Você está na página 1de 2

Gliconeogênese

o glucagon promove a lipólise,


triglicerídeos são quebrados e
transformados em Acetil CoA
após a refeição a glicemia abaixa até
chegar a um limite mínimo (a glicemia não lactato
chega a 0) ● o corpo produz lactato
constantemente (hemácias) e não
chega um momento que o corpo produz apenas no exercício físico
glicose (gliconeogênese), pois alguns ● quando em momento de exercício
tecidos só fazem glicólise (hemácias e intenso o lactato produzido é
sist. nervoso), porém essa via tem um utilizado na gliconeogênese no
custo muito alto (ela consome compostos fígado e a glicose produzida é
com 3 carbonos, aminoácidos, lactato e utilizada pelo próprio músculo, ou
glicerol) seja, não contribui para a glicemia
● na gliconeogênese o lactato vira
em jejum o hormônio que predomina é o piruvato
glucagon (ainda tem insulina presente, a transformação do piruvato em
porém em pouca quantidade) oxalacetato acontece na mitocôndria, há
gasto de energia (ATP), a biotina age
a via da gliconeogênese acontece quando como cofator da enzima piruvato
o jejum é extremo (dias de jejum) carboxilase

na glicólise acontecem 3 reações a quebra de gordura estimula a reação piruvato


irreversíveis, a 1,3 e 10, para reverter elas → OAA
é preciso fazer um contorno
● no contorno da 1 utiliza-se a reações de transaminação
enzima glicose-6-fosfatase ● transferência do grupo amina
● no contorno da 3 utiliza-se frutose- ● aminoácidos possuem grupo
1,6-bifosfatase amina
● no contorno da 10, primeiramente ● é preciso retirar o grupo amina
transforma o piruvato em para ocorrer a gliconeogênese
oxaloacetato com a enzima ● alanina sem o grupo amina é o
piruvato carboxilase, e depois o piruvato
oxaloacetato em fosfoenolpiruvato aminoácido
com a enzima fosfoenolpiruvato ● alanina precisa perder o grupo
carboxiquinase amina
● o músculo em exercício produz
acetil CoA (ácido graxo) JAMAIS volta a alanina e a manda para o fígado
ser piruvato, ou seja não serve para virar ● a alanina no fígado sofre
glicose, não dá para fazer contorno transaminação e vira piruvato, que
sofre gliconeogênese e vira
contorno = reverte uma reação utilizando glicose
uma enzima diferente
quinase = fosforila glicerol
fosfatase = desfosforila ● é transformado em
dihidroxiacetona fosfato
gliconeogênese acontece 90% das vezes (intermediario da glicolise)
no fígado e 10% no córtex renal
resumindo

controle da gliconeogênese
● tambem nao é possivel utilizar o
● a alanina é um regulador
glicerol, pois ele utiliza NAD+ e
alostérico negativo da piruvato
não NADH
quinase (no fígado)
● acetil CoA inibe o piruvato e
estimula o oxalacetato
● o AMPc estimula a enzima
fosfoenolpiruvato carboxiquinase
gliconeogenese é inibida pelo alcool
● para metabolizar o etanol produz
muito NADH
● isso estimula a lactato
desidrogenase no sentido do
lactato, entao nao é possivel
transformar o lactato em glicose

Você também pode gostar