Você está na página 1de 3

Defini oes- IEII-

?‘ Direito Civil= dto privado porq regula as rela oes juridicas estabelecidas
entre particulares ou entre particulares e Estado ou outras enes publicas. O
estado sem poder de autoridade. Ǽ Pode-se fazer td o que nao esta proibido.
4 ramos: familia-sucessoes-coisas e obriga oes.
?‘ Direitos de Personalidade= sao posi oes juridicas activas e objectivas
atribuidas pela CRP com especial solenidade. Sao os valores ou situa oes que
resultam do exercicio da personalidade humana. Sao direitos originarios, isto
é resultam da propria natureza do homem e que este se reconhece. Provem da
cultura romanica-germanica ( CC alemao) e do dto romano.- sao dtos subjetivos
absolutos
?‘ egitimidade Juridica= Nao confundir c/ personalidade juridica. Na
legitimidade é a susceptibilidade de certa pessoa exercer 2 dto de que é
titular ou de cumprir 1 obriga ao a que esta vinculado, num certo momento. )
o titulo de posse.
?‘ Negocio Juridico=(217 a 294)- manifesta ao vontade tendo em vista a
produ ao de efeitos juridicos na sua forma perfeita ou nao viciada ( vicios
de vontade e incapacidade. Pode ser duma unica pessoa ( ato) ou por via de 1
acordo da vontade( convergencia de vontades) das partes de mais duma pessoa=
negocios singulares ou unipessoais e negocios plurais ou pluripessoais. VIDE
FS 2-A
?‘ Acto Juridico= manifesta ao de vontade que produz efeitos juridicos. Podem
ser licitos ou ilicitos cfr violem ou nao a lei
?‘ Personalidade Juridica= a susceptibilidade que 2 determinado sujeito de
rela ao tem de ser titular de certas situa oes juridicas ou seja ser
titular de determinados dtos ou estar vinculado a certas obriga oes ou
deveres-66
?‘ Capacidade Juridica ou de Gozo= a possibilidade das pessoas serem sujeitas
a 1 rela ao juridica. a medi ao da susceptibilidade em ser titular de
situa oes juridicas- tirar beneficios dele-67
?‘ Pode ser:
?‘ A) Generica= infere-se da generalidade das situa oes juridicas
?‘ -) Particular= qdo se reporta a 2 determinada situa ao juridica
?‘ C)Especifica= qdo se refere a 1 determinado sector especifico de situa ao
juridica e que supoe-se uma qualifica ao adequada e propria do seu sujeito
ou titular para a poder exercer ou possuir.
?‘ Capacidade Exercicio ou de Agir= é a aptidao para por em movimento a
capacidade juridica ou de gpzo por si so ( actividade propria) sem
necessidade de ser representado ou assistido por outrem-122
?‘ A capacidade e legimitidade andam sempre ligados= se tenho legimitidade
tambem tenho capacidade e vice-versa.
?‘ Esfera juridica= conjunto de rela oes juridicas de que 1 pessoa é titular.
?‘ Dodos de suprimento: modos de agir estabelecidos pelo dto tendo em vista o
efectivo exercicio de dtos e efectivo cumprimento das obriga oes do incapaz.
?‘ Representa ao= admissao duma pessoa p/ agir em nome e no interesse do
incapaz- uma situa ao juridica em que alguem tem poderes conferidos por

c
lei ou por via de negocio juridico que os exerce em nome e na vez do
representado. Os efeitos juridicos repercutem-se na esfera juridica do
representado. ( na RPP)
?‘ Assistencia= ( inabilita ao+ interdi ao+incapaz prodigalidade)= a
regra juridica que determina que seja o incapaz a praticar os actos. So que
nessa pratica tem de ser assistido/auxiliado pelo curador que é quem detem o
poder de assistencia e de ajudar o incapaz de forma a superar e a efectuar
actos daquele de 1 forma valida, satisfatoria e conveniente.

?‘ Rela ao Juridica= é td a rela ao de vida social disciplinada pelo dto que


consiste na atribui ao a 1 sujeito de 1 dto subjectivo e na adstric ao do
outro sujeito a uma vincula ao juridica.
a)‘ ado activo:
-Dts subjetivos propriamente ditos(patrimoniais e n patrimoniais;
-dtos relativos (dtos de credito)
-dtos absolutos(dtos reais e dtos de personalidade)
b)‘ ado Passivo:
-Dever juridico(cria necessidade de efectivar 1 certa conduta activa ou
passiva)
-Sujei ao(submissao às altera oes que a vontade do sujeito ativo tenha
produzido na sua esfera juridica( nos de protestativo).

Em sentido amplo(ato)= é td a rela ao de vida social relevante p/ o


direito que produza ef. Juridicos, portanto disciplinada pelo dto.
Sentido Restrito ou Tecnico= é a rela ao de vida social discplinada pelo
dto mediante atribui ao a 1 pessoa de 1 dto subjectivo(o1) e a imposi ao
a outra pessoa de 1 dever juridico ou de 1 sujei ao (o2).
?‘ (o1)Dto subjetivo= é o poder dado pela propria regra ( incluido na norma
objetiva) a 1 sujeito para que este concretize e realize os seus interesses
ou o poder juridico reconhecido pela ordem juridica a 1 pessoa de livremente
exigir do utro 1 comportamento positivo( ac ao) ou negativo(omissao).
Depende da vontade vontade do seu titular. 1 manifesta ao do P de
autonomia Privada. O que se lhe contrapoe é o o dever juridico de facere ou
nao facere.
?‘ (O2)- é dto proptestativo= poderes juridicos de que depende dum ato de
livre vontade que so por si produz ef juridicos mas a contraparte tem de se
sujeitar. Nao precia de manifesta ao da vontade da outra parte.
?‘ Vincula ao= abrange deveres e sujei oes mas a palavra + correta é
vincula ao. Sempre numa rela ao juridica ha a atribui ao de 1 dto
subjectivo a 1 sujeito ativo e a adstri ao ao sujeito passivo duma
vincula ao.
?‘ As rela oes Juridicas provem advir de actos juridicos ou negocios
juridicos.

u
?‘ Numa rela ao juridica ha dtos subjectivos= conj de faculdades que 1 deter.
Norma dá objectivamente para usar na prossecu ao dos seus interesses- o
conteudo. E dtos objetivos= td o conj de faculdades previstos numa NORDA
JURIDICA
?‘ DTOS SU-JECTIVOS: Personalidade(absolutos), Protestativos,Reais(
gozo,garantia e aquisi ao),Credito e sucessoes (5)

?‘ Responsabilidade Civil= o principio que obriga a repara ao dos danos


causados( obriga ao de indemniza ao).
?‘ Dano= é a consequencia patrimonial ou juridica.(pd ser emergente ou
cessante-art 564. Patrimonial é o tal emergente e cessante(563 e 564) e n
patrimonial-496
?‘ Prejuizo= ac ao patrimonial
?‘ Culpa= medida da nossa responsabilidade.pode ser negligencia ou por dolo

PSP da Responsabilidade Civil::os 4 previstos 483 563 .

?‘ Vicios da vontade= perturba oes mo processo formativo da vontade voluntaria=


ilegitimo.( 251 1 256+ 257+ Estado de necessidade-334 e ss.
?‘ O dolo é o 253= qualquer sugestao ou artificio que alguem emprega c/
inten ao ou consciencia de induzir ou manter em erro o autor da declara ao,
bem como a dissimula ao, pelo declaratario ou terceiro, do erro do
declarante.
?‘ Frutos= td aquilo que 1 coisa produz periodicamente sem ser alterado. Pode
ser natural= qdo proveem diretamente da coisa e civis= as rendas= qdo provem
via 1 rela ao juridica.
?‘ Os 5 principais Principios que findamentam o Dto Civil= page 13=ǽ PPPRǽ