Você está na página 1de 29

APOSTILAS OPÇÃO

DIREITO ADMINISTRATIVO e) 2/1/2/2/1

07- Assinale a opção que elenque dois princípios


01- São formas de extinção do ato administrativo, exceto:
norteadores da Administração Pública que se encontram
a) A revogação.
implícitos na Constituição da República Federativa do
b) A rescisão.
Brasil e explícitos na Lei n. 9.784/99.
c) A contraposição.
a) Legalidade / moralidade.
d) A cassação.
b) Motivação / razoabilidade.
e) A anulação.
c) Eficiência / ampla defesa.
d) Contraditório / segurança jurídica.
02- Relativamente à vinculação e discricionariedade dos
e) Finalidade / eficiência.
atos administrativos, correlacione as colunas apontando
como vinculado ou discricionário cada um dos elementos
08. É inexigível a licitação quando houver inviabilidade
do ato administrativo e assinale a opção correta.
de competição, em especial
(1) Vinculado
(A) na contratação de fornecimento ou suprimento de
(2) Discricionário
energia elétrica e gás natural com concessionário,
( ) Competência.
permissionário ou autorizado, segundo as normas da
( ) Forma.
legislação específica.
( ) Motivo.
(B) quando não acudirem interessados à licitação
( ) Finalidade.
anterior e esta, justificadamente, não puder ser repetida
( ) Objeto.
sem prejuízo para a Administração, mantidas, neste
a) 1 / 1 / 2 / 1 / 2
caso, todas as condições preestabelecidas.
b) 2 / 2 / 1 / 1 / 2
(C) quando a União tiver que intervir no domínio
c) 1 / 1 / 1 / 2 / 2
econômico para regular preços ou normalizar o
d) 2 / 2 / 2 / 1 / 1
abastecimento.
e) 1 / 2 / 2 / 1 / 2
(D) nas compras de hortifrutigranjeiros, pão e outros
gêneros perecíveis, no tempo necessário para a
03- Assinale a opção que contemple uma forma de
realização dos processos licitatórios correspondentes,
vacância comum aos cargos efetivos e em comissão.
realizadas diretamente com base no preço do dia.
a) Promoção.
(E)) para contratação de profissional de qualquer setor
b) Demissão.
artístico, diretamente ou através de empresário
c) Exoneração.
exclusivo, desde que consagrado pela crítica
d) Readaptação.
especializada ou pela opinião pública.
e) Redistribuição.
09. Considere as assertivas a respeito dos atributos do
04- Assinale a opção que contemple um exemplo de
ato administrativo:
licença não remunerada do servidor público.
I. Os atos administrativos, qualquer que seja sua
a) Licença para capacitação.
categoria ou espécie, nascem com a presunção de
b) Licença para tratamento da própria saúde, por seis
legitimidade, independentemente de norma legal que a
meses.
estabeleça.
c) Licença para o desempenho de mandato classista.
II. A imperatividade existe em todos os atos
d) Licença à adotante.
administrativos, sendo o atributo que impõe a
e) Licença por motivo de acidente em serviço.
coercibilidade para seu cumprimento ou execução.
III. A possibilidade que certos atos administrativos
05- São penalidades disciplinares, exceto:
ensejam de imediata e direta execução pela própria
a) A destituição de cargo em comissão.
Administração, independentemente de ordem judicial,
b) A cassação de aposentadoria.
consiste na auto-executoriedade.
c) A suspensão.
Está correto o que se afirma APENAS em
d) O afastamento preventivo.
(A) I e II.
e) A advertência.
(B)) I e III.
(C) II.
06- Correlacione as infrações disciplinares com as
(D) II e III.
penalidades a ela aplicáveis e assinale a opção correta,
(E) III.
considerando os artigos 117 e 132 da Lei n. 8.112/90.
(1) Demissão com incompatibilidade para nova
10. Observe as seguintes proposições:
investidura pelo prazo de cinco anos.
I. A faculdade de que dispõe a Administração Pública de
(2) Demissão com proibição de retorno ao serviço público
ordenar, coordenar, controlar e corrigir suas atividades
federal.
decorre do poder disciplinar.
( ) Crime contra a Administração Pública.
II. Dentre os atributos do poder de polícia, a
( ) Valer-se do cargo para lograr proveito pessoal em
autoexecutoriedade permite à Administração, com os
detrimento da dignidade da função pública.
próprios meios, decidir e executar diretamente suas
( ) Improbidade administrativa.
decisões, sem intervenção do Judiciário.
( ) Corrupção.
III. O poder normativo da Administração Pública se
( ) Atuar junto às repartições públicas como procurador
expressa por meio das resoluções, portarias,
de terceiros sem qualquer grau de parentesco.
deliberações, instruções e dos decretos.
a) 2/2/1/1/2
IV. O poder discricionário permite ao administrador editar
b) 1/2/1/2/1
atos que exorbitem os ditames legais, desde que
c) 2/1/1/2/2
convenientes e oportunos.
d) 1/1/2/2/2
Está correto o que se afirma APENAS em

Direito Administrativo 1
APOSTILAS OPÇÃO

(A) I e II. (D) que a Administração Pública pode utilizar para a


(B) I e IV. alienação de bem imóvel, a quem oferecer o maior lance,
(C) I, II e III. independentemente do valor da avaliação.
(D)) II e III. (E) adequada para a venda de bens móveis inservíveis
(E) III e IV. para a administração ou de produtos legalmente
apreendidos ou penhorados, a quem oferecer o maior
11. Com o objetivo de punir determinado servidor lance, igual ou superior ao valor da avaliação.
público, o superior hierárquico, ao invés de instaurar
regular processo disciplinar, já que possuía competência Nas questões que se seguem, assinale:
para tanto, valeu-se do instituto legal da remoção ex C – se a proposição estiver correta
officio que, contudo, somente poderia ser utilizado para E – se a mesma estiver incorreta
atender a necessidade do serviço público. Em virtude
deste fato, a remoção, que culminou com a transferência 15. Pregão é uma das 6 modalidades de licitação
do servidor para outra unidade da federação, será nula utilizadas no Brasil, considerada como um
em virtude da inobservância do requisito do ato aperfeiçoamento do regime de licitações para a
administrativo denominado Administração Pública Federal. Esta modalidade
(A) objeto. possibilita o incremento da competitividade e ampliação
(B) forma. das oportunidades de participação nas licitações, por
(C) imperatividade. parte dos licitantes que são Pessoas Jurídicas ou
(D) auto-executoriedade. Pessoas Físicas interessadas em vender bens e/ou
(E)) finalidade. serviços comuns conforme os editais e contratos que
visam o interesse público.
12. No que tange à licitação, é correto afirmar: 16. Também chamado de Leilão Reverso ou Holandês, o
(A) Para a compra e alienação de bens imóveis, a Pregão é realizado em lances sucessivos e
Administração Pública pode se valer do tipo de licitação decrescentes, no chamado "quem dá menos" (NBS).
denominado pregão. Desta forma, a Administração Publica que está
(B)) A concorrência é a modalidade de licitação comprando, gera economia significa o bom uso do
obrigatória nas concessões de direito real de uso. dinheiro público.
(C) Havendo interesse público, a autoridade competente
pode substituir a tomada de preços pelo convite. 17. O pregão pode ser Presencial (onde os licitantes se
(D) O concurso destina-se à escolha de trabalho técnico, encontram e participam da disputa) ou Eletrônico (onde
científico, artístico ou contratação de serviço ou os licitantes se encontram em sala virtual pela internet,
fornecimento de bens. usando sistemas de governo ou particulares). O
(E) O leilão é o tipo de licitação entre quaisquer designado responsável pelo pregão tem o nome de
interessados para a venda de bens sem utilidade para a Pregoeiro.
Administração. 18. O pregão é caracterizado por inverter as fases de um
processo licitatório comum regido pela lei 8.666/93. Ou
13. Com relação aos poderes administrativos, é seja, primeiro ocorre a abertura das propostas das
INCORRETO afirmar que o poder licitantes e depois é procedido o julgamento da
(A) disciplinar é o que cabe à Administração Pública para habilitação dos mesmos. O Pregão é regido pela Lei
apurar infrações e aplicar penalidades aos servidores Federal Brasileira nº10.520/200
públicos e demais pessoas sujeitas à disciplina
administrativa. 19. Outro grande diferencial do Pregão em relação as
(B) regulamentar é inerente ao chefe do Executivo para, demais modalidades de licitação é a sua economicidade,
mediante decreto, expedir atos normativos compatíveis pois, como os licitantes podem baixar suas ofertas e
com a lei e visando desenvolvê-la. disputar a venda do objeto em questão, os preços
(C)) discricionário vincula o administrador público à costumam chegar a patamares bem mais baixos do que
competência, forma e objeto do ato, deixando livre a os conseguidos com as demais modalidades. Também a
opção quanto ao juízo de mérito. redução do tempo em que se transcorre a licitação é
(D) hierárquico tem por objetivo ordenar, coordenar, menor, e isto viabiliza contratações mais rápidas e
controlar e corrigir as atividades administrativas, no eficientes.
âmbito da Administração Pública.
20. Atualmente, a modalidade Pregão eletrônico é a que
(E) Legislativo, no exercício do poder de polícia que
mais cresce, e as suas inovações e benefícios estão
compete ao Estado, cria, por lei, as chamadas limitações
sendo estendidos para as outras modalidades, como o
administrativas ao exercício das liberdades públicas.
uso de internet para registro de ata, e afins. O projeto de
lei que pode vir a mudar a Lei 8.666/93 traz estas
14. O leilão é uma modalidade de licitação
inovações.
(A) adequada para a venda de bens móveis inservíveis
para a administração ou de produtos legalmente Quanto aos poderes da Administração,
apreendidos ou penhorados, a quem oferecer o maior
lance, independentemente do valor da avaliação. podemos afirmar que:
(B) adequada somente para a alienação de bens
imóveis, a quem oferecer o maior lance, igual ou superior 21. Poder Discricionário - No poder discricionário a lei
ao valor da avaliação. deixa uma certa margem para que o agente público
(C) que a Administração Pública pode utilizar para a possa agir. Nele o agente visando o interesse público,
alienação de qualquer bem imóvel, a quem oferecer o aplica a conveniência e oportunidade na execução do ato
maior lance, igual ou superior ao valor da avaliação. administrativo. O agente público escolhe a melhor
possibilidade que se aplica ao caso concreto. Como esse

Direito Administrativo 2
APOSTILAS OPÇÃO

poder segue os ditames da lei, ele poderá ser revisado legais. O não-cumprimento sujeita esses agentes a
no âmbito da própria administração ou mesmo na via sanções disciplinares. Essas sanções devem obedecer
judicial. O Judiciário não avalia o mérito (conveniência e ao princípio da proporcionalidade, devendo a sanção ser
oportunidade), mas apenas os aspectos de legalidade. adequada a conduta ilícita praticada pelo agente. Sua
Entretanto, há na doutrina e jurisprudência entendimento aplicação está sujeita ao processo administrativo
(não consolidado) de que o Poder Judiciário pode, sim, disciplinar, em observância ao princípio constitucional do
examinar os motivos do ato, e declarar sua nulidade. devido processo legal (art. 5º, LIV, CF/88) e aos
Outros entendem que o juiz não pode substituir o princípios constitucionais do contraditório e da ampla
administrador público. Não se pode confundir defesa (art. 5º, LV, da CF/88).
discricionariedade com arbitrariedade. Na arbitrariedade
o agente atua fora dos limites da lei (ato ilegal) e na 26. Poder de Polícia - O poder de polícia é a faculdade
discricionariedade sua conduta é legal, ele utiliza apenas de dispõe a administração pública para condicionar e
os critérios da conveniência e oportunidade. restringir a liberdade e propriedade individual em prol do
interesse público. Nesse sentido, ela é denominada de
22. Poder Vinculado - No poder vinculado a lei ao polícia administrativa. Infere-se do conceito acima, que
conferir determinada atribuição ao administrador público, princípio norteador da aplicação do poder de polícia
faz de forma que não lhe deixa margem para escolha. administrativa é o princípio da predominância do
Não deixa espaço para liberdade de atuação da interesse público sobre o interesse privado. São atributos
administração. Não há interpretação subjetiva do agente do poder de polícia a discricionariedade, a auto-
público. Importante lembrar que todos os atos executoriedade e a coercibilidade. Importante distinguir
administrativos são vinculados quanto à competência, polícia administrativa de polícia judiciária (polícia federal
forma e objeto. Esses elementos, no momento de sua e polícia civil) e polícia de manutenção da ordem pública
aplicação, não podem ser valorados. Cabe ao agente (polícia militar). Na polícia administrativa o poder incide
apenas a sua aplicação. sobre bens, direitos e atividades; ela fiscaliza e pune o
ilícito administrativo. Já na polícia judiciária e de
23. Poder Regulamentar - No poder regulamentar o manutenção da ordem pública incide diretamente sobre
Estado tem a prerrogativa de editar atos gerais para pessoas, preocupando-se com a ocorrência de delitos
completar e dar aplicabilidade às leis. Ele não tem o penais. A doutrina entende que o poder de polícia é
poder de alterar ou revogar a lei que é uma função discricionário, mas como expresso anteriormente deve
legislativa. Caso cometa esse abuso o Congresso seguir o princípio constitucional da legalidade. Como
Nacional poderá sustar o ato regulamentar (art. 49, V, todo ato administrativo o poder de polícia deve observar
CF/88). Na doutrina há dois entendimentos sobre o os requisitos de validade que são: competência, forma,
poder regulamentar – um amplo e outro restrito. No finalidade, motivo e objeto. A princípio não pode se
restrito, entende que é a prerrogativa do chefe do Poder delegado e não poderiam ser praticados por particulares.
Executivo, prevista no artigo 84, V, da Constituição Pode o particular, excepcionalmente, praticar ato material
Federal. Poder de editar regulamentos e decretos. Já no preparatório ou sucessivo de poder de polícia. Entendo,
sentido amplo, são os atos expedidos pelas autoridades que o particular nunca pode aplicar sanção
administrativas de editar atos normativos que explicam e administrativa.
auxiliam na aplicação de normas gerais e abstratas.
Dentre esses atos destaca-se: as instruções normativas, Quanto ao Decreto nº 1.171/94:
resoluções e portarias. Importante destacar que o poder 27. Das Regras Deontológicas
regulamentar não pode existir sem lei e, além disso, ato I - A dignidade, o decoro, o zelo, a eficácia e a
normativo não pode contrariar a lei. Dessa forma, pode consciência dos princípios morais são primados maiores
haver controle judicial de legalidade, mas no que devem nortear o servidor público, seja no exercício
entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) não do cargo ou função, ou fora dele, já que refletirá o
haverá controle de controle de constitucionalidade exercício da vocação do próprio poder estatal. Seus atos,
desses atos pela via da Adin (ação direta de comportamentos e atitudes serão direcionados para a
inconstitucionalidade). preservação da honra e da tradição dos serviços
públicos.
24. Poder Hierárquico - O poder hierárquico é II - O servidor público não poderá jamais desprezar o
caracterizado pelo poder de comando de agentes elemento ético de sua conduta. Assim, não terá que
administrativos superiores sobre seus subordinados. decidir somente entre o legal e o ilegal, o justo e o
Nele o superior tem a prerrogativa de ordenar, fiscalizar, injusto, o conveniente e o inconveniente, o oportuno e o
rever, delegar e avocar as tarefas de seus subordinados. inoportuno, mas principalmente entre o honesto e o
Essa subordinação é de caráter interno e não se desonesto, consoante as regras contidas no art. 37,
confunde com vinculação que é de caráter externo. caput, e § 4°, da Constituição Federal.
A administração pública é toda organizada, em III - A moralidade da Administração Pública não se limita
observância ao princípio constitucional da legalidade, em à distinção entre o bem e o mal, devendo ser acrescida
uma estrutura hierárquica que lhe possibilita executar da ideia de que o fim é sempre o bem comum. O
suas finalidades. Não existe hierarquia entre agentes que equilíbrio entre a legalidade e a finalidade, na conduta do
exercem funções estritamente jurisdicional (o juiz é livre servidor público, é que poderá consolidar a moralidade
para decidir) e legislativa ( sua competência é delineada do ato administrativo.
pela Constituição). IV- A remuneração do servidor público é custeada pelos
tributos pagos direta ou indiretamente por todos, até por
25. Poder Disciplinar - O poder disciplinar é uma ele próprio, e por isso se exige, como contrapartida, que
especialização do poder hierárquico. A administração a moralidade administrativa se integre no Direito, como
tem o poder de fiscalizar as atividades exercidas por elemento indissociável de sua aplicação e de sua
seus servidores e demais pessoas a ela ligadas, finalidade, erigindo-se, como consequência, em fator de
exigindo-lhes uma conduta adequada aos preceitos

Direito Administrativo 3
APOSTILAS OPÇÃO

legalidade. resolver situações procrastinatórias, principalmente


V - O trabalho desenvolvido pelo servidor público diante de filas ou de qualquer outra espécie de atraso na
perante a comunidade deve ser entendido como prestação dos serviços pelo setor em que exerça suas
acréscimo ao seu próprio bem-estar, já que, como atribuições, com o fim de evitar dano moral ao usuário;
cidadão, integrante da sociedade, o êxito desse trabalho c) ser probo, reto, leal e justo, demonstrando toda a
pode ser considerado como seu maior patrimônio. integridade do seu caráter, escolhendo sempre, quando
VI - A função pública deve ser tida como exercício estiver diante de duas opções, a melhor e a mais
profissional e, portanto, se integra na vida particular de vantajosa para o bem comum;
cada servidor público. Assim, os fatos e atos verificados d) jamais retardar qualquer prestação de contas,
na conduta do dia-a-dia em sua vida privada poderão condição essencial da gestão dos bens, direitos e
acrescer ou diminuir o seu bom conceito na vida serviços da coletividade a seu cargo;
funcional. e) tratar cuidadosamente os usuários dos serviços
VII - Salvo os casos de segurança nacional, aperfeiçoando o processo de comunicação e contato
investigações policiais ou interesse superior do Estado e com o público;
da Administração Pública, a serem preservados em f) ter consciência de que seu trabalho é regido por
processo previamente declarado sigiloso, nos termos da princípios éticos que se materializam na adequada
lei, a publicidade de qualquer ato administrativo constitui prestação dos serviços públicos;
requisito de eficácia e moralidade, ensejando sua g) ser cortês, ter urbanidade, disponibilidade e atenção,
omissão comprometimento ético contra o bem comum, respeitando a capacidade e as limitações individuais de
imputável a quem a negar. todos os usuários do serviço público, sem qualquer
VIII -Toda pessoa tem direito à verdade. O servidor não espécie de preconceito ou distinção de raça, sexo,
pode omiti-la ou falseá-la, ainda que contrária aos nacionalidade, cor, idade, religião, cunho político e
interesses da própria pessoa interessada ou da posição social, abstendo-se, dessa forma, de causar-lhes
Administração Pública. Nenhum Estado pode crescer ou dano moral;
estabilizar-se sobre o poder corruptivo do hábito do erro, h) ter respeito à hierarquia, porém sem nenhum temor
da opressão ou da mentira, que sempre aniquilam até de representar contra qualquer comprometimento
mesmo a dignidade humana quanto mais a de uma indevido da estrutura em que se funda o Poder Estatal;
Nação. i) resistir a todas as pressões de superiores
IX - A cortesia, a boa vontade, o cuidado e o tempo hierárquicos, de contratantes, interessados e outros que
dedicados ao serviço público caracterizam o esforço pela visem obter quaisquer favores, benesses ou vantagens
disciplina. Tratar mal uma pessoa que paga seus tributos indevidas em decorrência de ações imorais, ilegais ou
direta ou indiretamente significa causar-lhe dano moral. aéticas e denunciá-las;
Da mesma forma, causar dano a qualquer bem j) zelar, no exercício do direito de greve, pelas
pertencente ao patrimônio público, deteriorando-o, por exigências específicas da defesa da vida e da segurança
descuido ou má vontade, não constitui apenas uma coletiva;
ofensa ao equipamento e às instalações ou ao Estado, l) ser assíduo e frequente ao serviço, na certeza de
mas a todos os homens de boa vontade que dedicaram que sua ausência provoca danos ao trabalho ordenado,
sua inteligência, seu tempo, suas esperanças e seus refletindo negativamente em todo o sistema;
esforços para construí-los. m) comunicar imediatamente a seus superiores todo e
X -Deixar o servidor público qualquer pessoa à espera de qualquer ato ou fato contrário ao interesse público,
solução que compete ao setor em que exerça suas exigindo as providências cabíveis;
funções, permitindo a formação de longas filas, ou n) manter limpo e em perfeita ordem o local de
qualquer outra espécie de atraso na prestação do trabalho, seguindo os métodos mais adequados à sua
serviço, não caracteriza apenas atitude contra a ética ou organização e distribuição;
ato de desumanidade, mas principalmente grave dano o) participar dos movimentos e estudos que se
moral aos usuários dos serviços públicos. relacionem com a melhoria do exercício de suas funções,
XI - 0 servidor deve prestar toda a sua atenção às tendo por escopo a realização do bem comum;
ordens legais de seus superiores, velando atentamente p) apresentar-se ao trabalho com vestimentas
por seu cumprimento, e, assim, evitando a conduta adequadas ao exercício da função;
negligente. Os repetidos erros, o descaso e o acúmulo q) manter-se atualizado com as instruções, as normas
de desvios tornam-se, às vezes, difíceis de corrigir e de serviço e a legislação pertinentes ao órgão onde
caracterizam até mesmo imprudência no desempenho da exerce suas funções;
função pública. r) cumprir, de acordo com as normas do serviço e as
XII - Toda ausência injustificada do servidor de seu local instruções superiores, as tarefas de seu cargo ou função,
de trabalho é fator de desmoralização do serviço público, tanto quanto possível, com critério, segurança e rapidez,
o que quase sempre conduz à desordem nas relações mantendo tudo sempre em boa ordem.
humanas. s) facilitar a fiscalização de todos atos ou serviços por
XIII - 0 servidor que trabalha em harmonia com a quem de direito;
estrutura organizacional, respeitando seus colegas e t) exercer com estrita moderação as prerrogativas
cada concidadão, colabora e de todos pode receber funcionais que lhe sejam atribuídas, abstendo-se de
colaboração, pois sua atividade pública é a grande fazê-lo contrariamente aos legítimos interesses dos
oportunidade para o crescimento e o engrandecimento usuários do serviço público e dos jurisdicionados
da Nação. administrativos;
u) abster-se, de forma absoluta, de exercer sua função,
28. São deveres fundamentais do servidor público: poder ou autoridade com finalidade estranha ao interesse
a) desempenhar, a tempo, as atribuições do cargo, público, mesmo que observando as formalidades legais e
função ou emprego público de que seja titular; não cometendo qualquer violação expressa à lei;
b) exercer suas atribuições com rapidez, perfeição e v) divulgar e informar a todos os integrantes da sua
rendimento, pondo fim ou procurando prioritariamente classe sobre a existência deste Código de Ética,

Direito Administrativo 4
APOSTILAS OPÇÃO

estimulando o seu integral cumprimento. entende-se por servidor público todo aquele que, por
força de lei, contrato ou de qualquer ato jurídico, preste
29. E vedado ao servidor público; serviços de natureza permanente, temporária ou
a) o uso do cargo ou função, facilidades, amizades, excepcional, ainda que sem retribuição financeira, desde
tempo, posição e influências, para obter qualquer que ligado direta ou indiretamente a qualquer órgão do
favorecimento, para si ou para outrem; poder estatal, como as autarquias, as fundações
b) prejudicar deliberadamente a reputação de outros públicas, as entidades paraestatais, as empresas
servidores ou de cidadãos que deles dependam; públicas e as sociedades de economia mista, ou em
c) ser, em função de seu espírito de solidariedade, qualquer setor onde prevaleça o interesse do Estado.
conivente com erro ou infração a este Código de Ética ou
ao Código de Ética de sua profissão; 31) Quanto à anulação ou invalidação dos atos
d) usar de artifícios para procrastinar ou dificultar o administrativos, é correto afirmar, à vista da
exercício regular de direito por qualquer pessoa, jurisprudência sumulada do Supremo Tribunal Federal:
causando-lhe dano moral ou material;   a) Revoga-se ato administrativo ilegal e anula-se
e) deixar de utilizar os avanços técnicos e científicos ao ato administrativo válido;
seu alcance ou do seu conhecimento para atendimento   b) A revogação do ato administrativo é prerrogativa
do seu mister; exclusiva do Poder Judiciário, uma vez que a
f) permitir que perseguições, simpatias, antipatias, Administração Pública não pode revogá-lo "ex officio";
caprichos, paixões ou interesses de ordem pessoal   c) A revogação do ato administrativo pode ser
interfiram no trato com o público, com os jurisdicionados levada a efeito tanto pela própria Administração Pública
administrativos ou com colegas hierarquicamente como pelo Poder Judiciário;
superiores ou inferiores;   d) A Administração pode anular seus próprios atos,
g) pleitear, solicitar, provocar, sugerir ou receber quando eivados de vícios que os tornam ilegais, porque
qualquer tipo de ajuda financeira, gratificação, prêmio, deles não se originam direitos; ou revogá-los, por
comissão, doação ou vantagem de qualquer espécie, motivos de conveniência ou oportunidade, respeitados os
para si, familiares ou qualquer pessoa, para o direitos adquiridos, e ressalvada, em todos os casos, a
cumprimento da sua missão ou para influenciar outro apreciação judicial;
servidor para o mesmo fim;
h) alterar ou deturpar o teor de documentos que deva 32) Sobre a noção de Administração Pública, analise as
encaminhar para providências; afirmativas a seguir:
i) iludir ou tentar iludir qualquer pessoa que necessite do I. A função administrativa do Estado será desempenhada
atendimento em serviços públicos; por órgãos e agentes de todos os poderes, ainda que
j) desviar servidor público para atendimento a interesse predominantemente pelo Poder Executivo.
particular; II. No sentido material, considera-se Administração
l) retirar da repartição pública, sem estar legalmente Pública o desempenho da função administrativa, como
autorizado, qualquer documento, livro ou bem por exemplo, a gestão de bens e de serviços públicos.
pertencente ao patrimônio público; III. Através da desconcentração administrativa é possível
m) fazer uso de informações privilegiadas obtidas no atribuir a particulares, por ato administrativo, ou por
âmbito interno de seu serviço, em benefício próprio, de contrato, a execução de serviços públicos.
parentes, de amigos ou de terceiros; São verdadeiras somente as afirmativas:
n) apresentar-se embriagado no serviço ou fora dele   a) I e II
habitualmente;   b) I E III
o) dar o seu concurso a qualquer instituição que atente   c) II e III
contra a moral, a honestidade ou a dignidade da pessoa   d) I, II e III
humana;
p) exercer atividade profissional aética ou ligar o seu 33) Analise as frases abaixo:
nome a empreendimentos de cunho duvidoso. A- o poder disciplinar é considerado discricionário, uma
vez que caberá ao superior hierárquico decidir pela
30. Das Comissões De Ética punição ou não do servidor público, bem como pela
- Em todos os órgãos e entidades da Administração instauração ou não da sindicância/processo
Pública Federal direta, indireta autárquica e fundacional, administrativo. Todavia, decidindo pela aplicação da
ou em qualquer órgão ou entidade que exerça pena não lhe será facultado eleger a sanção cabível,
atribuições delegadas pelo poder público, deverá ser uma vez que as leis estatutárias, em geral, são taxativas
criada uma Comissão de Ética, encarregada de orientar e inflexíveis a este respeito.
e aconselhar sobre a ética profissional do servidor, no B- as agências reguladoras detêm poder de inovar a
tratamento com as pessoas e com o patrimônio público, ordem jurídica, criando obrigações para as pessoas
competindo-lhe conhecer concretamente de imputação físicas e jurídicas submetidas à sua fiscalização,
ou de procedimento susceptível de censura. independente da existência de lei anterior que fixe o
- À Comissão de Ética incumbe fornecer, aos organismos referido dever. É o que se chama poder normativo.
encarregados da execução do quadro de carreira dos C- os princípios da razoabilidade e da proporcionalidade
servidores, os registros sobre sua conduta ética, para o são fundamentais para o correto exercício do poder de
efeito de instruir e fundamentar promoções e para todos polícia e do poder disciplinar.
os demais procedimentos próprios da carreira do servidor D-o princípio da motivação, assim como da segurança
público. jurídica, assumem importância no processo
- A pena aplicável ao servidor público pela Comissão de administrativo.
Ética é a de censura e sua fundamentação constará do   a) apenas a alternativa A é falsa
respectivo parecer, assinado por todos os seus   b) apenas a alternativa B é falsa
integrantes, com ciência do faltoso.   c) apenas as alternativas A e B são falsas
- Para fins de apuração do comprometimento ético,   d) apenas as alternativas C e D são falsas

Direito Administrativo 5
APOSTILAS OPÇÃO

  a) Repristimação;
34) Assinale a alternativa incorreta:   b) Cassação;
  a) O poder discricionário confere ao administrador   c) Retificação;
certa liberdade para a prática de atos administrativos, no   d) Derrogação;
que se refere á escolha se sua oportunidade e
conveniência. 40) A atividade negativa que sempre impõe uma
  b) Os chefes do Executivo pode regulamentar a lei abstenção ao administrado, constituindo-se em
por decreto. obrigação de não fazer, caracteriza o poder:
  c) Poder de polícia é a faculdade de que dispõe a   a) Hierárquico;
administração pública para condicionar e restringir o uso   b) Normativo;
e gozo de bens, atividade e direitos individuais, em   c) Discricionário;
benefício da sociedade ou do Estado.   d) De polícia;
  d) Considerando a natureza e os efeitos da atuação
da polícia administrativa, os atos administrativos 41. Assinale a alternativa incorreta
praticados nesse esfera são estritamente vinculados. a) Nenhum servidor receberá remuneração inferior a 2
salários mínimos.
35) O servidor público Theobaldo morreu, sendo certo b) O auxílio-moradia não será concedido por prazo
que estava investido em cargo de direção. Sabendo-se superior a 8 (oito) anos dentro de cada período de 12
que o regimento interno não dispõe a respeito, ele será (doze) anos. 
substituído pelo servidor c) O valor mensal do auxílio-moradia é limitado a 25%
  a) mais idoso da repartição onde trabalhava, (vinte e cinco por cento) do valor do cargo em comissão,
conforme preceitua a jurisprudência majoritária. função comissionada ou cargo de Ministro de Estado
  b) mais antigo do órgão ou entidade, por expressa ocupado. 
previsão legal. d) O valor do auxílio-moradia não poderá superar 25%
  c) previamente designado pelo dirigente máximo do (vinte e cinco por cento) da remuneração de Ministro de
órgão ou entidade. Estado. 
  d) que vier a ser designado, escolhido sempre entre e) Independentemente do valor do cargo em comissão
os três mais antigos do órgão ou entidade. ou função comissionada, fica garantido a todos os que
preencherem os requisitos o ressarcimento até o valor de
36) Acerca do ato administrativo, assinale V para o R$ 1.800,00 (mil e oitocentos reais).
VERDADEIRO e F para o FALSO.
( ) ato jurídico, editado pelo Estado, em matéria 42. Assinale a alternativa incorreta:
administrativa, é denominado ato institucional; a) Poderá ser concedida licença ao servidor por motivo
( ) ato que o Estado edita como senhor e como detentor de doença do cônjuge ou companheiro, dos pais, dos
de potestade pública, é denominado ato de império e filhos, do padrasto ou madrasta e enteado, ou
gestão; dependente que viva às suas expensas e conste do seu
( ) a motivação do ato administrativo, no estado de assentamento funcional, mediante comprovação por
Direito, em regra é obrigatória; perícia médica oficial.
( ) todo ato administrativo é espécie do gênero ato b) A licença será concedida, sem prejuízo da
jurídico; remuneração do cargo efetivo, por até trinta dias,
( ) auto-executoriedade do ato administrativo é o traço podendo ser prorrogada por até trinta dias e, excedendo
peculiar ao ato, pelo qual a Administração concretiza estes prazos, sem remuneração, por até noventa dias.
imediatamente as decisões tomadas, sem recorrer, para c) Não será concedida nova licença em período inferior a
isso, ao Judiciário. dezoito meses do término da última licença concedida.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta: d) Poderá ser concedida licença ao servidor para
  a) V - V - V - V - F; acompanhar cônjuge ou companheiro que foi deslocado
  b) V - F - V - V - V. para outro ponto do território nacional, para o exterior ou
  c) F - V - V - V - V; para o exercício de mandato eletivo dos Poderes
  d) F - F - V - V - V; Executivo e Legislativo.
e) O servidor terá direito a licença, sem remuneração,
37) Ato administrativo inexistente é: durante o período que mediar entre a sua escolha em
  a) Ato administrativo que não foi praticado; convenção partidária, como candidato a cargo eletivo, e
  b) Ato administrativo que não chega a entrar no a véspera do registro de sua candidatura perante a
mundo jurídico por falta de um elemento essencial e que, Justiça Eleitoral.
em consequência, não é passível de convalidação;
  c) Ato administrativo que embora padeça de graves 43. Assinale a alternativa incorreta:  Sem qualquer
vícios na sua formação é passível de ser objeto de prejuízo, poderá o servidor ausentar-se do serviço:
convalidação; a) por 1 (um) dia, para doação de sangue;
  d) Ato praticado com defeito de forma; b) por 2 (dois) dias, para se alistar como eleitor;
c) por 10 (dez) dias consecutivos em razão de
38) A espécie de ato administrativo compatível com a casamento
licença é: d) por oito dias consecutivos em razão de falecimento do
  a) Ato enunciativo; cônjuge, companheiro, pais, madrasta ou padrasto,
  b) Ato negocial; filhos, enteados, menor sob guarda ou tutela e irmãos.
  c) Ato ordinatório;
  d) Ato discricionário; 44. A respeito dos princípios básicos da Administração
Pública, considere:
39) A revogação de um ato administrativo, quando
parcial, chama-se:

Direito Administrativo 6
APOSTILAS OPÇÃO

I. Conjunto de princípios ou padrões morais que norteiam 49. Na sessão pública para recebimento das propostas
a conduta dos agentes públicos no exercício de suas do pregão eletrônico, o autor da oferta de valor mais
funções e a prática dos atos administrativos. baixo e os das ofertas com preços até 10% (dez por
II. Adequação entre meios e fins, vedada imposição de cento) superiores àquela poderão fazer novos lances
obrigações, restrições e sanções em medida superior verbais e sucessivos, até a proclamação do vencedor.
àquelas estritamente necessárias ao atendimento do Não havendo pelo menos três ofertas nestas condições,
interesse público. (A) poderão os autores das melhores propostas, até o
Os itens I e II referem-se, respectivamente, aos máximo de três, oferecer novos lances verbais e
princípios da sucessivos, quaisquer que sejam os preços oferecidos.
(A) finalidade e adequabilidade. (B) todos os proponentes presentes, independentemente
(B) legalidade e finalidade. do número, poderão oferecer novos lances verbais e
(C) continuidade e moralidade. sucessivos.
(D) moralidade e proporcionalidade. (C) o pregoeiro reabrirá prazo para que novos
(E) eficiência e proporcionalidade. concorrentes apresentem propostas.
(D) a sessão será suspensa e o processo encaminhado à
45. Sendo um dos requisitos do ato administrativo, o autoridade competente para decidir sobre o
objeto consiste prosseguimento ou não do pregão.
(A) na criação, modificação ou comprovação de (E) o pregoeiro declarará encerrada a sessão e
situações jurídicas concernentes a pessoas, coisas e prejudicado o pregão.
atividades sujeitas à ação do Poder Público.
(B) na situação de direito ou de fato que determina ou 50. De acordo com a Lei no 9.784/99, que regula o
autoriza a realização do ato administrativo. processo administrativo no âmbito da Administração
(C) no revestimento exteriorizador do ato administrativo. Pública Federal, a competência
(D) no resultado específico que cada ato deve produzir, (A) é irrenunciável e se exerce pelos órgãos
conforme definido na lei. administrativos a que foi atribuída como própria, salvo os
(E) no poder conferido pela lei ao administrador para que casos de delegação e avocação legalmente admitidos.
ele, nos atos discricionários, decida sobre a oportunidade (B) para decisão de recursos administrativos é delegável.
e conveniência de sua prática. (C) não pode ser delegada para órgão que não seja
hierarquicamente subordinado ao órgão delegante.
(D) para edição de atos normativos pode ser delegada.
46. Nas hipóteses de danos causados a terceiros, o (E) pode ser feita por ato interno, desnecessária a sua
servidor que o causou responderá perante publicação.
(A) ao Poder Legislativo.
(B) à Fazenda Pública, em ação direta e progressiva. 51. Os candidatos aprovados em concurso público na
(C) ao órgão em que atuava, em ação administrativa. esfera federal, cujo prazo de validade não expirou,
(D) ao Tribunal de Contas. aguardam a respectiva nomeação. Contudo, foram
(E) à Fazenda Pública, em ação regressiva. surpreendidos com a abertura de novo concurso para o
preenchimento dos mesmos cargos. Esta decisão do
47. Na prática de ato de improbidade administrativa que órgão responsável pelo certame
importe enriquecimento ilícito, o agente público está (A) somente é válida se todos os aprovados no concurso
sujeito à pena de suspensão dos direitos políticos com posterior alcançarem notas superiores às dos
duração de, no mínimo, concursados anteriores.
(A) cinco anos e, no máximo, dez anos. (B)) é vedada, uma vez que não se admite a abertura de
(B) dois anos e, no máximo, quatro anos. novo concurso enquanto houver candidato aprovado em
(C) três anos e, no máximo, seis anos. concurso anterior, com prazo de validade não expirado.
(D) oito anos e, no máximo, dez anos. (C) é válida, desde que os cargos postos em disputa
(E) oito anos e, no máximo, doze anos. sejam de livre nomeação e o interesse público justifique
a necessidade de novo concurso.
48. Sobre dispensa e inexigibilidade de licitação, (D) é permitida, desde que os classificados no concurso
considere as hipóteses abaixo, previstas na Lei de posterior não sejam nomeados antes dos concursados
Licitações: anteriores com direito à nomeação.
I. Casos de guerra ou grave perturbação da ordem. (E) atende ao interesse público e possibilita que os
II. Quando não acudirem interessados à licitação anterior aprovados em ambos os certames integrem uma única
e esta, justificadamente, não puder ser repetida sem lista classificatória que será considerada para efeito de
prejuízo para a Administração, mantidas, neste caso, ordem de aproveitamento.
todas as condições preestabelecidas.
III. Contratação de profissional de qualquer setor 52. No que concerne à posse e ao exercício, é correto
artístico, diretamente ou através de empresário afirmar que:
exclusivo, desde que consagrado pela crítica (A)) O prazo para o servidor empossado em cargo
especializada ou pela opinião pública. público entrar em exercício é de quinze dias, contados da
Estas hipóteses correspondem, respectivamente, a data da posse.
casos de (B) A posse ocorrerá no prazo de quinze dias contados
(A) inexigibilidade, dispensa e dispensa. da publicação do ato de provimento.
(B) dispensa, inexigibilidade e dispensa. (C) O servidor será demitido do cargo se não entrar em
(C) dispensa, dispensa e dispensa. exercício dentro do prazo de trinta dias, contados do ato
(D) inexigibilidade, inexigibilidade e dispensa. de provimento.
(E) dispensa, dispensa e inexigibilidade. (D) Ao entrar em exercício, o servidor estável nomeado
para cargo de provimento efetivo ficará sujeito a estágio
probatório por período de doze meses.

Direito Administrativo 7
APOSTILAS OPÇÃO

(E) A promoção interrompe o tempo de exercício, que (D) O servidor perderá a remuneração do dia em que
passa a ser contado novamente para efeitos do estágio faltar ao serviço, sem motivo justificado.
probatório. (E) O vencimento não será objeto de arresto, sequestro
ou penhora, salvo nos casos de prestação de alimentos
53. A investidura do servidor em cargo de atribuições e resultantes de decisão judicial.
responsabilidades compatíveis com a limitação que
tenha sofrido em sua capacidade física e mental 58. No que tange à acumulação remunerada de cargos
verificada em inspeção médica, decorre da forma de públicos, é correto afirmar que
provimento derivado denominada (A) é totalmente vedada a percepção de vencimento de
(A) reintegração. cargo efetivo com proventos de inatividade.
(B) recondução. (B) a proibição de acumular não se aplica às empresas
(C) aproveitamento. públicas nem às sociedades de economia mista.
(D)) readaptação. (C) o médico pode acumular a remuneração de dois
(E) reversão. cargos junto ao mesmo hospital municipal,
independentemente da compatibilidade de horários.
54. A vacância do cargo público decorrerá, dentre outras (D)) é permitida a acumulação remunerada de dois
hipóteses, de cargos de professor, havendo compatibilidade de
(A) reversão. horários.
(B)) posse em outro cargo inacumulável. (E) não se admite, em nenhuma hipótese, a acumulação
(C) nomeação. remunerada de cargos públicos.
(D) aproveitamento.
(E) recondução. 59. Em virtude de um mesmo ato comissivo praticado no
desempenho de suas funções, constatou-se a
55. Com relação ao disposto sobre as férias observe as responsabilidade administrativa, civil e penal do servidor
seguintes proposições: público, que poderá
I. Dentre outras hipóteses, as férias poderão ser (A) ser processado apenas na esfera penal, uma vez que
interrompidas por motivo de convocação para serviço esta, pela sua natureza, absorve as demais.
eleitoral. (B)) responder cumulativamente pelas sanções oriundas
II. As faltas ao serviço poderão ser levadas à conta de das três esferas, já que independentes entre si.
férias até o máximo de dez dias. (C) sofrer somente a penalidade administrativa, visto ser
III. O servidor poderá acumular suas férias, até o máximo infração tipicamente administrativa.
de três períodos, no caso de necessidade do serviço. (D) ser passível apenas das penalidades decorrentes das
IV. As férias poderão ser parceladas em até três etapas, esferas administrativa e penal, por ser falta disciplinar.
desde que assim requeridas pelo servidor, e no interesse (E) responder cumulativamente somente pelas sanções
da administração pública. administrativa e civil, restando a penal absorvida pela
Estão corretas APENAS primeira.
(A) I e II.
(B) I e III. 60. Nos termos do disposto na Lei no 8.112/90, a
(C)) I e IV. reversão
(D) II e III. (A) constitui forma de provimento derivado que culmina
(E) III e IV. com o retorno à atividade do servidor posto em
disponibilidade.
56. É certo que, o servidor poderá, diante de novos (B)) é o retorno à atividade do servidor aposentado por
argumentos, interpor pedido de reconsideração perante a invalidez, quando, por junta médica oficial, forem
autoridade declarados insubsistentes os motivos da aposentadoria.
(A) que houver expedido o ato, que deverá decidir o (C) é o deslocamento do servidor, a pedido ou de ofício,
pleito dentro do prazo improrrogável de 60 dias. no âmbito do mesmo quadro, com ou sem mudança de
(B) competente, dentro do prazo de 15 dias, a contar da sede.
publicação ou da ciência do ato impugnado. (D) resulta da investidura do servidor estável em cargo
(C) imediatamente superior àquela que tiver expedido o de atribuições e responsabilidades compatíveis com a
ato, que decidirá em até 15 dias. limitação que tenha sofrido em sua capacidade física.
(D) imediatamente superior à que tiver expedido a (E) constitui ato administrativo discricionário pelo qual o
decisão, que decidirá dentro do prazo legal de 10 dias, agente exonerado reingressa no serviço público.
podendo ser renovado uma única vez.
(E)) que houver expedido o ato ou proferido a primeira 61. Tendo em vista a Lei no 8.112/90, e em relação às
decisão, que deverá decidir dentro do prazo de 30 (trinta) férias dos servidores públicos civis da União, é
dias, não podendo ser renovado. INCORRETO afirmar que
(A) para o primeiro período aquisitivo de férias serão
57. Sobre o vencimento e a remuneração, é exigidos 12 meses de exercício.
INCORRETO afirmar: (B) as férias, dentre outras hipóteses, poderão ser
(A)) As faltas justificadas decorrentes de caso fortuito interrompidas por motivo de calamidade pública ou
poderão ser compensadas a critério da chefia imediata, comoção interna.
mas não serão consideradas como efetivo exercício. (C) é permitido o parcelamento das férias em até três
(B) O servidor que for demitido em débito com o erário etapas, desde que assim requeridas pelo servidor, e no
terá o prazo de sessenta dias para quitar seu débito. interesse da administração pública.
(C) Remuneração é o vencimento do cargo efetivo, (D)) o servidor terá direito a 30 dias de férias, que podem
acrescido das vantagens pecuniárias permanentes ser cumuladas por até 3 períodos, no caso de
estabelecidas em lei. necessidade do serviço.

Direito Administrativo 8
APOSTILAS OPÇÃO

(E) é vedado levar à conta de férias qualquer falta ao Considerando que haja compatibilidade de horários, esse
serviço. servidor:
a) Poderá ainda ocupar remuneradamente um emprego
62. O servidor que NÃO entrar em exercício dentro do público qualquer em uma sociedade de economia mista
prazo legal de municipal;
(A)) 15 dias, contados da data da posse, será exonerado b) Poderá ainda ocupar remuneradamente um cargo
do cargo. público de médico junto à Administração direta de um
(B) 30 dias, contados do ato de provimento, será Município;
afastado provisoriamente do cargo. c) Poderá ainda ocupar remuneradamente um emprego
(C) 60 dias, contados da publicação do ato de público qualquer em uma empresa subsidiária de uma
provimento, poderá ser posto em disponibilidade. empresa pública federal;
(D) 15 dias, contados da data da nomeação, poderá ser d) Não poderá ocupar remuneradamente nenhum outro
afastado do cargo. cargo ou emprego público, seja junto à Administração
(E) 30 dias, contados da data da posse, será posto em direta, seja junto às entidades da administração indireta,
disponibilidade. suas subsidiárias ou sociedades controladas pelo Poder
Público, de qualquer nível da Federação.
63. No que tange às penalidades disciplinares,
considere: 67) Ao servidor público civil é assegurado o direito à livre
I. Configura abandono de cargo punível com suspensão, associação sindical e aos seguintes direitos, dela
a ausência intencional do servidor ao serviço por mais de decorrentes:
30 dias consecutivos. a) Ser representado pelo sindicato, inclusive como
II. Ao servidor que faltar ao serviço, sem causa substituto processual;
justificada, por 60 dias, intercaladamente, durante o b) Inamovibilidade do dirigente sindical até o final do
período de 12 meses, será aplicada a pena de demissão. mandato, exceto se a pedido;
III. Quanto às infrações puníveis com destituição de c) Desconto em folha, sem ônus para a entidade sindical
cargo em comissão, a ação disciplinar prescreverá em a que for filiado, do valor das mensalidades e
até 10 anos. contribuições definidas pela diretoria do sindicato;
IV. Será cassada a aposentadoria ou a disponibilidade do d) Ser nomeado para cargo em comissão após o
inativo que houver praticado, na atividade, falta punível mandato sindical, preterindo servidor não sindicalizado;
com a demissão.
Está correto APENAS o que se afirma em: 68) Com referência ao concurso público:
(A) I, II e III. a) Somente pode ser de provas e títulos;
(B) I e III. b) É obrigatório somente para os órgãos da
(C) I e IV. administração direta, autárquica e fundacional;
(D) II, III e IV. c) Obriga a nomeação do aprovado, observado o número
(E)) II e IV. de vagas declaradas no edital de concurso;
d) É dispensado para ingresso de ex-combatentes no
64) O servidor público, nomeado para cargo de serviço público, para contratação temporária de
provimento efetivo, será submetido a estágio probatório, excepcional interesse público e outras hipóteses
oportunidade em que será avaliado pela Administração previstas na Constituição Federal;
Pública. Quando constatar que o servidor não preenche
os requisitos exigidos para o cargo, a Administração 69) Assinale a alternativa CORRETA:
Pública deverá adotar a seguinte providência: a) A prática de atos de improbidade administrativa pelo
a) demitir o servidor após instaurar processo disciplinar servidor público poderá acarretar a suspensão de seus
b) demitir o servidor de forma sumária direitos políticos;
c) exonerar o servidor após instaurar processo disciplinar b) O sequestro dos bens do servidor público, devido a
d) exonerar o servidor após assegurar o direito de danos por ele causados ao patrimônio público, somente
defesa, não havendo necessidade de instauração de poderá ser decretado após o trânsito em julgado da
processo administrativo disciplinar sentença prolatada no processo respectivo;
c) A ação principal, no tocante à improbidade
65) Segundo a Lei 8.429/92, pode-se afirmar que: administrativa, terá rito ordinário e poderá ser proposta
a) somente o servidor público pode enquadrar-se como exclusivamente pelo Ministério Público;
sujeito ativo da improbidade administrativa d) O ressarcimento ao erário, em caso de improbidade
b) os membros da Magistratura, do Ministério Público e administrativa, poderá vir a ser dispensado quando
do Tribunal de Contas não podem ser incluídos como ocorrer o reconhecimento, pelo servidor público, dos atos
sujeitos ativos, por desfrutarem da prerrogativa da praticados indevidamente, caracterizando-se em tal
vitaliciedade hipótese a transação;
c) mesmo um particular que induza ou concorra para a
prática do ato de improbidade ou dele de beneficie direta 70) Com relação à lei nº8.112/90, pode-se afirmar que:
ou indiretamente sofre a incidência da lei a) de acordo com as regras constitucionais em vigor, em
d) os mesários em eleição e os jurados não podem que a obrigatoriedade do regime jurídico único foi
figurar no rol dos sujeitos ativos da conduta tida por abolida, a lei nº 8.112/90 aplica-se às empresas públicas
atentatória da probidade e sociedades de economia mista da União;
b) trata-se de legislação que pode ser aplicada também
66) Um servidor público já ocupa, remuneradamente, um para os Estados e para os Municípios, pois a União tem
cargo público de professor em universidade federal competência para estabelecer, por lei, normas gerais
constituída sob forma de autarquia e outro cargo público sobre as questões relativas aos servidores públicos;
de médico junto à Administração direta de um Estado. c) a lei nº 8.112/90 somente se aplica para a
Administração Direta, autárquica e fundacional da União.

Direito Administrativo 9
APOSTILAS OPÇÃO

d) a lei estabelece o regime contratual para disciplinar as validade, mas admite-se a delegação do seu exercício
relações jurídicas entre a União e seus servidores, não por vontade do delegante.
adotando o regime estatutário. D) O ato administrativo discricionário pode ser motivado
__________ após sua edição.
71. Julgue os itens abaixo, relativos à administração E) A presunção de legitimidade do ato administrativo
indireta. transfere à administração o ônus de provar que o ato
I. As empresas públicas e as sociedades de economia administrativo é legítimo.
mista não se sujeitam a procedimentos licitatórios por __
terem o mesmo tratamento jurídico das empresas 75) Afirmando que "as competências administrativas só
privadas. podem ser validamente exercidas na extensão e
II. As sociedades de economia mista só podem adotar a intensidade proporcionais ao que seja realmente
forma de sociedade anônima. demandado para cumprimento da finalidade de interesse
III. O capital de empresa pública é todo estatal. público a que são atreladas", referimo-nos ao princípio
IV. Não é permitido às autarquias desempenhar do(a):
atividades econômicas.   a) Proporcionalidade;
V. As fundações públicas são, exclusivamente, pessoas   b) Interesse público;
jurídicas de direito público.   c) Finalidade;
A quantidade de itens certos é igual a   d) Razoabilidade;
A) 1.
B) 2. 76) Na administração pública, aos atos praticados devem
C) 3. atender à finalidade legal, atendendo ao princípio da:
D) 4.   a) Abrangência;
E) 5.   b) Disponibilidade;
__________   c) Impessoalidade;
72. Com relação aos órgãos e agentes públicos, assinale d) Hierarquia administrativa.
a opção correta.
A) A CF admite a investidura derivada de cargo público 77) São consideradas pessoas jurídicas de direito
para servidores civis, mediante a realização de concurso público que executam atividades típicas da
interno. Administração Pública:
B) Os órgãos administrativos não têm personalidade   a) Autarquias e empresas públicas;
jurídica.   b) Autarquias e fundações públicas;
C) Como decorrência do poder hierárquico, o agente   c) Empresas públicas e sociedades de economia
público pode editar atos regulamentares. mista;
D) Os tribunais de contas estaduais são órgãos d) Autarquia, empresas públicas e fundações
independentes, mas só podem ir a juízo por meio da públicas.
procuradoria geral da assembléia legislativa, por não
possuírem personalidade judiciária. 78) As pessoas jurídicas que integram a Administração
E) Os agentes públicos só podem prover seus cargos por Pública Federal indireta têm em comum:
concurso público.   a) somente a criação por lei específica;
  b) sua natureza jurídica;
73. No que se refere ao servidor público civil, segundo a   c) apenas o fato de possuírem personalidade e
CF, assinale a opção correta. patrimônio próprios;
A) Somente após regular sindicância, o servidor público   d) criação por lei específica, personalidade e
estável que participa de greve da categoria e, portanto, patrimônio próprios;
comete falta grave, fica sujeito à aplicação da pena de
demissão. 79) Sobre os poderes da Administração Pública, é
B) É permitida a acumulação do cargo de médico com o INCORRETO afirmar que:
de professor de música da rede municipal de ensino. a) os atos administrativos relativos ao poder de polícia
C) É permitido ao servidor afastado para o exercício de têm como característica a auto-executoriedade
cargo eletivo contar o tempo de mandato para fins de b) o poder regulamentar será exercido pelo chefe do
tempo de serviço. Poder Executivo ao expedir decretos explicando o
D) O servidor público que é eleito prefeito, em caso de conteúdo das leis
haver compatibilidade de horário, perceberá as c) o poder disciplinar permite que o chefe do Poder
vantagens do cargo efetivo, sem prejuízo da percepção Executivo, se houver previsão na lei, aplique punições
do cargo eletivo. aos servidores de todos os poderes
E) Todo concurso público deve conter, em seu edital,  d) o poder hierárquico permite a uma autoridade rever
reserva de vagas para pessoas portadoras de os atos praticados por seus subordinados tanto no
necessidades especiais. aspecto de mérito quanto no aspecto de legalidade

74. Assinale a opção correta acerca dos atos 80) O Processo Administrativo é o conjunto de
administrativos. procedimentos utilizados pela Administração para o
A) Quando o agente público explicita a motivação do ato adequado registro de seus atos, controle de seus
administrativo discricionário, os motivos implicam agentes e solução de controvérsias com os
vinculação apenas quanto aos fundamentos de direito. administrados.
B) O ato administrativo pode ser revogado por ter perdido No âmbito do Processo Administrativo, é correto afirmar:
sua utilidade.   a) É formal, obedecendo a uma processualística
C) A competência para a prática do ato administrativo, determinada;
seja vinculado, seja discricionário, é condição para a sua   b) Obedece ao princípio inquisitorial;
  c) Não admite dilação probatória;

Direito Administrativo 10
APOSTILAS OPÇÃO

  d) Está vinculado ao princípio da ampla defesa;   d) permitida a liderança de empresa brasileira ou de


empresa estrangeira, se o consórcio for formado pelas
81) O ingresso no serviço público depende: duas.
  a) Do preenchimento da condição de brasileiro nato;
  b) Da prestação de concurso público de provas, ou 87) É regra própria do regime jurídico do pregão, nos
de provas e títulos, para quaisquer cargos; termos da legislação federal pertinente:
  c) Da prestação de concurso público de provas, ou   a) o prazo fixado para a apresentação das
de provas e títulos, salvo para os cargos ou empregos propostas, contado a partir da publicação do aviso, não
regidos pela C.L.T.; será superior a oito dias úteis.
  d) Da prestação de concurso público de provas, ou   b) no curso da sessão pública para recebimento
de provas e títulos, salvo para os cargos cujos titulares das propostas, todos os interessados ou seus
sejam demissíveis "ad nutum" e outros indicados em lei; representantes presentes poderão fazer novos lances
verbais e sucessivos, até a proclamação do vencedor.
82) A Administração Pública pode anular seus próprios   c) para julgamento e classificação das propostas,
atos quando eivados de ilegalidade, bem como revogá- será adotado o critério de menor preço, ou técnica e
los por motivo de conveniência ou oportunidade, no preço, observados os prazos máximos para
exercício do princípio da: fornecimento, as especificações técnicas e parâmetros
  a) Autotutela; mínimos de desempenho e qualidade definidos no edital.
  b) Discricionariedade;   d) encerrada a etapa competitiva e ordenadas as
  c) Razoabilidade; ofertas, o pregoeiro procederá à abertura do invólucro
  d) Auto-executoriedade; contendo os documentos de habilitação do licitante que
apresentou a melhor proposta, para verificação do
83) A rescisão do contrato administrativo ocorre: atendimento das condições fixadas no edital.
  a) Por exigência do contratado; 88) Administração Pública é um conjunto de órgãos:
  b) Somente quando houver acordo entre a   a) Em que se dividem os poderes do Estado;
Administração Pública e o contratado;   b) Instituídos para a consecução dos objetivos do
  c) Por ato próprio e unilateral da Administração em Governo;
razão de inadimplência do contratado ou por interesse do   c) Que demonstram a soberania posta em ação;
serviço público;   d) Que praticam atos de governo;
  d) Exclusivamente em decorrência de decisão
judicial; 89) A Constituição Federal estabelece o princípio da
ampla acessibilidade aos cargos, funções e empregos
84) A modalidade de licitação necessária para o contrato públicos.
de concessão de direito real de uso é: Pode-se afirmar corretamente que:
  a) A concorrência;   a) Nas regras do concurso público não podem ser
  b) O leilão; feitas discriminações entre brasileiros natos ou
  c) O convite; naturalizados, excetuando-se alguns cargos que são
  d) A tomada de preço; privativos de brasileiros natos previstos na Carta Magna;
  b) Via de regra, as normas para a acessibilidade e
85) Celso Antônio Bandeira de Mello distingue as concurso público são impositivas para todo o universo da
empresas públicas e as sociedades de economia mista Administração, salvo as sociedades de economia mista e
em duas categorias: as prestadoras de serviços públicos empresas públicas;
e as exploradoras de atividade econômica. Com relação   c) A contratação excepcional sem concurso público
aos regimes jurídicos dessas empresas, marque a está terminantemente proibida pela Constituição Federal
alternativa correta: atual;
  a) Os bens das empresas públicas e sociedades de   d) Faz-se mister novo concurso público para
economia mista exploradoras de atividade econômica elevação nos níveis de uma determinada carreira pública
são penhoráveis e prescritíveis. ou nas linhas de ascensão funcional preestabelecidas
  b) De acordo com preceito constitucional, é livre a para esta carreira;
acumulação de emprego nestas entidades com um outro
em empresa controlada direta ou indiretamente pelo 90) Empresa concessionária, prestadora de serviço
poder público. público causa danos a particulares. Configura-se sua
  c) A responsabilidade da Empresa Pública por atos responsabilidade objetiva desde que:
de seus prepostos é sempre de natureza objetiva,   a) A prestação do serviço seja a causa única do
conforme determinada a Constituição da República. dano;
  d) As empresas públicas e sociedades de economia   b) O dano tenha ocorrido por omissão na prestação
mista, que desempenham atividades de instituição do serviço e a vítima não tenha culpa concorrente;
financeira, não sujeitas à liquidação extrajudicial   c) O agente do concessionário, causador do dano,
determinada pelo Banco Central. tenha agido com culpa;
  d) O Poder Público concedente não seja
86) Quando, em licitação sujeita à Lei nº 8.666/93, duas responsabilizado solidariamente;
ou mais empresas participam reunidas em consórcio, é:
  a) obrigatória a adoção da modalidade de 91. “Administração Pública, em sentido formal, é o
concorrência. conjunto de órgãos instituídos para consecução dos
  b) permitido o somatório de quantitativos e/ou objetivos do Governo; em sentido material, é o conjunto
valores das empresas participantes, para efeito de das funções necessárias ao serviços públicos em geral:
qualificação, observados condicionamentos legais. em acepção operacional, é desempenho perene e
  c) necessária a constituição do consórcio por meio sistemático, legal e técnico, dos serviços próprios do
de instrumento público, arquivado na Junta Comercial. Estado ou por ele assumidos em benefício da

Direito Administrativo 11
APOSTILAS OPÇÃO

coletividade. Numa visão global, a Administração é, É/Estão correta(s):


pois, todo o aparelhamento do Estado preordenado à a) somente a 1
realização de seus serviços, visando à satisfação das b) somente 1 e 2
necessidades coletivas. A Administração não pratica c) somente 1e 3
atos do governo; pratica, tão-somente, atos de d) todas estão corretas e se complementam
execução, com maior ou menor autonomia funcional,
segundo a competência do órgão de seus agentes. São 94 - Sobre as entidades da Administração Pública
os chamados atos administrativos.” Indireta, analise as afirmativas:
Quanto à definição de “Administração Pública” acima I. A empresa pública será criada, mediante autorização
enunciada, podemos afirmar que: do Poder Legislativo, para desempenhar atividade
a) está totalmente correta considerada típica do Estado.
b) está parcialmente correta II. As entidades da Administração Indireta estão sujeitas
c) está inorreta ao controle hierárquico próprio do ente estatal a que
d) nada podemos afirmar com tais dados estão vinculadas.
III. A empresa pública integra a Administração Indireta e
92. São características da Administração Pública: tem personalidade jurídica de Direito Privado.
1) As pessoas que exercem as atividades de É/são verdadeira(s) somente a(s) afirmativa(s):
administração pública são agentes de Direito Público, a) I;
especialmente designados, podendo também serem b) II;
designados por delegação. c) III;
2) Os objetivos perseguidos pela Administração Pública d) I e III;
são sempre estabelecidos por lei, ou seja, são sempre e) nenhuma.
vinculados e não discricionários.
3) Os interesses são sempre públicos, isto é, visando a 95 - Sobre a noção de Administração Pública, analise as
coletividade como um todo, segundo o princípio da afirmativas a seguir:
isonomia. I. A função administrativa do Estado será desempenhada
4) As atividades administrativas e seus atos em geral por órgãos e agentes de todos os poderes, ainda
gozam de executoriedade prática, ou possibilidade que predominantemente pelo Poder Executivo.
imediata de serem realizados. II. No sentido material, considera-se Administração
5) A natureza da Administração é munus público Pública o desempenho da função administrativa, como
(encargo que alguém de exercer), ou seja, o que por exemplo, a gestão de bens e de serviços públicos.
procede de natureza pública ou da lei, obrigando o III. Através da desconcentração administrativa é possível
agente ao exercício de certos encargos visando o atribuir a particulares, por ato administrativo, ou por
benefício da coletividade ou da ordem social. contrato, a execução de serviços públicos.
Estão corretas: São verdadeiras somente as afirmativas:
a) todas as proposições estão corrretas a) I e II;
b) estão corretas somente 1, 2 e 5 b) I e III;
c) estão corretas somente 1, 3, 4 5 c) II e III;
d) estão corretas 1, 2, 4 e 5 d) I, II e III;
e) nenhuma.
93. Quanto aos enuncioados a seguir:
1. A Natureza da Administração Pública é a de um 96 - Sobre o poder de polícia, analise as afirmativas a
munus público para quem a exerce, isto é, a de um seguir:
encargo de defesa, conservação e aprimoramento dos I. O poder de polícia não se confunde com a polícia
bens, serviços e interesses da coletividade, impondo ao judiciária. A polícia administrativa tem finalidade
administrador público a obrigação de cumprir fielmente preventiva e a policia judiciária atua de forma repressiva.
os preceitos do Direito e da Moral administrativa que II. Todos os entes estatais são competentes para exercer
regem sua atuação, pois tais preceitos é que expressam o poder de polícia sobre as atividades submetidas ao
a vontade do titular dos interesses administrativos - o seu controle.
povo - e condicionam os atos a serem praticados no III. A licença é exemplo de ato administrativo que pode
desempenho do munus público que lhe é confiado. refletir o exercício do poder de polícia.
2. Os Fins da Administração Pública resumem-se num São verdadeiras somente as afirmativas:
único objetivo: o bem comum da coletividade a) I e II;
administrativa; toda atividade deve ser orientada para b) I e III;
esse objetivo; sendo que todo ato administrativo que não c) II e III;
for praticado no interesse da coletividade será ilícito e d) I, II e III;
imoral. e) nenhuma.
3. No desempenho dos encargos administrativos o
agente do Poder Público não tem a liberdade de procurar 97 - De acordo com a classificação que divide os órgãos
outro objetivo, ou de dar fim diverso do prescrito em lei públicos conforme a sua posição estatal, as Secretarias
para a atividade; descumpri-los ou renunciá-los de Estado são consideradas órgãos:
eqüivalerá a desconsiderar a incumbência que aceitou a) independentes;
ao empossar-se no cargo ou função pública.Em última b) colegiados;
análise, os fins da Administração consubstanciam-se em c) autônomos;
defesa do interesse público, assim entendidas aquelas d) superiores;
aspirações ou vantagens licitamente almejadas por toda e) coletivos.
a comunidade administrativa, ou por parte expressiva de
seus membros; o ato ou contrato administrativo realizado 98) Sobre as normas constitucionais relativas à
sem interesse público configura desvio de finalidade. Administração Pública, é INCORRETO afirmar que:

Direito Administrativo 12
APOSTILAS OPÇÃO

a) de acordo com a Constituição, as autarquias serão (D) as sociedades de economia mista por ela
criadas por lei e estão sujeitas às mesmas regras de controladas.
responsabilidade civil aplicáveis à Administração Direta; (E) as autarquias federais.
b) uma das sanções aplicadas ao agente público que
praticar atos de improbidade administrativa é a 103. Denominam-se cláusulas exorbitantes dos contratos
suspensão de direitos políticos; administrativos aquelas que atribuem à Administração
c) de acordo com as normas constitucionais em vigor, os determinados poderes, derrogatórios do regime jurídico
concessionários de serviços públicos responderão dos contratos privados. Entre estas cláusulas, estão as
objetivamente pelos danos resultantes de atos praticados que confiram à Administração
por seus agentes nessa qualidade; (A) o poder de provocar o Poder Judiciário para anular o
d) a responsabilidade civil do agente público é subjetiva, contrato.
condicionada à demonstração de culpa ou dolo; (B) o poder de provocar o Poder Judiciário para revogar
e) a fixação da remuneração dos servidores públicos dos o contrato.
Estados e do Distrito Federal é feita por ato do (C) a faculdade de modificar o contrato unilateralmente,
Governador, sendo obrigatório o reajuste geral anual. para melhor adequação ao interesse público.
(D) a faculdade de alterar o contrato, em acordo com o
99. A Administração Pública, por meio do regular uso do contratado, independentemente dos limites legais de
poder disciplinar, aumento ou supressão do seu objeto.
(A) distribui, ordena, escalona e revê a atuação de seus (E) a obrigação de indenizar o contratado pela rescisão
agentes, de modo que as atividades por eles unilateral da Administração, sem justa causa.
desempenhadas obedeçam ao princípio da eficiência.
(B) apura infrações e aplica penalidades aos servidores 104. A modalidade de licitação apropriada para a escolha
públicos e demais pessoas sujeitas à disciplina de trabalho técnico, científico ou artístico, mediante a
administrativa. instituição de remuneração ao vencedor, é
(C) edita normas complementares à lei, que disponham (A) o pregão.
sobre organização administrativa ou relações entre os (B) o concurso.
particulares que estejam em situação de submissão (C) a concorrência.
especial ao Estado. (D) o convite.
(D) condiciona e restringe o uso e gozo de bens, (E) a tomada de preços.
atividades e direitos individuais em benefício da
coletividade ou do próprio Estado. 105. Em tema de administração indireta, é INCORRETO
(E) pratica atos administrativos de sua competência, com afirmar que as Agências Reguladoras
liberdade de escolha quanto à sua conveniência, (A) podem ter seus atos revistos ou alterados pelo Poder
oportunidade, forma e conteúdo. Executivo, através da interposição de recurso hierárquico
impróprio para outros órgãos e entidades da
100 - De acordo com as normas constitucionais em vigor, Administração Pública.
se for extinto o cargo ocupado pelo servidor estável, a (B) são autarquias qualificadas com regime especial
Administração deverá adotar a seguinte providência: definido em suas leis instituidoras e que fiscalizam
a) exonerar o servidor em razão da extinção do cargo; assuntos atinentes às respectivas esferas de atuação.
b) demitir o servidor, sem justa causa; (C) sujeitam-se ao controle pelo Congresso Nacional e
c) colocá-lo em disponibilidade remunerada; ao controle financeiro, contábil e orçamentário pelo
d) reintegrá-lo em outro cargo semelhante; Poder Legislativo, com o auxílio do Tribunal de Contas.
e) promover a sua aposentadoria com proventos (D) tem essa denominação devido à sua função
proporcionais ao tempo de serviço. normativa.
(E) são dirigidas em regime de colegiado e seus diretores
101. No Brasil, o Direito Administrativo é ramo do Direito são escolhidos pelo Chefe do Poder Executivo, após
que tem como característica, no que diz respeito a suas prévia aprovação do Senado Federal.
fontes,
(A) a codificação em nível federal, em respeito ao 106. Frustrar a licitude de processo licitatório ou
princípio da estrita legalidade. dispensá-lo indevidamente constitui, nos termos da Lei
(B) o papel da jurisprudência como criadora de normas no 8.429, de 02.06.1992, ato de improbidade
aplicáveis à Administração e integradora de lacunas administrativa que
legais. (A) causa prejuízo ao erário, sujeitando o agente ao
(C) a pluralidade de leis em níveis federal, estadual e ressarcimento equivalente até quatro vezes o valor do
municipal e o papel precípuo da doutrina na unificação dano, perda dos bens, perda da função pública, perda
da respectiva interpretação. dos direitos políticos de três a cinco anos, além de
(D) o papel integrativo da analogia, dos costumes e dos outras.
princípios gerais do direito, mesmo em caráter praeter (B) atenta contra os princípios da administração pública,
legem ou contra legem. sujeitando o agente à suspensão da função pública,
(E) a prevalência de normas de caráter administrativo, perda dos direitos políticos de três a oito anos, proibição
como decretos, portarias e resoluções, ainda que em de contratar com o Poder Público, pelo prazo de sete
face da aplicação da lei formal. anos, além de outras.
(C) importa enriquecimento ilícito, sujeitando o agente ao
102. NÃO são entidades integrantes da administração ressarcimento integral do dano, perda dos bens ou
indireta da União: valores acrescidos ilicitamente ao patrimônio, suspensão
(A) os serviços sociais autônomos. da função pública, perda dos direitos políticos, além de
(B) as associações públicas das quais seja parte. outras.
(C) as empresas públicas por ela constituídas. (D) causa prejuízo ao erário, sujeitando o agente ao
ressarcimento integral do dano, perda dos bens ou

Direito Administrativo 13
APOSTILAS OPÇÃO

valores acrescidos ilicitamente ao patrimônio, se II. O controle no âmbito da Administração direta ou


concorrer esta circunstância, perda da função pública, centralizada decorre da subordinação hierárquica, e, no
suspensão dos direitos políticos de cinco a oito anos, campo da Administração indireta ou descentralizada,
além de outras. resulta da vinculação administrativa, nos termos da lei
(E) atenta contra os princípios da administração pública, instituidora das entidades que a compõem.
sujeitando o agente à suspensão da função pública, III. Através do controle administrativo a Administração só
suspensão dos direitos políticos de quatro a oito anos, anula o ato ilegal e revoga ou altera o ato legal mas
proibição de receber incentivos fiscais ou creditícios do ineficiente, inoportuno ou inconveniente, se ainda
Poder Público, pelo prazo máximo de dois anos, além de passível de supressão ou modificação.
outras. IV. Nos recursos dirigidos à Administração Pública, é
incabível a intervenção de terceiros, ainda que
107. Quanto à administração indireta, centralizada e comprovado um interesse direto e efetivo na solução do
descentralizada, é INCORRETO afirmar que a recurso.
(A) empresa pública é a entidade dotada de V. O controle interno objetiva a criação de condições
personalidade jurídica de direito privado, com patrimônio indispensáveis à eficácia do controle externo e visa
próprio e capital exclusivo, criada por lei para a assegurar a regularidade da realização da receita e da
exploração de atividade econômica. despesa, possibilitando o acompanhamento da execução
(B) sociedade de economia mista é a pessoa jurídica de do orçamento, dos programas de trabalho e a avaliação
direito público, criada por lei, com participação exclusiva dos respectivos resultados.
de particulares no seu capital e pública na sua É correto o que consta APENAS em
administração. (A) III e V.
(C) entidade paraestatal desempenha, em regra, (B) II, IV e V.
atividades de interesse público não privativas do Estado, (C) II e III.
em regime predominantemente de direito privado, não (D) I e IV.
possuindo fins lucrativos. (E) I, III e IV.
(D) autarquia é criada por lei de iniciativa do Chefe do
Executivo, atua em nome próprio e responde 110. Considere as assertivas abaixo a respeito dos
objetivamente pelos atos que seus agentes causarem a contratos administrativos:
terceiros, sendo assegurada a ação regressiva. I. No caso de obras ou serviços, o contrato administrativo
(E) a fundação pode ser de direito privado instituída por extinto pode ser renovado, independentemente de novo
particulares; de direito privado instituída pelo Poder ajuste, desde que idênticos ao objeto anteriormente
Público e de direito. contratado.
II. A anulação do contrato administrativo é ato
108. No que respeita ao procedimento licitatório, declaratório de invalidade preexistente, que opera efeitos
considere as assertivas: ex tunc, retroagindo às suas origens.
I. A vinculação ao edital é princípio básico de toda III. A inexecução sem culpa da parte, retardando ou
licitação, sendo o edital a lei interna da licitação, impedindo a execução do contrato administrativo,
vinculando aos seus termos tanto os licitantes como a embora possa haver a sua rescisão, não gera
Administração que o expediu. responsabilidade para os contratantes, porque tais
II. O princípio da adjudicação compulsória não impede eventos atuam como causas justificadoras da inexecução
que a Administração, concluído o procedimento licitatório do contrato.
e de forma discricionária, atribua seu objeto a outrem que IV. Fato da Administração é toda determinação estatal ou
não o legítimo vencedor. da parte contratante, positiva ou negativa, geral,
III. O objeto da licitação confunde-se sempre com o imprevista e imprevisível, que onera substancialmente a
objeto do contrato, que pode ser obra, serviço, compra execução do contrato administrativo.
ou concessão, como, também, alienação ou locação. V. A rescisão administrativa do contrato administrativo é
IV. Configura atentado ao princípio da igualdade entre os efetivada por ato próprio e unilateral da Administração,
licitantes o estabelecimento de requisitos mínimos de por inadimplência do contratado ou por interesse do
participação no edital, ainda que sob o pretexto de que serviço público.
são necessários à garantia e segurança da execução do É correto o que consta APENAS em
contrato. (A) III, IV e V.
V. Estabelecidas as regras da licitação, tornam-se (B) III e IV.
inalteráveis durante todo o procedimento, sendo que, (C) II, III e V.
enquanto vigente o edital ou o convite, não poderá (D) I e IV.
desviar-se de suas prescrições, quer quanto à (E) I, II e IV.
tramitação, quer quanto ao julgamento.
É correto o que consta APENAS em 111. Considere:
(A) I e IV. I. Compra de material, equipamento ou gênero industrial
(B) I, III e V. de produtor privativo no Brasil.
(C) I e II. II. Aquisição de bens destinados exclusivamente à
(D) II, IV e V. investigação científica e tecnológica, com recursos
(E) III e IV. concedidos por instituições oficiais de fomento à
pesquisa.
109. No que tange ao controle da administração pública, III. Serviços prestados por associações de portadores de
considere as assertivas abaixo. deficiência física, sem fins lucrativos e de comprovada
I. Os atos sujeitos ao controle judicial comum são os atos idoneidade, desde que os preços sejam compatíveis com
administrativos em geral, quanto ao juízo da sua o mercado.
legalidade, conveniência, oportunidade ou eficiência.

Direito Administrativo 14
APOSTILAS OPÇÃO

IV. Contratação de profissional do setor artístico elemento formal é vinculado quanto à sua formação e
consagrado pela opinião pública, diretamente ou através quanto ao seu desfazimento.
de seu empresário.   b) sempre resulta do fato administrativo
As assertivas acima representam situações em que a estabelecido em tese.
licitação deve ser   c) tenha necessariamente declarada a sua
(A) dispensável, dispensável, inexigível, obrigatória. validade ou invalidade para que adquira o atributo da
(B) obrigatória, obrigatória, dispensável, inexigível. imperatividade.
(C) inexigível, obrigatória, inexigível, dispensável.   d) classificado como de gestão é aquele que a
(D) dispensável, inexigível, obrigatória, dispensável. Administração pratica usando de sua supremacia sobre
(E) inexigível, dispensável, dispensável, inexigível. os destinatários, inclusive através da utilização de meios
de coerção sobre os interessados.
112. Em matéria de serviço público, é INCORRETO
afirmar que 116.Nos processos administrativos disciplinares ou
(A) há outorga quando o Estado cria uma entidade e a sancionatórios:
ela transfere, por lei, determinado serviço público ou de   a) Admitem-se as argüições de impedimentos e
utilidade pública. suspeições;
(B) a regulamentação e o controle do serviço público e   b) Não se admitem as argüições de impedimentos
de utilidade pública caberão sempre ao Poder Público, ou suspeições;
qualquer que seja a modalidade de sua prestação aos   c) Somente são admitidas argüições de
usuários. impedimentos e suspeições se houver lei autorizatória;
(C) compete ao Estado-membro a realização de serviços   d) Somente admite-se argüição de impedimentos;
de interesse geral, ou de grupos ou categorias de
habitantes disseminados pelo seu território, e em relação 117.Quanto à posição estatal, os órgãos públicos se
aos quais não haja predominância do interesse local classificam em:
sobre o estadual.   a) Singulares e colegiados;
(D) os serviços uti universi ou gerais são divisíveis e   b) Simples e compostos;
mensuráveis na sua utilização e devem ser mantidos por   c) Independentes e autônomos;
taxa ou tarifa.   d) Nenhuma das alternativas é correta;
(E) a prestação do serviço público pode ser centralizada,
descentralizada e desconcentrada, e sua execução, 118.O Poder de Polícia, prerrogativa outorgada ao
direta e indireta. Administrador Público para ser utilizada de acordo com a
lei no justo limite que interesse ao público exigir, consiste
113. É certo que o ato administrativo em:
(A) deve obedecer, ao ser revogado ou modificado, à   a) Limitar, restringir ou condicionar o uso e o gozo
mesma forma do ato originário, pois o seu elemento de bens e direitos individuais e coletivos;
formal é vinculado quanto à sua formação e quanto ao   b) Punir ou reprimir os atos que mereçam
seu desfazimento. recriminação da sociedade;
(B) sempre resulta do fato administrativo estabelecido em   c) Na apuração policial dos atos dos administrados
tese. e servidores que retratem infração administrativa;
(C) tenha necessariamente declarada a sua validade ou   d) Atividades da Administração Pública
invalidade para que adquira o atributo da imperatividade. exclusivamente na área do ordenamento urbano e
(D) classificado como de gestão é aquele que a ambiental;
Administração pratica usando de sua supremacia sobre
os destinatários, inclusive através da utilização de meios 119.Uma das seguintes alternativas é INCORRETA:
de coerção sobre os interessados.   a) O ato administrativo é sempre unilateral, pois
(E) ordinatório atua tanto no âmbito interno como externo bilateral é o contrato;
da Administração, estando em posição inferior à lei, mas   b) O ato administrativo é composto dos seguintes
superior ao regulamento e ao regimento das repartições. requisitos: forma, motivo e objeto;
  c) O ato administrativo pelo qual o Estado outorga
114. Não pode ser considerada uma peculiaridade do ao particular a utilização privativa, temporária e sempre
contrato administrativo: remunerada de um bem público denomina-se permissão
  a) Seus prazos de início, conclusão e entrega não qualificada de uso de bem público;
poderem jamais ser prorrogados, sendo até admitidos os   d) O ato administrativo pode ser revogado pelo
contratos que estipulem prazos indeterminados, em agente público em decorrência do princípio da auto-
razão da supremacia do interesse público sobre o executoriedade;
interesse privado;
  b) A admissão, prevista em lei, de alterações 120.Considerando-se o Controle da Administração,
bilaterais de tais contratos; enquadra-se como autocontrole:
  c) A extinção unilateral dos contratos quando   a) O Mandado de Segurança;
houver razões de interesse público ou falta do   b) O Mandado de Injunção;
contratado;   c) O Hábeas Corpus;
  d) A previsão legal de sanções administrativas e   d) O Pedido de Reconsideração.
penais;
121. Todo ato administrativo é espécie do gênero:
115. É certo que o ato administrativo: a) ato do administrado.
  a) deve obedecer, ao ser revogado ou b) ato jurídico.
modificado, à mesma forma do ato originário, pois o seu c) ato complexo.
d) ato vinculado.

Direito Administrativo 15
APOSTILAS OPÇÃO

e) ato de gestão. 128. O exame da conveniência e oportunidade do ato


administrativo:
122. A recorribilidade contra ato injusto, editado por a) escapa ao controle do Poder Judiciário algumas
autoridade máxima, dirigente de autarquia, vezes.
confirmando decisão de outra autoridade, a ela b) escapa sempre ao controle do Poder Judiciário.
subordinada, é possível ainda administrativamente, c) é sujeito sob o primeiro aspecto ao Poder
mediante a interposição de: Judiciário.
a) recurso de revista. d) é sujeito algumas vezes à apreciação
b) mandado de segurança. jurisdicional.
c) recurso hierárquico impróprio ou recurso de e) é sujeito sempre ao controle jurisdicional.
tutela.
d) recurso administrativo hierárquico próprio. 129. Qual o fundamento da revogação do ato
e) recurso por abuso de poder. administrativo?
a) abuso de poder.
123. Promulgada lei que, por seu caráter de b) desvio de poder.
especificidade, enquadra situação jurídica individual, c) ilegalidade.
deixando, pois, de ser "lei em tese", esta disposição d) inoportunidade ou inconveniência.
que, formalmente, se denomina de lei, na realidade é: e) nenhuma das anteriores.
a) ato vinculado.
b) ato de enquadramento funcional legislativo. 130. Quem é competente para revogar o ato
c) ato jurídico de direito público externo. administrativo?
d) ato administrativo material. a) o Poder Judiciário.
e) regulamento. b) Poder Legislativo.
c) a própria autoridade que editou o ato ou seu
124. O poder discricionário e o poder arbitrário: superior hierárquico.
a) se apóiam na lei. d) o Poder Executivo.
b) são contrários à lei. e) qualquer autoridade do Poder Judiciário.
c) têm o mesmo significado.
d) são permitidos à Administração. 131. Ao ato administrativo, mediante o qual o Estado
e) não se confundem, pois o primeiro se apóia na outorga ao particular a utilização privativa de bem
lei, e o segundo fere a lei. público, por determinado tempo, damos o nome de:
a) permissão qualificada de uso de bem público.
125. O desfazimento de ato administrativo nulo inicial: b) permissão simples de uso de bem público.
a) não influi, em nada, sobre os atos posteriores. c) concessão de uso.
b) implica a revogação de todos os atos d) aviso para uso de bem público.
subseqüentes e) despacho outorgando o uso de bem público.
c) influi sobre a duração dos atos complexos
ZZcom os quais se interliga. 132. O ato administrativo é composto dos seguintes
d) em nada influi sobre os atos dele derivados. elementos:
e) importa a anulação de todos os atos a) sujeito, objeto e forma.
subseqüentes, mesmo os perfeitos. b) sujeito, objeto, forma e fim.
c) motivo, forma e fim.
126. Assinalar, nas respostas abaixo, a alternativa d) forma, sujeito e motivo.
correta: e) sujeito, objeto, forma, motivo e fim.
a) ato administrativo perfeito é aquele que
completou o ciclo de formação, ou seja, é o ato 133. Portaria de trânsito, editada pela autoridade
completo e acabado, não eivado de vício algum. competente, incide sobre os motoristas, obrigando-
b) ato administrativo ineficaz é aquele que não os, e por isso se classifica entre os:
padece de nenhuma ilegalidade. a) atos administrativos mistos.
c) validade é a condição de existência do ato b) atos administrativos vinculados.
administrativo. c) atos administrativos externos.
d) ao Poder Judiciário compete examinar a d) atos administrativos discricionários.
conveniência e a oportunidade do ato
administrativo.
e) atos administrativos de império.
e) ato administrativo nulo é o que não apresenta 134. Verificando que cessaram os motivos, em virtude
defeito grave.
dos quais foi outorgada concessão de serviço
público, já que o progresso da técnica e novos
127. Mérito, no direito administrativo, é o aspecto do ato
inventos superaram os empregados pelo
administrativo que diz respeito:
concessionário, a Administração pode ocasionar o
a) à legalidade. fim do contrato firmado, valendo-se para tanto do
b) à legitimidade. instituto da:
c) à oportunidade e à conveniência. a) nacionalização.
d) ao interesse público e ao interesse social. b) caducidade.
e) à utilidade pública e à necessidade pública. c) resgate.
d) revogação.

Direito Administrativo 16
APOSTILAS OPÇÃO

e) encampação. cumprir o pactuado.


d) as cláusulas, nela insertas, são mutáveis.
135. Nos contratos administrativos, as cláusulas são: e) prestações a cargo das partes contratantes são
a) exorbitantes e derrogatórias do direito comum. eqüipolentes.
b) apenas levemente exorbitantes do direito
comum. 140. Diz-se que a concessão de serviço público é
c) apenas do direito comum. celebrada "intuitu personae", porque:
d) são de todos os tipos possíveis. a) a Administração, ao contratar, leva em conta a
e) são aleatórias. idoneidade da concessionária.
b) a Administração deve intuir quem é seu
136. Cláusulas exorbitantes, nos contratos contratante direto.
administrativos, são , aquelas que: c) a Administração deve escolher,
a) podem figurar, normalmente, nos contratos de indiferentemente, o concessionário.
direito privado. d) a Administração deve escolher objetivamente o
b) inseridas em contratos de direito privado concessionário.
atentariam, se cumpridas, contra a ordem e) o princípio da igualdade deve presidir à escolha
pública, porque estranhas ao direito civil e mais do concessionário.
próximas das sanções penais.
c) inseridas em contrato de direito privado 141. "Sinalagmático perfeito" é o contrato de concessão
poderiam ser normalmente cumpridas, em razão de Serviço público, porque:
de sua natureza privatística. a) é contrato que depende da concordância de
d) não podem figurar nos contratos de concessão ambos os contratantes.
de serviço público, pois estes são espécie do b) gera obrigações, desde o início, para o
género contrato administrativo. concedente e para o concessionário.
c) se aperfeiçoa, quando ambos concordam com
137. Áleas ordinárias, nos contratos administrativos, as cláusulas contratuais.
definem-se como: d) gera obrigações apenas para a concessionária.
a) circunstâncias que não influem, em nada, no e) gera obrigações, eventualmente, para o
pactuado com o Estado. concedente.
b) encargo imprevisível e insuportável assumido
pelos contratantes. 142. A concessão de serviço público de transporte de
c) acréscimo contínuo do custo de mão-de-obra, pessoas é contrato de direito público classificado
nos contratos comerciais. como:
d) eventos desfavoráveis, mas previsíveis, que as a) "gratuito", porque transporte é dever do Estado.
partes assumiram o risco de correr, quando b) "oneroso", porque o usuário tem o preço
firmaram contrato com o Estado. descontado de seu salário.
e) evento favorável, mas imprevisível, que as c) "gratuito", porque o usuário nada paga.
partes não assumiram o risco de correr, quando d) "oneroso", porque quem se utiliza do serviço – o
ajustaram com o Estado. usuário ou utente - paga a tarifa.
e) "oneroso", porque o Estado paga tarifa ao
138. Aleas extraordinárias, nos contratos administrativos, concessionário.
definem-se como:
a) eventos imprevisíveis e insuportáveis, que 143. A concessão de serviço público é contrato de direito
desafiam os cálculos feitos pelas partes, no público, do tipo dos contratos de adesão, porque:
momento da assinatura do contrato. a) o Estado fixa, em bloco, as cláusulas e o
b) eventos totalmente previsíveis, mas concessionário com elas concorda.
desfavoráveis, que desafiam os cálculos feitos b) concedente e concessionário aderem ao que foi
pelas partes, no momento da assinatura do pactuado.
contrato. c) o concessionário redige as cláusulas e o Estado
c) eventos ora previsíveis, ora imprevisíveis, mas as aprova, em bloco.
suportáveis, que em nada alteram a equação d) todos. Estado, poder concedente,
financeira dos contratos. concessionária, entidade que vai explorar o
d) eventos desfavoráveis, mas previsíveis, que as serviço, redigem as cláusulas e a elas aderem.
partes assumiram o risco de correr, quando e) a adesão do Estado, ao que pactuou a
firmaram o contrato. concessionária, é feita por interesse público.
e) eventos que estavam, sem dúvida, na esfera de
previsibilidade daquele que celebrou contrato Nas questões que se seguem, assinale:
com a Administração. C – se a proposição estiver correta
E – se a mesma estiver incorreta
139. A concessão para a exploração de serviço público é
contrato "comutativo", porque: Julgue os itens a seguir, acerca de licitações e
a) ocorre mutação aleatória em suas cláusulas. contratos administrativos.
b) ambos os contratantes estão acordes quanto ao
144. Em razão do princípio da competitividade, a Lei n.º
objeto do contrato.
8.666/1993 não admite, na licitação de obras e serviços,
c) porque uma das partes apenas é obrigada a ainda que destinados aos mesmos fins, o

Direito Administrativo 17
APOSTILAS OPÇÃO

estabelecimento de projetos padronizados por tipos, (D) Os serviços públicos são incumbência do Estado,
categorias ou classes. De igual modo, são vedadas, nas que os presta sempre diretamente, podendo fazê-lo de
compras, padronizações que imponham a forma centralizada ou por meio de entidades da
compatibilidade de especificações técnicas e de Administração indireta.
desempenho. (E) Os serviços públicos podem ser gerais ou individuais,
sendo aqueles o que a Administração presta sem ter
145. O contrato administrativo possui como uma de suas usuários determinados; e estes quando os usuários são
características a natureza intuitu personae. Por essa determinados e a utilização é particular e mensurável
razão, a lei veda a subcontratação, total ou parcial, do para cada destinatário.
objeto do contrato, a associação do contratado com
outrem, bem como a cessão ou transferência, salvo se 149. Sobre o controle da Administração Pública
estiverem expressamente previstas no edital da licitação considere:
e no contrato. I. Sustação, pelo Congresso Nacional, de atos
normativos do Poder Executivo que exorbitam do poder
146. Quanto ao regime jurídico da Administração Pública regulamentar.
é correto afirmar: II. Anulação de um ato do Poder Executivo por decisão
(A) A opção pelo regime de direito público ou de direito judicial.
privado é feita exclusivamente pela Constituição Federal. III. A auditoria do Tribunal de Contas sobre despesas
(B) O regime jurídico das empresas concessionárias e realizadas pelo Poder Executivo.
permissionárias para a execução de serviços públicos As afirmações supra constituem, respectivamente,
delegados, pode ser fixado por decreto do Poder controle
Executivo. (A) popular; interno de legalidade e judicial.
(C) Quando a Administração faz a opção pelo regime (B) popular; prévio e externo.
jurídico de direito privado, ela se sujeita integralmente a (C) externo; externo e externo.
esse regime. (D) externo; judicial e judicial.
(D) A Administração Pública pode submeter-se a regime (E) interno; prévio e externo.
jurídico de direito privado ou regime jurídico de direito
público. 150. A respeito do controle da Administração é correto
(E) Quando o legislador for omisso quanto ao regime a afirmar:
ser adotado na criação de uma pessoa jurídica, aplica-se (A) Trata-se de controle externo a ação de órgãos ou
o direito privado. agentes do Poder Judiciário para verificação da
legitimidade e da regularidade dos atos praticados ainda
147. Sobre os órgãos e os agentes públicos é correto que pelo próprio judiciário.
afirmar: (B) O Poder Judiciário, quando provocado pelo
(A) Os órgãos públicos são centros de competência, interessado ou por legitimado, no exercício do controle
dotados de personalidade jurídica, instituídos para o judicial do ato administrativo, pode revogar ato praticado
desempenho de funções estatais, através de seus pelo Poder Executivo se constatado a sua ilegalidade.
agentes, cuja atuação é imputada à pessoa jurídica a (C) Compete ao Congresso Nacional, exclusivamente por
que pertencem. meio da Câmara dos Deputados, fiscalizar e controlar os
(B) Os órgãos integram a estrutura do Estado e das atos do Poder Executivo.
demais pessoas jurídicas como partes integrantes dos (D) A fiscalização da execução de um contrato durante a
mesmos e são dotados de vontade e capazes de exercer sua vigência é denominado controle prévio.
direitos e contrair obrigações para a consecução de seus (E) O Tribunal de Contas da União é órgão auxiliar do
fins institucionais. Congresso Nacional e a ele compete, dentre outras
(C) A distribuição de funções entre os vários órgãos da funções, fiscalizar as contas nacionais das empresas
mesma Administração denomina-se descentralização. supranacionais de cujo capital social a União participe,
(D) Os agentes públicos são pessoas físicas que de forma direta ou indireta, nos termos do tratado
executam função pública como prepostos do Estado, não constitutivo.
integrando os órgãos públicos.
(E) Os agentes políticos, dada a sua importância, não se Nas questões se seguem, assinale:
incluem entre os agentes públicos, não constituindo uma C = certo; E - errado
categoria destes.
Julgue os itens subsequentes, referentes a
148. Com referência aos serviços públicos é processos licitatórios.
INCORRETA a afirmação: 151. A publicidade dos atos licitatórios é ampla e irrestrita
(A) Os serviços industriais são impróprios do Estado, por em todas as fases da licitação, tanto aos participantes do
consubstanciarem atividade econômica que só pode ser certame como ao público em geral.
explorada diretamente pelo Poder Público quando 152. A adjudicação é o ato de celebração do contrato
necessária aos imperativos da segurança nacional ou a realizado pela administração pública com o ganhador do
relevante interesse coletivo, conforme definidos em lei. processo licitatório.
(B) O Estado pode delegar a execução de serviço público 153. Caso o ganhador da licitação não celebre o
por meio de concessão a empresas ou consórcios de contrato, a administração pública deve obrigatoriamente
empresas, os quais o executa por sua conta e risco. convocar os licitantes remanescentes, segundo a ordem
(C) As pessoas jurídicas de direito privado prestadoras de classificação obtida anteriormente.
de serviços públicos respondem pelos danos que seus 154. Na licitação dispensada, é facultado à administração
agentes, nessa qualidade, causarem a terceiros, pública realizar ou não o processo licitatório.
assegurado o direito de regresso contra o responsável 155. A carta-convite é um instrumento convocatório para
nos casos de dolo ou culpa. a modalidade convite e deve ser publicada em jornal de
grande circulação na localidade do processo licitatório.

Direito Administrativo 18
APOSTILAS OPÇÃO

a aproximação entre a satisfação do cliente/cidadão e os


Julgue os itens seguintes, acerca da modalidade de objetivos da organização.
licitação pregão, na forma eletrônica.
156. A modalidade pregão eletrônico é obrigatória nas Com relação aos atos e contratos administrativos,
licitações para aquisição de bens e serviços comuns. julgue os itens a seguir.
157. O pregão eletrônico não se aplica à contratação de 171 Pelo critério subjetivo, ato administrativo é somente
obras de engenharia. aquele praticado no exercício concreto da função
158. A qualquer interessado é permitido acompanhar em administrativa, seja ele editado pelos órgãos
tempo real o pregão eletrônico pela Internet. administrativos, seja pelos órgãos judiciais e legislativos.
159. Durante a sessão pública, os licitantes são Assim, juízes e parlamentares desempenham algumas
informados, em tempo real, do valor do menor lance atribuições tipicamente administrativas, que dizem
registrado, sem que respeito ao funcionamento interno de seus órgãos e
haja identificação do licitante. servidores.
160. Antes da realização de um pregão eletrônico, os 172 Se a administração pública conceder a determinada
pedidos de esclarecimentos referentes ao processo empresa uma licença para construir, então, nesse caso,
licitatório devem ser enviados ao pregoeiro, até três dias por se tratar de ato que confere direitos solicitados pelo
úteis anteriores à data fixada para abertura da sessão administrado, o atributo da imperatividade, pelo qual os
pública, exclusivamente por meio eletrônico, pela atos administrativos se impõem a terceiros,
Internet, no endereço indicado no edital. independentemente da concordância destes, inexistirá.
173 A competência é inderrogável, seja pela vontade da
A respeito da administração pública brasileira, julgue administração, seja por acordo com terceiros, porque a
os itens subsequentes. competência é conferida em benefício do interesse
161. Como pessoas jurídicas de direito público, as público.
autarquias têm personalidade jurídica, patrimônio e 174 Se a administração remover, de ofício, um
receita próprios e são criadas com a finalidade de funcionário público, a fim de puni-lo por ter procedido de
desempenhar atividades próprias e típicas da forma desidiosa, o ato de remoção será ilegal, por ter
administração pública. sido praticado com finalidade diversa da prevista em lei.
162. Como regra, a criação e a extinção de órgãos 175 Distinguem-se os contratos administrativos dos
públicos não pode acontecer por decreto do chefe do contratos de direito privado pela existência, nos
Poder Executivo, mas apenas por lei. primeiros, de cláusulas ditas exorbitantes, decorrentes da
participação, na relação jurídica bilateral, da
Com relação aos atos administrativos e ao poder de administração, que detém supremacia de poder para
polícia administrativa, julgue os itens a seguir. fixar as condições iniciais do ajuste, utilizando normas de
163. Tendo em vista razões de conveniência e direito privado no âmbito do direito público.
oportunidade no atendimento do interesse público,
mesmo os atos administrativos dos quais resultarem 176. Administração pública (ou gestão pública) é, em
direitos adquiridos poderão ser revogados sentido orgânico ou subjectivo, o conjunto de órgãos,
unilateralmente pela administração. serviços e agentes do Estado, bem como das demais
164. O direito de a administração anular os atos pessoas coletivas públicas (tais como as autarquias
administrativos de que decorram efeitos favoráveis para locais) que asseguram a satisfação das necessidades
os destinatários expira em cinco anos, contados da data coletivas variadas, tais como a segurança, a cultura, a
em que foram praticados, salvo comprovada má-fé. saúde e o bem estar das populações.
165. Se, no exercício do poder de polícia, determinada Quanto à afirmação acima, podemos dizer que:
prefeitura demolir um imóvel construído a) está parcialmente correta
clandestinamente em logradouro público, o invasor de b) está totalmente correta
má-fé não terá direito nem à retenção nem à indenização c) está totalmente incorreta
relativas a eventuais benfeitorias que tenha feito. d) nada podemos afirmar com tais dados

Acerca da qualidade no atendimento ao público, 177. Julgue os itens a seguir:


julgue os itens a seguir. 1. A administração pública, segundo o autor ,pode ser
166. A qualidade do atendimento ao público fundamenta- definida objetivamente como a atividade concreta e
se na prestação da informação correta, na cortesia do imediata que o Estado desenvolve para assegurar os
atendimento, na brevidade da resposta e na adequação interesses coletivos e subjetivamente como o conjunto de
do ambiente para a realização do atendimento. órgãos e de pessoas jurídicas aos quais a Lei atribui o
167. A avaliação de satisfação do usuário deriva da exercício da função administrativa do Estado.
mesma premissa que orienta o estabelecimento de 2. Sob o aspecto operacional, administração pública é o
padrões de qualidade pelas organizações públicas, ou desempenho perene e sistemático, legal e técnico dos
seja, da necessidade de envolver a ótica do cidadão serviços próprios do Estado, em benefício da
sobre as demandas de atendimento. coletividade. A administração pública pode ser direta,
168. Para planejar um programa de atendimento ao quando composta pelas suas entidades estatais (União,
público por um órgão público, é necessário investigar as Estados, Municípios e DF), que não possuem
experiências bem-sucedidas em organizações privadas e personalidade jurídica própria, ou indireta quando
tentar reaplicálas na realidade da administração pública. composta por entidades autárquicas, fundacionais e
169. O trabalho desenvolvido pelo funcionário que exerça paraestatais.
a função de atendimento ao público deve ser 3. Administração Pública tem como principal objetivo o
considerado mera reprodução de procedimentos interesse público, seguindo os princípios constitucionais
padronizados. da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e
170. O atendente, ao desempenhar seu trabalho, cria eficiência.
uma possibilidade de relação interpessoal que possibilita

Direito Administrativo 19
APOSTILAS OPÇÃO

4. A administração pública é conceituada com base nos d) A ação do dirigente de uma empresa pública tem força
seguintes aspectos: orgânico, formal e material. de lei em qualquer circunstância, já que a investidura do
5. Segundo ensina Maria Sylvia Zanella Di Pietro o cargo obedece à Constituição Federal.
conceito de administração pública divide-se em dois e) Qualquer ato ou decisão praticados pelo Administrador
sentidos: "Em sentido objetivo, material ou funcional, a público é considerado legal, inclusive nos casos em que
administração pública pode ser definida como a atividade há a necessidade de disponibilização de bens ou erários
concreta e imediata que o Estado desenvolve, sob públicos fora dos limites da lei.
regime jurídico de direito público, para a consecução dos
interesses coletivos. Em sentido subjetivo, formal ou 180- Analise as afirmativas abaixo, indicando C para
orgânico, pode-se definir Administração Pública, como correto e E para errado e escolha a opção que
sendo o conjunto de órgãos e de pessoas jurídicas aos representa a sequência correta.
quais a lei atribui o exercício da função administrativa do ( ) Na gestão pública o dirigente utiliza-se de uma
Estado". filosofia de negócios e, portanto, assume riscos que são
6. Em sentido objetivo é a atividade administrativa seu principal ingrediente.
executada pelo Estado, por seus órgãos e agente, com ( ) A gestão privada caracteriza-se por poder fazer tudo o
base em sua função administrativa. É a gestão dos que não lhe é proibido, enquanto a pública caracteriza-se
interesses públicos, por meio de prestação de serviços por fazer somente o que lhe é permitido.
públicos. É a administração da coisa pública (res ( ) A gestão pública é fiscalizada internamente por meio
publica). de um sistema hierárquico, e essa fiscalização deriva do
7. Já no sentido subjetivo é o conjunto de agentes, poder-dever de autotutela da Administração.
órgãos e entidades designados para executar atividades ( ) A gestão pública, diferentemente da gestão privada,
administrativas. submete-se à ficalização financeiraorçamentária,
Assim, administração pública em sentido material é exercida pelo poder executivo auxiliado pelos Tribunais
administrar os interesses da coletividade e em sentido de Contas.
formal é o conjunto de entidade, órgãos e agentes que ( ) Na gestão pública o cidadão-cliente é partícipe da
executam a função administrativa do Estado. avaliação de resultados, embora não se torne partícipe
8. As atividades estritamente administrativas devem ser da formulação de políticas públicas.
exercidas pelo próprio Estado ou por seus agentes. a) C-C-E-E-E
Quantos itens estão corretos? b) E-E-E-C-C
a) 6 c) E-C-C-E-E
b) 7 d) C-E-E-E-C
c) 8 e) E-E-C-C-C
d) 5
Nas questões que se seguem, assinale:
178. De acordo com a Constituição Federal, em seu Art. C – se a proposição estiver correta
37, cinco princípios fundamentais devem nortear a E – se a mesma estiver incorreta
Administração pública: legalidade (a administração está
sujeita à lei); moralidade (a administração não pode 181. A administração pública, segundo o autor ,pode ser
desprezar o ético); impessoalidade (evitar o favoritismo definida objetivamente como a atividade concreta e
ou privilégios); publicidade (divulgação dos atos ao imediata que o Estado desenvolve para assegurar os
público) e interesses coletivos e subjetivamente como o conjunto de
(A) isonomia (todos são iguais perante a lei, sem órgãos e de pessoas jurídicas aos quais a Lei atribui o
distinção de qualquer natureza). exercício da função administrativa do Estado.
(B) eficiência (administração com qualidade).
(C) razoabilidade (a Administração Pública deve 182. Segundo ensina Maria Sylvia Zanella Di Pietro o
obedecer a critérios aceitáveis do ponto de vista conceito de administração pública divide-se em dois
racional). sentidos: "Em sentido objetivo, material ou funcional, a
(D) proporcionalidade (o Estado deve procurar sopesar administração pública pode ser definida como a atividade
as vantagens e desvantagens da medida tomada e, concreta e imediata que o Estado desenvolve, sob
assim, decidir pela tomada ou não do ato). regime jurídico de direito público, para a consecução dos
(E) motivação (a autoridade administrativa deve interesses coletivos. Em sentido subjetivo, formal ou
apresentar as razões que a levaram a tomar uma orgânico, pode-se definir Administração Pública, como
decisão). sendo o conjunto de órgãos e de pessoas jurídicas aos
quais a lei atribui o exercício da função administrativa do
Estado".
179- Um dos princípios da Administração Pública que a
diferencia da Administração Privada é a LEGALIDADE. 183. Em sentido objetivo é a atividade administrativa
Nas opções que se seguem, marque a que melhor executada pelo Estado, por seus órgãos e agente, com
interpreta o significado desse princípio. base em sua função administrativa. É a gestão dos
a) Embora a iniciativa privada deva submeter-se à lei, interesses públicos, por meio de prestação de serviços
somente a Administração Pública é rigorosamente públicos. É a administração da coisa pública (res
fiscalizada. O Administrador deve observar esse princípio publica).
estritamente, em detrimento de quaisquer outros.
b) Legalidade é o atendimento à lei e permite que o 184. Já no sentido subjetivo é o conjunto de agentes,
Administrador na sua observância defenda o interesse órgãos e entidades designados para executar atividades
público secundário. administrativas.
c) A legalidade é um conceito que incorpora em si a 185. Assim, administração pública em sentido material é
observância da lei, o atendimento do interesse público administrar os interesses da coletividade e em sentido
primário e a ética profissional.

Direito Administrativo 20
APOSTILAS OPÇÃO

formal é o conjunto de entidade, órgãos e agentes que encargo de defesa, conservação e aprimoramento dos
executam a função administrativa do Estado. bens, serviços e interesses da coletividade, impondo ao
administrador público a obrigação de cumprir fielmente
186. Administração Direta é aquela composta por órgãos os preceitos do Direito e da Moral administrativa que
ligados diretamente ao poder central, federal, estadual ou regem sua atuação, pois tais preceitos é que expressam
municipal. São os próprios organismos dirigentes, seus a vontade do titular dos interesses administrativos - o
ministérios e secretarias. povo - e condicionam os atos a serem praticados no
187. Administração Indireta é aquela composta por desempenho do munus público que lhe é confiado.
entidades com personalidade jurídica própria, que foram 195. Os Fins da Administração Pública resumem-se num
criadas para realizar atividades de Governo de forma único objetivo: o bem comum da coletividade
descentralizada. São exemplos as Autarquias, administrativa; toda atividade deve ser orientada para
Fundações, Empresas Públicas e Sociedades de esse objetivo; sendo que todo ato administrativo que não
Economia Mista. for praticado no interesse da coletividade será ilícito e
Segundo GRANJEIRO (in Administração Pública), imoral.No desempenho dos encargos administrativos o
são essas as características das entidades agente do Poder Público não tem a liberdade de procurar
pertencentes à Administração Indireta: outro objetivo, ou de dar fim diverso do prescrito em lei
para a atividade; descumpri-los ou renunciá-los
188. Autarquias: serviço autônomo, criado por lei equivalerá a desconsiderar a incumbência que aceitou
específica, com personalidade jurídica de direito público, ao empossar-se no cargo ou função pública.Em última
patrimônio e receitas próprios, que requeiram, para seu análise, os fins da Administração consubstanciam-se em
melhor funcionamento, gestão administrativa e financeira defesa do interesse público, assim entendidas aquelas
descentralizada; aspirações ou vantagens licitamente almejadas por toda
189. Fundação pública: entidade dotada de a comunidade administrativa, ou por parte expressiva de
personalidade jurídica de direito público ou privado, sem seus membros; o ato ou contrato administrativo realizado
fins lucrativos, criada em virtude de lei autorizativa e sem interesse público configura desvio de finalidade.
registro em órgão competente, com autonomia 196. São características da Adminnistração Pública:
administrativa, patrimônio próprio e funcionamento a) As pessoas que exercem as atividades de
custeado por recursos da União e de outras fontes; administração pública são agentes de Direito Público,
190. Empresa pública: entidade dotada de personalidade especialmente designados, podendo também serem
jurídica de direito privado, com patrimônio próprio e designados por delegação.
capital exclusivo da União, se federal, criada para b) Os objetivos perseguidos pela Administração Pública
exploração de atividade econômica que o Governo seja são sempre estabelecidos por lei, ou seja, são sempre
levado a exercer por força de contingência ou vinculados e não discricionários.
conveniência administrativa; c) Os interesses são sempre públicos, isto é, visando a
coletividade como um todo, segundo o princípio da
191. Sociedades de economia mista: entidade dotada de isonomia.
personalidade jurídica de direito privado, instituída d) As atividades administrativas e seus atos em geral
mediante autorização legislativa e registro em órgão gozam de executoriedade prática, ou possibilidade
próprio para exploração de atividade econômica, sob a imediata de serem realizados.
forma de sociedade anônima, cujas ações com direito a e) A natureza da Administração é munus público
voto pertençam, em sua maioria, à União ou a entidade (encargo que alguém de exercer), ou seja, o que
da Administração indireta. procede de natureza pública ou da lei, obrigando o
agente ao exercício de certos encargos visando o
192. Agências reguladoras - Sua função é regular a
benefício da coletividade ou da ordem social.
prestação de serviços públicos e organizar e fiscalizar
esses serviços a serem prestados por concessionárias
ou permissionárias, com o objetivo garantir o direito do 197. A Administração, visando o interesse social,
usuário ao serviço público de qualidade. Não há muitas desempenha suas atividades diretamente através de
diferenças em relação à tradicional autarquia, a não ser seus agentes técnicos e administrativos, devidamente
uma maior autonomia financeira e administrativa, além selecionados, ou então o faz indiretamente, delegando
de seus diretores serem eleitos para mandato por tempo para outra personalidade jurídica de direito público, ou
determinado. mesmo para uma instituição de direito privado que
possas agir em nome da referida Administração Pública,
193. Agências executivas - São pessoas jurídicas de o que significa, neste caso. outorga de competência,
direito público ou privado, ou até mesmo órgãos públicos, como ocorre nas concessões, permissões, etc.
integrantes da Administração Pública Direta ou Indireta,
que podem celebrar contrato de gestão com objetivo de
reduzir custos, otimizar e aperfeiçoar a prestação de
serviços públicos. Seu objetivo principal é a execução de
atividades administrativas. Nelas há uma autonomia
financeira e administrativa ainda maior. São requisitos
para transformar uma autarquia ou fundação em uma
agência executiva: a) tenham planos estratégicos de
reestruturação e de desenvolvimento institucional em
andamento; b) tenham celebrado contrato de gestão com
o ministério supervisor.
194. A Natureza da Administração Pública é a de um
munus público para quem a exerce, isto é, a de um

Direito Administrativo 21
APOSTILAS OPÇÃO

198. Regime jurídico-administrativo - Baseia-se na 207. Mesmo compondo a administração indireta, a


harmonia entre duas idéias opostas : De um lado, a autarquia está subordinada hierarquicamente à entidade
necessidade de satisfação dos interesses públicos (= o estatal à qual pertence.
bem comum da coletividade aí incluída a prestação de
serviços públicos), conduz à outorga de prerrogativas e 208. O orçamento da autarquia é idêntico em sua forma
privilégios para a Administração Pública; Do outro lado, a ao da entidade estatal à qual ela pertence.
proteção aos direitos individuais (conquista alcançada
com o fim do Estado absolutista e a emergência do Acerca dos atos administrativos e dos contratos
Estado liberal, muito bem representada pela Revolução administrativos, julgue os itens de 209 a 217.
Francesa) frente ao Estado, serve de fundamento ao
princípio da legalidade, um dos esteios do Estado de 209. O alvará de funcionamento de um estabelecimento é um
Direito, ou seja a Administração Pública em toda a sua exemplo de licença.
atuação sujeita-se à fiel observância à Constituição e às
leis. 210. A licença é um ato administrativo vinculado; o
administrador será obrigado a conceder a respectiva licença
199. Função Pública - Pode ser entendida como
caso sejam atendidas todas as condições necessárias, não
atribuição, encargo ou competência para o exercício de
existindo discricionariedade.
determinada função, assim também como o fim a que se
destina o exercício da atividade. O exercício da função
211. A permissão é um ato administrativo vinculado, porém
não é desimpedido, livre, mas vinculado ao atendimento
precário e pode ser revogado a qualquer momento.
do interesse público, da coletividade (interesse público
primário) ou da Administração (interesse público
212. Ao se revogar um ato administrativo, todos os efeitos
secundário). Os limites da função encerram a noção de
produzidos por ele serão desfeitos.
competência. Dá-se, pois, o nome de competência aos
limites impostos ao exercício da função. O emprego
213.No contrato administrativo, uma das partes propõe as
público corresponde à possibilidade de exercício da
cláusulas e a outra não pode propor alteração. Nesse caso, é
função pública por contrato de trabalho regido pela
correto afirmar que esse tipo de contrato se enquadra na
Consolidação das Leis do Trabalho (sociedade de
categoria de contrato de adesão.
economia mista, empresa pública e mesmo a
Administração direta, quando não adotado o regime
214. No contrato administrativo é vedada a existência de
estatutário).
cláusulas exorbitantes, pela necessidade de paridade de
200. E impossível a realização das atividades condições das partes envolvidas.
administrativas por um só centro de poder; a
multiplicidade exige a desconcentração. Órgãos públicos 215. Os contratos administrativos serão regidos exclusivamente
são, pois, centros de competência, ou unidades de pelo direito público em virtude da legislação que deve seguir a
atuação, pertencentes a uma entidade estatal, dotados administração pública.
de atribuições próprias, porém não dotados de
personalidade jurídica própria. O artigo 12, § 2º, da Lei n. 216. Ocorrendo atraso injustificado no início da execução do
9.784/99 define órgão como: "a unidade de atuação contrato, é cabível ao administrador público rescindir
integrante da estrutura da Administração direta e da unilateralmente o contrato.
estrutura da Administração indireta".
217. Mesmo que esteja injustificadamente atrasado o
A respeito da administração direta, indireta e pagamento pela administração pública por 70 dias, não poderá
fundacional, julgue os itens a seguir. o contratado interromper a execução de um contrato.
201. Um órgão que integra pessoas políticas do Estado, Com relação ao Estado, podemos afirmar que:
que têm competência para o exercício de atividades
administrativas é um órgão da administração direta.

202. A administração indireta é o conjunto de pessoas


administrativas que, desvinculadas da administração
direta, exercem atividades administrativas.

203. Ao ser instituída, uma fundação pública de direito


público passa a compor a administração direta.

204. É possível ao particular, por ato seu em vida, caso


aceito pela administração pública, instituir patrimônio e
criar uma fundação pública.

205. As fundações públicas não possuem finalidade de


exploração econômica com fins lucrativos.

206. Cabe ao Ministério Público Federal o


companhamento e controle de legalidade da
administração pública sobre as fundações públicas
federais.

Direito Administrativo 22
APOSTILAS OPÇÃO

218. Elementos do Estado — O Estado é constituído de infração ética imputada a agente público, órgão ou setor
três elementos originários e indissociáveis: Povo, específico de ente estatal.
Território e Governo soberano. Povo é o componente
humano do Estado; Território, a sua base física; Governo 224. Pessoas que exercem cargos de natureza eventual,
soberano, o elemento condutor do Estado, que detém e temporária ou excepcional não podem ser submetidas a
exerce o poder absoluto de autodeterminação e auto - procedimentos de apuração por meio da comissão de
organização emanado do Povo. Não há nem pode haver ética pública.
Estado independente sem Soberania, isto é, sem esse 225. Qualquer procedimento instaurado para apuração
poder absoluto, indivisível e incontrastável de organizar- de prática em desrespeito às normas éticas deverá ser
se e de conduzir-se segundo a vontade livre de seu Povo mantido com a chancela de reservado, até que seja
e de fazer cumprir as suas decisões inclusive pela força, concluído.
se necessário. A vontade estatal apresenta-se e se
manifesta através dos denominados Poderes de Estado 226. As penalidades de demissão, suspensão ou
advertência devem ser aplicadas pela comissão de ética
219. Poderes de Estado — Os Poderes de Estado, na pública quando forem constatados, apurados e
clássica tripartição de Montesquieu, até hoje adotada nos comprovados ilícitos penais, civis, de improbidade
Estados de Direito, são o Legislativo, o Executivo e o administrativa ou de infração disciplinar.
Judiciário, independentes e harmônicos entre si e com 227. Os agentes públicos que estejam em gozo de
suas funções reciprocamente indelegáveis (CF, art. 2º). licença não poderão ser submetidos às normas do
Esses Poderes são imanentes e estruturais do Estado código de ética.
(diversamente dos poderes administrativos, que são
incidentais e instrumentais da Administração), a cada um 228. Toda ausência injustificada do servidor ao seu local
deles correspondendo uma função que lhe é atribuído de trabalho é fator de desmoralização do serviço público.
com precipuidade. Assim, a função precípua do Poder
229. Uma perseguição sofrida por um servidor por parte
Legislativo é a elaboração da lei (função normativa); a
de seu chefe imediato é motivo justo para a alteração no
função precípua do Poder Executivo é a conversão da lei
trato desse servidor com o público e com seus colegas
em ato individual e concreto (função administrativa); a
de trabalho.
função precípua do Poder Judiciário é a aplicação
coativa da lei aos litigantes (função judicial). Referimo- 230. É dever do servidor público comunicar
nos à função precípua de cada Poder de Estado porque, imediatamente a seus superiores todo e qualquer ato ou
embora o ideal fosse a privatividade de cada função para fato contrário ao interesse público, exigindo as
cada Poder, na realidade isso não ocorre, uma vez que providências cabíveis.
todos os Poderes têm necessidade de praticar atos
administrativos, ainda que restritos à sua organização e A respeito da administração pública, julgue os itens
ao seu funcionamento, e. em caráter excepcional subsequentes.
admitido pela Constituição, desempenham funções e 231. O INSS está inserido na administração direta do
praticam atos que, a rigor, seriam de outro Poder. O que Estado.
há, portanto, não é separação de Poderes com divisão
absoluta de funções, mas, sim, distribuição das três 232. É possível a acumulação remunerada de dois
funções estatais precípuas entre órgãos independentes, cargos ou empregos privativos de profissionais de saúde,
mas harmônicos e coordenados no seu funcionamento, com profissões
mesmo porque o poder estatal é uno e indivisível. regulamentadas.
220. Organização do Estado — A organização do Estado 233. O prazo de validade de um concurso público é de
é matéria constitucional no que concerne à divisão três anos, podendo ser prorrogado duas vezes, por igual
política do território nacional, à estruturação dos período.
Poderes, à forma de Governo, ao modo de investidura
324. Ao servidor que ocupe exclusivamente cargo em
dos governantes, aos direitos e garantias dos
comissão será aplicado o regime geral de previdência
governados. Após as disposições constitucionais que
social.
moldam a organização política do Estado soberano,
surge, através da legislação complementar e ordinária, a Acerca do direito administrativo, julgue os itens a
organização administrativa das entidades estatais, de seguir.
suas autarquias e entidades paraestatais instituídas para
a execução desconcentrada e descentralizada de 235. Segundo a Escola Legalista, o direito administrativo
serviços públicos e outras atividades de interesse pode ser conceituado como o conjunto de leis
coletivo, objeto do Direito Administrativo e das modernas administrativas vigentes em determinado país, em dado
técnicas de administração. momento.

No que se refere à ética no serviço público, julgue os 236. O sistema administrativo ampara-se, basicamente,
itens a seguir. nos princípios da supremacia do interesse público sobre
o particular e da indisponibilidade do interesse público
221. O mandato dos membros da comissão de ética pela administração.
pública será de dois anos, não sendo permitidas
reconduções. 237. A jurisprudência não é fonte de direito
administrativo.
222. A secretaria executiva da comissão de ética pública
será vinculada à Casa Civil da Presidência da República. 238. Povo, território e governo soberano são elementos
do Estado.
223. Qualquer cidadão poderá provocar a atuação da
comissão de ética pública visando à apuração de Julgue os itens aseguir, a respeito dos agentes
públicos.

Direito Administrativo 23
APOSTILAS OPÇÃO

239.. A demissão ou a destituição de cargo em B) o interesse público e o interesse particular, este


comissão, por valerse do cargo para lograr proveito primeiro deverá prevalecer na medida essencial e
pessoal ou de outrem, em detrimento da dignidade da necessária ao atendimento dos interesses individuais.
função pública, não incompatibiliza o ex-servidor para C) o interesse público e o interesse particular, este último
nova investidura em cargo público federal, pelo prazo de deverá prevalecer.
cinco anos. D) o interesse público e o interesse particular, este
primeiro deverá prevalecer na medida essencial e
240. A investidura é o ato pelo qual o agente público necessária ao atendimento dos interesses coletivos.
vincula-se ao Estado. A investidura política realiza-se, E) o interesse público e o interesse particular, este
em regra, por eleição direta ou indireta, mediante primeiro deverá prevalecer na medida essencial e
sufrágio universal, ou restrito a determinados eleitores, necessária ao atendimento dos interesses individuais ou
na forma da CF, para mandatos nas corporações coletivos.
legislativas ou nas chefias do Poder Executivo.
241. Na remoção de ofício, é o próprio interesse público 252. Quanto ao princípio da legalidade para a
que exige a movimentação do servidor, dentro do mesmo Administração Pública, assinale a única alternativa
quadro a que pertence, para outra localidade ou não. correta:
A) Segundo esse princípio, a Administração Pública
242. A punição administrativa do agente público depende somente pode fazer o que a lei permite.
do processo civil ou criminal a ser instaurado pela B) Segundo esse princípio, a Administração Pública
mesma falta disciplinar. somente pode fazer o que a lei autoriza e não proíbe.
Acerca da organização administrativa da União, C) Segundo esse princípio, a Administração Pública
julgue os itens que se seguem. somente pode fazer o que a lei permite, autoriza ou não
proíbe.
243. Às autarquias não deve ser outorgado serviço D) Segundo esse princípio, a Administração Pública
público típico. somente pode fazer o que a lei não autoriza.
E) Segundo esse princípio, a Administração Pública
244. Os atos dos dirigentes das entidades paraestatais
somente pode fazer o que a lei não proíbe.
não se sujeitam ao mandado de segurança e à ação
popular, porque essas entidades têm personalidade de
253. No concernente à Administração de Recursos
direito privado.
Humanos, julgue cada uma das afirmativas a seguir e
Acerca do controle e responsabilização da indique verdadeira (V) ou falsa (F).
administração, julgue os próximos itens. ( ) As políticas e práticas de recursos humanos não
influenciam na eficácia da organização.
245. No controle jurisdicional do ato disciplinar, compete ( ) A avaliação de desempenho 360 graus fornece um
ao Poder Judiciário apreciar a regularidade do feedback acerca do desempenho dado por todos aqueles
procedimento à luz dos princípios do contraditório, da que formam o círculo de contatos diários do funcionário.
ampla defesa e do devido processo legal, podendo ( ) Os conceitos de avaliação de desempenho foram
proceder a incursões no mérito administrativo, mesmo desenvolvidos quase exclusivamente com foco em
porque a CF assegura que não se excluirá da apreciação funcionários individuais. Isso reflete a crença tradicional
jurisdicional ameaça ou lesão a direito. de que os indivíduos são as peças fundamentais na
246. Para a configuração do ato de improbidade construção das organizações.
decorrente de lesão a princípios administrativos, não se A sequência correta de cima para baixo é
exige a existência de dano ou prejuízo material. A) V, V, V
B) V, F, V
Com relação aos serviços públicos, julgue os itens a C) F, V, F
seguir. D) F, V, V
247. Os serviços públicos propriamente ditos são E) F, F, V
aqueles em que a administração pública, reconhecendo
sua conveniência para os membros da coletividade, 254. No âmbito da Administração de Recursos Humanos,
presta-os diretamente ou permite que sejam prestados pode-se afirmar corretamente que o recrutamento é:
por terceiros, nas condições regulamentadas e sob seu A) a descrição dos talentos, conhecimentos, habilidades
controle. e outras características necessárias ao desempenho de
um determinado cargo.
248. A delegação do serviço público pode ser feita sob B) o conhecimento dos planos de negócio da
as modalidades de concessão, permissão e autorização. organização para garantir que o número e o tipo certo de
funcionários estão disponíveis.
249. As fundações autárquicas, as empresas públicas e
C) a programação de atividades específicas de recursos
as sociedades de economia mista são espécies de
humanos, como os treinamentos e as demissões.
entidades paraestatais.
D) o procedimento em que o candidato desempenha uma
250. O serviço público, ao ser concedido ao particular, amostra da função.
que o executa por sua conta e risco, remunerando-se por E) a formação de um grupo de candidatos a um cargo.
tarifas, passa a caracterizar-se como sendo privado. Pode ser interno à organização (considerando-se
empregados atuais para promoções ou transferências)
251. De acordo com o princípio da supremacia do ou externo.
interesse público, é correto afirmar que sempre que
entrarem em confronto 255. Via de regra, as entidades da Administração Pública
A) o interesse público e o interesse particular, este Indireta:
primeiro deverá prevalecer. A) não possuem personalidade jurídica.
B) não dispõem de patrimônio próprio.

Direito Administrativo 24
APOSTILAS OPÇÃO

C) são responsáveis pelos atos praticados pelos seus que a lei estabelece para cada um desses requisitos será
dirigentes e agentes públicos. nulo.
D) não podem ser controladas pelo Poder Judiciário. 3. O ato administrativo discricionário é aquele em que a
E) não são auto-administráveis. lei não confere ao Administrador qualquer liberdade de
atuação, de sorte que nele não há espaço para a
256. As autarquias, via de regra: existência
1. São criadas e extintas através de lei específica. de oportunidade ou conveniência em sua prática.
2. Apresentam bens públicos penhoráveis. 4. Os atos de caráter normativo figuram como uma das
3. Possuem prazo em quádruplo para contestar e em hipóteses em que a delegação de atos administrativos é
dobro para recorrer de decisões judiciais. vedada.
Está(ão) incorreta(s) apenas É verdadeiro que se afirma apenas em:
A) 1 e 3. A) 1 e 2.
B) 3. B) 2 e 3.
C) 1, 2 e 3. C) 3 e 4.
D) 1. D) 1 e 4.
E) 1 e 2. E) 2 e 4.

257. As fundações governamentais: 261. Quando se fala em ato administrativo discricionário,


1. São as únicas entidades da Administração Pública quer dizer que
Indireta que podem ser de Direito Público ou de Direito (A) o controle judicial é impossível, pois, a autoridade
Privado. tem liberdade de atuação na prática do ato
2. São criadas ou autorizadas por lei específica, administrativo.
dispensando a existência de uma lei complementar que (B) a lei deixa certa margem de liberdade de decisão
defina sua área de atuação. para a autoridade, diante do caso concreto, de forma que
3. Possuem imunidade tributária. ela poderá optar por uma dentre várias soluções
Está(ão) correta(s) apenas possíveis.
A) 1 e 2. (C) a autoridade competente tem arbitrariedade para
B) 1. atuar, podendo, desde que justificadamente, ultrapassar
C) 2. os limites estabelecidos na lei.
D) 3. (D) a autoridade tem liberdade de atuação quanto à
E) 1 e 3. finalidade, em sentido estrito, do ato administrativo.
(E) na parte referente à conveniência, a autoridade
258. Em relação ao fenômeno da desconcentração, nãotem liberdade de escolha, devendo obedecer ao que
marque a única alternativa incorreta: dispõe a lei.
A) Quanto à estrutura, os órgãos públicos podem ser
independentes ou subalternos. 262. A respeito do controle judicial da administração
B) A desconcentração pressupõe uma distribuição de pública, é correto afirmar:
competências interna. (A) O poder Judiciário pode determinar a revogação do
C) Os órgãos públicos são centros despersonalizados de ato administrativo praticado pelo Poder Executivo.
competência. (B) Todo e qualquer ato da administração, inclusive o
D) A teoria que explica a atuação dos órgãos públicos é discricionário, pode ser objeto de controle judicial.
a teoria da imputação. (C) O habeas corpus não é medida adequada para
E) Quanto à manifestação de vontade, os órgãos correção de conduta administrativa.
públicos podem ser singulares ou colegiados. (D) O mandado de injunção é medida que visa assegurar
o conhecimento ou retificação de informações referentes
259. Acerca do ato administrativo, assinale a alternativa à vida do impetrante constantes de registro ou banco de
incorreta: dados de entidade governamental ou de caráter público.
A) O ato administrativo é espécie do gênero ato jurídico. (E) O controle exercido pelo Tribunal de Contas é
B) O ato administrativo figura como manifestação controle judicial da administração pública.
unilateral de vontade.
C) O fato administrativo é espécie do gênero ato 263. Sobre o impedimento e suspeição para atuar no
administrativo. processo administrativo, nos termos da Lei no 9.784/99,
D) É pressuposto do ato administrativo a inexistência de considere:
igualdade jurídica entre as partes, uma vez que através I. É impedido de atuar em processo administrativo o
dele se dá o exercício da supremacia do interesse servidor ou autoridade que esteja litigando judicial ou
público. administrativamente com cônjuge ou companheiro do
E) Os três Poderes – Legislativo, Judiciário e Executivo – interessado.
editam atos administrativos. II. A autoridade ou servidor que incorrer em impedimento
pode continuar atuando no processo, desde que
260. Ainda sobre o ato administrativo, analise as comunique o fato ao seu superior hierárquico.
seguintes proposições. III. A omissão do dever de comunicar o impedimento
1. Motivo e motivação, em Direito Público, são institutos constitui falta média, para efeitos disciplinares.
que se equivalem, sendo, ambos, elementos essenciais IV. O indeferimento de alegação de suspeição pode ser
à existência do ato administrativo. objeto de recurso, porém sem efeito suspensivo.
2. Constituem elementos do ato administrativo a Está correto o que se afirma APENAS em
competência, a finalidade, a forma, o motivo e o objeto, (A) II e III.
de sorte que a prática do ato em desconformidade com o (B) II, III e IV.
(C) I, II e IV.
(D) I e II.

Direito Administrativo 25
APOSTILAS OPÇÃO

(E) I e IV. II. A obrigação de reparar o dano estende-se aos


264. O princípio da autotutela significa que a sucessores até o segundo grau e contra eles será
Administração Pública executada, até o limite do valor da herança recebida.
(A) exerce o controle sobre seus próprios atos, com a III. A responsabilidade administrativa do servidor será
possibilidade de anular os ilegais e revogar os afastada em qualquer caso de absolvição criminal.
inconvenientes ou inoportunos, independentemente de Está correto o que se afirma SOMENTE em
recurso ao Poder Judiciário. (A) I.
(B) sujeita-se ao controle do Poder Judiciário, que pode (B) I e II.
anular ou revogar os atos administrativos que forem (C) II.
inconvenientes ou inoportunos. (D) II e III.
(C) Direta fiscaliza as atividades das entidades da (E) III.
Administração Indireta a ela vinculadas.
(D) Indireta fica sujeita a controle dos órgãos de 269. É inexigível a licitação
fiscalização do Ministério do Planejamento mesmo que (A) quando a União tiver que intervir no domínio
tenham sido criadas por outro Ministério. econômico para regular preços ou normalizar o
(E) tem liberdade de atuação em matérias que lhes são abastecimento.
atribuídas por lei. (B) nos casos de guerra ou grave perturbação da ordem.
(C) para contratação de profissional de qualquer setor
265. A anulação do ato administrativo artístico, diretamente ou através de empresário
(A) pode ser feita por conveniência e oportunidade. exclusivo,desde que consagrado pela crítica
(B) pode se feita tanto pela Administração quanto pelo especializada ou pela opinião pública.
Poder Judiciário. (D) nas compras de hortifrutigranjeiros, pão e outros
(C) não pode ser feita pelo Poder Judiciário, mesmo que gênerosperecíveis, no tempo necessário para a
provocado pelo interessado. realização dos processos licitatórios correspondentes,
(D) vale a partir da decisão anulatória, não retroagindo os realizadas diretamente com base no preço do dia.
seus efeitos. (E) para a aquisição de componentes ou peças de
(E) é privativa da autoridade no exercício de função origem nacional ou estrangeira, necessários à
administrativ manutenção
de equipamentos durante o período de garantia técnica,
266. Dentre os critérios a serem observados no processo junto ao fornecedor original desses equipamentos,
administrativo, segundo a Lei no 9.784/99, NÃO se inclui quando tal condição de exclusividade for indispensável
(A) divulgação oficial dos atos administrativos, para a vigência da garantia.
ressalvadas as hipóteses de sigilo previstas na
Constituição. 270. Tomada de preços é modalidade de licitação
(B) objetividade no atendimento do interesse público, (A) que não pode ser substituída por concorrência.
vedada a promoção pessoal de agentes ou autoridades. (B) exigível para obras e serviços de engenharia
(C) impulsão, de ofício, do processo administrativo, com até2.000.000,00.
prejuízo da atuação dos interessados. (C) empregada apenas para obras e serviços de
(D) proibição de cobrança de despesas processuais, engenharia.
ressalvadas as previstas em lei. (D) entre interessados devidamente cadastrados ou que
(E) adoção de formas simples, suficientes para propiciar atenderem a todas as condições exigidas para
adequado grau de certeza, segurança e respeito aos cadastramento até o quinto dia anterior à data do
direitos dos administrados. recebimento das propostas, observada a necessária
qualificação.
267. Sobre as vantagens que podem ser pagas ao (E) entre interessados devidamente cadastrados ou que
servidor, previstas na Lei no 8.112/90, é correto que atenderem a todas as condições exigidas para
(A) os adicionais, por serem devidos a todos os cadastramento até o terceiro dia anterior à data do
servidores, não são considerados vantagens. recebimento das propostas, observada a necessária
(B) as gratificações e os adicionais incorporam-se ao qualificação.
vencimento ou provento, em quaisquer hipóteses e
condições. 271. O prazo de validade das propostas no pregão
(C) as indenizações incorporam-se ao vencimento ou presencial, se outro não for fixado no edital, é de
provento para qualquer efeito. (A) 03 (três) meses.
(D) as vantagens pecuniárias não serão computadas, (B) 06 (seis) meses.
nem acumuladas, para efeito de concessão de quaisquer (C) 30 (trinta) dias.
outros acréscimos pecuniários ulteriores, sob o mesmo (D) 60 (sessenta) dias.
título ou idêntico fundamento. (E) 120 (cento e vinte) dias.
(E) a ajuda de custo é calculada sobre a remuneração do
servidor, conforme se dispuser em regulamento, não 272. Analise as seguintes definições:
podendo exceder a importância correspondente a 6 I. Ato administrativo vinculado por meio do qual a
(seis) meses. Administração Pública outorga a alguém, que para isso
se interesse, o direito de realizar certa atividade material
268. Sobre as responsabilidades do servidor, previstas que sem ela lhe seria vedado, desde que satisfeitas as
na Lei no 8.112/90, considere: exigências legais.
I. Tratando-se de dano causado a terceiros, responderá o II. Ato administrativo discricionário mediante o qual a
servidor perante a Fazenda Pública, em ação regressiva. Administração Pública faculta a prática de certo ato
jurídico ou concorda com o já praticado para lhe dar
eficácia, se conveniente e oportuno.

Direito Administrativo 26
APOSTILAS OPÇÃO

III. Ato administrativo, vinculado ou discricionário, desapropriações mediante autorização expressa,


segundo o qual a Administração Pública outorga a constante de lei
alguém, que para isso se interesse, o direito de prestar ou contrato.
um serviço público ou de usar, em caráter privativo, um (C) declarada a utilidade pública, as autoridades
bem público. administrativas não poderão ainda penetrar nos prédios
Essas definições correspondem, respectivamente, às compreendidos na declaração, devendo recorrer, nesse
seguintes espécies de atos administrativos: caso, ao
(A) admissão, licença e concessão. Poder Judiciário, para obtenção da competente ordem
(B) licença, aprovação e permissão. judicial.
(C) autorização, concessão e licença. (D) o Poder Legislativo não poderá tomar a iniciativa da
(D) licença, alvará e concessão. desapropriação, cabendo, neste caso, ao Executivo,
(E) aprovação, homologação e alvará. praticar os atos necessários à sua declaração e
efetivação.
273. Assinale a alternativa correta acerca do contrato (E) a desapropriação poderá efetivar-se mediante acordo
administrativo. ou intentar-se por ordem administrativa do Chefe do
(A) A garantia prestada pelo contratado será liberada ou Executivo, dentro de três anos, contados da data da
restituída após a execução do contrato e, quando em expedição do respectivo decreto e findos os quais este
dinheiro, atualizada monetariamente. caducará.
(B) Nos casos de contratos que importem na entrega de
bens pela Administração, dos quais o contratante ficará 276. Conforme legislação pertinente, no processo da
depositário, do valor da garantia deverá ser deduzido o apuração de improbidade administrativa, antes da
valor desses bens. decisão final, poderá ser determinada a seguinte medida:
(C) É permitido o contrato com prazo de vigência (A) perda da função pública do agente público acusado,
indeterminado, desde que expressamente autorizado por ordem judicial, desde que necessária à instrução
pelo administrador público responsável pela assinatura processual e garantida a sua ampla defesa.
do contrato. (B) suspensão dos direitos políticos do réu pelo prazo de
(D) As cláusulas econômico-financeiras e monetárias dos até oito anos.
contratos administrativos poderão ser alteradas sem (C) cassação dos direitos políticos do réu.
prévia concordância do contratado. (D) devolução imediata aos cofres públicos dos valores
(E) A declaração de nulidade do contrato administrativo percebidos indevidamente pelo réu, agente público ou
não tem efeitos retroativos, devendo ser mantidos os não, acusado de enriquecimento ilícito.
atos já produzidos até a data da respectiva declaração. (E) afastamento do agente público do exercício do cargo,
sem prejuízo da remuneração, por ordem administrativa,
274. Assinale a alternativa correta sobre os princípios quando necessária à instrução processual.
inscritos na Lei de Licitações.
(A) A licitação destina-se a garantir a observância do 277. Sobre os princípios constitucionais da administração
princípio da seletividade e a escolher a proposta mais pública, podese afirmar que
vantajosa para o contratado e será processada e julgada I. o princípio da legalidade pode ser visto como
em estrita conformidade com os princípios da legalidade, incentivador do ócio, haja vista que, segundo esse
da impessoalidade, da moralidade, da igualdade e da princípio, a prática de um ato concreto exige norma
publicidade. expressa que o autorize, mesmo que seja inerente às
(B) É vedado aos agentes públicos admitir, prever, incluir funções do agente público;
ou tolerar, nos atos de convocação, cláusulas ou II. o princípio da publicidade visa a dar transparência aos
condições que estimulem a competição e impeçam atos da administração pública e contribuir para a
distinções em razão da naturalidade, da sede ou concretização do princípio da moralidade administrativa;
domicílio dos licitantes ou de qualquer outra III. a exigência de concurso público para ingresso nos
circunstância pertinente ou relevante para o objeto do cargos públicos reflete uma aplicação constitucional do
contrato. princípio da impessoalidade;
(C) A licitação não será sigilosa, sendo públicos e IV. o princípio da impessoalidade é violado quando se
acessíveis ao público os atos de seu procedimento, salvo utiliza na publicidade oficial de obras e de serviços
quanto ao conteúdo das propostas, até a respectiva públicos o nome ou a imagem do governante, de modo a
abertura. caracterizar promoção pessoal do mesmo;
(D) Como critério de desempate na licitação, não poderá V. a aplicação do princípio da moralidade administrativa
ser dada nenhuma preferência a bens ou serviços demanda a compreensão do conceito de “moral
produzidos ou prestados por empresas brasileiras ou administrativa”, o qual comporta juízos de valor bastante
produzidos no País. elásticos;
(E) O cidadão não poderá acompanhar o VI. o princípio da eficiência não pode ser exigido
desenvolvimento do procedimento licitatório, para não enquanto não for editada a lei federal que deve definilo
interferir, perturbar ou impedir a realização dos trabalhos e estabelecer os seus contornos.
da comissão de licitação. Estão corretas as afirmativas
a) I, II, III e IV.
275. Sobre a desapropriação, é correto afirmar que b) II, III, IV e V.
(A) os bens do domínio dos Estados, Municípios, Distrito c) I, II, IV e VI.
Federal e Territórios poderão ser desapropriados pela d) II, III, IV e VI.
União, e os dos Municípios, pelos Estados, ficando e) III, IV, V e VI.
dispensada, nesses casos, a autorização legislativa.
(B) os concessionários de serviços públicos e os 278. O regime jurídicoadministrativo abrange diversos
estabelecimentos de caráter público ou que exerçam princípios. Entre os princípios abaixo, assinale aquele
funções delegadas de poder público poderão promover

Direito Administrativo 27
APOSTILAS OPÇÃO

que se vincula à limitação da discricionariedade b) O princípio da autotutela faculta a Administração


administrativa. Pública que realize policiamento dos atos administrativos
a) Impessoalidade. que pratica.
b) Presunção de legitimidade. c) O princípio da impessoalidade relacionase ao fim legal
c) Razoabilidade. previsto para o ato administrativo.
d) Hierarquia. d) A inobservância ao princípio da proporcionalidade pelo
e) Segurança jurídica. ato administrativo, por dizer respeito ao mérito do ato,
não autoriza o Poder Judiciário a sobre ele se manifestar.
279. Tratando-se de poder de polícia, sabese que podem e) O princípio da continuidade do serviço público impediu
ocorrer excessos na sua execução material, por meio de que ocorresse um abrandamento com relação à
intensidade da medida maior que a necessária para a proibição de greve nos serviços públicos.
compulsão do obrigado ou pela extensão da medida ser
maior que a necessária para a obtenção dos resultados 284. . Podese afirmar que:
licitamente desejados. P ara limitar tais excessos, I. O nepotismo é uma das formas de ofensa ao princípio
impõese observar, especialmente, o seguinte princípio: da impessoalidade na administração pública.
a) legalidade. II. A moralidade administrativa é o princípio segundo o
b) finalidade. qual o Estado define o desempenho da função
c) proporcionalidade. administrativa segundo uma ordem ética acordada com
d) moralidade. os valores sociais prevalentes e voltada à realização de
e) contraditório. seus fins.
III. Nos termos do § 4º do art. 37 da Constituição Federal,
280. O princípio constitucional da eficiência vincula-se à a suspensão dos direitos políticos e a perda da função
noção de administração: pública são penas alternativas, não sendo lícita a
a) patrimonialista. aplicação cumulativa delas, em caso de ato de
b) gerencial. improbidade administrativa.
c) descentralizada. IV. A legalidade meramente formal não é suficiente para
d) burocrática. legitimar os atos da administração pública; é necessária,
e) informatizada. também, a realização efetiva e eficiente do interesse
público.
281. A finalidade, como elemento essencial de validade V. A exigência constitucional de concurso público para
do ato administrativo, corresponde na prática e mais provimento de cargos públicos reflete a aplicação efetiva
propriamente à observância do princípio fundamental de: do princípio da impessoalidade.
a) economicidade. Estão corretas as afirmativas:
b) publicidade. a) I, II, III, IV e V.
c) legalidade. b) apenas I, II, III e IV.
d) moralidade. c) apenas I, III, IV e V.
e) impessoalidade. d) apenas I, II, IV e V.
e) apenas II, III, IV e V.
282. Assinale a opção correta, relativamente ao princípio
da legalidade. 285. A vedação da aplicação retroativa da nova
a) Tal princípio é de observância obrigatória apenas para interpretação da norma administrativa ampara-se no
a Administração direta, em vista do caráter princípio da
eminentemente privatístico das atividades desenvolvidas a) legalidade.
pela Administração indireta. b) proporcionalidade.
b) Não se pode dizer que todos os servidores públicos c) finalidade.
estejam sujeitos ao princípio da legalidade, na medida d) segurança jurídica.
em que, para alguns, sua conduta profissional é regida e) razoabilidade.
precipuamente por regulamentos, editados pelo Poder
Executivo. RESPOSTAS
c) A inobservância ao princípio da legalidade, uma vez
verificada, cria para o administrador o dever – e não a 01. B 11. E 21. C 31. D 41. A
simples faculdade – de revogar o ato. 02. A 12. B 22. C 32. A 42. C
d) Tal princípio não autoriza o gestor público a, nessa 03. C 13. C 23. C 33. C 43. C
qualidade, praticar todos os atos que não estejam 04. C 14. E 24. C 34. D 44. D
proibidos em lei. 05. D 15. C 25. C 35. C 45. A
e) O princípio da legalidade é característico da atividade 06. E 16. C 26. C 36. D 46. E
administrativa, não se estendendo à atividade legislativa, 07. B 17. C 27. C 37. B 47. D
pois esta tem como característica primordial a criação de 08. E 18. C 28. C 38. B 48. E
leis, e não sua execução. 09. B 19. C 29. C 39. D 49. A
10. D 20. C 30. C 40. D 50. A
283. No que tange aos princípios do Direito A
dministrativo, assinale a opção correta. 51. B 61. D 71. B 81. D 91. A
a) O princípio da moralidade administrativa se vincula a 52. A 62. A 72. B 82. A 92. A
uma noção de moral jurídica, que não se confunde com a 53. D 63. E 73. C 83. C 93. D
moral comum. Por isso, é pacífico que a ofensa à moral 54. B 64. D 74. B 84. A 94. C
comum não implica também ofensa ao princípio da 55. C 65. C 75. A 85. A 95. A
moralidade administrativa. 56. E 66. D 76. C 86. B 96. D
57. A 67. A 77. B 87. D 97. C

Direito Administrativo 28
APOSTILAS OPÇÃO

58. D 68. D 78. D 88. B 98. E


59. B 69. A 79. C 89. A 99. B
60. B 70. C 80. D 90. A 100. C

101. C 111. E 121. B 131. A 141. B


102. A 112. D 122. C 132. E 142. D
103. C 113. A 123. D 133. C 143. A
104. B 114. D 124. E 134. D 144. E
105. A 115. A 125. E 135. A 145. C
106. D 116. A 126. A 136. B 146. D
107. B 117. D 127. C 137. D 147. B
108. B 118. A 128. B 138. A 148. D
109. C 119. C 129. D 139. E 149. C
110. C 120. D 130. C 140. A 150. E

151. E 161. C 171. E 181. C 191. C


152. E 162. C 172. C 182. C 192. C
153. E 163. E 173. C 183. C 193. C
154. E 164. C 174. C 184. C 194. C
155. E 165. C 175. C 185. C 195. C
156. E 166. C 176. B 186. C 196. C
157. C 167. C 177. C 187. C 197. C
158. C 168. E 178. B 188. C 198. C
159. C 169. E 179. C 189. C 199. C
160. C 170. C 180. C 190. C 200. C

201. C 211. E 221. E 231. E 241. C


202. E 212. E 222. C 232. C 242. E
203. E 213. C 223. C 233. E 243. E
204. E 214. E 224. E 234. C 244. E
205. C 215. E 225. C 235. C 245. E
206. C 216. C 226. E 236. C 246. C
207. E 217. C 227. E 237. E 247. E
208. C 218. C 228. C 238. C 248. C
209. C 219. C 229. E 239. E 249. E
210. C 220. C 230. C 240. C 250. E

251. D 261. B 271. D 281. E 291.


252. A 262. B 272. B 282. D 292.
253. D 263. E 273. A 283. C 293.
254. E 264. A 274. C 284. D 294.
255. C 265. B 275. B 285. D 295.
256. B 266. C 276. E 286. 296.
257. E 267. D 277. B 287. 297.
258. A 268. A 278. C 288. 298.
259. C 269. C 279. C 289. 299.
260. E 270. E 280. B 290. 300.

Direito Administrativo 29

Você também pode gostar