Você está na página 1de 5

anotações

Causas que
Permanentes
provocam Ações que ocorrem com valores constantes ou de pequena variação em
esforços ou torno de sua média, durante praticamente toda a vida da construção. A
deformações

ações
nas estruturas. variabilidade das ações permanentes é medida num conjunto de
construções análogas.
Variáveis
Ações que ocorrem com valores que apresentam variações significativas
em torno de sua média, durante a vida da construção.
Excepcionais
NBR 8681:2003 Ações excepcionais são as que têm duração extremamente curta e muito
baixa probabilidade de ocorrência durante a vida da construção, mas
que devem ser consideradas nos projetos de determinadas estruturas. Ex:
explosões, choques de veículo, incêndios, enchentes, etc.

OBS: cargas acidentais: são as ações variáveis que atuam nas construções em função de seu
uso (pessoas, mobiliário, veículos, materiais diversos etc.).

Ações permanentes são as que ocorrem com valores


praticamente constantes durante toda a vida da
construção. Também são consideradas permanentes as
ações que aumentam no tempo, tendendo a um valor-
limite constante.

ações permanentes ações variáveis ações excepcionais

Licensed to Patricia Serbai - patriciaserbai@gmail.com


DIRETAS DIRETAS
Peso próprio; No projeto de estruturas sujeitas a
Cargas acidentais; situações excepcionais de
Peso dos elementos construtivos fixos; Ação do vento;
Empuxos permanentes. carregamento, cujos efeitos não
Ação da água; possam ser controlados por outros
Ações variáveis durante a construção. meios, devem ser consideradas
INDIRETAS
deformações impostas por retração e fluência do concreto, ações excepcionais com os valores
INDIRETAS definidos, em cada caso particular,
deslocamentos de apoio, imperfeições geométricas e protensão. Variações uniformes de temperatura;
Retração do concreto; por Normas Brasileiras específicas.
Variações não uniformes de temperatura;
Fluência do concreto; Ações dinâmicas.
Deslocamentos de apoio;
Imperfeições geométricas (globais e locais);
Protensão. NBR 6118:2014 NBR 6118:2014 NBR 6118:2014
Estados Limites = OBS: os coeficientes de ponderação (γ).
situações limite que as
estruturas não devem os coeficientes de combinação (ψ0 ) e
ultrapassar. os de redução (ψ1 𝑒 ψ2 ) estão
especificados nas NBR 8681 e NBR 6118 e
apresentados nas tabelas contidas no

estado limite último COMBINAÇÕES NORMAIS próximo mapa.


ações permanentes diretas
Estados que, pela sua simples ação variável principal
ocorrência, determinam a paralisação,
no todo ou em parte, do uso da
construção. Fd = γg Fgk + γεg Fεgk + γq (Fq1k + Σψ0j Fqjk ) + γεq ψ0ε Fεqk

devem ser feitas de forma que possam


ser determinados os efeitos mais
desfavoráveis para a estrutura.
ações permanentes indiretas ação
ações variáveis secundárias variável

combinações de ações
indireta
COMBINAÇÕES ESPECIAIS OU DE CONSTRUÇÃO

Fd = γg Fgk + γεg Fεgk + γq (Fq1k + Σψ0j Fqjk ) + γεq ψ0ε Fεqk


estado limite de serviço
ação variável especial

Licensed to Patricia Serbai - patriciaserbai@gmail.com


COMBINAÇÕES EXCEPCIONAIS
Estados que, por sua ocorrência, repetição ou duração,
causam efeitos estruturais que não respeitam as
condições especificadas para o uso normal da Fd = γg Fgk + γεg Fεgk + Fq1exc + γq Σψ0j Fqjk + γεq ψ0ε Fεqk
construção, ou que são indícios de comprometimento da ação variável excepcional
durabilidade da estrutura.

COMBINAÇÕES Fd,ser = ΣFgi,k + Σψ2j Fqjk


combinações que podem atuar durante grande parte do período de vida da estrutura, da
ordem da metade deste período – pode ser usada na verificação do estado limite de
QUASE-PERMANENTES deformação excessiva.

combinações que se repetem muitas vezes durante o período de vida da estrutura, da ordem de
COMBINAÇÕES Fd,ser = ΣFgi,k + ψ1 Fq1k + Σψ2j Fqjk 105 vezes em 50 anos, ou que tenham duração total igual a uma parte não desprezível desse
período, da ordem de 5%. verificação dos estados-limites de formação de fissuras, de abertura.
FREQUENTES de fissuras e de vibrações excessivas.

COMBINAÇÕES Fd,ser = ΣFgi,k + Fq1k + Σψ1j Fqjk


combinações que podem atuar no máximo algumas horas durante o período de vida da estrutura.
sua consideração pode ser necessária na verificação do estado-limite de formação de fissuras.
RARAS
considera os desvios gerados nas construções e
considera a variabilidade as aproximações feitas em projeto do ponto de
das ações vista das solicitações

Coeficiente γf = γf1.γf3

ações
Combinações Recalques de apoio e
permanentes variáveis protensão
de ações retração
Desfavorável Favorável Geral Temperatura Desfavorável Favorável Desfavorável Favorável
Normais 1,40 1,0 1,40 1,20 1,20 0,90 1,20 0,00
Especiais ou
1,30 1,0 1,20 1,00 1,20 0,90 1,20 0,00
de construção
excepcionais 1,20 1,0 1,00 0,00 1,20 0,90 0,00 0,00
Para as cargas permanentes de pequena variabilidade, como o peso próprio das estruturas, especialmente as pré-moldadas,
esse coeficiente pode ser reduzido para 1,3.

considera a simultaneidade de
atuação das ações

Licensed to Patricia Serbai - patriciaserbai@gmail.com


Coeficiente γf2

γf2
Ações
ψ0 ψ1 ψ2
Locais em que não há predominância de pesos de equipamentos que permanecem fixos por longos
0,5 0,4 0,3
períodos de tempo, nem de elevadas concentrações de pessoas (edifícios residenciais)
Cargas acidentais Locais em que há predominância de pesos de equipamentos que permanecem fixos por longos
de edifícios períodos de tempo, ou de elevadas concentrações de pessoas (edifícios comerciais, de escritórios, 0,7 0,6 0,4
estações e edifícios públicos).
Biblioteca, arquivos, oficinas e garagens 0,8 0,7 0,6
Vento Pressão dinâmica do vento nas estruturas em geral 0,6 0,3 0,0
Temperatura Variações uniformes de temperatura em relação à média anual local 0,6 0,5 0,3

f2 = 1 para combinações raras;


f2 = 1 para combinações frequentes;
f2 = 2 para combinações quase permanentes.
organizando as ideias
No cálculo das estruturas você deve calcular a solicitação de projeto, através das combinações de ações.

Esta solicitação de projeto depende do tipo de verificação que se deseja fazer: Estado Limite Último e Estado
Limite de Serviço.

A Solicitação de projeto NÃO pode ser maior que a resistência de cálculo do elemento verificado. De maneira geral,
para cálculo da solicitação as cargas são majoradas pelos coeficientes e a resistência é minorada, devendo ao
final atender a seguinte condição de segurança: Resistência
característica
Rk
Rd =
Sd ≤ Rd γm

Licensed to Patricia Serbai - patriciaserbai@gmail.com


Solicitação de projeto; calculada Resistência de projeto;
conforme as combinações de ações Os valores para resistência de cálculo são
apresentadas anteriormente. encontrados, de maneira geral, dividindo-se a
resistência característica por um fator de
segurança especificado em norma.
OBS: γm é o coeficiente de ponderação das resistências, onde: Segundo a NBR 6118, os coeficientes são:

Considera a variabilidade da Considera os desvios Combinações Concreto (γc) Aço (γs)


resistência dos materiais gerados na construção e as Normais 1,40 1,15
envolvidos. aproximações feitas em
γm = γm1. γm2. γm3 projeto Especiais ou
1,20 1,15
de construção
Considera a diferença entre a Excepcionais 1,20 1,00
resistência do material no corpo
de prova e na estrutura
OBS: Os limites estabelecidos para os estados-limites de
serviço não necessitam de minoração, portanto, γm = 1,0.
Licensed to Patricia Serbai - patriciaserbai@gmail.com

Você também pode gostar