Você está na página 1de 59

INTRODUÇÃO AO

MARKETING
DIGITAL
PARA ESCRITORES

JULIANO LOUREIRO
AGOSTO.21
SOBRE O
BINGO
NOS CONHEÇA MELHOR

ACESSOS NO BLOG
+70K Cada vez mais os escritores
estão acessando o nosso
blog.

ARTIGOS PUBLICADOS
Todos os dias um conteúdo
novo para escritores.
+500

DOWNLOADS DOS

2K E-BOOKS PUBLICADOS
Mais de 2 mil pessoas já
baixaram os nossos e-books.
QUEM SOU
AGORA, ME CONHEÇA MELHOR

JULIANO LOUREIRO

Engenheiro de formação, empreendedor por vocação e escritor


por paixão.

Sou autor do romance "Lucas: a Esperança do Último" e criador


do "Bingo - Conteúdos Literários", portal de compartilhando de
conteúdos para leitores e escritores, com mais de 500 artigos
no blog.

O Bingo também possui mais de 200 alunos em sua escola, com


cursos e materiais sobre publicação literária e marketing para
escritores.
O QUE VOCÊ
APRENDERÁ

01 02
O QUE É MARKETING POR QUE APOSTAR
DIGITAL NO MARKETING
DIGITAL?

03 04
COMO USAR O MITOS SOBRE O
MARKETING DIGITAL PARA MARKETING DIGITAL
VENDER LIVROS PARA ESCRITORES

CONTATO:
E-MAIL:
SUPORTE@LIVROBINGO.COM.BR
WHATSAPP:
(31) 99187-1277
O QUE VOCÊ
APRENDERÁ

05 06
DESAFIOS COMUNS BENEFÍCIOS DO
AOS ESCRITORES MARKETING DIGITAL

07 08
ABC DO MARKETING CONHEÇA A
DIGITAL
ESCOLA BINGO

CONTATO:
E-MAIL:
SUPORTE@LIVROBINGO.COM.BR
WHATSAPP:
(31) 99187-1277
01
O QUE É
MARKETING DIGITAL
O QUE É
MARKETING DIGITAL

Esta vertente do Marketing é bastante ampla. Isso porque,


com ela, é possível criar um relacionamento mais próximo
com o público consumidor. Ela tem o poder de divulgar um
livro e, ainda, acompanhar o leitor por todas as etapas da
trajetória de compra.

Com o marketing digital, é possível acompanhar seu


consumidor desde o momento em que ele te conhece até
o pós-venda. Nessa hora é quando são implementadas
ações que visam a fidelidade e o compartilhamento de
conteúdo institucional.

Tudo pode ser acompanhado por meio de um funil de


vendas e por meio de métricas que indicam a satisfação
do seu cliente — e que, consequentemente, as suas
estratégias estão funcionando.
02
POR QUE APOSTAR NO
MARKETING DIGITAL?
POR QUE APOSTAR NO
MARKETING DIGITAL?

É de amplo conhecimento que a internet, atualmente, é o


canal de comunicação mais amplo do mundo. De acordo
com a ONU (Organização das Nações Unidas), mais de 3,9
bilhões de pessoas acessam a rede diariamente.

Todas as bilhões de pessoas possuem motivos para


estarem dentro desse espaço. Seja para se divertir,
encontrar informações ou adquirir novos produtos. E,
acredite, existe um negócio pronto para resolver as dores
de cada indivíduo.

Por isso, o marketing digital pode ser encarado como um


imã para atrair todos esses curiosos. Para que toda a ação
seja bem-sucedida, é necessário criar ações que lancem
conteúdos, mas que também tenham o compromisso de
otimizar e entregar um real valor.
POR QUE APOSTAR NO
MARKETING DIGITAL?

Com blogs, sites e páginas nas redes sociais, você pode


criar conteúdo do tamanho que quiser, sem custos
adicionais e atendendo às mais diferentes necessidades. É
possível você “alimentar” o cliente de acordo com a
maturidade da intenção que ele tem em adquirir o que
você oferece.
03
COMO USAR O
MARKETING DIGITAL
PARA VENDER LIVROS
COMO USAR O
MARKETING DIGITAL
PARA VENDER LIVROS

Confira as melhores estratégicas dentro do marketing


digital que ajudará você na venda dos seus livros:

Conheça a sua persona


Personas são representações semi ficcionais dos perfis
que representam seu leitor ideal. São baseados em dados
reais e comportamento, assim como seus anseios,
objetivos, motivações e desafios.

Conhecer a sua persona é o primeiro passo para utilizar o


marketing digital para vender livros. Por exemplo: se o seu
livro é um romance policial, não vai cair muito bem para
os amantes de poesias, correto?

Quando você conhece bem a sua persona, terá uma


clareza ainda maior sobre a efetividade das ações e
também em transmitir identificação.
COMO USAR O
MARKETING DIGITAL
PARA VENDER LIVROS

Crie um blog literário


Você deve estar se perguntando: se eu tenho um livro,
para quê criarei um blog? Eu digo de antemão: é preciso
expandir os horizontes. Por exemplo: se você tem um livro
sobre finanças, abrir um blog sobre o assunto o tornará
autoridade no tema e mais pessoas passarão a te
conhecer e acompanhar.

Assim, quando seu público fizer uma simples pesquisa no


Google, poderá ver a sua página em primeiro lugar.

Para que o blog tenha ainda mais sucesso, é preciso


apostar nas boas práticas de SEO. Em suma, a estratégia
tem como objetivo potencializar e melhorar o
posicionamento de um site nas páginas de resultados
naturais nos sites de busca gerando conversões.
COMO USAR O
MARKETING DIGITAL
PARA VENDER LIVROS

Lance materiais ricos gratuitos


Os materiais ricos são uma grande oportunidade de
capturar ainda mais clientes. Além de você educar seu
público a respeito de um determinado tema, os materiais
ricos possuem formulários especiais de acesso que
podem determinar em cada etapa do funil um certo lead
está.

Você também pode realizar esse engajamento oferecendo


um “mimo” de volta. Por exemplo: baixe um e-book e
receba o primeiro capítulo do meu livro. Alguns dos
principais materiais ricos são:

● E-book;
● Infográfico;
● Checklist;
● Páginas interativas.
COMO USAR O
MARKETING DIGITAL
PARA VENDER LIVROS

Invista em tráfego pago


O tráfego pago pode ser um aliado — e tanto — no
momento de divulgar seu livro, principalmente pela
possibilidade de inserir anúncios em redes sociais e no
Google. Alguns dos canais sociais no qual é possível
realizar tráfego: Instagram e Facebook.

Por se tratar de uma atividade do marketing digital


bastante específica, recomendo a procura por uma
empresa especializada, para que suas campanhas sejam
bem otimizadas, evitando gastar dinheiro de maneira
errada.
04
MITOS SOBRE O
MARKETING DIGITAL
PARA ESCRITORES
MITOS SOBRE
MARKETING DIGITAL
PARA ESCRITORES

Muitos escritores acreditam que "fazer marketing" é para


poucos, por ser complexo e caro. Eu acredito que o
marketing é, antes de tudo, comportamental. É entender o
comportamento de consumo do seu leitor e, a partir deste
entendimento, saber o que falar e escrever para ele.

Quando se tem este entendimento sobre o marketing, fica


mais fácil saber o que fazer com as diversas ferramentas
digitais disponíveis. No texto de hoje, falarei dos mitos
sobre o marketing para escritores que acabam
afastando-os dos potenciais leitores.
MITOS SOBRE
MARKETING DIGITAL
PARA ESCRITORES

Mito 1: "É preciso ter muito dinheiro"


É possível conquistar leitores através de ferramentas
gratuitas de criação, gestão e análises. Além disso, todo
tipo de conteúdo pode ser feito por você mesmo.

Todos sabemos que criar uma conta nas redes sociais,


bem como criar um site e blog em diversas plataformas,
não requer investimentos financeiros. Além disso,
algumas ferramentas para análises de resultados como o
Google Analytics, também são de graça.

Para produzir conteúdos para as redes sociais, mesmo


sem ser designer, existe o Canva ou o Spark Post, duas
ferramentas para fazer imagens profissionais. Já para os
conteúdos para o blog, a recomendação é que você
mesmo escreva os textos, que ajudará você no
desenvolvimento da escrita.
MITOS SOBRE
MARKETING DIGITAL
PARA ESCRITORES

Mito 2: "É somente para autores publicados"


O marketing digital DEVE ser feito antes mesmo da
publicação do seu livro, ainda mais se você for um
escritor(a) "desconhecido".

O objetivo, quando se lança um livro, é que existam


leitores para lê-lo, correto? Mas como que as pessoas
encontrarão o seu livro? Elas só saberão da sua existência
se você estiver presente nos canais digitais. É preciso ter
audiência e visibilidade.

Um livro não se vende sozinho. E o marketing digital deve


ser feito constantemente e deve estar incorporado na sua
rotina. Se você possui um orçamento mensal para
investimento, pode-se aplicar este dinheiro em anúncios
patrocinados, que aumentarão o alcance das suas
publicações.
MITOS SOBRE
MARKETING DIGITAL
PARA ESCRITORES

Mito 3: "Marketing não funciona"


Essa afirmação é parcialmente verdadeira. O marketing
digital realmente não funciona se for feito da maneira
inadequada. Engana-se quem acredita que marketing
digital se resume a publicar algumas imagens nas redes
sociais.

Este é, na realidade, apenas um dos pilares a serem


trabalhados em toda uma estratégia. Ou seja, se o escritor
faz apenas parte do trabalho, é de se esperar apenas parte
do resultados.

Marketing digital é além da utilização de ferramentas. É


entender o comportamento de consumo do seu leitor e
saber o que e quando entregar para ele. Os resultados
aparecem quando uma boa estratégia é pensada e
executada.
MITOS SOBRE
MARKETING DIGITAL
PARA ESCRITORES

Mito 4: "É muito difícil de se fazer"


Para quem nunca teve contato com estratégias e
ferramentas de marketing digital, no começo pode
realmente achar que parece "um bicho de sete cabeças",
porém, com o entendimento dos princípios de presença
digital e de como o marketing pode ajudar, aos poucos o
escritor passa a entender como fazer do marketing um
pilar essencial na sua jornada.

Conclusão
O marketing digital é um caminho importante para o
escritor trilhar se ele quiser ter sucesso com a publicação
do seu livro. Através do marketing, é possível alcançar
novos leitores e fazer do autor uma peça importante no
meio editorial.
05
DESAFIOS COMUNS
AOS ESCRITORES
DESAFIOS COMUNS
AOS ESCRITORES

Entender e começar a executar estratégias de marketing


digital pode ser bastante desafiador para quem está
começando. Esses desafios podem ser suficientes para
que o escritor desista de apostar nela como uma das
saídas para vender mais livros.

Entender o comportamento do leitor


Quando se começa a produzir conteúdos para a internet,
seja para divulgar um livro, uma ideia ou um pensamento,
geralmente produzimos algo voltado para nós mesmos,
sem pensar em como esse conteúdo irá atingir a sua
persona. Tudo o que fazemos no marketing é pensando no
nosso leitor ou, "cliente ideal".

Não me entenda mal, não estou dizendo que nas suas


estratégias de marketing você deve moldar aquilo que
você escreve ou cria por conta do que o outro vai gostar.
DESAFIOS COMUNS
AOS ESCRITORES

Estou dizendo que o conteúdo que você produz deve ser


agradável, interessante e, muitas vezes, bastante
explicativo, para que você consiga atrair mais pessoas
interessadas em você e no seu livro.

E para produzir bons conteúdos, é preciso entender o


comportamento do seu potencial leitor. Quem ele é? Quais
são seus comportamentos de consumo? Qual horário ele
mais engaja com determinados conteúdos? Qual tipo de
conteúdo o atrai mais?

Quanto mais você entende o seu leitor, mais próximo dele


você estará e, assim, maiores as chances dele adquirir o
seu livro.
DESAFIOS COMUNS
AOS ESCRITORES

Produzir conteúdos relevantes


As redes sociais são lugares com infinitos conteúdos fúteis
e irrelevantes. Há quem goste deste tipo de conteúdo (e
não há nada de errado nisso), mas quando se pensa em
produção de conteúdo voltado para estratégias de
marketing digital, é preciso estudar, planejar, criar e, no
final, metrificar resultados.

Geralmente, conteúdos produzidos sem planejamento,


possuem um menor engajamento da sua persona,
ocasionando um afastamento dos seus potenciais
compradores.

Conteúdo irrelevante não é sinônimo de conteúdo alegre


ou descontraído. Até porque é preciso humanizar a sua
comunicação. O que deve ser evitado são conteúdos que
não agregam em nada no seu objetivo.
DESAFIOS COMUNS
AOS ESCRITORES

Aprender todas as terminologias


O marketing digital é repleto de termos em inglês que não
possuem traduções literais e podem confundir os que
estão começando a estudar sobre o tema. Eu mesmo já
passei por inúmeras dificuldades anos atrás.

Pensando nisso, eu criei um dicionário com os principais


termos e siglas do marketing digital para facilitar o seu
entendimento. E você poderá lê-lo, na íntegra no capítulo 7
deste e-book
06
BENEFÍCIOS DO
MARKETING DIGITAL
BENEFÍCIOS
DO MARKETING DIGITAL

Apresentarei alguns dos principais benefícios para


aqueles trabalham bem o seu marketing digital. Me siga
nas próximas linhas e veja como você pode alcançar mais
leitores do seu livro.

Engaja leitores de forma assertiva


Quando se tem uma estratégia bem definida e se utiliza
bem os mais diversos canais de comunicação (redes
sociais, e-mail marketing, blog e site), você alcança mais
pessoas para engajar com o seu conteúdo e,
consequentemente, se sentirão atraídas pelo seu livro.
BENEFÍCIOS
DO MARKETING DIGITAL

Construção da reputação do escritor


Quando se produz conteúdos com recorrência sobre seu
gênero literário, sobre a temática do seu livro ou sobre
experiências pessoais como escritor, aos poucos a sua
reputação vai sendo construída nos canais digitais.

Pense comigo: ao deparar com um livro que não sabemos


quem é o autor, pesquisaremos nas redes sociais ou no
Google quem ele(a) é.

E se o autor possui uma boa presença digital, teremos


diversas informações e dado para validá-lo.
BENEFÍCIOS
DO MARKETING DIGITAL

Aproximação entre leitor e escritor


Uma boa estratégia de marketing digital permite que o
leitor encontre diversos canais para entrar em contato
com o escritor. Seja por e-mail, mensagens privadas ou
comentários em publicações nas redes sociais e blog, o
seu leitor conversará com você e este hábito é importante
para colher feedbacks sobre o seu livro, por exemplo.

Aumenta o número de vendas


O marketing digital permite que pessoas desconhecidas
encontrem você e seu livro, proporcionando
oportunidades de venda. Quando não se trabalha o
marketing digital, as vendas dos livros ficam restritas
apenas às pessoas que já te conhecem. E, claro, este é um
número limitado e provavelmente insuficiente para as
suas ambições.
BENEFÍCIOS
DO MARKETING DIGITAL

Melhora a sua percepção de mercado


Estar antenado ao que se é falado, escrito e compartilhado
nas redes sociais e blogs é importante para o autor se
manter atualizado e por dentro de como está o mercado
editorial.

Quem me acompanha sabe que em diversos artigos eu


falo sobre a crescente procura por livros digitais. Este é
um dado recente que praticamente "obriga" o autor a
lançar o seu livro em formato digital, já que cada vez mais
os leitores estão optando por este formato.
07
ABC DO
MARKETING DIGITAL
ABC
DO MARKETING DIGITAL

O Marketing Digital é um dos tipos de Marketing mais


novos e comumente muitas pessoas ainda não sabem o
significados de expressões e palavras utilizadas nesse
meio. Prepare-se e guarde este texto para futuras
consultas. Boa leitura!

ABC do Marketing Digital: o dicionário que você


precisa saber

Geralmente os termos no marketing são em inglês e nem


sempre há um tradução em português. Mas não se
preocupe, com tempo e prática rapidamente você se
ficará familiarizado(a) com esses termos.
ABC
DO MARKETING DIGITAL

AIDA
É a abreviação de Atenção, Interesse, Desejo e Ação. Estas
são 4 das etapas do processo de relacionamento com o
consumidor, baseado no comportamento humano para
tomada de decisão. É utilizado no Marketing com objetivo
de direcionar usuários para uma conversão
pré-determinada.

Alt Text
Em tradução literal “texto alternativo” e significa a
descrição de uma imagem na internet. Essa descrição é
lida pelos mecanismos de busca, sendo um importante
fator de SEO. Caso a imagem não carregue, a descrição irá
aparecer e proporcionará uma boa experiência ao usuário
que poderá entender o conteúdo da imagem mesmo sem
vê-la.
ABC
DO MARKETING DIGITAL

Analytics
É uma ferramenta que permite fazer análises
aprofundadas de um site por meio de dados e estatísticas
de diversos aspectos, tais como número de visitantes,
páginas mais acessadas, entre outros dados relevantes. A
ferramenta mais famosa é o Google Analytics.

API
É a sigla para Application Programming Interface. É o
composto de aplicações de programação que são
utilizados para integrar diferentes tipos de softwares.

Automação de marketing
São ferramentas que automatizam tarefas simples e
rotineiras do Marketing Digital. A intenção é acelerar e
organizar processos.
ABC
DO MARKETING DIGITAL

Autoridade da página
É o nível de relevância de uma página da internet em
relação a outras páginas concorrentes. Quanto mais
relevante for uma página, melhor o seu posicionamento
nos mecanismos de busca e maiores as chances de dos
usuários a encontrarem.

Banner
São os “outdoors” da internet. São espaços em sites, blogs
ou canais de comunicação para se fazer anúncios em
formato de imagens.

O banner pode conter a marca ou mensagem do dono da


página ou este pode ceder seu espaço para anúncios de
terceiros e cobrar uma taxa por conceder seu espaço.
ABC
DO MARKETING DIGITAL

Black Hat
São ações de SEO consideradas antiéticas e passíveis de
punição pelos mecanismos de busca.

Blog
É uma página de um web site no qual é publicado diversos
tipos de conteúdo, tais como textos, infográficos, imagens,
vídeos. Um blog tem a finalidade de informar os visitantes
de uma página de uma forma regular.

Busca orgânica
Se refere a todo tráfego gerado de forma gratuita em uma
página. Significa que os visitantes chegam por meio de
uma pesquisa de palavra chave de forma orgânica.
Também pode ser chamado de tráfego orgânico.
ABC
DO MARKETING DIGITAL

CAC
É a sigla para Custo de Aquisição de Cliente. É um cálculo
que mostra o quanto uma empresa está gastando para
conquistar um cliente novo.

Calendário editorial
Como o próprio nome sugere, é um calendário feito para
organizar atividades cotidianas de modo a ter um controle
sobre as mesmas, como se fosse uma
agenda/cronograma. Exemplo: definir os dias de postagem
de conteúdo nas redes sociais.

Chatbot
É um programa de computador capaz de simular um
atendimento humanizado, por meio de um chat online,
dinamizando o tempo de suporte ao cliente.
ABC
DO MARKETING DIGITAL

Conteúdo viral
Todo tipo de conteúdo que se “espalha” rapidamente, de
forma viral. O conteúdo é amplamente compartilhado e
comentado dentro e fora da internet.

CPC
É a sigla para Custo Por Clique. É o meio de cobrança por
anúncios à medida que o mesmo é clicado. O valor da
cobrança varia de acordo com nível de relevância da
palavra-chave. Quanto maior o volume de pesquisa de
uma palavra-chave, maior tende a ser o seu valor.

CPA
É a sigla para Custo por Aquisição. É o outro meio de
cobrança por anúncios, entretanto a base de cálculo é o
número de conversões realizadas.
ABC
DO MARKETING DIGITAL

CRM
É a sigla para Customer Relationship Management. É um
sistema para gerenciar o relacionamento com clientes
desde a coleta de informações quando o mesmo ainda é
um potencial cliente até o momento em que se torna um
cliente e seu pós venda.

CRO
É a sigla para Conversion Rate Optimization. É o processo
para otimizar a taxa de conversão dos visitantes de uma
página.

CTA
É a sigla para Call to Action. São comandos que induzem o
visitante de uma página a realizarem uma ação, seja
baixar um material ou se inscrever em uma newsletter.
ABC
DO MARKETING DIGITAL

CTR
É a sigla para Click Through Rate. É a porcentagem dos
visitantes que clicam em links dentro de uma mensagem
e são redirecionados a uma página da web.

Domínio
É o endereço de um site. Por exemplo:
www.livrobingo.com.br.

E-book
É um livro eletrônico. No meio do marketing digital
também pode ser um conteúdo muito rico, como se fosse
um guia ou manual sobre algo.
ABC
DO MARKETING DIGITAL

Engajamento
É o nível de interação que um conteúdo teve, está
associado ao número de compartilhamentos, comentários
e curtidas.

Formulário de conversão
É o campo no qual o visitantes preenchem algumas
informações pessoais com o intuito de receber algo em
troca, tais como contato com um profissional de uma
empresa, ebooks, newsletter.
ABC
DO MARKETING DIGITAL

Funil de vendas
É um modelo estratégico dividido em 3 etapas que mostra
a jornada do cliente, desde o seu primeiro contato com a
empresa,quando o mesmo ainda não está pronto para
comprar, até o fechamento de uma venda. No Marketing
Digital são utilizadas estratégias diferentes para cada
etapa de modo a conduzir o potencial cliente ao longo
desse funil.

As etapas são:
Topo do funil: contato inicial que o possível cliente tem
com a empresa. Neste momento o mesmo ainda não se
encontra apto a comprar, logo é preciso educá-lo e tirar
dúvidas respeito do que ele procura.
ABC
DO MARKETING DIGITAL

Meio do funil: momento no qual o possível cliente já está


familiarizado com o produto ou serviço da empresa e
começa a avaliar custo benefícios de adquirir, ou seja,
momento que ele começa mostrar interesses de compra.
Logo é o momento de fortalecer o relacionamento.

Fundo do funil: momento final para finalizar a venda, pois


o possível comprador já tem todas as informações a
respeito da empresa e seu produto/serviço e chegou o
momento de apresentar valores e condições de
pagamento para fechar ou não a venda. Aqui o vendedor
deve mostrar porque a sua empresa é a melhor solução
para resolver o problema e fechar “portas” em relação aos
concorrentes.
ABC
DO MARKETING DIGITAL

Geração de leads
É a estratégia para atrair visitantes em uma página e
transformá-los em leads, ou seja, potenciais clientes.

Google Adwords
Ferramenta do Google para exibir anúncios de forma
segmentada e pelo uso de palavras chave por meio de
pagamentos por quantidade de cliques ou conversões.
Redes sociais como Facebook e Instagram também
possuem a ferramenta Adwords.

Guest post
É um conteúdo produzido por um autor convidado para ser
publicado em uma página que não a de costume deste
autor. Exemplo: a FriendsLab pode convidar um
profissional de outra empresa para escrever em seu blog
para dar uma outra visão sobre um tema.
ABC
DO MARKETING DIGITAL

Hard bounce
É quando um email apresenta uma falha em sua entrega
ao destinatário final de modo permanente, provavelmente
o usuário forneceu um endereço de email inexistente.

Heading tags
Mais conhecidos como H1, H2, H3 , são códigos de
programação em HTML que servem para diferenciar títulos
e sub-títulos de uma página.

Hiperlinks
É um conteúdo no qual o visitante pode clicar para ser
redirecionado a outra página ou site por meio de uma
imagem, palavra com link, botões.
ABC
DO MARKETING DIGITAL

Inbound marketing
É um novo método dentro do Marketing no qual o cliente
chega até a empresa de forma natural e gradativa por
meio de pesquisas de conteúdos relacionados a uma
dúvida ou um problema que precisa ser resolvido. Para
isso são produzido conteúdos relevantes para cada etapa
do funil de vendas de modo a conduzi-lo na jornada de
compra dentro de quatro etapas: atração, conversão,
fechamento e encantamento.

KPI
É a sigla para Key Performance Indicators. São indicadores
de performance feitos para avaliar, mensurar e monitorar
o acompanhamento de métricas.
ABC
DO MARKETING DIGITAL

Landing page
É uma página feita para segmentar algum tipo de contato
e propagação de algum conteúdo específico de modo a
otimizar conversões e geração de novos leads.

Lead
É todo visitante de uma página que demonstra interesse
na empresa e por isso fornece dados pessoais, tais como
nome email, telefone, em troca de algo em interesse se
tornando assim um potencial cliente.

Lead qualificado
É o lead que já avançou em pouco no funil e agora está
mais qualificado e interessado para saber mais
informações de uma oferta.
ABC
DO MARKETING DIGITAL

Lead scoring
É um sistema que monitora todas as ações do lead e
atribui uma pontuação para cada ação, de modo que se
este tiver muitas ações ele se torna um lead qualificado.
Exemplo: um lead baixou um ebook, assinou uma
newsletter, baixa outros conteúdos e cada ação é
pontuada de acordo com o nível de importância para a
empresa.

Long tail keywords


Em tradução literal significa palavra chave de cauda longa.
Isso significa que um usuário procura por algo mais
específico e por isso ele desenvolve mais o que está
procurando. Exemplo: imagine que você esteja procurando
por um apartamento, ao invés de digitar apenas:
“apartamento em São Paulo”, você digitaria “apartamento
2 quartos próximo a Av. Paulista”.
ABC
DO MARKETING DIGITAL

Links internos
São outros links de um site que direcionam a outras
páginas deste mesmo site, são links de um mesmo
domínio. Exemplo: é possível linkar esse glossário a outros
conteúdos próprios da FriendsLab.

Links externos
São links que ao contrário dos links internos, estes
direcionam para outras páginas fora do seu próprio
domínio.

Link building
É o de conseguir trocar links externos com outras páginas
de forma a melhorar o seu posicionamento nos
mecanismos de busca.
ABC
DO MARKETING DIGITAL

Marketing de conteúdo
É uma das estratégias do Inbound Marketing que tem o
objetivo criar conteúdos (textos, infográficos, vídeos,
imagens, ebooks) para potenciais consumidores. Cada
conteúdo produzido está em função de cada etapa do funil
(topo, meio ou fundo). É uma estratégia que visa educar os
visitantes de modo a diminuir o ciclo de vendas

Nutrição de leads
Também conhecido como Fluxo de Nutrição, é o ato de
automatizar uma sequência de emails a medida que um
lead interage com um conteúdo, enviando outro
conteúdos relacionados com o que ele acabou de
interagir. Isso ajuda a aumentar sua pontuação no lead
scoring e a caminhar dentro da jornada de compra.
ABC
DO MARKETING DIGITAL

Outbound marketing
É um método contrário ao Inbound Marketing, também
conhecido como marketing de interrupção. É um processo
similar ao utilizado na publicidade no qual o conteúdo é
feito para ser disseminado de forma ampla para divulgar
um produto ou serviço de forma direta.

Palavra chave
É aquilo que o usuário procura ou pesquisa na internet,
são as palavras ou conjunto de palavras que definem sua
intenção de busca.

Persona
É a representação das principais características de um
público alvo representadas na forma de um personagem
fictício para representar um cliente ideal. É possível que
uma empresa tenha mais de uma persona
ABC
DO MARKETING DIGITAL

Remarketing
É a reexibição de anúncios após uma visita de um usuário
a um site, em outras páginas. Na prática funciona quase
como uma “perseguição” de um anúncio em todos os
lugares que possuírem a rede de display. Exemplo: você
pesquisou preços de passagens aérea e depois vários
anúncios de passagens da companhia aparecem para você
novamente.

SEO
É a sigla para Search Engine Optimization. São técnicas
para otimizar o posicionamento de um site nos
mecanismos de busca. É fundamental que as práticas de
SEO estejam em um estratégia de marketing digital de
modo a trazer mais visibilidade para a sua página e
conteúdos de modo orgânico.
ABC
DO MARKETING DIGITAL

SERP
É a sigla para Search Engine Results Page. É a página com
todos os resultados de uma pesquisa de palavra chave em
um mecanismo de busca. Uma estratégia de SEO bem feita
permite que sua página fique nas primeiras posições de
um SERP, em outras palavras é fazer com seu site ou
conteúdo aparece nas primeiras posições da primeira
página do Google.

Taxa de conversão
É a porcentagem de visitantes que realizam uma ação
previamente determinada para gerar uma conversão.
Exemplo fazer um cadastro, baixar um material, fechar
uma venda.
ABC
DO MARKETING DIGITAL

Teste A/B
É um teste cujo objetivo é testar duas ou mais variações
de uma mesma página, publicação ou email, para saber
qual dessas variações causa mais impacto na conversão
do usuário. É testado variar as cores, posições de links na
página, imagens diferentes, variar um título e descrição
entre outros.

Webinar
É um seminário virtual. É a disponibilização de um
conteúdo em vídeo, muitas vezes feito ao vivo, com o
intuito de transmitir algum tipo de conhecimento ou
promover uma interação mais humana com os visitantes.
08
CONHEÇA A
ESCOLA BINGO
ESCOLA
BINGO

A Escola Bingo foi feita para autores


independentes que querem aprender mais
sobre escrita, etapas de publicação de um livro
e marketing digital.

Acesse: https://cursos.livrobingo.com.br/
CURSOS E E-BOOKS
GRATUITOS

CURSO "3EPV"

METODOLOGIA BINGO COM OS 5 PILARES


ESSENCIAIS, DESDE A IDEAÇÃO ATÉ O
LANÇAMENTO
LINK:
https://cursos.livrobingo.com.br/curso
/3epv/

E-BOOK "QUERO
ESCREVER UM LIVRO"

10 PASSOS PARA QUEM NÃO SABE POR


ONDE COMEÇAR A ESCREVER UM LIVRO
LINK:
https://cursos.livrobingo.com.br/curs
o/quero-escrever-um-livro-e-agora
OBRIGADO
suporte@livrobingo.com.br
(31) 99187-1277
www.livrobingo.com.br

Siga-nos no Instagram:
www.instagram.com/livrobingo

Você também pode gostar