Você está na página 1de 2

Colégio Estadual Aristides Cedraz de Oliveira

3° ano matutino classe especial

Aluno: Bismarck Carneiro Sena

Professora: Márcia Maria Cedraz Carneiro

Atividade de Sociologia

1°a) A rede Urbana é formada pelo conjunto de cidades de um mesmo país ou


de países vizinhos, que se interligam umas às outras por meio de sistemas de
transporte e de telecomunicação, através dos quais se dão os fluxos de
pessoas, mercadorias, informações e capitais. Já a hierarquia urbana é a
escala de subordinação entre as cidades, geralmente da seguinte forma: as
pequenas cidades que existem aos milhares, que se subordinam as cidades
médias, que existem em número menor que as pequenas cidades, estas, as
cidades médias, que se subordinam às cidades grandes.

b) A Hierarquia urbana consiste numa forma de organização entre as cidades,


onde os grandes centros urbanos apresentam influência sobre as médias e
pequenas cidades.
já no modelo clássico quanto mais elevada é a classe da cidade, mais
especializados e raros são os bens e serviços que ela oferece e mais vasta é a
sua região de influência. Em virtude dos custos de deslocamento, as relações
externas mais significativas das populações das pequenas cidades se
restringem às cidades médias mais próximas.

2°Hoje com o acesso à internet o mundo está conectado. Podemos viajar para
qualquer lugar do mundo com um click do mouse. A consequência disso é o
choque de culturas e sua mistura, o que não necessariamente é algo ruim.

3° Megacidade é o termo normalmente empregado para se definir uma cidade


que sedia uma aglomeração urbana com mais de dez milhões de habitantes já
Cidade Global são cidades que possuem um razoável grau de influência em
nível mundial.

4° Podemos compreender que as desigualdades sociais podem ser


evidenciadas como elementos que se materializam na paisagem urbana
quando observamos por exemplo, os relevos encontrados nas regiões
sudeste principalmente aglomerados de casas e construções irregulares,
compreendendo grandes perigos à vida urbana ,Isso ocorre porque não há
presença de planejamento urbano e sequer condições d e moradia ou
condições de renda para a vida nos demais locais

5° a) Sim, o preconceito com moradores de zonas periféricas é uma realidade,


e a distância que essas zonas tem dos centros dificulta uma melhora na
condição de vida dessas pessoas já que elas ficam mais distantes de
oportunidades de emprego e melhores condições de moradia por morarem em
zonas de maior vulnerabilidade social.

b) Provavelmente coma abertura de negócios nessas regiões para facilitar a


busca por empregos e gerar mais deles para os habitantes dessas áreas
menos favorecidas

Você também pode gostar