Você está na página 1de 7

ROMANOS E A IGREJA HOJE - ROMANOS 13

1 Que todos estejam sujeitos às autoridades superiores. Porque não há autoridade que
não proceda de Deus, e as autoridades que existem foram por ele instituídas. 2 Assim,
aquele que se opõe à autoridade resiste à ordenação de Deus, e os que resistem trarão
sobre si mesmos condenação. 3 Porque os magistrados não são para temor, quando se
faz o bem, e sim quando se faz o mal. Você quer viver sem medo da autoridade? Faça o
bem e você terá louvor dela, 4 pois a autoridade é ministro de Deus para o seu bem. Mas,
se você fizer o mal, então tenha medo, porque não é sem motivo que a autoridade traz a
espada; pois é ministro de Deus, vingador, para castigar quem pratica o mal. 5 Portanto, é
necessário que vocês se sujeitem à autoridade, não somente por causa do temor da
punição, mas também por dever de consciência. 6 É por isso também que vocês pagam
impostos, porque as autoridades são ministros de Deus, atendendo constantemente a este
serviço.

7 Paguem a todos o que lhes é devido: a quem tributo, tributo; a quem imposto, imposto; a
quem respeito, respeito; a quem honra, honra. 8 Não fiquem devendo nada a ninguém,
exceto o amor de uns para com os outros. Pois quem ama o próximo cumpre a lei. 9 Pois
estes mandamentos: “Não cometa adultério”, “não mate”, “não furte”, “não cobice”, e
qualquer outro mandamento que houver, todos se resumem nesta palavra: “Ame o seu
próximo como você ama a si mesmo.” 10 O amor não pratica o mal contra o próximo.
Portanto, o cumprimento da lei é o amor.

11 E digo isto a vocês que conhecem o tempo: já é hora de despertarem do sono, porque a
nossa salvação está agora mais perto do que quando no princípio cremos. 12 Vai alta a
noite, e o dia vem chegando. Deixemos, pois, as obras das trevas e revistamo-nos das
armas da luz. 13 Vivamos dignamente, como em pleno dia, não em orgias e bebedeiras,
não em imoralidades e libertinagem, não em discórdias e ciúmes. 14 Mas revistam-se do
Senhor Jesus Cristo e não façam nada que venha a satisfazer os desejos da carne. Rm 13.
1 a 14
INTRODUÇÃO
Em Romanos 12, na semana passada, destacada pelo Fernando, o bem e o mal são
contrastados no decorrer de todo o contexto e acrescentando o versículo 14 que o antecedeu, o
que nos chama a atenção é que ele contém quatro imperativos negativos:

"Não amaldiçoem" (14);

"Não retribuam a ninguém mal por mal" (17);

"Nunca procurem vingar-se" (19)

"Não se deixem vencer pelo mal" (21)

Todas as quatro proibições dizem a mesma coisa, só que com palavras diferentes.

O desamor, a retaliação, a revanche são atitudes absolutamente proibidas aos seguidores de


Jesus.

PROIBIDAS MESMO
Mas a ética cristã, porém, nunca é puramente negativa; desta forma para cada um dos quatro
imperativos negativos de Paulo, vem acompanhado de uma contrapartida positiva.

 Assim, não devemos amaldiçoar, mas abençoar (14);


 não devemos retaliar, mas fazer o que é direito e viver em paz (17-18);
 não devemos procurar vingança, mas deixar isso com Deus e, continuar servindo
nossos inimigos (19-20);
 e não devemos deixar-nos vencer pelo mal, mas sim vencer o mal com o bem (21)

Entendo que Deus nos prova, na maioria dessas situações quando elas surgem dentro de casa.

E no convívio diário que damos provas se somos ou não somos de Deus.

E no dia a dia e nas noticias que surgem aqui ou ali que demonstramos quem nos somos diante
daquele que nos amou, que nos salvou.

Jesus Cristo nunca retribuiu o mal, nem com palavras, nem com atos , e mesmo na cruz quando
sangrava por meus pecados, Jesus Cristo disse

PAI, PERDOA-LHES PORQUE NÃO SABEM O QUE FAZEM.

DESENVOLVIMENTO

Em Romanos 12 Paulo abordou os nossos quatro relacionamentos básicos: com Deus (1-2), com
nós mesmos (3-8), uns com os outros (9-16) e com nossos inimigos (17-21).

Agora, no capítulo 13, ele analisa mais 3 relacionamentos :

o relacionamento com o estado (cidadania consciente, 1-7),

com a lei (que se cumpre no amor ao próximo, 8-10) e

com o dia da volta do Senhor , 11-14).

PRIMEIRO TEMA – NOSSA RELAÇÃO COM O ESTADO

Já quero aqui irmãos definir o que creio quando o assunto e questão política na igreja.

 A igreja e o estado têm diferentes papéis


 Os crentes em Cristo têm deveres tanto para com Deus como para com o estado

Jesus Cristo deixou bem claro ao enunciar : "Dêem a César o que é de César e a Deus o que é
de Deus".

Agora Paulo aprofunda mais o papel dado por Deus ao estado, e o que se espera dos cristãos em
relação a este ASSUNTO.
Paulo não está tratando da igreja como uma organização como se conhece hoje. Ele está tratando
a questão na perspectiva da cidadania individual.

Naquela época não havia autoridades cristãs (seja no nível global, regional ou local).

Pelo contrário, eram todos romanos ou judeus e, portanto, nada amistosos (aliás, eram geralmente
hostis) com relação à igreja.

Mesmo assim Paulo declara que foram estabelecidas por Deus; por isso exige que os cristãos se
submetam a elas e cooperem com elas.

Paulo havia herdado aquela antiga tradição do Antigo Testamento, segundo a qual SENHOR é
soberano sobre todos os reinos humanos "e os dá a quem quer"

E por seu intermédio, por intermédio de Deus e "reinam os reis, e os príncipes decretam justiça"

Contudo irmãos, sem nada a acrescentar, mas observando o que aconteceu na história da igreja
em ATOS, as autoridades deram ordens a que o EVANGELHO NÃO FOSSE MAIS ANUNCIADO.

21 Tendo ouvido isto, logo ao amanhecer entraram no templo e ensinavam. Quando


chegaram o sumo sacerdote e os que estavam com ele, convocaram o Sinédrio e todo o
conselho dos anciãos do povo de Israel e mandaram buscar os apóstolos na prisão.
22 Mas, quando os guardas chegaram lá, não os encontraram no cárcere. E, voltando,
relataram, 23 dizendo: — Encontramos a prisão fechada com toda a segurança e as
sentinelas nos seus postos junto às portas; mas, abrindo as portas, não encontramos
ninguém dentro. 24 Quando o capitão do templo e os principais sacerdotes ouviram estas
informações, ficaram perplexos a respeito deles e do que viria a ser isto.
25 Nesse momento, alguém chegou e lhes comunicou: — Vejam! Os homens que os
senhores prenderam estão no templo ensinando o povo. 26 Então o capitão e os guardas
foram e os trouxeram sem violência, porque temiam ser apedrejados pelo povo. 27
Trouxeram os apóstolos, apresentando-os ao Sinédrio. E o sumo sacerdote os interrogou,
28 dizendo: — Não é verdade que ordenamos expressamente que vocês não ensinassem
nesse nome? No entanto, vocês encheram Jerusalém com a doutrina de vocês e ainda
querem lançar sobre nós o sangue desse homem.
29 Então Pedro e os demais apóstolos afirmaram: — É mais importante obedecer a Deus
do que aos homens. Atos 5.21 a 29
Aqui eram autoridades religiosas, que estavam propondo uma interrupção no trabalho de
evangelismo por parte dos discípulos.

ENTAO VAMOS A UMA DEFINICAO AQUI

SE AS AUTORIDADES SECULARES NÃO ESTIVESSEM NO COMANDO

Tudo seria muito pior do que já está posto. Se há um conflito por conta de posições extremas, se
não fosse pelas autoridades, a anarquia seria instaurada.

Então os governantes, as autoridades, os juízes foram definidos por Deus, deste o ANTIGO
TESTAMENTO, desde o estabelecimento da REPUBLICA no Brasil, para a ordenação da coisa
pública.
ELES PRECISAM SER RESPEITADOS. A minha liberdade de expressão, não me dá o direito
como CRENTE em Cristo de xingar, de agredir e de falar mal de quem quer que seja.

Para que as pessoas vivam de forma ordeira. Para que haja punição, cadeia, multa, etc... tem
que ter autoridade.

A ordenação das autoridades serve para que os interesses do povo sejam garantidos no tocante
a educação , saúde, ordem pública, segurança, e tudo isso através da gestão dos nossos
impostos.

Os representantes do povo nas camadas do município, estado e governo federal existem para
fazer valer as leis . Se fazem direito ou não é outra questão.

E o fato de sermos ordenados a obedecer isso não significa que os cristãos tenham que ser
alienados , excluindo os interesses e valores de Deus e da bíblia, e não significa que não
queiramos a defesa dos interesses de Deus para o nosso povo e para a humanidade.

MAS SABEMOS QUE A VONTADE DE DEUS NÃO SE IMPOE PELO ESTADO

EU sei que a vontade de Deus só pode ser experimentada no foro da alma, do íntimo do
indivíduo. Há uma lei moral que e um código de conduta definido na Bíblia ao Crente através da
ação do ESPÍRITO SANTO DE DEUS.

O fato de respeitarmos as autoridades e darmos a ela o crédito.

ISSO NÃO SIGNIFICA QUE TOLERAMOS A CORRUPCAO

ISSO NÃO SIGNIFICA QUE NÃO POSSAMOS NOS MANIFESTAR PUBLICAMENTE CONTRA
O ABORTO – CONTRA A LEGALIZACAO DAS DROGAS e tudo mais.

Por outro lado irmãos É IMPORTANTE ENTENDER, QUE NÃO ESTAMOS MAIS VIVENDO UMA
TEOCRACIA como no ANTIGO TESTAMENTO.

Isso não significa que estejamos em GUERRA CONTRA AS PESSOAS – CONTRA AS


AUTORIDADES SEJAM ELAS CRISTÃS OU NÃO CRISTÃS.

Estamos lutando sim de forma ordeira, e como a bíblia define.

Estamos no século XXI e no Brasil estamos vivendo numa democracia, onde convivemos e
respeitamos a todos, inclusive quem pensa e crê, diferente de nós, INCLUSIVE QUEM NÃO CRE
EM DEUS, e amamos a todos indistintamente.

Mas eu não sou obrigado PELO ESTADO a fazer casamento GAY, pois isso é um desagravo e
uma afronta a lei de Deus.

O estado não pode interferir na minha profissão de fé E NA MINHA CONDUTA como líder
religioso.
John Stott , define essa questao assim irmãos.

Nós devemos submeter-nos até o exato momento em que a obediência ao estado passa a
implicar em desobediência a Deus. Mas se o estado exige aquilo que Deus proíbe, ou então
proíbe o que Deus ordena, então, como cristãos, nosso dever é claro: resistir, não sujeitar-
nos, desobedecer ao estado a fim de obedecer a Deus.

E possível que Paulo estivesse falando aos crentes em Roma sobre esse tema irmãos, em razão
de um LEVANTE dos Judeus contra o IMPERADOR CLAUDIO, mas não temos muitas
informações exatas e precisas sobre isto.

Ta certo gente, por outro lado o que está sendo montado no BRASIL e uma verdadeira guerra
ideológica – E sinceramente eu não sei onde vai dar isto, E A IGREJA DEVE ORAR, e saber
respeitar AS AUTORIDADES CONSTITUÍDAS.

Vamos lembrar lá de ROMANOS 12 ?

"Não amaldiçoem" (14);

"Não retribuam a ninguém mal por mal" (17);

"Nunca procurem vingar-se" (19)

"Não se deixem vencer pelo mal" (21)

SEGUNDO TEMA – A VERDADEIRA DÍVIDA

Não usem os recursos de forma desordenada.

Façam bom uso dos recursos materiais que possuem, e não se deixem privados da liberdade de
vocês pelas dívidas CONTRAÍDAS IRRESPONSAVELMENTE.

NÃO SEJA UM enganador

PAGUE O QUE ESTÁ DEVENDO

Isso não quer dizer que você não possa fazer o financiamento de um imóvel. Isso é uma dívida
controlada.

SEJA CORRETO NA SUA GESTÃO FINANCEIRA.

O MELHOR É NÃO FAZER. Mas o que Paulo está dizendo é que estamos em dívida de amor
para com o próximo.

QUAL É A NOTA QUE IRÍAMOS TIRAR NO QUESITO AMOR AO PRÓXIMO ?

Sejam bons mordomos dos recursos que Deus deu a vocês, e quanto a este recurso excelente.
NÃO FIQUEM DEVENDO AMOR AOS IRMÃOS.
NÃO TENHA MEDO DE MANIFESTAR AMOR AOS IRMÃOS.

NÃO SE RESTRINJA QUANDO O ASSUNTO É AMOR AO PRÓXIMO.

Tem algo que Paulo diz que é muito sério – Honre as pessoas. Dê honra a quem tem honra. Não
ignore a honra que as pessoas merecem.

SAIBAM AGRADECER

SAIBAM RECONHECER

8 Não fiquem devendo nada a ninguém, exceto o amor de uns para com os outros. Pois
quem ama o próximo cumpre a lei.

Vai e volta Paulo retorna ao elemento amor – pois ele é definidor na vida do crente.

Eu estou em dívida com você – Estou devendo amor a você.

Mas não se esqueça, você também está em dívida comigo.

 O amor é uma dívida que nunca se paga


 Por isso... não perca a esperança comigo, eu posso te amar mais e melhor.
 Por isso... Eu não peco a esperança com você – Você pode me amar mais e melhor.

TERCEIRO TEMA – NOSSA RELAÇÃO COM O TEMPO

Na visão de Paulo temos problemas com o tempo. Não temos um bom gerenciamento do nosso
tempo. E mais ... Não conseguimos enxergar direito o tempo de Deus

Primeiro, chegou a hora de vocês despertarem do sono (11b).


Passou a hora de dormir. É hora de acordar e levantar-se.
CRISTO quando entrou em nossa vida nos tirou de uma ACOMODAÇÃO PROFUNDA. Não
tínhamos noção do valor do tempo e da urgência do que deve ser feito.
AINDA EXISTEM ALGUNS NA IGREJA AINDA DORMINDO – SONOLENTOS quanto ao tempo
de Deus.
A SEGUNDA RAZÃO que Paulo descreve é porque agora a nossa salvação está mais próxima
do que quando cremos (11c).

"Salvação" é um termo amplo que abrange nosso passado - (justificação), presente


(santificação) e futuro (glorificação).

Neste versículo é bem evidente que o que se tem em mente é o nosso futuro e nossa salvação
final (8.24), que Paulo . Agora mesmo meus irmãos membros da IBBR, esta herança encontra-se
mais próxima do que "quando começamos a crer"
E fica cada dia mais perto.

Terceiro elemento : a noite (o velho tempo das trevas) está bem avançada (literalmente), de
forma que está quase acabando; o dia (da volta de Cristo) logo vem, está batendo à porta.

São estas, pois, as três referências ao tempo feitas pelo apóstolo Paulo. Chegou a hora

de nós despertarmos do sono ; agora a nossa salvação está mais próxima do que antes

; e a noite já está quase acabando, cedendo lugar ao dia (12a).

John Stott diz que É a conhecida tensão entre o "já" da primeira vinda de Cristo e o "ainda não"
da sua segunda vinda.

O que você está esperando ? ACORDA IRMÃO.

Mas acorda diferente – Revestindo-se de JESUS CRISTO – O FILHO DE DEUS.

CONCLUSÃO

Romanos 13 começou com uma importante orientação sobre como nós podemos ser
bons cidadãos (1-7) e relacionar-nos bem com os outros (8-10); e termina dizendo o porquê
de agirmos assim.

Nada poderia motivar-nos tanto a cumprir esses deveres quanto uma


vivida expectativa pela volta do Senhor.

Nós só estabeleceremos uma relação correta com o estado (que é ministro de Deus) e com a lei
(que se cumpre no amor ao próximo) se tivermos uma relação acertada com o dia da

vinda de Cristo.

Embora tanto o estado como a lei sejam instituições divinas, são, contudo, estruturas

provisórias, relativizadas pelo dia do juízo, quando tudo cessará.

Esse dia se aproxima mais e mais. Nós somos chamados a viver à luz desse dia. REVESTIDOS
DE JESUS CRISTO – O FILHO DE DEUS.

Você também pode gostar