Você está na página 1de 48

SOLUÇÕES PARA

REFRIGERAÇÃO
INDUSTRIAL
APRESENTAÇÃO

Marcos Fagundes - Supervisor Assist. Técnica

Matriz – Arujá – SP

Fone : 11 4654 8043

E-mail : marcos.fagundes@mayekawa.com.br

2
“SEGURANÇA EM
SISTEMA DE
REFRIGERAÇÃO
COM NH3”
COMPRESSORES – IDENTIFICAÇÃO

• Todo compressor deve possuir


plaqueta de identificação do
fabricante, com informações de
projeto.
MOTORES ELÉTRICOS.

• O motor do compressor deve estar de acordo com os requisitos de


projeto e normas aplicáveis e deverá estar comissionado para
operação. Todas as interligações elétricas deverão ser previamente
verificadas e aprovadas.
VÁLVULAS DE SEGURANÇA
• Todo compressor de deslocamento positivo deve ser equipado com
um dispositivo de alívio de pressão (interno ou externo),
dimensionado de maneira adequada, com pressão de ajuste de modo
a evitar ruptura do compressor (conforme o ANSI/ASHRAE 15-2007 e
a NBR 16069 – Seção 9.8).
VÁLVULAS DE SEGURANÇA
• Toda válvula de alívio de pressão deve ser ajustada de forma tal que a
pressão inicial de abertura da válvula não ultrapasse a pressão de
projeto da(s) parte(s) por ela protegida, conforme requerido na NR-
13, no ANSI/ASHRAE 15-2007 e na NBR 16069 (Seção 9.7).
• Toda válvula de alívio de pressão deve ser ajustada e lacrada pelo
fabricante da válvula e marcada com uma plaqueta de identificação,
conforme requerido na NR-13, no ANSI/ASHRAE 15-2007 e na NBR
16069 (Seção 9.7).
VÁLVULAS DE SEGURANÇA
• As válvulas de alívio de pressão deverão ser recalibradas ou substituídas
periodicamente, conforme requerido na NR-13
VÁLVULAS DE SEGURANÇA
CONTROLES E SEGURANÇA
• Todo compressor deve ser equipado no mínimo com as seguintes
proteções através de controles de segurança:
• Baixa Pressão de Sucção , Alta Pressão de Descarga e por Baixa
Pressão de Óleo / Temperatura de Sucção , Descarga e Óleo.
INTEGRIDADE FÍSICA

• Todo compressor deve ser inspecionado em relação a casos de


qualquer sinal de alteração, modificação ou reparo que possa afetar a
integridade da carcaça do compressor.
CONTROLE DE VIBRAÇÃO

• Todo compressor, quando em operação, deve ser inspecionado e


verificado quanto a vibrações excessivas, condições de fixação da
base (aperto dos parafusos de fixação), limpeza e outras condições
que possam afetar a segurança operacional do equipamento.
CONDENSADORES EVAPORATIVOS
CONDENSADORES EVAPORATIVOS

• Todos os condensadores evaporativos deverão estar adequadamente


ancorados e suportados.
• Para os serviços de revisão e manutenção , o acesso deverá ser tal
que não coloque em risco a equipe de manutenção.
*NR18

Escada tipo Santos Dumont


CONDENSADORES EVAPORATIVOS

• Qualquer vibração
excessiva de ventilador
e/ou motor deverá ser
corrigida.

• Todo condensador
evaporativo deve ser
inspecionado
completamente quanto à
corrosão periodicamente.
CONDENSADORES EVAPORATIVOS
A serpentina, o eliminador de gotas e a bacia de todo condensador
evaporativo devem ser verificados periodicamente quanto ao acúmulo de
depósitos sólidos (incrustação) e/ou sujeira.

VÁLVULAS DE SEGURANÇA
• Todo vaso de pressão (incluindo os vasos principais, trocadores de calor,
vasos acumuladores para dreno de óleo, e demais vasos auxiliares do
sistema de Amônia) deverá ter instalado pelo menos uma válvula de alívio
de pressão (simples ou dupla) ou outro dispositivo de alívio de pressão
aplicável, conforme requerido na NR-13, no ANSI/ASHRAE 15-2007 e na
NBR 16069 (Seção 9.7).
VÁLVULAS DE BLOQUEIO E RETENÇÕES

• Todo compressor deve ser equipado com válvulas de bloqueio e


retenção na linha de sucção e na linha de descarga.
VASOS DE PRESSÃO E TROCADORES
DE CALOR
• Caso o vaso de pressão e ou trocador apresente sinais de corrosão , o
equipamento deverá ser inspecionado quanto à diminuição de
espessura de chapa devido à corrosão, por profissional qualificado,
conforme requerido pela NR-13.
VASOS DE PRESSÃO E TROCADORES
DE CALOR

• Todo vaso de pressão deve possuir conexão específica para instalação


de dispositivo de alívio de pressão, conforme definido pela NR-13 e
dimensionado conforme Seção 9.7 e Anexo A da NBR 16069 ou
Appendix H do ANSI/ASHRAE 15-2007.
VASOS DE PRESSÃO E TROCADORES
DE CALOR
• Os trocadores de calor caracterizados como vasos de pressão
deverão igualmente possuir dispositivos de alívio de pressão no lado
do fluido frigorífico, conforme definido pela NR-13 e dimensionado
conforme a NBR 16069 ou o ANSI/ASHRAE 15-2007
VASOS DE PRESSÃO E TROCADORES
DE CALOR
• Qualquer alteração física em vasos de pressão e trocadores de calor
deverá ser documentada no prontuário do equipamento, conforme
requerido pela NR-13.
• Neste caso deverá ser ainda realizado novo teste de pressão do
equipamento, assim como os demais ensaios requeridos aplicáveis.
EVAPORADORES

• Todos os evaporadores
deverão estar adequadamente
ancorados e suportados.
• Todo evaporador deve ser
instalado em local onde não
seja exposto a possíveis
avarias devido a choques de
veículos em trânsito (ex.
empilhadeiras).
• Todo evaporador deverá
possuir plaqueta de
identificação do fabricante e
dados de projeto.
EVAPORADORES

• Todo evaporador e respectiva


tubulação de interligação devem
ser mantidos livres de acúmulo
excessivo de gelo, formado
durante a operação, quando em
operação em baixa temperatura.
• Para os serviços de revisão e
manutenção nos evaporadores,
o acesso deverá ser tal que não
coloque em risco a equipe de
manutenção.
• Todo evaporador deve ser
periodicamente e
rigorosamente inspecionado
quanto à corrosão.
BOMBAS DE FLUÍDO REFRIGERANTE
• Adequadas para as condições de operação do sistema e apropriadas
para operar com fluido refrigerante.
• Instalada com válvulas de bloqueio na sucção e recalque, e válvula de
retenção no recalque.
BOMBAS DE FLUÍDO REFRIGERANTE
• Como elemento de
proteção contra pressão
excessiva na bomba de
Amônia e na respectiva
tubulação, deverá ser
instalado um dispositivo
de alívio hidrostático ou
de pressão diferencial ou
ainda, uma tubulação
auxiliar de alívio (para
um vaso de menor
pressão, por exemplo)
que não possa ser
bloqueada.
INDICADORES DE NÍVEL DE LÍQUIDO
• Os indicadores de nível de líquido deverão possuir corpo blindado e
vidros anti-reflexivos, conforme a NBR 16069 (Item 9.11.2) e o EN
378-2 2000 (Item 6.2.7.3), com válvulas de bloqueio, com sistema
interno de retenção de vazamento em caso de ruptura do vidro.
Indicadores de nível do tipo tubo de vidro não devem ser utilizados.
TUBULAÇÕES
• Deve ser marcada e sinalizada de maneira apropriada para indicar a
utilidade (ou aplicação) de determinado trecho de tubulação, e setas
indicadoras do sentido de fluxo. Como sugestão, recomenda-se o
IIAR Bulletin 114– 1991:Guidelines for Identification of Ammonia
Refrigeration Piping and System Components.
TUBULAÇÕES
• Em toda tubulação com isolamento térmico que apresente sinais de
falha , o isolamento térmico deverá ser removido para inspeção da
tubulação.
TUBULAÇÕES
Todas tubulação não isolada deve ser inspecionada periodicamente quanto a sinais
de corrosão. Caso haja corrosão, o trecho de tubo deverá ser limpo até a superfície
do metal de modo a se eliminar toda corrosão. Em seguida o tubo deve ser
novamente pintado com pintura adequada, com revestimento anti-corrosivo.

Tubulação de Descarga Linha de Liquido


REQUISITOS GERAIS DE SEGURANÇA
CALIBRAÇÕES
O I
S D O
F P
• Todos os instrumentos P P P
deverão ser apropriados para
operar com Amônia, com
fundo de escala, precisão e
resolução adequados à faixa de
operação do local ou
equipamento onde estiverem
instalados.
• Os mesmos deverão ser
recalibrados ou susbtituídos
periodicamente.
• Instrumentos fora de escala,
descalibrados ou inoperantes
deverão ser substituídos.
REQUISITOS GERAIS DE SEGURANÇA
CONTROLES DE NÍVEL DE LÍQUIDO
• Separadores de líquido, deverão ser equipados com proteção contra
nível alto de Amônia Líquida , para evitar retorno de líquido ao
compressores.
REQUISITOS GERAIS DE SEGURANÇA
CONTROLES DE NÍVEL DE LÍQUIDO

FALTA DE SEGURANÇA NIVEL


ALTO

CONTROLE MANUAL
RETORNO DE LÍQUIDO
REQUISITOS GERAIS DE SEGURANÇA
ACUMULADORES DE ÓLEO
• Ponto de Risco de Acidente

Drenagem de óleo diretamente


do separador de líquido sem
acumulador de óleo e válvula de
fecho rápido.
REQUISITOS GERAIS DE SEGURANÇA
ACUMULADORES DE ÓLEO
• Deve ser instalado acumulador de óleo em separadores de líquido.
Sua função é efetuar o processo de drenagem de óleo de forma
segura. A presença de óleo no sistema, causa deficiência no circuito
de refrigeração, principalmente nas bombas de amônia e
evaporadores.
REQUISITOS GERAIS DE SEGURANÇA
CARREGAMENTO DE ÓLEO
• Importante a instalação de válvula de retenção na alimentação de
óleo.
• Utilizar a Unidade Carregamento / Filtragem de Oleo Mycom para
efetuar operação segura.
REQUISITOS GERAIS DE SEGURANÇA
SEGURANÇA DE OPERAÇÃO
• Uma estação de lava olhos e
chuveiro do tipo dilúvio deve ser
localizada na área externa mais
próxima de cada porta de saída da
sala de maquinas.
• Uma estação adicional deve ser
instalada dentro da sala de
maquinas, com fácil acesso.
• Nunca se deve manter um cilindro
de carga de Amônia conectado
(mesmo que temporariamente) ao
sistema, a não ser quando houver
operação especifica de carga de
Amônia e esta conduzida por
pessoal qualificado, conforme
requerido na Section 15.2 do
ANSI/IIAR 2-2008.
REQUISITOS GERAIS DE SEGURANÇA
DETECTORES DE AMÔNIA

• Toda sala de maquinas de


refrigeração deve ter um ou
mais detectores , localizados nas
áreas onde o fluido frigorifico
proveniente de um vazamento
posso se concentrar , de forma a
acionar um alarme e a
ventilação de emergência.
• O alarme deve acionar sinais
visuais e sonoros dentro da sala
de maquinas de refrigeração e
do lado de fora de cada entrada
da sala de maquinas.
REQUISITOS GERAIS DE SEGURANÇA
DETECTORES DE AMÔNIA
SENSOR DE AMÔNIA

MONITOR

Sirene Áudio Visual


Painel ou
CLP Sistema de Exaustão

Bombas / Solenoides
REQUISITOS GERAIS DE SEGURANÇA
DETECTORES DE AMÔNIA

RECOMENDAÇÕES PARA NIVEIS DE


ALARME :
ASHRAE E NR15
REQUISITOS GERAIS DE SEGURANÇA
CANALIZAÇÃO DE VÁLVULAS DE
SEGURANÇA
• Caso a descarga do dispositivo
de alívio de pressão for direto
para a atmosfera, deverá ser
canalizada através de uma
tubulação adequada,
dimensionada conforme o
NBR 16069, o Appendix H do
ANSI/ASHRAE 15-2007 ou a
Section 11.3 do ANSI/IIAR
2-2008.
• OBS. O vapor dos
descarregamentos de válvulas
de segurança não devem
atingir edifícios adjacentes.
REQUISITOS GERAIS DE SEGURANÇA
TANQUE DE CONTENÇÃO PARA
VÁLVULAS DE SEGURANÇA
• A amônia proveniente de
válvulas de alívio de pressão
devem ser descarregada em
um tanque dimensionado de
forma que contenha 8,3 Litros
de agua para cada quilo de
amônia que for descarregada
durante 1 hora através do
maior dispositivo de alivio.

• OBS. O descarte da agua não


pode gerar danos ao meio
ambiente
REQUISITOS GERAIS DE SEGURANÇA
SISTEMA DE EXAUSTÃO

SALA DE MAQUINAS Alimentação de agua


REQUISITOS GERAIS DE SEGURANÇA
SISTEMA DE EXAUSTÃO
• G se refere à massa de fluido
refrigerante (em kg) existente
no maior sistema, sem importar
qual parte do mesmo estiver
localizada dentro da sala de
máquinas.
• V Sl.Maq se refere ao volume
total (em m3) da sala de
máquinas.
• ΔT se refere ao diferencial de
temperatura entre a sala de
máquinas e o ar externo, tendo
como base todo calor gerado no
interior da sala
“A SEGURANÇA FAZ
PARTE DA ESPERANÇA
DE UM FUTURO
MELHOR. PREVENIR
ACIDENTES É CAMINHAR
RUMO AO FUTURO”
DÚVIDAS

47
OBRIGADO
PELA
ATENÇÃO!

Você também pode gostar