Você está na página 1de 12

PLANO DE ACOLHIMENTO 2022

❖ Planejar o tempo do desenvolvimento das ações realizadas.

❖ Distribuir as funções que cada estudante “acolhedor” irá realizar.

❖ Organizar uma lista, indicando os locais da escola que conhecerão e cada responsável por ele.

❖ Explicar como explorarão cada ambiente escolar.

❖ Verificar os horários das entradas e saídas dos estudantes.

Cuidar da apresentação dos grupos de gestores, do grupo dos agentes de organização escolar,
do grupo de professores e demais funcionários e colaboradores da escola

PRIMEIRO DIA

07h30min - Chegada dos alunos e distribuição das Pulseiras


Tempo previsto - 10 minutos
Materiais necessários - uma pulseira para cada aluno
Durante a chegada dos alunos, todos os Jovens Protagonistas deverão estar posicionados na
entrada da escola para realizar a distribuição das pulseiras coloridas.
Após esta distribuição, os alunos deverão ser reunidos em um espaço da escola, onde os Jovens
Protagonistas serão apresentados e explicarão de maneira breve o que acontecerá nos dias de
acolhimento.
De acordo com a cor da pulseira recebida os alunos seguirão para as salas com seus devidos
facilitadores.
As salas serão ser divididas nos seguintes temas:
COR
VERDE
AZUL
AMARELO
VERMELHO
CINZA
LARANJA

Apresentação dos Jovens Protagonistas e dos objetivos do encontro


Tempo previsto – 10 minutos
O facilitador da atividade deverá apresentar-se aos alunos com nome, idade, escola de origem,
sonhos realizados e a relação dessas conquistas com a escola e fazer uma breve apresentação
das atividades que acontecerão durante o dia.

Apresentação dos alunos – Dinâmica Um doce para te conhecer

Tempo previsto - 25 minutos


Materiais necessários - um doce (bala ou bombom) para cada aluno
Cada aluno deve pegar um doce e presentear um colega que queira conhecer, assim
sucessivamente até que todos se apresentem.

Sensibilização
Video "é preciso saber viver"

Contrato de Convivência

Tempo previsto - 15 minutos


Material necessário - Cartolinas, tesouras, cola, canetas coloridas, papéis
Objetivo - Identificar diretrizes que norteiem as atividades a serem desenvolvidas.
- Utilizar o contrato como ferramenta para que seja remetido sempre que necessário.
Descrição – Os alunos devem fazer indicações de parâmetros que facilitem a convivência entre o
facilitador/aluno e entre eles.
Observações – O facilitador, caso necessário, deverá mediar o debate para que alguns itens
sejam abordados e inclusos no contrato de convivência, como:
- Pontualidade, assiduidade, compromisso, respeito, responsabilidade.
Todos os alunos devem assinar o contrato ao final.

08h30min - Leitura do Texto Portas


Tempo previsto – 20 minutos
Objetivo - Refletir com os alunos sobre as diversas oportunidades que temos na vida, as
escolhas que fazemos e as consequências das mesmas.
Sugestão - Pedir para alunos diferentes lerem os parágrafos. Após a leitura de cada parágrafo,
abrir para discussão e debate.

Texto PORTAS
Içami Tiba
Se você abre uma porta, você pode ou não entrar em uma nova sala.
Você pode não entrar e ficar observando a vida, mas se você vencer a dúvida, o temor, e entrar,
dará um grande passo: nesta sala, vive-se! Mas, também, tem um preço...
São inúmeras outras portas que você descobre. Às vezes curtem-se mil e uma. O grande segredo
é saber quando e qual porta deve ser aberta.
A vida não é rigorosa, ela propicia erros e acertos. Os erros podem ser transformados em acertos
quando com eles aprendemos. Não existe a segurança do acerto eterno.
A vida é generosa, a cada sala que se vive descobrem-se tantas outras portas. E a vida
enriquece quem se arrisca a abrir novas portas. Ela privilegia quem descobre seus segredos e
generosamente, oferece afortunadas portas.
Mas a vida também pode ser dura e severa. Se você não ultrapassar a porta, terá sempre a
mesma porta pela frente. E a repetição perante a criação, e a monotonia monocromática perante
a multiplicidade das cores, e a estagnação da vida...
Para a vida, as portas não são obstáculos, mas diferentes passagens!
Do livro: Amor, Felicidade & Cia

08h50min – Vídeo - O Indiano


Tempo previsto – 10 minutos
Duração do vídeo – 2 minutos
Descrição – Trabalhar temas como persistência, protagonismo e trabalho em equipe. Em
seguida pedir para cada aluno compartilhar uma dificuldade e uma facilidade de agir como
protagonista em algumas situações de sua vida.

9h00min - Dinâmica da Forca


Tempo previsto – 30 minutos
Objetivo – Refletir sobre alguns dos principais conceitos do modelo do ensino integral.
Descrição – A sala será dividida em dois grupos que irão disputar o jogo da forca com palavras
como: Protagonismo, os 4 Pilares, Sonhos, Solidariedade, Dedicação. Após a formação de cada
palavra o facilitador irá fazer uma breve explanação sobre cada conceito. 5
Observação – Antes de iniciar a dinâmica esclarecer que a competição não é o foco principal da
dinâmica.
Ao invés da brincadeira da forca pode ser promovida apenas uma explanação seguida de um
debate sobre cada um dos conceitos

09h40min –Texto Coragem para mudar


Tempo previsto – 20 minutos 6
Objetivo - Refletir com os alunos sobre sonhos, projeto de vida, planejamento e coragem para
enfrentar os desafios que a vida nos proporciona.
Descrição: Coragem para Mudar
Felizes e realizados. É como todos nós gostaríamos de ser. As pessoas são diferentes, mas de
modo geral, seus desejos básicos são muito parecidos, então vejamos: realização profissional,
pessoal, familiar, financeira, planejar um bom futuro para si e para os filhos. Enfim, são anseios
comuns a qualquer mortal. No entanto, o grande problema não está em saber o que se quer, mas
sim como fazer para conseguir aquilo que se deseja.
Querer é básico. No entanto, apenas querer, não ajuda a conquistar os objetivos.
Tudo é uma Questão de Atitude
Na verdade, a conquista dos objetivos está intimamente ligada às nossas atitudes, isto é, se
realmente queremos algo devemos ter coragem para alterar nosso comportamento em função
dos nossos objetivos. E nesse momento de mudança que a maioria das pessoas esbarra na falta
de uma atitude adequada à situação. A força de vontade e o desejo de realizar dão lugar a
acomodação. E ai, o que acontece? Nada! Tudo continua como está. Por isso é tão comum que
as pessoas arrumem culpados para seus insucessos. Se você almeja ser um vencedor, aja como
um!
FAÇA POR MERECER. USE SEU PONTENCIAL!
TENHA CORAGEM DE MUDAR!
Fonte: site www.marketingpessoal.com.br

10h00min – Lanche (20 min)

10h20min - Dinâmica dos Barcos


Tempo previsto – 20 minutos
Descrição - Serão construídos barcos com fitas adesivas no chão e os alunos serão divididos
nesses barcos. Uma música é tocada e alguns barcos vão sendo eliminados pelo facilitador,
devendo os alunos destes barcos se distribuírem nos restantes. A operação se repete até que
reste apenas um barco e todos tenham que se esforçar para caber nesse espaço, pois ninguém
pode ficar à deriva. Possivelmente não caberão todos nesse espaço, mas é importante deixá-los
tentar um pouco antes de encerrar a dinâmica e o facilitador explicar a importância de todos se
sentirem no mesmo barco e poderem se ajudar através da união.

10h40min - Exibição do vídeo Desafiando Gigantes


Tempo previsto – 20 minutos
Duração do vídeo – 6 minutos
Trabalhar questões relativas a força de vontade, trabalho em grupo, responsabilidade e
protagonismo.

11h00min - Texto Árvore dos Amigos


Tempo previsto – 20 minutos
Trabalhar questões relativas à convivência, valorização das pessoas, etc.
Texto: A ÁRVORE DOS MEUS AMIGOS (Texto adaptado)
Existem pessoas que nos deixam felizes pelo simples fato de cruzarem o nosso caminho. Com
algumas pessoas percorremos longos trechos, lado a lado, compartilhando muitas aventuras.
Com outras apenas cruzamos de quando em quando. A todas elas chamamos de amigos. Há
muitos tipos de amigos, eles são como folhas de uma árvore. Os primeiros que nascem do broto
são o amigo pai e a amiga mãe, que mostram o que é ter vida. Depois vem o amigo irmão, com
quem dividimos o nosso espaço para que ele floresça como nós. Passamos a conhecer toda a
família de folhas, a quem respeitamos e desejamos o bem. Mas o destino nos apresenta outros
amigos. Muitos desses são chamados amigos do peito, do coração. São sinceros, são
verdadeiros. Sabem quando não estamos bem, sabem o que nos faz feliz...
Mas há também aqueles amigos com quem passamos pouco tempo, talvez umas férias ou
mesmo um dia ou uma hora. Esses costumam nos trazer muitas surpresas e alegrias durante o
tempo que estamos por perto.
Não podemos nos esquecer dos amigos distantes, aqueles que ficam nas pontas dos galhos, mas
que quando o vento sopra, sempre aparecem novamente entre uma folha e outra.
O tempo passa, o verão se vai, o outono se aproxima, e perdemos algumas de nossas folhas.
Algumas nascem num outro verão e outras permanecem por muitas estações. Mas o que nos
deixa mais feliz é que as que voaram e foram pra longe continuam alimentando a nossa raiz com
as lembranças dos momentos maravilhosos que nos proporcionaram enquanto cruzavam o nosso
caminho.
A cada novo dia novas folhas podem surgir na nossa árvore, o importante é saber que: "Cada
pessoa que passa em nossa vida é única. Sempre deixa um pouco de si e leva um pouco de nós.
Há os que levaram muito, mas não há os que não deixaram nada. Esta é a maior
responsabilidade de nossa vida: fazer e ser amigo!”

11h20min. –- Música Tempos Modernos – Jota Quest


Sugestão dos alunos da EE Joaquim Pinto Machado Junior
Tempo previsto – 20 minutos
Objetivo - Trabalhar questões importantes como o autoconhecimento, o autocuidado, descoberta
de valores próprios, dedicação e cuidado com os sonhos, organização e planejamento da própria
vida.

A árvore emocional!
Escolha o boneco da árvore com o qual você mais se identifica, não esqueça de guardar esse
número.

Porque você escolheu esse?

O que sua escolha diz sobre você


• Opções 1, 3, 6 ou 7:
Todas as figuras estão subindo, isso indica que vc é o tipo de pessoa que tenta superar
obstáculos, além de lutadora e corajosa. 
• Opções 2, 11, 12, 18 ou 19:
Você é uma pessoa muito sociável e que gosta de ajudar os outros a sua volta. 
• Opção 4: 
Explica o comportamento de uma pessoa pacífica e feliz. Seus objetivos são resumidos em duas
palavras: vivendo a vida.
• Opção 5:
Você pode estar passando por um período de recesso de trabalho, não pode estar sendo
esgotado de sua energia e não consegue mudar essa situação. É preciso que tire um momento
para refletir.
• Opção 8: 
Essas pessoas valorizam o seu tempo e seu espaço e não sentem a necessidade de compartilhar
suas experiências. É importante uma mudança, conhecer novas pessoas e experimentar coisas
novas. 
• Opção 9:
Sua marca é a diversão, todos te acham bem alegre e cheio de vida. 
Se valorize mais e curta o maior presente que é a vida. 
• Opção 13 e 21:
Você é relutante em conversar com outras pessoas, isso faz com que passa grandes períodos de
isolamento depressão, que tal conversar mais com os outros?

• Opção 14:
Você pode estar atravessando um período difícil sozinho. É preciso que tente procurar ajuda de
seus amigos.

• Opção 16 ou 17:
Ou você se sentir amada por um 17 ou você sente que está ajudando a colher os sucessos de um
16. Você se sente muito apegado a uma pessoa que considera indispensável.

• Opção 20: 
Você é, graças aos seus esforços pessoais, uma das pessoas mais elevadas. Você alcançou
objetivo emocional e agora uma referência para todos que lhe seguem.

12h00min – Almoço (1h20min)

Introdução aos Quatro Pilares


Tempo previsto - 15 minutos. 10
PILARES PRODUTOS
•CONHECER •Competência Cognitiva
•FAZER •Competência Produtiva
•CONVIVER •Competência Social
•SER •Competência Pessoal

Objetivo -
- Conceituar os Quatro Pilares como estruturador de um projeto pedagógico.
- Associar o conceito como componente do novo modelo escolar que estão sendo inseridos.
- Mostrar que os pilares associam-se para além do ambiente escolar.
Texto Base -
Aprender a Conhecer - É o eixo da competência cognitiva. Trata-se de exercitar a atenção,
tendo habilidade de fazer comparações com outros conhecimentos já adquiridos.
Aprender a fazer - É o eixo da competência produtiva. É colocar em prática os conhecimentos
adquiridos, desenvolvendo novas habilidades e aptidões, importantes para enfrentar as situações
que se apresentarem na carreira escolar e na vida em sociedade.
Aprender a conviver - É o eixo da competência relacional ou social. É a relação do jovem com
os outros e com o meio ambiente.
Aprender a ser - É o eixo da competência pessoal. Relação do jovem consigo mesmo,
desenvolvendo e fortalecendo sua identidade. É o desenvolvimento dos seus talentos,
mostrando-se capaz de elaborar reflexões com autonomia e critica.

13h50min - Cartilha: “Quem sou eu?¨

Tempo previsto - 60 minutos.


Objetivo - Promover o autoconhecimento através do preenchimento de uma cartilha objetiva
contendo reflexões pessoais, qualidades, defeitos e uma linha do tempo.
Descrição - Construção da cartilha: Quem sou eu?
Cada participante deverá construir uma cartilha contendo 3 páginas.
- Na capa, o aluno deverá escolher um recorte de revista, jornal ou livro que o represente e colar,
colocando seu nome abaixo.
- Na página 1, o aluno deverá desenhar sua mão e colocar na ponta de cada dedo 5 qualidades.
- Na página 2, o aluno deverá colocar 3 defeitos e como ele acha que pode superar essas
características negativas.
- Na página 3, o aluno deverá criar uma Linha do Tempo desde o seu nascimento ao momento
presente (Descrever os fatos mais importantes).
- Na página 4, o aluno deverá redigir uma autobiografia, focando nas características pessoais e
acontecimentos mais importantes.

14h50min - Exibição do Vídeo Vida de Pássaro


Tempo previsto – 10 minutos
Duração do vídeo – 3 minutos
Trabalhar questões como: respeito às diferenças, ao espaço do outro, além de outras questões
trazidas pelo grupo.

14h50min - Exibição do Vídeo Vida de Pássaro


Tempo previsto – 10 minutos
Duração do vídeo – 3 minutos
Trabalhar questões como: respeito às diferenças, ao espaço do outro, além de outras questões
trazidas pelo grupo.

15h00 – Lanche (20 min)

15h20min - Dinâmica da Bexiga


Tempo previsto – 20 minutos
Descrição - Cada aluno receberá uma bexiga e deverá mentalizar, ao enche-la, que está
colocando nela o seu sonho. Depois, com o ritmo de uma música, deverá conduzir a bexiga pela
sala, sem deixá-la cair. O facilitador vai pedindo que as pessoas levem a bexiga apenas com um
braço, com a cabeça e etc. Em determinado momento, o facilitador entrega palitos de dente para
alguns participantes sem dizer nada. Automaticamente, os participantes que receberam os palitos
estourarão as bexigas dos outros.

Reflexão – O que me leva a querer estourar o sonho do outro? Como não desistir do meu sonho
quando outras pessoas dizem não ser possível?

15h40min - Dinâmica do Nó Humano


Tempo previsto – 20 minutos
Objetivo -
- Demonstrar a importância do trabalho em equipe para se chegar a um resultado.
- Mostrar a importância do planejamento.
Descrição -
O facilitador deverá formar um circulo, onde todos deverão estar de mãos dadas. Os alunos serão
orientados a observar quem está ao seu lado direito e ao seu lado esquerdo e memoriza-las, não
podendo esquecer, nem trocar as pessoas. O grupo deverá soltar as mãos e caminhar livremente
pela sala, procurando cumprimentar pessoas diferentes daquelas que estavam ao seu lado.
Depois de um minuto, todos param onde estão sob o comando do facilitador e procuram, sem sair
do lugar, dar a mão novamente a quem estava a sua direita e a sua esquerda. No final, deverá se
formar um emaranhado de gente. Em seguida sem soltar as mãos, os alunos deverão achar
meios de desfazer o emaranhado e voltar a ter um círculo no centro da sala igual ao inicial.
Reflexão – Depois da dinâmica, proponha uma reflexão pontuando que se o trabalho em grupo e
planejado, tudo funciona melhor, e o resultado certamente será positivo.

16h00min - Vídeo - O que você vai ser quando crescer?


Tempo previsto – 20 minutos
Duração do vídeo – 4:45 minutos
Trabalhar questões relativas ao desejo de realizar os sonhos que surgem na infância, aos
questionamentos do que seremos quando tivermos crescido e como esses questionamentos
influenciam o início da luta pelos nossos sonhos, as diversas oportunidades que a vida nos
oferece e o que fazemos com elas, a oportunidade de aprender com as experiências vividas, a
capacidade de empreender, entre outros.

16h40min - Cumprimento Divertido


Tempo previsto – 20 minutos
Descrição - O facilitador contará a historia abaixo aos alunos e estes deverão realizar entre eles
os tipos de comprimentos citados.
Texto:
Neste momento, vou contar-lhes a historia de uma viagem que fiz a vários países e a
oportunidade que tive de conhecer suas culturas, suas riquezas, suas belezas. Passei pela Índia
onde todos se cumprimentavam com um belo sorriso.
Passei pela Inglaterra onde todos se cumprimentavam com um aperto de mão. 14
Passei pela Rússia onde todos se cumprimentavam com um beijo no rosto.
Passei pela Suécia onde todos se cumprimentavam com um encontro de cotovelos.
Passei pelo Japão onde todos se cumprimentavam tocando os joelhos.
Passei pelo Chile onde todos se cumprimentavam tocando os dedos indicadores
Passei pelo México onde todos se cumprimentavam tocando os pés.
Passei pela Austrália onde todos se cumprimentavam com um encontro de barriga.
Passei pelo Canadá onde todos se cumprimentavam batendo palmas.
Finalmente, o melhor momento foi quando eu cheguei ao meu país, o Brasil, terra maravilhosa,
calorosa, onde todos nós brasileiros nos cumprimentamos com muito afeto. E o país onde
sentimos o calor humano através do cumprimento mais fervoroso que é o abraço.

SEGUNDO DIA

07h30min - Video Visão de Futuro e texto Estrelas do Mar


Tempo previsto – 20 minutos

Duração do vídeo – 4:30 minutos


Trabalhar questões relativas à Protagonismo Juvenil, nosso papel como agente de mudança na
sociedade, valores sociais, etc.
Texto: Estrelas do Mar
Era uma vez um escritor que morava em uma tranquila praia, junto a uma colônia de pescadores.
Todas as manhãs, ele caminhava à beira do mar para se inspirar, e à tarde ficava em casa
escrevendo. Certo dia, caminhando na praia, ele viu um vulto que parecia dançar. Ao chegar
perto, ele reparou que se tratava de um jovem que recolhia estrelas-do-mar da areia para, uma
por uma, jogá-las novamente de volta ao oceano:
- "Por que está fazendo isso?" peguntou o escritor.
O jovem explicou: "A maré está baixa e o sol está brilhando. Elas irão secar e morrer se ficarem
aqui na areia".
O escritor espantou-se: "Meu jovem, existem milhares de quilômetros de praias por este mundo
afora, e centenas de milhares de estrelas-do-mar espalhadas pela praia. Que diferença faz? Você
joga umas poucas de volta ao oceano. A maioria vai perecer de qualquer forma".
O jovem pegou com cuidado mais uma estrela na praia, olhou bem para ela, correu em direção
ao mar e a jogou de volta ao oceano, voltou e olhou para o escritor e disse:
- "Para essa aqui eu fiz a diferença".
Naquela noite, o escritor não conseguiu escrever, sequer dormir. Pela manhã, voltou à praia,
procurou o jovem, uniu-se a ele e, juntos, começaram a jogar estrelas-do-mar de volta ao oceano.
Sejamos, portanto, mais um dos que querem fazer do mundo um lugar melhor. Sejamos a
diferença!
video A corrente do bem!
http://www.youtube.com/watch?v=SLHNFXsoXDs
Reflexão
Se o menino que caiu do skate não tivesse recebido ajuda, você acha que ele ajudaria a senhora
com as compras?
Qual foi a coisa mais legal que alguém fez por você?
video Eu sou um zé alguém!
http://www.youtube.com/watch?v=47vG_pLryjE

O PEI (Programa de Ensino Integral)


ELETIVAS
Aulas que você escolhe, relacionados com o seu PV
CLUBE JUVENIL
Um espaço criado por alunos, para alunos serem os protagonistas
TUTORIA
O professor tutor é seu amigo, alguém que você pode confiar!
PROJETO DE VIDA
Te ajuda a escolher seus sonhos e a chegar onde você quer

07h50min - Vídeo Homens de Honra


Tempo previsto – 20 minutos
Duração do vídeo – 8 minutos
Trabalhar questões relativas ao sonho como dedicação, disciplina, planejamento, e outras.

Introdução ao conceito do Projeto de Vida


Tempo previsto – 20 minutos
Material necessário - Cartolina
Descrição - Com base no texto O que os jovens precisam saber sobre o que e o projeto de vida?
de Saulo Fong o facilitador debate com os alunos como um engenheiro civil projeta e constrói
uma casa. Em seguida, com sugestões dos alunos, pontua em uma cartolina quais os elementos
necessários para essa construção. Então, de maneira bem simples e direta, o facilitador irá
estimular os alunos a se colocarem como o engenheiro responsável pela elaboração do seu
projeto de vida. Explicando que o projeto de vida consiste em documentar os sonhos, metas,
objetivos, desejos e ambições do jovem em relação ao seu futuro, onde também e necessário
escrever tudo aquilo que precisamos fazer para alcançar os seus ideais. E como escrever um
planejamento do que queremos para o nosso futuro e traçar os caminhos que deveremos
percorrer para atingir nossos objetivos.
Em seguida, o condutor pedirá para os alunos avaliarem se os elementos que foram escritos são
recursos suficientes para que eles realizem seus projetos. Ao final o condutor deve salientar os
seguintes pontos:
- A necessidade de planejar antes as coisas;
- A partir desse planejamento teremos condições de visualizar os recursos necessários para a
execução do planejamento;
- O Projeto de Vida nos ajuda a fazer escolhas e traçar nossas metas executando-as por etapas e
com prazos;
- Para termos um Projeto de Vida eficaz precisamos definir bem a nossa visão de futuro e plano
de ação.
Trechos do texto:
O que os jovens precisam saber sobre o que é o projeto de vida? de Saulo Fong (Texto
adaptado)
Quando alguém quer construir uma casa, normalmente contrata um profissional para planejar
tudo o que será necessário fazer antes de começar as obras. Esse profissional monta um projeto
baseado nos desejos de seu cliente. A partir desse projeto, ele terá uma noção de quanto
material será necessário e quantos trabalhadores serão contratados para construir a obra em
determinado período de tempo. Assim, quando a obra for iniciada, os trabalhadores terão um
plano, um projeto para seguir.
Na vida, ocorre algo similar. Possuímos muitas metas e planos que desejamos realizar. Temos a
opção de escolher o nosso destino e o nosso caminho. Ainda assim, muitas vezes escolhemos
rotas que nos afastam de nosso objetivo maior ou ficamos confusos em relação a qual caminho
tomar, justamente por não termos planejado antes o as nossas ações.
Um Projeto de Vida é um plano colocado no papel para que possamos visualizar melhor os
caminhos que devemos seguir para alcançar nossos objetivos. Para isso, necessitamos saber
claramente quais são nossos objetivos e metas. Precisamos ainda ter sempre em mente os
nossos valores, pois são eles que direcionarão as nossas escolhas.
As pessoas não são diferentes das empresas. Todos nós temos que definir de maneira clara a
nossa VISÃO DE FUTURO e precisamos ter um PLANO DE AÇÃO para nos ajudar a tornar real
essa nossa visão.
Então, de maneira bem simples e direta, construir um projeto de vida consiste em documentar os
sonhos, metas, objetivos, desejos e ambições do jovem em relação ao seu futuro. No projeto de
vida devemos escrever tudo o que precisamos fazer para alcançar nossos sonhos. Em outras
palavras, no projeto de vida escrevemos um planejamento do que queremos para o nosso futuro
e traçar os caminhos que deveremos percorrer para atingir nossos objetivos.

08h10min - Dinâmica: A Escalada


Tempo previsto – 25 minutos
Objetivo
- Associar aos estágios de subida da montanha a (metas) para realização dos sonhos.
- Trabalhar a relação de estimar o tempo em que cada etapa vai ser construída.
Descrição - Distribuir a folha entre os alunos e explicar como a atividade será realizada, eles
escreverão o sonho que tem no topo da montanha e cinco metas que serão necessárias para a
realização do sonho nas barras ao longo da montanha.
Varal dos sonhos
Depois que associou os estágios da subida da montanha a realização de seus sonhos, faça um
desenho sobre esse sonho. O desenho deve ser entregue ao seu tutor.

O desenho vai representar a sua meta!

08h35min - Dinâmica: Eu acho que...


Tempo previsto – 15 minutos
Objetivo -
- Ver como os jovens interagem com os sonhos dos outros e como contribuem para o sonho em
questão.
- Trabalhar o reforço positivo entre os alunos na sala.
- Trabalhar a timidez dos jovens em apresentações em publico.

Descrição - Com a atividade da escalada em mãos o orientador irá distribuí-las a diferentes


alunos observando para que o mesmo jovem NÃO pegue o seu próprio papel. Em seguida os
alunos terão que dar uma sugestão sobre como o colega da atividade pode ser mais eficaz para a
realização do seu sonho e em seguida irá apresentar as metas, o sonho e qual a sugestão que
fez para toda a turma.
08h50 – Exibição do Vídeo - Todo bom começo tem um bom professor
Tempo previsto - 10 minutos
09h00min – Dinâmica Vamos Pensar Juntos?
Dinâmica proposta pelos jovens protagonistas Almir Augusto, Denner Marques, Jéssica Melo,
Luiz Henrique e Paolla Borges, da EE Jamil Khauan
Tempo previsto - 20 minutos
Materiais necessários – 6 envelopes, cada um contendo um dos seguintes temas: PROJETO DE
VIDA, PROTAGONISMO, TEXTO ARVORE DOS AMIGOS, OS QUATRO PILARES DA
EDUCAÇÃO, COMPROMISSO e SONHOS
Objetivos - Observar se os alunos realmente compreenderam os conceitos e os princípios desse
novo modelo escolar e proporcionar a interação dos conhecimentos adquiridos entre os alunos.
Descrição - Dividir a sala em 6 grupos e distribuir os envelopes contendo os temas. Deixar que
cada grupo debata seu tema por no máximo 10 minutos. Depois disso cada grupo irá expor à sala
o que entendeu sobre aquele tema, debatendo com a sala como esses temas são importantes em
nossa vida cotidiana e também serão importantes para o planejamento do nosso futuro.
Essa dinâmica serve como base para a preparação para a culminância, ressaltando tudo o que foi
aprendido no decorrer do acolhimento, fazendo com que eles tenham mais ideias para a
execução da culminância.

Você também pode gostar