de


2020 2020.

JOGO 3 JOGO 4

PREENCHA O QUADRO COM AS FIGURINHAS. NÃO PREENCHA O QUADRO COM AS FIGURINHAS.


VALE REPETIR AS MESMAS FIGURINHAS NAS LINHAS, NÃO VALE REPETIR AS MESMAS FIGURINHAS
COLUNAS E QUADRINHOS MENORES, CERTO? NAS LINHAS, COMBINADO?

Fonte:
http://portaldoprofessor.mec.gov.br/fichaTecni
caAula.html?aula=4761 Acesso em 29/01/2020
PARA RECORTE:
Respostas:
JOGO 1 JOGO 2

JOGO 3 JOGO 4
ATIVIDADE 4 – COMPARANDO JEITOS DE PENSAR12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ À __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade:
Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a escrita com autonomia, auxilie a criança
nas leituras e nas escritas.

COM A AJUDA DE UM ADULTO, PENSE E RESPONDA:

1. VOCÊ PRECISOU PENSAR MAIS NA ATIVIDADE DE ADIVINHAS OU NA ATIVIDADE DE SUDOKU? POR QUÊ?

_______________________________________________________________________________________________

_______________________________________________________________________________________________

2. EXISTE ALGUMA SEMELHANÇA ENTRE AS ADIVINHAS E O SUDOKU? E DIFERENÇAS, EXISTEM? ESCREVA UMA
DE CADA ABAIXO.

SEMELHANÇA ENTRE ADIVINHAS E SUDOKU: __________________________________________________________

DIFERENÇA ENTRE ADIVINHAS E SUDOKU:


_____________________________________________________________

Respostas e comentários:
1) Resposta pessoal da criança. O objetivo da questão é estimular a reflexão sobre o ato de pensar.
2) Resposta de elaboração pessoal. É possível apontar semelhanças tais quais: as duas atividades têm respostas
corretas; nas duas têm que pensar; nas duas têm que descobrir, entre outras. Podem ser apontadas diferenças tais
como as que seguem: as adivinhas são sobre palavras, o sudoku é sobre números/imagens; o sudoku tem várias
regras, as adivinhas não; as adivinhas normalmente são engraçadas, o sudoku não; entre outras que possam ser
percebidas pela criança.
Não é esperado que a criança deva apontar as mesmas semelhanças e diferenças elencadas acima.

1
FC3.1- Filosofia: diálogo e razão. HF1: Identificar e elaborar questionamentos pertinentes aos temas abordados. HF2: Identificar
e elaborar hipóteses coerentes com as questões propostas durante a discussão dos temas abordados.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
ATIVIDADE 5 – SOLUÇÕES12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ À __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade:
Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a escrita com autonomia, auxilie a criança
nas leituras e nas escritas.

1. COM A AJUDA DE UM ADULTO, PENSE E RESPONDA AO DESAFIO:


NO CAMINHO DE CASA ATÉ O MERCADO, UMA SENHORA CONTA 10 ÁRVORES A SUA DIREITA. APÓS AS
COMPRAS, ELA VOLTA PARA CASA E CONTA 10 ÁRVORES A SUA ESQUERDA. QUANTAS ÁRVORES ELA VIU NO
TOTAL AO IR E VOLTAR DO MERCADO? EXPLIQUE SUA RESPOSTA.

RESPOSTA: ____________________________________________________________________________________

EXPLICAÇÃO DA RESPOSTA: ________________________________________________________________________

_______________________________________________________________________________________________

2. VAMOS JOGAR?

CONHEÇA O JOGO PONG HAU K’I.


O PONG HAU K’I É UMA ESPÉCIE DE VERSÃO CHINESA DO POPULAR JOGO
DA VELHA, MAS AQUI NÃO EXISTE EMPATE.
AS PEÇAS DE UM JOGADOR SÃO COLOCADAS NAS DUAS EXTREMIDADES
SUPERIORES DO TABULEIRO E AS DO ADVERSÁRIO NAS CASAS INFERIORES,
FICANDO A CASA CENTRAL VAGA (IMAGEM 1).
SORTEIA-SE PARA DECIDIR QUEM INICIA. CADA JOGADOR TEM UMA
JOGADA POR VEZ.
A JOGADA CONSISTE EM MOVER UMA ÚNICA PEÇA, DE ACORDO COM AS
LINHAS DO TABULEIRO PARA APENAS UMA CASA VAGA. AS LINHAS DO TABULEIRO
PODEM SER RETAS OU CURVADAS. CADA CASA VAGA SÓ PODE SER OCUPADA POR
UMA PEÇA. NESTE JOGO NÃO HÁ CAPTURAS.
O OBJETIVO DO JOGO É ENCURRALAR AS PEÇAS DO ADVERSÁRIO DE
MODO QUE ELAS NÃO POSSAM MAIS SER MOVIDAS (IMAGEM 2). PARA ISSO, É
PRECISO QUE NÃO HAJA NENHUMA CASA VAGA PARA ONDE ELAS POSSAM SER
DESLOCADAS.

IMAGEM 1 IMAGEM 2

Texto adaptado de: https://www.ludopedia.com.br/jogo/pong-hau-ki e https://ticasdematema.blogspot.com/2009/01/pong-


hau-ki.html
Imagem 1: https://singaporemathsource.com/wp-content/uploads/2008/07/pong-hau-ki.pdf
Imagem 2: https://mathworld.wolfram.com/PongHauKi.html Acessos em 17/02/2021

1
FC3.1- Filosofia: diálogo e razão. HF2: Identificar e elaborar hipóteses coerentes com as questões propostas durante a discussão
dos temas abordados.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
TABULEIRO PARA JOGAR PONG HAU K’I
FONTE: http://basitzekaoyunlari.blogspot.com/2017/03/pong-hau-ki-pong-hau-ki-cinde-ve-korede.html Acesso em 17/02/2021

PEÇAS PARA JOGAR PONG HAU K’I: RECORTE E PINTE!


VOCÊ PODE COLORIR COM A COR QUE PREFERIR, SÓ NÃO SE ESQUEÇA DE PINTAR DUAS PEÇA DE UMA
MESMA COR E AS OUTRAS DUAS COM OUTRA COR. SE ACHAR MELHOR, TAMBÉM PODE JOGAR USANDO
TAMPINHAS DE GARRAFA PET (DUAS DE UMA MESMA COR E AS OUTRAS DUAS COM TAMPINHAS DE OUTRA
COR DIFERENTE), OU PODE USAR QUALQUER OUTRO MATERIAL.

PINTE AS DUAS PEÇAS A MESMA COR PINTE AS DUAS PEÇAS COM A MESMA COR, MAS
DIFERENTE DA COR DAS PEÇAS ANTERIORES

Respostas e comentários:
1) A senhora viu 10 árvores. Explicação: são as mesmas dez árvores vistas de diferentes perspectivas. Na ida, as árvores estavam
à direita da mulher, mas na volta, quando ela estava no sentido contrário da rua, as plantas podiam ser vistas à esquerda.
(Desafio disponível em: https://www.bol.uol.com.br/listas/2017/06/05/30-desafios-de-logica-para-queimar-os-miolos.htm?mode=list&foto=6 . Acesso
em 16/02/2021)
2) O objetivo do jogo é estimular a exercitação de diferentes estratégias pela criança.
ATIVIDADE 6 – DIFERENTES SOLUÇÕES?12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ À __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade:
Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a escrita com autonomia, auxilie a criança
nas leituras e nas escritas.

1. NA ÚLTIMA SEMANA VOCÊ FEZ UMA ATIVIDADE “SOLUÇÕES”. NELA TINHA UM DESAFIO E UM JOGO CHINÊ.
PENSANDO NELES, RESPONDA: QUAL A MAIOR DIFERENÇA ENTRE O DESAFIO DA SENHORA E O JOGO PONG
HAU K’I? SE PRECISAR, VOLTE A CONFERIR O DESAFIO E O JOGO.
(A) O DESAFIO É DE PENSAR, O JOGO É DE BRINCAR.
(B) O JOGO É DA CHINA E O DESAFIO NÃO SABEMOS DE ONDE VEIO.
(C) O DESAFIO SÓ TEM UMA SOLUÇÃO, O JOGO PODE SER SOLUCIONADO DE VÁRIAS FORMAS.
(D) O DESAFIO É DE CONTAR, O JOGO É DE ENCURRALAR.

2. EXPLIQUE: POR QUE VOCÊ PENSA QUE A MAIOR DIFERENÇA ENTRE O DESAFIO E O JOGO É AQUELA QUE
MARCOU NA QUESTÃO 1?
_______________________________________________________________________________________________

_______________________________________________________________________________________________

Respostas e comentários:
1) C.
2) Resposta de elaboração pessoal. A questão objetiva estimular a criança a justificar as afirmações que sustenta.

1
FC3.1- Filosofia: diálogo e razão. HF3: Identificar e elaborar justificativas para hipóteses, verbalizando-as de maneira autônoma.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
ATIVIDADE 7 – DIFERENTES SOLUÇÕES!12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ À __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade:
Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a escrita com autonomia, auxilie a criança
nas leituras e nas escritas.

1. COM A AJUDA DE UM ADULTO LEIA O TEXTO ABAIXO.


COMENTÁRIO SOBRE AS ATIVIDADES 1 A 6
NAS ÚLTIMAS SEMANAS TEMOS REALIZADO ATIVIDADES COM
ADIVINHAS, DESAFIOS E JOGOS. TODOS TÊM EM COMUM O FATO NOS
EXIGIR O USO DO RACIOCÍNIO.
MAS TAMBÉM OBSERVAMOS ALGUMAS DIFERENÇAS ENTRE
ELES, SENDO QUE A PRINCIPAL DELAS TEM A VER COM AS SOLUÇÕES E
RESPOSTAS DELES: ALGUNS SÓ TEM UMA RESPOSTA E UMA
EXPLICAÇÃO; OUTROS PODEM SER RESOLVIDOS E EXPLICADOS DE
DIFERENTES FORMAS; OU TÊM APENAS UMA RESPOSTA, MAS PODEM
SER EXPLICADOS DE FORMAS DIFERENTES.

2. JUNTO COM UM ADULTO, CLASSIFIQUE OS ASSUNTOS PERGUNTANDO-SE: ‘ESTE ASSUNTO SÓ TEM UM


JEITO DE RESPONDER/EXPLICAR OU EXISTEM DIFERENTES FORMAS DE O RESPONDER/EXPLICAR?’. MARQUE
UM X NA COLUNA QUE VOCÊ JULGAR MAIS CORRETA.

RESPOSTAS DA CRIANÇA RESPOSTAS DO ADULTO


SÓ TEM UM JEITO DE TEM MAIS DE UM SÓ TEM UM JEITO DE TEM MAIS DE UM
RESPONDER ou JEITO DE RESPONDER RESPONDER ou JEITO DE RESPONDER
ASSUNTO EXPLICAR ou EXPLICAR EXPLICAR ou EXPLICAR
CONTA DE ADIÇÃO.
A
EXEMPLO: 2+2
JOGO ELETRÔNICO
B
EXEMPLO: ROBLOX
FILME.
C
EXEMPLO: SHREK
PREÇO DE UM
PRODUTO.
D
EXEMPLO: BARRA DE
CHOCOLATE
A PERGUNTA “QUAL
E O SENTIDO DA VIDA
HUMANA?”

3. EM SUA OPINIÃO, POR QUE SERÁ QUE EXISTEM COISAS E ASSUNTOS QUE SÓ PODEM SER ENTENDIDOS E
EXPLICADOS DE UM JEITO E OUTROS QUE PODEM SER ENTENDIDOS E EXPLICADOS DE DIVERSAS FORMAS?
_______________________________________________________________________________________________
Respostas e comentários: 2) Respostas pessoais. As respostas e suas justificativas serão discutidas em aula
presencial. 3) Resposta de elaboração pessoal da criança. O objetivo da questão é estimular a consideração mais
abstrata do tema enfocado.

1
FC3.1- Filosofia: diálogo e razão. HF2: Identificar e elaborar hipóteses coerentes com as questões propostas durante a discussão
dos temas abordados.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
ATIVIDADE 8 – ACORDOS E DESACORDOS12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ À __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade:
Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a escrita com autonomia, auxilie a criança
nas leituras e nas escritas.

1. OBSERVE AS IMAGENS ABAIXO.

IMAGEM 1 IMAGEM 2

Fonte: https://etimologia.com.br/dialogo/. Acesso em 16 de abr. de 2020 Fonte:http://comunik-se.com.br/biblioteca/fotos/3435_shutterstock_338239973.jpg.


Acesso em 29/01/2021

2. SELECIONE A OPÇÃO QUE INDIQUE A IDEIA PRINCIPAL QUE A IMAGEM 1 SUGERE.


(A) BRIGA.
(B) ACORDO.
(C) TRABALHO.
(D) CONVERSA.

3. SELECIONE A OPÇÃO QUE INDIQUE A IDEIA PRINCIPAL QUE A IMAGEM 2 SUGERE.


(A) BRIGA.
(B) DISPUTA.
(C) ESPORTE.
(D) DESACORDO.

Resposta e comentário: 1) B = Acordo. Apesar de a questão 1 ter resposta objetiva, é possível que a criança marque
outras opções, especialmente a E = Conversa (a qual, dado o contexto da atividade, é aceitável), ou a C = Trabalho
(aceitável pelo contexto da imagem, mas não no da atividade). A opção A = Briga pode ser considerada incorreta. 2)
Excluindo-se a opção C = Esporte, todas as demais alternativas podem ser consideradas corretas.
Na aula presencial as duas imagens serão analisadas na discussão com os alunos.

1
FC3.1- Filosofia: diálogo e razão. HF2: Identificar e elaborar hipóteses coerentes com as questões propostas durante a discussão
dos temas abordados.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
ATIVIDADE 9 – RELACIONAR12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ À __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade:
Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a escrita com autonomia, auxilie a criança
nas leituras e nas escritas.

1. COM A AJUDA DE UM ADULTO, LEIA O QUADRINHO ABAIXO.

Fonte: https://issuu.com/grupoeditorialpensamento/docs/filosofia_em_quadrinhos_principiant. Acesso em 24 de abr. de 2020.

2. SELECIONE A OPÇÃO COM A FRASE QUE EM SUA OPINIÃO MAIS COMBINA COM O QUADRINHO.

(A) QUEM FALA O QUE QUER, ESCUTA O QUE NÃO QUER.


(B) “QUANDO HÁ UM DIÁLOGO VERDADEIRO, AMBOS OS LADOS ESTÃO DISPOSTOS A MUDAR.” 3
(C) ÁGUA MOLE EM PEDRA DURA, TANTO BATE ATÉ QUE FURA.
(D) CADA CABEÇA, UMA SENTENÇA.
(E) O PIOR CEGO É O QUE NÃO QUER VER.
(F) PARA BOM ENTENDEDOR, MEIA PALAVRA BASTA.

Resposta e comentário: 1) O texto será retomado na atividade presencial. 2) É possível estabelecer relações entre a
mensagem do quadrinho e as frases de todas as opções. A proposta é estimular a criança a fazer relações;
enunciando-as e as explicar no encontro presencial.

1
FC3.1- Filosofia: diálogo e razão. HF2: Identificar e elaborar hipóteses coerentes com as questões propostas durante a
discussão dos temas abordados.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
3
Fonte: https://www.frasesfamosas.com.br/tema/di%C3%A1logo/. Acesso em 03/02/2021
ATIVIDADE 10 – FAZ DE CONTA QUE VOCÊ É UM REPÓRTER12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade:
Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a escrita com autonomia, auxilie a criança
nas leituras e nas escritas.

1. ENTREVISTE UMA PESSOA QUE CONVIVE COM VOCÊ USANDO AS PERGUNTAS ABAIXO:
-PARA VOCÊ, O QUE É DIÁLOGO?
-EM SUA OPINIÃO, DIÁLOGO SERVE PARA QUÊ?
-O QUANTO VOCÊ COSTUMA DIALOGAR NO SEU DIA A DIA?
-DIÁLOGO É A MESMA COISA QUE CONVERSAR? POR QUÊ?
-VOCÊ PENSA QUE COM DIÁLOGO AS PESSOAS APRENDEM ALGO? POR QUÊ?

2. REGISTRO DA ENTREVISTA.

REGISTRO DE ENTREVISTA

TEMA: DIÁLOGO
QUESTÃO: DIÁLOGO SERVE PRA ALGUMA COISA?

PESSOA ENTREVISTADA:________________________________________________________________

LOCAL DA ENTREVISTA:_________________________________________________________________

DATA DA ENTREVISTA: ____ DE ______________________ DE 202__.

ESCREVA O QUE A PESSOA DISSE:

DIÁLOGO É _____________________________________________________________________________

______________________________________________________________________________________

_______________________________________________________________________________________

DIÁLOGO SERVE PARA ____________________________________________________________________

_______________________________________________________________________________________

_______________________________________________________________________________________

1
FC3.1- Filosofia: diálogo e razão. HF4: Reconhecer e respeitar outros pontos de vista, durante a análise de determinada
situação.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
COM DIÁLOGO SE PRENDE ALGO? ( ) SIM ( ) NÃO

POR QUE A PESSOA PENSA ISSO? ___________________________________________________________

_______________________________________________________________________________________

_______________________________________________________________________________________

ILUSTRAÇÃO DA ENTREVISTA

FAÇA UM DESENHO MOSTRANDO UM MOMENTO DA ENTREVISTA.

ESPAÇO
SUGERIDO
PARA
ILUSTRAÇÃO

Respostas e comentários: Produção pessoal. O objetivo da atividade é estimular a vivência de situações de diálogo.
ATIVIDADE 11 – PENSAR COM, PENSAR SÓ12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade:
Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a escrita com autonomia, auxilie a criança
nas leituras e nas escritas.

1. LEIA A TIRINHA ABAIXO COM ATENÇÃO.

Fonte: https://issuu.com/grupoeditorialpensamento/docs/filosofia_em_quadrinhos_principiant. Acesso em 24 de abr. de 2020.

2. A TIRINHA MOSTRA QUE DIÁLOGO SERVE PARA QUÊ?


(A) PARA CONHECER NOVAS INFORMAÇÕES.
(B) PARA EXPERIMENTAR PENSAMENTOS.
(C) PARA CONHECER DIFERENTES PONTOS DE VISTA.
(D) PARA TER NOVOS PENSAMENTOS.

3. FAÇA UMA FRASE COMPARANDO O REGISTRO QUE VOCÊ FEZ NA ATIVIDADE “FAZ DE CONTA QUE VOCÊ É
UM REPÓRTER” COM A TIRINHA ACIMA.
IMPORTANTE: PARA COMPARAR, VOCÊ FAZ ASSIM:
● LEIA O QUE FOI REGISTRADO NA ENTREVISTA;
● LEIA A TIRINHA DESTA ATIVIDADE;
● POR ÚLTIMO, PENSE: O QUE HÁ DE SEMELHANTE/PARECIDO E O QUE HÁ DE DIFERENTE ENTRE O
QUE VOCÊ ESCREVEU NA ENTREVISTA E O QUE ESTÁ ESCRITO NA TIRINHA?

FRASE COMPARANDO A ENTREVISTA COM A TIRINHA:

___________________________________________________________________________

___________________________________________________________________________

___________________________________________________________________________
COMENTÁRIOS E RESPOSTAS: 2) Todas as respostas estão corretas. 3) Resposta de elaboração pessoal da criança.

1
FC3.1- Filosofia: diálogo e razão. HF2: Identificar e elaborar hipóteses coerentes com as questões propostas durante a
discussão dos temas abordados.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
ATIVIDADE 12 – DIFERENTES PONTOS DE VISTA E AS NOSSAS ATITUDES 12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade:
Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a escrita com autonomia, auxilie a criança
nas leituras e nas escritas.

1. LEIA A TIRINHA ABAIXO COM ATENÇÃO.

Fonte: https://issuu.com/grupoeditorialpensamento/docs/filosofia_em_quadrinhos_principiant. Acesso em 24 de abr. de 2020.

2. QUANDO ALGUÉM LHE DIZ ALGO QUE NUNCA PENSOU OU QUE É DIFERENTE DO SEU JEITO DE PENSAR,
COMO VOCÊ REAGE?
FAÇA UM X SOBRE O NÚMERO DO EMOJI QUE MAIS SE APROXIMA DA REAÇÃO QUE VOCÊ TEM QUANDO
TEM CONTATO COM ALGUMA IDEIA NOVA OU DIFERENTE.
1 2 3 4 5 6 7

https://www.vectorstock.
https://www.techtudo.co https://pt.dreamstime.co https://es.dreamstime.com/fot com/royalty-free-
m.br/noticias/2017/05/e https://www.dicionariopo m/imagem-de-stock-tr ograf%C3%ADa-de-archivo- vector/angry-smiley- http://interativacomunica
mojipedia-apresenta-69- pular.com/emoji- %C3%AAs-emoticons-dos- https://www.pinterest.pt libre-de-regal%C3%ADas-el- emoticon-vector- .com.br/blog/emojis-
novos-emojis-para- pensativo/. Acesso em 26 macacos-image19925881. /pin/4569043246841091 tornillo-suelta-el-emoticon- 5061985. Acesso em 27 uma-nova-forma-de-se-
2017.ghtml. Acesso em de mar. de 2020 Acesso em 24 de abr. de 49/. Acesso em 26 de image37540097. Acesso em 24 de mar. de 2020 comunicar-pela-internet/.
24 de abr. de 2020. 2020 mar. de 2020 de abr. de 2020 Acesso em 24 de abr. de
2020.

3. CRIE UM EMOJI PARA REPRESENTAR COMO GOSTARIA QUE AS PESSOAS REAGISSEM QUANDO VOCÊ CONTA
PARA ELAS AS COISAS QUE PENSA.
MEU EMOJI

O ESPAÇO AQUI INDICADO É


MERAMENTE SUGESTIVO.

Respostas e comentários: 2) Resposta pessoal. 3) Elaboração pessoal da criança.

1
FC3.1- Filosofia: diálogo e razão. HF1: Identificar e elaborar questionamentos pertinentes aos temas abordados.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
ATIVIDADE 13 – DIÁLOGO E SEUS DESENCONTROS12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade:
Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a escrita com autonomia, auxilie a criança
nas leituras e nas escritas.

1. LEIA A TIRINHA ABAIXO. SE PRECISAR, PEÇA A AJUDA DE UM ADULTO PARA FAZER A LEITURA.

QUADRINHO 1 QUADRINHO 2 QUADRINHO 3

QUADRINHO 4 QUADRINHO 5

Fonte: <https://wordsofleisure.com/2013/07/19/tirinha-do-dia-mafalda-e-a-preocupacao-do-pai/>.Acesso 16 de abr. de 2020.

2. NESTA TIRINHA, MAFALDA E SEU PAI CONSEGUIRAM SE ENTENDER? EXPLIQUE SUA OPINIÃO.

___________________________________________________________________________

___________________________________________________________________________
3. AS FALAS DE QUAIS QUADRINHOS PROVAM QUE MAFALDA E SEU PAI ESTAVAM DANDO ATENÇÃO A COISAS
DIFERENTES?
(A) QUADRINHOS 1 E 2.
(B) QUADRINHOS 1 E 3.
(C) QUADRINHOS 1 E 4.
(D) QUADRINHOS 3 E 4.

Respostas e comentários:
2) Resposta pessoal da criança. É esperado que a criança perceba que os dois não se entenderam, já a atenção de
ambos estava direcionada a diferentes reportagens do jornal.
3) B

1
FC3.1- Filosofia: diálogo e razão. HF3: Identificar e elaborar justificativas para hipóteses, verbalizando-as de maneira autônoma.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
ATIVIDADE 14 – DIÁLOGO: PERGUNTAR PARA TENTAR CRIAR ENCONTROS 12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade:
Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a escrita com autonomia, auxilie a criança
nas leituras e nas escritas.

1. LEIA OS TEXTOS ABAIXO. SE PRECISAR, PEÇA A AJUDA DE UM ADULTO PARA FAZER AS LEITURAS.
TEXTO 1 – MAFALDA

Fonte: <https://wordsofleisure.com/2013/07/19/tirinha-do-dia-mafalda-e-a-preocupacao-do-pai/>.Acesso 16 de abr. de 2020.

TEXTO 2 – DIÁLOGO NO DICIONÁRIO

1- CONVERSA ENTRE PESSOAS.


2- USO DA PALAVRA PARA TROCA DE IDEIAS, DE INFORMAÇÕES, DE PONTOS DE VISTA, ETC.
Adaptado de:
BECHARA, E. Minidicionário da língua portuguesa Evanildo Bechara. Rio de Janeiro: Editora Nova Fronteira, 2009, pág. 303.

2. AO LERMOS A TIRINHA DA MAFALDA, O QUE PODEMOS PENSAR SOBRE DIÁLOGO? SELECIONE A OPÇÃO QUE EM
SUA OPINIÃO FAZ MAIS SENTIDO.

(A) QUE NAS CONVERSAS AS PESSOAS PODEM ESTAR PENSANDO EM COISAS DIFERENTES QUANDO FAZEM SUAS
FALAS.
(B) QUE NAS CONVERSAS PODE OCORRER DE AS PESSOAS IMAGINAREM QUE OS OUTROS ESTÃO PENSANDO IGUAL
A ELAS.
(C) QUE NAS CONVERSAS NEM SEMPRE AS PESSOAS FALAM DAS MESMAS COISAS.
(D) QUE NAS CONVERSAS, MESMO QUANDO AS PESSOAS NÃO SE ENTENDEM, O QUE ELAS DIZEM PODE AFETAR
UMAS ÀS OUTRAS.
(E) QUE NAS CONVERSAS ACONTECE DE AS PESSOAS TENTAREM ADIVINHAR O QUE OS OUTROS ESTÃO PENSANDO.

3. O QUE MAFALDA PODERIA TER FALADO OU PERGUNTADO A SEU PAI PARA SABER SOBRE O QUE SEU PAI ESTAVA
BRAVO? CRIE UMA FALA QUE MAFALDA PODERIA TER FEITO PARA DESCOBRIR O QUE HAVIA DEIXADO SEU PAI
TÃO BRAVO.

1
FC3.1- Filosofia: diálogo e razão. HF2: Identificar e elaborar hipóteses coerentes com as questões propostas durante a
discussão dos temas abordados.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
MAFALDA PODERIA DIZER: _________________________________________________________________________

_______________________________________________________________________________________________

ATENÇÃO PROFESSOR: APÓS DISCUTIR EM SALA COM OS ALUNOS, PODE SER COLOCADO COMO TAREFA A
RECRIAÇÃO DA TIRINHA.

Comentários e respostas:
2) Resposta pessoal. Todas as opções estão corretas.
3) Resposta de elaboração pessoal da criança.
ATIVIDADE 15 – DIÁLOGO?12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade:
Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a escrita com autonomia, auxilie a criança
nas leituras e nas escritas.

1. RELEIA A TIRINHA DA MAFALDA. DEPOIS, LEIA UM COMENTÁRIO SOBRE ELA. SE PRECISAR, PEÇA A AJUDA DE
UM ADULTO PARA FAZER AS LEITURAS.
TEXTO 1 – MAFALDA

Fonte: <https://wordsofleisure.com/2013/07/19/tirinha-do-dia-mafalda-e-a-preocupacao-do-pai/>.Acesso 16 de abr. de 2020.

VOCÊ JÁ DEVE TER NOTADO, MAFALDA E SEU PAI NÃO SE ENTENDERAM. ELE ESTAVA BRAVO COM O QUE
OCORREU NO JOGO DE FUTEBOL, MAS A GAROTA PENSOU QUE ELE ESTAVA BRAVO COM O AUMENTO DE NÚMERO
DE CRIANÇAS ABANDONADAS E DESNUTRIDAS.
COM ISTO EM MENTE, MAFALDA DIZ QUE É BOM VER O PAI PREOCUPADO COM UMA COISA TÃO
IMPORTANTE. ELA MOSTRA O ORGULHO QUE SENTE POR ELE DIZENDO QUE TODO MUNDO DEVIA SER DO SEU
JEITO. AO FINAL, PARECE QUE O PAI FICOU ENVERGONHADO.
ESTÁ CLARO: OS DOIS ESTAVAM PENSANDO EM COISAS DIFERENTES, E É DISSO QUE VEM TODA A GRAÇA DA
TIRINHA.
AGORA, PARE E PENSE: VOCÊ JÁ VIVEU ALGUMA SITUAÇÃO PARECIDA COM ESTA?

( ) SIM. ESCREVA COMO FOI ESTE ACONTECIMENTO: ___________________________________________________

_______________________________________________________________________________________________

_______________________________________________________________________________________________

( ) NÃO. ESCREVA COMO VOCÊ AGIRIA SE ISSO ACONTECESSE COM VOCÊ: __________________________________

_______________________________________________________________________________________________

Respostas e comentários: Elaboração pessoal. Espera-se que a criança identifique vivências relacionadas à temática.

1
FC3.1- Filosofia: diálogo e razão. HF2: Identificar e elaborar hipóteses coerentes com as questões propostas durante a
discussão dos temas abordados.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
ATIVIDADE 16 – DIALOGAR E APRENDER?12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade:
Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a escrita com autonomia, auxilie a criança
nas leituras e nas escritas.

1. LEIA A TIRINHA ABAIXO COM ATENÇÃO.

Fonte: https://issuu.com/grupoeditorialpensamento/docs/filosofia_em_quadrinhos_principiant. Acesso em 24 de abr. de 2020.

2. A TIRINHA FALA SOBRE COMO PODEMOS, ATRAVÉS DO DIÁLOGO COM OS OUTROS, APRENDER COISAS
NOVAS.
ASSIM, PARE E PENSE: O QUE VOCÊ JÁ APRENDEU CONVERSANDO? E, SERÁ QUE TUDO QUE APRENDEMOS É
ATRAVÉS DA CONVERSA COM OUTRAS PESSOAS?
FAÇA UM DESENHO MOSTRANDO UMA SITUAÇÃO EM QUE VOCÊ TENHA APRENDIDO ALGO CONVERSANDO
COM OUTRAS PESSOAS. NÃO SE ESQUEÇA DE CRIAR UM TÍTULO PARA SEU DESENHO.

TÍTULO:___________________________________________________________________

O ESPAÇO AQUI INDICADO É MERAMENTE SUGESTIVO. A CRIANÇA PODE USAR UM ESPAÇO MAIOR, SE JULGAR
NECESSÁRIO. O IMPORTANTE É ORIENTAR QUE O DESENHO PRECISA SER FEITO DE MODO QUE SE COMPREENDA
O QUE ELA QUER EXPRESSAR.

Respostas e comentários:
1) Resposta de elaboração pessoal da criança. O objetivo da proposta é estimular a reflexão sobre as vivências que
atravessam os objetos e temas abordados na aula.

1
FC3.1- Filosofia: diálogo e razão. HF7: Reconhecer e considerar o processo do embate de perspectivas e elaborar eventuais
produtos.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
ATIVIDADE 17 – DIÁLOGOS12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

1. OBSERVE AS IMAGENS COM ATENÇÃO.


IMAGEM 1 IMAGEM 2

Fonte:https://pt.dreamstime.com/foto-de-stock-ao-trabalhar-e-ao-pensar-junto-
image65176971. Acesso em 02 de mai. de 2020. Fonte:https://www.diocesesa.org.br/2017/06/dialogo-poder-para-que/ Acesso em 02
de mai. de 2020.

IMAGEM 3 IMAGEM 4

Fonte:https://w ww.istockph
oto.com/br/vet or/caixa-de-
di%C3%A1logo- de-
pensamento- falando-de-
bal%C3%A3o-
gm155262650-
21993559.Aces so em 02 de
mai. de 2020.

Fonte:https://www.paraentender.com.br/dialogo-2/.Acesso em 02 de mai. de 2020.

2. DAS IMAGENS QUE VOCÊ OBSERVOU ACIMA, QUAL COMBINA MELHOR COM A TIRINHA MOSTRADA

ABAIXO?

1
FC3.1- Filosofia: diálogo e razão. HF3: Identificar e elaborar justificativas para hipóteses, verbalizando-as de maneira autônoma.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
Fonte: https://issuu.com/grupoeditorialpensamento/docs/filosofia_em_quadrinhos_principiant. Acesso em 24 de abr. de 2020.
(A) IMAGEM 1.
(B) IMAGEM 2.
(C) IMAGEM 3.
(D) IMAGEM 4.

3. EXPLIQUE SUA RESPOSTA DA QUESTÃO 2. QUER DIZER, POR QUE VOCÊ PENSA QUE A IMAGEM QUE
ESCOLHEU NA QUESTÃO 2 É A QUE MAIS COMBINA COM A TIRINHA?

_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

Respostas e comentários:
2) Resposta pessoal (todas as opções podem ser relacionadas à tirinha).
3) Resposta de elaboração pessoal da criança. A questão objetiva estimular a criança a justificar sua forma de pensar.
ATIVIDADE 18 – A IDEIA DE DIÁLOGO.12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

1. OBSERVE AS IMAGENS COM ATENÇÃO.


IMAGEM 1 IMAGEM 2
Fonte:https://www.diocesesa.org.br/2017/06/dialogo-poder-para-que/ Acesso em 02
de mai. de 2020.

Fonte:https://pt.dreamstime.com/foto-de-stock-ao-trabalhar-e-ao-pensar-junto-
image65176971. Acesso em 02 de mai. de 2020.

IMAGEM 3 IMAGEM 4

Fonte:https://w ww.istockph
oto.com/br/vet or/caixa-de-
di%C3%A1logo- de-
pensamento- falando-de-
bal%C3%A3o-
gm155262650-
21993559.Aces so em 02 de
mai. de 2020.

Fonte:https://www.paraentender.com.br/dialogo-2/.Acesso em 02 de mai. de 2020.

2. EM SUA OPINIÃO, QUAL DAS QUATRO IMAGENS MAIS REPRESENTA A IDEIA DE DIÁLOGO? ANTES DE
RESPONDER, LEIA O TEXTO “DIÁLOGO NO DICIONÁRIO”.
TEXTO – DIÁLOGO NO DICIONÁRIO
(A) IMAGEM 1.
1- CONVERSA ENTRE PESSOAS.
(B) IMAGEM 2. 2- USO DA PALAVRA PARA TROCA DE IDEIAS, DE
(C) IMAGEM 3. INFORMAÇÕES, DE PONTOS DE VISTA, ETC.
Adaptado de:
(D) IMAGEM 4. BECHARA, E. Minidicionário da língua portuguesa Evanildo Bechara. Rio de
Janeiro: Editora Nova Fronteira, 2009, pág. 303.

3. EXPLIQUE SUA RESPOSTA DA QUESTÃO 2. QUER DIZER, POR QUE VOCÊ PENSA QUE A IMAGEM QUE
ESCOLHEU NA QUESTÃO 2 É A QUE MELHOR REPRESENTA A IDEIA DE DIÁLOGO?

1
FC3.1- Filosofia: diálogo e razão. HF3: Identificar e elaborar justificativas para hipóteses, verbalizando-as de maneira autônoma.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________

Respostas e comentários:
2) Resposta pessoal (todas as opções podem ser relacionadas à ideia de diálogo).
3) Resposta de elaboração pessoal da criança. A questão objetiva estimular a criança a justificar sua forma de
pensar.
ATIVIDADE 19 – ENTRE MIM E O OUTRO: UMA PONTE?12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

1. OBSERVE A IMAGEM COM ATENÇÃO.

h
w
u
? Fonte:
ttps://
ww.yo
tube.c
o m/wat
c h?

v=IUVNQmRR3zI Acesso em 02 de mai. de 2020.

2. PARE E PENSE:
ALGUMA VEZ JÁ ACONTECEU DE OUTRA PESSOA LHE DIZER ALGO QUE ENCAIXAVA (COMBINAVA) COM O
SEU JEITO DE PENSAR?

( ) SIM. ESCREVA: O QUE VOCÊ SENTIU QUANDO ISTO ACONTECEU? ______________________________________

_______________________________________________________________________________________________

( ) NÃO. ESCREVA: COMO SERÁ QUE VOCÊ SENTIRIA SE ISSO ACONTECESSE? _______________________________

_______________________________________________________________________________________________

( ) NUNCA REPAREI. ESCREVA: COMO SERÁ QUE VOCÊ SENTIRIA SE ISSO ACONTECESSE? ______________________

_______________________________________________________________________________________________

3. E, JÁ ACONTECEU DE ALGUMA VEZ DIZER ALGO QUE ENCAIXAVA (COMBINAVA) COM O JEITO DE PENSAR DE
OUTRA PESSOA?
( ) SIM. ESCREVA: O QUE VOCÊ SENTIU QUANDO ISTO ACONTECEU? ______________________________________

_______________________________________________________________________________________________

( ) NÃO. ESCREVA: COMO SERÁ QUE VOCÊ SENTIRIA SE ISSO ACONTECESSE? _______________________________

_______________________________________________________________________________________________

( ) NUNCA REPAREI. ESCREVA: COMO SERÁ QUE VOCÊ SENTIRIA SE ISSO ACONTECESSE? ______________________

1
FC3.1- Filosofia: diálogo e razão. HF1: Identificar e elaborar questionamentos pertinentes aos temas abordados.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
_______________________________________________________________________________________________

Respostas e comentários:
Exercícios 2 e 3: Respostas pessoais. O objetivo das questões é estimular a criança a refletir sobre si mesma.
ATIVIDADE 20 – CRIAR UM DIÁLOGO12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

1. OBSERVE A IMAGEM COM ATENÇÃO. APÓS OBSERVAR, DESENHE O QUE É PRECISO FAZER COM A PONTE
PARA QUE SEJA POSSÍVEL ATRAVESSAR O RIO MOSTRADO NA IMAGEM.
IMAGEM 1 DESENHE NO ESPAÇO ABAIXO
UMA DAS PONTES LEVADIÇA DO RIO NEVA, LOCALIZADO NA (SE JULGAR QUE É POUCO ESPAÇO, DESENHE EM OUTRO LUGAR)
CIDADE DE SÃO PETERSBURGO, RÚSSIA.

Fonte:https://www.civitatis.com/br/sao-petersburgo/tour-noturno-pontes-levadicas/
Acesso em 02 de mai. de 2020.

2. OBSERVE A IMAGEM 2, LOGO ABAIXO.


IMAGEM 2

Fonte: https://ronaldonezo.com/2018/09/13/o-dialogo-para-chegar-a-verdade/ Acesso em 17/02/2021

NOTE QUE OS BALÕEZINHOS DESTE QUADRINHO SÃO NO FORMATO DE PEÇAS DE QUEBRA-CABEÇA.

ESTE FORMATO DOS BALÕEZINHOS INDICA QUE AS FALAS DOS PERSONAGENS COMBINAM.

MAS, SE AS FALAS DELES COMBINAM, É PORQUE ELES REALMENTE ESTÃO SE ESCUTANDO, UM TENTANDO
COMPREENDER O QUE O OUTRO FALA E PENSA, NÃO É MESMO?

1
FC3.1- Filosofia: diálogo e razão. HF7: Reconhecer e considerar o processo do embate de perspectivas e elaborar eventuais
produtos.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
3. CRIE NA TIRINHA ABAIXO UM DIÁLOGO QUE SEJA COMO A SITUAÇÃO MOSTRADA NA IMAGEM 2. OU
SEJA, OS PERSONAGENS PRECISAM FAZER O DIÁLOGO/CONVERSA DE MODO QUE SUAS FALAS REVELEM
QUE ESTÃO SE ENTENDENDO. NÃO SE ESQUEÇA DE CRIAR UM TÍTULO. [ATENÇÃO PROFESSOR(A): use
uma das tirinhas sugeridas]

TÍTULO: _____________________________________________________________________________
https://br.pinterest.com/pin/6544361932335330/ Acesso em 18/02/2021

https://www.pngegg.com/pt/png-tmghz Acesso em 18/02/2021


ATENÇÃO, PROFESSOR(A):

NESTA SITUAÇÃO O ENUNCIADO DO


EXERCÍCIO PRECISA SER REFORMULADO,
INDICANDO AOS ALUNOS TAMBÉM A
NECESSIDADE DE DESENHAR OS OLHOS DOS
PERSONAGENS MICKEY E MINNIE
https://br.pinterest.com/pin/165648092514183459/
Acesso em 18/02/2021

https://deimportantehistoria.blogspot.com/2019/08/historia-em-quadrinhos-sobre-amizade.html Acesso 18/02/2021

Respostas e comentários:
Os exercícios propostos nesta atividade demandam elaboração pessoal da criança.
No primeiro, trata-se de elaborar uma hipótese, e é bastante provável que a criança desenhe alguém baixando os
lados da ponte.
No segundo exercício proposto (criar um diálogo que mostre entendimento os personagens), trata-se de solicitar
que a criança crie empregando a ideia trabalhada na atividade.
ATIVIDADE 21 – DIÁLOGOS PODEM SER COMO PONTES?12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

1. OBSERVE A IMAGEM E LEIA OS TEXTOS COM ATENÇÃO.


IMAGEM 1

UMA DAS PONTES LEVADIÇA DO RIO NEVA, LOCALIZADO NA CIDADE DE SÃO PETERSBURGO,
RÚSSIA.
Fonte:https://www.civitatis.com/br/sao-petersburgo/tour-noturno-pontes-levadicas/ Acesso em 02 de mai. de 2020.

TEXTO 1 – DIÁLOGO NO DICIONÁRIO TEXTO 2 – PONTE NO DICIONÁRIO

1- CONVERSA ENTRE PESSOAS. 1- OBRA QUE LIGA DOIS PONTOS


2- USO DA PALAVRA PARA TROCA DE SEPARADOS.
IDEIAS, DE INFORMAÇÕES, DE 2- TUDO AQUILO QUE SERVE PARA LIGAR
PONTOS DE VISTA, ETC. (PESSOAS OU COISAS).
Adaptado de: Adaptado de::
BECHARA, E. Minidicionário da língua portuguesa Evanildo BECHARA, E. Minidicionário da língua portuguesa Evanildo
Bechara. Rio de Janeiro: Editora Nova Fronteira, 2009, pág. 303. Bechara. Rio de Janeiro: Editora Nova Fronteira, 2009, pág. 708.

2. EM SUA OPINIÃO, AS IDEIAS DE DIÁLOGO E DE PONTE TÊM A VER UMA COM A OUTRA? USE UMA PARTE
DOS TEXTOS 1 E 2 PARA EXPLICAR SUA OPINIÃO.

_______________________________________________________________________________________________

_______________________________________________________________________________________________

Respostas e comentários: A questão requer elaboração pessoal. O que se objetiva não é exigir da criança o
entendimento de conceitos de diálogo (como pontes de contato, cooperação, entendimento), mas sim a estimular a
manipular ideias, relacionando-as, e a se arriscar na proposição de hipóteses para situações mais abstratas.

1
FC3.1- Filosofia: diálogo e razão. HF2: Identificar e elaborar hipóteses coerentes com as questões propostas durante a
discussão dos temas abordados. HF3: Identificar e elaborar justificativas para hipóteses, verbalizando-as de maneira autônoma.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
ATIVIDADE 22 – O QUE É ARGUMENTO?12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

AULA 01
MOMENTO 1: LEIA O TEXTO ABAIXO:

O QUE É UM ARGUMENTO?

O ARGUMENTO É A EXPLICAÇÃO QUE EU DOU PARA O QUE PENSO, O PORQUÊ DE ACHAR ISSO OU AQUILO.
QUANDO EU CRIO ARGUMENTOS, ESTOU USANDO MEU RACIOCÍNIO PARA EXPLICAR AS COISAS.

EXEMPLOS

FRASE SEM ARGUMENTO: EU ACHO QUE HOJE VAI CHOVER.

FRASE COM ARGUMENTO: EU ACHO QUE HOJE VAI CHOVER PORQUE AS NUVENS ESTÃO ESCURAS, O QUE COSTUMA
SER UM SINAL DE CHUVA.

PARA QUE SERVE O ARGUMENTO?

O ARGUMENTO PODE SERVIR PARA MUITA COISA:

(1) ELE ORGANIZA O NOSSO PENSAMENTO;

(2) ELE NOS AJUDA A CONVENCER OS OUTROS;

(3) UMA CONVERSA SEM ARGUMENTOS NÃO CHEGA A LUGAR NENHUM, JÁ QUANDO EU NÃO EXPLICO
MINHAS IDEIAS ELAS NÃO PASSAM DE ACHISMOS QUE NÃO AJUDAM EM NADA.

AUTOR: PROF. GIOVANI TRENTIN

MOMENTO 2: MARQUE COM (X) APENAS AS FRASES COM ARGUMENTO:

A. ( ) O BRASIL É UM PAÍS RUIM.

B. ( ) O BRASIL É UM PAÍS RUIM POIS NELE HÁ MUITA POBREZA E VIOLÊNCIA.

C. ( ) A FLORESTA AMAZÔNICA DEVE SER PROTEGIDA.

D. ( ) A FLORESTA AMAZÔNICA DEVE SER PROTEGIDA PORQUE AJUDA A PURIFICAR O AR DO PLANETA E


PRECISAMOS DE AR LIMPO PARA SOBREVIVER.

F. ( ) JOÃO BATEU EM MIM, MAS SE EU BATER NELE DE VOLTA NÓS DOIS IREMOS PARA A DIRETORIA E FICAREMOS
DE CASTIGO. POR ISSO, NÃO VOU DEVOLVER O TAPA, VOU FALAR COM A PROFESSORA, ASSIM SÓ ELE FICA DE
CASTIGO.

E. ( ) JOÃO BATEU EM MIM, ENTÃO EU VOU BATER NELE PARA NÓS FICARMOS QUITES.

Respostas e comentários: MOMENTO 2 – Opções corretas: B, D e F.

1
FC3.1- Filosofia: diálogo e razão. HF3: Identificar e elaborar justificativas para hipóteses, verbalizando-as de maneira autônoma.
2
Autoria: Prof. Giovani Trentin.
ATIVIDADE 23 – ESCUTAR EXPLICAÇÕES12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.
AULA 02
MOMENTO 1: PARA PERCEBEMOS COMO OS ARGUMENTOS ESTÃO PRESENTES NO NOSSO DIA-A-DIA E COMO ELES
SÃO IMPORTANTES, NESTA ATIVIDADE VOCÊ VAI FAZER UMA ENTREVISTA COM UMA PESSOA QUE CUIDA DE VOCÊ
USANDO AS PERGUNTAS ABAIXO. DEPOIS, ANOTE AS RESPOSTAS DELA AQUI.

1. POR QUE EU TENHO QUE TOMAR BANHO TODO DIA?

_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

2. POR QUE EU TENHO QUE ARRUMAR MINHA CAMA/MEU QUARTO?

_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

3. POR QUE EU TENHO QUE COMER SALADA E VEGETAIS?

_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

4. POR QUE EU TENHO QUE IR DORMIR CEDO?

_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

5. POR QUE EU NÃO POSSO COMER A SOBREMESA ANTES DO JANTAR?

_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

6. POR QUE EU TENHO QUE IR PARA A ESCOLA?

_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

1
FC3.1- Filosofia: diálogo e razão. HF3: Identificar e elaborar justificativas para hipóteses, verbalizando-as de maneira autônoma.
2
Autoria: Prof. Giovani Trentin.
7. PORQUE EU TENHO QUE ESCOVAR OS DENTES TODO DIA?

_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

Respostas e comentários:
MOMENTO 1 – Em todos os exercícios solicitados as respostas são de elaboração pessoal da criança. Os objetivos
dos exercícios são: oportunizar a vivência de situações de diálogo; estimular a percepção do uso cotidiano e prático
dos argumentos.
ATIVIDADE 24 – SERÁ QUE ISSO É UM ARGUMENTO?12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.
AULA 03

MOMENTO 1: LEIA O TEXTO ABAIXO.

SERÁ QUE ISSO É UM ARGUMENTO?

QUANDO A GENTE FALA EM ARGUMENTO A PRIMEIRA COISA QUE VEM A NOSSA MENTE É A PALAVRA
PORQUE, JÁ QUE ESSA É UMA DAS PALAVRAS MAIS USADAS PARA EXPLICAR AS COISAS. PORÉM, O IMPORTANTE DO
ARGUMENTO É EXPLICAR, NÃO IMPORTA QUAL PALAVRA EU USO.

ÀS VEZES EU POSSO USAR A PALAVRA PORQUE SEM EXPLICAR NADA, DIZENDO, POR EXEMPLO, “PORQUE
SIM”. PORQUE SIM NÃO É RESPOSTA, MUITO MENOS UM ARGUMENTO, MESMO QUE TENHA A PALAVRA
“PORQUE’.

ENTÃO, POSSO EXPLICAR SEM USAR A PALAVRA “PORQUE”. A DICA É: NÃO IMPORTA QUAL PALAVRA A
PESSOA USA, ELA EXPLICOU O QUE ELA ACHA? SE SIM, A FRASE TEM ARGUMENTO, SE NÃO, NÃO TEM. PRESTE
MUITA ATENÇÃO NESSA DICA, PORQUE AS PRÓXIMAS ATIVIDADES ESTÃO CHEIAS DE “PEGADINHAS”.

TAMBÉM É BOM LEMBRAR QUE NEM SEMPRE AS EXPLICAÇÕES SÃO BOAS, OU SEJA, NEM SEMPRE OS
ARGUMENTOS SÃO BONS. ÀS VEZES TEMOS ÓTIMAS IDEIAS, MAS SEM ARGUMENTOS OU PÉSSIMAS IDEIAS BEM
EXPLICADAS. NOSSO OBJETIVO AQUI É VER SE TEM OU NÃO ARGUMENTO, NÃO IMPORTANDO QUE SEJA ELE BOM
OU RUIM.

AUTOR: PROF. GIOVANI TRENTIN

MOMENTO 2: MARQUE COM (X) APENAS AS FRASES COM ARGUMENTO 3:

A. ( ) POLÍTICO É TUDO LADRÃO

B. ( ) DESRESPEITAR ALGUÉM É ERRADO, E É ERRADO PORQUE SIM.

C. ( ) A FALTA DE RESPEITO FAZ DA SOCIEDADE UM LOCAL RUIM DE VIVER ENTÃO SE QUEREMOS UM MUNDO
MELHOR PRECISAMOS RESPEITAR A TODOS.

D. ( ) VOCÊ NÃO PODE BATER NO SEU COLEGA.

E. ( ) VOCÊ PODE BATER NO SEU COLEGA, PORQUE SENÃO ELE VAI ACHAR QUE VOCÊ É FRACO E VAI CONTINUAR TE
IRRITANDO.

F. ( ) MENINOS TÊM QUE USAR AZUL E MENINAS TÊM QUE USAR ROSA.

G. ( ) SE VOCÊ NÃO RESPEITAR O PROFESSOR, A AULA NÃO SEGUIRÁ BEM, LOGO, VOCÊ E SEUS AMIGOS DEIXARAM
DE APRENDER COISAS QUE SERÃO IMPORTANTES PARA VOCÊ SER FELIZ NO FUTURO. POR ISSO É MUITO
IMPORTANTE RESPEITAR O PROFESSOR.
1
FC3.1- Filosofia: diálogo e razão. HF3: Identificar e elaborar justificativas para hipóteses, verbalizando-as de maneira autônoma.
2
Autoria: Prof. Giovani Trentin.
3
Observação: algumas colocações e argumentações aqui descritas refletem condutas que podem indicar intenções negativas ou
parciais, porém, convivemos diariamente com situações como estas e o objetivo da proposta é, além de exercitar a identificação
de argumentos, oportunizar a reflexão sobre estas situações.
H. ( ) JOÃO BATEU EM MIM, ENTÃO EU VOU BATER NELE PARA NÓS FICARMOS QUITES.

I. ( ) JOÃO BATEU EM MIM, MAS SE EU BATER NELE DE VOLTA NÓS DOIS IREMOS PARA A DIRETORIA E FICAREMOS
DE CASTIGO. POR ISSO, NÃO VOU DEVOLVER O TAPA, VOU FALAR COM A PROFESSORA, ASSIM SÓ ELE FICA DE
CASTIGO.

J. ( ) EU QUERIA QUE A ESCOLA TODA FOSSE PINTADA DE VERDE PORQUE SIM.

Respostas e comentários:
MOMENTO 2 – Opções corretas: C, E, G e I.
ATIVIDADE 25 – MAS, SERÁ MESMO ARGUMENTO?12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.
AULA 04

MOMENTO 1: LEIA O TEXTO ABAIXO.

SERÁ QUE ISSO É UM ARGUMENTO?

QUANDO A GENTE FALA EM ARGUMENTO A PRIMEIRA COISA QUE VEM A NOSSA MENTE É A PALAVRA
PORQUE, JÁ QUE ESSA É UMA DAS PALAVRAS MAIS USADAS PARA EXPLICAR AS COISAS. PORÉM, O IMPORTANTE DO
ARGUMENTO É EXPLICAR, NÃO IMPORTA QUAL PALAVRA EU USO.

ÀS VEZES EU POSSO USAR A PALAVRA PORQUE SEM EXPLICAR NADA, DIZENDO, POR EXEMPLO, “PORQUE
SIM”. PORQUE SIM NÃO É RESPOSTA, MUITO MENOS UM ARGUMENTO, MESMO QUE TENHA A PALAVRA
“PORQUE’.

ENTÃO, POSSO EXPLICAR SEM USAR A PALAVRA “PORQUE”. A DICA É: NÃO IMPORTA QUAL PALAVRA A
PESSOA USA, ELA EXPLICOU O QUE ELA ACHA? SE SIM, A FRASE TEM ARGUMENTO, SE NÃO, NÃO TEM. PRESTE
MUITA ATENÇÃO NESSA DICA, PORQUE AS PRÓXIMAS ATIVIDADES ESTÃO CHEIAS DE “PEGADINHAS”.

TAMBÉM É BOM LEMBRAR QUE NEM SEMPRE AS EXPLICAÇÕES SÃO BOAS, OU SEJA, NEM SEMPRE OS
ARGUMENTOS SÃO BONS. ÀS VEZES TEMOS ÓTIMAS IDEIAS, MAS SEM ARGUMENTOS OU PÉSSIMAS IDEIAS BEM
EXPLICADAS. NOSSO OBJETIVO AQUI É VER SE TEM OU NÃO ARGUMENTO, NÃO IMPORTANDO QUE SEJA ELE BOM
OU RUIM.

AUTOR: PROF. GIOVANI TRENTIN

MOMENTO 2: MARQUE COM (X) APENAS AS FRASES COM ARGUMENTO 3:

A. ( ) ACHO QUE A ESCOLA FICARIA BEM COM A COR VERDE POIS ESTÁ ENTRE MUITAS ÁRVORES E, SE A ESCOLA
TAMBÉM FOR VERDE TUDO VAI FICAR COMBINANDO.

B. ( ) EU ACHO O PROFESSOR DE FILOSOFIA MUITO CHATO.

C. ( ) O PROFESSOR DE FILOSOFIA NÃO É UM BOM PROFESSOR, POIS NÃO PASSA LIÇÃO NEM EXPLICA AS COISAS
PARA OS ALUNOS, QUE SAEM DA AULA SEM APRENDER NADA.

D. ( ) JOGOS VIOLENTOS CAUSAM VIOLÊNCIA, POIS AS CRIANÇAS PODEM TENTAR REPETIR O QUE ACONTECE NOS
JOGOS.

E. ( ) JOGOS VIOLENTOS NÃO CAUSAM VIOLÊNCIA, POIS AS CRIANÇAS SABEM MUITO BEM QUE NÃO PODEM FAZER
TUDO QUE VÊEM NA TELEVISÃO OU NOS JOGOS.

F. ( ) A ESCOLA DEVERIA SERVIR CACHORRO QUENTE DE MERENDA TODO DIA.

1
FC3.1- Filosofia: diálogo e razão. HF3: Identificar e elaborar justificativas para hipóteses, verbalizando-as de maneira autônoma.
2
Autoria: Prof. Giovani Trentin.
3
Observação: algumas colocações e argumentações aqui descritas refletem condutas que podem indicar intenções negativas ou
parciais, porém, convivemos diariamente com situações como estas e o objetivo da proposta é, além de exercitar a identificação
de argumentos, oportunizar a reflexão sobre estas situações.
G. ( ) A ESCOLA NÃO PODE SERVIR CACHORRO QUENTE TODO DIA, PORQUE ELE NÃO TEM OS NUTRIENTES QUE AS
CRIANÇAS PRECISAM PARA CRESCER. ÀS VEZES ELA PODE ATÉ SERVIR, MAS É PRECISO BASTANTE ARROZ, FEIJÃO E
SALADA PRA GENTE CRESCER FORTE.

H. ( ) PAULO FAZ MUITA BAGUNÇA NA SALA DE AULA, ENTÃO ELE DEVERIA SER EXPULSO.

I. ( ) PAULO FAZ MUITA BAGUNÇA NA SALA DE AULA, PORÉM ELE NÃO PODE SER EXPULSO, SENÃO VAI FICAR SEM
ESTUDAR E ISSO SÓ VAI PIORAR AS COISAS. TALVEZ SE A SALA PARAR DE RIR DAS BRINCADEIRINHAS SEM GRAÇA
QUE ELE FAZ, ELE PARE DE FAZÊ-LAS E A SALA FICA MELHOR PARA TODOS NÓS.

J. ( ) EU ACHO QUE O RECREIO DEVERIA DURAR DUAS HORAS, PORQUE ASSIM NÓS PODERÍAMOS BRINCAR MAIS E
SER MAIS FELIZES.

K. ( ) EU ACHO QUE O RECREIO NÃO PODE DURAR DUAS HORAS PORQUE ASSIM NÓS VAMOS PERDER MUITO
TEMPO DE ESTUDO. ELE PODERIA DURAR MAIS MEIA HORA, ASSIM BRINCARÍAMOS MAIS SEM ATRAPALHAR TANTO
NOSSOS ESTUDOS.

Respostas e comentários:
MOMENTO 2 – Opções corretas: A, C, D, E, G, I, J e K.
ATIVIDADE 25 – CRIANDO ARGUMENTOS12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

AULA 05

MOMENTO 1: AGORA QUE JÁ VIMOS BASTANTE ARGUMENTOS DOS OUTROS, ESTÁ NA HORA DE COMEÇARMOS A
FAZER NOSSOS PRÓPRIOS ARGUMENTOS. RESPONDA AS PERGUNTAS ABAIXO, LEMBRANDO SEMPRE DE DAR
ARGUMENTOS.

A. A SUA TURMA FOI A MELHOR DA ESCOLA DURANTE UM CONCURSO DE DESENHO E COMO PRÊMIO VOCÊS
GANHARAM UM BOLO RECHEADO DA MELHOR PADARIA DA CIDADE, MAS A SALA TEM QUE ESCOLHER APENAS UM
SABOR PARA TODO MUNDO. QUAL SABOR DE BOLO VOCÊ ACHA QUE A SALA DEVE ESCOLHER? QUAL O SEU
ARGUMENTO, ISTO É, POR QUE VOCÊ ACHA QUE A SALA DEVERIA ESCOLHER ESSE SABOR?

_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

B. A O PROFESSOR DE FILOSOFIA DECIDIU QUE VAI DAR UMA AULA FORA DA SALA E QUE VOCÊS PODEM ESCOLHER
QUALQUER LUGAR DA ESCOLA PARA TER AULA. QUAL LUGAR VOCÊ ACHA QUE A SALA DEVERIA ESCOLHER? POR
QUE VOCÊ ACHA QUE A SALA DEVERIA ESCOLHER ESSE LUGAR?

_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

C. JULIANA TE PEDIU UM LÁPIS EMPRESTADO. PAULO TE PEDIU AJUDA PARA FAZER A ATIVIDADE DE FILOSOFIA.
VALENTINA NÃO PEDIU NADA, MAS VOCÊ VIU QUE ELA TINHA ESQUECIDO A GARRAFA DE ÁGUA E ESTAVA COM
SEDE. VOCÊ ACHA QUE DEVE AJUDAR TODOS ELES? POR QUE VOCÊ ACHA ISSO?

_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

Respostas e comentários:
MOMENTO 1 – Os exercícios desta aula objetivam estimular a criança a dar argumentos.

1
FC3.1- Filosofia: diálogo e razão. HF3: Identificar e elaborar justificativas para hipóteses, verbalizando-as de maneira autônoma.
2
Autoria: Prof. Giovani Trentin.
FC3.2 – O EU E O OUTRO: DIMENSÃO EPISTEMOLÓGICA
ATIVIDADE 01 – PENSAR UM POEMA12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

1. LEIA O POEMA ABAIXO COM ATENÇÃO. SE PRECISAR, VOCÊ PODE LER MAIS DE UMA VEZ, OU LER COM A
AJUDA DE UM ADULTO.

CONTRANARCISO
EM MIM
EU VEJO O OUTRO
E OUTRO
E OUTRO
ENFIM DEZENAS
TRENS PASSANDO
VAGÕES CHEIOS DE GENTE
CENTENAS
O OUTRO
QUE HÁ EM MIM
É VOCÊ
VOCÊ
E VOCÊ
ASSIM COMO
EU ESTOU EM VOCÊ
EU ESTOU NELE
EM NÓS
E SÓ QUANDO
ESTAMOS EM NÓS
ESTAMOS EM PAZ
MESMO QUE ESTEJAMOS A SÓS
AUTOR: PAULO LEMINSKI
Poema disponível em: https://www.tudoepoema.com.br/paulo-leminsk-contranarciso/ Acesso em 08 de mai. de 2020.

2. O QUE ESTE POEMA DIZ PARA VOCÊ? AO LÊ-LO, O QUE VOCÊ SENTIU?

AO LER O POEMA EU SENTI _________________________________________

3. QUAL O ASSUNTO DESTE POEMA? ISTO É, O AUTOR, PAULO LEMINSKI, CRIOU O POEMA PARA FALAR SOBRE
O QUÊ?

EU PENSO QUE O POEMA FALA SOBRE


________________________________________________________________

Respostas e comentários: 1) Resposta pessoal. A questão objetiva estimular a criança a observar e se questionar
sobre como os objetos que experiencia a afeta. 2) O tema principal do poema é a relação eu-outro-nós. Contudo,

1
FC3.2- O Eu e o Outro: dimensão epistemológica. HF1: Identificar e elaborar questionamentos pertinentes aos temas
abordados.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
não é esperado que a criança responda isso. Ela pode escrever qualquer coisa que entender, pois o que se objetiva
com o exercício é estimular a formulação de hipóteses.
ATIVIDADE 2 – PERGUNTANDO AO POETA12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

1. LEIA OS TEXTOS 1 E 2 COM ATENÇÃO. SE PRECISAR, VOCÊ PODE LER MAIS DE UMA VEZ, OU LER COM A
AJUDA DE UM ADULTO.
TEXTO 1 – POEMA CONTRANARCISO
EM MIM
EU VEJO O OUTRO
E OUTRO
E OUTRO
ENFIM DEZENAS
TRENS PASSANDO
VAGÕES CHEIOS DE GENTE
CENTENAS
O OUTRO
QUE HÁ EM MIM
É VOCÊ
VOCÊ
E VOCÊ
ASSIM COMO
EU ESTOU EM VOCÊ
EU ESTOU NELE
EM NÓS
E SÓ QUANDO
ESTAMOS EM NÓS
ESTAMOS EM PAZ
MESMO QUE ESTEJAMOS A SÓS

AUTOR: PAULO LEMINSKI

Poema dinsponível em: https://www.tudoepoema.com.br/paulo-leminsk-contranarciso/ Acesso em 08 de mai. de 2020.

TEXTO 2 – O AUTOR: PAULO LEMINSKI


POETA, ROMANCISTA E TRADUTOR, PAULO
LEMINSKI NASCEU NO DIA 24 DE AGOSTO DE 1944, NA
CIDADE DE CURITIBA, PARANÁ.

MESTIÇO DE PAI POLONÊS COM MÃE NEGRA,


LEMINSKI TEVE CONTATO COM O LATIM, TEOLOGIA,
FILOSOFIA E LITERATURA CLÁSSICA AOS 12 ANOS,
QUANDO INGRESSOU NO MOSTEIRO DE SÃO BENTO,
EM SÃO PAULO.

LEMINSKI ERA UM APAIXONADO PELA CULTURA


JAPONESA. FOI TRADUTOR E SEGUIDOR DE MATSUO
BASHÔ, UM DOS POETAS MAIS FAMOSOS DO PERÍODO EDO NO JAPÃO.

1
FC3.2- O Eu e o Outro: dimensão epistemológica. HF1: Identificar e elaborar questionamentos pertinentes aos temas
abordados.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
PAULO LEMINSKI TAMBÉM DEIXOU UMA GRANDE CONTRIBUIÇÃO PARA A MÚSICA POPULAR
BRASILEIRA. FEZ PARCERIAS COM OS MÚSICOS CAETANO VELOSO, MORAES MOREIRA,
ARNALDO ANTUNES E ITAMAR ASSUMPÇÃO E TAMBÉM COM A BANDA A COR DO SOM.

AH, CASO VOCÊ POSSA E QUEIRA, CONFIRA O POEMA SENDO DECLAMADO NOS
DOIS VÍDEOS INDICADOS ABAIXO.
Vídeo 1: https://www.youtube.com/watch?v=cSqiLbeikFU. Acesso em 09 de mai. de 2020.

Vídeo 2: https://www.youtube.com/watch?v=OqX5TDqkQh0. Acesso em 09 de mai. de 2020.

Texto adaptado de: https://brasilescola.uol.com.br/literatura/paulo-leminski.htm. Acesso em 08 de mai. de 2020.

2. PENSE E ESCREVA UMA PERGUNTA QUE VOCÊ PODERIA FAZER AO PAULO LEMINSKI PARA CONHECÊ-LO
MELHOR.
_______________________________________________________________________________________________

3. PENSE E ESCREVA UMA PERGUNTA QUE VOCÊ PODERIA FAZER AO PAULO LEMINSKI PARA QUE ELE LHE
EXPLICASSE ALGUMA PARTE DO POEMA CONTRANARCISO.
_______________________________________________________________________________________________

Respostas e comentários: Respostas de elaboração pessoal. Os exercícios objetivam estimular a criança a elaborar
perguntas.
ATIVIDADE 3 – IMAGENS QUE VALEM MAIS QUE MIL PALAVRAS 12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

1. RELEIA O POEMA CONTRANARCISO, DE PAULO LEMINSKI.

TEXTO 1 – POEMA CONTRANARCISO


EM MIM
EU VEJO O OUTRO
E OUTRO
E OUTRO
ENFIM DEZENAS
TRENS PASSANDO
VAGÕES CHEIOS DE GENTE
CENTENAS
O OUTRO
QUE HÁ EM MIM
É VOCÊ
VOCÊ
E VOCÊ
ASSIM COMO
EU ESTOU EM VOCÊ
EU ESTOU NELE
EM NÓS
E SÓ QUANDO
ESTAMOS EM NÓS
ESTAMOS EM PAZ
MESMO QUE ESTEJAMOS A SÓS
AUTOR: PAULO LEMINSKI
Poema dinsponível em: https://www.tudoepoema.com.br/paulo-leminsk-contranarciso/ Acesso em 08 de mai. de 2020.

2. OBSERVE AS IMAGENS ABAIXO COM ATENÇÃO.


Imagem 2

Imagem 1
“Ao trabalhar e ao pensar junto”, criação do
fotógrafo russo Sergey Khakimullin.

Ponte levadiça no rio Neva, na Rússia.

1
FC3.2- O Eu e o Outro: dimensão epistemológica. HF1: Identificar e elaborar questionamentos pertinentes aos temas
abordados.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
Imagem 3 Imagem 4

Quadro “NÓS” (1926), do pintor brasileiro Ismael Quadro “NARCISO ou O AUTO ADMIRADOR”
Nery. (1594-1596), do pintor italiano Caravaggio.

3. DAS IMAGENS QUE VOCÊ OBSERVOU, QUAL COMBINA MELHOR COM O POEMA CONTRANARCISO?
(A) IMAGEM 1.
(B) IMAGEM 2.
(C) IMAGEM 3.
(D) IMAGEM 4.

4. POR QUE VOCÊ PENSA QUE A IMAGEM QUE ESCOLHEU NA QUESTÃO 3 É A QUE MELHOR COMBINA COM O
POEMA?
EU PENSO QUE A IMAGEM __ COMBINA MELHOR COM O POEMA CONTRANARCISO PORQUE ___________________

_______________________________________________________________________________________________

_______________________________________________________________________________________________

Respostas e comentários: 3) Todas as imagens podem ser relacionadas ao poema. Sendo assim, todas as opções
estão corretas. 4) O objetivo da questão é estimular a criança a justificar os próprios pontos de vista.
Fonte imagens:
1-https://pt.dreamstime.com/foto-de-stock-ao-trabalhar-e-ao-pensar-junto-image65176971. Acesso em 02 de mai. de 2020.
2-https://www.civitatis.com/br/sao-petersburgo/tour-noturno-pontes-levadicas/ Acesso em 02 de mai. de 2020.
3-https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Ismael_Nery_-_N%C3%B3s.jpg Acesso em 08 de mai. de 2020.
4-https://pt.wikipedia.org/wiki/Narciso. Acesso em 02 de mai. de 2020.
ATIVIDADE 4 – RECRIAR UM POEMA12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

1. CRIE UMA REESCRITA DO POEMA CONTRANARCISO.


DICAS:
*VOCÊ PODE FAZER ISSO MUDANDO A ORDEM ORIGINAL DE TODOS OU DE ALGUNS DOS VERSOS, MAS
MANTENDO A ESCRITA ORIGINAL DELES;
*OU VOCÊ PODE MUDAR O JEITO DE ESCREVER OS VERSOS;
*OU VOCÊ PODE COMBINAR A MUDANÇA DE ORDEM DOS VERSOS COM A MUDANÇA NO JEITO DE
ESCREVER ALGUNS VERSOS.
*A SUA REESCRITA NÃO PRECISA FICAR COM O MESMO TAMANHO DO POEMA ORIGINAL.

CONTRANARCISO MINHA VERSÃO DE “CONTRANARCISO”


EM MIM
EU VEJO O OUTRO
E OUTRO
E OUTRO
ENFIM DEZENAS
TRENS PASSANDO
VAGÕES CHEIOS DE GENTE
CENTENAS
O OUTRO
QUE HÁ EM MIM
É VOCÊ
VOCÊ
E VOCÊ
ASSIM COMO
EU ESTOU EM VOCÊ
EU ESTOU NELE
EM NÓS
E SÓ QUANDO
ESTAMOS EM NÓS
ESTAMOS EM PAZ
MESMO QUE ESTEJAMOS A SÓS
PAULO LEMNISKI

Respostas e comentários:
Exercício de criação pessoal: objetiva-se que a criança faça um ensaio de apropriação criativa do poema.

1
FC3.2- O Eu e o Outro: dimensão epistemológica. HF1: Identificar e elaborar questionamentos pertinentes aos temas
abordados.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
ATIVIDADE 5 – O MITO DE NARCISO12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

1. NAS ÚLTIMAS ATIVIDADES USAMOS O POEMA “CONTRANARCISO”, DE PAULO LEMINSKI. O POEMA TEM
SERVIDO COMO PONTO DE PARTIDA PARA PENSARMOS SOBRE ESSA COISA DE EXISTIR O OUTRO E O EU.
O QUE VOCÊ NÃO SABE É QUE PARA CRIAR O POEMA, PAULO LEMINSKI SE INSPIROU EM UMA HISTÓRIA
BEM ANTIGA, VINDA LÁ DA GRÉCIA.
ENTÃO, NESTA ATIVIDADE, VAMOS CONHECER UMA VERSÃO DA LENDA GREGA QUE INSPIROU NOSSO
POETA.
LEIA ABAIXO A LENDA DE NARCISO. SE PRECISAR, PEÇA AJUDA A UM ADULTO.

NARCISO, AQUELE QUE AMAVA APENAS A SI MESMO


HÁ UM MITO DA GRÉCIA ANTIGA QUE NOS ENSINA QUE A BELEZA E A VAIDADE PODEM SER UMA
COMBINAÇÃO MUITO PERIGOSA.

CONTA A HISTÓRIA QUE NARCISO ERA FILHO DE CEFISO E DE LIRÍOPE. ANTES DE ELE NASCER, SEUS
PAIS PROCURARAM UM ADIVINHO, UM HOMEM SÁBIO QUE SE CHAMAVA TIRÉSIAS. ELE LHES REVELOU UMA
PROFECIA SINISTRA: NARCISO TERIA UMA VIDA LONGA E FELIZ, DESDE QUE JAMAIS OLHASSE A PRÓPRIA
IMAGEM. FELIZMENTE, NÃO HAVIA ESPELHOS NA GRÉCIA ANTIGA...

E ASSIM, NARCISO CRESCEU E SE TORNOU UM HABILIDOSO CAÇADOR, SENDO CONSIDERADO O MAIS


BELO DE TODOS OS RAPAZES DE SEU TEMPO. DESTE MODO, ATRAIU A COBIÇA E A INVEJA DE MULHERES, DE
HOMENS E ATÉ DE ALGUMAS DIVINDADES, COMO AS NINFAS, ESPECIALMENTE UMA QUE SE CHAMAVA ECO,
QUE FICOU PERDIDAMENTE APAIXONADA POR ELE.

MAS ALÉM DE BELO, NARCISO ERA MUITO ORGULHOSO E VAIDOSO, DESPREZANDO O AMOR E A
ATENÇÃO QUE LHES ERAM DEDICADOS.

MAGOADA E JÁ CANSADA DE TANTO CORRER ATRÁS DE NARCISO, QUE APENAS A DESPREZAVA, A


NINFA ECO PEDIU AOS DEUSES QUE O CASTIGASSEM. PARA ISSO, A DEUSA NÊMESIS (RELACIONADA AO
DESTINO E AOS CASTIGOS CONTRA OS DESEQUILÍBRIOS) CONDENOU NARCISO A SE APAIXONAR PELO PRÓPRIO
REFLEXO.

E NÃO TEVE JEITO: UM CERTO DIA, ELE VIU SUA IMAGEM REFLETIDA NA LAGOA ONDE VIVIA A NINFA
ECO. AO AVISTAR O PRÓPRIO REFLEXO, NARCISO APAIXONOU-SE PERDIDAMENTE POR SI MESMO: NÃO
PARAVA DE PENSAR EM SI PRÓPRIO, EM COMO ERA BELO E EM COMO ERA O MELHOR DE TODOS OS
VIVENTES.

DESDE O INSTANTE EM QUE SE VIU REFLETIDO NAS ÁGUAS, O JOVEM FICOU TÃO ENCANTADO COM A
PRÓPRIA BELEZA, QUE PERMANECEU NA BEIRA DO LAGO DIAS E NOITES SEM FIM, SEM COMER OU BEBER
NADA. ADMIRAVA TANTO A SI MESMO, E ISTO LHE DAVA TANTA SATISFAÇÃO, QUE SEU PENSAMENTO O
TEMPO TODO PERSEGUIA, BUSCAVA, CAÇAVA UMA MANEIRA DE REALIZAR O IMENSO AMOR QUE TINHA POR
ELE MESMO.

COM O TEMPO, NARCISO FOI DEFINHANDO, DEFINHANDO E ACABOU MORRENDO ALI MESMO,

1
FC3.2- O Eu e o Outro: dimensão epistemológica. HF1: Identificar e elaborar questionamentos pertinentes aos temas
abordados.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
APAIXONADO PELO SEU REFLEXO.

NO LOCAL ONDE O JOVEM MORREU, NASCEU UMA FLOR, QUE FOI CHAMADA DE NARCISO, COMO
UMA FORMA DE LEMBRAR A TODOS NÓS O QUE ACONTECE QUANDO DAMOS MAIS ATENÇÃO A NOSSA
VAIDADE E ORGULHO DO QUE AO MUNDO E ÀS PESSOAS A NOSSA VOLTA.
VER A HISTÓRIA
ABAIXO VOCÊ PODE CONFERIR ALGUMAS REPRESENTAÇÕES DA CLÁSSICA CENA DE NARCISO
HIPNOTIZADO POR SI (NA IMAGEM REFLETIDA NAS ÁGUAS), ALÉM DE TAMBÉM VISUALIZAR A FLOR
EM QUE NOSSO ANTI-HERÓI SE TORNOU.
Imagem 1

Imagem 2

Imagem 3

Imagem 4 Imagem 5

Texto adaptado de: http://multirio.rj.gov.br/index.php/interaja/multiclube/9a11/diz-a-lenda/10307-narciso. Acesso em 18/02/2021


Imagem 1: https://pt.wikipedia.org/wiki/Narciso. Acesso em 02 de mai. de 2020.
Imagem 2: https://www.mitologia.pt/o-mito-de-narciso-275653
Imagem 3: https://artrianon.com/2020/03/10/obra-de-arte-da-semana-metamorfose-de-narciso-de-salvador-dali/
Imagem 4: http://multirio.rj.gov.br/index.php/interaja/multiclube/9a11/diz-a-lenda/10307-narciso
Imagem 5: https://pixabay.com/pt/photos/narciso-flores-jardim-ger%C3%A2nio-87962/. Imagens 2 a 5 acessadas em 18/02/2021

AH, CASO VOCÊ POSSA E QUEIRA, CONFIRA UM VÍDEO COM A RELEITURA DO MITO DE NARCISO
COM A TURMA DA MÔNICA.

PARA CONFERIR O VÍDEO, É SÓ CLICAR AQUI OU NA


IMAGEM.
LINK: https://www.youtube.com/watch?app=desktop&v=DRIYAB1ejdE .
Acesso em 18/02/2021.

2. SELECIONE A OPÇÃO QUE MELHOR REPRESENTE O JEITO DE SER DO NARCISO.


(A) ENTRE TODAS AS PESSOAS EU SOU A MAIS IMPORTANTE.
(B) EU SEMPRE DEVO SER O PRIMEIRO EM TUDO.
(C) AS OUTRAS PESSOAS TÊM QUE FAZER O QUE EU QUERO.
(D) OUTRA. ESCREVA UMA FRASE QUE MOSTRE O JEITO DE SER QUE MELHOR REPRESENTE O NARCISO:
______________________________________________________________________________________________

Respostas e comentários:
Todas as opções estão corretas. É importante ressaltar à criança que se ela não concordar com as opções A, B e C,
deve marcar a opção D e escrever uma frase que mostre o jeito de ser que melhor represente o Narciso.
ATIVIDADE 6 – NARCISO, EU?12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

1. LEIA UMA VERSÃO MAIS CURTA DO MITO DE NARCISO.


NARCISO, AQUELE QUE AMAVA APENAS A SI MESMO
HÁ UM MITO DA GRÉCIA ANTIGA QUE NOS ENSINA QUE A BELEZA E A VAIDADE PODEM SER UMA
COMBINAÇÃO MUITO PERIGOSA.

CONTA A HISTÓRIA QUE NARCISO ERA UM JOVEM E HABILIDOSO CAÇADOR. ELE TAMBÉM ERA
CONSIDERADO O MAIS BELO DE TODOS OS RAPAZES DE SEU TEMPO.

A BELEZA DE NARCISO ATRAIA A COBIÇA E A INVEJA DE MUITAS PESSOAS.

MAS ALÉM DE BELO, NARCISO ERA MUITO ORGULHOSO E VAIDOSO. ELE SEMPRE DESPREZAVA O
AMOR E A ATENÇÃO QUE LHE ERAM DEDICADOS.

UM CERTO DIA, NARCISO VIU SUA IMAGEM REFLETIDA NAS ÁGUAS CALMAS DE UMA LAGOA. AO
AVISTAR O PRÓPRIO REFLEXO, NARCISO APAIXONOU-SE PERDIDAMENTE POR SI MESMO: NÃO PARAVA DE
PENSAR EM SI PRÓPRIO, EM COMO ERA BELO E EM COMO ERA O MELHOR DE TODOS.

DESDE O INSTANTE EM QUE SE VIU REFLETIDO NAS ÁGUAS, O JOVEM FICOU TÃO ENCANTADO COM
A PRÓPRIA BELEZA, QUE PERMANECEU NA BEIRA DO LAGO DIAS E NOITES SEM FIM, SEM COMER OU BEBER
NADA, PERSEGUINDO, BUSCANDO, CAÇANDO UMA MANEIRA DE REALIZAR O IMENSO AMOR QUE TINHA
POR SI MESMO.
COM O TEMPO, NARCISO FOI DEFINHANDO, DEFINHANDO E ACABOU MORRENDO ALI MESMO,
APAIXONADO PELO SEU REFLEXO.

ESTA HISTÓRIA NOS AJUDA A LEMBRARMOS O QUE ACONTECE QUANDO DAMOS MAIS ATENÇÃO A
NOSSA VAIDADE E ORGULHO DO QUE AO MUNDO E ÀS PESSOAS A NOSSA VOLTA.
Texto adaptado de: http://multirio.rj.gov.br/index.php/interaja/multiclube/9a11/diz-a-lenda/10307-narciso. Acesso em 18/02/2021

2. LEIA UMA FRASE DESTACADO DO MITO DE NARCISO: “NÃO PARAVA DE PENSAR EM SI PRÓPRIO, … E EM
COMO ERA O MELHOR DE TODOS.”
AGORA, PARE E PENSE: VOCÊ COSTUMA AGIR DO JEITO COMO O QUE ESTÁ INDICADO NA FRASE? E, VOCÊ JÁ
VIU ALGUMA OUTRA PESSOA ASSINGO ASSIM? NA TABELA, FAÇA UM X NA OPÇÃO MAIS ADEQUADA.

SIM, SIM, DE SIM, MAS


EU COSTUMO AGIR ASSIM, ‘NÃO PARANDO DE NÃO, NUNCA
QUASE VEZ EM POUCAS
PENSAR EM MIM MESMO(A) OU EM COMO SOU NUNCA REPAREI
SEMPRE QUANDO VEZES
O(A) MELHOR’?
VOCÊ CONHECE ALGUMA PESSOA QUE COSTUMA SIM NÃO NUNCA REPAREI
AGIR ASSIM, ‘NÃO PARANDO DE PENSAR EM SI
MESMA OU EM COMO ELA É A MELHOR’?

Respostas e comentários: Respostas pessoais. Os exercícios objetivam estimular a criança a usar ideias para pensar
sobre si mesma.

1
FC3.2- O Eu e o Outro: dimensão epistemológica. HF1: Identificar e elaborar questionamentos pertinentes aos temas
abordados.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
ATIVIDADE 7 – NARCISO CONTRA NARCISO12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

1. LEIA OS TEXTOS 1 E 2.
TEXTO 1 – NARCISO, AQUELE QUE AMAVA APENAS A SI
MESMO
HÁ UM MITO DA GRÉCIA ANTIGA QUE NOS ENSINA QUE A
BELEZA E A VAIDADE PODEM SER UMA COMBINAÇÃO MUITO TEXTO 2 – POEMA CONTRANARCISO
PERIGOSA.
CONTA A HISTÓRIA QUE NARCISO ERA UM JOVEM E EM MIM
EU VEJO O OUTRO
HABILIDOSO CAÇADOR. ELE TAMBÉM ERA CONSIDERADO O MAIS
E OUTRO
BELO DE TODOS OS RAPAZES DE SEU TEMPO. E OUTRO
A BELEZA DE NARCISO ATRAIA A COBIÇA E A INVEJA DE ENFIM DEZENAS
MUITAS PESSOAS. TRENS PASSANDO
MAS ALÉM DE BELO, NARCISO ERA MUITO ORGULHOSO E VAGÕES CHEIOS DE GENTE
VAIDOSO. ELE SEMPRE DESPREZAVA O AMOR E A ATENÇÃO QUE CENTENAS
LHE ERAM DEDICADOS. O OUTRO
QUE HÁ EM MIM
UM CERTO DIA, NARCISO VIU SUA IMAGEM REFLETIDA NAS
É VOCÊ
ÁGUAS CALMAS DE UMA LAGOA. AO AVISTAR O PRÓPRIO REFLEXO, VOCÊ
NARCISO APAIXONOU-SE PERDIDAMENTE POR SI MESMO: NÃO E VOCÊ
PARAVA DE PENSAR EM SI PRÓPRIO, EM COMO ERA BELO E EM ASSIM COMO
COMO ERA O MELHOR DE TODOS. EU ESTOU EM VOCÊ
DESDE O INSTANTE EM QUE SE VIU REFLETIDO NAS ÁGUAS, EU ESTOU NELE
EM NÓS
O JOVEM FICOU TÃO ENCANTADO COM A PRÓPRIA BELEZA, QUE
E SÓ QUANDO
PERMANECEU NA BEIRA DO LAGO DIAS E NOITES SEM FIM, SEM
ESTAMOS EM NÓS
COMER OU BEBER NADA, PERSEGUINDO, BUSCANDO, CAÇANDO ESTAMOS EM PAZ
UMA MANEIRA DE REALIZAR O IMENSO AMOR QUE TINHA POR SI MESMO QUE ESTEJAMOS A SÓS
MESMO.
COM O TEMPO, NARCISO FOI DEFINHANDO, DEFINHANDO AUTOR: PAULO LEMINSKI
E ACABOU MORRENDO ALI MESMO, APAIXONADO PELO SEU
Poema dinsponível em:
REFLEXO.
https://www.tudoepoema.com.br/paulo-leminsk-
ESTA HISTÓRIA NOS AJUDA A LEMBRARMOS O QUE contranarciso/ Acesso em 08 de mai. de 2020.
ACONTECE QUANDO DAMOS MAIS ATENÇÃO A NOSSA VAIDADE E
ORGULHO DO QUE AO MUNDO E ÀS PESSOAS A NOSSA VOLTA.
lenda/10307-narciso. Acesso em 18/02/2021

2. SELECIONE A OPÇÃO COM O PEDAÇO DO POEMA CONTRANARCISO QUE PARA VOCÊ SEJA MAIS CONTRÁRIO
AO PEDAÇO DO TEXTO 1 DESTACADO ABAIXO:
“NÃO PARAVA DE PENSAR EM SI PRÓPRIO, … E EM COMO ERA O MELHOR DE TODOS.”
(A) EM MIM EU VEJO O OUTRO.
1
FC3.2- O Eu e o Outro: dimensão epistemológica. HF1: Identificar e elaborar questionamentos pertinentes aos temas
abordados.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
(B) O OUTRO QUE HÁ EM MIM É VOCÊ.
(C) ASSIM COMO EU ESTOU EM VOCÊ, EU ESTOU NELE, EM NÓS.
(D) SÓ QUANDO ESTAMOS EM NÓS, ESTAMOS EM PAZ.

3. RELEIA OS TEXTOS 1 E 2, FICANDO COM SUA ATENÇÃO DIRIGIDA ÀS PALAVRAS QUE NELES SÃO MAIS
IMPORTANTES PARA EXPLICAR O SIGNIFICADO DELES.
APÓS RELER E PENSAR COM CALMA RESPONDA: EM SUA OPINIÃO, QUAL É A PALAVRA MAIS IMPORTANTE
DE CADA UM DOS TEXTOS?
PARA MIM, A PALAVRA MAIS IMPORTANTE DO TEXTO 1 É
_________________________________________________

PARA MIM, A PALAVRA MAIS IMPORTANTE DO TEXTO 2 É


_________________________________________________

Respostas e comentários: 2) Todas as opções estão corretas, pois todas falam do EU a partir da relação com o
OUTRO, princípio que se opõe ao trecho destacado do texto 1, no qual nota-se uma primazia do EU sobre o OUTRO.
3) Resposta de elaboração pessoal. O objetivo do exercício é estimular a criança a avaliar os textos, propondo uma
hipótese acerca do que é central neles.
ATIVIDADE 8 – NARCISO E CONTRANARCISO12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

1. RELEIA OS TEXTOS 1 E 2.
TEXTO 1 – NARCISO, AQUELE QUE AMAVA APENAS A SI
MESMO
HÁ UM MITO DA GRÉCIA ANTIGA QUE NOS ENSINA QUE A
BELEZA E A VAIDADE PODEM SER UMA COMBINAÇÃO MUITO TEXTO 2 – POEMA CONTRANARCISO
PERIGOSA.
CONTA A HISTÓRIA QUE NARCISO ERA UM JOVEM E EM MIM
EU VEJO O OUTRO
HABILIDOSO CAÇADOR. ELE TAMBÉM ERA CONSIDERADO O MAIS
E OUTRO
BELO DE TODOS OS RAPAZES DE SEU TEMPO. E OUTRO
A BELEZA DE NARCISO ATRAIA A COBIÇA E A INVEJA DE ENFIM DEZENAS
MUITAS PESSOAS. TRENS PASSANDO
MAS ALÉM DE BELO, NARCISO ERA MUITO ORGULHOSO E VAGÕES CHEIOS DE GENTE
VAIDOSO. ELE SEMPRE DESPREZAVA O AMOR E A ATENÇÃO QUE CENTENAS
LHE ERAM DEDICADOS. O OUTRO
QUE HÁ EM MIM
UM CERTO DIA, NARCISO VIU SUA IMAGEM REFLETIDA NAS
É VOCÊ
ÁGUAS CALMAS DE UMA LAGOA. AO AVISTAR O PRÓPRIO REFLEXO, VOCÊ
NARCISO APAIXONOU-SE PERDIDAMENTE POR SI MESMO: NÃO E VOCÊ
PARAVA DE PENSAR EM SI PRÓPRIO, EM COMO ERA BELO E EM ASSIM COMO
COMO ERA O MELHOR DE TODOS. EU ESTOU EM VOCÊ
DESDE O INSTANTE EM QUE SE VIU REFLETIDO NAS ÁGUAS, EU ESTOU NELE
EM NÓS
O JOVEM FICOU TÃO ENCANTADO COM A PRÓPRIA BELEZA, QUE
E SÓ QUANDO
PERMANECEU NA BEIRA DO LAGO DIAS E NOITES SEM FIM, SEM
ESTAMOS EM NÓS
COMER OU BEBER NADA, PERSEGUINDO, BUSCANDO, CAÇANDO ESTAMOS EM PAZ
UMA MANEIRA DE REALIZAR O IMENSO AMOR QUE TINHA POR SI MESMO QUE ESTEJAMOS A SÓS
MESMO.
COM O TEMPO, NARCISO FOI DEFINHANDO, DEFINHANDO AUTOR: PAULO LEMINSKI
E ACABOU MORRENDO ALI MESMO, APAIXONADO PELO SEU
Poema dinsponível em:
REFLEXO.
https://www.tudoepoema.com.br/paulo-leminsk-
ESTA HISTÓRIA NOS AJUDA A LEMBRARMOS O QUE contranarciso/ Acesso em 08 de mai. de 2020.
ACONTECE QUANDO DAMOS MAIS ATENÇÃO A NOSSA VAIDADE E
ORGULHO DO QUE AO MUNDO E ÀS PESSOAS A NOSSA VOLTA.
lenda/10307-narciso. Acesso em 18/02/2021

2. OBSERVE AS IMAGENS 1 E 2 COM ATENÇÃO. DURANTE A OBSERVAÇÃO, PENSE: O QUE É ISTO? O QUE ISTO
ME FAZ SENTIR E PENSAR? QUAL O SENTIDO DESTA IMAGEM? AH, SE VOCÊ QUISER, PODE FAZER A
OBSERVAÇÃO COM ALGUÉM.

1
FC3.2- O Eu e o Outro: dimensão epistemológica. HF1: Identificar e elaborar questionamentos pertinentes aos temas
abordados.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
IMAGEM 1

Fonte:https://www.taofeminino.com.br/bombando-na-internet/fotografo-faz-ensaio-emocionante-com-mae-idosa-doente-s1949146.html#d955316-p3.
Acesso em 16 de mai. de 2020.

IMAGEM 2
Fonte:http://portaldoprofessor.mec.gov.br/fichaTecnicaAula.html?aula=38811. Acesso em 16 de mai. de 2020.

IMAGEM 3
Fonte: http://2marte.blogspot.com/2015/06/releitura.html Acesso em 18/02/2021

3. PENSE: OS TEXTOS 1 E 2 COMBINAM COM ALGUMA DAS IMAGENS? SE SIM, COM QUAL DELAS? DEPOIS DE
PENSAR, RESPONDA NA TABELA ABAIXO. NÃO DEIXE DE EXPLICAR SUAS RESPOSTAS.
TEXTO 1 TEXTO 2
EXPLICAÇÃO EXPLICAÇÃO
SIM SIM
COMBINA
COM
IMAGEM 1? NÃ NÃ
O O

EXPLICAÇÃO EXPLICAÇÃO
SIM SIM
COMBINA
COM
IMAGEM 2? NÃ NÃ
O O

EXPLICAÇÃO EXPLICAÇÃO
SIM SIM
COMBINA
COM
IMAGEM 3? NÃ NÃ
O O
Respostas e comentários: 3) É provável que a criança relacione o texto 1 à imagem 3 e o texto 2 à imagem 2. A
imagem 1 constitui um elemento inserido na atividade para intrigar a criança, provocando sua reflexão. Contudo, o
objetivo do exercício é estimular a criança a relacionar textos com imagens e justificar as próprias opiniões, pelo que
o exercício adquire caráter de elaboração pessoal.
ATIVIDADE 9 – OLHAR PARA O PRÓPRIO EU E PERGUNTAR12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

1. LEIA O TEXTO.
INTERROGATIVOS
ALGUMAS PALAVRAS PODEM NOS AJUDAR NA HORA DE FAZER
PERGUNTAS. ELAS SÃO CHAMADAS DE INTERROGATIVOS.
ALGUMAS DESSAS PALAVRAS SÃO:

QUEM POR QUE


COMO QUANDO
ONDE QUANTO
QUAL O QUE
CADA UMA DESSAS PALAVRAS NOS AJUDA A PENSAR E DESCOBRIR UMA
PARTE DIFERENTE DAS COISAS, DAS PESSOAS E DO MUNDO.

2. OBSERVE A IMAGEM.
ANTES QUE EU ME ESQUEÇA

1
FC3.2- O Eu e o Outro: dimensão epistemológica. Habilidade central da atividade HF1: Identificar e elaborar questionamentos
pertinentes aos temas abordados.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira. Atividade inspirada na atividade 14-Interrogativos, de autoria da Profª Caroline
Bekmessian Pinheiro (página 32 da apostila de atividades para 2º ano).
SOBRE A IMAGEM
A IMAGEM “ANTES QUE EU ME ESQUEÇA” É UMA OBRA QUE MOSTRA UM GAROTO NEGRO
QUE SE OLHA BEM DE PERTO EM UM ESPELHO.

NOTE QUE ELE VAI AO ENCONTRO DA IMAGEM REFLETIDA, POIS INCLINA SEU CORPO NA
DIREÇÃO DO ESPELHO, E ISTO É DEMONSTRADO PELO FATO DE
ESTAR NA PONTA DOS PÉS. VOLTE NA IMAGEM E CONFIRA!

A OBRA FOI CRIADA PELO ARTISTA BRASILEIRO FLÁVIO


CERQUEIRA, QUE A APRESENTOU AO PÚBLICO NO ANO DE 2013.
ESTA ESCULTURA É FEITA DE BRONZE, E FOI PINTADA COM A COR
BRANCA.

ELA É APENAS UMA DAS OBRAS QUE O ARTISTA CRIOU


PARA A EXPOSIÇÃO “ENSIMESMADOS”, DE 2013.

NESTA EXPOSIÇÃO O ARTISTA TRATA DE TEMAS BASTANTE


COMUNS, COMO A SOLIDÃO, FRUSTRAÇÕES, EXPECTATIVAS, ESPERANÇAS… ASSIM, CONVIDA-NOS A
UMA BUSCA.

MAS, A BUSCA PELO QUÊ?


BEM, CASO VOCÊ POSSA E DESEJE, BUSQUE PARA CONHECER MAIS SOBRE A OBRA DESTE
ARTISTA: É SÓ CLICAR AQUI OU AQUI!
Link do site: http://flaviocerqueira.com/trabalhos/, acesso em 19 de jun. de 2020.
Texto adaptado de e-book de apresentação de algumas de suas exposições individuais na galeria de arte Casa
Triângulo: https://www.casatriangulo.com/media/pdf/flavio_cerqueira_portfolio_2015_web_20.pdf, acesso em
19 de jun. de 2020.

3. AGORA, FAÇA COMO O GAROTO DA IMAGEM. PROCURE UM ESPELHO E OBSERVE-SE. FIQUE SE OLHANDO
DURANTE ALGUNS INSTANTES. DEPOIS DE SE OLHAR, USE AS PALAVRAS DE PERGUNTAR PARA FAZER
PERGUNTAS PARA SI MESMO (A).

a. ONDE_______________________________________________________________________________________?

b. COMO ______________________________________________________________________________________?

c. POR QUE ____________________________________________________________________________________?

d. QUEM ______________________________________________________________________________________?

e. QUANDO____________________________________________________________________________________?

f. O QUE ______________________________________________________________________________________?

g. QUANTO ____________________________________________________________________________________?

Respostas e comentários: 3) Elaboração pessoal. O objetivo da atividade é estimular a criança a exercitar a atitude
de questionar, mas voltada para a reflexão sobre si mesma.

ATIVIDADE 10 – PERGUNTAR SOBRE UM OUTRO DISTANTE12


EMEB “_________________________________________________________________________________”
1
FC3.2- O Eu e o Outro: dimensão epistemológica. Habilidade central da atividade HF1: Identificar e elaborar questionamentos
pertinentes aos temas abordados.
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

1. LEIA O TEXTO ABAIXO COM ATENÇÃO.


PESSOAS
FAZER PERGUNTAS NOS AJUDA, NÃO APENAS, A VER E PENSAR OS OBJETOS E O MUNDO DE UM
JEITO NOVO. TAMBÉM AJUDA A VER, A PENSAR E A CONHECER AS PESSOAS.
VOCÊ SABIA QUE EXISTEM CERCA DE 8 BILHÕES DE PESSOAS NO MUNDO? E QUE, COMO VOCÊ, CADA
UMA DESSAS PESSOAS, DE ALGUM FORMA, É ÚNICA!

ISSO SIGNIFICA QUE TODAS AS PESSOAS PODEM TER IDEIAS DIFERENTES, PODEM TER GOSTOS
DIFERENTES E AGIR DE FORMA DIFERENTE.

MAS ALGUMAS COISAS SÃO IGUAIS PARA TODAS AS PESSOAS, POR MAIORES QUE SEJAM AS
DIFERENÇAS ENTRE ELAS: TODAS CONVIVEM NO MESMO PLANETA, E, PODEM ATÉ NÃO PERCEBER, MAS COM
ISSO INFLUENCIAM O MODO COMO AS COISAS NESTE PLANETA ACONTECEM, ALÉM DE TAMBÉM SE
INFLUENCIAREM UMAS ÀS OUTRAS, IGUAL DISSE O PAULO LEMINSKI NO POEMA “CONTRANARCISO”: EM
MIM EU VEJO O OUTRO.

2. OBSERVAR: OLHE-SE EM UM ESPELHO POR ALGUNS INSTANTE. DEPOIS, OLHA PARA A IMAGEM ABAIXO
COM MUITA ATENÇÃO.

IMAGEM: https://fatosdesconhecidos.ig.com.br/wp-content/uploads/2017/05/1-218.jpg. Acesso em 29/05/2020.


a. CIRCULE NA IMAGEM ACIMA A PESSOA QUE MAIS CHAMA SUA ATENÇÃO. EXPLIQUE ABAIXO POR QUE ESSA
PESSOA CHAMOU SUA ATENÇÃO.

_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira. Atividade inspirada na atividade 15-Perguntar sobre pessoas, de autoria da Profª
Caroline Bekmessian Pinheiro (página 34 da apostila de atividades para 2º ano).
b. RELEMBRE DE SUA IMAGEM NO ESPELHO. SE PRECISAR OLHE-SE NOVAMENTE. DEPOIS, COMPARE VOCÊ COM A
PESSOA QUE ESCOLHEU. O QUE É SEMELHANTE (PARECIDO) E O QUE É DIFERENTE ENTRE VOCÊS?

SEMELHANÇA: ___________________________________________________________________________________

DIFERENÇA: _____________________________________________________________________________________

3. PENSE E ESCREVA: UMA PERGUNTA QUE QUANDO FOSSE RESPONDIDA PELA PESSOA CIRCULADA AJUDARIA
VOCÊ A CONHECÊ-LA MELHOR.

______________________________________________________________________________________________?

Respostas e comentários: 2) Elaboração pessoal. O objetivo do exercício é estimular a criança a se questionar sobre
as proximidades e distâncias entre ela e um outro fora de seu contexto de vida. 3) Elaboração pessoal. O objetivo do
exercício é estimular o exercício do ato de perguntar contextualizado à temática da alteridade.
ATIVIDADE 11 – PERGUNTAR SOBRE UM OUTRO PRÓXIMO12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

NA ATIVIDADE ANTERIOR VOCÊ PODE TER ENCONTRADO ALGUMA DIFICULDADE. TAMBÉM, VOCÊ TEVE QUE
USAR A IMAGINAÇÃO E O PENSAMENTO PARA TENTAR SE APROXIMAR DE UMA PESSOA QUE VOCÊ NÃO TEM
CONTATO ALGUM, E QUE PROVAVELMENTE NUNCA VAI ENCONTRAR.
NA ATIVIDADE DESTA SEMANA SUA TAREFA É UM POUCO PARECIDA COM ISSO, MAS O QUE MUDA É QUE
AGORA VOCÊ FARÁ UMA MINI ENTEVISTA COM UMA PESSOA QUE VIVE COM VOCÊ COM O OBJETIVO DE CONHECÊ-
LA MELHOR.

1. PLANEJANDO A MINI ENTREVISTA: O PRIMEIRO PASSO PARA VOCÊ FAZER SUA MINI ENTREVISTA, É PLANEJÁ-LA.
PARA ISSO, VOCÊ CRIARÁ AS PERGUNTAS QUE FARÁ À PESSOA ESCOLHIDA. ENTÃO, USE OS INTERROGATIVOS
INDICADOS ABAIXO PARA CRIAR PERGUNTAS QUE AJUDEM A CONHECER MELHOR A PESSOA QUE SERÁ
ENTREVISTADA.

a. ONDE __________________________________________________________________________________?

b. COMO __________________________________________________________________________________?

c. POR QUE ________________________________________________________________________________?

d. QUEM __________________________________________________________________________________?

e. QUANDO _______________________________________________________________________________?

f. O QUE

__________________________________________________________________________________?

g. QUANTO(S) _____________________________________________________________________________?

2. DEPOIS DE ELABORAR AS PERGUNTAS, CHAME A PESSOA ESCOLHIDA E FAÇA AS PERGUNTAS PARA ELA.
ENQUANTO ELA ESTIVER RESPONDENDO, ESCUTE SUAS RESPOSTAS COM ATENÇÃO, POIS ESTA É UMA
ATITUDE QUE DEMONSTRA RESPEITO –E TODOS GOSTAMOS DE SER RESPEITADOS, NÃO É MESMO?

3. REGISTRANDO A MINI ENTREVISTA: DEPOIS DA MINI ENTREVISTA, PERGUNTE-SE: “O QUE EU DESCOBRI


SOBRE ESTA PESSOA?”
APÓS REFLETIR, ESCREVA UMA FRASE CONTANDO O QUE VOCÊ DESCOBRIU SOBRE A PESSOA ESCUTADA.
SE VOCÊ QUISER, TAMBÉM PODE CRIAR UM DESENHO BEM LEGAL E COLORIDO MOSTRANDO A PARTE
MAIS IMPORTANTE DA ENTREVISTA.

Respostas e comentários:
1) Elaboração pessoal. O objetivo do exercício é estimular a criança a exercitar a atitude de questionamento no
contexto de lidar com um outro de seu convívio. 2) O objetivo da atividade é estimular a vivência de situações de

1
FC3.2- O Eu e o Outro: dimensão epistemológica. Habilidade central da atividade HF4: Reconhecer e respeitar outros pontos de
vista, durante a análise de determinada situação.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira. Atividade inspirada na atividade 15-Perguntar sobre pessoas, de autoria da Profª
Caroline Bekmessian Pinheiro (página 34 da apostila de atividades para 2º ano).
diálogo. 3) Criação pessoal da criança. Através da produção a ser feita no exercício é possível verificar se a criança
compreendeu a proposta da atividade (refletir sobre a possibilidade de conhecer o outro).
ATIVIDADE 12 – NARCISO É CONTRANARCISO?12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

1. RELEIA UM PEDAÇO DO POEMA CONTRANARCISO E UM COMENTÁRIO SOBRE ELE.


“O OUTRO
QUE HÁ EM MIM
É VOCÊ
VOCÊ
E VOCÊ
ASSIM COMO
EU ESTOU EM VOCÊ”
PAULO LEMINSKI

SOU EU UM EU-OUTRO?
VOCÊ JÁ DEVE TER REPARADO, AS PESSOAS VIVEM JUNTAS. ISTO AFETA A TODOS, INCLUSIVE VOCÊ.
ESTE É UM FATO SOBRE O QUAL POUCO PODEMOS FAZER. DUVIDA? ENTÃO REFLITA COM AS SITUAÇÕES
ABAIXO:
NÃO PASSAMOS A EXISTIR ATRAVÉS DE NOSSOS PAIS? POIS É, PARA EXISTIRMOS PRECISAMOS DE NOSSOS
PAIS…
E PARA NASCERMOS? ORA, A MESMA COISA: É PRECISO QUE NOSSA MÃE VÁ A UMA MATERNIDADE,
ONDE ENFERMEIRAS (OS) E MÉDICAS (OS) A AJUDARÃO A NOS FAZER NASCER.
E DEPOIS QUE NASCEMOS? VEJA BEM, PELO MENOS DURANTE OS QUATRO PRIMEIROS MESES DE NOSSAS
VIDAS, PRECISA QUE OS MAIS VELHOS DE NOSSA FAMÍLIA CUIDEM DE NÓS E DE NOSSAS NECESSIDADES (TROCAR
FRALDAS, ALIMENTAR, BRINCAR, E MUITAS OUTRAS COISAS).
VOCÊ DEVE ESTAR PENSANDO: “TÁ BOM, MAS DEPOIS QUE CRESCEMOS MAIS UM POUQUINHO NÃO
DEPENDEMOS DE MAIS NEGUÉM, NÉ?” SERÁ???
PENSE MAIS: NÃO ACONTECE DE NOVOS OUTROS ENTRAREM EM NOSSAS VIDAS? OS COLEGAS, OS
AMIGOS, OS PROFESSORES...
ENFIM, O OUTRO SEMPRE ESTÁ À NOSSA VOLTA, NÃO É?
ISSO QUER DIZER QUE MUITO DO QUE SOMOS É APRENDIDO NO CONTATO COM OS OUTROS.
ENTÃO, SERÁ QUE O PAULO LEMINSKI ESTÁ CERTO EM DIZER QUE O EU QUE CADA UM É ESTÁ CHEIO DOS
EUS QUE SÃO OS OUTROS QUE EXISTEM ALÉM DELE MESMO? OU NÃO É BEM ASSIM? MAS ENTÃO, COMO É QUE
É?
E AÍ, O QUE VOCÊ PENSA DISSO?
Prof. William Wolf E. P. Vieira

1
FC3.2- O Eu e o Outro: dimensão epistemológica. HF3: Identificar e elaborar justificativas para hipóteses, verbalizando-as de
maneira autônoma.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
2. EM UM PEDAÇO DO POEMA CONTRANARCISO, PAULO LEMINSKI ESCREVE:

“O OUTRO QUE HÁ EM MIM É VOCÊ, ASSIM COMO EU ESTOU EM VOCÊ”

SELECIONE A OPÇÃO COM A IDEIA QUE NA SUA OPINIÃO MELHOR EXPLICA ESTE PEDAÇO DO POEMA.
(A) AS PESSOAS SE ENTENDEM QUANDO APRENDEM A SE COLOCAR NO LUGAR DOS OUTROS.
(B) AS DIFERENÇAS TORNAM TODAS AS PESSOAS IGUAIS.
(C) O ‘EU’ NÃO EXISTE SEPARADO DO ‘OUTRO’.
(D) PARA CONHECER NOSSO EU É PRECISO CONHECER O OUTRO.

3. “O OUTRO QUE HÁ EM MIM É VOCÊ, ASSIM COMO EU ESTOU EM VOCÊ”. VOCÊ CONCORDA COM O QUE É
DITO NESTA FRASE? EXPLIQUE O PORQUÊ DE VOCÊ CONCORDAR OU DISCORDAR DO QUE É DITO NESTA
FRASE.

EU _______________________________ COM A FRASE, PORQUE _________________________________________

_______________________________________________________________________________________________

Respostas e comentários: 2) Qualquer uma das opções pode ser selecionada. 3) O objetivo dos exercícios é
estimular a criança a lidar com ideias, posicionando-se e justificando suas posições.
ATIVIDADE 13 – SOU EU UM EU-OUTRO?12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

1. RELEIA UM PEDAÇO DO POEMA CONTRANARCISO E UM COMENTÁRIO SOBRE ELE.


“o outro
que há em mim
é você
você
e você
assim como
eu estou em você”
Paulo Leminski

SOU EU UM EU-OUTRO?
VOCÊ JÁ DEVE TER REPARADO, AS PESSOAS VIVEM JUNTAS. ISTO AFETA A TODOS, INCLUSIVE VOCÊ.
ESTE É UM FATO SOBRE O QUAL POUCO PODEMOS FAZER. DUVIDA? ENTÃO REFLITA COM AS SITUAÇÕES
ABAIXO:
NÃO PASSAMOS A EXISTIR ATRAVÉS DE NOSSOS PAIS? POIS É, PARA EXISTIRMOS PRECISAMOS DE NOSSOS
PAIS…
E PARA NASCERMOS? ORA, A MESMA COISA: É PRECISO QUE NOSSA MÃE VÁ A UMA MATERNIDADE,
ONDE ENFERMEIRAS (OS) E MÉDICAS (OS) A AJUDARÃO A NOS FAZER NASCER.
E DEPOIS QUE NASCEMOS? VEJA BEM, PELO MENOS DURANTE OS QUATRO PRIMEIROS MESES DE NOSSAS
VIDAS, PRECISA QUE OS MAIS VELHOS DE NOSSA FAMÍLIA CUIDEM DE NÓS E DE NOSSAS NECESSIDADES (TROCAR
FRALDAS, ALIMENTAR, BRINCAR, E MUITAS OUTRAS COISAS).
VOCÊ DEVE ESTAR PENSANDO: “TÁ BOM, MAS DEPOIS QUE CRESCEMOS MAIS UM POUQUINHO NÃO
DEPENDEMOS DE MAIS NEGUÉM, NÉ?” SERÁ???
PENSE MAIS: NÃO ACONTECE DE NOVOS OUTROS ENTRAREM EM NOSSAS VIDAS? OS COLEGAS, OS
AMIGOS, OS PROFESSORES...
ENFIM, O OUTRO SEMPRE ESTÁ À NOSSA VOLTA, NÃO É?
ISSO QUER DIZER QUE MUITO DO QUE SOMOS É APRENDIDO NO CONTATO COM OS OUTROS?
ENTÃO, SERÁ QUE O PAULO LEMINSKI ESTÁ CERTO EM DIZER QUE O EU QUE CADA UM É ESTÁ CHEIO DOS
EUS QUE SÃO OS OUTROS QUE EXISTEM ALÉM DE MIM MESMO? OU NÃO É BEM ASSIM? MAS ENTÃO, COMO É
QUE É?
E AÍ, O QUE VOCÊ PENSA DISSO?

1
FC3.2- O Eu e o Outro: dimensão epistemológica. HF1: Identificar e elaborar questionamentos pertinentes aos temas
abordados.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
2. PENSANDO NISTO, ESCREVA ABAIXO UMA FRASE MOSTRANDO O QUE EM VOCÊ, NO SEU EU, PODE TER SE
FORMADO POR CAUSA DO CONTATO COM OS OUTROS.

_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

3. PERGUNTE A ALGUÉM QUE VIVE COM VOCÊ O QUE NELE PODE TER SE FORMADO POR CAUSA DO CONTATO
COM VOCÊ.
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

Respostas e comentários: O objetivo dos exercícios é estimular a criança a usar ideias para pensar sobre si mesma e
também a vivenciar situações de diálogo.
ATIVIDADES – EIXO ÉTICA

ET3.1 – Intencionalidade e Conduta: sentimentos, atitudes e


ações, as minhas e as dos outros.

ET3.2 – Convivência e Conflitos: Consequências de minhas


Atitudes e Ações no meio em que vivo.
ET3.1 – INTENCIONALIDADE E CONDUTA: SENTIMENTOS, ATITUDES E AÇÕES, AS MINHAS
E AS DOS OUTROS

ATIVIDADE 1 – INTENÇÕES...12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

1. LEIA O TEXTO ABAIXO COM ATENÇÃO.


TEXTO: O JOVEM PASTOR E O LOBO

UM JOVEM PASTOR DE OVELHAS, ENCARREGADO QUE FORA DE TOMAR CONTA DE UM REBANHO DE


OVELHAS PERTO DE UM VILAREJO, POR TRÊS OU QUATRO VEZES, FEZ COM QUE OS MORADORES E OS DONOS DOS
ANIMAIS VIESSEM CORRENDO APAVORADOS AO LOCAL DO PASTO, SEMPRE MOTIVADOS PELOS SEUS
DESESPERADOS GRITOS: "SOCORRO, LOBO! LOBO! SOCORRO!"

E QUANDO ELES SE APROXIMAVAM DO LOCAL DO PASTOREIO, IMAGINANDO QUE O JOVEM ESTAVA EM


APUROS COM O LOBO, LÁ ESTAVA ELE SEMPRE A ZOMBAR DO PAVOR
QUE TODOS ESTAVAM A SENTIR.

O LOBO, ENTRETANTO, POR FIM, DE FATO SE APROXIMOU DO


REBANHO. ENTÃO, O JOVEM PASTOR, AGORA REALMENTE APAVORADO,
TOMADO PELO TERROR E AFLIÇÃO, GRITAVA DESESPERADO: "SOCORRO,
LOBO! LOBO! SOCORRO!"

MAS, DESSA VEZ SEUS GRITOS FORAM EM VÃO, E NINGUÉM DEU OUVIDOS AOS SEUS APELOS.

Fonte texto: https://www.sitededicas.com.br/garoto_pastor.htm. Acesso em 24 de abr. de 2020.


Fonte imagem: http://poivre-rose.blogspot.com/2009/09/o-menino-que-gritava-lobo.html. Acesso 23/02/2021

1) NO INÍCIO DA HISTÓRIA (PARÁGRAFO 1) QUAL ERA A INTENÇÃO DO JOVEM PASTOR AO GRITAR "SOCORRO,
LOBO! LOBO! SOCORRO!", ISTO É, ELE FEZ ISSO PARA QUÊ? NA TABELA ABAIXO, FAÇA UM X NAS OPÇÕES QUE
AJUDAM A EXPLICAR O MOTIVO DE O JOVEM PASTOR TER FEITO ISSO. SE PRECISAR, RETOME A LEITURA.

A DIVERTIR-SE COM O SUSTO DOS MORADORES.

B ENGANAR OS MORADORES.

C AVISAR OS MORADORES.
ZOMBAR (TIRAR SARRO, ZOAR) DO PAVOR DOS
D
MORADORES.

2) NO PARÁGRAFO 3 O JOVEM PASTOR GRITA PELA SEGUNDA VEZ "SOCORRO, LOBO! LOBO! SOCORRO!". NESTE
MOMENTO ELE FAZ O GRITO COM A MESMA INTENÇÃO DE QUANDO GRITOU A MESMA COISA NO PARÁGRAFO
1? EXPLIQUE SUA RESPOSTA.
EU PENSO QUE __________________________________________________________________________________,

1
ET3.1- Intencionalidade e conduta: sentimentos, atitudes e ações, as minhas e as dos outros. HF2: Identificar e elaborar
hipóteses coerentes com as questões propostas durante a discussão dos temas abordados.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
PORQUE ________________________________________________________________________________________

Respostas e comentários: 1) Opções corretas: A, B e D. 2) Resposta de elaboração pessoal da criança. O objetivo da


questão é estimular a criança formular hipóteses referentes à categoria ‘intenção’.
ATIVIDADE 2 – O QUE SENTIRAM?12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

1. RELEIA O TEXTO DA ÚLTIMA ATIVIDADE.


TEXTO: O JOVEM PASTOR E O LOBO

UM JOVEM PASTOR DE OVELHAS, ENCARREGADO QUE FORA DE TOMAR CONTA DE UM REBANHO DE


OVELHAS PERTO DE UM VILAREJO, POR TRÊS OU QUATRO VEZES, FEZ COM QUE OS MORADORES E OS DONOS DOS
ANIMAIS VIESSEM CORRENDO APAVORADOS AO LOCAL DO PASTO, SEMPRE MOTIVADOS PELOS SEUS
DESESPERADOS GRITOS: "SOCORRO, LOBO! LOBO! SOCORRO!"
E QUANDO ELES SE APROXIMAVAM DO LOCAL DO PASTOREIO, IMAGINANDO QUE O JOVEM ESTAVA EM
APUROS COM O LOBO, LÁ ESTAVA ELE SEMPRE A ZOMBAR DO PAVOR
QUE TODOS ESTAVAM A SENTIR.
O LOBO, ENTRETANTO, POR FIM, DE FATO SE APROXIMOU DO
REBANHO. ENTÃO, O JOVEM PASTOR, AGORA REALMENTE APAVORADO,
TOMADO PELO TERROR E AFLIÇÃO, GRITAVA DESESPERADO: "SOCORRO,
LOBO! LOBO! SOCORRO!"
MAS, DESSA VEZ SEUS GRITOS FORAM EM VÃO, E NINGUÉM DEU
OUVIDOS AOS SEUS APELOS.
Fonte texto: https://www.sitededicas.com.br/garoto_pastor.htm. Acesso em 24 de abr. de 2020.
Fonte imagem: http://poivre-rose.blogspot.com/2009/09/o-menino-que-gritava-lobo.html. Acesso 23/02/2021

2. COMO SERÁ QUE OS MORADORES SE SENTIRAM QUANDO DESCOBRIRAM (PARÁGRAFO 2) QUE O JOVEM
PASTOR DE OVELHAS HAVIA GRITADO NÃO PARA ALERTÁ-LOS, MAS PARA ZOMBAR DELES?
NO QUADRINHO ABAIXO DESENHE COMO VOCÊ IMAGINA QUE OS MORADORES SE SENTIRAM E DÊ O NOME
DO SENTIMENTO DELES.

NOME DO SENTIMENTO:
_________________________________________________

1
ET3.1- Intencionalidade e conduta: sentimentos, atitudes e ações, as minhas e as dos outros. HF2: Identificar e elaborar
hipóteses coerentes com as questões propostas durante a discussão dos temas abordados.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
3. COMO SERÁ QUE O JOVEM PASTOR DE OVELHAS SE SENTIU QUANDO PERCEBEU (ÚLTIMO PARÁGRAFO) QUE
NINGUÉM DEU OUVIDOS A ELE.
NO QUADRINHO ABAIXO DESENHE COMO VOCÊ IMAGINA QUE O JOVEM PASTOR SE SENTIU E DÊ O NOME
DO SENTIMENTO DELE.

NOME DO SENTIMENTO:
_________________________________________________

Respostas e comentários: Exercícios de elaboração pessoal. O objetivo deles é estimular a criança a elaborar
hipóteses acerca dos estados emocionais dos personagens da história.
ATIVIDADE 3 – O QUE VOCÊ SENTE?12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

1. RELEIA A HISTÓRIA DO JOVEM PASTOR.


TEXTO: O JOVEM PASTOR E O LOBO

UM JOVEM PASTOR DE OVELHAS, ENCARREGADO QUE FORA DE TOMAR CONTA DE UM REBANHO DE


OVELHAS PERTO DE UM VILAREJO, POR TRÊS OU QUATRO VEZES, FEZ COM QUE OS MORADORES E OS DONOS DOS
ANIMAIS VIESSEM CORRENDO APAVORADOS AO LOCAL DO PASTO, SEMPRE MOTIVADOS PELOS SEUS
DESESPERADOS GRITOS: "SOCORRO, LOBO! LOBO! SOCORRO!"
E QUANDO ELES SE APROXIMAVAM DO LOCAL DO PASTOREIO, IMAGINANDO QUE O JOVEM ESTAVA EM
APUROS COM O LOBO, LÁ ESTAVA ELE SEMPRE A ZOMBAR DO PAVOR
QUE TODOS ESTAVAM A SENTIR.
O LOBO, ENTRETANTO, POR FIM, DE FATO SE APROXIMOU DO
REBANHO. ENTÃO, O JOVEM PASTOR, AGORA REALMENTE APAVORADO,
TOMADO PELO TERROR E AFLIÇÃO, GRITAVA DESESPERADO: "SOCORRO,
LOBO! LOBO! SOCORRO!"
MAS, DESSA VEZ SEUS GRITOS FORAM EM VÃO, E NINGUÉM DEU
OUVIDOS AOS SEUS APELOS.
Fonte texto: https://www.sitededicas.com.br/garoto_pastor.htm. Acesso em 24 de abr. de 2020.
Fonte imagem: http://poivre-rose.blogspot.com/2009/09/o-menino-que-gritava-lobo.html. Acesso 23/02/2021

2. VOCÊ COSTUMA AGIR IGUAL AO MODO COMO O JOVEM PASTOR NOS PARÁGRAFOS 1 E 2?

( ) SIM, POUCAS VEZES.

( ) SIM, MUITAS VEZES.

( ) NÃO, NUNCA.

( ) OUTRA SITUAÇÃO. ESCREVA SEU CASO:


____________________________________________________________

_______________________________________________________________________________________________

3. JÁ FIZERAM COM VOCÊ ALGO PARECIDO COM O QUE O JOVEM PASTOR FEZ COM OS MORADORES DA VILA?

( ) SIM. ESCREVA COMO VOCÊ SE SENTIU:


_____________________________________________________________

( ) NÃO. ESCREVA COMO VOCÊ SE SENTIRIA SE ISSO ACONTECESSE COM VOCÊ:


_______________________________

_______________________________________________________________________________________________

1
ET3.1- Intencionalidade e conduta: sentimentos, atitudes e ações, as minhas e as dos outros. HF1: Identificar e elaborar
questionamentos pertinentes aos temas abordados.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
Respostas e comentários: Exercícios de respostas pessoais.
ATIVIDADE 4 – AÇÕES, OU SEJA, AQUILO QUE SE FAZ12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

1. VAMOS RELER A HISTÓRIA DO JOVEM PASTOR MAIS UMA VEZ.


TEXTO: O JOVEM PASTOR E O LOBO

UM JOVEM PASTOR DE OVELHAS, ENCARREGADO QUE FORA DE TOMAR CONTA DE UM REBANHO DE


OVELHAS PERTO DE UM VILAREJO, POR TRÊS OU QUATRO VEZES, FEZ COM QUE OS MORADORES E OS DONOS DOS
ANIMAIS VIESSEM CORRENDO APAVORADOS AO LOCAL DO PASTO, SEMPRE MOTIVADOS PELOS SEUS
DESESPERADOS GRITOS: "SOCORRO, LOBO! LOBO! SOCORRO!"
E QUANDO ELES SE APROXIMAVAM DO LOCAL DO PASTOREIO, IMAGINANDO QUE O JOVEM ESTAVA EM
APUROS COM O LOBO, LÁ ESTAVA ELE SEMPRE A ZOMBAR DO PAVOR
QUE TODOS ESTAVAM A SENTIR.
O LOBO, ENTRETANTO, POR FIM, DE FATO SE APROXIMOU DO
REBANHO. ENTÃO, O JOVEM PASTOR, AGORA REALMENTE APAVORADO,
TOMADO PELO TERROR E AFLIÇÃO, GRITAVA DESESPERADO: "SOCORRO,
LOBO! LOBO! SOCORRO!"
MAS, DESSA VEZ SEUS GRITOS FORAM EM VÃO, E NINGUÉM DEU
OUVIDOS AOS SEUS APELOS.
Fonte texto: https://www.sitededicas.com.br/garoto_pastor.htm. Acesso em 24 de abr. de 2020.
Fonte imagem: http://poivre-rose.blogspot.com/2009/09/o-menino-que-gritava-lobo.html. Acesso 23/02/2021

2. LIGUE AS FRASES INDICANDO AÇÕES DO JOVEM PASTOR À PALAVRA OU IDEIA QUE MELHOR REPRESENTA
CADA UMA DELAS.
IMPORTANTE – ANTES DE LIGAR AS FRASES ÀS PALAVRAS PERGUNTE-SE:
QUAL O SIGNIFICADO DAQUILO QUE O JOVEM PASTOR FEZ?
TRÊS OU QUATRO VEZES
O JOVEM PASTOR
A 1 IRRESPONSABILIDADE.
GRITOU POR SOCORRO,
MAS SEM NECESSIDADE.

ZOMBAR DO PAVOR QUE


QUERER SER O CENTRO DAS
OS MORADORES B 2
ATENÇÕES.
SENTIAM.

DIVERTIR-SE ENQUANTO
TINHA QUE TOMAR
C 3 OFENDER.
CONTA DO REBANHO DE
OVELHAS.

3. O QUE OS MORADORES FIZERAM QUANDO PERCEBERAM AS REPETIÇÕES DA ATITUDE ZOMBETEIRA DO


JOVEM PASTOR?

1
ET3.1- Intencionalidade e conduta: sentimentos, atitudes e ações, as minhas e as dos outros. HF2: Identificar e elaborar
hipóteses coerentes com as questões propostas durante a discussão dos temas abordados.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
SELECIONE A OPÇÃO COM O PARÁGRAFO EM QUE ESTÁ A AÇÃO DOS MORADORES DO VILAREJO PERANTE A
ATITUDE DO JOVEM PASTOR. DEPOIS DE ASSINALAR A OPÇÃO QUE VOCÊ JULGA CORRETA, USE LÁPIS DE
ESCREVER OU DE PINTAR PARA GRIFAR NESTE PARÁGRAFO A PARTE EM QUE ESTÁ ESCRITA A AÇÃO DOS
MORADORES.

(A) NO PARÁGRAFO 1.
(B) NO PARÁGRAFO 2.
(C) NO PARÁGRAFO 3.
(D) NO PARÁGRAFO 4.

Respostas e comentários: 2) Correlações esperadas: A-2; B-3; C-1.


3) Opção D. Trecho do parágrafo 4 que deve ser grifado: NINGUÉM DEU OUVIDOS AOS SEUS APELOS.
ATIVIDADE 5 – JEITO DE AGIR12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

1. LEIA OS TEXTOS 1 E 2.
TEXTO 1: O JOVEM PASTOR E O LOBO

UM JOVEM PASTOR DE OVELHAS, ENCARREGADO QUE FORA DE TOMAR CONTA DE UM REBANHO DE


OVELHAS PERTO DE UM VILAREJO, POR TRÊS OU QUATRO VEZES, FEZ COM QUE OS MORADORES E OS DONOS DOS
ANIMAIS VIESSEM CORRENDO APAVORADOS AO LOCAL DO PASTO, SEMPRE MOTIVADOS PELOS SEUS
DESESPERADOS GRITOS: "SOCORRO, LOBO! LOBO! SOCORRO!"
E QUANDO ELES SE APROXIMAVAM DO LOCAL DO PASTOREIO, IMAGINANDO QUE O JOVEM ESTAVA EM
APUROS COM O LOBO, LÁ ESTAVA ELE SEMPRE A ZOMBAR DO PAVOR
QUE TODOS ESTAVAM A SENTIR.
O LOBO, ENTRETANTO, POR FIM, DE FATO SE APROXIMOU DO
REBANHO. ENTÃO, O JOVEM PASTOR, AGORA REALMENTE APAVORADO,
TOMADO PELO TERROR E AFLIÇÃO, GRITAVA DESESPERADO: "SOCORRO,
LOBO! LOBO! SOCORRO!"
MAS, DESSA VEZ SEUS GRITOS FORAM EM VÃO, E NINGUÉM DEU
OUVIDOS AOS SEUS APELOS.
Fonte texto: https://www.sitededicas.com.br/garoto_pastor.htm. Acesso em 24 de abr. de 2020.
Fonte imagem: http://poivre-rose.blogspot.com/2009/09/o-menino-que-gritava-lobo.html. Acesso 23/02/2021

Texto 2: TIRINHA “OS MALVADOS”

2.

SELECIONE A OPÇÃO COM ALGO EM COMUM ENTRE O JEITO DE AGIR DO JOVEM PASTOR E DO RAPAZ DA
TIRINHA.

(A) OS DOIS NÃO SE IMPORTAM EM MENTIR PARA RECEBER ATENÇÃO.


(B) OS DOIS AGEM PENSANDO APENAS NA PRÓPRIA DIVERSÃO.
(C) OS DOIS QUEREM PARECER ALGO QUE NÃO SÃO.
(D) OS DOIS NÃO LIGAM PARA O QUE OS OUTROS PENSAM.

1
ET3.1- Intencionalidade e conduta: sentimentos, atitudes e ações, as minhas e as dos outros. HF2: Identificar e elaborar
hipóteses coerentes com as questões propostas durante a discussão dos temas abordados.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
3. POR QUE VOCÊ PENSA QUE A OPÇÃO QUE MARCOU NA QUESTÃO 2 É A QUE MOSTRA ALGO EM COMUM
NO JEITO DE AGIR DO O JOVEM PASTOR E DO RAPAZ DA TIRINHA.
R:_____________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

Respostas e comentários: 2) Na análise a criança pode chegar a qualquer uma das quatro semelhanças apresentadas
nas opções, o que demonstrará as tendências de seu pensamento mais autônomo, isto é, quando se dedica a pensar
por si mesma.
3) A questão objetiva estimular a criança a acostumar-se a justificar suas ideias.
ATIVIDADE 6 – ATITUDES12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

1. LEIA OS TEXTOS 1, 2 E 3.
TEXTO 1: O JOVEM PASTOR E O LOBO

UM JOVEM PASTOR DE OVELHAS, ENCARREGADO QUE FORA DE TOMAR CONTA DE UM REBANHO DE


OVELHAS PERTO DE UM VILAREJO, POR TRÊS OU QUATRO VEZES, FEZ COM QUE OS MORADORES E OS DONOS DOS
ANIMAIS VIESSEM CORRENDO APAVORADOS AO LOCAL DO PASTO, SEMPRE MOTIVADOS PELOS SEUS
DESESPERADOS GRITOS: "SOCORRO, LOBO! LOBO! SOCORRO!"
E QUANDO ELES SE APROXIMAVAM DO LOCAL DO PASTOREIO, IMAGINANDO QUE O JOVEM ESTAVA EM
APUROS COM O LOBO, LÁ ESTAVA ELE SEMPRE A ZOMBAR DO PAVOR
QUE TODOS ESTAVAM A SENTIR.
O LOBO, ENTRETANTO, POR FIM, DE FATO SE APROXIMOU DO
REBANHO. ENTÃO, O JOVEM PASTOR, AGORA REALMENTE APAVORADO,
TOMADO PELO TERROR E AFLIÇÃO, GRITAVA DESESPERADO: "SOCORRO,
LOBO! LOBO! SOCORRO!"
MAS, DESSA VEZ SEUS GRITOS FORAM EM VÃO, E NINGUÉM DEU
OUVIDOS AOS SEUS APELOS.
Fonte texto: https://www.sitededicas.com.br/garoto_pastor.htm. Acesso em 24 de abr. de 2020.
Fonte imagem: http://poivre-rose.blogspot.com/2009/09/o-menino-que-gritava-lobo.html. Acesso 23/02/2021

Texto 2: TIRINHA “OS MALVADOS”

1
ET3.1- Intencionalidade e conduta: sentimentos, atitudes e ações, as minhas e as dos outros. HF3: Identificar e elaborar
justificativas para hipóteses, verbalizando-as de maneira autônoma.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
TEXTO 3 – ATITUDES: AS COISAS QUE A GENTE TENDE A FAZER
QUANDO OBSERVAMOS O QUE O JOVEM PASTOR E O RAPAZ DA TIRINHA FIZERAM, FACILMENTE NOS
PEGAMOS PENSANDO SOBRE O MODO COMO SE COMPORTAM: SERÁ QUE ELE SEMPRE SE COMPORTAM ASSIM?
REALMENTE, FICA A IMPRESSÃO DE QUE NO FUTURO ELES PODEM SE COMPORTAR DE FORMA BEM
PARECIDA AO QUE JÁ FIZERAM. NO CASO DO JOVEM PASTOR, ACABAMOS ESPERANDO QUE NORMALMENTE ELE
FIQUE PREGANDO PEÇAS NOS OUTROS. NO CASO DO RAPAZ DA TIRINHA, ESPERAMOS QUE ELE SAIA DIZENDO
POR AÍ (PRINCIPALMENTE NAS REDES SOCIAIS) QUE ELE É DE UM JEITO QUE NA VERDADE NÃO É.
ESTAS HISTÓRIAS NOS AJUDAM A ENTENDER QUE AS PESSOAS TENDEM A AGIR DE DETERMINADAS
FORMAS: ISTO É O QUE CHAMAMOS ATITUDE. UMA ATITUDE É FORMADA POR PENSAMENTOS, IDEIAS,
SENTIMENTOS, EMOÇOES, DESEJOS, E PODE VARIAR CONFORME CADA SITUAÇÃO.
ATITUDES PODEM SER MAIS POSITIVAS (OU SEJA, LEVAM A AÇÕES QUE BENEFICIAM A SI MESMO E AOS
OUTROS) OU PODEM SER MAIS NEGATIVAS (OU SEJA, LEVAM A AÇÕES QUE PREJUDICAM A SI MESMO OU AOS
OUTROS). MAS UMA COISA TODAS AS ATITUDES TÊM EM COMUM: É O FATO DE LEVAREM AS PESSOAS A
QUEREREM SE COMPORTAR DE UMA MANEIRA DETERMINADA, DEPENDENDO DA SITUAÇÃO VIVENCIADA.
POR ISSO, É CLARO QUE AS PESSOAS NÃO TÊM APENAS UM TIPO DE ATITUDE, POIS NINGUÉM É ASSIM SÓ
DE UM JEITO, NÃO É MESMO?
ENTÃO, PARE E PENSE: QUAIS SÃO AS ATITUDES QUE VOCÊ NORMALMENTE TEM NO SEU DIA A DIA?

Prof. William Wolf E. P. Vieira


Referência:
ABBAGNANO, N. Dicionário de Filosofia (verbetes consultados: Ação, Atitude, Disposição, Intenção), 5ª ed. São Paulo,
Martins Fontes, 2007.

2. EM SUA OPINIÃO, OS PERSONAGENS DOS TEXTOS 1 E 2 NOS DÃO EXEMPLOS DE ATITUDES POSITIVAS OU DE
ATITUDES NEGATIVAS? OU AS ATITUDES DELES SÃO POSITIVAS E NEGATIVAS? OU NÃO SÃO NEM POSITIVAS
E NEM NEGATIVAS? E AÍ, O QUE VOCÊ PENSA?

( ) AS ATITUDES DELES SÃO POSITIVAS.


EXPLIQUE POR QUE VOCÊ PENSA QUE OS DOIS PERSONAGENS DÃO EXEMPLOS DE ATITUDES POSITIVAS:
____________________________________________________________________________________________

____________________________________________________________________________________________

( ) AS ATITUDES DELES SÃO NEGATIVAS.


EXPLIQUE POR QUE VOCÊ PENSA QUE OS DOIS PERSONAGENS DÃO EXEMPLOS DE ATITUDES NEGATIVAS:
____________________________________________________________________________________________

____________________________________________________________________________________________

( ) AS ATITUDES DELES SÃO AO MESMO TEMPO POSITIVAS E NEGATIVAS.


EXPLIQUE POR QUE VOCÊ PENSA QUE OS DOIS PERSONAGENS DÃO EXEMPLOS DE ATITUDES QUE SÃO AO
MESMO TEMPO POSITIVAS E NEGATIVAS:
_________________________________________________________________

____________________________________________________________________________________________

( ) AS ATITUDES DELES NÃO SÃO NEM POSITIVAS NEM NEGATIVAS.


EXPLIQUE POR QUE VOCÊ PENSA QUE OS DOIS PERSONAGENS DÃO EXEMPLOS DE ATITUDES QUE SÃO AO
MESMO TEMPO POSITIVAS E NEGATIVAS:
_________________________________________________________________

____________________________________________________________________________________________

3. NA SITUAÇÃO DOS TEXTOS 1 E 2 VEMOS EXEMPLOS DE ATITUDES EM SITUAÇÕES DIFERENTES: A DO JOVEM


PASTOR É ZOMBETEIRA; JÁ A DO RAPAZ DA TIRINHA É…
(A) UMA ATITUDE BEM HUMORADA.
(B) UMA ATITUDE MENTIROSA.
(C) UMA ATITUDE CARENTE.
(D) UMA ATITUDE DE QUEM ENGANA A SI MESMO.

Respostas e comentários: 2) Resposta pessoal. O objetivo do exercício é estimular a criança a justificar as próprias
opiniões. Contudo, é altamente provável que a criança classifique as atitudes dos dois personagens como negativa.
3) A questão admite qualquer uma das opções como resposta.
ATIVIDADE 7 – QUAIS ATITUDES?12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

1. RELEIA UM DOS TEXTOS QUE USAMOS NA ÚLTIMA ATIVIDADE.

ATITUDES: AS COISAS QUE A GENTE TENDE A FAZER


QUANDO OBSERVAMOS O QUE O JOVEM PASTOR E O RAPAZ DA TIRINHA FIZERAM, FACILMENTE NOS
PEGAMOS PENSANDO SOBRE O MODO COMO SE COMPORTAM: SERÁ QUE ELE SEMPRE SE COMPORTAM ASSIM?
REALMENTE, FICA A IMPRESSÃO DE QUE NO FUTURO ELES PODEM SE COMPORTAR DE FORMA BEM
PARECIDA AO QUE JÁ FIZERAM. NO CASO DO JOVEM PASTOR, ACABAMOS ESPERANDO QUE NORMALMENTE ELE
FIQUE PREGANDO PEÇAS NOS OUTROS. NO CASO DO RAPAZ DA TIRINHA, ESPERAMOS QUE ELE SAIA DIZENDO
POR AÍ (PRINCIPALMENTE NAS REDES SOCIAIS) QUE ELE É DE UM JEITO QUE NA VERDADE NÃO É.
ESTAS HISTÓRIAS NOS AJUDAM A ENTENDER QUE AS PESSOAS TENDEM A AGIR DE DETERMINADAS
FORMAS: ISTO É O QUE CHAMAMOS ATITUDE. UMA ATITUDE É FORMADA POR PENSAMENTOS, IDEIAS,
SENTIMENTOS, EMOÇOES, DESEJOS, E PODE VARIAR CONFORME CADA SITUAÇÃO.
ATITUDES PODEM SER MAIS POSITIVAS (OU SEJA, LEVAM A AÇÕES QUE BENEFICIAM A SI MESMO E AOS
OUTROS) OU PODEM SER MAIS NEGATIVAS (OU SEJA, LEVAM A AÇÕES QUE PREJUDICAM A SI MESMO OU AOS
OUTROS). MAS UMA COISA TODAS AS ATITUDES TÊM EM COMUM: É O FATO DE LEVAREM AS PESSOAS A
QUEREREM SE COMPORTAR DE UMA MANEIRA DETERMINADA, DEPENDENDO DA SITUAÇÃO VIVENCIADA.
POR ISSO, É CLARO QUE AS PESSOAS NÃO TÊM APENAS UM TIPO DE ATITUDE, POIS NINGUÉM É ASSIM SÓ
DE UM JEITO, NÃO É MESMO?
E AÍ, PARE E PENSE: QUAIS SÃO AS ATITUDES QUE VOCÊ NORMALMENTE TEM NO SEU DIA A DIA?
Prof. William Wolf E. P. Vieira
Referência:
ABBAGNANO, N. Dicionário de Filosofia (verbetes consultados: Ação, Atitude, Disposição, Intenção), 5ª ed. São Paulo,
Martins Fontes, 2007.

2. MARQUE NA LISTA3 ABAIXO AS ATITUDES QUE VOCÊ RECONHECE EM SI MESMO (A).

( ) ATITUDE PESSIMISTA (TENDE A CONSIDERAR MAIS O LADO RUIM DAS SITUAÇÕES OU ESPERA QUE AS COISAS
DÊEM ERRADO).

( ) ATITUDE AGRESSIVA (TENDÊNCIA A AGIR COMO SE ESTIVESSE EM UM COMBATE, ATACANDO OS OUTROS).

( ) ATITUDE OTIMISTA (TENDE A CONSIDERAR MAIS O LADO BOM DAS SITUAÇÕES OU SEMPRE ESPERA QUE AS
COISAS CORRERÃO BEM).

1
ET3.1- Intencionalidade e conduta: sentimentos, atitudes e ações, as minhas e as dos outros. HF1: Identificar e elaborar
questionamentos pertinentes aos temas abordados.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
3
Adaptado de LONGO, B. 20 tipos de atitudes do ser humano: lista e exemplos. Disponível em https://br.psicologia-
online.com/20-tipos-de-atitudes-do-ser-humano-lista-e-exemplos-445.html. Acesso em 23/02/2021.
( ) ATITUDE COLABORADORA (TENDÊNCIA A QUERER AJUDAR OU FAZER AS COISAS EM CONJUNTO COM OS
OUTROS).

( ) ATITUDE EGOÍSTA (TENDÊNCIA A AGIR PENSANDO PRIMEIRO EM SI PRÓPRIO).

( ) ATITUDE CONFIANTE (TENDÊNCIA A ACEITAR A SI MESMO, TENDO SEGURANÇA NA PRÓPRIA FORMA DE PENSAR
E AGIR).

( ) ATITUDE DESCONFIADA (TENDÊNCIA A SUSPEITAR DE COISAS, SITUAÇÕES OU PESSOAS).

( ) ATITUDE QUESTIONADORA (TENDÊNCIA A DUVIDAR E PERGUNTAR SOBRE COISAS E SITUAÇÕES).

( ) OUTRA. ESCREVA ABAIXO O NOME DA ATITUDE QUE VOCÊ TEM E SE POSSÍVEL TENTE EXPLICÁ-LA.

ATITUDE ______________________

EXPLICAÇÃO: ____________________________________________________________________________________

Respostas e comentários: 2) Resposta pessoal. O objetivo do exercício é a criança refletir sobre si mesma,
questionando-se sobre as próprias atitudes..
ATIVIDADE 8 – INTENÇÕES E SENTIDOS12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

1. LEIA OS TEXTOS ABAIXO COM ATENÇÃO.

TEXTO 1: INTENÇÃO

SIGNIFICADOS DE INTENÇÃO:

1. O QUE SE PRETENDE FAZER.

2. O QUE SE QUER QUE ACONTEÇA.

EXEMPLOS: (A) A INTENÇÃO FOI BOA, PORÉM O QUE EU FIZ


DEU TUDO ERRADO; (B) NÃO FOI MINHA INTENÇÃO LHE OFENDER
QUANDO DISSE AQUILO.
Adaptado de:
BECHARA, E. Minidicionário da língua portuguesa Evanildo Bechara (verbete consultado:
intenção). Rio de Janeiro: editora Nova Fronteira, 2009.
JAPIASSÚ, H. & MARCONDES, D. Dicionário básico de filosofia (verbete intenção), 4.ed.. Rio
de Janeiro: Jorge Zahar ed., 2006.

TEXTO 2: ARMANDINHO

DISPONÍVEL EM:HTTPS://BR.PINTEREST.COM/PIN/553239135460410977/. ACESSO EM 30


DE MAI. DE 2020.

1
ET3.1- Intencionalidade e conduta: sentimentos, atitudes e ações, as minhas e as dos outros. HF3: Identificar e elaborar
justificativas para hipóteses, verbalizando-as de maneira autônoma.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
2. NO SEGUNDO QUADRINHO DO TEXTO 2 ARMANDINHO DIZ A SEU PAI: “ME ACERTOU EM CHEIO!”.
SELECIONE A OPÇÃO COM O QUE O PAI ACERTOU ARMANDINHO. EXPLIQUE O PORQUÊ DE VOCÊ TER
MARCADO ESTA OPÇÃO.

(A) GESTO. EXPLICAÇÃO: EU PENSO QUE O PAI ACERTOU ELE COM UM GESTO PORQUE
_________________________

____________________________________________________________________________________________.

(B) CHINELO. EXPLICAÇÃO: EU PENSO QUE O PAI ACERTOU ELE COM UM CHINELO PORQUE
_____________________

____________________________________________________________________________________________.

(C) PALAVRAS. EXPLICAÇÃO: EU PENSO QUE O PAI ACERTOU ELE COM PALAVRAS PORQUE
______________________

____________________________________________________________________________________________.

(D) OLHAR. EXPLICAÇÃO: EU PENSO QUE O PAI ACERTOU ELE COM UM OLHAR PORQUE
________________________

____________________________________________________________________________________________.

3. NO TEXTO 1 FORAM DADOS DOIS EXEMPLOS DO SIGNIFICADO DA PALAVRA INTENÇÃO, CERTO?


SELECIONE O EXEMPLO QUE MELHOR COMBINA COM O QUE FOI MOSTRADO NO TEXTO 2. EXPLIQUE O
PORQUÊ DE VOCÊ PENSAR QUE O EXEMPLO QUE SELECIONOU É O QUE FAZ MAIS SENTIDO COM O TEXTO 2.

( ) EXEMPLO 1: A INTENÇÃO FOI BOA, PORÉM O QUE EU FIZ DEU TUDO ERRADO.

( ) EXEMPLO 2: NÃO FOI MINHA INTENÇÃO LHE OFENDER QUANDO DISSE AQUILO.

EU PENSO QUE O EXEMPLO ___ É O QUE FAZ MAIS SENTIDO COM A TIRINHA DO ARMANDINHO PORQUE
_______________________________________________________________________________________

_______________________________________________________________________________________

Respostas e comentários: 2) Resposta de elaboração pessoal. É esperado que a criança não selecione a opção B.
Além se solicitar elaboração de hipótese sobre o sentido do texto, o exercício também reque a elaboração de
justificativa para a hipótese.
3) O contexto da tirinha dá a entender que o Pai não queria ferir Armandinho; sendo assim, é de se considerar que o
exemplo 2 apresente o uso da palavra intenção que mais se aproxima da situação mostrada na tirinha. Contudo, não
há tanto problema se a criança selecionar o exemplo 1, pois o objetivo do exercício é que a criança pense por
hipóteses a partir da questão proposta (qual o sentido do termo INTENÇÃO que melhor combina com a tirinha do
Armandinho) e que justifique a posição assumida.
ATIVIDADE 9 – TUDO É INTENCIONAL?12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

1. VAMOS RELER OS TEXTOS ABAIXO COM ATENÇÃO.

TEXTO 1: INTENÇÃO

SIGNIFICADOS DE INTENÇÃO:

1. O QUE SE PRETENDE FAZER.

2. O QUE SE QUER QUE ACONTEÇA.

EXEMPLOS: (A) A INTENÇÃO FOI BOA, PORÉM O QUE EU FIZ


DEU TUDO ERRADO; (B) NÃO FOI MINHA INTENÇÃO LHE OFENDER
QUANDO DISSE AQUILO.
Adaptado de:
BECHARA, E. Minidicionário da língua portuguesa Evanildo Bechara (verbete consultado:
intenção). Rio de Janeiro: editora Nova Fronteira, 2009.
JAPIASSÚ, H. & MARCONDES, D. Dicionário básico de filosofia (verbete intenção), 4.ed.. Rio
de Janeiro: Jorge Zahar ed., 2006.

TEXTO 2: ARMANDINHO

DISPONÍVEL EM:HTTPS://BR.PINTEREST.COM/PIN/553239135460410977/. ACESSO EM 30


DE MAI. DE 2020.

1
ET3.1- Intencionalidade e conduta: sentimentos, atitudes e ações, as minhas e as dos outros. HF3: Identificar e elaborar
justificativas para hipóteses, verbalizando-as de maneira autônoma.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
2. PELO QUE É MOSTRADO NA SITUAÇÃO DO TEXTO 2, O PAI QUIS MACHUCAR OS SENTIMENTOS DE
ARMANDINHO?

( ) SIM. ESCREVA ABAIXO O QUE VOCÊ VIU NA TIRINHA QUE PROVA QUE O PAI QUIS MACHUCAR OS SENTIMENTOS
DE ARMANDINHO:

_______________________________________________________________________________________________

_______________________________________________________________________________________________

( ) NÃO. ESCREVA ABAIXO O QUE VOCÊ VIU NA TIRINHA QUE PROVA QUE O PAI NÃO QUIS MACHUCAR OS
SENTIMENTOS DE ARMANDINHO:

_______________________________________________________________________________________________

_______________________________________________________________________________________________

( ) NÃO DÁ PARA SABER. EXPLIQUE ABAIXO POR QUE VOCÊ PENSA QUE NÃO DÁ PARA SABER SE O PAI QUIS OU
NÃO MACHUCAR OS SENTIMENTOS DE ARMANDINHO:

_______________________________________________________________________________________________

_______________________________________________________________________________________________

3. NO ESPAÇO ABAIXO, ESCREVA OU DESENHE SOBRE ALGUMA SITUAÇÃO EM QUE OUTRA PESSOA FEZ ALGO
QUE TENHA ‘MACHUCADO E ACERTADO EM CHEIO SEUS SENTIMENTOS’, IGUAL ACONTECEU COM O
ARMANDINHO.
EM SUA PRODUÇÃO, MOSTRE DETALHES DA SITUAÇÃO QUE VOCÊ VIVEU. POR EXEMPLO: O QUE A PESSOA
FEZ? O QUE VOCÊ SENTIU? COMO VOCÊ REAGIU? A PESSOA TEVE OU NÃO INTENÇÃO DE LHE FERIR?

ATENÇÃO PROFESSOR:

Presencialmente, pode ser proposta


discussão buscando definir com os
alunos a noção (INTEÇÃO) e sua relação
com o AGIR.
Por exemplo: INTENÇÃO TEM A VER
COM O QUÊ?

Respostas e comentários: 2) O Pai não quis machucar os sentimentos de Armandinho. Isso é provado com sua fala
no quadrinho 2 (“Mas acertou onde?”), que passa impressão de surpresa diante da insistência do menino em alegar
que foi sim atingido. Contudo, qualquer uma das opções poderá ser admitida como resposta, pois o que está em
vista é estimular a criança a analisar o sentido do texto e usar suas informações para provar/fundamentar as
escolhas interpretativas que assumir.
3) Produção pessoal da criança: o exercício objetiva levar a criança a refletir sobre as próprias vivências,
questionando-se e as comparando e classificando de acordo com a proximidade com a situação mostrada na tirinha.
ATIVIDADE 10 – INTENCÕES OCULTAS12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

1. LEIA OS TEXTOS ABAIXO.

TEXTO 1: INTENÇÃO

SIGNIFICADOS DE INTENÇÃO:

1. O QUE SE PRETENDE FAZER.

2. O QUE SE QUER QUE ACONTEÇA.

EXEMPLOS: (A) A INTENÇÃO FOI BOA, PORÉM O QUE EU FIZ


DEU TUDO ERRADO; (B) NÃO FOI MINHA INTENÇÃO LHE OFENDER
QUANDO DISSE AQUILO.
Adaptado de:
BECHARA, E. Minidicionário da língua portuguesa Evanildo Bechara (verbete consultado:
intenção). Rio de Janeiro: editora Nova Fronteira, 2009.
JAPIASSÚ, H. & MARCONDES, D. Dicionário básico de filosofia (verbete intenção), 4.ed.. Rio
de Janeiro: Jorge Zahar ed., 2006.

TEXTO 2 – FRASE
QUAIS SÃO SUAS VERDADEIRAS INTENÇÕES COMIGO?

AGORA, PARE UNS INSTANTINHOS E PENSE:


COMO SERÁ QUE ESTÃO OS SENTIMENTOS E PENSAMENTOS DE UMA PESSOA QUANDO FAZ ESTA
PERGUNTA PARA SI MESMA OU PARA OS OUTROS?

2. RESPONDA NA TABELA ABAIXO O QUE VOCÊ IMAGINA QUE UMA PESSOA QUE FAZ A FRASE DO TEXTO 2 ESTÁ
SENTINDO E PENSANDO. VOCÊ PODE COLOCAR MAIS DE UM SENTIMENTO OU PENSAMENTO NA TABELA.

EU ACHO QUE QUANDO UMA PESSOA DIZ EU ACHO QUE QUANDO UMA PESSOA DIZ
“QUAIS SÃO SUAS VERDADEIRAS INTENÇÕES “QUAIS SÃO SUAS VERDADEIRAS INTENÇÕES
COMIGO?” COMIGO?”
ELA ESTÁ SENTINDO... ELA ESTÁ PENSANDO...

1
ET3.1- Intencionalidade e conduta: sentimentos, atitudes e ações, as minhas e as dos outros. HF2: Identificar e elaborar
hipóteses coerentes com as questões propostas durante a discussão dos temas abordados.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
Respostas e comentários: 2) Elaboração pessoal da criança. O objetivo do exercício é estimular a criança a propor
hipóteses antecipando estados interiores de alguém que esteja a vivenciar o questionamento do texto 2.
ATIVIDADE 11 – INTENCÕES OCULTAS II12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

1. RELEIA O TEXTO EXPLICANDO A PALAVRA INTENÇÃO.

TEXTO 1: INTENÇÃO

SIGNIFICADOS DE INTENÇÃO:

1. O QUE SE PRETENDE FAZER.

2. O QUE SE QUER QUE ACONTEÇA.

EXEMPLOS: (A) A INTENÇÃO FOI BOA, PORÉM O QUE EU FIZ


DEU TUDO ERRADO; (B) NÃO FOI MINHA INTENÇÃO LHE OFENDER
QUANDO DISSE AQUILO.
Adaptado de:
BECHARA, E. Minidicionário da língua portuguesa Evanildo Bechara (verbete consultado:
intenção). Rio de Janeiro: editora Nova Fronteira, 2009.
JAPIASSÚ, H. & MARCONDES, D. Dicionário básico de filosofia (verbete intenção), 4.ed.. Rio
de Janeiro: Jorge Zahar ed., 2006.

2. CONSIDERANDO O TEXTO ACIMA, OBSERVE OS EMOJIS ABAIXO E MARQUE AQUELE QUE EM SUA OPINIÃO
MELHOR REPRESENTA A FRASE “QUAIS SÃO SUAS VERDADEIRAS INTENÇÕES COMIGO?”.

1 2 3 4

5 6 7 8

Fonte das imagens: 5-https://br.pinterest.com/pin/373798837813168677/. Acesso em 24 de abr. De 2020.


1-http://interativacomunica.com.br/blog/emojis-uma-nova-forma-de-se-comunicar- 6-https://www.dicionariopopular.com/emoji-pensativo/. Acesso em 26 de mar. De 2020
pela-internet/. Acesso em 24 de abr. De 2020. 7-
2-https://es.dreamstime.com/fotograf%c3%ada-de-archivo-libre-de-regal%c3%adas-el- https://www.pinterest.se/pin/aejmhkhg9knuvf5uz6pcdiluufn8ukiektdjbaubviuvvsr8uxbf
tornillo-suelta-el-emoticon-image37540097. Acesso em 24 de abr. De 2020 _xc/. Acesso em 25 de abr. De 2020
3-https://www.techtudo.com.br/noticias/2017/05/emojipedia-apresenta-69-novos- 8-https://www.vectorstock.com/royalty-free-vector/angry-smiley-emoticon-vector-
emojis-para-2017.ghtml. Acesso em 24 de abr. De 2020. 5061985. Acesso em 27 de mar. De 2020
4-https://br.pinterest.com/pin/350014202282182301/. Acesso em 25 de abr. De 2020

3. POR QUE VOCÊ PENSA QUE O EMOJI QUE ESCOLHEU É O QUE MELHOR REPRESENTA AQUELA PERGUNTA?
UMA DICA: USE CARACTERÍSTICAS DA IMAGEM ESCOLHIDA PARA EXPLICAR SEU PENSAMENTO, OU SEJA, O
QUE VOCÊ VIU NO EMOJI QUE LHE FEZ O ASSOCIAR À PERGUNTA?
1
ET3.1- Intencionalidade e conduta: sentimentos, atitudes e ações, as minhas e as dos outros. HF3: Identificar e elaborar
justificativas para hipóteses, verbalizando-as de maneira autônoma.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
EU PENSO QUE O EMOJI NÚMERO ___ É O QUE MELHOR REPRESENTA A PERGUNTA “QUAIS SÃO SUAS

VERDADEIRAS INTENÇÕES COMIGO?” PORQUE

_____________________________________________________________________

_______________________________________________________________________________________________

Respostas e comentários: 2) Resposta de elaboração pessoal da criança. É esperado que a criança estabeleça
relações entre o texto verbal (pergunta) com o texto visual (emojis), refletindo sobre a noção de intenção na
coordenação dessas relações. Além disto, nesta questão a criança é solicitada a dar explicações e justificativa da
associação que pensou e realizou.
ATIVIDADE 12 – SITUAÇÃO12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

AULA 06

MOMENTO 1: LEIA O TEXTO ABAIXO:

SITUAÇÃO

SITUAÇÃO É AQUILO QUE ACONTECEU; PODE SER ALGUMA COISA QUE EU FIZ E DEU ERRADO, ALGO QUE
ALGUÉM FEZ COMIGO OU UM SIMPLES ACIDENTE QUE ACONTECEU SEM SER CULPA DE NINGUÉM. A PERGUNTA
PARA ENTENDER A SITUAÇÃO É SIMPLESMENTE: O QUE ACONTECEU?

EX.: O CEBOLINHA PASSOU PELA CARTEIRA DA MÔNICA E DERRUBOU O COELHINHO DELA, O SANSÃO.

AUTOR: PROF. GIOVANI TRENTIN


Fonte da imagem: https://br.pinterest.com/pin/701294973213665613/, acesso em 30/06/2020.

MOMENTO 2: PINTE O DESENHO DO SANSÃO (UMA DICA: NO DESENHO ELE É AZUL, MAS VOCÊ PODE PINTAR DA
COR QUE QUISER)

1
ET3.1- Intencionalidade e conduta: sentimentos, atitudes e ações, as minhas e as dos outros. HF3: Identificar e elaborar
justificativas para hipóteses, verbalizando-as de maneira autônoma.
2
Autoria: Prof. Giovani Trentin.
MOMENTO 3: RESPONDA A SEGUINTE PERGUNTA: QUAL FOI A SITUAÇÃO MAIS ENGRAÇADA QUE ACONTECEU COM
VOCÊ?

_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

Respostas e comentários:
MOMENTO 3 – Resposta pessoal da criança. Ao identificar e expressar um evento engraçado que lhe ocorreu, a
criança demonstrará ter compreendido a noção de ‘situação’.
ATIVIDADE 13 – SENTIMENTO12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

AULA 07

MOMENTO 1: LEIA O TEXTO ABAIXO:

SENTIMENTO

SENTIMENTO É AQUILO QUE EU SINTO QUANDO PASSO POR UMA SITUAÇÃO. POSSO SENTIR ALEGRIA,
TRISTEZA, MEDO, RAIVA, NOJO... OU UMA MISTURA DESSES SENTIMENTOS, COMO UM POUCO DE RAIVA
MISTURADO COM TRISTEZA. A PERGUNTA QUE EU PRECISO FAZER PARA ENTENDER MEU SENTIMENTO É: COMO EU
ME SENTI QUANDO ISSO ACONTECEU?

EX.: QUANDO CEBOLINHA DERRUBOU O SANSÃO, MÔNICA FICOU MUITO BRAVA COM ELE.

AUTOR: PROF. GIOVANI TRENTIN


Fonte da imagem: https://br.pinterest.com/pin/765752742861106079/, acesso em 30/06/2020.

MOMENTO 2: PINTE O DESENHO DA MÔNICA BRAVA.

1
ET3.1- Intencionalidade e conduta: sentimentos, atitudes e ações, as minhas e as dos outros. HF3: Identificar e elaborar
justificativas para hipóteses, verbalizando-as de maneira autônoma.
2
Autoria: Prof. Giovani Trentin.
MOMENTO 3: RESPONDA ABAIXO COMO VOCÊ SE SENTE EM CADA SITUAÇÃO.

A. COMO VOCÊ SE SENTE QUANDO ALGUÉM TE DÁ UM PRESENTE?

_____________________________________________________________________________________________

B. COMO VOCÊ SE SENTE QUANDO VOCÊ BRIGA COM SEU MELHOR AMIGO?

_____________________________________________________________________________________________

C. COMO VOCÊ SE SENTE QUANDO SEU CACHORRO/GATO FICA DOENTE?

_____________________________________________________________________________________________

D. COMO VOCÊ SE SENTE QUANDO ALGUÉM PEGA UM BRINQUEDO SEU SEM PEDIR EMPRESTADO?

ATENÇÃO PROFESSOR (A):


_____________________________________________________________________________________________

E. COMO VOCÊ SE SENTE QUANDO VAI NO MÉDICO TOMAR INJEÇÃO? ESTA ATIVIDADE PODE SER
‘QUEBRADA’, GERANDO MAIS
_____________________________________________________________________________________________
ATIVIDADES.
F. COMO VOCÊ SE SENTE QUANDO TODOS SEUS AMIGOS ESTÃO BRINCANDO SEM VOCÊ?

_____________________________________________________________________________________________

G. COMO VOCÊ SE SENTE QUANDO ESTÁ SE ARRUMANDO PARA IR PARA UMA FESTA?

_____________________________________________________________________________________________

H. COMO VOCÊ SE SENTE QUANDO PERCEBE O CHEIRO DE UM OVO ESTRAGADO?

_____________________________________________________________________________________________

I. COMO VOCÊ SE SENTE QUANDO SEM QUERER PISA NO COCÔ DE CACHORRO?

_____________________________________________________________________________________________

J. COMO VOCÊ SE SENTE QUANDO O PROFESSOR DE FILOSOFIA CHEGA NA SALA?

_____________________________________________________________________________________________

Respostas e comentários:
MOMENTO 3 – Respostas pessoais da criança. As questões objetivam estimular a criança a identificar e nomear os
sentimentos que costuma experienciar nas situações apresentadas
ATIVIDADE 14 – PENSAMENTO12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

AULA 08

MOMENTO 1: LEIA O TEXTO A SEGUIR:

PENSAMENTO

DEPOIS QUE EU PASSO PELA SITUAÇÃO E SINTO OS SENTIMENTOS, COMEÇO A PENSAR SOBRE O QUE
ACONTECEU; ASSIM, CRIO UM PENSAMENTO SOBRE O QUE ACONTECEU. PENSAR SOBRE UMA SITUAÇÃO É
SIMPLESMENTE RESPONDER À PERGUNTA: O QUE EU ACHO SOBRE O QUE ACONTECEU?

EX.: QUANDO O CEBOLINHA DERRUBOU O SANSÃO, MÔNICA PENSOU QUE ELE TINHA FEITO AQUILO SÓ PARA TIRAR
SARRO DA CARA DELA.

AUTOR: PROF. GIOVANI TRENTIN


Fonte da imagem: http://sesc.ms/sesc-dourados-exibe-esta-semana-as-aventuras-da-turma-da-monica/, acesso em 30/06/2020

MOMENTO 2: RESPONDA A PERGUNTA ABAIXO.

DIGAMOS QUE SEU MELHOR AMIGO TENHO PARADO DE FALAR COM VOCÊ E COMEÇASSE A BRINCAR COM OUTRAS
CRIANÇAS SEM NEM TE CONVIDAR. O QUE VOCÊ ACHARIA DISSO? POR QUE VOCÊ PENSARIA ISSO? (DÊ
ARGUMENTOS)

_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

1
ET3.1- Intencionalidade e conduta: sentimentos, atitudes e ações, as minhas e as dos outros. HF3: Identificar e elaborar
justificativas para hipóteses, verbalizando-as de maneira autônoma.
2
Autoria: Prof. Giovani Trentin.
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

Respostas e comentários:
MOMENTO 2 – Resposta pessoal da criança. O exercício objetiva estimular a criança a usar a distinção estabelecida
na sequência de atividades desenvolvida e também retoma o conteúdo e habilidade de argumentação inseridos no
módulo I.
ATIVIDADE 15 – AÇÃO12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

AULA 09

MOMENTO 1: LEIA O TEXTO A SEGUIR

AÇÃO

A AÇÃO É AQUILO QUE EU FAÇO EM RELAÇÃO AO QUE ACONTECEU COMIGO, ISTO É, A AÇÃO É MINHA
RESPOSTA PARA A SITUAÇÃO EM QUE ESTOU. MINHA AÇÃO PODE SER FICAR PARADO, PODE SER CHORAR, BATER
NAS COISAS, XINGAR OS OUTROS...NÃO IMPORTA QUAL SEJA, EM TODA SITUAÇÃO QUE EU ESTIVER, VOU SER
OBRIGADO A REALIZAR UMA AÇÃO. PARA ENTENDER SUA AÇÃO VOCÊ PRECISA RESPONDER À PERGUNTA: O QUE EU
FIZ QUANDO ISSO ACONTECEU?

EX.: BRAVA E PENSANDO QUE O CEBOLINHA ESTAVA IRRITANDO ELA, MÔNICA PEGOU SEU COELHO SANSÃO E DEU
UMA BOFETADA NO CEBOLINHA.

AUTOR: PROF. GIOVANI TRENTIN


Fonte da imagem: http://noset.com.br/livros-hqs/turma-da-monica-agora-esta-disponivel-em-audioquadrinhos-via-streaming/attachment/lancamentos/, acesso em
30/06/2020

MOMENTO 2: RESPONDA AS PERGUNTAS ABAIXO.

A. O QUE VOCÊ FAZ QUANDO ALGUÉM TE FALA “BOM-DIA”?

_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

B. O QUE VOCÊ FAZ QUANDO ALGUM COLEGA DE SALA BATE EM VOCÊ?

1
ET3.1- Intencionalidade e conduta: sentimentos, atitudes e ações, as minhas e as dos outros. HF3: Identificar e elaborar
justificativas para hipóteses, verbalizando-as de maneira autônoma.
2
Autoria: Prof. Giovani Trentin.
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

C. O QUE VOCÊ FAZ QUANDO VOCÊ GANHA UM PRESENTE DE ALGUÉM?

ATENÇÃO PROFESSOR (A):


_______________________________________________________________________________________________
ESTA ATIVIDADE PODE SER
_______________________________________________________________________________________________
‘QUEBRADA’, GERANDO MAIS
_______________________________________________________________________________________________
ATIVIDADES.

D. O QUE VOCÊ FAZ QUANDO PERDE ALGUM BRINQUEDO OU MATERIAL DE ESCOLA?

_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

E. O QUE VOCÊ FAZ QUANDO DERRUBA SUCO NA ROUPA?

_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

F. O QUE VOCÊ FAZ QUANDO ALGUÉM ESTÁ BRIGANDO COM ALGUM COLEGA SEU?

_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

G. O QUE VOCÊ FARIA SE ALGUÉM PEGASSE UM BRINQUEDO SEU SEM PEDIR PARA VOCÊ?

_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

Respostas e comentários:
MOMENTO 2 – Respostas de elaboração pessoal. Os exercícios desta aula levam a criança a usar a noção de “ação”
através da solicitação de relatos pessoais nas situações propostas em cada questão.
ATIVIDADE 16 – MOTIVO12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

AULA 10

MOMENTO 1: LEIA O TEXTO A SEGUIR:

MOTIVO

A GENTE SEMPRE FAZ AS COISAS POR ALGUM MOTIVO: ÀS VEZES FAÇO AS COISAS QUERENDO GANHAR
ALGO EM TROCA; ÀS VEZES FAÇO AS COISAS QUERENDO ME DIVERTIR; OUTRAS VEZES FAÇO AS COISAS QUERENDO
NÃO SOFRER CASTIGO... NÃO IMPORTA QUAL SEJA O MOTIVO DE VOCÊ FAZER ALGO, ESSE MOTIVO É O QUE A
GENTE CHAMA DE MOTIVAÇÃO. PARA DESCOBRIR A INTENÇÃO DE UMA AÇÃO A GENTE SÓ PRECISA SE PERGUNTAR:
POR QUE EU FIZ ISSO?

EX.: DEPOIS DA BRIGA, A PROFESSORA CHAMOU MÔNICA E CEBOLINHA PARA EXPLICAR O PORQUÊ DE TEREM
BRIGADO. MÔNICA EXPLICOU QUE ERA PORQUE CEBOLINHA TINHA DERRUBADO SANSÃO SÓ PARA IRRITÁ-LA E ELA
QUERIA SE VINGAR DELE. PORÉM, CEBOLINHA DISSE QUE TINHA DERRUBADO O COELHINHO SEM QUERER, JÁ QUE
ELE ESTAVA NO CANTO DA MESA DA MÔNICA.

AUTOR: PROF. GIOVANI TRENTIN

MOMENTO 2: RESPONDA AS PERGUNTAS ABAIXO:

A. O QUE VOCÊ FARIA SE ALGUÉM EMPURRASSE VOCÊ NO CORREDOR DA ESCOLA? POR QUE VOCÊ FARIA ISSO
(MOTIVO)?

_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

B. O QUE VOCÊ FARIA SE ENCONTRASSE UM BRINQUEDO PERDIDO NO PÁTIO DA ESCOLA? POR QUE VOCÊ FARIA
ISSO (MOTIVO)?

_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

1
ET3.1- Intencionalidade e conduta: sentimentos, atitudes e ações, as minhas e as dos outros. HF3: Identificar e elaborar
justificativas para hipóteses, verbalizando-as de maneira autônoma.
2
Autoria: Prof. Giovani Trentin.
C. O QUE VOCÊ FARIA SE ALGUM AMIGO SEU ESTIVESSE PRECISANDO DE UM LÁPIS? POR QUE VOCÊ FARIA ISSO
(MOTIVO)?

_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

Respostas e comentários:
MOMENTO 2 – Respostas de elaboração pessoal. Nos exercícios desta aula é solicitado à criança o uso de duas
categorias, ação e motivação, de tal modo que para responder às questões adequadamente, é necessário primeiro
explicitar a ação que se realizaria na situação hipotética apresentada e, posteriormente, a motivação que justificaria
o ato.
ATIVIDADE 17 – CONSEQUÊNCIA12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

AULA 11

MOMENTO 1: LEIA O TEXTO A SEGUIR:

CONSEQUÊNCIA

TODA VEZ QUE A GENTE FAZ ALGO ISSO CAUSA OUTRA COISA, QUE CAUSA OUTRA COISA, QUE CAUSA
OUTRA COISA... ENTÃO, TUDO O QUE ACONTECE POR CAUSA DE UMA AÇÃO É O QUE CHAMAMOS DE
CONSEQUÊNCIA. PARA ENTENDER A CONSEQUÊNCIA BASTA RESPONDER À PERGUNTA: O QUE MINHA AÇÃO
CAUSOU?

EX.: MÔNICA NÃO PENSOU DIREITO SOBRE O ACONTECIDO E ACABOU BATENDO NO CEBOLINHA MESMO ELE SENDO
INOCENTE. POR ISSO, ALÉM DE LIDAR COM A PRÓPRIA CULPA A PROFESSORA VAI FAZER ELA FICAR SOZINHA
DURANTE O RECREIO POR TRÊS DIAS PARA PENSAR MELHOR SOBRE O QUE FEZ.

AUTOR: PROF. GIOVANI TRENTIN


Fonte da imagem: http://www.pintarcolorir.com.br/desenhos/turma-da-monica-para-colorir/, acesso em 30/06/2020.

MOMENTO 2: RESPONDA AS PERGUNTAS ABAIXO:

A. ESCREVA AQUI ALGO QUE VOCÊ FEZ E QUE TROUXE UMA CONSEQUÊNCIA RUIM PARA VOCÊ (POR EXEMPLO:
FICAR DE CASTIGO, PERDER ALGUMA COISA, ETC.).

1
ET3.1- Intencionalidade e conduta: sentimentos, atitudes e ações, as minhas e as dos outros. HF3: Identificar e elaborar
justificativas para hipóteses, verbalizando-as de maneira autônoma.
2
Autoria: Prof. Giovani Trentin.
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

B. ESCREVA AQUI ALGO QUE VOCÊ FEZ E QUE TROUXE UMA CONSEQUÊNCIA BOA PARA VOCÊ (POR EXEMPLO:
GANHAR UM PRÊMIO, UM PRESENTE, UM ELOGIO, ETC.).

_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

Respostas e comentários:
MOMENTO 2 – Respostas de elaboração pessoal. Os exercícios solicitam que a criança realize relatos biográficos nos
quais identifique a categoria ‘consequência’, além de classificar as situações em que tiveram de lidar com
consequências de escolhas e atos.
ATIVIDADE 18 – VALOR12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

AULA 12

MOMENTO 1: LEIA O TEXTO A SEGUIR

VALOR

AO OLHAR A MINHA AÇÃO, MINHA MOTIVAÇÃO E A CONSEQUÊNCIA QUE ELAS TROUXERAM, GERALMENTE
A GENTE SE PERGUNTA: O QUE EU FIZ É CERTO OU ERRADO? AO RESPONDER ESSA PERGUNTA EU ESTOU DANDO
UM VALOR PARA A MINHA AÇÃO: ELA FOI MUITO BOA?... MUITO RUIM?... UM POUQUINHO BOA? ...UM
POUQUINHO RUIM?

EX.: A AÇÃO DA MÔNICA FOI UMA AÇÃO RUIM, POIS ELA PREJUDICOU OS OUTROS E A SI MESMA. ELA NÃO PENSOU
DIREITO SOBRE O QUE FEZ, AGIU SÓ PELO SENTIMENTO E COM ISSO TROUXE CONSEQUÊNCIAS RUINS PARA TODOS.

AUTOR: PROF. GIOVANI TRENTIN


Fonte da imagem: http://www.comoaprenderdesenhar.com.br/monica-para-colorir-e-imprimir-muito-facil/, acesso em 30/07/2020.

MOMENTO 3: RESPONDA AS PERGUNTAS ABAIXO:

A. VOCÊ ACHA CERTO OU ERRADO RESOLVER UM PROBLEMA BATENDO NO SEU COLEGA? POR QUÊ?

_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

1
ET3.1- Intencionalidade e conduta: sentimentos, atitudes e ações, as minhas e as dos outros. HF3: Identificar e elaborar
justificativas para hipóteses, verbalizando-as de maneira autônoma.
2
Autoria: Prof. Giovani Trentin.
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

B. VOCÊ ACHA CERTO OU ERRADO EMPRESTAR O SEU BRINQUEDO PARA UM COLEGA DE SALA? POR QUÊ?

_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

C. VOCÊ ACHA CERTO OU ERRADO AJUDAR NA REALIZAÇÃO DAS TAREFAS DOMÉSTICAS? POR QUÊ?

_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

Respostas e comentários:
MOMENTO 2 – Respostas pessoais. Nas questões a criança precisa se posicionar sobre o valor das ações hipotéticas
propostas, o que tenderá a aparecer não somente no posicionamento assumido com relação à situação, mas
principalmente na justificativa que os exercícios solicitam da criança.
ATIVIDADE 19 – ENTENDENDO AS AÇÕES12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

AULA 13
MOMENTO 1: LEIA O TEXTO A SEGUIR
ENTENDENDO AS AÇÕES
ATÉ AGORA NÓS JÁ APRENDEMOS SOBRE O QUE É SENTIMENTO, PENSAMENTO, AÇÃO, CONSEQUÊNCIA,
MOTIVO E VALOR. MAS, PARA QUE SERVE TUDO ISSO? BEM, ESSAS PALAVRAS AJUDAM A ENTENDER MELHOR O
QUE ESTÁ ENVOLVIDO EM MINHAS ESCOLHAS E TAMBÉM NO QUE ACONTECE COMIGO (QUANDO O QUE OS
OUTROS FAZEM COISAS QUE ME AFETAM). VOCÊ JÁ PERCEBEU QUE TUDO ISSO ESTÁ LIGADO UM COM O OUTRO?

VEJA, QUANDO EU ESTOU NUMA SITUAÇÃO EU TENHO UM SENTIMENTO SOBRE ELA, JUNTO A ESSE
SENTIMENTO VEM NA MINHA CABEÇA UM PENSAMENTO, ISTO É, ALGO QUE EU ACHO SOBRE O QUE ACONTECEU.
ESTE PENSAMENTO ME LEVA A TOMAR UMA AÇÃO, E TODA AÇÃO TEM SEU MOTIVO E, TAMBÉM, TRAZ UMA (OU
ATÉ MAIS DE UMA) CONSEQUÊNCIA. POR FIM, EU PRECISO PENSAR SOBRE TUDO ISSO PARA SABER SE O MODO
COMO AGI ESTÁ CERTO OU SE ESTÁ ERRADO, OU SEJA, EU PRECISO PENSAR SOBRE O VALOR DO QUE EU FIZ.

ESTÁ DIFÍCIL DE ACOMPANHAR? RELAXA, NÓS IREMOS FAZER VÁRIAS TABELAS USANDO ESSAS PALAVRAS
ATÉ VOCÊ PERCEBER QUE ISSO TUDO JÁ ESTÁ NA SUA VIDA DESDE SEMPRE.
AUTOR: PROF. GIOVANI TRENTIN

MOMENTO 2: LEIA A TABELA A SEGUIR:


AO LONGO DAS NOSSAS ATIVIDADES VIMOS VÁRIOS EXEMPLOS ENVOLVENDO A MÔNICA E O CEBOLINHA.
ACONTECE QUE TODOS ESSES EXEMPLOS JUNTOS CONTAM UMA SÓ HISTÓRIA, E PARA ENTENDER ELA A GENTE VAI
ORGANIZAR ESTA HISTÓRIA EM UMA TABELA.

SITUAÇÃO SENTIMENTO PENSAMENTO


O QUE ACONTECEU COM VOCÊ? COMO VOCÊ SE SENTIU? O QUE VOCÊ ACHA SOBRE ISSO?
O CEBOLINHA PASSOU PELA MÔNICA FICOU MUITO BRAVA E MÔNICA PENSOU QUE ELE TINHA
CARTEIRA DA MÔNICA E TRISTE COM ELE. FEITO AQUILO SÓ PARA TIRAR
DERRUBOU O COELHINHO DELA, O SARRO DA CARA DELA.
SANSÃO.
AÇÃO MOTIVO CONSEQUÊNCIA
O QUE VOCÊ FEZ QUANDO ISSO
PORQUE VOCÊ FEZ ISSO? O QUE A SUA AÇÃO CAUSOU?
ACONTECEU?
MÔNICA PEGOU SANSÃO E DEU MÔNICA EXPLICOU QUE FEZ ISSO MÔNICA NÃO PENSOU DIREITO
UMA BOFETADA NO CEBOLINHA. PORQUE CEBOLINHA TINHA SOBRE O ACONTECIDO E ACABOU
DERRUBADO SANSÃO SÓ PARA BATENDO NO CEBOLINHA MESMO
IRRITÁ-LA, E QUE ELA QUERIA SE ELE SENDO INOCENTE. POR ISSO,
VINGAR DELE. PORÉM, CEBOLINHA ALÉM DE LIDAR COM A PRÓPRIA
DISSE QUE TINHA DERRUBADO O CULPA A PROFESSORA VAI FAZER
COELHINHO SEM QUERER, JÁ QUE ELA FICAR SOZINHA DURANTE O
ELE ESTAVA NO CANTO DA MESA RECREIO POR TRÊS DIAS PARA
DE MÔNICA. PENSAR MELHOR SOBRE O QUE
FEZ.

1
ET3.1- Intencionalidade e conduta: sentimentos, atitudes e ações, as minhas e as dos outros. HF3: Identificar e elaborar
justificativas para hipóteses, verbalizando-as de maneira autônoma.
2
Autoria: Prof. Giovani Trentin.
MOMENTO 3: APÓS LER A TABELA, VOLTE PARA AS AULAS 06, 07, 08, 09, 10, 11 E 12 OBSERVANDO AS ILUSTRAÇÕES
QUE FORAM USADAS PARA CONTAR A HISTÓRIA. O SEU DESAFIO É USAR APENAS AS ILUSTRAÇÕES PARA CONTAR
ESSA HISTÓRIA PARA ALGUM ADULTO. ESCREVA ABAIXO PARA QUEM VOCÊ CONTOU A HISTÓRIA E COMO FOI ESSE
DESAFIO:
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

Respostas e comentários:
MOMENTO 3 – Produção pessoal da criança. Na atividade desta aula estimula a vivência de situação de diálogo na
qual a criança pode recapitular e exercitar os conteúdos estudados desde a aula 06
ATIVIDADE 20 – ENTENDENDO AS MINHAS AÇÕES12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

AULA 14
MOMENTO 1: NA ÚLTIMA AULA A GENTE VIU UMA TABELA QUE NOS AJUDOU A ENTENDER A HISTÓRIA DA MÔNICA
E O QUE ACONTECEU COM ELA. AGORA É VEZ DE VOCÊ TENTAR ENTENDER ALGO QUE ACONTECEU COM VOCÊ.
PARA ISSO, VOCÊ VAI PREENCHER UMA TABELA IGUAL ÀQUELA QUE VIMOS NA AULA PASSADA, MAS DESTA VEZ
COM UMA HISTÓRIA SUA. PRIMEIRO ESCOLHA UMA HISTÓRIA DE VERDADE QUE ACONTECEU COM VOCÊ, DEPOIS É
SÓ REGISTRAR SUA HISTÓRIA PREENCHENDO A TABELA ABAIXO, DE ACORDO COM O QUE É PERGUNTADO EM CADA
ETAPA.

SITUAÇÃO SENTIMENTO PENSAMENTO


O QUE ACONTECEU COM VOCÊ? COMO VOCÊ SE SENTIU? O QUE VOCÊ ACHA SOBRE ISSO?

_____________________________ _____________________________ _____________________________

_____________________________ _____________________________ _____________________________

_____________________________ _____________________________ _____________________________

_____________________________ _____________________________ _____________________________

_____________________________ _____________________________ _____________________________

_____________________________ _____________________________ _____________________________


AÇÃO MOTIVO CONSEQUÊNCIA
O QUE VOCÊ FEZ QUANDO ISSO
PORQUE VOCÊ FEZ ISSO? O QUE A SUA AÇÃO CAUSOU?
ACONTECEU?

_____________________________ _____________________________ _____________________________

_____________________________ _____________________________ _____________________________

_____________________________ _____________________________ _____________________________

_____________________________ _____________________________ _____________________________

_____________________________ _____________________________ _____________________________

_____________________________ _____________________________ _____________________________


Respostas e comentários: MOMENTO 1 – Produção pessoal da criança. A atividade objetiva estimular a criança a
analisar um evento de sua biografia usando as categorias estudadas na sequência do módulo II.

1
ET3.1- Intencionalidade e conduta: sentimentos, atitudes e ações, as minhas e as dos outros. HF3: Identificar e elaborar
justificativas para hipóteses, verbalizando-as de maneira autônoma.
2
Autoria: Prof. Giovani Trentin.
ATIVIDADE 21 – ENTENDENDO MINHAS AÇÕES ATRAVÉS DE OUTRA PESSOA 12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.
AULA 15

MOMENTO 1: VOCÊ JÁ FEZ ALGO RUIM E SEU CUIDADOR (PAI, MÃE, TIA, TIO, ...) FALOU PARA VOCÊ IR NUM CANTO
PENSAR SOBRE O QUE VOCÊ FEZ? POIS BEM, É ISSO QUE A GENTE VAI FAZER HOJE, SÓ QUE DE UM JEITO DIFERENTE.
AQUI EMBAIXO VAMOS DEIXAR UMA TABELA PARA VOCÊ PREENCHER NOVAMENTE COM ALGUMA COISA QUE
ACONTECEU COM VOCÊ. PORÉM, DESTA VEZ QUEM VAI ESCOLHER QUAL HISTÓRIA VOCÊ VAI CONTAR É O SEU
CUIDADOR.

DICA PARA O ADULTO: ESCOLHA ALGUM ACONTECIMENTO RECENTE SOBRE O QUAL VOCÊ ACHA QUE A CRIANÇA
DEVERIA PENSAR MELHOR, ALGO QUE ELA FEZ DE ERRADO OU ALGO QUE VOCÊ ACHA QUE ESTÁ ENCUCADO NA
CABEÇA DELA...

SITUAÇÃO SENTIMENTO PENSAMENTO


O QUE ACONTECEU COM VOCÊ? COMO VOCÊ SE SENTIU? O QUE VOCÊ ACHA SOBRE ISSO?

_____________________________ _____________________________ _____________________________

_____________________________ _____________________________ _____________________________

_____________________________ _____________________________ _____________________________

_____________________________ _____________________________ _____________________________

_____________________________ _____________________________ _____________________________

_____________________________ _____________________________ _____________________________

AÇÃO MOTIVO CONSEQUÊNCIA


O QUE VOCÊ FEZ QUANDO ISSO
PORQUE VOCÊ FEZ ISSO? O QUE A SUA AÇÃO CAUSOU?
ACONTECEU?

_____________________________ _____________________________ _____________________________

_____________________________ _____________________________ _____________________________

_____________________________ _____________________________ _____________________________

_____________________________ _____________________________ _____________________________

_____________________________ _____________________________ _____________________________

_____________________________ _____________________________ _____________________________

Respostas e comentários:

1
ET3.1- Intencionalidade e conduta: sentimentos, atitudes e ações, as minhas e as dos outros. HF3: Identificar e elaborar
justificativas para hipóteses, verbalizando-as de maneira autônoma.
2
Autoria: Prof. Giovani Trentin.
MOMENTO 1 – Produção pessoal da criança. A atividade objetiva estimular a vivência de situações de diálogo, além
de oportunizar a retomada do exercício pela criança de análise de um evento de sua biografia usando as categorias
estudadas na sequência do módulo II.
ET3.2 – CONVIVÊNCIA E CONFLITOS: CONSEQUÊNCIAS DE MINHAS ATITUDES E AÇÕES NO
MEIO EM QUE VIVO
ATIVIDADE 1 – CONSEQUÊNCIA: PENSAR E ADIANTAR O QUE PODE ACONTECER 12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

1. OBSERVE A IMAGEM ABAIXO COM ATENÇÃO.

Fonte imagem: https://amateriadotempo.blogspot.com/2013/05/efeito-domino.html. Acesso em 17 de jul. De 2020.

2. O QUE VAI ACONTECER QUANDO O DEDO ATINGIR A PEÇA DE DOMINÓ QUE ESTÁ SENDO MIRADA?

_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

3. COMO VOCÊ SABE QUE O QUE VOCÊ ESCREVEU NA RESPOSTA DA QUESTÃO 2 VAI REALMENTE ACONTECER?

_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

_______________________________________________________________________________________________

4. ESCREVA ALGO QUE SEJA IMPOSSÍVEL ACONTECER QUANDO O DEDO ATINGIR A PEÇA DE DOMINÓ MIRADA.

_______________________________________________________________________________________________

Comentários e respostas:

1
ET3.2- Convivência e conflitos: consequências de minhas Atitudes e Ações no meio em que vivo. HF2: Identificar e elaborar
hipóteses coerentes com as questões propostas durante a discussão dos temas abordados.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
1) O exercício objetiva estimular a antecipação de consequências pela criança. É altamente provável que a criança
responda que os dominós cairão em sequência.
2) Resposta pessoal da criança. É provável que a criança relate que já viu isto acontecer antes.
3) Resposta pessoal da criança.
É possível escrever várias situações e acontecimentos impossíveis de sucederem ao golpe do dedo na peça de
dominó. Por exemplo: que as peças levitem; que elas desapareçam e muitas outras possibilidades.
ATIVIDADE 2 – INTENCÕES QUE SE REALIZAM12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

1. VOCÊ JÁ CONHECE O CONTO DE FADAS ABAIXO, CERTO? NA ATIVIDADE DESTA SEMANA OBSERVAREMOS
COMO A IDEIA DE INTENÇÃO APARECE NELE. POR ISSO, LEIA COM ATENÇÃO.

Texto 1: CHAPEUZINHO VERMELHO


ERA UMA VEZ UMA DOCE MENININHA. TODOS A CHAMAVAM DE CHAPEUZINHO VERMELHO, PORQUE ELA
SEMPRE USAVA UMA CAPA VERMELHA COM CAPUZ QUE SUA AVÓ HAVIA LHE DADO DE PRESENTE. A VOVÓ
AMAVA MUITO SUA NETINHA.
UM DIA, A MÃE DE CHAPEUZINHO VERMELHO DISSE PARA A MENINA LEVAR UMA CESTA COM VÁRIAS
COISAS GOSTOSAS PARA A VOVÓ, QUE ESTAVA UM POUCO ADOENTADA. ANTES DE CHAPEUZINHO PARTIR A MÃE
RECOMENDOU QUE A ELA NÃO CONVERSASSE COM ESTRANHOS, NÃO SAISSE DO CAMINHO E QUE FOSSE DIRETO
PARA A CASA DA AVÓ.
MAS NO MEIO DO CAMINHO CHAPEUZINHO ENCONTROU UM LOBO, QUE PUXOU ASSUNTO COM ELA:
—PARA ONDE VOCÊ VAI? E, O QUE VOCÊ TEM AÍ DENTRO DESTA CESTA?
—ESTOU INDO VISITAR MINHA VOVÓ E LHE LEVAR ESTA CESTA COM PÃES, MANTEIGA, BOLO, FRUTAS E
GELEIA, PORQUE ELA NÃO ESTÁ SE SENTINDO BEM.
—EXCELENTE!
E DOIS SE PUSERAM A CAMINHAR JUNTOS. O LOBO ENTÃO:
—VIU, E ONDE SUA VOVÓZINHA MORA?
ENQUANTO ANDAVAM JUNTOS, CHAPEUZINHO VERMELHO EXPLICOU EXATAMENTE O LOCAL DA CASA DA
SUA AVÓ. QUANDO ELA TERMINOU DE EXPLICAR, O LOBO FALOU:
—OLHA, QUE LINDAS FLORES QUE TEMOS AQUI! POR QUE VOCÊ NÃO PEGA ALGUMAS DELAS PARA SUA
VOVÓ?
ELA OLHOU EM VOLTA E VIU TODAS AQUELAS FLORES LINDAS. CHAPEUZINHO VERMELHO ACHOU QUE SUA
VOVÓ FICARIA MUITO FELIZ EM GANHAR FLORES E, MESMO SE LEMBRANDO DOS CONSELHOS DE SUA MÃE, SAIU
DO CAMINHO PARA COLHÊ-LAS.
CHAPEUZINHO VERMELHO FOI PARA DENTRO DA FLORESTA DENSA PARA COLHER AS FLORES, E O LOBO FOI
DIRETO PARA A CASA DA VOVÓ.
AO CHEGAR NA CASA, O LOBO ENTROU NA CASA, FOI ATÉ A CAMA DA VELHINHA E A ENGOLIU INTEIRA,
NUMA SÓ BOCADA! DEPOIS, ELE VESTIU AS ROUPAS DELA E DEITOU NA CAMA.
QUANDO CHAPEUZINHO VERMELHO CHEGOU NA CASA DE SUA AVÓ, ELA PERCEBEU QUE A PORTA ESTAVA
ABERTA. ELA ENTROU E FOI ATÉ O QUARTO.

1
ET3.2- Convivência e conflitos: consequências de minhas Atitudes e Ações no meio em que vivo. HF2: Identificar e elaborar
hipóteses coerentes com as questões propostas durante a discussão dos temas abordados.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
AO SE APROXIMAR DA CAMA DA VOVÓ, PERCEBEU QUE ELA ESTAVA COM UMA APARÊNCIA ESTRANHA.
—NOSSA, VOVÓ, QUE ORELHAS GRANDES VOCÊ TEM!
—É PARA TE ESCUTAR MELHOR!
—PUXA, VOVÓ, COMO SUA VOZ ESTÁ ESTRANHA!
—AI, MINHA FILHA, É QUE ESTOU COM A GARGANTA TÃO INFLAMADA…
—NOSSA, MAS QUE OLHOS GRANDES VOCÊ TEM!
—AH, É PARA TE VER MELHOR!
—VOVÓ, QUE MÃOS ENORMES VOCÊ TEM!
—É PARA TE TOCAR MELHOR!
—UAU, VOVÓ, QUE BOCA ENORME VOCÊ TEM!
—É PARA TE COMER MELHOR, UAAUU!!!! GRITOU O LOBO, PULANDO FORA DA CAMA E ENGOLINDO
CHAPEUZINHO VERMELHO INTEIRA.
COM O SEU ESTÔMAGO CHEIO, O LOBO CAIU NO SONO. RONCAVA TÃO ALTO QUE UM CAÇADOR QUE
PASSAVA POR ALI ESCUTOU OS RONCOS E ACHOU QUE SERIA MUITO ESTRANHO QUE UMA VELHA SENHORINHA
PUDESSE RONCAR TÃO ALTO. ELE OLHOU PARA DENTRO, E VIU QUE ERA UM LOBO QUE ESTAVA LÁ. O CAÇADOR
ESTAVA ATRÁS DESSE LOBO HÁ MUITO TEMPO. FINALMENTE ELE O HAVIA ENCONTRADO!
ANTES DE MATAR O LOBO, O CAÇADOR TEVE A IDEIA DE VERIFICAR SE A VELHINHA AINDA ESTAVA VIVA
DENTRO DA BARRIGA DO LOBO!
ENTÃO, ELE PEGOU UMA TESOURA E ABRIU A BARRIGA DO LOBO. ELE VIU UMA CAPA VERMELHA SAINDO E
AÍ A CHAPEUZINHO VERMELHO PULOU PARA FORA. O CAÇADOR CORTOU UM POUCO MAIS E A VOVOZINHA
TAMBÉM VEIO PARA FORA.
CHAPEUZINHO VERMELHO CATOU ALGUMAS PEDRAS E ELES ENCHERAM A BARRIGA DO LOBO COM ELAS.
QUANDO O LOBO ACORDOU, FICOU ASSUSTADO E TENTOU CORRER, MAS AS PEDRAS ERAM TÃO PESADAS, QUE
ELE CAIU MORTO.
OS TRÊS ENTÃO COMERAM BOLO, FELIZES EM SABER QUE O LOBO NÃO SERIA MAIS UM PERIGO PARA ELES.
CHAPEUZINHO VERMELHO DECIDIU NUNCA MAIS SAIR DO CAMINHO E ESCUTAR COM MAIS ATENÇÃO O
QUE A SUA MÃE TEM A DIZER.
Adaptado de: Contos de fadas com a Gigi. Disponível em: http://contosdefadascomagigi.com/tale/37/. Acesso em 09 de jun. de 2020.

2. EM UMA PARTE DA HISTÓRIA, O LOBO DIZ À CHAPEUZINHO VERMELHO “OLHA, QUE LINDAS FLORES QUE
TEMOS AQUI! POR QUE VOCÊ NÃO PEGA ALGUMAS DELAS PARA SUA VOVÓ?”. QUAL FOI A INTENÇÃO DO
LOBO AO DIZER ISSO À CHAPEUZINHO? USE LÁPIS DE ESCREVER OU DE PINTAR PARA GRIFAR A PARTE DA
HISTÓRIA QUE PROVA QUE A OPÇÃO QUE VOCÊ MARCOU ESTÁ CORRETA.

(A) AJUDAR CHAPEUZINHO A COLHER UM BUQUÊ DE FLORES PARA AGRADAR A VOVÓ.


(B) FAZER CHAPEUZINHO SE ESQUECER DA CESTA COM GUILOSEIMAS PARA ELE PODER ROUBÁ-LA.
(C) DISTRAIR CHAPEUZINHO PARA ELE SAIR E ELA FICAR SOZINHA E COM MEDO.
(D) OUTRA. ESCREVA ABAIXO A INTENÇÃO DO LOBO QUANDO DISSE AQUILO PARA CHAPEUZINHO:
____________________________________________________________________________________________
3. QUAL FOI A INTENÇÃO DE CHAPEUZINHO VERMELHO AO DESVIAR SEU CAMINHO PARA COLHER FLORES? USE
LÁPIS DE ESCREVER OU DE PINTAR PARA GRIFAR A PARTE DA HISTÓRIA QUE PROVA QUE A OPÇÃO QUE VOCÊ
MARCOU ESTÁ CORRETA.

(A) MAGOAR A VOVÓ.


(B) ZOMBAR DA VOVÓ.
(C) AGRADAR A VOVÓ.
(D) OUTRA. ESCREVA A INTENÇÃO DE CHAPEUZINHO:
________________________________________________.

Respostas e comentários: 2) Opção D. Ou seja, a criança deverá marcar a opção D e escrever a intenção do lobo:
fazer chapeuzinho perder tempo para que ele pudesse chegar antes dela na casa da vovó. Para provar que esta
opção é a correta, a criança deve grifar este trecho: “Chapeuzinho vermelho foi para dentro da floresta densa para
colher as flores, e o lobo foi direto para a casa da vovó” (linhas 29-30).
3) Opção C. Para provar que esta opção é a correta a criança deve grifar este trecho: “ Chapeuzinho vermelho achou
que sua vovó ficaria muito feliz em ganhar flores” (linhas 26-27).
ATIVIDADE 3 – AÇÕES E SUAS CONSEQUÊNCIAS12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

1. RELEIA O CONTO “CHAPEUZINHO VERMELHO”.

Texto 1: CHAPEUZINHO VERMELHO


ERA UMA VEZ UMA DOCE MENININHA. TODOS A CHAMAVAM DE CHAPEUZINHO VERMELHO, PORQUE ELA
SEMPRE USAVA UMA CAPA VERMELHA COM CAPUZ QUE SUA AVÓ HAVIA LHE DADO DE PRESENTE. A VOVÓ
AMAVA MUITO SUA NETINHA.
UM DIA, A MÃE DE CHAPEUZINHO VERMELHO DISSE PARA A MENINA LEVAR UMA CESTA COM VÁRIAS
COISAS GOSTOSAS PARA A VOVÓ, QUE ESTAVA UM POUCO ADOENTADA. ANTES DE CHAPEUZINHO PARTIR A MÃE
RECOMENDOU QUE A ELA NÃO CONVERSASSE COM ESTRANHOS, NÃO SAISSE DO CAMINHO E QUE FOSSE DIRETO
PARA A CASA DA AVÓ.
MAS NO MEIO DO CAMINHO CHAPEUZINHO ENCONTROU UM LOBO, QUE PUXOU ASSUNTO COM ELA:
—PARA ONDE VOCÊ VAI? E, O QUE VOCÊ TEM AÍ DENTRO DESTA CESTA?
—ESTOU INDO VISITAR MINHA VOVÓ E LHE LEVAR ESTA CESTA COM PÃES, MANTEIGA, BOLO, FRUTAS E
GELEIA, PORQUE ELA NÃO ESTÁ SE SENTINDO BEM.
—EXCELENTE!
E DOIS SE PUSERAM A CAMINHAR JUNTOS. O LOBO ENTÃO:
—VIU, E ONDE SUA VOVÓZINHA MORA?
ENQUANTO ANDAVAM JUNTOS, CHAPEUZINHO VERMELHO EXPLICOU EXATAMENTE O LOCAL DA CASA DA
SUA AVÓ. QUANDO ELA TERMINOU DE EXPLICAR, O LOBO FALOU:
—OLHA, QUE LINDAS FLORES QUE TEMOS AQUI! POR QUE VOCÊ NÃO PEGA ALGUMAS DELAS PARA SUA
VOVÓ?
ELA OLHOU EM VOLTA E VIU TODAS AQUELAS FLORES LINDAS. CHAPEUZINHO VERMELHO ACHOU QUE SUA
VOVÓ FICARIA MUITO FELIZ EM GANHAR FLORES E, MESMO SE LEMBRANDO DOS CONSELHOS DE SUA MÃE, SAIU
DO CAMINHO PARA COLHÊ-LAS.
CHAPEUZINHO VERMELHO FOI PARA DENTRO DA FLORESTA DENSA PARA COLHER AS FLORES, E O LOBO FOI
DIRETO PARA A CASA DA VOVÓ.
AO CHEGAR NA CASA, O LOBO ENTROU NA CASA, FOI ATÉ A CAMA DA VELHINHA E A ENGOLIU INTEIRA,
NUMA SÓ BOCADA! DEPOIS, ELE VESTIU AS ROUPAS DELA E DEITOU NA CAMA.
QUANDO CHAPEUZINHO VERMELHO CHEGOU NA CASA DE SUA AVÓ, ELA PERCEBEU QUE A PORTA ESTAVA

1
ET3.2- Convivência e conflitos: consequências de minhas Atitudes e Ações no meio em que vivo. HF3: Identificar e elaborar
justificativas para hipóteses, verbalizando-as de maneira autônoma.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
ABERTA. ELA ENTROU E FOI ATÉ O QUARTO.
AO SE APROXIMAR DA CAMA DA VOVÓ, PERCEBEU QUE ELA ESTAVA COM UMA APARÊNCIA ESTRANHA.
—NOSSA, VOVÓ, QUE ORELHAS GRANDES VOCÊ TEM!
—É PARA TE ESCUTAR MELHOR!
—PUXA, VOVÓ, COMO SUA VOZ ESTÁ ESTRANHA!
—AI, MINHA FILHA, É QUE ESTOU COM A GARGANTA TÃO INFLAMADA…
—NOSSA, MAS QUE OLHOS GRANDES VOCÊ TEM!
—AH, É PARA TE VER MELHOR!
—VOVÓ, QUE MÃOS ENORMES VOCÊ TEM!
—É PARA TE TOCAR MELHOR!
—UAU, VOVÓ, QUE BOCA ENORME VOCÊ TEM!
—É PARA TE COMER MELHOR, UAAUU!!!! GRITOU O LOBO, PULANDO FORA DA CAMA E ENGOLINDO
CHAPEUZINHO VERMELHO INTEIRA.
COM O SEU ESTÔMAGO CHEIO, O LOBO CAIU NO SONO. RONCAVA TÃO ALTO QUE UM CAÇADOR QUE
PASSAVA POR ALI ESCUTOU OS RONCOS E ACHOU QUE SERIA MUITO ESTRANHO QUE UMA VELHA SENHORINHA
PUDESSE RONCAR TÃO ALTO. ELE OLHOU PARA DENTRO, E VIU QUE ERA UM LOBO QUE ESTAVA LÁ. O CAÇADOR
ESTAVA ATRÁS DESSE LOBO HÁ MUITO TEMPO. FINALMENTE ELE O HAVIA ENCONTRADO!
ANTES DE MATAR O LOBO, O CAÇADOR TEVE A IDEIA DE VERIFICAR SE A VELHINHA AINDA ESTAVA VIVA
DENTRO DA BARRIGA DO LOBO!
ENTÃO, ELE PEGOU UMA TESOURA E ABRIU A BARRIGA DO LOBO. ELE VIU UMA CAPA VERMELHA SAINDO E
AÍ A CHAPEUZINHO VERMELHO PULOU PARA FORA. O CAÇADOR CORTOU UM POUCO MAIS E A VOVOZINHA
TAMBÉM VEIO PARA FORA.
CHAPEUZINHO VERMELHO CATOU ALGUMAS PEDRAS E ELES ENCHERAM A BARRIGA DO LOBO COM ELAS.
QUANDO O LOBO ACORDOU, FICOU ASSUSTADO E TENTOU CORRER, MAS AS PEDRAS ERAM TÃO PESADAS, QUE
ELE CAIU MORTO.
OS TRÊS ENTÃO COMERAM BOLO, FELIZES EM SABER QUE O LOBO NÃO SERIA MAIS UM PERIGO PARA ELES.
CHAPEUZINHO VERMELHO DECIDIU NUNCA MAIS SAIR DO CAMINHO E ESCUTAR COM MAIS ATENÇÃO O
QUE A SUA MÃE TEM A DIZER.
Adaptado de: Contos de fadas com a Gigi. Disponível em: http://contosdefadascomagigi.com/tale/37/. Acesso em 09 de jun. de 2020.

2. FAÇA UMA LISTA COM PELO MENOS TRÊS ACONTECIMENTOS QUE SÓ OCORRERAM POR CAUSA DE
CHAPEUZINHO TER ESCOLHIDO COLHER FLORES.

TRÊS CONSEQUÊNCIAS DA AÇÃO DE CHAPEUZINHO

2
3

Respostas e comentários: 2) A questão objetiva estimular a criança a pensar em termos de consequência,


identificando aquelas que sustentadas pelo enredo do texto.
Neste sentido, podem ser apontadas diferentes consequências geradas pela escolha de Chapeuzinho:
1-que o Lobo devorou a Vovó; 2-que o Lobo devorou Chapeuzinho; 3-que o Caçador salvou Chapeuzinho e a Vovó; 4-
que o Lobo morreu; 5-que Chapeuzinho aprendeu a considerar/obedecer as orientações de sua mãe.
ATIVIDADE 4 – INTENÇÕES E CONSEQUÊNCIAS12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

1. RELEIA UM TRECHO DO CONTO “CHAPEUZINHO VERMELHO”.

Texto 1: CHAPEUZINHO VERMELHO


ERA UMA VEZ UMA DOCE MENININHA. TODOS A CHAMAVAM DE CHAPEUZINHO VERMELHO, PORQUE ELA
SEMPRE USAVA UMA CAPA VERMELHA COM CAPUZ QUE SUA AVÓ HAVIA LHE DADO DE PRESENTE. A VOVÓ
AMAVA MUITO SUA NETINHA.
UM DIA, A MÃE DE CHAPEUZINHO VERMELHO DISSE PARA A MENINA LEVAR UMA CESTA COM VÁRIAS
COISAS GOSTOSAS PARA A VOVÓ, QUE ESTAVA UM POUCO ADOENTADA. ANTES DE CHAPEUZINHO PARTIR A MÃE
RECOMENDOU QUE A ELA NÃO CONVERSASSE COM ESTRANHOS, NÃO SAISSE DO CAMINHO E QUE FOSSE DIRETO
PARA A CASA DA AVÓ.
MAS NO MEIO DO CAMINHO CHAPEUZINHO ENCONTROU UM LOBO, QUE PUXOU ASSUNTO COM ELA:
—PARA ONDE VOCÊ VAI? E, O QUE VOCÊ TEM AÍ DENTRO DESTA CESTA?
—ESTOU INDO VISITAR MINHA VOVÓ E LHE LEVAR ESTA CESTA COM PÃES, MANTEIGA, BOLO, FRUTAS E
GELEIA, PORQUE ELA NÃO ESTÁ SE SENTINDO BEM.
—EXCELENTE!
E DOIS SE PUSERAM A CAMINHAR JUNTOS. O LOBO ENTÃO:
—VIU, E ONDE SUA VOVÓZINHA MORA?
ENQUANTO ANDAVAM JUNTOS, CHAPEUZINHO VERMELHO EXPLICOU EXATAMENTE O LOCAL DA CASA DA
SUA AVÓ. QUANDO ELA TERMINOU DE EXPLICAR, O LOBO FALOU:
—OLHA, QUE LINDAS FLORES QUE TEMOS AQUI! POR QUE VOCÊ NÃO PEGA ALGUMAS DELAS PARA SUA
VOVÓ?
ELA OLHOU EM VOLTA E VIU TODAS AQUELAS FLORES LINDAS. CHAPEUZINHO VERMELHO ACHOU QUE SUA
VOVÓ FICARIA MUITO FELIZ EM GANHAR FLORES E, MESMO SE LEMBRANDO DOS CONSELHOS DE SUA MÃE, SAIU
DO CAMINHO PARA COLHÊ-LAS.
CHAPEUZINHO VERMELHO FOI PARA DENTRO DA FLORESTA DENSA PARA COLHER AS FLORES, E O LOBO FOI
DIRETO PARA A CASA DA VOVÓ.
AO CHEGAR NA CASA, O LOBO ENTROU NA CASA, FOI ATÉ A CAMA DA VELHINHA E A ENGOLIU INTEIRA,
NUMA SÓ BOCADA! DEPOIS, ELE VESTIU AS ROUPAS DELA E DEITOU NA CAMA.
QUANDO CHAPEUZINHO VERMELHO CHEGOU NA CASA DE SUA AVÓ, ELA PERCEBEU QUE A PORTA ESTAVA

1
ET3.2- Convivência e conflitos: consequências de minhas Atitudes e Ações no meio em que vivo. HF2: Identificar e elaborar
hipóteses coerentes com as questões propostas durante a discussão dos temas abordados.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
ABERTA. ELA ENTROU E FOI ATÉ O QUARTO.
AO SE APROXIMAR DA CAMA DA VOVÓ, PERCEBEU QUE ELA ESTAVA COM UMA APARÊNCIA ESTRANHA.
—NOSSA, VOVÓ, QUE ORELHAS GRANDES VOCÊ TEM!
—É PARA TE ESCUTAR MELHOR!
—PUXA, VOVÓ, COMO SUA VOZ ESTÁ ESTRANHA!
—AI, MINHA FILHA, É QUE ESTOU COM A GARGANTA TÃO INFLAMADA…
—NOSSA, MAS QUE OLHOS GRANDES VOCÊ TEM!
—AH, É PARA TE VER MELHOR!
—VOVÓ, QUE MÃOS ENORMES VOCÊ TEM!
—É PARA TE TOCAR MELHOR!
—UAU, VOVÓ, QUE BOCA ENORME VOCÊ TEM!
—É PARA TE COMER MELHOR, UAAUU!!!! GRITOU O LOBO, PULANDO FORA DA CAMA E ENGOLINDO
CHAPEUZINHO VERMELHO INTEIRA.
COM O SEU ESTÔMAGO CHEIO, O LOBO CAIU NO SONO. RONCAVA TÃO ALTO QUE UM CAÇADOR QUE
PASSAVA POR ALI ESCUTOU OS RONCOS E ACHOU QUE SERIA MUITO ESTRANHO QUE UMA VELHA SENHORINHA
PUDESSE RONCAR TÃO ALTO. ELE OLHOU PARA DENTRO, E VIU QUE ERA UM LOBO QUE ESTAVA LÁ. O CAÇADOR
ESTAVA ATRÁS DESSE LOBO HÁ MUITO TEMPO. FINALMENTE ELE O HAVIA ENCONTRADO!
ANTES DE MATAR O LOBO, O CAÇADOR TEVE A IDEIA DE VERIFICAR SE A VELHINHA AINDA ESTAVA VIVA
DENTRO DA BARRIGA DO LOBO!
ENTÃO, ELE PEGOU UMA TESOURA E ABRIU A BARRIGA DO LOBO. ELE VIU UMA CAPA VERMELHA SAINDO E
AÍ A CHAPEUZINHO VERMELHO PULOU PARA FORA. O CAÇADOR CORTOU UM POUCO MAIS E A VOVOZINHA
TAMBÉM VEIO PARA FORA.
CHAPEUZINHO VERMELHO CATOU ALGUMAS PEDRAS E ELES ENCHERAM A BARRIGA DO LOBO COM ELAS.
QUANDO O LOBO ACORDOU, FICOU ASSUSTADO E TENTOU CORRER, MAS AS PEDRAS ERAM TÃO PESADAS, QUE
ELE CAIU MORTO.
OS TRÊS ENTÃO COMERAM BOLO, FELIZES EM SABER QUE O LOBO NÃO SERIA MAIS UM PERIGO PARA ELES.
CHAPEUZINHO VERMELHO DECIDIU NUNCA MAIS SAIR DO CAMINHO E ESCUTAR COM MAIS ATENÇÃO O
QUE A SUA MÃE TEM A DIZER.
Adaptado de: Contos de fadas com a Gigi. Disponível em: http://contosdefadascomagigi.com/tale/37/. Acesso em 09 de jun. de 2020.

2. GRIFE NO TEXTO UMA FALA DO LOBO QUE PODERIA TER FEITO CHAPEUZINHO VERMELHO DESCONFIAR DAS
VERDADEIRAS INTENÇÕES QUE ELE TINHA.

3. PARE E PENSE: E SE CHAPEUZINHO VERMELHO TIVESSE FICADO DESCONFIADA DO QUE O LOBO QUERIA
FAZER E LHE PERGUNTASSE: “EI, SENHOR LOBO, QUAIS SÃO SUAS VERDADEIRAS INTENÇÕES?”.
COM CERTEZA O LOBO SERIA PEGO DE SURPRESA, NÃO É? MAS ENTÃO, SE CHAPEUZINHO VERMELHO
TIVESSE DITO ISSO AO LOBO, SERÁ O FINAL DA HISTÓRIA TERIA SIDO DIFERENTE?
( ) EU PENSO QUE SE CHAPEUZINHO VERMELHO FIZESSE AQUELA PERGUNTA AO LOBO ISTO MUDARIA O FINAL DA
HISTÓRIA. EU PENSO ASSIM PORQUE
_________________________________________________________________

_______________________________________________________________________________________________

( ) EU PENSO QUE SE CHAPEUZINHO VERMELHO FIZESSE AQUELA PERGUNTA AO LOBO ISTO NÃO MUDARIA O
FINAL DA HISTÓRIA. EU PENSO ISSO PORQUE
________________________________________________________________

_______________________________________________________________________________________________

4. SE CHAPEUZINHO VERMELHO TIVESSE PERGUNTADO “EI, SENHOR LOBO, QUAIS SÃO SUAS VERDADEIRAS
INTENÇÕES?”, O QUE VOCÊ IMAGINA QUE ELE RESPONDERIA A ELA?

RESPOSTA DO LOBO: ______________________________________________________________________________

_______________________________________________________________________________________________

Respostas e comentários:
2) Há ao menos quatro falas do Lobo que poderiam ter despertado a desconfiança de Chapeuzinho Vermelho:
Linha 9: “—Para onde você vai? E, o que você tem aí dentro desta cesta?”
Linha 12: “—Excelente!”
Linha 14: “—E onde sua vovozinha mora?”
Linhas 17 e 18: “—Olha que lindas flores que temos aqui! Por que você não pega algumas delas para sua vovó?”
3) Resposta pessoal da criança. O exercício objetiva estimular a avaliação das consequências da narrativa em face de
uma situação hipotética.
4) Resposta de elaboração pessoal da criança. O exercício solicita que se pense de maneira hipotética.
ATIVIDADE 5 – INTENÇÕES, AÇÕES E CONSEQUÊNCIAS12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

1. NA ATIVIDADE DE HOJE VOCÊ FARÁ A LEITURA DE UM TEXTO COMENTANDO OS TEMAS QUE TEMOS
ESTUDADO JÁ HÁ ALGUMAS SEMANAS. SE PRECISAR, PEÇA PARA UM ADULTO LHE AJUDAR NA LEITURA.
INTENÇÕES, AÇÕES E CONSEQUÊNCIAS – O QUE É E POR QUE ESTUDAR ISTO?
NAS ÚLTIMAS ATIVIDADES VIMOS PENSANDO SOBRE NOSSAS AÇÕES, QUER DIZER, AS COISAS QUE
FAZEMOS.
PARA ISSO, PRECISAMOS ENTENDER SOBRE INTENÇÕES, OU SEJA, AQUILO QUE ESTÁ POR TRÁS DAS
AÇÕES E COMPORTAMENTOS DAS PESSOAS. É COMO SE ELAS FOSSEM O PASSADO DE NOSSAS AÇÕES: AQUILO
QUE NOS LEVA A FAZER ALGO.
VOCÊ DEVE TER DESCOBERTO QUE AS INTENÇÕES DIRECIONAM AQUILO QUE AS PESSOAS FAZEM.
POR EXEMPLO: QUANDO ESBARRO EM ALGUÉMM QUE ACABA CAINDO AO CHÃO, E ME DESCULPO
DIZENDO: “PERDÃO, NÃO TIVE A INTENÇÃO DE LHE EMPURRAR. EU ANDAVA DISTRAÍDO, OLHANDO PARA O
LADO, QUANDO ESBARREI EM VOCÊ; FOI SEM QUERER! DÊ-ME SUA MÃO QUE EU LHE AJUDO A SE LEVANTAR!”.
NO EXEMPLO FICA FÁCIL ENTENDER: O QUE FIZ NÃO TEVE A INTENÇÃO DE DERRUBAR; QUER DIZER, NÃO
ALGO QUE FIZ PARA MACHUCAR AQUELA PESSOA; FOI ALGO ACIDENTAL, ISTO É, FOI ALGO QUE FIZ SEM TER
PENSADO E PLANEJADO PARA SER DAQUELE JEITO. POR ISSO, FAZ MUITO SENTIDO ENTENDER INTENÇÃO COMO
AQUILO QUE DÁ O SENTIDO E A DIREÇÃO DAS NOSSAS AÇÕES (DAS COISAS QUE FAZEMOS).
COMO VOCÊ PODE PERCEBER, NEM TUDO QUE UMA PESSOA FAZ TEM UMA INTENÇÃO. MAS ENTÃO
PODEMOS DIZER QUE O QUE NÃO ACONTECE DE ACORDO COM UMA INTENÇÃO É MESMO ALGO QUE FOI FEITO?
É MESMO UMA AÇÃO HUMANA? QUER DIZER, SÓ PODEMOS DIZER QUE REALMENTE FIZEMOS ALGO SE ANTES DE
FAZERMOS PENSARMOS NA INTENÇÃO QUE PRETENDEMOS QUE SE MANIFESTE COM NOSSA AÇÃO?
ISTO DÁ MUITO O QUE PENSAR, NÃO É? AFINAL, QUANTAS VEZES VEMOS AS PESSOAS FAZENDO ALGO E
DEPOIS DIZENDO COISAS COMO “FOI SEM QUERER” OU “NÃO TIVE A INTENÇÃO”... E QUANTAS VEZES NÓS
MESMOS NÃO DIZEMOS ESSAS COISAS, NÃO?

MAS, ALÉM DA IDEIA DE INTENÇÃO, NESTAS ÚLTIMAS ATIVIDADES TAMBÉM PENSAMOS SOBRE
CONSEQUÊNCIA, QUE É AQUILO QUE É GERADO PELAS ESCOLHAS E AÇÕES.

CONTINUANDO AQUELE EXEMPLO: DIGAMOS QUE A PESSOA QUE EU ESBARREI E DERRUBEI NÃO GOSTE
MUITO DE MIM.

IMAGINE QUE MESMO ESCUTANDO MINHA EXPLICAÇÃO, MEU PEDIDO DE DESCULPAS E A OFERTA DE
AJUDA, A PESSOA JULGUE QUE EU ESTOU MENTINDO, ESCONDENDO MINHA VERDADEIRA INTENÇÃO.

ENTÃO ELA PODE DIZER: “QUE NADA, VOCÊ É UM FINGIDO… TOME!”. E ENTÃO LEVO UMA BOFETADA. E
EU, QUE JULGO UMA INJUSTIÇA RECEBER UMA BOFETADA (AINDA MAIS POR ALGO QUE NÃO FIZ DE PROPÓSITO),
FICO MUITO BRAVO E, AGINDO DESCONTROLADAMENTE, ACABO RETRIBUINDO A AGRESSÃO…

A PESSOA PROCURA SE VINGAR NOVAMENTE, E EU TAMBÉM… E DE NOVO… E MAIS UMA VEZ… E


NOVAMENTE… BEM, PERCEBEMOS QUE ESTA BRIGA ESTÁ LONGE DO FIM, POIS JÁ VIROU UM CICLO: NINGUÉM

1
ET3.2- Convivência e conflitos: consequências de minhas Atitudes e Ações no meio em que vivo. HF2: Identificar e elaborar
hipóteses coerentes com as questões propostas durante a discussão dos temas abordados.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
MAIS SABE O QUE ACONTECEU, QUEM FEZ O QUE, QUEM COMEÇOU...

MAS O FATO É QUE NÓS DOIS ESTÁVAMOS NA ESCOLA E, EM CONSEQUÊNCIA DA CONFUSÃO E DAS
AGRESSÕES, SOMOS LEVADOS PARA CONVERSAR COM ALGUM REPRESENTANTE DA DIREÇÃO DA ESCOLA E,
POR FIM, SOMOS PUNIDOS.

NO EXEMPLO VOCÊ DEVE TER ENTENDIDO: CONSEQUÊNCIAS TÊM A VER COM TUDO AQUILO QUE
ACONTECE POR CAUSA DAS COISAS QUE FAZEMOS. AS CONSEQUÊNCIAS ESTÃO À FRENTE DE NOSSAS AÇÕES,
SÃO OS EFEITOS DESTAS AÇÕES. É COMO SE ELAS FOSSEM O FUTURO DE NOSSAS AÇÕES: TODA CONSEQUÊNCIA
É GERADA DEPOIS E POR CAUSA DO QUE FIZEMOS.

E SE PENSARMOS MAIS SOBRE ISSO DE INTENÇÃO, AÇÃO E CONSEQUÊNCIA, ALGUMAS DAS PERGUNTAS
ABAIXO PODEM NOS INCOMODAR BASTANTE:

 SERÁ QUE EXISTE ALGUMA AÇÃO QUE NÃO GERE NENHUM TIPO DE CONSEQUÊNCIA? OU SERÁ QUE TUDO
QUE FAZEMOS TEM CONSEQUÊNCIA?
 E, SERÁ QUE AS CONSEQUÊNCIAS RUINS PARA NÓS MESMOS OU OS OUTROS SEMPRE ACONTECEM POR
CAUSA DAQUILO QUE FAZEMOS SEM INTENÇÃO?
 SERÁ QUE É POSSÍVEL VIVER E AGIR SEM NUNCA PENSAR NAS CONSEQUÊNCIAS DO QUE QUEREMOS FAZER?
 SERÁ QUE SEMPRE PENSAR NAS CONSEQUÊNCIAS DAS NOSSAS AÇÕES É O JEITO MAIS CORRETO DE SABER
COMO AGIR BEM? MAS ENTÃO, QUAIS SERIAM AS INTENÇÕES DE QUEM SÓ AGE PENSANDO E CALCULANDO
AS CONSEQUÊNCIAS DO QUE QUER FAZER?
 OU SÓ CONSEGUIMOS AGIR BEM SE PENSARMOS NAS INTENÇÕES QUE QUEREMOS QUE SE MANIFESTEM
EM NOSSAS AÇÕES, SEM PRECISAR NOS IMPORTARMOS COM AS CONSEQUÊNCIAS?

COMO VOCÊ PODE TER PERCEBIDO, O ASSUNTO (INTENÇÕES, AÇÕES E CONSEQUÊNCIAS) TEM TUDO A
VER NÓS, PESSOAS PEQUENAS E GRANDES, POIS EM NOSSAS VIDAS SEMPRE FAZEMOS ALGO E, MESMO QUE
TENHAMOS OU NÃO PENSADO EM NOSSAS INTENÇÕES, ALGUMA CONSEQUÊNCIA SERÁ GERADA POR CAUSA DE
NOSSAS AÇÕES.

OU SERÁ QUE É POSSÍVEL VIVER SEM NUNCA FAZER NADA?

E AÍ, O QUE VOCÊ PENSA DISSO TUDO?

REFERÊNCIAS
ABBAGNANO, N. Dicionário de Filosofia (verbetes consultados: Ação, Consequência, Intenção, Intencionalidade), 5ª
ed. São Paulo, Martins Fontes, 2007. Disponível online em: https://marcosfabionuva.files.wordpress.com/2012/04/nicola-abbagnano-
dicionario-de-filosofia.pdf. Acesso em 23/02/2021
ALMEIDA, A. (org.). Dicionário escola de Filosofia [verbetes consultados: Ação (por António Paulo Costa),
Consequência (por Desidério Murcho), Consequencialismo (por Pedro Galvão) Intenção (António Paulo Costa),
Intencionalidade (Miguel Amen)]. Disponível em https://criticanarede.com/dicionario.html. Acesso em 23/02/2021
BECHARA, E. Minidicionário da língua portuguesa Evanildo Bechara (verbetes consultados: Ação, Consequência,
Intenção). Rio de Janeiro: editora Nova Fronteira, 2009.
JAPIASSÚ, H. & MARCONDES, D. Dicionário básico de filosofia (verbetes consultados: Ação, Consequência, Intenção),
4.ed.. Rio de Janeiro: Jorge Zahar ed., 2006.

2. NO ESPAÇO ABAIXO, ESCREVA UMA FRASE OU UMA PERGUNTA. SE FOR FAZER UMA FRASE, MOSTRE NELA O
QUE VOCÊ ENTENDEU SOBRE O CONTEÚDO DO TEXTO. SE FOR FAZER UMA PERGUNTA, USE-A PARA
COLOCAR UMA DÚVIDA QUE VOCÊ FICOU SOBRE O CONTEÚDO DO TEXTO LIDO.

EU ESCOLHI FAZER UMA…


( ) FRASE

( ) PERGUNTA

_______________________________________________________________________________________________

_______________________________________________________________________________________________

ATENÇÃO PROFESSOR (A): recomenda-se que as atividades sugeridas abaixo sejam realizadas
presencialmente, após a retomada coletiva do texto explicativo acima e das frases/perguntas dos alunos. Este
trabalho pode se estender por mais de uma aula.

NA ATIVIDADE DE HOJE VAMOS PENSAR SOBRE A PRESENÇA DOS ASSUNTOS ESTUDADOS (INTENÇÕES, AÇÕES E
CONSEQUÊNCIAS) EM NOSSAS VIDAS. PARA ISSO, VAMOS CONVERSAR SOBRE AS QUESTÕES ABAIXO. DEPOIS DA
CONVERSA, VOCÊ FARÁ O REGISTRO RELACIONADO A ALGUMA DELAS. O REGISTRO PODE SER ATRAVÉS DE ESCRITA
OU DE DESENHOS COM LEGENDA.

 JÁ ACONTECEU COM VOCÊ DE ALGUÉM TER ESCONDIDO ALGUMA INTENÇÃO QUE PRETENDIA REALIZAR?
 E VOCÊ, JÁ FEZ ISSO DE ESCONDER SUAS VERDADEIRAS INTENÇÕES DE ALGUÉM?
 VOCÊ JÁ FEZ ALGO QUE GEROU ALGUMA CONSEQUÊNCIA QUE VOCÊ NÃO ESPERAVA QUE ACONTECESSE?
 VOCÊ JÁ FEZ ALGUMA COISA PENSANDO BEM NAS CONSEQUÊNCIAS, ISTO É, TENTANDO ANTECIPAR O QUE
ACONTECERIA DEPOIS?
 VOCÊ COSTUMA AGIR PENSANDO MAIS NAS CONSEQUÊNCIAS DO QUE FAZ OU PENSANDO MAIS NAS
INTENÇÕES/NO SENTIDO/SIGNIFICADO DAQUILO QUE FAZ?

Respostas e comentários:
2) Resposta de elaboração pessoal da criança.
ATIVIDADE 6 – ESCOLHER QUAL INTENÇÃO SEGUIR12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, AUXILIE A CRIANÇA NAS LEITURAS E NAS ESCRITAS.

1. LEIA OS TEXTOS 1 E 2 COM ATENÇÃO.

TEXTO 1 - MAFALDA
TEXTO 2: INQUILINO
SIGNIFICADOS DE INQUILINO:

1. QUEM MORA EM IMÓVEL ALUGADO.

2. INQUILINO SE REFERE AOS SERES


VIVOS QUE HABITAM OU OCUPAM UM CORPO
1 2 DE OUTRO SER SEM LHE CAUSAR PREJUÍZO.

ADAPTADO DE:
BECHARA, E. Minidicionário da língua portuguesa
Evanildo Bechara (verbete consultado: inquilino).
Rio de Janeiro: editora Nova Fronteira, 2009.
"inquilino", in Dicionário Priberam da Língua
Portuguesa [em linha], 2008-2020,
https://dicionario.priberam.org/inquilino
[consultado em 26-06-2020].

3 4

Fonte: https://br.pinterest.com/pin/369576713148566700/, acesso em 26 de jun. De


2020.

2. QUAL ERA A INTENÇÃO ORIGINAL DA MENINA MAFALDA?


(A) TIRAR O INQUILINO DE DENTRO DELA.
(B) IR À PADARIA.
(C) DEVOLVER O TROCO PARA SUA MÃE.
(D) FICAR COM O TROCO DA PADARIA.

3. POR QUE SERÁ QUE MAFALDA RESOLVEU DEVOLVER O TROCO, SENDO QUE ELA QUERIA FICAR COM ELE
PARA COMPRAR BALAS?

1
ET3.2- Convivência e conflitos: consequências de minhas Atitudes e Ações no meio em que vivo. HF2: Identificar e elaborar
hipóteses coerentes com as questões propostas durante a discussão dos temas abordados.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
EU PENSO QUE MAFALDA ESCOLHEU DEVOLVER O TROCO PORQUE ________________________________________

_______________________________________________________________________________________________

Respostas e comentários:
2) Opção D.
3) Resposta de elaboração pessoal da criança. O objetivo do exercício é estimular a formulação de hipóteses
explicativas das ações da personagem Mafalda.
ATIVIDADE 7 – INTENÇÕES E SEUS SIGNIFICADOS12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, AUXILIE A CRIANÇA NAS LEITURAS E NAS ESCRITAS.

1. LEIA OS TEXTOS 1 E 2 COM ATENÇÃO.

TEXTO 1 - MAFALDA
TEXTO 2: INQUILINO
SIGNIFICADOS DE INQUILINO:

1. QUEM MORA EM IMÓVEL ALUGADO.

2. INQUILINO SE REFERE AOS SERES


VIVOS QUE HABITAM OU OCUPAM UM CORPO
DE OUTRO SER SEM LHE CAUSAR PREJUÍZO.

ADAPTADO DE:
BECHARA, E. Minidicionário da língua portuguesa
Evanildo Bechara (verbete consultado: inquilino).
Rio de Janeiro: editora Nova Fronteira, 2009.
"inquilino", in Dicionário Priberam da Língua
Portuguesa [em linha], 2008-2020,
https://dicionario.priberam.org/inquilino
[consultado em 26-06-2020].

Fonte: https://br.pinterest.com/pin/369576713148566700/, acesso em 26 de jun. De


2020.

2. EM QUAL QUADRINHO APARECE A INTENÇÃO ORIGINAL DE MAFALDA EM RELAÇÃO AO TROCO?


(A) QUADRINHO 1.
(B) QUADRINHO 2.
(C) QUADRINHO 3.
(D) QUADRINHO 4.

3. QUAL OPÇÃO MELHOR REPRESENTA A INTENÇÃO ORIGINAL DE MAFALDA DE FICAR COM O TROCO?
(A) QUERO SATISFAZER MINHAS VONTADES.
(B) QUERO DECIDIR O QUE É IMPORTANTE COMPRAR.
1
ET3.2- Convivência e conflitos: consequências de minhas Atitudes e Ações no meio em que vivo. HF2: Identificar e elaborar
hipóteses coerentes com as questões propostas durante a discussão dos temas abordados.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
(C) QUERO SER RECOMPENSADA PELO QUE FAÇO.
(D) OUTRA. ESCREVA ABAIXO UMA FRASE CURTA QUE REPRESENTE BEM A INTENÇÃO ORIGINAL DE MAFALDA:
________________________________________________________________________________________

Respostas e comentários:
2) Opção A. Nesta tirinha conseguimos perceber que a mãe de Mafalda pediu que ela comprasse algo na padaria.
Depois, observamos logo no primeiro quadrinho que Mafalda tinha a intenção de ficar com o troco que recebeu na
padaria. Mas, por algum motivo, a menina devolve o troco para a mãe.
3) Todas as opções podem ser assinaladas; logo, a questão é de resposta pessoal. O exercício objetiva levar a criança
a inferir significados a partir de uma informação explícita da tirinha.
ATIVIDADE 8 – CONFLITO DE INTERESSES12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, AUXILIE A CRIANÇA NAS LEITURAS E NAS ESCRITAS.

1. LEIA OS TEXTOS 1 E 2 COM ATENÇÃO.

TEXTO 1 - MAFALDA
TEXTO 2: INQUILINO
SIGNIFICADOS DE INQUILINO:

1. QUEM MORA EM IMÓVEL ALUGADO.

2. INQUILINO SE REFERE AOS SERES


VIVOS QUE HABITAM OU OCUPAM UM CORPO
DE OUTRO SER SEM LHE CAUSAR PREJUÍZO.

ADAPTADO DE:
BECHARA, E. Minidicionário da língua portuguesa
Evanildo Bechara (verbete consultado: inquilino).
Rio de Janeiro: editora Nova Fronteira, 2009.
"inquilino", in Dicionário Priberam da Língua
Portuguesa [em linha], 2008-2020,
https://dicionario.priberam.org/inquilino
[consultado em 26-06-2020].

Fonte: https://br.pinterest.com/pin/369576713148566700/, acesso em 26 de jun. De


2020.

2. SOBRE A RELAÇÃO ENTRE AQUILO QUE SE QUER FAZER (INTENÇÃO) E AQUILO QUE REALMENTE SE FAZ
(AÇÃO), MARQUE AS OPÇÕES VERDADEIRAS:

(A) INTENÇÃO E AÇÃO SÃO A MESMA COISA.

(B) AS INTENÇÕES NEM SEMPRE SÃO REALIZADAS COMO AÇÕES.

(C) AS INTENÇÕES SEMPRE SÃO REALIZADAS COMO AÇÕES.

(D) O QUE AS PESSOAS FAZEM PODE SER GUIADO POR INTENÇÕES.

(E) NOSSAS INTENÇÕES SEMPRE COMBINAM COM O QUE JULGAMOS SER MAIS CORRETO.

1
ET3.2- Convivência e conflitos: consequências de minhas Atitudes e Ações no meio em que vivo. HF2: Identificar e elaborar
hipóteses coerentes com as questões propostas durante a discussão dos temas abordados.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
(F) NOSSAS INTENÇÕES NEM SEMPRE COMBINAM COM O QUE JULGAMOS SER MAIS CORRETO.

(G) UMA MESMA PESSOA PODE FICAR EM CONFLITO SOBRE INTENÇÕES DIFERENTES NUMA MESMA SITUAÇÃO.

(H) NOSSAS INTENÇÕES NUNCA COMBINAM COM O QUE JULGAMOS SER MAIS CORRETO.

(I) INTENÇÃO E AÇÃO SÃO COISAS DIFERENTES, E NÃO TEM NADA A VER UMA COM A OUTRA.

(J) INTENÇÃO E AÇÃO SÃO COISAS DIFERENTES, MAS PODEM TER RELAÇÃO ENTRE SI.

(K) AS INTENÇÕES TÊM A VER COM O QUE QUEREMOS E ELAS PODEM FAZER PARTE DO PLANEJAMENTO DO QUE
FAREMOS.

SÓ PARA SE DIVERTIR…
Caso você possa e deseje, confira um vídeo que tem tudo a ver com o tema
que vimos conversando nas últimas semanas.

Então, se você puder e quiser escolher,


clique em A ESCOLHA! para assistir ao vídeo.

Link em: <https://www.youtube.com/watch?v=8xV9OoWLsK8>


Acesso em 26 de jun. de 2020.

Respostas e comentários:
2) Opções corretas: B, D, F, G, J, K.
ATIVIDADE 9 – QUAL A CONSEQUÊNCIA?12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, AUXILIE A CRIANÇA NAS LEITURAS E NAS ESCRITAS.

1. LEIA OS TEXTOS 1 E 2 COM ATENÇÃO.

TEXTO 1 - MAFALDA
TEXTO 2: INQUILINO
SIGNIFICADOS DE INQUILINO:

1. QUEM MORA EM IMÓVEL ALUGADO.

2. INQUILINO SE REFERE AOS SERES


VIVOS QUE HABITAM OU OCUPAM UM CORPO
DE OUTRO SER SEM LHE CAUSAR PREJUÍZO.

ADAPTADO DE:
BECHARA, E. Minidicionário da língua portuguesa
Evanildo Bechara (verbete consultado: inquilino).
Rio de Janeiro: editora Nova Fronteira, 2009.
"inquilino", in Dicionário Priberam da Língua
Portuguesa [em linha], 2008-2020,
https://dicionario.priberam.org/inquilino
[consultado em 26-06-2020].

Fonte: https://br.pinterest.com/pin/369576713148566700/, acesso em 26 de jun. De


2020.

2. VAMOS RELEMBRAR QUE A IDEIA DE CONSEQUÊNCIA ESTÁ LIGADA AOS ACONTECIMENTOS QUE OCORREM
DEPOIS E POR CAUSA DE ALGO QUE FOI FEITO POR ALGUÉM.
CONSIDERANDO ESTA IDEIA, ESCOLHA A OPÇÃO COM A AÇÃO DE MAFALDA QUE GEROU COMO
CONSEQUÊNCIA SUA ESCOLHA DE DEVOLVER O TROCO PARA A MÃE.

(A) ELA TER IDO FAZER A COMPRA NA PADARIA.


(B) ELA DAR ATENÇÃO ÀQUILO QUE O INQUILINO LHE DISSE SOBRE SER FEIO/ERRADO FICAR COM O TROCO.
(C) ELA ABRIR A MÃO PARA QUE AS MOEDAS CAÍSSEM NA MESA AO LADO DO SOFÁ.
(D) ELA TER COLOCADO SUA MÃO DIREITA SOBRE SEU PEITO.

1
ET3.2- Convivência e conflitos: consequências de minhas Atitudes e Ações no meio em que vivo. HF3: Identificar e elaborar
justificativas para hipóteses, verbalizando-as de maneira autônoma.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
3. E SE MAFALDA TIVESSE ESCOLHIDO USAR O TROCO PARA COMPRAR BALAS? O QUE SERÁ QUE PODERIA TER
ACONTECIDO DEPOIS? FAÇA UMA LISTA COM TRÊS ACONTECIMENTOS QUE PODERIAM ACONTECER CASO
ELA TIVESSE AGIDO DIFERENTE.

CONSEQUÊNCIAS:
O QUE PODERIA TER ACONTECIDO SE, EM VEZ DE DEVOLVER, MAFALDA TIVESSE FICADO COM O TROCO?

Respostas e comentários:
2) Opção B.
3) Resposta de elaboração pessoal. O exercício objetiva estimular a criança a antecipar consequências perante o
cenário hipotético.
ATIVIDADE 10 – HÁ UM INQUILINO DENTRO DE NÓS?12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, AUXILIE A CRIANÇA NAS LEITURAS E NAS ESCRITAS.

1. LEIA OS TEXTOS 1 E 2 COM ATENÇÃO.

TEXTO 1 - MAFALDA
TEXTO 2: INQUILINO
SIGNIFICADOS DE INQUILINO:

1. QUEM MORA EM IMÓVEL ALUGADO.

2. INQUILINO SE REFERE AOS SERES


VIVOS QUE HABITAM OU OCUPAM UM CORPO
DE OUTRO SER SEM LHE CAUSAR PREJUÍZO.

ADAPTADO DE:
BECHARA, E. Minidicionário da língua portuguesa
Evanildo Bechara (verbete consultado: inquilino).
Rio de Janeiro: editora Nova Fronteira, 2009.
"inquilino", in Dicionário Priberam da Língua
Portuguesa [em linha], 2008-2020,
https://dicionario.priberam.org/inquilino
[consultado em 26-06-2020].

Fonte: https://br.pinterest.com/pin/369576713148566700/, acesso em 26 de jun. De


2020.

2. EM SUA OPINIÃO, QUAL O SIGNIFICADO DA PALAVRA INQUILINO DO TEXTO 2 COMBINA MELHOR COM O
JEITO COMO MAFALDA USOU ESTA PALAVRA NA TIRINHA?

( ) SIGNIFICADO 1: INQUILINO É QUEM MORA EM IMÓVEL (CASA) ALUGADO.

( ) SIGNIFICADO 2: INQUILINO SE REFERE AOS ORGANISMOS QUE HABITAM OU OCUPAM UM CORPO SEM LHE
CAUSAR PREJUÍZO.

( ) UMA MISTURA DOS DOIS, MAS QUERENDO DIZER ALGO DIFERENTE DO QUE ESTÁ ESCRITO NELES.

1
ET3.2- Convivência e conflitos: consequências de minhas Atitudes e Ações no meio em que vivo. HF2: Identificar e elaborar
hipóteses coerentes com as questões propostas durante a discussão dos temas abordados.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
3. AFINAL, O QUE VOCÊ IMAGINA QUE SEJA ESSE INQUILINO “QUE A GENTE TEM AQUI DENTRO”? ESCOLHA A
OPÇÃO QUE PARA VOCÊ FAZ MAIS SENTIDO.
(A) ALGUM SER VIVO DIFERENTE QUE MORA DENTRO DAS PESSOAS.
(B) UMA CÓPIA PEQUENINA DO PRÓPRIO EU QUE MORA NO INTERIOR DAS PESSOAS.
(C) UMA PARTE DA MENTE/CONSCIÊNCIA DAS PESSOAS RELACIONADA AO SENTIMENTO QUE AS FAZ PERCEBER
O CERTO E O ERRADO E TAMBÉM AS INCLINA A QUERER FAZER AQUILO QUE AS FAÇAM SE SENTIR MELHOR
CONSIGO MESMAS.
(D) UMA PARTE DA MENTE/CONSCIÊNCIA DAS PESSOAS RELACIONADA AO PENSAMENTO QUE AS FAZ
ENTENDER O CERTO E O ERRADO E TAMBÉM JULGA O QUE ELAS PRÓPRIAS QUEREM FAZER.

Respostas e comentários:
2) É esperado que a criança escolha a última opção. Contudo, o objetivo do exercício é mais provocar reflexão e
hipóteses sobre o sentido em que as palavras são usadas do que pretender que a criança apreenda o uso metafórico
do termo inquilino na tirinha. Sendo assim, qualquer opção marcada constitui resposta válida.
3) É esperado que a criança escolha as opções C ou D. Contudo, o objetivo é que a criança questione-se sobre o que
seja o inquilino a que Mafalda se refere e proponha uma hipótese sobre seu sentido (trata-se, pois, de uma
aproximação da noção de consciência moral).
ATIVIDADE 11 – HÁ UM INQUILINO DENTRO DE MIM?12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, AUXILIE A CRIANÇA NAS LEITURAS E NAS ESCRITAS.

1. LEIA OS TEXTOS 1, 2 E 3 COM ATENÇÃO.


TEXTO 1 - MAFALDA
TEXTO 2: INQUILINO
SIGNIFICADOS DE INQUILINO:

1. QUEM MORA EM IMÓVEL ALUGADO.

2. INQUILINO SE REFERE AOS SERES


VIVOS QUE HABITAM OU OCUPAM UM CORPO
DE OUTRO SER SEM LHE CAUSAR PREJUÍZO.

ADAPTADO DE:
BECHARA, E. Minidicionário da língua portuguesa
Evanildo Bechara (verbete consultado: inquilino).
Rio de Janeiro: editora Nova Fronteira, 2009.
"inquilino", in Dicionário Priberam da Língua
Portuguesa [em linha], 2008-2020,
https://dicionario.priberam.org/inquilino
[consultado em 26-06-2020].

Fonte: https://br.pinterest.com/pin/369576713148566700/, acesso em 26 de jun.


De 2020.

TEXTO 3: COMENTANDO A TIRINHA


VOCÊ JÁ DEVE TER ENTENDIDO A TIRINHA: A MÃE PEDIU À MAFALDA QUE COMPRASSE ALGO NA PADARIA.
ELA FOI, COMPROU, E QUANDO RECEBEU O TROCO PENSOU EM FICAR COM ELE PARA COMPRAR BALAS.
MAS AÍ ALGO ACONTECEU: ELA COMEÇOU A SE QUESTIONAR SE AQUILO ESTAVA CORRETO OU ERRADO…
E ELA NÃO PARAVA DE PENSAR NISSO! POR FIM, A MENINA CONSIDEROU O QUE O INQUILINO LHE DIZIA E
DECIDIU FAZER O QUE NÃO QUERIA FAZER. AGIU CONTRA A PRÓPRIA VONTADE E ENTREGOU O TROCO À MÃE.
OU SEJA, ANTES DE FAZER ALGO, MAFALDA PENSOU SE DEVIA OU NÃO FAZER AQUILO.
O ENGRAÇADO É QUE ELA QUERIA E PODIA FICAR COM O TROCO; PARECE QUE NINGUÉM DESCOBRIRIA ISSO.
MAS DE TANTO PENSAR –E SEU PENSAMENTO NÃO A DEIXAVA EM PAZ–, DECIDIU ENTREGAR O TROCO...
E, MAIS QUE ENTREGAR O TROCO, AINDA POR CIMA CONTOU TUDO À MÃE: QUE PRETENDIA FICAR COM O
TROCO, MAS QUE NÃO CONSEGUIU, POIS NÃO PARAVA DE PENSAR SOBRE SE ISSO ESTAVA OU NÃO CORRETO.
CURIOSO É QUE PARA FALAR DESSE SEU LADO QUE MEIO QUE A OBRIGAVA A PENSAR E AVALIAR O QUE
PRETENDIA FAZER, MAFALDA USOU A PALAVRA INQUILINO. TALVEZ ELA ESTIVESSE QUERENDO DIZER QUE
EXISTE ALGO EM NÓS QUE FUNCIONA MEIO QUE SEPARADO DE NOSSA VONTADE, NOS LEVANDO A REFLETIR E
JULGAR O QUE QUEREMOS FAZER.

1
ET3.2- Convivência e conflitos: consequências de minhas Atitudes e Ações no meio em que vivo. HF1: Identificar e
elaborar questionamentos pertinentes aos temas abordados.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
2. CONSIDERANDO AS LEITURAS, EU LHE CONVIDO A MEDITAR: VOCÊ TAMBÉM TEM UM INQUILINO COMO O
DE MAFALDA?

( ) SIM. ESCREVA NA TABELA ABAIXO SOBRE O SEU INQUILINO (SE ELE COSTUMA FALAR MUITO COM VOCÊ, EM
QUAIS MOMENTOS E O QUE ELE COSTUMA LHE DIZER NESSAS HORAS):

COMO É O MEU INQUILINO?


ELE COSTUMA FALA MUITO SIM NÃO
COM VOCÊ?

EM QUAIS MOMENTOS ELE


COSTUMA FALAR COM VOCÊ?

O QUE ELE COSTUMA LHE


DIZER NESSAS HORAS?

( ) NÃO. ESCREVA NA TABELA ABAIXO SOBRE UM INQUILINO DE FAZ DE CONTA (SE VOCÊ GOSTARIA DE TER UM
INQUILINO COMO O DE MAFALDA, EM QUAIS MOMENTOS GOSTARIA QUE ELE LHE DISSESSE ALGUMA COISA E QUE
TIPOS DE FALAS ESPERARIA DELE):

SE VOCÊ TIVESSE, COMO SERIA O SEU INQUILINO?


SIM NÃO EXPLIQUE SUA RESPOSTA:
VOCÊ GOSTARIS DE TER UM
INQUILINO COMO O DE
MAFALDA?

EM QUAIS MOMENTOS
GOSTARIA QUE ELE LHE
DISSESSE ALGUMA COISA?

VOCÊ GOSTARIA QUE ELE LHE


DISSESSE QUE TIPO DE
COISAS? POR QUÊ?

3. COMO VOCÊ IMAGINA QUE MAFALDA SE SENTIRIA SE ELA NÃO TIVESSE DADO OUVIDOS AO QUE O
“INQUILINO” LHE DISSE? EXPLIQUE SUA RESPOSTA.

EU IMAGINO QUE MAFALADA TERIA SE SENTIDO


_______________________________________________________.

EU PENSO QUE ELA SE SENTIRIA ASSIM PORQUE _______________________________________________________

_______________________________________________________________________________________________

Respostas e comentários:
2) Resposta pessoal da criança. Objetivo é estimular a criança a se questionar e refletir de modo a identificar temas e
noções (neste caso a de consciência moral) em suas vivências. 3) Resposta pessoal da criança. A atividade objetiva
estimular a criança a propor hipóteses sobre os estados internos da personagem.
ATIVIDADE 12 – DUAS ESCOLHAS, DIFERENTES CONSEQUÊNCIAS 12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, AUXILIE A CRIANÇA NAS LEITURAS E NAS ESCRITAS.

1. LEIA O TEXTO ABAIXO COM ATENÇÃO. APÓS A LEITURA, CRIE UM TÍTULO QUE REPRESENTE BEM A
HISTÓRIA.

TÍTULO: ______________________________________________________________________________

EM UM BAIRRO DE INDAIATUBA, HÁ UMA CRIANÇA DE 8 ANOS QUE GOSTA MUITO DE SUBIR EM


ÁRVORES. ELA É A CRIANÇA QUE MELHOR SOBE EM ÁRVORES NA VIZINHANÇA.

UM DIA, ENQUANTO DESCIA DE UMA ÁRVORE ALTA, CAIU DO ÚLTIMO GALHO, MAS, ENQUANTO CAIA
FEZ DE TUDO PARA SE AGARRAR AOS GALHOS E FOLHAS. POR ISSO, NÃO SE MACHUCOU – SÓ TEVE UNS
ARRANHÕES, MAS NADA GRAVE.

PORÉM, SEU PAI A VIU CAIR. ELE FICA MUITO PREOCUPADO E PEDE QUE ELA PROMETA NUNCA MAIS
SUBIR EM ÁRVORES. A CRIANÇA PROMETE AO PAI NUNCA MAIS SUBIR EM ÁRVORES.

MAIS TARDE, NAQUELE MESMO DIA, ELA ENCONTRA SEUS MELHORES AMIGOS, OS GÊMEOS BEATRIZ E
BERNARDO, QUE ESTAVAM CHORANDO.

AO CONVERSAR COM ELES DESCOBRE QUE O GATINHO DELES SUBIU EM UMA ÁRVORE E NÃO
CONSEGUIA MAIS DESCER.

E AGORA? ALGUMA COISA TEM QUE SER FEITA LOGO, OU O GATINHO PODE CAIR.

ELA É A ÚNICA CRIANÇA QUE SABE SUBIR EM ÁRVORES SUFICIENTEMENTE BEM PARA ALCANÇAR O
GATO E SALVÁ-LO, MAS ELA LEMBRA-SE DA PROMESSA QUE FEZ AO PAI.

E AGORA, QUE ESCOLHA FAZER?


Adaptado de SELMAN e BYRNE, 1974, apud. BERNS, R. M. O desenvolvimento da criança. São Paulo: Edições Loyola, 2002, p. 627 3.

2. SE A CRIANÇA ESCOLHER RESGATAR O GATO DOS AMIGOS, O QUE PODE ACONTECER POR CAUSA DE TER
FEITO ESTA ESCOLHA? OU SEJA, QUAIS SÃO AS CONSEQUÊNCIAS POSSÍVEIS, CASO A CRIANÇA ESCOLHA
RESGATAR O GATO DOS AMIGOS?
FAÇA UMA LISTA DE PELO MENOS TRÊS ACONTECIMENTOS QUE PODEM OCORRER SE A ESCOLHA FOR FAZER
O RESGATE. CLARO, SE VOCÊ PREFERIR, PODE FAZER UMA LISTA COM MAIS DE TRÊS CONSEQUÊNCIAS.

CONSEQUÊNCIA 1: ________________________________________________________________________________

CONSEQUÊNCIA 2: ________________________________________________________________________________

CONSEQUÊNCIA 3: ________________________________________________________________________________

1
ET3.2- Convivência e conflitos: consequências de minhas Atitudes e Ações no meio em que vivo. HF2: Identificar e elaborar
hipóteses coerentes com as questões propostas durante a discussão dos temas abordados.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
3
Disponível em https://books.google.com.br/books?id=cl8N50PSqo8C&pg=PA627&lpg=PA627&dq=dilema+moral+do+gatinho&source=bl&ots=9ZDxzHyGFA&sig=ACfU3U0Nu-
7Y1GV4dnyERx15OE9ZBwpUag&hl=pt-BR&sa=X&ved=2ahUKEwjlgsLo9rDqAhXhE7kGHduYC5UQ6AEwBHoECAkQAQ#v=onepage&q=dilema%20moral%20do%20gatinho&f=false .
Acesso em 03 de jul. de 2020.
3. E SE A CRIANÇA ESCOLHER CUMPRIR A PROMESSA QUE FEZ AO PAI, O QUE PODE ACONTECER POR CAUSA
DE TER FEITO ESTA ESCOLHA? OU SEJA, QUAIS SÃO AS CONSEQUÊNCIAS POSSÍVEIS, CASO A CRIANÇA
ESCOLHA CUMPRIR A PROMESSA QUE FEZ AO PAI?
FAÇA UMA LISTA DE PELO MENOS TRÊS ACONTECIMENTOS QUE PODEM OCORRER SE A ESCOLHA FOR
CUMPRIR A PROMESSA. CLARO, SE VOCÊ PREFERIR, PODE FAZER UMA LISTA COM MAIS DE TRÊS
CONSEQUÊNCIAS.

CONSEQUÊNCIA 1:
________________________________________________________________________________

CONSEQUÊNCIA 2:
________________________________________________________________________________

CONSEQUÊNCIA 3:
________________________________________________________________________________

Respostas e comentários:
Exercícios 2 e 3: Respostas pessoais da criança. As questões visam estimular a antecipação de consequências pela
criança em diferentes contextos.
ATIVIDADE 13 – BOAS E MÁS CONSEQUÊNCIAS12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, AUXILIE A CRIANÇA NAS LEITURAS E NAS ESCRITAS.

1. RELEIA O TEXTO DA ÚLTIMA ATIVIDADE. CRIE UM TÍTULO QUE REPRESENTE BEM A HISTÓRIA MAS QUE SEJA
DIFERENTE DO CRIADO NA ÚLTIMA ATIVIDADE.

TÍTULO: ______________________________________________________________________________

EM UM BAIRRO DE INDAIATUBA, HÁ UMA CRIANÇA DE 8 ANOS QUE GOSTA MUITO DE SUBIR EM


ÁRVORES. ELA É A CRIANÇA QUE MELHOR SOBE EM ÁRVORES NA VIZINHANÇA.

UM DIA, ENQUANTO DESCIA DE UMA ÁRVORE ALTA, CAIU DO ÚLTIMO GALHO, MAS, ENQUANTO CAIA
FEZ DE TUDO PARA SE AGARRAR AOS GALHOS E FOLHAS. POR ISSO, NÃO SE MACHUCOU – SÓ TEVE UNS
ARRANHÕES, MAS NADA GRAVE.

PORÉM, SEU PAI A VIU CAIR. ELE FICA MUITO PREOCUPADO E PEDE QUE ELA PROMETA NUNCA MAIS
SUBIR EM ÁRVORES. A CRIANÇA PROMETE AO PAI NUNCA MAIS SUBIR EM ÁRVORES.

MAIS TARDE, NAQUELE MESMO DIA, ELA ENCONTRA SEUS MELHORES AMIGOS, OS GÊMEOS BEATRIZ E
BERNARDO, QUE ESTAVAM CHORANDO.

AO CONVERSAR COM ELES DESCOBRE QUE O GATINHO DELES SUBIU EM UMA ÁRVORE E NÃO
CONSEGUIA MAIS DESCER.

E AGORA? ALGUMA COISA TEM QUE SER FEITA LOGO, OU O GATINHO PODE CAIR.

ELA É A ÚNICA CRIANÇA QUE SABE SUBIR EM ÁRVORES SUFICIENTEMENTE BEM PARA ALCANÇAR O
GATO E SALVÁ-LO, MAS ELA LEMBRA-SE DA PROMESSA QUE FEZ AO PAI.

E AGORA, QUE ESCOLHA FAZER?


Adaptado de SELMAN e BYRNE, 1974, apud. BERNS, R. M. O desenvolvimento da criança. São Paulo: Edições Loyola, 2002, p. 627 3.

2. EM SUA OPINIÃO, QUAL O MELHOR E O PIOR ACONTECIMENTO QUE PODE OCORRER SE A CRIANÇA
ESCOLHER AJUDAR OS AMIGOS? EXPLIQUE SUAS RESPOTAS.
E SE A CRIANÇA DECIDIR AJUDAR OS
AMIGOS, O QUE PODERIA DESCRIÇÃO DOS ACONTECIMENTOS EXPLICAÇÕES
ACONTECER...
POR QUE VOCÊ ACHA QUE ESTE SERIA O
MELHOR ACONTECIMENTO?

DE MELHOR

DE PIOR POR QUE VOCÊ ACHA QUE ESTE SERIA O


PIOR ACONTECIMENTO?

1
ET3.2- Convivência e conflitos: consequências de minhas Atitudes e Ações no meio em que vivo. HF2: Identificar e elaborar
hipóteses coerentes com as questões propostas durante a discussão dos temas abordados.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
3
Disponível em https://books.google.com.br/books?id=cl8N50PSqo8C&pg=PA627&lpg=PA627&dq=dilema+moral+do+gatinho&source=bl&ots=9ZDxzHyGFA&sig=ACfU3U0Nu-
7Y1GV4dnyERx15OE9ZBwpUag&hl=pt-BR&sa=X&ved=2ahUKEwjlgsLo9rDqAhXhE7kGHduYC5UQ6AEwBHoECAkQAQ#v=onepage&q=dilema%20moral%20do%20gatinho&f=false .
Acesso em 03 de jul. de 2020.
3. EM SUA OPINIÃO, QUAL O MELHOR E O PIOR ACONTECIMENTO QUE PODE OCORRER SE A CRIANÇA
ESCOLHER CUMPRIR A PROMESSA QUE FEZ AO PAI? EXPLIQUE SUAS RESPOTAS.

E SE A CRIANÇA DECIDIR AJUDAR OS


AMIGOS, O QUE PODERIA DESCRIÇÃO DOS ACONTECIMENTOS EXPLICAÇÕES
ACONTECER...
POR QUE VOCÊ ACHA QUE ESTE SERIA O
MELHOR ACONTECIMENTO?

DE MELHOR

POR QUE VOCÊ ACHA QUE ESTE SERIA O


PIOR ACONTECIMENTO?

DE PIOR

Comentários e respostas:
Exercícios 2 e 3: As questões objetivam estimular a avaliação pessoal de situações pela criança, solicitando a
mobilização de justificativas e explicações para os posicionamentos adotados.
ATIVIDADE 14 – DEU RUIM!12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, AUXILIE A CRIANÇA NAS LEITURAS E NAS ESCRITAS.

1. VOCÊ JÁ DEVE TER ENTENDIDO: CONSEQUÊNCIA É O EFEITO DE ALGUM ATO; É O QUE ACONTECE DEPOIS
E POR CAUSA DE ALGO QUE ALGUÉM FEZ. ALGUMAS VEZES FAZEMOS COISAS QUE PODEM GERAR
CONSEQUÊNCIAS RUINS, OU SEJA, ELAS DESVALORIZAM OU PREJUDICAM AOS OUTROS OU A NÓS
MESMOS.

POR EXEMPLO: QUANDO FALAMOS QUE O VIDRO DA JANELA QUEBROU ‘POR CAUSA’ DE A BOLA O TER
ATINGIDO, ESTAMOS APONTANDO UMA CONSEQUÊNCIA: A BOLA
ATINGIR A JANELA GEROU UMA CONSEQUÊNCIA, A QUEBRA DO VIDRO.
VEJA QUE MINHA AÇÃO (CHUTAR A BOLA) ACABOU TRAZENDO UMA
CONSEQUÊNCIA (QUEBRAR O VIDRO DA JANELA) QUE NÃO FOI MUITO
LEGAL PARA O VIZINHO, O DONO DA VIDRAÇA QUEBRADA. MAS ISTO FOI
RUIM PARA MIM TAMBÉM, POIS QUANDO MEUS PAIS FICAREM
SABENDO, CERTAMENTE ME DARÃO UMA BAITA BRONCA E PODEM ME
DEIXAR DE CASTIGO, MESMO QUE EU NÃO TENHA TIDO A INTENÇÃO DE
PREJUDICAR O VIZINHO.

ENTÃO, CONSIDERANDO A IDEIA DE CONSEQUÊNCIA, PENSE E RESPONDA:

a) USE A TABELA ABAIXO PARA FAZER O REGISTRO SOBRE ALGUMA SITUAÇÃO EM QUE VOCÊ TENHA FEITO ALGO
QUE SABIA QUE GERARIA ALGUMA CONSEQUÊNCIA RUIM PARA OUTRA PESSOA.

MINHA INTENÇÃO:
O QUE VOCÊ PRETENDIA ALCANÇAR COM
AQUILO QUE QUERIA FAZER? ERA ALGO RUIM
OU BOM? POR QUE QUERIA FAZER ISSO?

MINHA AÇÃO:
O QUE VOCÊ REALMENTE FEZ?

CONSEQUÊNCIA DE MINHA AÇÃO:


SUA AÇÃO RESULTOU EM QUE PARA A
OUTRA PESSOA? O QUE ACONTECEU COM A
OUTRA PESSOA POR CAUSA DO QUE VOCÊ
FEZ?

REAÇÃO DA PESSOA:
COMO A PESSOA REAGIU AO QUE VOCÊ FEZ?
O QUE ELA FEZ? O QUE SERÁ QUE ELA
SENTIU?

1
ET3.2- Convivência e conflitos: consequências de minhas Atitudes e Ações no meio em que vivo. HF1: Identificar e elaborar
questionamentos pertinentes aos temas abordados.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
b) USE A TABELA ABAIXO PARA FAZER O REGISTRO SOBRE ALGUMA SITUAÇÃO EM QUE TENHA FEITO ALGO QUE
SABIA QUE GERARIA ALGUMA CONSEQUÊNCIA RUIM PARA VOCÊ.

MINHA INTENÇÃO:
O QUE VOCÊ PRETENDIA ALCANÇAR COM
AQUILO QUE QUERIA FAZER? ERA ALGO RUIM
OU BOM? POR QUE QUERIA FAZER ISSO?

MINHA AÇÃO:
O QUE VOCÊ FEZ?

CONSEQUÊNCIA DE MINHA AÇÃO:


SUA AÇÃO RESULTOU EM QUE PARA VOCÊ? O
QUE ACONTECEU COM VOCÊ POR CAUSA DO
QUE VOCÊ MESMO (A) FEZ?

SUA REAÇÃO:
COMO VOCÊ REAGIU À CONSEQUÊNCIA DE
SUA AÇÃO? O QUE VOCÊ SENTIU DEPOIS QUE
VEIO A CONSEQUÊNCIA? E O QUE VOCÊ FEZ?

Comentários e respostas:
Exercícios de elaboração pessoal da criança, objetivando estimulá-la a se questionar sobre as próprias vivências que
podem ser compreendidas a partir da noção de consequência.
Fonte imagem: https://www.canstockphoto.com.br/vidro-bolas-quebrar-10881748.html. Acesso em 26/02/2021
ATIVIDADE 15 – DEU BOM!12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, AUXILIE A CRIANÇA NAS LEITURAS E NAS ESCRITAS.

1. VOCÊ JÁ DEVE TER ENTENDIDO: CONSEQUÊNCIA É O EFEITO DE ALGUM ATO; É O QUE ACONTECE DEPOIS
E POR CAUSA DE ALGO QUE ALGUÉM FEZ. ALGUMAS VEZES FAZEMOS COISAS QUE PODEM GERAR
CONSEQUÊNCIAS BOAS, OU SEJA, ELAS VALORIZAM OU AJUDAM AOS OUTROS OU A NÓS MESMOS.

POR EXEMPLO: UMA CIDADE REALIZA JÁ HÁ CINCO ANOS NAS ESCOLAS DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES
UM PROJETO SOBRE ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL, PRÁTICAS
ESPORTIVAS E ACOMPANHAMENTO MÉDICO. ASSIM, COM O PASSAR
DO TEMPO FOI SENDO OBSERVADA A DIMINUIÇÃO DAS DOENÇAS
RELACIONADAS À OBESIDADE TANTO ENTRE CRIANÇAS COMO
TAMBÉM ENTRE ADULTOS.
FICA FÁCIL ENTENDER A IDEIA AQUI: O PROJETO GEROU
COMO CONSEQUÊNCIA UM EFEITO DE DIMINUIÇÃO DOS CASOS DE
OBESIDADE E DAS DOENÇAS ASSOCIADAS A ELA. E ISSO FOI BOM
TANTO PARA AS CRIANÇAS, QUE PASSARAM A FICAR MENOS
DOENTES, COMO PARA SEUS PAIS, QUE PASSARAM A GASTAR
MENOS DINHEIRO COM A COMPRA DE ALIMENTOS CAROS
QUE NÃO FAZEM BEM À SAÚDE, E TAMBÉM FOI BOM PARA A
CIDADE, QUE DIMINUIU GASTOS COM AQUELES TIPOS DE
DOENÇAS RELACIONADAS À OBESIDADE E PODE INVESTIR EM
OUTROS SERVIÇOS DE UTILIDADE PARA TODOS.
VEJA QUE NESTA HISTÓRIA A COMBINAÇÃO DE
VÁRIAS AÇÕES (DA PREFEITURA, DOS PROFESSORES, DAS
CRIANÇAS, DOS PAIS) GEROU DIVERSAS CONSEQUÊNCIAS E
BOAS PARA TODOS (DIMINUIÇÃO DE PROBLEMAS DE SAÚDE
QUE PODEM SER EVITADOS; MELHORA NA AUTOESTIMA DE
ALGUMAS PESSOAS; MUDANÇAS NA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR;
MUDANÇA DE HÁBITOS NAS PESSOAS E NAS FAMÍLIAS; ECONOMIA DE DINHEIRO PELAS FAMÍLIAS E PELA
PREFEITURA; INVESTIMENTO DA PREFEITURA EM OUTRAS ÁREAS COM O DINEHIRO ECONOMIZADO).

ENTÃO, CONSIDERANDO A IDEIA DE CONSEQUÊNCIA, PENSE E RESPONDA:

1
ET3.2- Convivência e conflitos: consequências de minhas Atitudes e Ações no meio em que vivo. HF1: Identificar e elaborar
questionamentos pertinentes aos temas abordados.
2
Autoria: Prof. William Wolf E. P. Vieira.
a) USE A TABELA ABAIXO PARA FAZER O REGISTRO SOBRE ALGUMA SITUAÇÃO EM QUE TENHA FEITO ALGO QUE
VOCÊ SABIA QUE GERARIA ALGUMA CONSEQUÊNCIA BOA PARA OUTRA PESSOA.

MINHA INTENÇÃO:
O QUE VOCÊ PRETENDIA ALCANÇAR COM
AQUILO QUE QUERIA FAZER? ERA ALGO RUIM
OU BOM? POR QUE QUERIA FAZER ISSO?

MINHA AÇÃO:
O QUE VOCÊ REALMENTE FEZ?

CONSEQUÊNCIA DE MINHA AÇÃO:


SUA AÇÃO RESULTOU EM QUE PARA A
OUTRA PESSOA? O QUE ACONTECEU COM A
OUTRA PESSOA POR CAUSA DO QUE VOCÊ
FEZ?

REAÇÃO DA PESSOA:
COMO A PESSOA REAGIU AO QUE VOCÊ FEZ?
O QUE ELA FEZ? O QUE SERÁ QUE ELA
SENTIU?

b) USE A TABELA ABAIXO PARA FAZER O REGISTRO SOBRE ALGUMA SITUAÇÃO EM QUE TENHA FEITO ALGO QUE
SABIA QUE GERARIA ALGUMA CONSEQUÊNCIA BOA PARA VOCÊ.

MINHA INTENÇÃO:
O QUE VOCÊ PRETENDIA ALCANÇAR COM
AQUILO QUE QUERIA FAZER? ERA ALGO
RUIM OU BOM? POR QUE QUERIA FAZER
ISSO?

MINHA AÇÃO:
O QUE VOCÊ FEZ?

CONSEQUÊNCIA DE MINHA AÇÃO:


SUA AÇÃO RESULTOU EM QUE PARA VOCÊ?
O QUE ACONTECEU COM VOCÊ POR CAUSA
DO QUE VOCÊ MESMO (A) FEZ?

SUA REAÇÃO:
COMO VOCÊ REAGIU À CONSEQUÊNCIA DE
SUA AÇÃO? O QUE VOCÊ SENTIU DEPOIS
QUE VEIO A CONSEQUÊNCIA? E O QUE
VOCÊ FEZ?
Comentários e respostas:
Exercícios de elaboração pessoal da criança, objetivando estimulá-la a se questionar sobre as próprias vivências que
podem ser compreendidas a partir da noção de consequência.
Fonte imagens: https://jundiai.sp.gov.br/noticias/2018/03/15/educacao-fortalece-acoes-de-enfrentamento-da-obesidade-infantil/.
http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2017/05/projeto-de-combate-obesidade-mobiliza-cidade-no-interior-de-sp.html. Acessos em 26/02/2021.
ATIVIDADE 16 – CONVIVÊNCIA12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, AUXILIE A CRIANÇA NAS LEITURAS E NAS ESCRITAS.

AULA 01
MOMENTO 1: Convivência: escolhas, ações e consequências.

Leia o texto abaixo.

CONVIVÊNCIA
CONVIVÊNCIA É VIVER SEMPRE JUNTO COM ALGUÉM, É VIVER COM OUTRAS PESSOAS. ARISTÓTELES,
NOSSO AMIGUINHO LOGO ABAIXO, DIZIA:

Ninguém nasceu
para viver
sozinho.

POR ISSO, TEMOS UMA FAMÍLIA. SEMPRE TEREMOS ALGUÉM


PARA CONVERSAR, PARA OUVIR, PARA BRINCAR, CORRER E JOGAR BOLA.

CONVIVÊNCIA É ISSO, É SEMPRE TER ALGUÉM CONOSCO. E ONDE


EXISTEM PESSOAS, EXISTEM CONFLITOS.

MAS, O QUE SÃO OS CONFLITOS? É QUANDO NÃO CONCORDO


COM AS PESSOAS; CONFLITOS PODEM VIRAR OFENSAS E SE TORNAR
BRIGAS.

E, POR QUE OCORREM ESSES CONFLITOS? É PORQUE NESTE MUNDO NINGUÉM É IGUAL A NINGUÉM.
TODAS AS PESSOAS DO MUNDO TÊM UM JEITO DE PENSAR, UM JEITO DE AGIR E UM JEITO DE FALAR. E É ISSO
QUE NOS TORNA DIFERENTES, ESPECIAIS E ÚNICOS.

PODEMOS CONVIVER EM VÁRIOS LUGARES, COMO EM CASA, SHOPPING, PARQUES, ENFIM; E DEVEMOS
TOMAR MUITO CUIDADO COM NOSSAS ATITUDES E AÇÕES NESSES LUGARES.

CONFORME VAMOS CRESCENDO, VAMOS APRENDENDO QUE SEMPRE DEVEMOS FAZER ESCOLHAS. SÓ
QUE EXISTEM DOIS TIPOS DE ESCOLHAS AS QUE CHAMAMOS DE ESCOLHAS BOAS, OU SEJA, AQUELAS QUE NÃO
PREJUDICAM NINGUÉM E ATÉ MESMO PODEM AJUDAR AS PESSOAS. E AS ESCOLHAS RUINS, QUE SÃO AQUELAS
QUE A GENTE PREJUDICA ALGUÉM, MAGOANDO OU DESRESPEITANDO.

PORTANTO, VAMOS EVITAR FAZER AQUILO QUE NÃO GOSTARÍAMOS QUE FIZESSEM CONOSCO E NUNCA
PODEMOS NOS ESQUECER QUE POR TRÁS DE NOSSAS ESCOLHAS, SEMPRE EXISTEM AS CONSEQUÊNCIAS.

AUTOR: PROFº ALESSANDRO DE O. CARDOSO

Referência imagem: Aristóteles. / Maria de Nazareth Agra Hassen. – Ilustrado por Francisco Juska Filho. – Porto Alegre: Tomo Editorial, 2018. 32 p.: il.-
(Coleção Filosofinhos, v. 9).

A PARTIR DA LEITURA DO TEXTO ACIMA, RESPONDA AS QUESTÕES ABAIXO:

1
ET3.2- Convivência e conflitos: consequências de minhas Atitudes e Ações no meio em que vivo. HF3: Identificar e elaborar
justificativas para hipóteses, verbalizando-as de maneira autônoma.
2
Autoria: Alessandro Cardoso.
1. QUEM SÃO AS PESSOAS COM QUEM VOCÊ CONVIVE?

_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
ATENÇÃO PROFESSOR (A):
_______________________________________________________________________________________________
ESTA ATIVIDADE PODE SER
‘QUEBRADA’, GERANDO MAIS
2. VOCÊ TEM UMA BOA CONVIVÊNCIA COM AS PESSOAS QUE VOCÊ CONVIVE? ATIVIDADES.
( ) SIM, É BOA PORQUE ___________________________________________________________________________

( ) NÃO, PORQUE _______________________________________________________________________________

MOMENTO 2: ESCOLHAS BOAS E ESCOLHAS RUINS.

1. PARA VOCÊ, O QUE É FAZER ESCOLHAS BOAS? VOCÊ JÁ FEZ ALGUMA ESCOLHA QUE ACHOU QUE FOI BOA?

_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

2. PARA VOCÊ, O QUE É FAZER ESCOLHAS RUINS? VOCÊ JÁ, FEZ ALGUMA ESCOLHA QUE ACHOU QUE FOI RUIM?

_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

3. MARQUE COM UM X AS CARACTERÍSTICAS QUE, NA SUA OPINIÃO, MOSTRA QUANDO AS PESSOAS AGEM BEM:

A) ( ) QUANDO ELA É AMIGA.


B) ( ) QUANDO ELA É COMPANHEIRA.
C) ( ) QUANDO ELA É BRIGUENTA.
D) ( ) QUANDO ELA MAGOA AS PESSOAS.
E) ( ) QUANDO ELA RESPEITA OS PAIS, OS MAIS VELHOS E OS PROFESSORES.

CASO VOCÊ POSSA E DESEJE, APROFUNDE A SÓ PRA SE DIVERTIR...


COMPREENSÃO DO TEMA ASSISTINDO AOS VÍDEOS 1- e 2-
Links: 1<>; 2<>, acessos em 08 de jun. de 2020.

Comentários e respostas:
MOMENTO 1
1. Resposta pessoal do aluno. A questão tem o objetivo de levar o aluno a identificar as pessoas de seu convívio (é
provável que cite: pai, mãe, irmão, irmã, tio, tia, avó, avô, primo, prima, entre outras possibilidades).
2. Resposta pessoal do aluno. A questão tem o objetivo de estimular o aluno a avaliar a qualidade da convivência
instituída em seu cotidiano.

MOMENTO 2
1. Resposta pessoal do aluno. A questão tem o objetivo de estimular o aluno a definir e refletir sobre o valor das
escolhas.

2. Resposta pessoal do aluno. A questão tem o objetivo de estimular o aluno a definir e refletir sobre o valor das
escolhas.
3. É altamente provável que o aluno marque as opções tal como o indicado abaixo:
a) - ( X ) Quando ela é amiga.
b) - ( X ) Quando ela é companheira.
c) - ( ) Quando ela é briguenta.
d) - ( ) Quando ela magoa as pessoas.
e) - ( X ) Quando ela respeita os pais, os mais velhos e os professores.
ATIVIDADE 17 – CRUZADINHA SOBRE A CONVIVÊNCIA12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, AUXILIE A CRIANÇA NAS LEITURAS E NAS ESCRITAS.

AULA 02
MOMENTO 1: CONVIVÊNCIA: ESCOLHAS, AÇÕES E CONSEQUÊNCIAS.

VAMOS RELER O TEXTO DA AULA ANTERIOR.

CONVIVÊNCIA
CONVIVÊNCIA É VIVER SEMPRE JUNTO COM ALGUÉM, É VIVER COM OUTRAS PESSOAS. ARISTÓTELES,
NOSSO AMIGUINHO LOGO ABAIXO, DIZIA:

Ninguém nasceu
para viver
sozinho.

POR ISSO, TEMOS UMA FAMÍLIA. SEMPRE TEREMOS ALGUÉM


PARA CONVERSAR, PARA OUVIR, PARA BRINCAR, CORRER E JOGAR BOLA.

CONVIVÊNCIA É ISSO, É SEMPRE TER ALGUÉM CONOSCO. E ONDE


EXISTEM PESSOAS, EXISTEM CONFLITOS.

MAS, O QUE SÃO OS CONFLITOS? É QUANDO NÃO CONCORDO


COM AS PESSOAS; CONFLITOS PODEM VIRAR OFENSAS E SE TORNAR
BRIGAS.

E, POR QUE OCORREM ESSES CONFLITOS? É PORQUE NESTE MUNDO NINGUÉM É IGUAL A NINGUÉM.
TODAS AS PESSOAS DO MUNDO TÊM UM JEITO DE PENSAR, UM JEITO DE AGIR E UM JEITO DE FALAR. E É ISSO
QUE NOS TORNA DIFERENTES, ESPECIAIS E ÚNICOS.

PODEMOS CONVIVER EM VÁRIOS LUGARES, COMO EM CASA, SHOPPING, PARQUES, ENFIM; E DEVEMOS
TOMAR MUITO CUIDADO COM NOSSAS ATITUDES E AÇÕES NESSES LUGARES.

CONFORME VAMOS CRESCENDO, VAMOS APRENDENDO QUE SEMPRE DEVEMOS FAZER ESCOLHAS. SÓ
QUE EXISTEM DOIS TIPOS DE ESCOLHAS AS QUE CHAMAMOS DE ESCOLHAS BOAS, OU SEJA, AQUELAS QUE NÃO
PREJUDICAM NINGUÉM E ATÉ MESMO PODEM AJUDAR AS PESSOAS. E AS ESCOLHAS RUINS, QUE SÃO AQUELAS
QUE A GENTE PREJUDICA ALGUÉM, MAGOANDO OU DESRESPEITANDO.

PORTANTO, VAMOS EVITAR FAZER AQUILO QUE NÃO GOSTARÍAMOS QUE FIZESSEM CONOSCO E NUNCA
PODEMOS NOS ESQUECER QUE POR TRÁS DE NOSSAS ESCOLHAS, SEMPRE EXISTEM AS CONSEQUÊNCIAS.

AUTOR: PROFº ALESSANDRO DE O. CARDOSO

Referência imagem: Aristóteles. / Maria de Nazareth Agra Hassen. – Ilustrado por Francisco Juska Filho. – Porto Alegre: Tomo Editorial, 2018. 32 p.: il.-
(Coleção Filosofinhos, v. 9).

1
ET3.2- Convivência e conflitos: consequências de minhas Atitudes e Ações no meio em que vivo. HF3: Identificar e elaborar
justificativas para hipóteses, verbalizando-as de maneira autônoma.
2
Autoria: Alessandro Cardoso.
MOMENTO 2: BOAS MANEIRAS.
PARA TODO MUNDO TER UMA BOA CONVIVÊNCIA É PRECISO TER BOAS MANEIRAS, COMPLETE OS TRAÇOS

1. QUANDO PEÇO ALGO PARA ALGUÉM, O QUE DEVO FALAR?


EXEMPLO: P O R F A V O R.
2. EU PRECISO TER MUITO R __ __ __ __ __ __ O, PELOS MEUS RESPONSÁVEIS.
3. EU TENHO QUE TER MUITA E __ __ __ __ Ç __ __ PARA COM OS MAIS VELHOS.
4. EU SEMPRE TENHO QUE AGRADECER, AS COISAS QUE FAZEM POR MIM, FALANDO O __ __ __ G __ __ __.
5. TODA VEZ QUE CHEGO EM ALGUM LUGAR, PARA ENTRAR DEVO PEDIR C __ __ L __ C __ __ Ç __.
6. TODA VEZ QUE ACORDO, QUANDO VEJO AS PESSOAS LOGO CEDO, DEVO DESEJAR-LHES UM B __ __ D __ __.
7. TODA VEZ QUE ESBARRO OU TROPEÇO EM ALGUÉM, DEVO PEDIR-LHE D __ __ __ __ __ P __.
PREENCHA A CRUZADINHA COM AS RESPOSTAS NOS TRAÇADOS.
01
P
O 03 04
02 R E O
06 B D
F
A
V G
O Ç
R 07 D P
05 C L C Ç

MOMENTO 3: CONVIVÊNCIA E BOAS MANEIRAS.

1. RELATE UMA SITUAÇÃO EM QUE VOCÊ AGIU COM BOAS MANEIRAS.


ATENÇÃO PROFESSOR (A):
_______________________________________________________________________________________________
ESTA ATIVIDADE PODE SER
_______________________________________________________________________________________________
‘QUEBRADA’, GERANDO MAIS
_______________________________________________________________________________________________
ATIVIDADES.
_______________________________________________________________________________________________

2. RELATE UMA SITUAÇÃO EM QUE VOCÊ NÃO AGIU COM BOAS MANEIRAS.
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

3. EM SUA OPINIÃO, POR QUE AS BOAS MANEIRA EXISTEM?


_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
4. VOCÊ PENSA QUE AS BOAS MANEIRAS TÊM A VER COM CONVIVÊNCIA? POR QUÊ?
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

Comentários e respostas:
MOMENTO 2
Cruzadinha das boas maneiras.
1. Quando peço algo para alguém, o que devo falar?
Exemplo: P O R F A V O R.
2. Eu preciso ter muito R E S P E I T O, pelos meus responsáveis.
3. Eu tenho que ter muita E D U C A Ç Ã O para com os mais velhos.
4. Eu sempre tenho que agradecer, as coisas que fazem por mim, falando O B R I G A D O.
5. Toda vez que chego em algum lugar, para entrar devo pedir C O M L I C E N Ç A.
6. Toda vez que acordo, quando vejo as pessoas logo cedo, devo desejar-lhes um B O M D I A.
7. Toda vez que esbarro ou tropeço em alguém, devo pedir-lhe D E S C U L P A.

01
P
O 03 04
02 R E S P E I T O
D 06 B O M D I A
F U R
A C I
V A G
O Ç A
R A 07 D E S C U L P A
O 05 C O M L I C E N Ç A

MOMENTO 3
1. Resposta pessoal do aluno. A questão objetiva estimular o aluno a refletir sobre a própria conduta.
2. Resposta pessoal do aluno. A questão objetiva estimular o aluno a refletir sobre a própria conduta.
3. Resposta de elaboração pessoal do aluno. A questão objetiva estimular o aluno a refletir e a propor hipóteses.
4. Resposta de elaboração pessoal do aluno. A questão objetiva estimular o aluno a refletir e estabelecer síntese
pessoal sobre o conteúdo.
ATIVIDADE 18 – CONVIVÊNCIA E REGRAS12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, AUXILIE A CRIANÇA NAS LEITURAS E NAS ESCRITAS.

AULA 03
MOMENTO 1: NO TEXTO DA AULA ANTERIOR TEM UMA FRASE QUE DIZ: TODAS AS AÇÕES, ATITUDES E ESCOLHAS
TEM CONSEQUÊNCIAS.
CONSIDERE OS LUGARES CITADOS NO TEXTO DA AULA 1: EM CASA, NA ESCOLA, NO PARQUE, NO
SHOPPING… COMO EM TUDO NA VIDA E NO MUNDO, PARA QUE AJA UMA BOA CONVIVÊNCIA, É PRECISO QUE
AJA REGRAS; POR ISSO QUE NESSES LUGARES EXISTEM REGRAS.
MAS, O QUE SÃO ESSAS REGRAS? É TUDO O QUE POSSO OU NÃO POSSO FAZER. POR EXEMPLO: A MÃE
ENSINA PARA O FILHO QUE NÃO PODE ENFIAR ALGUM FERRO, OU ALGO COM PONTA NAS TOMADAS. ISSO É UMA
REGRA, A CRIANÇA ESCOLHE SE OBEDECE A MÃE OU NÃO; SE ELA OBEDECE, ESTARÁ FAZENDO UMA ESCOLHA
BOA, MAS SE ELA DESOBEDECE SUA MÃE, E COLOCA UM PREGO, OU UMA TESOURA DENTRO DA TOMADA, ELA
FARÁ UMA ESCOLHA RUIM E TERÁ CONSEQUÊNCIAS POR ESSA ESCOLHA.
A PRIMEIRA CONSEQUÊNCIA, CLARO, É O CHOQUE QUE IRÁ LEVAR. DEPENDENDO DA MÃE AS
CONSEQUÊNCIAS PODEM CONTINUAR, COMO POR EXEMPLO: LEVAR UMA BRONCA OU ATÉ MESMO UMA
CHINELADA PELA DESOBEDIÊNCIA.
AUTOR: ALESSANDRO DE OLIVEIRA CARDOSO.

APÓS A LEITURA DO TEXTO, RESPONDA:

1. NO TEXTO, FOI CITADO UM EXEMPLO DE REGRA DE SEGURANÇA. E EM SUA CASA, QUAIS SÃO AS REGRAS? NA
SUA CASA, O QUE VOCÊ PODE E O QUE VOCÊ NÃO PODE FAZER?
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

2. ELABORE AS RESPOSTAS ABAIXO SOBRE AS REGRAS NA SUA ESCOLA.


a) O VOCÊ PODE FAZER E O QUE VOCÊ NÃO PODE FAZER NA ESCOLA?
O QUE POSSO FAZER:
_______________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________

O QUE NÃO POSSO FAZER:


_______________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________

b) QUANDO VOCÊ TEM BOAS ATITUDES E FAZ BOAS ESCOLHAS NA ESCOLA QUAIS SÃO AS CONSEQUÊNCIAS BOAS?

1
ET3.2- Convivência e conflitos: consequências de minhas Atitudes e Ações no meio em que vivo. HF3: Identificar e elaborar
justificativas para hipóteses, verbalizando-as de maneira autônoma.
2
Autoria: Alessandro Cardoso.
_______________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________

c) QUANDO NÃO OBEDECE ÀS REGRAS DA ESCOLA, QUAIS SÃO AS CONSEQUÊNCIAS?


_______________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________

Comentários e respostas:
MOMENTO 1
1. Resposta pessoal do aluno. A questão tem por objetivo estimular que o aluno analise e reflita sobre as regras de
sua casa.
2. a) Resposta de elaboração pessoal. A questão objetiva estimular o aluno a identificar, analisar e refletir sobre as
regras escolares (tanto as positivas, que afirmam o que se deve fazer, como também as negativas, que assinalam
proibições).
2. b) Resposta de elaboração pessoal do aluno. Objetivo da questão é o aluno levantar hipóteses sobre as
consequências que se seguem à adoção de boa conduta escolar; é possível que antecipe que agindo assim será
percebido como bom aluno ou que será elogiado ou que isso contribua para que tire notas boas.
2. c) Resposta de elaboração pessoal do aluno. Objetivo da questão é o aluno levantar hipóteses sobre as
consequências que se seguem à adoção de conduta que confronte as regras escolares; é possível que antecipe que a
confrontação das regras escolares pode levar ao recebimento de advertências verbal ou escrita ou suspensão.
ATIVIDADE 19 – BULLYING: O QUE É?12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, auxilie a criança nas leituras e nas escritas.

AULA 04
MOMENTO 1: O QUE É BULLYING?
LEIA O TEXTO COM ATENÇÃO.
O MENINO QUE SOFRIA BULLYING
JOÃOZINHO ERA MUITO FELIZ ONDE MORAVA, INFELIZMENTE SUA FAMÍLIA PRECISOU MUDAR DE CIDADE
POR CAUSA DO SERVIÇO. AGORA, JOÃOZINHO ESTAVA MUITO TRISTE, PORQUE ESTAVA SOZINHO, SEM AMIGOS E
ERA NOVO EM OUTRA ESCOLA.

NELA EXISTIAM UNS VALENTÕES QUE COMEÇARAM A MEXER COM ELE, EMPURRAVAM, CHUTAVAM,
MEXIAM EM SUAS COISAS JOGANDO-AS NO CHÃO E ESTIMULAVAM AS OUTRAS CRIANÇAS A IGNORÁ-LO,
DEIXANDO-O DE LADO.

JOÃOZINHO ESTAVA SOFRENDO E NÃO ENTENDIA O QUE ACONTECIA COM ELE. ANTES JOÃOZINHO ERA
UM EXCELENTE ALUNO; TIRAVA NOTAS BOAS, ERA MUITO ESFORÇADO E DEDICADO. MAS APÓS A MUDANÇA,
SUAS NOTAS CAÍRAM, VIVIA MUITO TRISTE, SEM VONTADE DE COMER E NÃO QUERIA IR MAIS À ESCOLA. A
FAMÍLIA PERCEBEU E FICOU MUITO PREOCUPADA COM ELE, MAS NÃO DESCONFIOU DO QUE ESTAVA SE
PASSANDO NA ESCOLA.

ESTA SITUAÇÃO COMEÇOU A SE TRANSFORMAR QUANDO SEU PROFESSOR COMEÇOU A ENSINAR SOBRE
O BULLYING.

NAS AULAS O MENINO DESCOBRIU QUE O BULLYING COMEÇA COM AGRESSÕES VERBAIS, OU SEJA,
QUANDO SE XINGA E OFENDE COM PALAVRÕES E PODE CHEGAR ATÉ ÀS AGRESSÕES FÍSICAS. O PROFESSOR
EXPLICOU TAMBÉM QUE A PERSEGUIÇÃO, AS BRIGAS, OS CHUTES, OS EMPURRÕES E AS VÁRIAS OUTRAS FORMAS
DE AGRESSÃO SÃO FEITAS DE MANEIRA REPETITIVA, E SEMPRE COM INTENÇÃO DE MACHUCAR E HUMILHAR.

1
ET3.2- Convivência e conflitos: consequências de minhas Atitudes e Ações no meio em que vivo. HF3: Identificar e elaborar
justificativas para hipóteses, verbalizando-as de maneira autônoma.
2
Autoria: Alessandro Cardoso.
BULLYING FÍSICO BULLYING VERBAL EFEITOS DO BULLYING
Imagem: Imagem: <http://escola-dominical-
Imagem:
<https://br.pinterest.com/pin/4207347901 infantil.blogspot.com/2013/03/atividad
<https://br.pinterest.com/pin/6866582744
86119815/> acesso em 07/07/20. e-para-colorir-criancas-chorando.html>
17304495/> acesso em 07/07/20
acesso em 07/07/20.

DEPOIS QUE APRENDEU SOBRE O BULLYING, JOÃOZINHO FICOU EM CONFLITO, MAS APÓS MUITO PENSAR
RESOLVEU ENFRENTAR O MEDO, PERDEU A VERGONHA, E DECIDIU CONTAR TUDO PARA SEU PROFESSOR.
ASSIM QUE O PROFESSOR FICOU SABENDO FOI CONVERSAR COM O DIRETOR E EXPLICAR A SITUAÇÃO. O
DIRETOR IMEDIATAMENTE CHAMOU OS VALENTÕES E TEVE UMA CONVERSA MUITO SÉRIA COM ELES.
OS VALENTÕES RECONHECERAM QUE ESTAVAM ERRADOS, PEDIRAM DESCULPAS PARA JOÃOZINHO,
CONVIDARAM ELE PARA JOGAR BOLA E VIRAM COMO JOÃOZINHO ERA MUITO BOM, A PARTIR DAÍ SE TORNARAM
ÓTIMOS AMIGOS.
AUTOR: PROF. ALESSANDRO DE OLIVEIRA CARDOSO

1. LEIA A INSTRUÇÃO ABAIXO COM ATENÇÃO. DEPOIS, REALIZE O CAÇA-PALAVRAS SOBRE BULLYING.

NESTE CAÇA PALAVRAS TEM PALAVRAS QUE AJUDAM A ENTENDER O QUE É O BULLYING E TAMBÉM
PALAVRAS QUE NOS FALAM SOBRE COMO ELE PODE SER COMBATIDO.

VOCÊ VAI PROCURAR AS PALAVRAS, E QUANDO AS ENCONTRAR, CIRCULE USANDO CORES DIFERENTES PARA
CADA CATEGORIA: POR EXEMPLO, AS PALAVRAS QUE AJUDAM A ENTENDER O QUE O BULLYING É PODEM SER
CIRCULADAS DE VERMELHO; AS QUE MOSTRAM O QUE COMBATE O BULLYING PODEM SER CIRCULADAS DE VERDE.

ATENÇÃO: AS PALAVRAS ESTÃO ESCONDIDAS NA HORIZONTAL, NA VERTICAL E NA DIAGONAL; AH, NÃO HÁ


PALAVRAS AO CONTRÁRIO.

PALAVRAS A SEREM “CAÇADAS”

ACEITAR DIFERENÇAS BATER HUMILHAR

AGRESSÕES REPETIDAS COMPANHEIRISMO INFORMAÇÃO

APELIDOS QUE ENVERGONHAM COMPREENDER RESPEITO

ATOS VIOLENTOS CONVERSAR SOFRIMENTO

BULLYING: O QUE É? COMO COMBATER?


S O D U R A R N I S O F R I M E N T O I K N
A P E L I D O S Q U E E N V E R G O N H A M
E T N D T K U O R U S R W I W A G F E A T C
M I N E A V C P I P E E D G L S O D D T O I
H E I R L U R Y E W I N E T T R N G H M S O
A E R O T E O I A C N E F H M E T O P T V B
H T S I R O T I I E C T B A O S S R K C I L
E P H N S O L P C C E O Ç M H S E N T R O A
S E U O N H C O I A I Ã N Y F E A U T C L R
N O M P R O R L A P O I A V N N T I C E E V
E R I S I O T U I I A R T D E S T S R T N N
G N L R E S N E S E E E E N R R F B A O T A
N D H E H H Y A D Y I R X I I G S O A H O A
E A A C E I T A R D I F E R E N Ç A S T S A
O A R E C O M P A N H E I R I S M O R K E C
A G R E S S Õ E S R E P E T I D A S N E T R
Caça palavra gerado no site Geniol. Link: <https://www.geniol.com.br/palavras/caca-palavras/criador/>, acesso em 21 de jul. de 2020.

MOMENTO 2: REFLETIR SOBRE O BULLYING


1. NA ESCOLA É MUITO FALADO E ENSINADO SOBRE O BULLYING E AO LER O TEXTO, VOCÊ JÁ TINHA UMA NOÇÃO
OU JÁ SABIA O QUE É O BULLYING? MARQUE COM (X).

( ) SIM.

( ) NÃO.

2. VOCÊ JÁ SOFREU BULLYING?

( ) NÃO. COMO SERIA SUA REAÇÃO OU ATITUDE SE PASSASSE POR ISSO?

_______________________________________________________________________________________________

_______________________________________________________________________________________________
ATENÇÃO PROFESSOR (A):
( ) SIM. QUAL FOI SUA REAÇÃO OU SUA ATITUDE?
ESTA ATIVIDADE PODE SER
_______________________________________________________________________________________________
‘QUEBRADA’, GERANDO MAIS
ATIVIDADES.
_______________________________________________________________________________________________

3. VOCÊ JÁ PRESENCIOU ALGUÉM SOFRENDO BULLYING?

( ) NÃO. COMO SERIA SUA REAÇÃO OU ATITUDE SE PRESENCIASSE ISSO?

_______________________________________________________________________________________________

_______________________________________________________________________________________________

( ) SIM. O QUE VOCÊ FEZ NESSA OCASIÃO?

_______________________________________________________________________________________________

_______________________________________________________________________________________________

Comentários e respostas:
MOMENTO 1
1. Solução do caça palavras sobre Bullying
S O F R I M E N T O I
A P E L I D O S Q U E E N V E R G O N H A M
S F T C
P O O
E R M S
I M P V
T C A R I
H O O Ç E O
U Ã N E L
M O V N E
I D E N
L E R B T
H R S A O
A C E I T A R D I F E R E N Ç A S T S
R C O M P A N H E I R I S M O R E
A G R E S S Õ E S R E P E T I D A S R

MOMENTO 2
1. Resposta pessoal do aluno. O aluno tem que responder se já ouviu falar sobre bullying; sendo assim, é altamente
provável que a criança responda SIM.
2. Resposta pessoal. O objetivo é o aluno identificar a ocorrência ou não do bullying nas próprias vivências,
projetando ou identificando sua reação se fosse alvo deste tipo de violência.
3. Resposta pessoal. Objetivo é o aluno assinalar se já presenciou alguma cena ou atitude em relação ao bullying,
antecipando ou identificando sua reação se presenciasse alguém sofrendo ou praticando esta violência.
ATIVIDADE 20 – BULLYING12
EMEB “_________________________________________________________________________________”
REFERENTE À SEMANA DE __/__ a __/__/2021 – FILOSOFIA
ALUNO(A)___________________________________________________________________3º ANO_______
Orientação para realização da atividade: Considerando que no 3º ano alguns alunos podem não realizar a leitura e a
escrita com autonomia, AUXILIE A CRIANÇA NAS LEITURAS E NAS ESCRITAS.

AULA 05
MOMENTO 1:
1. Ligue as imagens que correspondem às frases relacionadas à boa convivência usando a cor azul e as frases
relacionadas ao bullying às imagens correspondentes usando uma cor diferente.

1
PRATICANDO BULLYING MATERIAL

Imagem:
https://br.pinterest.com/pin/287315651213025911/
Acesso em: 09/06/2020

2 AJUDANDO NOS ESTUDOS.

Imagem: https://www.tudodesenhos.com/d/tirinha-
da-monica-divertida
Acesso em: 09/06/2020

3 CULTIVANDO A AMIZADE.

Imagem:
https://br.pinterest.com/pin/323907398193876601/
Acesso em: 09/06/2020

PRATICANDO BULLYING FÍSICO


Imagem:
https://atividadespedagogicas.net/2012/02/desenho
s-turma-da-monica-volta-as-aulas-para-colorir.html
Acesso em: 09/06/2020

1
ET3.2- Convivência e conflitos: consequências de minhas Atitudes e Ações no meio em que vivo. HF3: Identificar e elaborar
justificativas para hipóteses, verbalizando-as de maneira autônoma.
2
Autoria: Alessandro Cardoso.
2. NO DICIONÁRIO, ENCONTRAMOS QUE A PALAVRA VIOLÊNCIA SIGNIFICA O USO DA FORÇA PARA AGREDIR OU
CAUSAR MEDO E INTIMIDAÇÃO EM ALGUÉM 1. CONSIDERANDO ESTA EXPLICAÇÃO, RESPONDA: BULLYING É
VIOLÊNCIA? EXPLIQUE SUA RESPOSTA. VOCÊ PODE USAR IDEIAS DA EXPLICAÇÃO DA PALAVRA VIOLÊNCIA E DOS
TEXTOS LIDOS NAS AULAS ANTERIORES PARA LHE AJUDAR A EXPLICAR SEU PENSAMENTO, COMBINADO?

_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

3. CRIE TRÊS DESENHOS LEGENDADOS. NO PRIMEIRO MOSTRE QUAIS ATITUDES E AÇÕES DÃO ORIGEM AO
BULLYING. NO SEGUNDO, MOSTRE AS CONSEQUÊNCIAS GERADAS PELO BULLYING. E NO TERCEIRO MOSTRE
FORMAS DE COMBATER O BULLYING.
DESENHO 1 – ORIGEM DO BULLYING

ATENÇÃO PROFESSOR (A):


ESTA ATIVIDADE PODE SER
‘QUEBRADA’, GERANDO MAIS
ATIVIDADES.

LEGENDA:

DESENHO 2 – CONSEQUÊNCIAS DO BULLYING

LEGENDA:

DESENHO 3 – COMBATER O BULLYING

1
BECHARA, E. Minidicionário da língua portuguesa Evanildo Bechara (verbetes consultados: violência, coação, intimidação). Rio
de Janeiro: Editora Nova Fronteira, 2009.
LEGENDA:

Comentários e respostas:
MOMENTO 1
1. Imagem 1 – Frase C
Imagem 2 – Frase D
Imagem 3 – Frase B
Imagem 4 – Frase A

2. Resposta de elaboração pessoal do aluno. A questão objetiva estimular o aluno a ensaiar a realização de sínteses
de informações e ideias para construir a própria representação da temática estudada, a saber, bullying e violência.

3. Produção pessoal do aluno. O exercício objetiva estimular o aluno a representar a compreensão do bullying em
termos de suas causas e soluções.

Você também pode gostar